Scielo RSS <![CDATA[Revista CEFAC]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1516-184620160005&lang=es vol. 18 num. 5 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[EDITORIAL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501029&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[Correlation between slow vital capacity and the maximum phonation time in healthy adults]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501031&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[Voice-related quality of life in patients pre thyroidectomy]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501035&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: avaliar a qualidade de vida em voz de indivíduos encaminhados à tireoidectomia, antes da realização do procedimento. Métodos: participaram do presente estudo pacientes do sexo feminino de um hospital de referência encaminhados para cirurgia de tireoide ou colelitíase. Os indivíduos foram subdivididos em: Grupo Estudo - 30 mulheres (média de 44,26 anos), encaminhadas para cirurgia de tireoidectomia parcial ou total; Grupo Controle - 30 mulheres (média de 45,3 anos), encaminhadas para cirurgia de colelitíase. Os participantes responderam um questionário de triagem e ao protocolo Qualidade de Vida em Voz. Os dados foram analisados estatisticamente por meio dos testes Fisher Two Tailed, Teste T de Student e coeficiente de correlação de Pearson, adotando-se nível de significância de 5%. Resultados: houve maior ocorrência de queixa vocal (48,3%), e escores inferiores de qualidade de vida em voz em todos os domínios no grupo estudo, que no grupo controle. Na análise exclusiva ao grupo estudo, observou-se que o domínio físico foi o mais afetado, com diferença em relação ao domínio socioemocional (p=0,002), havendo ainda correlação positiva forte entre os escores dos dois domínios (r=0,047; p=&lt;0,001). Conclusão: conclui-se que o grupo de mulheres com doenças tireoidianas pré-tireoidectomia estudado apresenta impacto negativo na qualidade de vida em voz, principalmente no que se refere ao domínio físico, sendo que à medida que os acometimentos físicos relacionados à voz acontecem, há acometimento do domínio socioemocional.<hr/>ABSTRACT Purpose: to evaluate the quality of life in voice individuals submitted to thyroidectomy prior to the procedure. Methods: the study included female patients of a reference hospital referred for thyroid or gallstone surgery. Subjects were divided into: Study Group - 30 women (mean 44.26 years) referred for partial or total thyroidectomy surgery; Control Group - 30 women (mean 45.3 years), forwarded to gallstone surgery. The participants answered a screening questionnaire and Voice-Related Quality of Life. Data were statistically analyzed by the Fisher Two Tailed Test, Student's T Test and Pearson correlation coefficient, adopting a significance level of 5%. Results: there was a higher incidence of vocal complaints (48,3%), and lower scores for quality of life in voice in all areas in the study group than in the control group. In the exclusive analysis to the study group, it was observed that the physical domain was the most affected, with difference to the social-emotional domain (p=0,002), there is still strong positive correlation between the scores of the two domains (r=0,047; p=&lt;0,001). Conclusion: it is concluded that the group of women with thyroid diseases pre-thyroidectomy has a negative impact on quality of life in voice, especially when it comes to the physical domain, and as the physical affections related to voice happen, there are influences on the social-emotional domain. <![CDATA[Anatomical classification of lingual frenulum in babies]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501042&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: analisar os aspectos anatômicos do frênulo lingual de bebês atendidos no Centro de Referência em Saúde Auditiva / CRESA da Pontifícia Universidade Católica de Goiás / PUC Goiás. Métodos: trata-se de um estudo transversal, observacional, analítico, com abordagem quantitativa. Foram avaliados bebês entre 1 e 4 meses, de ambos os gêneros, alimentados no seio materno, sendo excluídos bebês com alterações anatomofisiológicas na face, pré ou pós maturidade ou com comprometimento neurológico. Para a classificação anatômica do frênulo lingual foram analisadas a espessura do frênulo e a sua fixação na língua e no assoalho da boca, a partir do "Protocolo de avaliação do frênulo da língua com escores para bebês" (MARTINELLI; MARCHESAN; BERRETIN-FELIX, 2013). Resultados: foi possível visualizar o frênulo em 165 bebês, sendo 104 normais e 61 alterados. Em apenas 1 bebê não foi possível visualizar o frênulo. Dentre os frênulos normais, predominou os com fixação no terço médio e visível a partir das carúnculas sublinguais. Dos frênulos alterados foi mais frequente aqueles com fixação entre o terço médio e o ápice e visível a partir da crista alveolar inferior. Predominou a espessura delgada. Dos bebês com frênulo alterado, 24 apresentaram sucção alterada e, com frênulo normal, 18 apresentaram sucção alterada. Conclusão: os frênulos linguais foram classificados em normal e alterado, sendo predominante o frênulo lingual normal e a espessura delgada. A alteração do frênulo prevaleceu no gênero masculino. Bebês com frênulo lingual alterado apresentaram mais chances de alteração na sucção, embora a correlação entre frênulo e sucção tenha sido baixa.<hr/>ABSTRACT Purpose: to analyze the anatomical aspects of the lingual frenulum of babies attended the Reference Center for Hearing Health / CRESA, of the Pontifical Catholic University of Goiás / PUC Goiás. Methods: it is a cross-sectional, observational, analytical study with a quantitative approach. Babies between 1 and 4 months, of both genders, fed in the womb, were evaluated; babies with anatomical and physiological changes in the face, pre or post maturity or neurological impairment were excluded. For the anatomical classification of the lingual frenulum were analyzed the thickness of the frenulum and its attachment on the tongue and mouth floor, from the "Lingual frenulum protocol with scores for infants" (MARTINELLI; MARCHESAN; BERRETIN-FELIX, 2013). Results: it was possible to view the frenulum in 165 babies, being 104 normal and 61 altered. In just one baby was not possible to see the frenulum. Among the normal frenulum, were prevalent those with the attachment in the middle third and visible from the sublingual caruncles. Among the altered frenulum was more frequent those with attachment between the middle third and the apex and visible from inferior alveolar crest. Thin thickness was predominant. Among the babies with altered frenulum, 24 had altered suction and, of the babies with normal frenulum 18 had altered suction. Conclusion: the lingual frenulum were classified as normal or altered, being predominant normal lingual frenulum and thin thickness. Altered frenulum was prevalent in males. Babies with altered lingual frenulum showed more change of alteration in suction, although the correlation between frenulum and suction was low. <![CDATA[Audiologic characteristics of patients with diabetes mellitus type 2]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501050&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivos: identificar as características audiológicas de pacientes com diabetes mellitus tipo 2. Métodos: estudo transversal, realizado em unidade de atenção secundária para diabetes em Fortaleza, de abril a julho de 2010. Amostra composta por 152 pacientes diabéticos tipo 2, independente do sexo, entre 36 e 60 anos. Realizou-se audiometria tonal liminar (ATL), emissões otoacústicas evocadas por estímulo transiente (EOAT) e emissões otoacústicas evocadas-produto de distorção (EOAPD). Resultados: associação da idade e do tempo de diagnóstico com a presença de perda auditiva, e do tempo de diagnóstico com a ausência de EOAPD. Observou-se perda auditiva sensorioneural em 63,2% dos pacientes, das quais 71,9% eram bilaterais e 75% simétricas. Aproximadamente, 50% das perdas auditivas apresentaram configuração plana. As EOAT estavam ausentes em 75% dos pacientes e as EOAPD em 78,9%. Houve ausência de emissões otoacústicas na presença de ATL normal, em média, em 32% dos pacientes à direita e 48% à esquerda. Já a presença de emissões otoacústicas na ocorrência de perda auditiva foi observada em, aproximadamente, 30% dos pacientes para EOAT e 14% para EOAPD à direita; e 25% para EOAT e 11% para EOAPD à esquerda. Conclusão: predomínio de perda auditiva sensorioneural bilateral simétrica com configuração plana, e ausência de EOAT e EOAPD. A análise da associação dos resultados da ATL e das emissões otoacústicas sugere prejuízo das células ciliadas externas da cóclea ou possível neuropatia auditiva. Tais achados justificariam o monitoramento da audição destes pacientes, bem como a realização de testes específicos para avaliação do sistema auditivo central.<hr/>ABSTRACT Purpose: to identify the audiological characteristics of patients with type 2 diabetes mellitus. Methods: Cross-sectional study in secondary care unit for diabetes in Fortaleza, April-July 2010. The sample comprised 152 patients with type 2 diabetes, regardless of sex, between 36 and 60 years of age. Held pure tone audiometry (PTA), transient-evoked otoacoustic emissions (TEOAE) and distortion product otoacoustic emissions (DPOAE). Results: association of age and time of diagnosis with hearing loss, and the time of diagnosis with the absence of DPOAE. It was observed sensorineural hearing loss in 63.2% of patients, which 71.9% were bilateral and 75% symmetric. Approximately 50% of hearing loss had flat configuration. TOAEs were absent in 75% of the patients and DPOAE in 78.9%. There were no otoacoustic emissions in the presence of normal PTA, on average, 32% of the patients on the right and 48% on the left. The presence of otoacoustic emissions on the occurrence of hearing loss was observed in approximately 30% of patients for TEOAE and 14% for DPOAE on the right; and 25% for TEOAE and 11% for DPOAE on the left. Conclusions: Prevalence of symmetrical bilateral sensorineural hearing loss with a flat configuration, and absence of TEOAE and DPOAE. The association analysis of the results of PTA and OAE suggests loss of outer hair cells of the cochlea or possible auditory neuropathy. These findings justify the hearing monitoring of these patients, as well as conducting specific tests to evaluate the central auditory system. <![CDATA[Characterization of communicative interaction between parent of hearing impaired children and adolescents that use oral communication]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501060&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: caracterizar a interação comunicativa entre pais ouvintes e crianças ou adolescentes com deficiência auditiva que utilizam comunicação oral, por meio da análise de filmagens. Métodos: participaram deste estudo os pais de nove crianças e nove adolescentes com deficiência auditiva sensorioneural bilateral, pré-lingual de grau moderado a profundo, que frequentam ou frequentaram um programa de intervenção fonoaudiológica, com ênfase no desenvolvimento da função auditiva e comunicação oral. Entre as nove crianças, quatro fazem uso de implante coclear e cinco de Aparelho de Amplificação Sonora Individual. Em relação aos adolescentes, seis fazem uso de implante coclear e três de Aparelho de Amplificação Sonora Individual. O procedimento adotado foi a Escala de Índice de Comportamentos que promovem a Comunicação, a qual apresenta 22 comportamentos que analisam a interação quanto à estimulação da audição e linguagem. Os referidos comportamentos foram pontuados a partir de uma escala Likert e classificados como "raramente", "ocorre" e "frequentemente". A interação entre os deficientes auditivos e seus pais foi filmada para posterior análise de três juízes com experiência na área de audiologia educacional. Resultados: foram realizadas 18 filmagens da interação, nas quais foi possível estabelecer uma concordância entre os juízes de 97,8%. Foi estatisticamente significante a ocorrência do comportamento "frequentemente". Conclusão: os resultados demonstraram que os pais, inseridos em um programa de reabilitação auditiva onde se enfatiza o uso de estratégias que favorecem o desenvolvimento de habilidades linguísticas e auditivas, empregam adequadamente comportamentos comunicativos na interação com seus filhos, em uma situação controlada.<hr/>ABSTRACT Purpose: to characterize the communicative interaction among hearing parents and children or adolescents with hearing loss who use oral communication through the video analysis. Methods: this study included parents of nine children and nine adolescents with bilateral sensorineural pre-lingual hearing impairment, from moderate to profound degree, who attend or attended an aural rehabilitation program with emphasis on the development of hearing and oral communication. Among the nine children, four are aided by cochlear implant and five are aided by hearing aid. Regarding the adolescents, six are aided by cochlear implant and three are aided by hearing aids. The procedure used was a checklist composed by 22 behaviors that analyze the interaction on the stimulation of hearing and language. These behaviors were scored from a Likert scale and classified as "rarely", "occasionally" and "frequently". The interaction among the hearing impaired children or adolescents and their parents was recorded for later analysis by three judges with experience in aural rehabilitation. Results: there were 18 interactions recorded, in which it was possible to establish a relation of 97.8% among the judges. The occurrence of behavior "frequently" was statistically significant. Conclusion: the results showed that parents involved into an aural rehabilitation program that emphasizes the use of communication strategies to improve the development of linguistic and auditory skills, suitably use communicative behaviors during interaction with their children or adolescents in a controlled situation. <![CDATA[Electroacoustic evaluation of the olivocochlear efferent pathway in subjects with tinnitus complaint]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501069&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: investigar o efeito supressor das emissões otoacústicas por estímulos transientes em indivíduos com queixa zumbido e audiometria normal e analisar sua relação com as variáveis idade, sexo, lateralidade do zumbido e grau de incômodo. Métodos: foram avaliados 60 sujeitos, 14 do gênero masculino e 46 do gênero feminino, entre 20 e 59 anos de idade, sendo 30 com queixa de zumbido (grupo experimental) e 30 sem zumbido (grupo controle). Foi realizada a pesquisa da supressão das emissões otoacústicas por estímulos transientes, para ruído branco de 50 dBNA, na condição contralateral nas bandas de frequência de 700, 1000, 1400, 2000, 2800 and 4000Hz. Resultado: no grupo experimental, a supressão das emissões otoacústicas transientes média variou de 2,14 a 4,38. No grupo controle o valor médio da supressão das emissões otoacústicas transientes variou de 2,27 a 4,88. Conclusão: os valores de supressão das emissões otoacústicas foram semelhantes nos indivíduos com e sem zumbido, embora o grupo com o sintoma tenha tido resultados menores, sugerindo pior desempenho do Complexo Olivar Superior.<hr/>ABSTRACT Purpose: to investigate the suppressive effect of transient-evoked otoacoustic emissions in subjects with tinnitus complaint and normal audiometry and to analyze the relation to age, gender, laterality of tinnitus and its degree of discomfort. Methods: we assessed 60 subjects, 14 males and 46 females, aged between 20 and 59 years, 30 with tinnitus (experimental group) and 30 without tinnitus complaint (control group). The suppression of transient-evoked otoacoustic emissions was investigated with contralateral white noise at 50 dBHL at the frequency bands of 700, 1000, 1400, 2000, 2800 and 4000Hz. Results: the mean value for the suppression of transient-evoked otoacoustic emissions in the experimental group ranged from 2.14 to 4.38. In the control group, the mean value for suppression of transient-evoked otoacoustic emissions ranged from 2.27 to 4.88. Conclusion: suppression values of otoacoustic emissions were similar in subjects with and without tinnitus, although the results of the tinnitus group were lower, suggesting worse performance of the Superior Olivary Complex. <![CDATA[Parental training for the behavioral management of children with Prader-Willi Syndrome: impact on the mental health and parenting practices of the caregiver]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501077&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: verificamos os indicadores de impacto na saúde mental de cuidadores de um programa de treinamento parental para manejo de crianças e adolescentes com Síndrome de Prader-Willi. Métodos: a amostra foi composta por 5 mães de crianças/adolescentes com Síndrome de Prader-Willi entre 6 a 18 anos. Os instrumentos de coleta de dados foram: a) Questionário para verificação de conhecimentos das mães sobre a síndrome, b) Inventário de Auto-avaliação para Adultos de 18 a 59 anos, c) Inventário de Estilos Parentais/Práticas educativas maternas e paternas; d) Levantamento de dificuldades e preocupações sobre os filhos. O estudo foi realizado em quatro fases: pré-intervenção, intervenção, pós-intervenção e seguimento. Resultados: as mães passaram a adotar práticas parentais educativas baseadas na monitoria positiva, diminuíram as práticas de risco. Conclusão: houve melhora em indicadores de dificuldades emocionais das mães, apreenderam a identificar e manejar fatores que prejudicavam a saúde física, o comportamento e a aprendizagem escolar dos filhos e a necessidade do envolvimento de outros familiares no cuidado do filho.<hr/>ABSTRACT Purpose: we verified the impact of the parent training program for management of children and adolescents with Prader-Willi Syndrome on the mental health caregivers. Methods: the sample was composed by five mothers of children / adolescents with Prader-Willi Syndrome between 6-18 years. The data collection instruments were: a) Questionnaire for verification Mothers' knowledge about the syndrome, b) Inventory Self-Assessment for Adults 18-59 years c) Inventory of Parental Styles / maternal and paternal educational practices; d) Survey of difficulties and concerns about their children. The study was conducted in four phases: pre-intervention, intervention, post-intervention and follow-up. Results: as a result we find that mothers have adopted parental educational practices based on positive monitoring, decreased risk practices. Conclusion: we conclude that there was an improvement in indicators of emotional difficulties of mothers, seized identify and manage factors that harmed the physical health, behavior and school learning of the children and the need to involve other family members in child care. <![CDATA[Characterization of the elderly health in a speech and language therapy perspective]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501088&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: estimar a prevalência de problemas da comunicação oral, memória, leitura, escrita, voz, audição e motricidade orofacial em idosos. Métodos: estudo transversal, com 75 idosos cadastrados em uma Clínica da Família carioca. Foram estimadas as prevalências por sexos e conjuntamente. Verificou-se a presença de diferenças entre os sexos por meio dos testes t e qui-quadrado. Resultados: os principais problemas de comunicação oral e memória foram "evita se comunicar" (20,5%) e "dificuldades em lembrar fatos recentes e passados" (34,7% e 26,4%, respectivamente). Observou-se elevada prevalência de dificuldade na leitura e escrita. Em relação à audição, 43,1% relataram "ver televisão e ouvir rádio muito alto". Quanto à voz, 71,2% referiam "falar alto ou gritando" e 23,6% "ficar roucos com frequência". Na motricidade orofacial, 24,7% apresentavam "dificuldades na mastigação em geral" e 54,8% "roncavam ao dormir". Conclusão: neste estudo, observou-se uma grande parcela de idosos que referia dificuldades relacionadas às habilidades de linguagem, audição, fonação e mastigação, que são funções relacionadas à socialização, bem-estar e manutenção da autonomia funcional, podendo interferir diretamente na sua qualidade de vida e saúde.<hr/>ABSTRACT Purpose: to estimate the prevalence of oral communication, memory, reading and writing, voice and oral motor skills problems in elderly people. Methods: cross-sectional study with 75 older people registered in a Family Clinic of Rio de Janeiro. It was estimated the prevalence, in all cases and by sex. The presence of differences between the sexes was verified by statistical tests t and chi-square. Results: the problems most frequently related to oral communication and memory were the avoidance to communicate (20.5%), difficulty in remembering recent and past events (34.7% and 26.4% respectively). There was a high prevalence of difficulty in reading and writing. According to hearing, 43.10% reported "watching television and listening to radio too loud." Related to voice perception, 71.2% referred "speak loudly or shouting" and 23.6% to "get hoarse frequently." As far as Myofunctional oral motor skill, 24.7% had "difficulties in chewing in general" and 54.8% "snoring while sleeping." Conclusion: in this study, there was a large proportion of elderly people who referred difficulties related to language, hearing, speech and chewing skills, which are functions related to socialization, welfare and maintenance of functional autonomy and can directly interfere with their quality of life and health. <![CDATA[Characterization of individuals with acquired brain injury in working age]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501097&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: analisar as condições sociodemográficas e de saúde (inclusive os agravos neurológicos) de sujeitos com LEA em idade produtiva, bem como suas condições pregressas e atuais de trabalho. Métodos: estudo de natureza descritiva e de abordagem quantitativa. Os dados foram coletados entre junho e dezembro de 2014, por meio de uma entrevista semiestruturada. Resultados: participaram do estudo 48 sujeitos com Lesão Cerebral Adquirida; a incidência entre o sexo masculino (52,1%) e feminino (47,9%) foi equilibrada; a média de idade, no momento da lesão, foi de 48,7 anos; 64,5% eram casados; 62,5% possuíam Ensino Fundamental Incompleto; a ocupação anterior à lesão mais frequente foi a de doméstica (18,7%); 47,9% dos sujeitos foram aposentados após a lesão, 6,3% voltaram ao trabalho, e 93,7% gostariam de retornar. Quanto aos comprometimentos neurológicos, 41,1% foram acometidos por Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (52,1% apresentaram afasia, e 52,2% tiveram hemiplegia direita). A condição de saúde física de 60,4% foi considerada moderada; 58,3% avaliaram sua saúde mental como ruim; 60,4% nunca fumaram; e 93,7% pararam de ingerir álcool após a lesão. Notou-se, ainda, que 62,5% dos sujeitos eram acompanhados somente por fisioterapeutas e que 54,2% usavam algum recurso assistivo. Ademais, as atividades de lazer de 58,4% dos sujeitos estavam prejudicadas. Conclusão: a média de idade dos sujeitos deste estudo é inferior a outros estudos nacionais; o nível de escolaridade é baixo; as ocupações anteriores à lesão eram de baixo rendimento financeiro; e o índice de aposentadoria após a lesão foi alto. As sequelas neurológicas impactam, assim, negativamente a vida/saúde dos sujeitos, condição agravada pelo fato de os recursos terapêuticos serem incompletos.<hr/>ABSTRACT Purpose: to analyze the socio-demographic conditions, health conditions (including neurological diseases) of individuals with Acquired Brain Injury in working age, as well as their previous and current working conditions. Methods: it is a descriptive study with a quantitative approach. Data were collected between June and December 2014, using a semi-structured interview. Results: the study included 48 subjects with Acquired Brain Injury. The incidence among males (52.1%) and female (47.9%) was balanced; the average age at the time of injury was 48.7 years; 64.5% were married and 62.5% had incomplete elementary school; the occupation before the Acquired Brain Injury was domestic (18.7%); 47.9% of individuals were retired post-injury, only 6.3% returned to work and 93.7% would like to return. Concerning neurological impairments, 41.1% were affected by ischemic stroke (52.1% had aphasia and 52.2% right-sided hemiplegia). Physical health condition of 60.4% was considered moderate, while 58.3% considered the mental health as bad. 60.4% had never smoked and 93.7% stopped drinking alcohol after the injury. 62.5% were accompanied only by physiotherapy; 54.2% used some assistive resource. 58.4% of the leisure activities of the individuals were affected. Conclusion: the average age of the individuals of this study is inferior to other national studies; the level of education is low; the previous occupations in relation to the lesion were low financial income and the retirement post-injury rate is high. Neurological sequelae negatively impact on life/health of individuals, and therapeutic resources are incomplete. <![CDATA[Child’s language development surveillance: knowledge and practices among primary health care professionals]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501109&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: analisar os conhecimentos e as práticas dos enfermeiros, médicos e cirurgiões-dentistas que atuam na Atenção Básica em relação ao desenvolvimento da linguagem da criança nos primeiros anos de vida. Métodos: tratou-se de uma pesquisa qualitativa com 30 profissionais de uma rede de Atenção Básica dentre eles, médicos, enfermeiros e cirurgiões-dentistas. Uma consulta individual foi realizada mediante um questionário semiestruturado. Empregou-se a técnica de análise temática de discurso, utilizando-se três figuras metodológicas: a Ideia Central, as Expressões-Chaves e o Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: os conhecimentos que os profissionais têm sobre o desenvolvimento da linguagem da criança estavam ancorados às ideias centrais de conhecer alguns marcos do desenvolvimento, a linguagem da criança depende do estímulo do meio, da família e da audição normal, saber muito pouco ou não saber nada sobre o assunto. Os profissionais relataram que gostariam de obter mais informações sobre o assunto em relação aos marcos do desenvolvimento da linguagem da criança, desvios da normalidade e orientações para pais de forma a aprimorar o atendimento da saúde infantil. Conclusão: o conhecimento dos profissionais sobre o assunto apresentou-se limitado, havendo necessidade de ampliar práticas de educação em saúde pela Fonoaudiologia, em parceria com as Instituições de Ensino e os profissionais dos Núcleos de Apoio Saúde da Família, junto aos profissionais da Equipe de Estratégia Saúde da Família, destacando-se o trabalho sobre os marcos do desenvolvimento da linguagem da criança.<hr/>ABSTRACT Purpose: to analyze the knowledge and practices of nurses, doctors and dentists working in Primary Care for the development of the child's language early in life Methods: it is a qualitative research with 30 professionals from a network of Primary Care, among them doctors, nurses and dentists. An individual consultation was carried out through a semi-structured questionnaire. The technique of thematic speech analysis was used using three methodological approaches: The Central Idea, Expressions-Keys and the Collective Subject Discourse. Results: the knowledge that professionals have about the development of children's language were anchored to the core ideas to meet some milestones of development, the child's language depends on the middle stimulus, the family and normal hearing to know little or know nothing about the subject. The professionals reported that they would like to get more information on the subject in relation to the milestones of the child's language development, normal deviations and guidelines for parents in order to improve the care of children's health. Conclusion: the knowledge of professionals on the subject has been limited, and there is a need to expand educational practices in health through speech therapy, in partnership with the institutions of education and professionals of the Family Health Support Centers, with professionals of the Family Health Strategy Team, highlighting the work of the milestones of the child's language development. <![CDATA[Students' performance in letter identification and lexical process tests]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501121&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: caracterizar, comparar e correlacionar o desempenho de escolares brasileiros do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental do ensino público e particular em provas de avaliação do processo de identificação de letras e do processo léxico. Métodos: participaram 262 escolares do Ensino Fundamental (público= 122, particular= 140), do interior paulista: Ensino público - G1 (2º ano, n=24); G2 (3º ano, n=33); G3 (4º ano, n= 31); G4 (5º ano, n=34) e Ensino particular - G5 (2º ano, n=37); G6 (3º ano, n=34); G7 (4º ano, n=34); G8 (5º ano, n=35). Aplicadas Provas do processo de Identificação de Letras e Léxico do PROLEC. Resultados: os escolares do ensino particular apresentaram desempenho médio superior, com exceção da prova Igual-Diferente entre os grupos G1-G5 e G3-G7. As diferenças foram maiores entre os escolares até o 4º ano devido ao uso frequente da rota fonológica, sugerindo diferença no ensino do princípio alfabético entre as escolas públicas e particulares. Para o 5º ano, não houve diferença nas provas em que as palavras podem ser lidas pela rota lexical. Conclusão: os escolares do ensino particular apresentaram desempenho superior, com exceção das provas em que a rota fonológica não é a unicamente exigida. Contudo, no início da alfabetização, a rota fonológica foi mais utilizada do que a lexical, independente do tipo de ensino. Este estudo mostra a necessidade de o sistema de ensino priorizar na alfabetização a relação letra-som, de modo que os escolares de escola pública possam apresentar melhores resultados em decodificação que podem influenciar diretamente a compreensão e leitura.<hr/>ABSTRACT Purpose: to describe, compare and correlate the performance of Brazilian students from 2nd to 5th grade of Elementary Schools in public and private institutions for tests of letter identification and lexical process evaluation. Methods: 262 students attending Elementary Schools (122 from public school and 140 from private school), in the interior of São Paulo State: Public School - G1 (2nd grade, n=24); G2 (3rd grade, n=33); G3 (4th grade, n=31); G4 (5th grade, n=34) and Private School - G5 (2nd grade, n=37); G6 (3rd grade, n=34); G7 (4th grade, n=34); G8 (5th grade, n=35. Tests of Letter Identification and the Lexical process from PROLEC were applied. Results: the students from private school showed superior average performance, except for the same-different test between G1-G5 and G3-G7 groups. The differences were higher among the students up to de 4th grade, due to the frequent use of the phonological route. This suggests differences in teaching the Portuguese alphabetic principles in in private and public schools. For the 5th grade there was no evidence of difference for tests in which words could be read by the lexical route. Conclusion: the students from private school showed superior performance, except for the tests in which the phonological route was not entirely required. However, in the beginning of literacy, the phonological route was more used than the lexical route, regardless of the type of school. This study shows the education system necessity for prioritizing in early literacy the letter-sound relationship, so the students from public institutions can present better decoding results, which can directly impact reading and comprehension. <![CDATA[Quality of life of students in speech, language and hearing sciences]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501133&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: comparar a qualidade de vida (QV) dos estudantes de Fonoaudiologia em diferentes períodos de graduação e identificar propostas para sua melhoria. Métodos: estudo transversal, exploratório e descritivo a partir de amostra por conveniência. Participaram 117 estudantes (segundo semestre de 2012), subdivididos pelo período de graduação: G1 (n=24) segundo, G2 (n=33) quarto, G3 (n=34) sexto e G4 (n=26) oitavo. Utilizou-se o instrumento WHOQOL-bref, acrescentando-se uma questão aberta: "Como a Coordenação do Curso de Fonoaudiologia poderia contribuir para a melhoria de sua qualidade de vida?". Utilizou-se o teste estatístico não paramétrico Kruskal Wallis, nível de significância de 5% (p&lt;0.05). Calculou-se a frequência absoluta e relativa das respostas da questão aberta, categorizadas pelo conteúdo, e gerais. Resultados: predominou boa QV (53,84%) e satisfação com a saúde (49,57%). Não houve associação estatística significativa entre os grupos (p&gt;0.05). A QV diminuiu em todos os domínios, do G2 ao G3, aumentando no G4. G3 foi pior. Obteve-se maior média no domínio relações sociais e menor, no meio ambiente. Verificou-se maior percentual (40%) na categoria "aumento da formação para cinco anos". Conclusão: não houve diferenças discrepantes da QV entre os períodos, sendo pior, o sexto. Relações sociais apresentou melhor domínio e o meio ambiente, o pior.<hr/>ABSTRACT Purpose: to compare the quality of life (QoL) of speech therapy students in different undergraduate semesters and identify proposals for improvement. Methods: this is a cross-sectional, exploratory and descriptive study using a convenience sample. A total of 117 undergraduate students participated in the study and they were divided according to the undergraduate semester: G1 (n = 24) second semester, G2 (n = 33) fourth semester, G3 (n = 34) sixth semester and G4 (n = 26) eighth semester. The WHOQoL-Bref was the instrument used, which also included an open question: "How can the coordination of the Speech and Language Therapy Course contribute to the improvement of your quality of life?" The non-parametric statistical Kruskal Wallis test was used at significance level of 5% (p &lt; 0.05). The absolute and relative frequencies of responses to the open question were calculated and categorised by specific and general content. Results: QoL was predominantly good (53.84%) and health satisfactory (49.57%). There was no statistically significant association between the groups (p &gt; 0.05). QoL decreased in all domains from G2 to G3, increasing in G4. G3 had the worst QoL perception. Social relations and environment were the domains with the highest and lowest mean values, respectively. The highest percentage (40%) was in the category "5-year undergraduate course". Conclusion: There were no significant differences in the QoL between the undergraduate semesters, with the sixth semester being the worst. Social relations had the highest mean value, whereas environment the lowest. <![CDATA[Prolongations in the speech of adults who do and do not stutter]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501141&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: realizar uma análise quantitativa e qualitativa dos prolongamentos de adultos com e sem gagueira. Métodos: os participantes foram divididos em: Grupo de Pesquisa (GP, 15 adultos com gagueira) e Grupo Controle (GC, 15 fluentes). Os procedimentos utilizados foram: avaliação da fluência, Instrumento de Gravidade da Gagueira e análises quantitativa e qualitativa dos prolongamentos. Resultados: GP mostrou maior número de prolongamentos não hesitativos, enquanto que GC mostrou maior ocorrência de prolongamentos hesitativos em relação ao total das disfluências. Prolongamentos não hesitativos ocorreram com maior frequência na palavra inicial e monossilábica, bem como na posição medial da frase para GP. Em relação à tensão muscular e duração, observou-se diferença apenas para a tensão muscular nos prolongamentos não hesitativos com maior média de ocorrência para GP. Conclusão: os prolongamentos não hesitativos ocorreram com maior frequência no GP, nas palavras iniciais, monossílabos e na posição medial da frase. Qualitativamente a tensão muscular foi uma característica típica dos prolongamentos não hesitativos no GP. Com relação aos prolongamentos hesitativos houve semelhança entre os adultos dos dois grupos quanto à frequência em relação ao total da fala, a posição dos prolongamentos nas palavras e nas frases e nos aspectos qualitativos, relacionados a tensão muscular e duração.<hr/>ABSTRACT Purpose: to carry out a quantitative and qualitative analysis of the prolongations of adults who stutter and who not stutter. Methods: participants were divided into two groups: Research Group (RG, 15 adults who stutter) and Control Group (GC, 15 fluent adults). Procedures were: fluency assessment, Stuttering Severity Instrument and quantitative and qualitative analyzes of the prolongations. Results: there was a greater number of non hesitative prolongations in RG, whereas CG showed more hesitative prolongations in relation to the total of disfluencies. Non hesitative prolongations occurred more frequently in the initial and monosyllabic words, and in the medial position of the sentence in RG. Regarding the muscular tension and duration, a difference was observed for the muscular tension in the non hesitative prolongations, with higher mean value for RG. Conclusion: non hesitative prolongations occurred more frequently in RG, in initial words, monosyllables, and medial position of the sentence. Qualitatively, the muscular tension was a typical characteristic of non hesitative prolongations in RG. No differences were found for hesitative prolongations between the groups in relation to the frequency of the total of speech, the position of prolongations in the words and in the sentences, and for the qualitative characteristics, regarding to muscular tension and duration. <![CDATA[Consonant correlation model: implications to clinical practice]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501151&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: construir um modelo de complexidade entre consoantes conforme a estrutura silábica de cada uma, evidenciando possíveis correlações estatísticas entre elas, baseando-se na estrutura do Modelo Implicacional de Complexidade de Traços (MICT) e utilizando dados de aquisição fonológica típica. Métodos: analisaram-se os sistemas fonológicos de 186 crianças estudantes de escolas municipais de educação infantil com idades entre um ano e seis meses e cinco anos, 11 meses e 29 dias, e desenvolvimento típico de linguagem. Com base nos fonemas adquiridos em cada faixa etária determinaram-se os níveis de complexidade. Após, buscaram-se as correlações entre os fonemas, utilizando como critérios a significância estatística e a força das correlações para criar o modelo. Resultados: o modelo de correlações entre consoantes foi construído com nove níveis de complexidade. O modelo mostra que o fonema menos complexo é o /t/ e o mais complexo é o /l/ na posição de onset complexo. Há várias correlações moderadas e fortes entre os fonemas, exceto para /(/. O fonema com maior número de correlações foi o /l/ na posição de onset simples. Conclusão: o modelo criado evidenciou muitas semelhanças com o MICT. Ele descreve detalhes da aquisição fonológica típica e pode ser um guia para a escolha dos sons alvo na terapia fonológica.<hr/>ABSTRACT Purpose: creating a consonant correlation model, considering the syllabic structure of each consonant and showing likely statistical correlations among them. This model will be based on Implicational model of Feature Complexity (IMFC) and it will consider data of typical phonological acquisition. Methods: the phonological systems of 186 children were analyzed. They were students of public kindergarten schools and were aged between one year, six months to five years, eleven months, and had typical language development. The complexity levels of the model were based on the sounds acquired in each age. After, the correlations among the consonants were analyzed, using the statistical significance and the power of correlations as the criteria to create the model. Results: the consonant correlation model was created with nine levels of complexity. The model shows that the less complex sound is /t/ and the more complex is /l/ in the complex onset position. Many strong and moderate correlations were found among the consonants, except for /(/. The sound with highest number of correlations was /l/ in the simple onset position. Conclusion: the created model pointed many similarities with MICT. It describes details in the typical phonological acquisition and can be a guide to the choice of target sounds in therapy. <![CDATA[The knowledge of healthcare professionals about augmentative and alternative communication in the long term care institutions for the elderly]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501161&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: investigar o conhecimento dos profissionais que trabalham nas instituições de longa permanência para idosos sobre a Comunicação Suplementar e Alternativa. Métodos: estudo transversal e contemporâneo. A amostra foi constituída pelos profissionais da saúde atuantes em instituições de longa permanência para idosos registradas no Conselho Municipal do Idoso do município de Caxias do Sul - Rio Grande do Sul. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário composto de 14 questões objetivas de múltipla escolha, contemplando dados civis, formação, conhecimento e prática com a Comunicação Suplementar e Alternativa. As variáveis categóricas foram descritas por frequências absolutas e relativas. Para associar as variáveis com o conhecimento dos profissionais acerca da Comunicação Suplementar e Alternativa atuantes em instituições de longa permanência para idosos foi utilizado o teste qui-quadrado de Pearson ou exato de Fisher (quando ao menos uma das categorias teve menos que 5 participantes). Em caso de variáveis politômicas, o teste dos resíduos ajustados foi utilizado na complementação dessas análises para identificar as associações entre as categorias. O nível de significância adotado foi de 5% (p≤0,05). Resultados: do total de 60 profissionais, 40 tem conhecimento sobre a Comunicação Suplementar e Alternativa e 20 não. Observou-se associação estatisticamente significante para as variáveis tempo de formação (p=0,02), presença de indivíduos com dificuldade de compreensão na Instituição de atuação (p=0,01) e presença de indivíduos usuários da Comunicação Suplementar e Alternativa na Instituição de atuação (p=0,04). Conclusão: os profissionais da área da saúde que atuam em instituições de longa permanência para idosos têm conhecimento sobre a Comunicação Suplementar e Alternativa.<hr/>ABSTRACT Purpose: to analyze the knowledge of professionals that work in the long-term care institutions for the elderly about Augmentative and Alternative Communication. Methods: across-sectional and contemporary study was conducted. The sample was composed by active healthcare professionals of long-term care institutions for the elderly, accredited by the Conselho Municipal do Idoso in the city of Caxias do Sul - Rio Grande do Sul. A 14 objective and multiple choice questions questionnaire, including personal, academic, practice and knowledge with Augmentative and Alternative Communication was administered. The variables were described by absolute and relative frequencies and to cross variables with the professionals knowledge on the Augmentative and Alternative Communication acting in the long term care institutions for the elderly, the qui-square Pearson method or the Fisher method were used (when at least one of the categories had less than 5 participants). In the case of polytomous variables, the residual adjustment test was used to complement these analyses and identify the association between the categories. The significance level adopted was 5% (p≤0,05). Results: from the 60 professionals recruited, 40 had knowledge of Augmentative and Alternative Communication and 20 did not. There was a statistical significant association for the formation variables (p=0,02), the presence of individuals with difficulties of comprehension in the acting institution (p=0,01) and the presence of individuals users of Augmentative and Alternative Communication in their acting institution (p=0,04). Conclusion: the majority of professionals that work in long term care institutions for the elderly have knowledge of Augmentative and Alternative Communication. <![CDATA[Adult reading assessment tools: a psychometric study]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501169&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: investigar as propriedades psicométricas de um teste de desempenho para avaliação de reconhecimento de palavras e de um checklist de autorrelato de dificuldades de leitura/indicadores de dislexia, em uma amostra de adultos. Métodos: foram avaliados 54 sujeitos, idades entre 18 e 57 anos (M=24,16; DP = 7,34), com Ensino Médio completo ou cursando a graduação. As avaliações foram realizadas utilizando o Teste Computadorizado de Competência de Leitura de Palavras para Adultos (TCLP-2) e o questionário de autorrelato Adult Dyslexia Checklist (ADC). Resultados: não foram observadas diferenças de desempenho em função da escolaridade e do gênero. O tempo de resposta foi menor no julgamento dos itens Corretos do TCLP-2 em relação aos itens incorretos (inversão, troca fonológica, erro ortográfico e pseudopalavra homófona). 18,5% dos participantes relataram dificuldades mais severas no ADC. Análise de grupos extremos mostrou que participantes com maiores pontuações/dificuldades no ADC tiveram pior desempenho nos itens Corretos do TCLP-2. Análise fatorial retornou solução com fator único para tipos de itens do TCLP-2. Dados de precisão se mostraram adequados para ambos os instrumentos, com valores de Spearman-Brown e alfa de Cronbach maiores que 0,70. Relações de baixa a moderadas foram observadas entre os dois instrumentos, provendo evidências de validade a ambos. Conclusão: o estudo apresentou dados psicométricos de dois instrumentos para avaliação de leitura em adultos. Ambos mostraram índices satisfatórios de precisão e evidências de validade por relação com outras variáveis. Frente à carência de instrumentos padronizados para avaliação de leitura em adultos no contexto nacional, o estudo estende sua contribuição à futura instrumentalização desta área.<hr/>ABSTRACT Purpose: to investigate the psychometric properties of a performance test for assessment of word recognition and a self-report checklist for reading difficulties/ dyslexia indicators in adults. Methods: a total of 54 subjects aged 18-57 years (M = 24.16, SD = 7.34) who had complete high school or were enrolled in college were investigated. The following instruments were used: the Word Reading Competency Test for Adults (WRCT-2), and the self-report questionnaire Adult Dyslexia Checklist (ADC). Results: there were no differences in the participants' performance in terms of educational level or gender. Response time of WRCT-2 items was shorter for the Correct Word items than for the incorrect ones (Inversion, Phonological Exchange, Misspelling, and Pseudo-homophone). Of the 54 participants, 18.5% reported greater difficulties on the ADC. Analysis of the extreme groups showed that the participants with higher scores or difficulties on the ADC had poorer performance on the Correct Word items of the WRCT-2. Factor analysis resulted in a one-factor solution for the WRCT-2 items. Spearman-Brown and Cronbach's alpha values greater than 0.70 indicated good reliability of the instruments used. Low to moderate correlation between the instruments provided evidence of validity to both of them. Conclusion: this study presents psychometric data from two adult reading assessment instruments. Both instruments had satisfactory validity and reliability. Given the lack of national standardized instruments for adult reading assessment, the present study contributes to the development of future instrumentation for this field. <![CDATA[The effect of the neuromuscular electrical stimulation on the suprahyoid muscle activity during swallowing in subjects with dysphagia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501179&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: verificar o efeito da Eletroestimulação Neuromuscular na contração da musculatura supra-hióidea durante a deglutição em indivíduos pós-Acidente Vascular Cerebral com disfagia orofaríngea. Métodos: participaram da pesquisa oito indivíduos pós-Acidente Vascular Cerebral com disfagia, de ambos os sexos, encaminhados para terapia fonoaudiológica com objetivo de trabalhar a função da deglutição, em início de processo terapêutico. Anteriormente ao início da primeira sessão, foi realizada a mensuração do tempo e amplitude da atividade elétrica muscular através da Eletromiografia de Superfície de Biofeedback. Os pacientes foram divididos aleatoriamente em dois grupos: Grupo Experimental (n=4): pacientes que receberam a fonoterapia tradicional e aplicação da Eletroestimulação Neuromuscular; Grupo Controle (n=4): pacientes que receberam a fonoterapia tradicional. Após oito sessões, todos os pacientes passaram novamente pela Eletromiografia de Superfície de Biofeedback para verificar a atividade elétrica da musculatura supra-hióidea. Os registros dos exames pré e pós intervenção foram comparados nos dois grupos. Resultados: comparando-se as médias das variáveis de amplitude e tempo da atividade elétrica muscular durante a deglutição de saliva e nas duas deglutições de pastoso, não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre os grupos estudados, na comparação dos valores pré e pós intervenção. Conclusões: o uso da Eletroestimulação Neuromuscular nos parâmetros e na metodologia empregada não mostrou-se eficiente em promover maior contração da musculatura supra-hióidea durante a deglutição em indivíduos pós-Acidente Vascular Cerebral com disfagia orofaríngea. Os dados encontrados podem ser decorrentes da metodologia utilizada nesta pesquisa com relação ao protocolo de aplicação da técnica e à forma de mensuração dos resultados.<hr/>ABSTRACT Purpose: the purpose of this study is to verify the effect of Neuromuscular Electrical Stimulation on the suprahyoid muscle activity during swallowing, in post stroke subjects, with oropharyngeal dysphagia. Methods: participated eight post-stroke subjects with dysphagia, male and female, referred to speech-language therapy to early swallowing rehabilitation. Before the first rehabilitation session, the patient´s muscular electrical activity of suprahyoid muscle was measured using Surface Electromyography Biofeedback. Patients were randomly divided into two groups: Experimental Group (n=4): patients who received both traditional speech-language therapy and the application of Neuromuscular Electrical Stimulation. Control Group (n=4): patients submitted to traditional speech-language therapy. After eight sessions, all patients measured the suprahyoid activity with the Surface Electromyography Biofeedback. The pre and post treatment results were compared in both groups. Results: comparing the two groups average of time and amplitude of the muscle contraction during swallowing of saliva and two swallows of paste, no statistically significant differences were observed in the pre and post treatment values. Conclusion: the use of Neuromuscular Electrical Stimulation on the parameters and methodology used did not prove efficient in promoting greater contraction of the suprahyoid muscles during the swallowing, in post-stroke individuals with oropharyngeal dysphagia. The data obtained may be due to the methodology used in this study relative to the protocol application and the way to measure the results. <![CDATA[Auditory and proprioceptive vocal symptoms in patients with dysphonia pre- and post- group therapy]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501189&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: comparar os sintomas auditivos, proprioceptivos e os totais pré e pós-terapia de grupo de pacientes com disfonia, além de associar o número de sintomas vocais às variáveis sexo, faixa etária, uso profissional da voz e diagnóstico laríngeo. Métodos: participaram 27 pacientes inseridos em grupos terapêuticos. Todos responderam aos sintomas vocais auditivos, proprioceptivos e totais do Protocolo de Triagem Vocal (PTV) pré e pós-terapia de grupo, que constou de oito encontros, sendo o primeiro e último para aplicação do PTV; do segundo ao sétimo foram realizadas sessões terapêuticas fonoaudiológicas de abordagem eclética. Resultados: os participantes eram adultos, maioria do sexo feminino e diagnóstico laríngeo predominante de lesão na porção membranosa das pregas vocais. Pôde-se perceber que houve redução significante dos sintomas vocais proprioceptivos e totais quando se comparou pré e pós-terapia. Minimizaram significantemente pós-terapia os sintomas vocais: fadiga vocal, garganta seca, bolo na garganta, esforço e desconforto ao falar. Houve associação entre sintomas vocais (proprioceptivos, auditivos e totais) pós-terapia de grupo com as variáveis sexo feminino e diagnóstico laríngeo lesão de massa na porção membranosa das pregas vocais. Não houve associação dos sintomas vocais pós-terapia com faixa etária e nem uso profissional da voz. Conclusão: houve redução dos sintomas vocais totais e proprioceptivos relatados pelos pacientes ao comparar o pré e o pós-terapia. Houve associação entre sexo feminino e diagnóstico de lesão de massa na porção membranosa das pregas vocais com sintomas totais, proprioceptivos e auditivos pós-terapia de voz. A faixa etária e o uso profissional da voz não foram associados à redução dos sintomas vocais.<hr/>ABSTRACT Purpose: to compare auditory, proprioceptive and total symptoms in dysphonia patients pre- and post- group therapy, and associate the number of vocal symptoms with gender, age, professional use of voice, and laryngeal diagnosis variables. Methods: the sample included 27 patients enrolled in therapeutic groups. All had auditory, proprioceptive, and total vocal symptoms from the Vocal Screening Protocol (VSP), pre- and post- group therapy, which consisted of eight meetings, with the first and last being for the implementation of the VSP; in the second to seventh, speech therapy sessions were performed using an eclectic approach. Results: the participants were adults, mostly female, and predominantly with laryngeal diagnoses involving lesions in the membranous portion of the vocal folds. There was a significant reduction in proprioceptive and total vocal symptoms when pre- and post- therapy was compared. The following vocal symptoms were significantly minimized post-therapy: vocal fatigue, dry throat, lumps in the throat, effort and discomfort when speaking. There was a connection between post group therapy (proprioceptive, auditory, and total) vocal symptoms and the female and laryngeal diagnosis involving mass lesions in the membranous portion of the vocal folds variables. There was no connection between post-therapy vocal symptoms and age or professional use of voice. Conclusion: there was a reduction in total and proprioceptive vocal symptoms reported by patients, comparing pre- and post- therapy. There was a connection between females and diagnoses of mass lesions in the membranous portion of the vocal folds and total, proprioceptive, and auditory symptoms post- voice therapy. Age and professional use of voice were not associated with reduced vocal symptoms. <![CDATA[Nonverbal praxis in speech pathology: literature review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501200&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO A Fala é definida como representação motora da Linguagem, em que há a coordenação de três processos neurológicos: organização de conceitos, formulação e expressão simbólica; programação do ato motor envolvido na produção da fala; e sua própria produção motora. O Controle Motor da Fala, que ordena a contração muscular para a sua execução, inclui o planejamento, a preparação de movimentos e a execução de planos para resultar em contrações musculares e deslocamentos de estruturas que culminarão na articulação da Fala. Os estudos científicos nacionais e internacionais vislumbram um novo campo de atuação fonoaudiológica para o trabalho com a fala alterada, com a estimulação da Praxias Não Verbais. O objetivo deste trabalho é revisar, na bibliografia, o tratamento dado às praxias orais e não verbais e pontuar suas aplicações clínicas no âmbito fonoaudiológico. Realizou-se uma busca nas bases de dados PubMed, Lilacs e Scielo. As 40 citações selecionadas foram avaliadas de forma crítica. Os artigos mostraram que a Praxia Não Verbal pode ser estimulada para o trabalho clínico com a Fala, no entanto, não há descrição do trabalho fonoaudiológico, tampouco um detalhamento dos exercícios em sequência que poderiam ser utilizados. Nenhum artigo apontou para o modo como as Praxias Não Verbais deveriam ser trabalhadas, nem mesmo como estimular a programação motora para a Fala. Este estudo propõe a necessidade clínica de criar instrumentos de intervenção fonoaudiológica que incluam a estimulação das Praxias Não Verbais para o trabalho com a articulação da Fala.<hr/>ABSTRACT Speech is defined as a motor representation of language, where there is a coordination of three neurological processes: organization of concepts, formulation and symbolic expression; motor act of programming involved in speech production and own motor speech production. The Motor Speech Control, that orders the muscle contraction for the execution of Speech, includes planning, preparing movements and the implementation of plans to result in muscle contractions and dislocations of structures that will culminate in the articulation of Speech. National and international scientific papers envision a new speech playing field for working with a Speech changed with the stimulation of non-verbal Praxis. The aim of this study was to review the national and international literature which the treatment given to Oral Praxis and non verbal and scores the clinical applications in the Speech therapy. We conducted a search in the databases PubMed, Lilacs and Scielo. The 40 selected citations were assessed critically as the objectives, results and conclusions. The articles showed that non-verbal praxis can be stimulated for clinical work with speech, but nevertheless, there is not a description of this speech therapy. Any article referred that the non-verbal Praxis should be worked, not even how to stimulate motor programming for Speech. This study suggests the clinical necessity to create speech therapy tools that include stimulation of non-verbal Praxis to work with the articulation of Speech. <![CDATA[Profile of scientific production of obstructive sleep apnea in interface of speech and language pathology]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501209&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Este estudo teve por objetivo averiguar a produção científica da Fonoaudiologia na interface com Apneia Obstrutiva do Sono, considerando fator de impacto, nível de evidência e área da Fonoaudiologia correspondente. Foi realizada uma busca na literatura nas bases de dados Lilacs, PubMed e Scopus, por meio do cruzamento das palavras-chave e termos livres específicos da Fonoaudiologia com "Apneia do Sono Tipo Obstrutiva". Para que o artigo fosse incluído no presente estudo, necessitava abordar como eixo principal da atuação fonoaudiológica nos pacientes com a Apneia Obstrutiva do Sono. Realizou-se uma consulta ao WebQualis da CAPES, investigando periódicos específicos da Fonoaudiologia da área 21 e seu respectivo Qualis. Os artigos selecionados foram analisados quanto ao fator de impacto, nível de evidência e área da Fonoaudiologia correspondente. Foram localizados 983 artigos, sendo selecionados 39, originados principalmente da base Scopus. O Qualis prevalente foi o B1, fator de impacto com média de 3.49, maior volume de publicações a partir do ano de 2006, nível de evidência 5 e área de atuação fonoaudiológica na maioria foi a Motricidade Orofacial. Foi realizada a análise da produção científica da Fonoaudiologia na interface com Apneia Obstrutiva do Sono, verificando-se que a Motricidade Orofacial e o nível de evidência 5 predominaram neste âmbito.<hr/>ABSTRACT The purpose of this study was to investigate the scientific production of Speech-Language Pathology and Audiology at the interface with Obstructive Sleep Apnea, considering impact factor, level of evidence and corresponding area of the Speech-Language Pathology and Audiology. A literature search was performed in databases Lilacs, PubMed and Scopus, through the intersection of keywords and specific free terms of Speech-Language Pathology and Audiology and "Sleep Apnea, Obstructive". For the article would be included in this study, needed to approach as the main axis the Speech-Language Pathologist acting in patients with Obstructive Sleep Apnea. Were held a consultation on the WebQualis CAPES, investigating specific journals of Speech-Language Pathology and Audiology of Area 21 and their respective Qualis. Selected articles were analyzed for impact factor, level of evidence and area of the corresponding Speech-Language Pathology and Audiology. Were located 983 articles, being selected 39, originated mainly from Scopus. The prevalent was the Qualis B1, with an average impact factor of 3,49; higher number of publications of 2006, level of evidence 5 and the Speech-Language Pathology and Audiology prevalent area was the Orofacial Myology. The analysis of the scientific production of Speech-Language Pathology and Audiology was performed at the interface with Obstructive Sleep Apnea, verifying that the Orofacial Myology and the evidence level 5 predominated in this context. <![CDATA[Speech, language and hearing teaching-clinic: waiting list management]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501222&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO As Clínicas-Escolas têm o propósito do ensino-aprendizagem, além de proporcionar atendimentos gratuitos à comunidade. Com tais atribuições, nota-se o alto fluxo de pacientes e formação de filas de espera. Este estudo teve como objetivo analisar o manejo das filas de espera em Clínica-Escola de Fonoaudiologia. Realizou-se uma revisão de literatura, por meio da base de dados Lilacs, em que foram localizados 75 artigos, sendo três incluídos, os quais relataram grande demanda de atendimentos e longas filas de espera em Clínicas-Escolas de Fonoaudiologia. Os artigos propuseram encaminhamentos a outras unidades de referência e o estabelecimento de critérios para o atendimento específico da Clínica-Escola. Foram discutidas possíveis soluções para Clínicas-Escolas, no sentido de não formação da fila de espera e soluções para as já existentes. Portanto, puderam-se analisar possíveis soluções para o manejo da fila de espera em Clínicas-Escolas de Fonoaudiologia, favorecendo o desenvolvimento de atividades de pesquisa, ensino e extensão - objetivos do Ensino Superior, portanto, da formação em Fonoaudiologia.<hr/>ABSTRACT Teaching-clinics aim to teach-learning, besides promoting free services to the community. These assignments result in a large patient demand and long waiting lists. Our study aimed to analyze the waiting lists management in teaching-clinics of speech, language pathology and hearing sciences. We developed a literature review, through Lilacs database, in which we found 75 articles, three of interest, which reported a large consultation demand and long waiting lists in teaching-clinics of speech, language pathology and hearing sciences. The articles analyzed proposed to referral patients to different reference institutions and the criteria establishment to specific consultation in teaching-clinics. We discussed possible solutions to teaching-clinics, in the sense of not creating waiting lists and solutions for those already existent. Hence, we were able to analyze possible solutions to the waiting list management in teaching-clinics of speech language pathology and hearing sciences, providing the development of activities in research, teaching and extension - which are academic goals, therefore, from the Speech-Language Pathologist and Audiologist formation. <![CDATA[Facial paralysis and quality of life: a critical review of literature in the scope of interprofessional work]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501230&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO A preocupação com a qualidade de vida ocorre num movimento de busca da valorização de parâmetros mais amplos que o controle de sintomas, a diminuição da mortalidade ou o aumento da expectativa de vida. Dentro desses parâmetros, insere-se a qualidade de vida de indivíduos acometidos por paralisia facial, doença frequente no mundo, sem predileção quanto ao gênero e à faixa etária. A atuação integrada dos profissionais pode potencializar o processo de cuidado, gerando deslocamentos no tratamento à qualidade de vida do paciente. Este estudo foi realizado por meio de busca eletrônica nas bases bibliográficas Pubmed, por meio da National Center for Biothecnology Information (NCBI); Lilacs (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e SciELO (Scientific Electronic Library Online). Nesta investigação, utilizou-se o mecanismo de pesquisa oferecido pela National Library of Medicine. A combinação dos descritores paralisia facial, qualidade de vida, pessoal de saúde, relações interprofissionais, comportamento cooperativo, equipe de assistência ao paciente e seus respectivos em inglês foi executada de diversas formas, com a finalidade de detectar o maior número possível de publicações. Evidenciaram-se poucos estudos referindo a relação entre todos os temas abordados. De uma forma geral, a revisão bibliográfica apontou que o trabalho interprofissional pode favorecer o redimensionamento das relações entre diferentes conteúdos, contribuindo para que a fragmentação dos conhecimentos possa ser superada. O trabalho interprofissional é referido como essencial para o desenvolvimento de uma força de trabalho, na qual os profissionais trabalham juntos com o objetivo de prestar assistência no âmbito da integralidade do cuidado.<hr/>ABSTRACT Concern about the quality of life seeks the appreciation of it in a broader movement than controlling symptoms, decreasing mortality rate or increasing lifespan. In this context, the quality of life of individuals affected by facial paralysis, a common disease in the world, is inserted with no distinction of gender or age. The integrated work of professionals can enhance the healthcare process thus generating changes in the treatment towards the patient's quality of life. This study was carried out through electronic search in the databases of Pubmed, via the National Center for Biothecnology Information (NCBI); Lilacs (Latin American and Caribbean Health Sciences), and SciELO (Scientific Electronic Library Online). A search tool was offered by the National Library of Medicine, by means of which the combination of the descriptors facial paralysis, quality of life, health workers, interprofessional relationship, cooperative behavior, patient care team was performed in a varied way in order to detect the largest possible number of publications. Evidence showed up few studies regarding to a relation among all addressed words. In general, the literature review indicated that the interprofessional work can favor the resizing of the relations among different contents, thus contributing to the overcoming of knowledge fragmentation. The interprofessional work is reckoned to be essential for the development of a workforce in the scope of which professionals work together in order to properly assist the integral healthcare. <![CDATA[Contributions of the electromyography of needle for the study of swallowing in humans]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501238&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO A Eletromiografia intramuscular é realizada pelo médico, a partir da fixação de eletrodos de agulha ou de fio fino para o estudo de músculos isolados ou músculos profundos. Esse estudo tem como objetivo identificar e descrever as contribuições da eletromiografia intramuscular, para a avaliação da deglutição em seres humanos. A busca, realizada no período entre abril e março de 2015, nos bancos de dados da PUBMED, BIREME E BANCO DE TESES DA CAPES, resultaram em 21 referências, das quais, apenas sete se enquadraram nos critérios de inclusão. Os artigos selecionados trazem contribuições importantes para o entendimento do comportamento eletrofisiológico e eletrofisiopatológico durante a deglutição e acredita-se que a escassez de estudos utilizando essa ferramenta em seres humanos deva-se ao incômodo e riscos causados pela introdução da agulha no ventre muscular e talvez a introdução de um fio fino (fine wire ou cooper wire), seja mais interesante para o auxílio diagnóstico de denervações e transtornos neuromusculares que comprometam a deglutição, pela possibilidade de reduzir drasticamente o incômodo causado pela agulha.<hr/>ABSTRACT Intramuscular EMG is performed by the doctor, from the fixing needle electrodes or thin wire for the study of isolated muscles or deep muscles. This study aims to identify and describe the contributions of intramuscular electromyography, for the evaluation of swallowing in humans. The search, carried out between April and March 2015, in the databases PubMed, BIREME, AND BANK OF THESES OF CAPES, resulted in 21 references, of which only seven met our inclusion criteria. Selected articles make important contributions to the understanding of the electrophysiological behavior and electrophysiological during swallowing and it is believed that the lack of studies using this tool in humans should be the annoyance and risks caused by the introduction of the needle into the belly muscle and maybe the introduction of a thin wire (fine wire or wire cooper) is more interesting for the aid diagnosis of neuromuscular disorders and nerve that compromise swallowing, the ability to dramatically reduce the annoyance caused by the needle. <![CDATA[The communication of the tracheostomized patient: an integrated review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501251&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Trata-se de revisão integrativa com objetivo de conhecer a produção científica e analisar as estratégias acerca da comunicação do paciente traqueostomizado. A busca no portal da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), com os descritores "communication and tracheostomy", resultou em publicações das bases de dados Literatura Latino- Americana e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (LILACS), Literatura Internacional (MEDLINE) e Coleciona SUS. Foram considerados os artigos científicos publicados no período de 2001 a 2015, por representar o período com maior produção científica, que envolvessem adultos e, sem restrição quanto aos idiomas espanhol, inglês e português nem para o tipo do estudo. Foram selecionados 16 publicações, composta por 15 artigos e uma tese, as quais foram classificadas por categorias: conhecimento, comunicação, e recursos auxiliares. Diante das publicações analisadas, verifica-se que a preocupação acerca da comunicação do paciente traqueostomizado é tema crescente no contexto da produção científica nessa última década.<hr/>ABSTRACT It is an integrative review aiming at knowing the scientific production and analyze the strategies on the communication of the tracheostomized patient. The search on the site of the Virtual Health Library (Biblioteca Virtual em Saúde - BVS), with the descriptors "communication and tracheostomy", resulted in publications of the Latin American and Caribbean Health Sciences Literature (Literatura Latino-Americana e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde - LILACS), International Literature (MEDLINE), and Coleciona SUS databases. Scientific articles published between 2001 and 2015 were considered, as they represented the period of the greatest scientific production involving adults, and unrestrictedly for Spanish, English and Portuguese idioms or the type of study. Sixteen (16) publications, comprising 15 articles and 1 thesis, were selected, which were classified by categories: knowledge, communication and supporting resources. From the analyzed publications, it is verified that the concern on the communication of tracheostomized patients has been an increasing theme in the context of the scientific production in the past decade. <![CDATA[Dynamic soundfield system impact on the teacher's voice: case report]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501260&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Este estudo teve como tema avaliar o efeito do sistema de campo livre dinâmico, em um período do dia, nos sintomas vocais e na qualidade vocal de uma professora em sala de aula. Relato de caso clínico de uma professora de 44 anos, que atuava na função há 23 anos, e lecionava na mesma sala no período matutino e vespertino. A professora utilizou um sistema de amplificação em campo livre dinâmico durante um dos períodos do dia por aproximadamente três meses. Foi realizada avaliação diária da ocorrência dos sintomas no trato vocal, e da intensidade deles antes e após a aula; análise perceptivo-auditiva e acústica da voz antes e após o período de observação, e aplicação de um questionário de autopercepção sobre o uso do sistema de campo livre dinâmico, ao final do período de observação. Os dados foram analisados descritivamente e por meio do teste de Wilcoxon (p=0,05). Observou-se diminuição da intensidade do sintoma "secura" ao final da aula, e menor ocorrência de sintomas vocais com a utilização do sistema de campo livre dinâmico, além de melhora em parâmetros perceptivo-auditivos e acústicos da voz após o período de observação, e do relato de pontos positivos pela professora quanto ao uso de sistema de campo livre dinâmico. No caso estudado, o uso do sistema de campo livre dinâmico, em um dos períodos do dia, foi efetivo na diminuição dos sintomas e na melhora na qualidade vocal perceptivo-auditiva e acústica.<hr/>ABSTRACT The theme of this study was to evaluate the effect of the dynamic soundfield system in one period of the day, the teacher's vocal symptoms and voice quality in the classroom. A case relate of a teacher of 44 years who served in the role for 23 years, and taught in the same room in the morning and afternoon. The teacher used the dynamic soundfield system during one of the periods of the day for about three months. Daily evaluation was carried out of the occurrence of symptoms in the vocal tract, and their intensity before and after school; perceptual and acoustic analysis of voice before and after the observation period, and applying a self-perception questionnaire about the use of dynamic open field system, the end of the observation period. The data were analyzed descriptive and by the Wilcoxon test (p=0.05). There was a decrease in the intensity of the symptom "dryness" to the end of class, and lower incidence of vocal symptoms with the use of dynamic soundfield system, as well as improvement in perceptual and acoustic parameters of the voice after a period of observation and reporting of positives by the teacher on the use of dynamic soundfield system. In the case study, the use of dynamic soundfield system, one of the periods of the day, was effective in reducing symptoms and improvement in perceptual voice quality and acoustics. <![CDATA[ERRATUM]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501271&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Este estudo teve como tema avaliar o efeito do sistema de campo livre dinâmico, em um período do dia, nos sintomas vocais e na qualidade vocal de uma professora em sala de aula. Relato de caso clínico de uma professora de 44 anos, que atuava na função há 23 anos, e lecionava na mesma sala no período matutino e vespertino. A professora utilizou um sistema de amplificação em campo livre dinâmico durante um dos períodos do dia por aproximadamente três meses. Foi realizada avaliação diária da ocorrência dos sintomas no trato vocal, e da intensidade deles antes e após a aula; análise perceptivo-auditiva e acústica da voz antes e após o período de observação, e aplicação de um questionário de autopercepção sobre o uso do sistema de campo livre dinâmico, ao final do período de observação. Os dados foram analisados descritivamente e por meio do teste de Wilcoxon (p=0,05). Observou-se diminuição da intensidade do sintoma "secura" ao final da aula, e menor ocorrência de sintomas vocais com a utilização do sistema de campo livre dinâmico, além de melhora em parâmetros perceptivo-auditivos e acústicos da voz após o período de observação, e do relato de pontos positivos pela professora quanto ao uso de sistema de campo livre dinâmico. No caso estudado, o uso do sistema de campo livre dinâmico, em um dos períodos do dia, foi efetivo na diminuição dos sintomas e na melhora na qualidade vocal perceptivo-auditiva e acústica.<hr/>ABSTRACT The theme of this study was to evaluate the effect of the dynamic soundfield system in one period of the day, the teacher's vocal symptoms and voice quality in the classroom. A case relate of a teacher of 44 years who served in the role for 23 years, and taught in the same room in the morning and afternoon. The teacher used the dynamic soundfield system during one of the periods of the day for about three months. Daily evaluation was carried out of the occurrence of symptoms in the vocal tract, and their intensity before and after school; perceptual and acoustic analysis of voice before and after the observation period, and applying a self-perception questionnaire about the use of dynamic open field system, the end of the observation period. The data were analyzed descriptive and by the Wilcoxon test (p=0.05). There was a decrease in the intensity of the symptom "dryness" to the end of class, and lower incidence of vocal symptoms with the use of dynamic soundfield system, as well as improvement in perceptual and acoustic parameters of the voice after a period of observation and reporting of positives by the teacher on the use of dynamic soundfield system. In the case study, the use of dynamic soundfield system, one of the periods of the day, was effective in reducing symptoms and improvement in perceptual voice quality and acoustics. <![CDATA[ERRATUM]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501272&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Este estudo teve como tema avaliar o efeito do sistema de campo livre dinâmico, em um período do dia, nos sintomas vocais e na qualidade vocal de uma professora em sala de aula. Relato de caso clínico de uma professora de 44 anos, que atuava na função há 23 anos, e lecionava na mesma sala no período matutino e vespertino. A professora utilizou um sistema de amplificação em campo livre dinâmico durante um dos períodos do dia por aproximadamente três meses. Foi realizada avaliação diária da ocorrência dos sintomas no trato vocal, e da intensidade deles antes e após a aula; análise perceptivo-auditiva e acústica da voz antes e após o período de observação, e aplicação de um questionário de autopercepção sobre o uso do sistema de campo livre dinâmico, ao final do período de observação. Os dados foram analisados descritivamente e por meio do teste de Wilcoxon (p=0,05). Observou-se diminuição da intensidade do sintoma "secura" ao final da aula, e menor ocorrência de sintomas vocais com a utilização do sistema de campo livre dinâmico, além de melhora em parâmetros perceptivo-auditivos e acústicos da voz após o período de observação, e do relato de pontos positivos pela professora quanto ao uso de sistema de campo livre dinâmico. No caso estudado, o uso do sistema de campo livre dinâmico, em um dos períodos do dia, foi efetivo na diminuição dos sintomas e na melhora na qualidade vocal perceptivo-auditiva e acústica.<hr/>ABSTRACT The theme of this study was to evaluate the effect of the dynamic soundfield system in one period of the day, the teacher's vocal symptoms and voice quality in the classroom. A case relate of a teacher of 44 years who served in the role for 23 years, and taught in the same room in the morning and afternoon. The teacher used the dynamic soundfield system during one of the periods of the day for about three months. Daily evaluation was carried out of the occurrence of symptoms in the vocal tract, and their intensity before and after school; perceptual and acoustic analysis of voice before and after the observation period, and applying a self-perception questionnaire about the use of dynamic open field system, the end of the observation period. The data were analyzed descriptive and by the Wilcoxon test (p=0.05). There was a decrease in the intensity of the symptom "dryness" to the end of class, and lower incidence of vocal symptoms with the use of dynamic soundfield system, as well as improvement in perceptual and acoustic parameters of the voice after a period of observation and reporting of positives by the teacher on the use of dynamic soundfield system. In the case study, the use of dynamic soundfield system, one of the periods of the day, was effective in reducing symptoms and improvement in perceptual voice quality and acoustics. <![CDATA[ERRATUM]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000501273&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Este estudo teve como tema avaliar o efeito do sistema de campo livre dinâmico, em um período do dia, nos sintomas vocais e na qualidade vocal de uma professora em sala de aula. Relato de caso clínico de uma professora de 44 anos, que atuava na função há 23 anos, e lecionava na mesma sala no período matutino e vespertino. A professora utilizou um sistema de amplificação em campo livre dinâmico durante um dos períodos do dia por aproximadamente três meses. Foi realizada avaliação diária da ocorrência dos sintomas no trato vocal, e da intensidade deles antes e após a aula; análise perceptivo-auditiva e acústica da voz antes e após o período de observação, e aplicação de um questionário de autopercepção sobre o uso do sistema de campo livre dinâmico, ao final do período de observação. Os dados foram analisados descritivamente e por meio do teste de Wilcoxon (p=0,05). Observou-se diminuição da intensidade do sintoma "secura" ao final da aula, e menor ocorrência de sintomas vocais com a utilização do sistema de campo livre dinâmico, além de melhora em parâmetros perceptivo-auditivos e acústicos da voz após o período de observação, e do relato de pontos positivos pela professora quanto ao uso de sistema de campo livre dinâmico. No caso estudado, o uso do sistema de campo livre dinâmico, em um dos períodos do dia, foi efetivo na diminuição dos sintomas e na melhora na qualidade vocal perceptivo-auditiva e acústica.<hr/>ABSTRACT The theme of this study was to evaluate the effect of the dynamic soundfield system in one period of the day, the teacher's vocal symptoms and voice quality in the classroom. A case relate of a teacher of 44 years who served in the role for 23 years, and taught in the same room in the morning and afternoon. The teacher used the dynamic soundfield system during one of the periods of the day for about three months. Daily evaluation was carried out of the occurrence of symptoms in the vocal tract, and their intensity before and after school; perceptual and acoustic analysis of voice before and after the observation period, and applying a self-perception questionnaire about the use of dynamic open field system, the end of the observation period. The data were analyzed descriptive and by the Wilcoxon test (p=0.05). There was a decrease in the intensity of the symptom "dryness" to the end of class, and lower incidence of vocal symptoms with the use of dynamic soundfield system, as well as improvement in perceptual and acoustic parameters of the voice after a period of observation and reporting of positives by the teacher on the use of dynamic soundfield system. In the case study, the use of dynamic soundfield system, one of the periods of the day, was effective in reducing symptoms and improvement in perceptual voice quality and acoustics.