Scielo RSS <![CDATA[Revista CEFAC]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1516-184620140002&lang=pt vol. 16 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Avaliação audiológica em crianças com baixo nível de exposição cumulativa ao chumbo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200367&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo verificar a ocorrência de perda auditiva sensorioneural em crianças com baixo nível de exposição cumulativa ao chumbo. Métodos 156 crianças intoxicadas por chumbo, 94 do sexo masculino e 62 do sexo feminino, na faixa etária entre 18 meses a 14 anos e 5 meses, foram submetidas a análise longitudinal do nível de Plumbemia em sangue, bem como audiometria tonal liminar e emissões otoacústicas evocadas por estímulo transiente. Resultados a população pesquisada apresentou um valor médio de Plumbemia estimada de 12,2±5,7mg/dL (faixa entre 2,4-33mg/dL); todas as crianças apresentaram resposta normal na audiometria tonal liminar em 20 dBNA nas frequências testadas, 0,5; 1; 2 e 4 kHz, para ambas as orelhas; as emissões otoacústicas evocadas por estímulo transiente estiveram presentes para todas as frequências bilateralmente, nas 79 crianças pesquisadas. Conclusão não foi constatada perda auditiva sensorioneural em crianças com histórico de baixo nível de exposição cumulativa por chumbo, assim como não foi encontrada lesão de células ciliadas externas na cóclea, mesmo que subclínicas. <hr/> Purpose to verify the occurrence of sensorineural hearing loss in children with low level of cumulative lead exposure. Methods 156 lead-poisoned children, 94 males and 62 females, ranging in age from 18 months old to 14 years and 5 months old were subjected to analysis of longitudinal lead level in blood as well as pure tone audiometry and transient evoked otoacoustic emissions. Results the population studied had a mean estimated blood lead level of 12,2±5,7mg/dL (range between 2,4 and 33mg/dL); all children had a normal response in pure tone audiometry at 20 dBHL in the frequencies tested, 0.5, 1, 2 and 4 kHz, in both ears; the transient evoked otoacoustic emissions were presented for all frequencies bilaterally in 79 children surveyed. Conclusion there has been no hearing loss in children with a history of low cumulative lead exposure, as there was no injury of cochlear outer hair cells, even if subclinical. <![CDATA[Limiares auditivos tonais, emissões otoacústicas e sistema olivococlear medial de ex-usuários de drogas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200374&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivos analisar se o uso de drogas ilícitas pode interferir nos sistemas auditivos periférico e central. Métodos a amostra foi composta por 17 indivíduos distribuídos conforme o tipo de droga mais consumida: 10 indivíduos no grupo maconha (G1) e sete no grupo crack/cocaína (G2). Os grupos foram subdivididos segundo o tempo de uso de drogas: um a cinco, seis a 10 e mais que 15 anos. Foram avaliados por meio de anamnese, audiometria tonal liminar, imitânciometria, emissões otoacústicas transientes (EOAT) e efeito supressor das EOAT. Resultados comparando os limiares tonais do G1 e G2, observaram-se limiares elevados para o G2, com diferença estatisticamente significante no grupo de um a cinco anos para 250, 500, 6000 e 8000Hz na orelha direita e de seis a 10 anos para 4000 e 8000Hz na orelha esquerda. Para usuários por mais que 15 anos, observou-se limiares superiores a 25dBNA de 3000 a 8000Hz na orelha direita. Nas EOAT e efeito supressor das EOAT não houve diferença estatisticamente significante entre G1 e G2 e entre os tempos de uso das drogas. O G1 apresentou relação sinal/ruído das EOAT superior ao G2. O efeito supressor das EOAT esteve presente em 79% das orelhas avaliadas. Conclusão na amostra estudada, o crack/cocaína apresentou efeito mais deletério sobre o sistema auditivo do que a maconha. O maior tempo de uso de drogas influenciou nos resultados do G1. O uso de drogas ilícitas não provocou alterações no SOCM. <hr/> Purpose to analyze whether the use of illicit drugs may interfere with the peripheral and central auditory system. Methods 17 subjects were divided according to the kind of consumed drug: 10 individuals in the cannabis group (G1) and seven in the group of crack/cocaine (G2). The groups were subdivided according to the time of drug use: five, six to 10 and more than 15 years. They were evaluated by anamneses, pure tone audiometry, tympanometry, transient evoked otoacoustic emissions (TEOAE) and TEOAE suppression effect. Results comparing the pure tones of G1 and G2, the worst results were observed in the G2, with a statistically significant difference in the group of one to five years at 250, 500, 6000 and 8000 Hz in the right ear and six to 10 years of about 4000 and 8000 Hz in the left ear. For the users of for more than 15 years, there are pure tones above 25 dBHL from 3000 to 8000 Hz in the right ear. In TEOAE and TEOAE suppression effect, any statistically significant difference was found between G1 and G2 and between the time of drug use. The suppressive effect of TEOAE was present in 79% of the tested ears. Conclusion the use of crack/cocaine has more deleterious effect in the auditory system if compared to marijuana. The time of use of the drug only influenced the results of the G1. The use of illicit drugs did not cause disorders in the medial olivocochlear system. <![CDATA[Relação da perda auditiva induzida por ruído e o uso de tabaco em trabalhadores de uma indústria alimentícia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200384&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo verificar se o uso do tabaco potencializa os efeitos do ruído causados na audição. Métodos 153 trabalhadores de ambos os sexos, fumantes e não-fumantes, de uma indústria do ramo alimentício, escolhidos aleatoriamente dentre 14 setores da empresa, cuja faixa de ruído apresentada teve uma variação de 85 a 109 dBNA, responderam a um questionário sobre tempo e exposição ao ruído bem como hábitos sobre fumo e passaram por exame de audiometria. Resultados os limiares auditivos da via aérea nas frequências de 4.000 Hz e 6.000Hz foram significantemente mais altos no grupo de fumantes/ex-fumantes quando comparados aos não-fumantes tanto na orelha direita quanto na orelha esquerda; limiares estes, característicos da perda auditiva induzida por ruído. Essas diferenças se mantiveram significantes após o ajuste pela idade e pelo tempo de exposição. Conclusão por meio dos resultados obtidos, concluiu-se que o uso do tabaco pode potencializar os danos causados pelo ruído à audição. <hr/> Purpose to determine whether tobacco use enhances the effects of noise caused hearing. Methods 153 workers of both sexes, smokers and nonsmokers, from an food sector industry, randomly chosen from among 14 sectors of the company, whose band noise was presented a variation from 85 to 109 dB, answered a questionnaire about time exposure to noise as well as on smoking habits and submitted to audiometry. Results the hearing thresholds in the frequencies of 4000 Hz and 6000 Hz were significantly higher in the group of smokers / ex-smokers when compared to nonsmokers in both ears, these thresholds, characteristic of hearing loss induced by noise. These differences remained significant after age adjustment and exposure time. Conclusion through the obtained results it was possible to conclude a correlation between the use of tobacco and hearing loss. <![CDATA[Efeitos do ruído na audição de trabalhadores de lavanderia hospitalar]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200395&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo caracterizar o perfil auditivo de trabalhadores de uma lavanderia hospitalar. Método estudo transversal, realizado numa lavanderia de um hospital público em Curitiba-PR, com 95 trabalhadores de ambos os sexos, média de idade de 38,23. Realizou-se análise dos documentos do Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional e do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais da lavanderia, mensuração do ruído, avaliação auditiva com aplicação de anamnese, audiometria tonal limiar, imitância acústica e teste de emissões otoacústicas evocadas por estímulo transiente. Analisou-se os audiogramas por critérios clínico e ocupacionais (Norma Regulamentadora 7). Resultados os níveis de ruído encontrados foram de 77,0 a 99,0 dB(A), houve 37,89% audiogramas alterados, destes 18,94% com características sugestivas de Perda Auditiva Induzida por Ruído, principalmente entre os dobradores de roupas. O teste de Emissões Otoacústicas Evocadas por Estímulo Transiente demonstrou ausência de respostas em 13 sujeitos com ausência de emissões em alguma das orelhas. Conclusão a lavanderia é um local de risco para a perda auditiva. Desse modo, medidas preventivas, por meio de Programas de Preservação Auditiva, devem ser adotadas. <hr/> Purpose to carry out a characterize the hearing profile of workers from a hospital laundry. Method crosscut study, with 95 workers, males and females, age averaging 38.23, held at the laundry of a public hospital located in the city of Curitiba, Parana State/Brazil. Documental laundry analysis was carried out (Medical Control and Occupational Health Program and Environmental Risk Prevention Program), noise measurement, anamnesis-applied hearing evaluation, tonal threshold audiometry, acoustic immittance, and transient otoacoustic emission testing. Audiograms were analyzed through clinical and occupational criteria (Labor Ministry/ Regulatory Norm 7). Results noise levels found were 77.0 to 99.0 dB(A), 37.89% audiograms were altered, among them, 18.94% suggesting noise-induced hearing loss, mainly among the clothes folders. The test of otoacoustic emissions showed no transient responses in 13 subjects with no emissions in some ears. Conclusion the laundry is a hazardous place for hearing loss, thus preventive measures, such as Hearing Conservation Programs must be adopted. <![CDATA[Relação entre dados coletados na anamnese e distúrbio do processamento auditivo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200405&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo o objetivo deste trabalho foi tentar relacionar dados da avaliação do processamento auditivo com os dados coletados na anamnese de crianças, adolescentes e jovens. Método foram analisadas as informações dos prontuários de 51 pacientes, de ambos os sexos, com idade de 5 a 20 anos, atendidos no Serviço de Avaliação do Processamento Auditivo, da UNIESP. Os aspectos observados na anamnese foram: dificuldades escolares, presença de depressão/desmotivação, uso de medicamentos, necessidade de acompanhamento psicológico ou psicopedagógico, e problemas de atenção e memória. Resultados foram encontrados 86% dos casos com dificuldades escolares, 43% faziam acompanhamento psicológico ou psicopedagógico, 37% apresentavam problemas de atenção e memória, e 33% faziam uso de medicamentos. Nenhum desses sintomas, porém, puderam ser associados com alterações no processamento temporal (ordenação e resolução) e reconhecimento de sons não verbais sobrepostos em escuta dicótica (atenção seletiva). Conclusão é necessária a produção de novos estudos que possam discutir as questões emocionais e sociais recebidas na anamnese que, eventualmente, estão relacionadas aos distúrbios do processamento auditivo e queixas de dificuldades escolares. <hr/> Purpose the aim of this study was to attempt to correlate data from auditory processing with the data collected during the interview of children and teenagers. Method we analyzed the information from medical records of 51 patients of both genders, ages 5 to 20 years, assisted at the auditory processing evaluation service, UNIFESP. The features observed in the interview were: learning difficulties, presence of depression / motivation, use of medication, need for psychological treatment or pedagogical, and problems with attention and memory. Results we found 86% of cases with learning difficulties, 43% were receiving psychological treatment or pedagogical, 37% had problems with attention and memory, and 33% were using medication. None of these symptoms, however, could be associated with changes in temporal processing (ordinance and resolution) and recognition of non-verbal sounds in dichotic task (selective attention). Conclusion it is necessary to produce new studies to discuss the emotional and social issues received during the interview that possibly are related to auditory processing disorders and learning difficulties. <![CDATA[Comparação das formas de aplicação papel e caneta e eletrônica do índice de estresse parental versão reduzida (PSI-SF)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200413&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo avaliar se a aplicação eletrônica do Índice de Estresse Parental – versão reduzida (PSI-SF) é comparável à aplicação em formato papel e caneta. Verificar o estresse em pais de crianças com desenvolvimento normal. Métodos quarenta adultos, pais de crianças entre seis meses e 10 anos, foram divididos em quatro grupos, sendo pareados por idade, sexo, escolaridade e idade da criança. Cada participante completou o questionário em duas ocasiões, com intervalo de sete a dez dias, nas versões: papel-caneta/papel-caneta (PP), papel-caneta/eletrônico (PE), eletrônico/eletrônico (EE), eletrônico/papel-caneta (EP). O PSI-SF apresenta 36 afirmações, divididas em três subescalas: Sofrimento Parental (SP); Interações Disfuncionais entre Pai e Criança (IDPC) e Criança Difícil (CD). Para análise dos dados foram realizadas as correlações (Pearson) e comparação da pontuação do PSI-SF intra e inter-grupos. Resultados foram obtidas correlações positivas fortes e médias e significantes entre a pontuação total e das subescalas do PSI-SF na primeira e segunda aplicação, para todos os grupos. Diferenças significantes foram observadas entre as médias das pontuações para o grupo PP (subescala “Criança Difícil”;) e grupo EE (subescala “Criança Difícil”; e pontuação total). No entanto, tais diferenças de pontuação não alteraram a interpretação do resultado do questionário. Não houve diferença significante entre os grupos para as quatro subescalas analisadas, confirmando equivalência da variância entre os grupos. O estresse dos participantes, em todas as subescalas, recaiu dentro da normalidade. Conclusão a aplicação no formato eletrônico do questionário PSI-SF apresenta resultados semelhantes à aplicação papel e caneta. Os níveis de estresse observados foram considerados normais. <hr/> Purpose to assess whether the electronic version of the Parenting Stress Index – Short Form (PSI-SF) is comparable to the paper and pencil administration. To evaluate stress in parents of children with normal development. Methods forty adults, parents of children between six months and ten years of age, were divided into four groups matched for age, gender, education and child’s age. In two different occasions, seven to ten days apart, participants completed the PSI-SF in the formats: paper-pencil/paper-pencil (PP), paper-pencil/electronic (PE), electronic/electronic (EE) and electronic/paper-pencil (PE). The PSI-SF has 36 statements, divided into three subscales: Parental Distress, Parent-Child Dysfunctional Interaction, and Difficult Child. Pearson’s correlations and comparison of the PSI-SF scores within and between groups were obtained. Results strong positive correlations were found between PSI-SF subscales and total scores in the first and second administration, for all groups. Significant differences were observed between the mean scores for the PP group (subscale “Difficult Child”;) and EE group (subscale “Difficult Child”; and the total score). Such differences in scores, however, did not alter in any means the interpretation of the results. Participants’ stress fell into normal values, for all subscales. Conclusion the electronic format of the PSI-SF questionnaire yields similar results to the standard paper-and-pencil administration of the test. Observed stress levels were considered normal. <![CDATA[Investigação etiológica da deficiência auditiva em neonatos identificados em um programa de triagem auditiva neonatal universal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200422&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo descrever os resultados da investigação etiológica da deficiência auditiva realizada em neonatos rastreados em um programa de triagem auditiva neonatal universal. Métodos estudo descritivo, transversal e prospectivo. Foram incluídos no estudo todos os neonatos diagnosticados com deficiência auditiva identificados em um programa de triagem auditiva neonatal universal no período de agosto de 2003 a dezembro de 2006. A provável etiologia da deficiência auditiva foi determinada após anamnese detalhada realizada pelo médico otorrinolaringologista; pesquisa das sorologias para toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, herpes, sífilis e HIV; tomografia dos ossos temporais e exames genéticos. Resultados foram diagnosticados 17 sujeitos com deficiência auditiva no período estudado. 64.7% dos casos estudados apresentaram como provável etiologia causas pré-natais, 29.4% causas peri-natais e um sujeito (5,9%) apresentou etiologia desconhecida. Das causas pré-natais, 36.4% tiveram origem genética confirmada e 36.4% etiologia presumida de hereditariedade. Foi confirmada a presença de infecções congênitas em 18.2% dos casos e um sujeito (9%) apresentou anomalia craniofacial como provável etiologia. O grau de perda auditiva mais frequente observado nos sujeitos estudados foi o profundo (47,1%). Conclusão a maior ocorrência de etiologias observada neste estudo foram as de origem pré-natal, seguida das de origem peri-natal. <hr/> Purpose to describe the results of etiology of deaf in neonates screened in a universal newborn hearing screening program. Methods a descriptive, cross-sectional and prospective study. The study included all newborns diagnosed with hearing loss identified in a universal newborn hearing screening program from August 2003 to December 2006. The etiology of deaf was determined after detailed anamnesis performed by the otorhinolaryngologist; survey of serological tests for toxoplasmosis, rubella, cytomegalovirus, herpes, syphilis and HIV; tomography of the temporal bone and genetic tests. Results 17 neonates were diagnosed with hearing loss in the period studied. 64.7% of cases presented as probable causes prenatal etiology, 29.4% perinatal causes and one child (5.9%) had unknown etiology. Of prenatal causes, 36.4% had confirmed genetic origin and 36.4% presumed etiology of heredity. We confirmed the presence of congenital infections in 18.2% of cases and one child (9%) had craniofacial anomalies as a possible etiology. The degree of hearing loss more frequently observed in the subjects studied was the profound (47.1%). Conclusion the increased occurrence of etiologies in this study was of prenatal origin, followed by perinatal origin. <![CDATA[Habilidades de manipulação do aparelho de amplificação sonora <em>open fit</em> por deficientes auditivos idosos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200430&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo avaliar as habilidades de manipulação do AASI do tipo open fit em indivíduos deficientes auditivos idosos, por meio do instrumento denominado Practical Hearing Aid Skills Test (PHAST), traduzido como Teste de Habilidades Práticas com Aparelho Auditivo. Métodos no estudo, desenvolvido na Divisão de Saúde Auditiva, participaram 18 idosos (idade entre 60 e 87 anos) deficientes auditivos, sendo 7 homens e 11 mulheres, novos usuários AASI tipo de open fit. Para a metodologia, na primeira etapa a pesquisadora realizou a orientação sobre o AASI aos deficientes auditivos e ao seu cuidador e, na segunda, após aproximadamente 1 mês de uso do dispositivo, foi aplicado o instrumento PHAST, o qual contém 8 questões na forma de tarefas práticas referentes ao manipulação do AASI para classificar a desenvoltura do indivíduo. Resultados foi constatado que nas tarefas referentes à limpeza do AASI e ao uso ao telefone, os indivíduos revelaram maior dificuldade de executá-las expondo as menores pontuações, em contrapartida às tarefas referentes à remoção do AASI e à abertura do compartimento de bateria, os indivíduos realizaram com maior facilidade. Quanto aos resultados do desempenho dos participantes a classificação final foi: 33,33% excelente, 22,22% boa, 27,78% satisfatório e 16,67% pobre. Conclusão 55,55% dos idosos deficientes auditivos realizaram adequadamente as tarefas referentes à manipulação do AASI open fit, obtendo classificação final no instrumento PHAST excelente e boa. <hr/> Purpose to evaluate the skills of handling the type of hearing aids in open fit hearing impaired elderly people, using the instrument called Practical Hearing Aid Skills Test (PHAST). Methods in the study, developed in Auditory Health Division, including 18 elderly (aged 60 to 87 years) hearing impaired, 7 men and 11 women, new users of open fit hearing aid type. For the methodology, the first step the researcher carried out the guidance on hearing aids for the hearing impaired and the second, after approximately 1 month of use of the device, applied the instrument PHAST, which contains eight questions in the form of practical tasks regarding the handling of hearing aids to classify the resourcefulness of the individual. Results we found that the tasks related to cleaning the hearing aid and the use of telephone, the subjects experienced greater difficulty in exposing them to run with lower scores, however the tasks related to the removal of HA and opening the battery compartment, subjects performed with greater ease. As for the overall performance of the participants, the results were 33,33% excellent, 22,22% good, 27,78% satisfactory and 16,67% poor. Conclusion 55,55% of hearing impaired elderly performed the tasks for properly handling the open fit hearing aids, obtaining the final ranking instrument PHAST excellent or good. <![CDATA[Relação entre ausência do reflexo do músculo estapédio e presença de distúrbios do processamento auditivo (central)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200438&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo caracterizar e relacionar os achados do reflexo acústico do músculo estapédio em indivíduos com diagnóstico de distúrbios do processamento auditivo (central). Métodos pesquisa transversal descritiva retrospectiva, submetida e aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa, sob o protocolo nº 0047/11. Amostra constituiu-se de 83 prontuários de indivíduos de ambos os gêneros (57 masculino e 26 feminino) que apresentaram alteração na avaliação do processamento auditivo (central) associada à ausência do reflexo acústico. Resultados e Discussão os resultados demonstraram numericamente que as frequências com maior número de ausência do reflexo acústico, tanto na pesquisa contralateral quanto na ipsilateral, foram 4KHz, 3KHz e 500Hz respectivamente, para ambos os gêneros, mas, sem diferença significante no tratamento estatístico. Também, em ambos os grupos, as habilidades auditivas que apresentaram maior frequência de alterações foram figura fundo e ordenação temporal, que sobressaíram em número quando comparadas com as demais habilidades, e sem diferença significante no tratamento estatístico realizado com os testes de Fisher, Quiquadrado e Anova. Conclusão os resultados da presente pesquisa nos levam a concluir que as estruturas do sistema nervoso auditivo central responsáveis pelo sistema do arco reflexo do músculo estapédio, também relacionam-se aos mecanismos fisiológicos auditivos das habilidades auditivas, o que evidencia a possível relação entre a ausência do RA com alterações do distúrbio do processamento auditivo (central). <hr/> Purpose to characterize and relate the findings of the acoustic reflex of the stapedial muscle in individuals diagnosed with Auditory Processing Disorder. Methods descriptive retrospective cross-sectional research submitted and approved by the Ethics in Research Committee, under protocol number 0047/11. The sample consisted of 83 individuals (57 males and 26 females), who showed abnormalities in auditory processing associated with the absence of acoustic reflex. Results and Discussion the results showed that the frequencies which lack more in the acoustic reflex both in the ipsilateral and in contralateral research were 4000 Hz, 3000 Hz and 500 Hz, respectively for both, but without significant difference in the statistical analysis. Also, in both groups the auditory skills which presented more change frequency were the speech in noise and temporal ordering which called the attention to their number when compared to other skills without significant difference in the statistical analysis performed by the Fisher, chi-square and ANOVA tests. Conclusion with shown results we can conclude that the nervous system structures for the central hearing are responsible for the bridge reflex system of the stapedial muscle, which also relate to the acoustic physiologic of the auditory skills which shows a possible relation to the lack of RA to the changes of the disorder of the (central) auditory processing <![CDATA[A aprendizagem da escrita e a escolaridade materna]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200446&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo investigar a escrita de crianças e a relação com o grau de instrução materno. Métodos as mães das crianças responderam a uma entrevista com a finalidade de conhecer seu nível de escolaridade, além de outros aspectos socioculturais. Em seguida, a escrita das crianças foi avaliada segundo o Roteiro de Observação Ortográfica de Zorzi (1998), composto por ditados de palavras, frases e textos, assim como produções textuais, utilizando-se o gênero narrativo, a partir de temas pré-estabelecidos. Foram avaliadas 30 crianças, todas matriculadas no 3º ano do ensino fundamental de uma escola municipal da cidade do Recife. Os dados foram tabulados em uma planilha do software de análise estatística SPSS. Resultado observou-se que 20% das crianças ainda não atingiram o nível alfabético do desenvolvimento da escrita, o que é um aspecto importante, considerando que no 3º ano as crianças já devem estar consolidando a leitura e escrita funcionais. Foram observadas correlações significantes entre a escolaridade materna e a aquisição do esquema narrativo de histórias, assim como entre a escolaridade materna e os hábitos de leitura das mães. Uma análise dos erros ortográficos revelou que as crianças cometiam os mesmos tipos de erros já observados em outras populações, apenas com uma frequência maior. Crianças que produziram as narrativas mais estruturadas foram as que cometeram mais erros ortográficos, o que comprova que o erro ortográfico é inerente ao processo de aquisição da escrita e não constitui obstáculo à produção textual. Conclusão a aprendizagem da escrita sofre influência de fatores sociais, como a escolaridade materna. Tais aspectos necessitam ser considerados na avaliação e diagnóstico fonoaudiológico, assim como nas práticas educativas oferecidas pela instituição escolar. <hr/> Purpose to investigate the children writing and the relationship with the level of maternal education. Methods the children’s mothers were interviewed with a view to ascertaining their level of education, and other cultural aspects. Then, writing the children were assessed according to the Observation Guide for Spelling Zorzi (1998), composed of dictated words, sentences and texts, as well as textual productions, using the narrative genre, from pre-established themes . We evaluated 30 children, all enrolled in third grade of elementary education at a public school in Recife. The data were tabulated in a spreadsheet statistical analysis software SPSS. Result it was observed that 20% of children have not yet reached the level of development of alphabetic writing, which is an important aspect, considering that in the third grade, kids should be consolidating functional reading and writing. Significant correlations were found between maternal education and the acquisition of the narrative scheme of stories, as well as between maternal education and reading habits of mothers. An analysis of spelling errors revealed that children were committing the same types of errors have already been observed in other populations, only with a higher frequency. Children who produced more structured narratives that were made more errors in spelling, which proves that the spelling error is inherent in the acquisition process of writing and does not preclude the production of texts. Conclusion the learning of writing is influenced by social factors such as maternal education. These aspects need to be considered in the evaluation and diagnosis of speech therapy, as well as in educational practices offered by the school. <![CDATA[Comparação das habilidades auditivas e visuais em paralíticos cerebrais diplégicos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200457&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo comparar o desempenho das habilidades psicolinguísticas auditivas e visuais de crianças com PC-D. Métodos participaram dez crianças com PC-D, classificados por meio da escala Gross Motor Function Measure System (GMFMS), de idade entre quatro anos e um mês a cinco anos e seis meses. A avaliação fonoaudiológica constou de entrevista com responsável, análise de prontuário e aplicação dos subtestes auditivos e visuais do Teste de Illinois de Habilidades Psicolinguísticas (ITPA). O tratamento estatístico constou de análise descritiva e aplicação do teste de Wilcoxon (nível de significância foi p≤ 0,05). Resultados os subtestes que obtiverem os menores escores foram na memória sequencial auditiva e memória sequencial visual. Na comparação entre as habilidades auditivas e visuais somente houve diferenças estatisticamente significante nos subtestes de recepção e associação. O grupo se comportou de forma heterogênea. Este estudo pretende chamar atenção para esta questão, pois se considera que estas habilidades são de extrema importância para o desenvolvimento das habilidades linguísticas e comunicativas que devem ser pensadas nos programas de reabilitação destes indivíduos. Conclusão houve diferenças estatisticamente significantes nos subtestes auditivos e visuais de recepção e associação nesta população. <hr/> Purpose to compare the performance of auditory and visual psycholinguistic abilities of children with CP-D. Methods a total of ten children with CP-D, classified using the Gross Motor Function Measure System (GMFMS) scale, aged between four years and one month to five years and six months. The clinical assessment consisted of interviews with responsible, analysis of medical records and application of auditory and visual subtests of the Illinois Test of Psycholinguistic Abilities (ITPA). Statistical analysis consisted of descriptive analysis and application of the Wilcoxon test (significance level was p ≤ 0.05). Results the tests that presented the lowest scores were in auditory sequential memory and visual sequential memory. When comparing between the auditory and visual abilities there were only statistically significant differences in the subtests of reception and association. The group behaved unevenly. This study aims to draw attention to this issue because it believes that these skills are extremely important for the development of linguistic and communication skills that should be thought in rehabilitations programs of these individuals. Conclusion there were statistically significant differences in the subtests of auditory and visual reception and association in this population. <![CDATA[Perfil linguístico, familial e do gênero de escolares com diagnóstico de dislexia de uma clínica escola]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200463&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo traçar o perfil dos pacientes com diagnóstico de dislexia quanto ao gênero, recorrência familial para distúrbios da comunicação ou dificuldade escolar, presença de alteração de linguagem oral e quanto à presença de alteração nas habilidades de memória de trabalho fonológica, memória visual e consciência fonológica na primeira avaliação fonoaudiológica, por meio da análise de prontuários de indivíduos. Métodos foi realizado um estudo transversal retrospectivo por meio de análise de prontuários dos últimos dez anos, no período de 2001 a 2011, em que foram investigadas as histórias clínicas e a primeira avaliação interdisciplinar de pacientes diagnosticados com dislexia. Resultados por meio de uma amostra de 23 prontuários, foi verificado que 82% dos pacientes pertencem a indivíduos do gênero masculino; 60,9% possuíam recorrência familial quanto à presença de familiares com distúrbios da comunicação ou dificuldades escolares; 47,8% dos escolares com diagnóstico de dislexia relataram sofrer de algum tipo de alteração de linguagem oral; 82,6% dos pesquisados possuíam alteração de memória de trabalho fonológica; 82,6% de consciência fonológica e 39,1% de memória visual. Conclusão o perfil dos pacientes diagnosticados com dislexia, na Clínica Escola da instituição de origem, se caracteriza, preferencialmente pelo gênero masculino, pela presença de recorrência familial para distúrbios da comunicação ou dificuldades escolares e por apresentarem alteração de memória de trabalho fonológica e consciência fonológica durante a primeira avaliação fonoaudiológica. <hr/> Purpose to define the profile of patients diagnosed with Dyslexia in terms of gender, familial recurrence for communication disorders or difficulties at school, presence of oral language disorders and the presence of changes in the skills of phonological working memory, visual memory and phonological awareness in the first clinical assessment, through analysis of charts of individuals. Methods we conducted a retrospective study cross-sectional study through analysis of charts of the last ten years, from 2001 to 2011, in which we investigated the clinical histories and interdisciplinary review of patients diagnosed with Dyslexia. Result through a sample of 23 medical records, it was found that 82% of patients belong to male subjects; 60.9% had familial recurrence for the presence of relatives with communication disorders or learning difficulties; 47.8% of children diagnosed with dyslexia reported suffering from some type of change in oral language; 82.6% of surveyed possessed alteration of phonological working memory, phonological awareness 82.6% and 39.1% of visual memory. Conclusion it was possible to verify that the profile of patients diagnosed with dyslexia, Clinical School at the home institution, is characterized, preferentially by male gender, the presence of familial recurrence for communication disorders or learning difficulties, and present a modification of phonological working memory and phonological awareness during the first clinical assessment. <![CDATA[Prevalência dos fatores instrínsecos e extrínsecos do processo de aprendizagem em crianças com epilepsia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200472&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo levantar a prevalência dos fatores intrínsecos e extrínsecos que podem interferir no processo de aprendizagem em crianças com epilepsia. Métodos este estudo descritivo foi realizado no Ambulatório de Neurologia Infantil do Hospital de Pediatria Professor Heriberto Bezerra (HOSPED) da UFRN. A obtenção dos dados ocorreu durante setembro/2009 a março/2010 por meio da aplicação de um questionário com pais e cuidadores de crianças com epilepsia. A amostra foi constituída por 41 crianças, seguindo os seguintes critérios de inclusão: a) pais ou cuidadores de crianças com diagnóstico inequívoco de epilepsia atendidas no ambulatório do HOSPED; b) crianças com idades entre 3 e 12 anos; e c) pais ou responsáveis assinarem o termo de consentimento livre e esclarecido. Resultados 61% das crianças apresentaram diagnóstico de epilepsia pura. 59% tiveram sua primeira crise antes dos 03 anos de idade. 34% apresentavam crises do tipo generalizada. 51% apresentavam crises no período da pesquisa. 98% estavam em tratamento medicamentoso para controle das crises, sendo 55% monoterapia e 45% politerapia. 76% estavam inseridas na escola, sendo 50% em escolas públicas. 66% nunca repetiram o ano. 49% das crianças tiveram assiduidade escolar prejudicada em virtude das crises. 64% nunca foram excluídas da escola pelos professores devido a epilepsia e 85% dos pais afirmaram superproteger os filhos. Conclusão o estudo concluiu que, além da epilepsia, as crianças com essa patologia são também expostas a outros fatores, decorrentes da doença, que podem influenciar negativamente no processo de aprendizagem dessas crianças. <hr/> Purpose to raise the prevalence of intrinsic and extrinsic factors of the learning process in children with epilepsy. Methods this descriptive study was conducted at the Clinic of Neurology Children’s Hospital of Pediatrics Professor Heriberto Bezerra, HOSPED – UFRN. Data collection occurred during the September/2009 to March/2010 through a questionnaire with parents and carers of children with epilepsy. The sample comprised 41 children, according to the following inclusion criteria: a) parents or caregivers of children with an unequivocal diagnosis of epilepsy seen at the outpatient clinic of HOSPED; b) children aged between 3 and 12 years; and c) parents or guardian sign the consent form free and clear. Results 61% of children were diagnosed with pure epilepsy. 59% had their first crisis before the age of 03. 34% presented generalized crisis type. 51% presented crisis during the survey period. 98% were on medications to control crisis, and from these children, 55% monotherapy and 45% polytherapy. 76% were at school, 50% inserted in public school. 66% never repeated the school year. 49% of children had school attendance affected because of the crisis. 64% have never been excluded from school by teachers because of epilepsy and 85% of parents affirmed to overprotect their children. Conclusion the study concluded that, in addition epilepsy, children with that pathology are also exposed to other factors, resulting from the disease, which may negatively affect these children learning process. <![CDATA[Comunicação e transtornos do espectro do autismo: análise do conhecimento de professores em fases pré e pós-intervenção]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200479&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo analisar o conhecimento de professores de ensino fundamental sobre a comunicação de pessoas com transtornos do espectro do autismo, em dois momentos distintos, pré e pós-intervenção. Métodos trata-se de um estudo descritivo comparativo, em que participaram 160 professores de escolas municipais de ensino fundamental, de ambos os gêneros, com idades entre 23 e 65 anos. Para verificar o conhecimento dos professores sobre a comunicação nos transtornos do espectro do autismo, foi elaborado e aplicado um questionário especificamente para este estudo. O instrumento, oferecido aos professores, foi aplicado em dois momentos distintos, pré e pós-intervenção. O procedimento de intervenção constou de dois encontros, de quatro horas cada, conduzidos por fonoaudiólogos e entrega de manual de orientação sobre os transtornos do espectro do autismo, com ênfase em aspectos da comunicação e linguagem. Foram analisadas e comparadas as respostas pré e pós-intervenção. Os resultados foram tratados estatisticamente (p&lt;0,05 e em alguns casos p&lt;0,01; foi utilizado o teste de Qui-quadrado para Proporções). Resultados foi possível observar que os professores apresentavam conhecimento restrito sobre a comunicação nos transtornos do espectro do autismo e sobre esses quadros clínicos de modo geral. Além disso, verificou-se aumento significante de respostas corretas por parte dos professores após a intervenção. Conclusão constatou-se um restrito conhecimento dos professores sobre a comunicação nos transtornos do espectro do autismo e efeitos positivos do procedimento de intervenção, por meio da análise comparativa entre as fases pré e pós-intervenção, que evidenciou aumento significante de respostas adequadas sobre os transtornos do espectro do autismo. <hr/> Purpose to assess the knowledge of teachers in elementary education about the communication of people with autism spectrum disorders at two different times, pre and post-intervention. Methods it was a comparative and descriptive study, involving 160 teachers from municipal elementary school of both genders, aged between 23 and 65. To check the teachers’ knowledge of communication in autism spectrum disorders, a specific questionnaire for this study was developed and applied. It was offered to teachers and administered at two different times, pre and post-intervention. The intervention procedure consisted of two meetings of four hours each, conducted by speech therapist and the delivery of a guidance manual on the autism spectrum disorders, emphasizing the aspects of communication and language. The responses pre-and post-intervention were analyzed and compared. The results were treated statistically (p &lt;0.05 and in some cases p &lt;0.01, the chi-square test for proportions was used). Results it was observed that the teachers had a limited knowledge and inadequate communication about the autism spectrum disorders and on these clinical cases in general. In addition, there was significant increase of correct answers by the teachers after the intervention. Conclusion there is a restricted teachers’ knowledge of communication in autism spectrum disorders and positive effects after the intervention procedures, through the analysis of the pre and post-intervention phases, which showed a significant increase in appropriate responses on the autism spectrum disorders. <![CDATA[Caracterização acústica da sonoridade dos fones plosivos do português brasileiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200487&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo investigar e comparar as características acústicas das plosivas surdas e sonoras na fala de crianças com desenvolvimento fonológico típico e, de adultos com padrões de fala típicos da língua. Método a amostra do estudo é composta por dois grupos - 17 adultos e 11 crianças com desenvolvimento fonológico típico. Por meio de palavras/pseudopalavras ([’papa], [’baba], [’tata], [’dada], [’kaka] e [’gaga]) inseridas em frases-veículo (“Fala ___ papa de novo”;), mediu-se o voice onset time, a duração da vogal, a amplitude do burst e a duração da oclusão. Foram comparados os registros acústicos de plosivas surdas e sonoras intra e intergrupo por meio de testes estatísticos (p&lt;0,05). Resultados em geral, observou-se que: (1) o voice onset time foi maior para as plosivas sonoras em comparação às surdas; (2) a duração da vogal quando seguida ou precedida por uma plosiva sonora foi mais longa do que diante de uma plosiva surda; (3) a amplitude do burst foi levemente superior durante a produção dos segmentos sonoros e; (4) a duração da oclusão se mostrou superior no contexto de plosivas surdas. Também se observou que adultos e crianças apresentam muitas similaridades em relação à produção desses parâmetros. Conclusão pode-se concluir que as pistas acústicas investigadas apresentam-se como fortes parâmetros envolvidos na caracterização do contraste de sonoridade das plosivas. Além disso, os resultados também indicam muitas semelhanças entre adultos e crianças com padrões fonológicos típicos. No entanto, quando algumas diferenças são evidentes, essas ocorrem na posição de sílaba átona e medial. <hr/> Purpose to investigate and compare the acoustic characteristics of voiceless and voiced plosives in the speech of children with typical phonological development and adults with typical language speech patterns. Method the study’s sample is arranged in two groups – 17 adults and 11 children with typical phonological development. Through words/pseudowords ([‘papa], [‘baba], [‘tata], [‘dada], [‘kaka] and [‘gaga]) inserted into carrier phrases (“Say ___ papa again”;), the voice onset time, the length of the vowel, and we measured the burst amplitude and the length of the occlusion. The acoustic records of voiceless and voiced plosives intragroup and intergroup were compared through statistical tests (p&lt;0.05). Results in general, the results suggest that: (1) the voice onset time was longer for voiced plosives when compared to the voiceless plosives; (2) the vowel length when followed or preceded by a voiced plosive was longer than in front of a voiceless plosive; (3) the burst amplitude was slightly superior during the production of voiced segments and; (4) the length of the occlusion was superior in the context of voiceless plosives. Furthermore, the adults and children showed many similarities related to the production of these parameters. Conclusion the investigated acoustic cues present themselves as strong parameters involved in the characterization of plosives voicing contrasts. Furthermore, the results also indicate many similarities among adults and children with typical phonological patterns. However, when some differences are evident, they occur on medial and unstressed syllables. <![CDATA[Análise da relação entre depressão materna e indicadores clínicos de risco para o desenvolvimento infantil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200500&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo analisar as possíveis correlações entre alterações nos índices de risco ao desenvolvimento linguístico e psicológico do bebê e presença de depressão materna, em uma amostra de mães de bebês nascidos em cidade de porte médio e arredores da região central do Rio Grande do Sul.  Métodos a pesquisa foi realizada com 165 díades mães- bebê em Hospital Escola no qual as crianças realizavam triagem auditiva neonatal, no período de março a maio de 2010. Na coleta de dados foram utilizados um roteiro de entrevista sobre informações socioeconômicas, demográficas, obstétricas e psicossociais, a aplicação do Inventário de Depressão de Beck e dos Indicadores Clínicos de Risco para o Desenvolvimento Infantil.  Resultados quando se avaliou os valores do inventário de depressão na primeira faixa de índice de risco analisada, comparando-se bebês com e sem risco ao desenvolvimento, houve diferença estatisticamente significante, pois mães com maiores escores de depressão apresentaram mais risco ao desenvolvimento de seus filhos.  Conclusões a análise realizada apontou que há maior proporção de bebês com risco ao desenvolvimento, quando os níveis de depressão materna são elevados no período pós-parto. <hr/> Purpose to analyze the possible correlation between changes in levels of risk to infant development baby’s linguistic and psychological and maternal depression in a sample of mothers of babies born in medium-sized city and around the central region of Rio Grande do Sul. Methods the survey was conducted with 165 mother-infant dyads in University Hospital in which the children were newborn hearing screening in the period from March to May 2010. The data collection used a structured interview on socioeconomic, demographic, obstetric and psychosocial factors, application of the Beck Depression Inventory and Clinical Indicators of Risk for Child Development. Results when assessed values of the mother depression ranges between children with and without development risk, there was statistically significant difference, as most mothers did not show signs of depression and the babies had no risk for the development. Conclusions the analysis showed that a higher proportion of babies with development risk altered when levels of maternal depression are elevated in the postpartum period. <![CDATA[Atuação fonoaudiológica na equoterapia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200511&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo descrever a formação dos fonoaudiólogos que atuam em equoterapia e as linhas gerais da intervenção fonoaudiológica na área proposta pelos mesmos. Métodos trata-se de uma pesquisa prospectiva transversal, que foi realizada com fonoaudiólogos que atuam com equoterapia nos centros cadastrados pela Associação Nacional de Equoterapia do estado de São Paulo. Como critérios para inclusão na pesquisa, os fonoaudiólogos participantes deveriam ter realizado algum curso específico de equoterapia e atuar na área há mais de um ano. Os resultados foram apresentados por meio de análise descritiva, divididos em 13 quadros de acordo com as questões realizadas. Resultados foram encontrados 47 centros de equoterapia cadastrados. Foi realizado o contato telefônico com todos os centros, e dentre eles 14 não possuíam fonoaudióloga na equipe, 22 não responderam, 11 questionários foram encaminhados e 06 questionários foram respondidos. Conclusão o grupo de profissionais apontou que o papel do fonoaudiólogo dentro da equipe de equoterapia, além de atuar diretamente com o praticante, é participar do planejamento terapêutico, esclarecer, mostrar e provar a importância do trabalho fonoaudiológico para a equipe e orientar a família do praticante. Porém, foi constatado que não há procedimentos e fundamentação teórica considerada padrão para a prática fonoaudiológica na equoterapia. <hr/> Purpose describe the training of audiologists who work in hippotherapy and the outline of speech therapy contribution in the suggested area. Methods this is a cross-prospective research, performed by submitting a questionnaire to speech therapists who work with hippotherapy in centers accredited by ANDE – Brazil, in the State of São Paulo. As criteria for inclusion in the research, speech therapists should have attended any hippotherapy specific course and have at least a year of working experience in the area. The results were presented by descriptive analysis, divided into 13 frames according to the submitted questions. Results there were 47 hippotherapy centers registered. All the centers were contacted by telephone and among them14 had no speech therapist on their staff, 22 non-respondents, 11 questionnaires were sent, and 06 questionnaires were answered. Conclusion the group of professionals indicated that the role of speech therapists in the hippotherapy team, besides working directly with the practitioner, involves treatment planning, clarification, demonstration and proving the importance of speech therapy for the team and providing guidance to the family of the practioner. However, we have found that there is no theoretical basis and procedures considered standard practice for speech therapy in hippotherapy. <![CDATA[Critérios para avaliação clínica fonoaudiológica do paciente traqueostomizado no leito hospitalar e internamento domiciliar]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200524&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo : conhecer os critérios utilizados pelos fonoaudiólogos na avaliação clínica do paciente traqueostomizado no leito hospitalar e/ou internamento domiciliar, da cidade de Salvador, Bahia.  Métodos : trata-se de um estudo transversal, descritivo, de abordagem quantitativa, cuja população constituiu-se de 28 fonoaudiólogos, que contribuíram respondendo a um formulário contendo 19 questões sobre o tema Critérios para Avaliação Clínica Fonoaudiológica do Paciente Traqueostomizado no Leito Hospitalar e/ou Internamento Domiciliar (home care). Resultados : no presente estudo, em relação aos critérios selecionados primariamente para a prática clínica, os resultados foram: 26 (92,9%) estabilidade clínica; 24 (85,7%) nível de consciência; 24 (85,7%) estado de alerta; 14 (50%) capacidade de proteção de vias aéreas; 9 (32,1%) estado nutricional; 9 (32,1%) tosse; e 6 (21,4%) possibilidade de receber via oral.  Conclusão : ao término do estudo realizado foi possível concluir que os critérios para avaliação fonoaudiológica no paciente traqueostomizado no leito, na cidade de Salvador, Bahia, em sua maioria, encontram-se de acordo com os critérios descritos na literatura. Contudo, existem poucos estudos que estabelecem critérios para a decanulação, portanto, ressalta-se a necessidade de validações de protocolos para uma melhor atuação do processo de decanulação desses pacientes. <hr/> Purpose : to know the criteria used by speech therapists in the clinical evaluation of the patient in hospital bed with tracheostomy and / or home detention, the city of Salvador, Bahia. Methods : this is a cross-sectional, descriptive, quantitative approach, whose population consisted of 28 speech therapists, who contributed a response form containing 19 questions on the subject criteria for clinical evaluation of patients with tracheostomies Speech in Inpatient and Home Care Hospital Bed. Results : in this study, in relation to the criteria selected primarily for clinical practice the results were: 26 (92.9%) clinical stability, 24 (85.7%) level of consciousness, 24 (85.7%) state Alert, 14 (50%) ability to protect airway, 9 (32.1%), nutritional status, 9 (32.1%) cough and 6 (21.4%) chance of receiving oral. Conclusion : at the end of the study it was concluded that the criteria for evaluating speech in tracheostomized patient in bed in the city of Salvador, Bahia, most is according to the criteria described in the literature. However, few studies exist that establish criteria for decannulation, therefore, it emphasizes the need for validation protocols for a better performance of the process of decannulation in these patients. <![CDATA[Análise clínica das propostas de classificação do frênulo da língua por índice e porcentagem]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200537&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo verificar a aplicabilidade clínica das propostas de classificação do frênulo da língua por índice e porcentagem. Métodos a casuística desta pesquisa foi composta por 287 sujeitos de ambos os sexos com idade variando entre 23 e 28 anos. Os frênulos da língua foram classificados a partir de duas medidas definidas com o auxilio de compasso e de paquímetro digital, e analisadas nas fórmulas e padrões propostos a partir de uma pesquisa realizada com cadáveres que resultou em fórmulas para mensurar o frênulo da língua por índice e porcentagem. Resultados observou-se que o padrão estabelecido na classificação do frênulo da língua pela proposta por porcentagem é fidedigno. Na proposta por índice um novo padrão foi encontrado na população pesquisada. Conclusão após aplicação clínica, sugere-se que um novo padrão na classificação por índice seja adotado. Na proposta por porcentagem o padrão inicial deve ser mantido, proporcionando a efetividade de ambas as formas de classificação do frênulo da língua na prática fonoaudiológica. <hr/> Purpose to determine the clinical applicability of the proposed classification of the lingual frenulum by index and percentage. Methods the sample of this study consisted of 287 subjects of both sexes aged between 23 and 28 years. The lingual frenulums were classified based on two measures defined with aid of a compass and a digital caliper and it were analyzed in the formulas and proposed pattern from a research of corpses which resulted in formulas for index and percentage calculations. Results it was observed that the pattern established in the classification of lingual frenulum by the proposal is reliable by percentage. At the index classification a new pattern was found in the studied population. Conclusion after clinical application, it is suggested that the new pattern proposed by the index be adopted. In percentage proposal, the initial pattern should be maintained, providing effectiveness to both ways of classification of the lingual frenulum in speech-language practice. <![CDATA[Fluxo aéreo adaptado e coeficientes fônicos de futuros profissionais da voz]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200546&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo verificar e correlacionar o fluxo aéreo adaptado (FAA), coeficiente fônico simples (CFS) e coeficiente fônico composto (CFC) de adultos jovens de ambos os sexos, sem alterações vocais, futuros profissionais da voz, e verificar a frequência dos sexos. Métodos 62 sujeitos entre 18 e 35 anos (12 homens, média 24,25 anos e 50 mulheres, média 21,42 anos); avaliação vocal pela escala RASATI com coeficiente de confiabilidade Kappa; coleta dos tempos máximos de fonação (TMF) de /a,i,u,s,z/, contagem de números, capacidade vital e FAA; cálculo dos CFS e CFC; teste de Spearmann para as correlações entre as variáveis e teste binomial para proporções de valores normais, diminuídos e aumentados. Resultados a maioria significante feminina apresentou CFS e CFC normais, e FAA normal e aumentado, em comparação aos valores diminuídos. A maioria significante masculina apresentou CFS normal e aumentado, em comparação aos valores diminuídos; CFC normal e FAA sem diferença estatisticamente significante. Houve correlação positiva moderada entre o CFS e o CFC para ambos os sexos. Conclusão a maioria significante dos futuros profissionais da voz estudados apresentou CFS e CFC normais e com correlação positiva moderada. A maioria significante feminina obteve resultados de FAA normais e aumentados, em comparação aos valores diminuídos, e o FAA não apresentou correlação com CFS e CFC. A maioria significante do grupo de futuros profissionais da voz foi composta por mulheres. <hr/> Purpose to verify and correlate adapted air flow (AAF), simple phonic coefficient (SPC) and composed phonic coefficient (CPC) in young adult future voice professionals of both genders which have normal voice as well as verifying frequency of sexes. Methods 62 subjects between 18 and 35 years old (12 men, mean 24,25 years old and 50 women, mean 21,42 years old); vocal evaluation by means of the RASATI scale with Kappa reliability coefficient; collecting of the maximum phonation time (MPT) of /a,i,u,s,z/, counting of numbers, vital capacity and AAF; calculation of the SPC and CPC; Spearmann test for correlations between variables and binomial test for the proportions of normal, diminished and increased values. Results majority significantly feminine presented SPC and CPC normal, and FAA normal and incresead when compared to the diminished values. Majority significantly masculine presented SPC normal and increased, when compared to the diminished values; normal CPC and no statistically meaningful difference on AAF. There was moderate positive correlation between SPC and CPC for both genders. Conclusion majority significantly of the studied future voice professionals presented SPC and CPC normal with moderate positive correlation between these measurements. Majority significantly feminine obtained normal results AAF when compared increased values and AAF did not have correlation with SPC and CPC. Majority significantly of the group of future voice professionals was women. <![CDATA[Qualidade de vida relacionada à voz: impacto de uma ação fonoaudiológica com professores]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200554&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo verificar o impacto de uma ação fonoaudiológica na qualidade de vida em voz de professores. Métodos estudo quase-experimental, de caráter quantitativo, realizado com 20 professores de Ensino Fundamental de três escolas da rede pública estadual de Goiânia (GO). Os professores responderam a um protocolo de Queixas Vocais e aqueles que apresentaram três queixas participaram de uma ação fonoaudiológica - três encontros mensais - em que foram abordados aspectos da produção vocal, das condições e da organização do trabalho docente. Nos momentos pré e pós ação fonoaudiológica forma aplicados os protocolos de Queixas Vocais e QVV-Qualidade de Vida em Voz. Resultados quanto às queixas vocais, houve aumento das percepções referentes a perda da voz, sensação desagradável, alergias, irritações ou inflamações e falta de ar ao falar. Houve diminuição de: falhas na voz, ardor ou dor, pigarro e/ou tosse, esforço para falar e garganta seca. Em relação ao QVV, a autoavaliação vocal se manteve praticamente inalterada, mas houve pequeno aumento na média dos escores nos domínios global e físico e diminuição no domínio socioemocional. Conclusão a ação fonoaudiológica favoreceu aumento das percepções sobre a voz, diminuição de algumas queixas e discreta melhora do impacto da voz na qualidade de vida, considerando-se os domínios físico e global do QVV. <hr/> Purpose to evaluate the impact of speech voice on teacher’s life quality. Methods a quantitative quasi-experimental study carried out with 20 elementary school teachers from three public schools in the city of Goiania. Teachers were asked to answer Voice Complain Protocol and those who had three complaints participated in three-monthly meetings addressing aspects of voice production, and the conditions and organization of teaching. Protocols Complaints V-RQOL – Voice Related Qualit of Life forms - were applied moments before and after phonological action. Results regarding the vocal complaints there was an increased perception regarding voice loss, unpleasant sensations, allergies, irritations or inflammations, and shortness of breath while speaking. There was a decrease of: voice failures, burning or pain, hoarseness and/or cough, effort to speak, and dry throat. Regarding the V-RQOL vocal self-assessment remained virtually unchanged, but there was a slight increase in the global and physical average scores and decrease in the social-emotional domain (not significant). Conclusion the speech-language action favored perceptions about the voice, decreased complaints and produced mild improvement of the voice on the teachers’ life quality, considering the physical and the global V-RQOL <![CDATA[Autopercepção e qualidade vocal de estudantes de jornalismo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200566&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo relacionar dados da avaliação perceptivo-auditiva queixa e autopercepção vocal de estudantes de Jornalismo. Métodos trata-se de estudo observacional, descritivo, transversal, com coleta de dados prospectiva, realizado na Universidade Estadual do Centro Oeste/UNICENTRO-PR. Participaram 41 estudantes de Jornalismo, sendo 27 do sexo feminino e 14 do sexo masculino. Foi aplicado um protocolo para coleta de dados de identificação e de queixas de voz, bem como foram feitos registros vocais com emissão sustentada da vogal “a”; e encadeada (contagem de números e meses do ano). Tais registros foram analisados por um fonoaudiólogo especialista em voz quanto à qualidade vocal (adaptada ou alterada). Os estudantes também responderam ao protocolo “Termos descritivos sobre a voz”;. Resultados mesmo apresentando vozes adaptadas, os estudantes apresentaram queixas vocais. As queixas mais comuns referiram-se a alterações de pitch, produção fonêmica, qualidade vocal e velocidade de fala. Os estudantes que apresentaram qualidade vocal adaptada mencionaram maior quantidade de termos positivos referentes à autopercepção. Não houve diferença na comparação entre a quantidade média de termos positivos e negativos apresentados pelo grupo. Os termos positivos mais referidos foram: voz simpática, expressiva, confiante, feminina, forte e dócil. Os negativos foram: voz desafinada, instável, oscilante, irregular, rápida, anasalada, baixa e tímida.  Conclusão mesmo com vozes adaptadas do ponto de vista perceptivo-auditivo, acadêmicos de jornalismo referem queixas vocais, provavelmente pela demanda imposta durante a graduação.  <hr/> Purpose to relate data from auditory vocal analysis, complaint and vocal self-perception of journalism students. Methods it is an observational, descriptive, cross-senctional study with prospective data collection, conducted at Universidade Estadual do Centro-Oeste/UNICENTRO-PR. 41jounalism students participated, 27 women and 14 men. A protocol was applied to collect data of identification and voice complaints, and vocal recordings were made with sustained emission of the vowel “a”; and chained (counting of numbers and months of the year). These recordings were analyzed by a speech therapist, voice specialist, related to voice quality (adapted or altered). Students also responded to the protocol “Descriptive terms about voice”;. Results despite presenting adapted voices, the students presented voice complaints. The most common complaints reported to pitch change, phonemic production, voice quality and speech speed. The students who presented adapted voice quality mentioned a greater amount of positive terms related to the self-perception. There was no difference when compared the average amount of positive and negative terms presented by the group. The most positive terms listed were: nice voice, expressive, confident, feminine, strong and docile. The negatives were: tuneless voice, unstable, oscillanting, irregular, rapid, nasal voice, low and timid. Conclusion even with adapted voices from the auditory vocal point of view, journalism students refer voice complaints, probably due to the demand placed upon them during graduation. <![CDATA[Requisitos para utilização de <em>cybertutor </em>com agentes comunitarios de saúde]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200573&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo verificar e caracterizar os requisitos para efetiva participação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) em ambientes virtuais de aprendizagem, utilizando o tema “amamentação”;. Métodos participaram do estudo 49 ACS do município de Monte Negro-RO; após 45 dias, durante os quais o processo foi monitorado, ocorreu uma videoconferência para coletar depoimentos sobre o acesso e conteúdo. Foi utilizada a Análise do Discurso do Sujeito Coletivo para identificar dificuldades/facilidades/sugestões/proposições dos participantes, considerando três categorias: (a) Desejo de adquirir conhecimentos; (b) Consecução do estudo e (c) Avaliação da formação do profissional e do conteúdo. Resultados oito ACS (15,69%) acessaram o cybertutor em tempo hábil; destes 100% cursou o módulo introdutório completo; 62,5% os módulos 2 e 3; 37,5% os módulos de 4 à 8. Para a Categoria (a) oito ACS relataram que estiveram motivados no uso do cybertutor, visto ser um meio para reforçar e adquirir novos conhecimentos. Quanto à Categoria (b), as maiores dificuldades descritas foram a falta de conhecimento da informática, de recursos materiais e financeiros, além de tempo disponível. Na Categoria (c) referiram ter obtido novos conhecimentos que puderam levar para a população imediatamente e o desejo de ter outras experiências semelhantes. Conclusão os requisitos necessários para ministrar cursos a distância aos ACS implicam a viabilização de recursos pelos gestores locais, conhecimentos prévios de informática básica, acesso à Internet, computadores disponíveis em locais apropriados, assim como outros aspectos como disponibilizar tempo em horário de trabalho e/ou extra, e temas desafiadores para efetivar a educação continuada à distância. <hr/> Purpose to verify and to feature the conditions of the effective participation of community health workers (CHW) in virtual learning environment with topic “breast-feeding”;. Methods participated in the study 49 CHW from Rondônia, and after 45 days, in wich all the process was monitored, occurred a videoconference to take testimonials about the access and content. It was used the Collective Subject Discurse to identify difficulties/easiness/suggestions/ proposals of wich were extracted three categories: (a) Willing to obtain knowledge; (b) Conditions to the achieving of the study; and (c) Assesment of professional education and the content. Results 8 CHW (15.69%) accessed the cybertutor in correct time; 100% folowed the introductory module complete; 62.50% the modulus 2 and 3; 37.50% the modulus 4 at 8. For the Category (a) 8 CHW reported were motivated in using cybertutor, since it is a way to reinforce and acquire new knowledge. As to Category (b) the main difficulties were described as lack of knowledge on technology, material and financial resources and time availabilities. In Category (c) it was reported having obtained new knowledge that could be passed immediately to population and the desire to have similar experiences. Conclusion the requeriments for the distance courses for CHW imply the viability of resources by local administrators, prior knowledge of basic computer, Internet access, computers availables in appropriate sites, well as others aspects such, to time available during working hours and/or extra time and challenging themes to make effect continuing distance education. <![CDATA[Fatores determinantes do uso de chupeta entre crianças participantes de programa de incentivo ao aleitamento materno]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200582&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo avaliar a introdução de chupeta entre crianças assistidas por um programa interdisciplinar de incentivo ao aleitamento materno durante os primeiros seis meses de vida, investigando os possíveis determinantes do seu uso. Métodos foi realizado um estudo descritivo, exploratório, longitudinal, quantitativo, por meio do acompanhamento de 120 díades mãe-crianças. Foram coletados dados sobre características pessoais, demográficas, e variáveis referentes aos períodos pré, peri e pós-natal. Foram realizadas análises bivariadas pelo teste Qui-quadrado e teste Exato de Fisher e análise de regressão múltipla de Poisson com ajuste robusto do erro padrão. Resultados verificou-se que 13,33% das crianças usavam chupeta ao final do primeiro mês de vida e que 23,33% apresentavam este hábito ao término do sexto mês. O uso de chupeta esteve associado positivamente à ausência de aleitamento materno exclusivo ao final do primeiro mês (RP:5,44; IC95%:2,38-12,44). Ao final do sexto mês, mostrou-se associado à ausência de aleitamento materno exclusivo no momento da alta hospitalar (RP:4,91; IC95%:1,79-13,48) e ausência de aleitamento materno exclusivo aos seis meses de vida (RP:2,32; IC95%:1,32-4,08). Conclusão o uso de chupeta durante os primeiros seis meses de vida entre crianças assistidas por um programa de promoção à amamentação mostrou-se associado à ausência de aleitamento materno exclusivo. <hr/> Purpose to evaluate the introduction of pacifiers in children assisted by an interdisciplinary program of encouraging breastfeeding during the first six months of life, investigating the possible determinants of their use. Methods a descriptive, exploratory, longitudinal, quantitative study, through monitoring of 120 mothers and their children. Data were collected on personal characteristics, and demographic variables related to pre-, peri-and postnatal. Bivariate analysis were performed by Chi-square and Fisher exact test and multiple regression analysis with robust adjustment Poisson standard error. Results the analysis revealed that 13.33% of children using pacifiers at the end of the first month of life and 23.33% had this habit at the end of the sixth month. Pacifier use was positively associated with lack of exclusive breastfeeding for the first month (PR: 5.44, CI95%:2.38-12, 44). At the end of the sixth month, this habit was associated with absence of exclusive breastfeeding at discharge from hospital (PR: 4.91, CI95%:1.79-13, 48) and lack of exclusive breastfeeding at six months of life (PR: 2.32, CI95%:1.32-4, 08). Conclusion the use of pacifiers during the first six months of life for children assisted by a program to promote breastfeeding was associated with lack of exclusive breastfeeding. <![CDATA[Correlação entre a capacidade vital lenta e o tempo máximo de fonação em adultos saudáveis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200592&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivo analisar o papel do tempo máximo de fonação (TMF) como método de avaliação da capacidade vital lenta (CVL) e a possível correlação entre essas variáveis. Métodos trata-se de um estudo do tipo transversal, crossover e a escolha entre as técnicas foram realizadas de forma randomizada. Foram avaliados 101 indivíduos adultos saudáveis de ambos os sexos sendo 71 mulheres. A CVL foi mensurada por meio do ventilômetro, enquanto o TMF foi avaliado por meio da verbalização da vogal /a/, dos fonemas /s/ e /z/ e da contagem numérica. Resultados ao analisar a população total, observou-se uma significante correlação positiva entre a CVL e o TMF (/a/, /s/, /z/ e contagem numérica; R = 0,420, 0,442, 0,399 e 0,279, respectivamente com p &lt; 0,05). Quando subdividida a amostra por sexo, apenas no sexo feminino foi verificada a existência de correlação entre essas variáveis (R = 0,296, 0,334, 0,326 e 0,320 respectivamente com p &lt; 0,05). Conclusão nesse estudo foi observada uma correlação positiva entre os valores de CVL e TMF para a população total e do sexo feminino, não se verificando essa associação entre os indivíduos do sexo masculino. <hr/> Purpose to correlate the value of slow vital capacity (SVC) with the maximum phonation time (TMF) in order to estimate the vital capacity. Methods the study is a cross-sectional crossover and participated in this research one hundred one (101) healthy subjects 71 women and 30 men. The slow vital capacity (SVC) was measured using a spirometer and TMF was evaluated by vowel “a”;, the phoneme “s”; and “z”; and the manner of counting numbers. Results there was significant correlation between the SVC (ml) and TMF (a, s, z) and technique of counting with r * respectively (0.420, 0.442, 0.399, 0.279) with a p-value &lt;0.05 in total population. There was a positive correlation between the slow vital capacity and the variables /a /, /s /, /z / and technique of counting for females, according to values of r * (0.296, 0.334, 0.326, 0.320) respectively and p-value &lt; 0.05 . Conclusion in this study was possible to observe a positive correlation between the SVC and TMF in total population and females, this correlation was not observed among males. <![CDATA[Integração odontologia-fonoaudiologia: a importância da formação de equipes interdisciplinares]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200598&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Os odontólogos e fonoaudiólogos, por possuírem em comum a mesma área de atuação: o Sistema Estomatognático, tem a responsabilidade de trabalhar em conjunto. Além disso, têm a necessidade de se aliar com médicos, psicólogos e fisioterapeutas objetivando o aperfeiçoamento das terapias e tratamentos, promovendo satisfação e saúde aos seus pacientes. Entretanto, grande parte dos cirurgiões-dentistas apresentam dificuldades sobre quais casos necessitam de intervenção fonoaudiológica e o momento apropriado para a realização desta, o mesmo ocorre com os fonoaudiólogos em relação à Odontologia. As habilidades necessárias para que o profissional esteja apto a fazer parte de um grupo devem ser ensinadas e aprendidas desde a vida acadêmica, já que o profissional de saúde deve ser capaz de produzir e desenvolver conhecimentos que tenham por norte os condicionantes biopsicossocioculturais do processo saúde doença, a capacidade de comunicação com os pacientes e outros profissionais. O objetivo deste artigo foi esclarecer a importância do trabalho interdisciplinar na área da saúde, com enfoque na associação entre Odontologia e Fonoaudiologia. Também visou mostrar a relevância desta abordagem desde a vida acadêmica para a formação de profissionais capazes de trabalhar em equipe, habilitados e humanizados para o atendimento integral dos indivíduos.<hr/>The dentists and speech language pathologists work in the same area: the stomatognathic system. So, they have a responsibility to work together. Also, they have the need to ally with doctors, psychologists and physical therapists aiming the improvement of the therapies and treatments, promoting health and satisfaction to their patients. However, most dentists have difficulties about which cases need speech therapy and the appropriate time to require it, so does the speech language pathology in concerning to dentistry. The necessary professional skills to be part of a group must be taught and learned since academic life. The health professional should be able to produce and develop knowledge by biopsychosocial-cultural conditions of the health-illness process and also have the ability to communicate with the patients and other professionals. The purpose of this article was to clarify the interdisciplinary work importance in healthcare, focusing on the association between dentistry and speech language pathology for the health promotion of stomatognathic system. It also aims to show the importance of this approach from academic life to the training of prepared and humanized professionals to care the individuals as a whole and to be able to work in teams. <![CDATA[Interferência do tratamento medicamentoso imediato e tardio na doença de Parkinson no gerenciamento da disfagia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200604&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A Doença de Parkinson apresenta grande incidência na população idosa, gerando comprometimento motor progressivo, que afeta várias funções, dentre as quais se destaca a deglutição. Esse trabalho teve como objetivo relacionar a disfagia na Doença de Parkinson aos efeitos imediatos e/ou tardios do tratamento medicamentoso, que de forma direta ou indireta interferirá no gerenciamento fonoaudiológico. Fizemos uma revisão de literatura nas bases de dados eletrônicas Lilacs, Scielo, Medline e Pubmed no período de 2001 a 2011, utilizando os termos livres “Doença de Parkinson”; (Parkinson Disease), “deglutição”; (deglutition), “disfagia”; (dysphagia), “preparações farmacêuticas”; (pharmaceutical preparations), “levodopa”;, “videofluoroscopia”; (videofluoroscopy), além de um documento governamental (OPAS, 2002), artigos relevantes e exemplares da literatura americana e brasileira sobre o tema. A literatura aponta a Levodopa como o principal tratamento farmacológico da doença de Parkinson. Contudo, a melhora dos sintomas motores deve ser ponderada em função da ocorrência de efeitos colaterais importantes, sejam imediatos ou tardios. Até o momento não há respostas consistentes a favor da melhora da disfagia como resultado do tratamento farmacológico, cujos efeitos podem interferir direta ou indiretamente sobre as manifestações disfágicas e de várias formas. Assim, torna-se fundamental o registro das medicações como parte da anamnese, considerando que tais dados possam auxiliar na orientação/reorientação da conduta fonoaudiológica, especialmente em contexto interdisciplinar. A despeito da possibilidade do doente de Parkinson responder de forma inconsistente à terapia farmacológica, vale ressaltar que o profissional deve estar atento à presença de efeitos colaterais como fatores modificadores do quadro de disfagia orofaríngea na Doença de Parkinson idiopática.<hr/>Parkinson’s disease shows a higher incidence in the elderly population generating progressive motor impairment, which affects several functions, among which stands out swallowing. The purpose of this study is to correlate the dysphagia in Parkinson’s disease with immediate and / or late effect of the drug treatment, which directly or indirectly, will interfere with speech therapy management. We carried out a literature review in electronic databases Lilacs, Scielo, Medline and Pubmed from 2001 to 2011, using the free terms “Parkinson Disease”; (Parkinson Disease), “swallowing”; (deglutition), “dysphagia”; (dysphagia), “pharmaceutical preparations”; (pharmaceutical preparations), “levodopa”;, “videofluoroscopy”; (videofluoroscopy), a government document (OPAS, 2002), relevant articles and copies of American and Brazilian literature about the theme. The literature appointments levodopa as the main pharmacological treatment of the Parkinson’s disease. However, the resolution of the motor symptoms must be balanced in function of important collateral effects, being immediate or later. Actually, there aren’t consistent answers in favour of the resolution of the dysphagia in consequence of pharmacological treatment, wich effects may interfere, direct or indirectly, on the dysphagic manifestations and of several ways. In this way, turns fundamental the record of the medications like part of the anamnese, considering that, such data may help orientation/reorientation of the phonoaudiologic management, specially interdisciplinary context. In despite of possibility of Parkinson’s patient to answer inconsistently to pharmacological therapy, is noteworthy that professional must pay attention to presence of collateral effects like modifiers factors of the dysphagia oropharyngea profile in the idiopatic Parkinson’s disease. <![CDATA[Relação entre disfagia e tipos clínicos na doença de Parkinson]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200620&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A disfagia é um sintoma comum na doença de Parkinson, porém a causa e o mecanismo permanecem obscuros. Sabe-se que manifestações disfágicas podem provir de sintomas motores característicos da doença de Parkinson. Sendo assim, o estudo tem como objetivo investigar se a literatura indica a relação entre disfagia e os tipos clínicos (sintomas predominantes) na doença de Parkinson, e se a Levodopa influencia na deglutição desses pacientes. A busca foi realizada utilizando as bases de dados: portal da Bireme (Medline, Lilacs, Ibecs, Scielo, Biblioteca Cochrane, entre outros bancos desse portal) e portal Pubmed. Não houve restrição quanto ao ano de publicação e idioma. Os descritores utilizados foram: Parkinson or Parkinsonism and Deglutition or Swallowing or Swallow and Dysphagia and Levodopa. Foram encontrados 29 artigos, dos quais apenas 2 foram incluídos segundo os critérios de elegibilidade. Porém os artigos selecionados não fazem uma relação clara entre a disfagia e os sintomas clássicos da doença de Parkinson, entretanto demonstram resultados que apontam para uma melhora da deglutição após levodopa em alguns pacientes ou em pacientes com discinesia. São necessários novos estudos que possam esclarecer tal pergunta, contribuindo para norteamento de intervenções terapêuticas mais específicas e eficazes.<hr/>Dysphagia is a common symptom in Parkinson’s disease, but the cause and mechanism are still unclear. It is known that the manifestations may be derived from dysphagia motor symptoms characteristic of Parkinson’s disease. Thus, the study aims to investigate whether the literature indicates the relationship between dysphagia and clinical types (predominant symptoms) in Parkinson’s disease and levodopa influences swallowing in these patients. The search was performed using databases: portal Bireme (Medline, Lilacs, IBECS, Scielo, Cochrane Library, among other banks portal) and the Pubmed website. There was no restriction regarding the year of publication and language. The descriptors used were: Parkinson’s disease and Parkinson’s disease or Swallow or deglutition or swallowing and dysphagia and Levodopa. 29 papers were found, of which only two were included in the eligibility criteria. But the articles selected are not a clear relationship between dysphagia and the classic symptoms of Parkinson’s disease, but the results show that point to an improvement in swallowing after levodopa in some patients or in patients with dyskinesia. More studies are needed that can clarify this issue, helping to guide therapeutic interventions more targeted and effective. <![CDATA[O distúrbio de voz relacionado ao trabalho do professor e a legislação atual]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200628&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Considerando-se que a voz é o instrumento de trabalho para o professor e de sua importância no processo de trabalho docente, buscou-se neste estudo evidenciar que, apesar do tema ser de grande relevância e da existência de bases legais, o distúrbio vocal relacionado ao trabalho do professor ainda não foi identificado como agravo à Saúde do Trabalhador. Buscou-se relacionar os diferentes vínculos trabalhistas que regem a categoria profissional com as possibilidades de comunicação/notificação em casos de acidentes e/ou doenças relacionados ao trabalho, além de refletir sobre as principais questões e carências decorrentes da ausência de procedimentos técnicos e legais dos Ministérios da Saúde, Trabalho, Emprego e Previdência Social nos casos de transtornos decorrentes de alterações na voz do professor.<hr/>Considering voice is the teacher’s work tool and its role in teaching process, this study intend to explore the fact vocal disturbances related to teacher’s work has not been defined as a worker’s health grievance, despite its relevance and legal basis evidences. The group seeks to relate the occupational category’s labor bonds and the communication/notification in case of accidents and/or diseases related to work, besides a reflection over major questions and needs arising from the absence of technical and legal procedures from Health, Labor, Employment and Social Security Ministries in cases of disorders resulting from alterations in teacher’s voice. <![CDATA[Processamento auditivo e afasia: uma revisão sistemática]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200634&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A avaliação do Processamento Auditivo (PA) é um procedimento audiológico que fornece informações importantes relacionadas ao processo de compreensão do material linguístico. Com o objetivo de investigar as pesquisas que abordam a interface PA – Afasia foi realizada uma revisão sistemática tomando por referência os seguintes descritores e seus correlatos em língua inglesa: Afasia, Dicótico, Monótico, Processamento auditivo e Habilidades auditivas; a busca foi realizada no formato intersecção com o conectivo and. Os cinco estudos incluídos nesta pesquisa diferem em aspectos diversos nos seus objetivos, tais como localização da lesão, mudança da dominância hemisférica para linguagem, presença de vantagem da orelha esquerda em quadros de afasia, relação entre habilidades auditivas e linguagem e a extinção auditiva. Os trabalhos analisados sugerem que as abordagens acerca do processamento auditivo e afasia ocorreram sob duas perspectivas de funcionamento cortical: teoria localizacionista e teoria distribucionista, estando a maioria dos artigos (três), em consonância com a primeira corrente (localizacionista).<hr/>The auditory processing evaluation is an audiological procedure that provides important information related to the process of understanding linguistic material. Aiming to investigate the research about the interface Auditory Processing - Aphasia a systematic review was made with reference to the following descriptors and their correlates in the English language: Aphasia, Dichotic, Monotic, Auditory Processing and Auditory Abilities. The search was conducted in the intersection format with connective “and”;. The five studies found in this review differ in many aspects such as lesion location, change of hemispheric dominance for language, presence of a left ear advantage in aphasia, relationship between auditory abilities and language and auditory extinction. These papers suggest that the two theoretical approaches on auditory processing and aphasia: localizationist and distributive arguments. Most of papers (three) agree with the distributive argument. <![CDATA[Educação em saúde com vistas à triagem neonatal e audição: uma revisão integrativa]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200643&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste trabalho foi investigar estudos sobre educação em saúde e capacitação que abordassem o tema triagem neonatal e/ou audição. Trata-se de uma revisão integrativa, realizada em agosto de 2011, com busca na Biblioteca Virtual em Saúde, a partir dos Descritores em Ciências da Saúde: “Audição”;, “Capacitação”;, “Educação em Saúde”; e “Triagem Neonatal”;. A amostra final constituiu-se por 10 estudos. A base de dados com maior número de artigos foi a Medline e a maioria dos artigos (n=07) foi classificado com nível de evidência três. Nesta revisão integrativa, pode-se observar o quão é interessante adotar as estratégias de educação em saúde e/ou capacitação nos serviços de saúde como uma forma de educação permanente ou continuada. A população mais frequentemente estudada foi mães/pais e médicos. Ações educativas podem empoderar a população em relação à audição, englobando aspectos sobre a Triagem Auditiva Neonatal e seus procedimentos.<hr/>The purpose of this paper was to investigate studies regarding to health education and programs which the main topic is neonatal screening and/or hearing. It was done an integrative review, which was realized in August of 2011, with search on the Biblioteca Virtual em Saúde, from those key-words in health science: “hearing”;, educational programs, health education, and neonatal screening”;. It was analyzed 10 articles. The data base with the majority of articles was Medline and seven of them was classified as evidence level of three. It could be observed that educative actions regarding to hearing health should be done as a manner to promote continuing education. The population mainly beneficiated with those actions was seen to be parents and health professionals. The educative actions give power to the public it is for, with knowledge exchange, in particular to the hearing health area. <![CDATA[Prosódia e transtornos da linguagem: levantamento das publicações em periódicos indexados entre 1979 e 2009]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200651&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo tem como tema a relação entre a prosódia e os transtornos da linguagem, sendo esta relação investigada a partir do levantamento das publicações indexadas em bases de dados internacionais. A análise dos artigos mostrou que há um crescimento nas publicações que relacionam os transtornos de linguagem aos déficits de produção e percepção da prosódia da fala. Também reforça que, a perda ou dificuldade nas habilidades relativas à prosódia, compromete a função pragmática da linguagem e, portanto, a interação do sujeito em seu meio social. A afasia foi o transtorno mais estudado, provavelmente influenciado também pelo aumento mundial da população de idosos. E o eixo temático mais encontrado nas publicações foi a percepção da fala.<hr/>This study has as its subject the relationship between prosody and language disorders, this relationship being investigated from the survey of publications indexed in international databases. The analysis of the articles showed that there is a growth in publications that relate to language disorders deficits production and perception of speech prosody. It also reinforces that the loss or difficulty in skills relating to prosody, pragmatic compromises the function of language, and therefore the interaction of the subject in its social environment. Aphasia is a disorder most studied, probably also influenced by the global increase of the elderly population. And the more thematic publications was found in speech perception. <![CDATA[Relação entre abstinência de maconha e fluência da fala em um adolescente com gagueira: implicações para o tratamento fonoaudiológico e psiquiátrico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200660&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo tem como tema a relação entre a prosódia e os transtornos da linguagem, sendo esta relação investigada a partir do levantamento das publicações indexadas em bases de dados internacionais. A análise dos artigos mostrou que há um crescimento nas publicações que relacionam os transtornos de linguagem aos déficits de produção e percepção da prosódia da fala. Também reforça que, a perda ou dificuldade nas habilidades relativas à prosódia, compromete a função pragmática da linguagem e, portanto, a interação do sujeito em seu meio social. A afasia foi o transtorno mais estudado, provavelmente influenciado também pelo aumento mundial da população de idosos. E o eixo temático mais encontrado nas publicações foi a percepção da fala.<hr/>This study has as its subject the relationship between prosody and language disorders, this relationship being investigated from the survey of publications indexed in international databases. The analysis of the articles showed that there is a growth in publications that relate to language disorders deficits production and perception of speech prosody. It also reinforces that the loss or difficulty in skills relating to prosody, pragmatic compromises the function of language, and therefore the interaction of the subject in its social environment. Aphasia is a disorder most studied, probably also influenced by the global increase of the elderly population. And the more thematic publications was found in speech perception. <![CDATA[Evolução fonológica de crianças com desvio fonológico submetidas a diferentes abordagens terapêuticas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200663&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No Português Brasileiro, aproximadamente entre 4 ou 5 anos de idade, a criança já adquiriu todos os fonemas do sistema fonológico adulto. Porém, este processo nem sempre ocorre de acordo com o esperado, verificando-se afastamentos/desvios na aquisição dos sons da fala. O objetivo deste trabalho foi verificar e comparar a evolução do sistema fonológico de crianças com desvio fonológico submetidos à terapia fonológica, acrescida ou não de estimulação das habilidades práxicas orofaciais. A amostra foi composta por seis sujeitos (três meninas e três meninos), com idades entre 5:4 e 7:0 no início da terapia. Os sujeitos foram divididos em três grupos, recebendo todos terapia fonológica, sendo os do grupo estudo tratados com estimulação de habilidades práxicas de face e língua (GFoLFa), e com exercícios de habilidades práxicas de língua (GFoL), e o grupo controle submetido apenas à terapia fonológica (GFo). Todos foram avaliados pré e pós-terapia quanto ao sistema fonológico (Yavas, Hernandorena e Lamprecht, 1991); ao Teste de Praxias Orofaciais (Berzoatti, Tavano e Fabbro, 2007); e ao Teste de Praxias Articulatórias e Bucofaciais (Hage, 2000). Os resultados foram analisados e descritos comparando os três grupos. Os resultados obtidos evidenciaram que todos os grupos apresentaram evoluções no inventário fonético, o GFoLFa obteve evoluções maiores no PCC-R. Conclui-se que os grupos que receberam intervenção práxica obtiveram maiores evoluções fonológicas, porém, sugerem-se novos estudos aplicando este modelo, para que possam ser confirmados esses resultados, com outras amostras.<hr/>Approximately between 4 or 5 years old, the child has already acquired all the phonemes of the Portuguese adult phonological system. However, this process does not always occur according to expectations, being noted separations/deviations in the acquisition of speech sounds. This study aimed to verify and compare the phonological evolution of, with phonological deviation submitted to phonological therapy associated with the stimulation or not of oral praxis skills. The sample was composed by six subjects (three girls and three boys) aged between 5:4 and 7:0 at the beginning of therapy. The subjects were divided in three groups, all receiving phonological therapy; to one group was added praxis stimulation of face and tongue (GFoLFa); tongue praxis stimulation (GFoL) to another and the third group was submitted only to phonological therapy (GFo). All of them were evaluated before and after therapy regarding: phonological system (Yavas, Hernandorena and Lamprecht, 1991); Orofacial Praxis Test (Bearzotti, Tavano e Fabbro, 2007) and Bucofacial Articulatory Praxis test (Hage, 2000). The results were analyzed descriptively by comparing the three groups. The results evidenced that all groups presented evolution in the phonetic inventory, the GFoLFa obtained bigger evolution in the PCC-R. At this, new ways of study applying this model are suggested, so that these results can be confirmed. <![CDATA[Trabalho com a linguagem e envelhecimento: uma busca por ressignificações de histórias de vida]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200672&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo propõe-se a descrever as vivências de idosos participantes de uma Oficina de Linguagem (OL) que promove discussões orais e a escrita de narrativas autobiográficas. Trata-se de um relato de caso de uma pesquisa qualitativa realizada, por meio de uma entrevista semi-estruturada, com 10 idosos. Todos os sujeitos eram participantes da OL de uma Unidade de Saúde de Curitiba/PR. Os sujeitos relataram que, ao se inscreverem para participarem do grupo, não sabiam exatamente o que era a OL. Entretanto, o convite à escrita de suas histórias de vida os levou a se inscreverem na OL, assim como a necessidade que tinham da convivência em grupo, de compartilhar histórias com outros e incentivo mútuo. A experiência de narrar e escrever suas histórias de vida os fez ressignificar seus posicionamentos em relação ao outro, a eles próprios, bem como aos seus envelhecimentos e a sociedade em que estão inseridos. Por meio da OL, organizaram suas ideias e realizaram o sonho de infância de escrever. Acreditam que o material produzido na OL será lido pelas gerações futuras. Atribuem ao grupo papel fundamental de propiciar tais vivências por meio do apoio que seus membros oferecem uns aos outros. A OL desempenhou uma prática de trabalho de linguagem que proporcionou vivências subjetivas satisfatórias a sujeitos idosos em seus processos de envelhecimentos, promovendo a saúde e a qualidade de vida, no momento da velhice, bem como a realização de sonhos antigos e experiências que dotam a velhice de sentido.<hr/>To describe the experiences of elderly participants in a Language Workshop (LW) that stimulates discussion and writing through autobiographical narratives. A case report of a qualitative study which was performed a semi-structured interview with 10 elderly people. All subjects were participants of the LW from a health unit center of Curitiba/PR. The subjects reported that had not knowledge about the LW before the moment of their application. However, the invitation to write their life stories as well as the contact with other participants, the sharing of stories and the mutual encouragement motivated them to take part of the LW. The experience of writing and narrating their life stories made them reframe their positions relative to each other as well as their aging process into the society where they are inserted. Through the LW, they developed their talents; they changed their ideas and performed their childhood dream of writing. The subjects believe that the material produced in the LW will be read for future generations. Participants believe that the LW has an important role to provide such experiences by supporting for each member. The LW showed a practical way of language work that provides satisfactory subjective experiences for elderly subjects in their processes of aging. The LW can promote health and quality of life for aging people, and the realization of dreams and old memories that bring a new sense for aging.