Scielo RSS <![CDATA[Pesquisa Odontológica Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1517-749120020003&lang=pt vol. 16 num. 3 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>EDITORIAL</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<B>Processamento de imagens em 3D-TC para análise qualitativa e quantitativa de cistos e tumores maxilo-faciais</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The objective of this study was to evaluate spiral-computed tomography (3D-CT) images of 20 patients presenting with cysts and tumors in the maxillofacial complex, in order to compare the surface and volume techniques of image rendering. The qualitative and quantitative appraisal indicated that the volume technique allowed a more precise and accurate observation than the surface method. On the average, the measurements obtained by means of the 3D volume-rendering technique were 6.28% higher than those obtained by means of the surface method. The sensitivity of the 3D surface technique was lower than that of the 3D volume technique for all conditions stipulated in the diagnosis and evaluation of lesions. We concluded that the 3D-CT volume rendering technique was more reproducible and sensitive than the 3D-CT surface method, in the diagnosis, treatment planning and evaluation of maxillofacial lesions, especially those with intra-osseous involvement.<hr/>O presente trabalho consiste em um estudo associativo e comparativo entre as técnicas de superfície e volume para a reconstrução de imagens em três dimensões (3D) utilizando tomografia computadorizada (TC). Foram realizadas tomografias computadorizadas em espiral de 20 pacientes com cistos e tumores do complexo maxilo-facial para análise qualitativa e quantitativa, utilizando métodos de superfície e de volume em 3D. A comparação interexaminadores apresentou erro padrão percentual menos elevado para a técnica de volume (1,94%) que para a técnica de superfície (4,38%), indicando a maior reprodutibilidade do primeiro método. As medidas obtidas pela técnica de volume foram em média 6,28% mais elevadas que as medidas obtidas pela técnica de superfície. A técnica de volume apresentou sensibilidade mais elevada que a técnica de superfície na identificação das lesões do complexo maxilo-facial. A técnica de volume em 3D-TC, utilizando a metodologia da computação gráfica, apresentou maior reprodutibilidade e sensibilidade para o diagnóstico, planejamento e acompanhamento do tratamento, principalmente das lesões com comprometimento intra-ósseo. <![CDATA[<B>Monitorização citogenética de dentistas brasileiros ocupacionalmente expostos a baixos níveis de radiação X</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Exposure to X-rays (ionizing radiation) may cause chromosomal aberrations (CA) in somatic or germinative cells in exposed individuals, and may lead to manifestations of diseases such as cancer. This study was carried out to assess the CA frequency in lymphocytes obtained by means of temporary culture of peripheral blood from dentists in Londrina, Paraná, Brazil, who have worked for more than ten years with X-rays. The results obtained from the experimental group were compared with a matched negative control group, which had never been exposed to X-rays. All individuals, dentists and controls, answered a personal questionnaire, from which a profile of each group was obtained. Slides, prepared after the cultures, were stained with Giemsa, and 100 to 200 metaphase cells were analyzed per individual. CA frequencies and types were registered and statistical tests were not necessary to evaluate the obtained data. The analysis of mitotic index (MI) did not indicate significant differences (p < 0.05) between the group of individuals exposed to X-rays and the control group. The analyzed confounding factors did not influence the results of MI and CA frequencies.<hr/>A exposição à radiação ionizante pode causar aberrações cromossômicas (AC) em células somáticas ou germinativas dos indivíduos expostos, podendo levar a manifestações de doenças como os cânceres. Este trabalho teve como objetivo avaliar a freqüência de AC em linfócitos obtidos através de cultura temporária do sangue periférico de dentistas de Londrina (Paraná - Brasil), com mais de dez anos de trabalho com raios X. Os resultados obtidos do grupo experimental foram comparados com um grupo controle negativo pareado, que nunca se expôs ocupacionalmente aos raios X. Todos os indivíduos, dentistas e controles, responderam a um questionário pessoal, a partir do qual foi obtido um perfil de cada grupo. Após as culturas, as lâminas foram confeccionadas, coradas com solução de Giemsa e foram analisadas de 100 a 200 células metafásicas por indivíduo, anotando-se as freqüências e tipos de AC encontrados. Não foi necessária a realização de testes estatísticos para avaliação desses parâmetros. A análise dos índices mitóticos (IM) não indicou diferenças significantes (p < 0,05) entre os indivíduos dos grupos expostos e controle. Os fatores de variação analisados não influenciaram os resultados obtidos para o IM e freqüência de AC. <![CDATA[<B>Prevalência de cárie e fatores de risco em crianças de 0 a 36 meses</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of this study was to assess the prevalence of caries and risk factors in outpatients of the Pediatric Ambulatory of the Pedro Ernesto University Hospital aging up to 36 months. After signing informed consent forms, the parents answered a structured questionnaire in order to evaluate risk factors for dental caries, including socioeconomic status, oral hygiene and dietary habits. A single investigator carried out the dental examination which assessed the presence of caries, biofilm and gingival bleeding. The data were analyzed by means of the Epi Info program, utilizing the chi-squared test. The children’s mean age was 22.9 months. The prevalence of caries, including white spot lesions, was 41.6%, and the mean def-s was 1.7 (± 2.5). The most affected teeth were the maxillary incisors, and the most common lesion was the white spot. No significant associations were found between the prevalence of caries and socioeconomic status, frequency of oral hygiene, nocturnal bottle- and breast-feeding or cariogenic food and beverage intake during the day. However, the association between caries and oral hygiene quality (dental biofilm) was statistically significant (p < 0.001). The results suggest that the presence of a thick biofilm was the most important factor for the occurrence of early childhood caries in the evaluated sample.<hr/>O objetivo deste trabalho foi avaliar a prevalência de cárie e de fatores de risco em crianças com idade até 36 meses cadastradas no Ambulatório de Pediatria do Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE-UERJ). Após a obtenção de consentimento livre e informado, foi realizada uma entrevista com os responsáveis por meio da qual foram avaliados os fatores de risco à cárie, incluindo condições sócio-econômico-culturais, hábitos de higiene oral e de dieta. Um único examinador realizou o exame bucal das crianças para a avaliação de cárie, de biofilme dental e de sangramento gengival. Os dados obtidos foram analisados através do programa Epi Info, utilizando-se o teste qui-quadrado. As crianças tinham em média 22,9 meses de idade. A prevalência de cárie encontrada, incluindo lesões não cavitadas, foi de 41,6% e o índice ceo-s foi de 1,7 (± 2,5). Os dentes mais afetados foram os anteriores superiores e o tipo de lesão mais comum foi a mancha branca ativa. Não houve associação significativa estatisticamente entre a prevalência de cárie e os fatores sócio-econômico-culturais, freqüência de higiene, hábito de amamentação noturna e dieta cariogênica durante o dia. Entretanto, a associação entre cárie e presença de biofilme dental foi considerada altamente significativa (p < 0,001). Os resultados sugerem que o acúmulo de biofilme dental espesso foi o fator preponderante para a ocorrência da cárie de estabelecimento precoce na amostra avaliada. <![CDATA[<B>A topografia de superfície da hidroxiapatita afeta a resposta de células ROS17/2.8</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Hydroxyapatite (HA) has been used in orthopedic, dental, and maxillofacial surgery as a bone substitute. The aim of this investigation was to study the effect of surface topography produced by the presence of microporosity on cell response, evaluating: cell attachment, cell morphology, cell proliferation, total protein content, and alkaline phosphatase (ALP) activity. HA discs with different percentages of microporosity (< 5%, 15%, and 30%) were confected by means of the combination of uniaxial powder pressing and different sintering conditions. ROS17/2.8 cells were cultured on HA discs. For the evaluation of attachment, cells were cultured for two hours. Cell morphology was evaluated after seven days. After seven and fourteen days, cell proliferation, total protein content, and ALP activity were measured. Data were compared by means of ANOVA and Duncan’s multiple range test, when appropriate. Cell attachment (p = 0.11) and total protein content (p = 0.31) were not affected by surface topography. Proliferation after 7 and 14 days (p = 0.0007 and p = 0.003, respectively), and ALP activity (p = 0.0007) were both significantly decreased by the most irregular surface (HA30). These results suggest that initial cell events were not affected by surface topography, while surfaces with more regular topography, as those present in HA with 15% or less of microporosity, favored intermediary and final events such as cell proliferation and ALP activity.<hr/>A hidroxiapatita (HA) tem sido utilizada como revestimento de implantes e para substituição de tecido ósseo. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da topografia de superfície da HA, resultante da presença de microporosidade, sobre a adesão, a morfologia e proliferação celulares, a medida de proteína total e a atividade de fosfatase alcalina. Discos de HA com diferentes porcentagens de microporosidade (< 5%, 15% e 30%) foram fabricados por uma combinação das técnicas de pressão uniaxial e sinterização. Células ROS17/2.8 foram cultivadas sobre os discos de HA. Para a adesão, as células foram cultivadas por duas horas. A morfologia foi avaliada após sete dias. A proliferação, medida de proteína total e atividade de ALP foram avaliadas após sete e quatorze dias. Os dados foram comparados por ANOVA e teste de Duncan quando apropriado. A adesão (p = 0,11) e a medida de proteína total (p = 0,31) não foram afetadas pela topografia de superfície. A proliferação após sete e quatorze dias (p = 0,0007 e p = 0,003, respectivamente), e a atividade de ALP (p = 0,0007) foram significantemente menores na superfície irregular (HA30). Esses resultados sugerem que eventos iniciais não são afetados pela topografia, enquanto superfícies com topografias mais regulares (microporosidade de 15% ou menos) favoreceram eventos intermediários e finais, como proliferação e atividade de ALP. <![CDATA[<B>Correlação entre a classificação TNM, gradação histológica e localização anatômica em carcinoma epidermóide oral</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste estudo foi investigar a existência de correlação da classificação clínica TNM com gradação histológica de malignidade e localização anatômica do carcinoma epidermóide oral. Selecionamos 120 casos de carcinoma epidermóide oral retirados dos arquivos do Hospital Dr. Luiz Antonio (Natal - RN). Após a análise dos prontuários, foram obtidos os dados referentes à classificação clínica TNM e localização anatômica da lesão. A gradação histológica de malignidade foi realizada de acordo com os parâmetros estabelecidos por Wahi22 (1971). A análise estatística dos dados foi realizada utilizando-se o teste de correlação de Pearson que demonstrou correlação (r = 0,2993, p = 0,01) estatisticamente significante entre a classificação clínica TNM e gradação histológica de malignidade, como também foi observada correlação (r = 0,4463, p = 0,01) entre a classificação clínica TNM e localização anatômica do carcinoma epidermóide oral. Concluímos que a classificação clínica TNM exibiu correlação com a diferenciação histológica e as diferentes localizações anatômicas.<hr/>The aim of this study was to investigate the existence of correlation between the TNM clinical classification, histologic malignancy grading and anatomical location of oral squamous cell carcinoma. A total of 120 oral squamous cell carcinomas were selected from the files of the Dr. Luiz Antonio Hospital (Natal, Rio Grande do Norte, Brazil). Data concerning TNM clinical classification and anatomical location of lesions were obtained. Histologic malignancy grading was carried out following the criteria defined by Wahi22 (1971). Pearson’s correlation test was applied for the statistical analysis of data. It revealed a statistically significant correlation (r = 0.2993, p = 0.01) between TNM clinical classification and histologic malignancy grading. It also revealed correlation between TNM classification and the anatomical location of oral squamous cell carcinomas (r = 0.4463, p = 0.01). We concluded that TNM classification presented correlation with histological grading and with the different anatomical locations of oral squamous cell carcinomas. <![CDATA[<B>Efeito genotóxico do etanol em células da mucosa bucal</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O etanol é um dos agentes químicos relacionados ao desenvolvimento de neoplasias malignas bucais. Os micronúcleos são porções de cromatina que permanecem próximas ao núcleo, resultantes de mitoses aberrantes após a ação de agentes genotóxicos. Dessa forma, sua ocorrência reflete o grau de exposição celular a carcinógenos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a freqüência de micronúcleos em células esfoliadas da língua e da mucosa jugal de indivíduos dependentes químicos de etanol. A amostra constou de células esfoliadas da língua e da mucosa jugal de 40 indivíduos alcoólatras não fumantes e de 20 abstêmios de álcool e fumo. As células obtidas foram coradas pelo método de Feulgen e contracoradas pelo "Fast Green". Observou-se um aumento estatisticamente significativo da freqüência de micronúcleos em células esfoliadas da língua no grupo de indivíduos expostos ao etanol em relação ao grupo controle (p < 0,01). A freqüência de micronúcleos em células esfoliadas da mucosa jugal apresentou-se maior no grupo de indivíduos alcoólatras quando comparado ao grupo controle, porém não houve diferença estatisticamente significante (p > 0,05). Conclui-se, portanto, que o consumo excessivo de etanol promove alterações efetivas em células da mucosa bucal, mesmo na ausência de exposição ao fumo. Tais alterações apresentam-se mais expressivas no bordo lateral de língua, um sítio mais exposto à ação de carcinógenos quando comparado à mucosa jugal.<hr/>Ethanol is one of the chemicals related to the development of oral malignant neoplasms. Micronuclei are chromatin fragments which, after aberrant mitoses, do not become included in the main nucleus. They have been used as indicators of genotoxic damage in cells exposed to carcinogens. The aim of this study was to assess the frequency of micronuclei in exfoliated cells from the tongue and buccal mucosa of alcoholic individuals. Samples were taken from the tongue and buccal mucosa of 40 alcoholic individuals who did not smoke, and from 20 alcohol and tobacco abstainers. Cells were stained with the Feulgen reaction and counterstained with Fast Green. A significant increase in the frequency of micronuclei in tongue cells was found in the group of subjects exposed to alcohol, when compared to the control group (p < 0.01). The frequency of micronuclei in buccal mucosa cells was higher in the group of alcoholic individuals, when compared to the control group, although there was no significant difference (p > 0.05). Our results indicate that excessive alcohol consumption may induce effective alterations on oral mucosa cells, even without exposure to tobacco. These alterations are more expressive in the tongue, which is a site more exposed to the action of carcinogens, when compared to the buccal mucosa. <![CDATA[<B>Análise micromorfológica de esmalte e dentina expostos ao laser de Nd: YAG em regime de picossegundos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A eficiência da ablação com laser através de um regime de picossegundos minimiza a destruição do material adjacente devido à formação de plasma e ataque. Isso previne a geração excessiva de ondas de choque e promove uma considerável diminuição nos efeitos mecânicos. Nesse estudo foi utilizado um laser de Nd:YAG em picossegundo "Q-switched" e "mode-locked" (Antares 76-s, Coherent, Palo Alto, CA), três molares humanos recém-extraídos e foram realizados 15 microcavidades em esmalte e 9 em dentina. Os parâmetros para irradiar o esmalte seguiram uma freqüência fixa de 100 Hz e potência média de 1,3 W; enquanto que para a dentina, a freqüência foi fixa em 15 Hz enquanto que a potência média variou em 800, 700 e 600 mW. O esmalte demonstrou ser mais capaz de dissipar as ondas de choque do que a dentina, uma vez que as trincas originadas nas microcavidades foram mais freqüentes em tecido dentinário, diferentemente do esmalte. Em conclusão, parece que para manter os aspectos de definição de bordas é importante escolher tempos de irradiação mais curtos, quando as potências médias forem mantidas mais altas, ou seja, energia total entregue mais baixa e bem localizada.<hr/>The efficiency of the ablation obtained with a picosecond-pulsed laser system minimizes material collateral damage because of the etching and plasma formation mechanism. It prevents the excessive generation of shock waves and promotes a considerable decrease of mechanical side effects. In this study, a Nd:YAG picosecond-pulsed Q-switched and mode-locked laser (Antares 76-s, Coherent, Palo Alto, CA) was used. Fifteen microcavities were prepared in the enamel, and nine microcavities were prepared in the dentin of three recently extracted human molars. The parameters for irradiating enamel followed a fixed frequency of 100 Hz and an average power level of 1.3 W; for dentin, the frequency was fixed in 15 Hz, and the average power level varied between 800, 700 and 600 mW. Enamel proved more capable to dissipate shock waves than dentin, since cracks originating from microcavities were more frequent in dentin. In conclusion, it seems that in order to keep defined edges, it is important to choose shorter irradiation periods when average power levels are kept high, which results in lower and best-localized total energy delivery. <![CDATA[<B>Efeito da nicotina na viabilidade e morfologia de fibroblastos</B>: <B>estudo <I>in vitro</B></I>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do estudo foi avaliar in vitro o efeito da nicotina sobre a viabilidade e a morfologia celular utilizando-se uma linhagem contínua de fibroblastos. Para tal, foram formados dois grupos experimentais segundo a dose (0 - controle, 10 mig, 100 mig, 0,5 mg, 1 mg) e o tempo de condicionamento (1 e 24 horas). Cada um dos 12 orifícios de uma placa para cultura celular recebeu 2 ml de meio de Eagle, e 1 ml de suspensão de meio de cultura contendo aproximadamente 1 × 10(5) células/ml. Foi, então, acrescentada a solução de nicotina nas diferentes concentrações. Após o condicionamento com a droga, nos dois períodos testados, as células foram coradas com azul de trypan 0,4%, e observadas em microscópio invertido por um examinador cego para os grupos experimentais, que avaliou a viabilidade e a morfologia segundo o índice de Gamal. Os experimentos foram repetidos 5 vezes. Quanto à morfologia, os resultados obtidos demonstraram, no grupo condicionado por 1 h, que os controles apresentaram diferenças estatisticamente significantes em relação apenas à maior dose de nicotina; no entanto, foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre o controle e todas as concentrações após 24 horas de condicionamento. Na viabilidade celular, um maior número de células não viáveis foi observado nas diferentes concentrações de nicotina em comparação aos controles tanto após 1 quanto 24 horas de condicionamento (p < 0,05). Em ambos períodos existiu uma tendência significativa de aumento do número de células não viáveis com o aumento da dose de nicotina (p = 0,0053; p = 0,00001 após 1 e 24 h respectivamente). Portanto, conclui-se que a nicotina pode alterar, in vitro, a viabilidade e a morfologia de fibroblastos de forma proporcional à dose e ao tempo de exposição.<hr/>The aim of this study was to evaluate, in vitro, the effect of nicotine on the viability and morphology of fibroblasts from a continuous lineage. Two experimental groups were prepared, with different drug dosages (0 - control, 10 mug, 100 mug, 0.5 mg, 1 mg) and conditioning time (1 and 24 hours). Twelve-well microplates were utilized. Each well received 2 ml of fresh culture medium and 1 ml of a solution containing 1 × 10(5) cells/ml. Nicotine was then added to the wells, at the tested concentrations. After the incubation period, cell viability was assessed by means of 0.4% trypan blue staining. Cell viability and morphology were assessed in an inverted microscope, by a single examiner, who was blind as to the experimental groups. The experiment was repeated 5 times. Regarding morphology, in the 1-hour conditioned group there was statistically significant difference between the control group and the group with the greatest dose of nicotine. These differences were also observed between the control group and all nicotine groups after 24 hours. The results of the Kruskal-Wallis test revealed that more unviable cells were found in the groups exposed to nicotine, in comparison with the control group, both after 1 and 24 hours of conditioning (p < 0.05). Moreover, with increasing doses of nicotine there was a directly proportional increase in the number of unviable cells, both after 1 and 24 hours of exposure (p = 0.0053 and p = 0.00001, respectively). The conclusion of this study is that nicotine can alter, in vitro, the viability and morphology of fibroblasts in a manner proportional to the dose and time of exposure. <![CDATA[<B>Abordagem integrada da saúde bucal de droga-dependentes em processo de recuperação</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No atual contexto de uso crescente e precoce de drogas (fármacos recreacionais), legais ou não, a finalidade deste trabalho foi avaliar as condições de saúde bucal de 102 indivíduos, do sexo masculino, da instituição de recuperação Esquadrão da Vida, em Bauru - SP. O diagnóstico desta condição foi feito por meio da experiência de cárie (CPOD), placa bacteriana (PHP), índice gengival e teste de fluxo salivar. Objetivou-se também a implantação e verificação da eficácia de um programa educativo-preventivo. A idade média dos internos foi de 29,17 anos (dp = 11,40; n = 95). Dos internos (n = 102), 72,54% tinham o hábito de comer entre as refeições e 69,60% não utilizavam fio dental. O CPOD observado foi de 14,88 (dp = 6,38; n = 86) e, quando correlacionado à idade, obteve-se r = 0,55 (p < 0,001 - estatisticamente significante). O PHP inicial foi de 2,34 (dp = 0,69; n = 14) e, decorridos 3 meses, reduziu para 1,91 (dp = 0,74; n = 14). O fluxo salivar inicial foi de 1,31 ml/min (dp = 0,7; n = 97), sendo apenas 13 reavaliados após 3 meses, devido à flutuação deste grupo populacional, obtendo-se 1,13 ml/min (dp = 0,49). O índice gengival e o PHP iniciais apresentaram r = 0,30 (p = 0,002 - estatisticamente significante). A necessidade objetiva de tratamento verificada e a importância subjetiva conferida à saúde bucal apresentaram correlação negativa (r = -0,26; p = 0,019 - estatisticamente significante), indicando que a valorização da saúde bucal repercute sobre os cuidados em saúde e tem reflexos sobre o processo saúde-doença bucal.<hr/>Considering the current context of increasing and early utilization of licit or illicit drugs (habit-forming substances), the aim of this study was to evaluate the oral health conditions of 102 males from the Esquadrão da Vida rehabilitation center, in Bauru, São Paulo, Brazil. The evaluation was carried out by means of the assessment of caries experience (DMFT), dental plaque (PHP), gingival index and salivary flow. This study also aimed at instituting an educational-preventive program and evaluating its efficacy. The subjects’ mean age was 29.17 years (sd = 11.40; n = 95). From all subjects (n = 102), 72.54% had the habit of eating between meals, and 69.60% did not utilize dental floss. The observed DMFT was 14.88 (sd = 6.38; n = 86). The initial PHP was 2.34 (sd = 0.69; n = 14) and, after 3 months, it was reduced to 1.91 (sd = 0.74; n = 14). The initial salivary flow was 1.31 ml/min (sd = 0.7; n = 97). Due to the fluctuation of this group, only 13 of the original subjects were reevaluated after 3 months, when a salivary flow of 1.13 ml/min (sd = 0.49) was registered. The initial gingival index and PHP presented r = 0.30 (p = 0.002 - statistically significant). The objective need for treatment and the subjective importance given to oral health were negatively correlated (r = -0.26; p = 0.019 - statistically significant), which indicates that the value attributed to oral health influences health care and affects the oral health-sickness process. <![CDATA[<B>Microdureza de resinas em função da cor e luz halógena</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo desse trabalho foi avaliar a influência da intensidade da luz e cor de uma resina composta no grau de dureza Knoop. Corpos-de-prova foram confeccionados utilizando-se matrizes de poliéster envoltas por um anel de cobre, contendo uma cavidade padronizada de 6 mm de diâmetro por 2 mm de espessura. Estas cavidades foram preenchidas com resina composta selecionada, Fill Magic - Vigodent, com as cores A3, B3, C3, D3 e I, fotopolimerizadas através de um fotopolimerizador Elipar, calibrado para produzir 3 intensidades de luz diferentes: 450 mW/cm², 800 mW/cm² e uma intensidade de luz crescente de 100 a 800 mW/cm². Foram confeccionados 90 corpos-de-prova em que o tempo de exposição da resina à luz halógena foi de 40 s. As amostras foram armazenadas em tubos de ensaio com água destilada a 37 ± 1ºC. Após este período, foram realizados os testes de dureza Knoop na região de superfície e fundo. Os resultados mostraram que houve diferença estatística em relação a intensidade de luz, entretanto em relação a cor, não houve diferença estatística. Os autores concluíram que a cor do compósito não influencia a dureza Knoop e que a intensidade progressiva promoveu os melhores resultados de dureza Knoop.<hr/>The aim of this study was to evaluate the influence of light intensity and the influence of the color of a composite resin on Knoop hardness. Samples were confected utilizing polyester matrices with 6 mm of diameter and 2 mm of depth. The matrices were filled with composite resin (Fill Magic - Vigodent), colors A3, B3, C3, D3 and I, and light-cured by means of an Elipar light-curing unit in three different light intensities: 450 mW/cm2, 800 mW/cm² and an increasing intensity setup of 100 mW/cm² to 800 mW/cm². Ninety test specimens were confected, with the standard curing time of 40 seconds. The specimens were stored at 37 ± 1ºC and immersed in distillate water. The Knoop test was carried out in superficial and deep areas of the specimens. The results revealed that there was no statistical difference (Tukey) between the tested colors. However, there was statistical difference between different light intensities. The authors concluded that the color of the composite resin did not influence Knoop hardness and that the progressive intensity setup led to the best Knoop hardness. <![CDATA[<b>Resistência de união à dentina de quatro sistemas adesivos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do presente estudo foi avaliar a resistência adesiva de quatro sistemas adesivos, composicionalmente diferentes, aplicados à dentina humana. Doze dentes terceiros molares humanos tiveram o esmalte oclusal removido para exposição de uma superfície plana de dentina, na qual foram realizados os procedimentos de adesão. Os dentes foram aleatoriamente divididos em quatro grupos, considerando-se o sistema adesivo e a resina composta a serem empregados: Grupo 1 - Single Bond + P60 (SB); Grupo 2 - Bond 1 + Surefil (B1); Grupo 3 - Prime & Bond NT + Alert (NT) e Grupo 4 - Prime & Bond 2.1 + TPH (2.1). Após 24 h de armazenagem em água destilada a 37ºC, os dentes foram seccionados, longitudinalmente, em cortes perpendiculares entre si, para que fossem obtidos espécimes em formato de um paralelogramo com secção transversal retangular de 0,8 mm² de área e 10 mm de comprimento, em média. Os espécimes foram submetidos ao teste de microtração. A análise de variância (alfa = 0,05) demonstrou não haver diferença significante entre os valores médios de resistência obtidos pelos quatro adesivos, embora a análise dos espécimes que sofreram fratura precoce tenha evidenciado menor sensibilidade para o sistema SB.<hr/>The purpose of the present study was to evaluate the bond strength of four adhesive systems to dentin. Twelve human third molars had their occlusal enamel removed in order to expose a flat dentinal surface, on which the adhesive procedures were carried out. The teeth were divided into four groups, according to the employed adhesive system and composite resin: Group 1 - Single Bond + P60 (SB); Group 2 - Bond 1 + Surefil (B1); Group 3 - Prime & Bond NT + Alert (NT); and Group 4 - Prime & Bond 2.1 + TPH (2.1). After 24 h in distilled water at 37ºC, the teeth were longitudinally sectioned in two perpendicular directions in order to obtain parallelogram-shaped specimens with a cross-sectional area of 0.8 mm² and 10 mm of length, on the average. The test specimens were submitted to microtensile test. The data were submitted to ANOVA (alpha = 0.05), which revealed no differences between the groups, although the analysis of the specimens that presented early fracture evidenced the lower sensitivity of the SB system. <![CDATA[<B>Efeito das técnicas de inserção e ativação da resina composta sobre a microinfiltração e microdureza</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da técnica de ativação e de inserção da resina composta sobre a microinfiltração marginal e microdureza em restaurações classe II. Foram preparadas 180 cavidades que foram divididas em 6 grupos: G1 - incremento único + ativação convencional; G2 - incrementos vestíbulo-linguais + ativação convencional; G3 - incremento único + ativação "soft-start"; G4 - incrementos vestíbulo-linguais + ativação "soft-start"; G5 - incremento único + ativação progressiva; G6 - incrementos vestíbulo-linguais + ativação progressiva. Todas as cavidades foram restauradas com o sistema Z100/Single Bond (3M). Após 1.000 ciclos térmicos (5 e 55ºC), os espécimes foram imersos em solução aquosa de azul de metileno a 2%, por 4 horas e a microinfiltração foi avaliada. Metade dos espécimes foram incluídos em resina de poliestireno e a microdureza Knoop foi avaliada. Após o teste Kruskal-Wallis, não foi observada diferença significativa (p > 0,05) entre todas as técnicas de ativação e de inserção quanto à microinfiltração. Quanto à microdureza, após os testes análise de variância (2 fatores) e Tukey, não houve diferença significativa entre as técnicas restauradoras empregadas (p > 0,05), porém a ativação progressiva (G5 e G6) apresentou menor dureza Knoop (p < 0,05): G1 = 144,11; G2 = 143,89; G3 = 141,14; G4 = 142,79; G5 = 132,15; G6 = 131,67. Concluiu-se que as técnicas de ativação e de inserção da resina composta não afetaram a microinfiltração, mas ocorreu uma diminuição na microdureza do material quando a ativação progressiva foi utilizada.<hr/>The aim of this study was to evaluate the influence of techniques of composite resin polymerization and insertion on microleakage and microhardness. One hundred and eighty class II cavities were prepared in bovine teeth and assigned to six groups: G1 - bulk filling + conventional polymerization; G2 - bucco-lingual increments + conventional polymerization; G3 - bulk filling + soft-start polymerization; G4 - bucco-lingual increments + soft-start polymerization; G5 - bulk filling + progressive polymerization; G6 - bucco-lingual increments + progressive polymerization. All cavities were restored with the Z100/Single Bond system (3M). After thermocycling, the samples were immersed in 2% methylene blue dye solution for 4 hours. Half of the samples were embedded in polystyrene resin, and Knoop microhardness was measured. The Kruskal-Wallis test did not reveal statistical differences (p > 0.05) between the polymerization and insertion techniques as to microleakage. Regarding microhardness, the two-way ANOVA and the Tukey test did not reveal statistical differences between the restorative techniques (p > 0.05), but progressive polymerization (G5 and G6) was associated with smaller Knoop microhardness values (p < 0.05): G = 144.11; G2 = 143.89; G3 = 141.14; G4 = 142.79; G5 = 132.15; G6 = 131.67. It was concluded that the evaluated polymerization and insertion techniques did not affect marginal microleakage, but a decrease in microhardness occurred when progressive polymerization was carried out. <![CDATA[<B>Avaliação da variação de pH e da permeabilidade da dentina cervical em dentes submetidos ao tratamento clareador</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A reabsorção cervical externa da raiz é uma das desvantagens do procedimento clareador. Vários são os mecanismos que podem ser responsáveis por desencadear esta reabsorção, dentre eles, a ação química e física dos materiais utilizados, bem como a morfologia da junção amelocementária. Este trabalho teve como objetivo observar uma possível via de comunicação entre a câmara pulpar e a superfície externa da raiz, medindo o pH e a infiltração de corante na dentina cervical após o procedimento clareador. Realizou-se o tratamento endodôntico em 34 dentes incisivos permanentes. Os dentes foram divididos em 3 grupos experimentais de acordo com o nível do corte da obturação e selamento da embocadura dos canais com cimento de ionômero de vidro. O clareamento foi realizado usando perborato de sódio e peróxido de hidrogênio a 30%. As leituras do pH foram realizadas após 30 min, 24 h, 48 h e 72 h do início do procedimento. A seguir, os dentes foram imersos em fucsina básica a 0,5% por 24 h para determinarmos possíveis diferenças na permeabilidade da dentina cervical. Os resultados mostraram que o pH apresentou tendência a se modificar quando o corte da obturação permaneceu na embocadura dos canais, bem como quando se removeram 2 mm da obturação e quando se selou a embocadura com cimento de ionômero de vidro. A permeabilidade dentinária aumentou nos 3 grupos experimentais, em comparação com os dentes que compreenderam o grupo controle. Estas leves diferenças podem sugerir uma via de comunicação entre a câmara pulpar e a superfície externa da raiz.<hr/>External cervical root resorption is one of the disadvantages of the bleaching procedure. There are several mechanisms that may be responsible for causing resorption, such as the chemical and physical action of the utilized materials and the morphology of the cementoenamel junction. The purpose of this study was to investigate the presence of a communication between the pulp chamber and the external root surface. The investigation was carried out by means of pH tests and measurement of dye infiltration into cervical dentin after the bleaching procedure. Thirty-four human permanent incisors were submitted to endodontic treatment. The teeth were assigned to three experimental groups, according to the level at which the filling was cut, and to the sealing of the root canal entrance with glass ionomer cement. Sodium perborate and 30% hydrogen peroxide were utilized for bleaching. pH readings were carried out after 30 minutes, 24 h, 48 h and 72 h from the beginning of the procedure. The teeth were immersed in 0.5% basic fuchsin for 24 h in order to determine possible differences in the permeability of cervical dentin. The results revealed that pH tended to change when the root filling was cut at the entrance of the canal, when 2 mm of the filling were removed, and when the canal entrance was sealed with glass ionomer. Dentinal permeability increased in the three experimental groups, in comparison with the control group. These slight differences may suggest a communication between the pulp chamber and the external root surface. <![CDATA[<B>Evidenciadores de biofilme em prótese total</B>: <B>avaliação clínica e antimicrobiana</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000300015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho avaliou a capacidade em corar, a facilidade de remoção e a ação antimicrobiana de evidenciadores de biofilme dental em prótese total. A capacidade em corar foi avaliada por método visual aplicando-se evidenciadores sobre a superfície interna da prótese total superior. Após fotografia, as próteses coradas foram escovadas (escova e dentifrício específicos para prótese total) e novamente fotografadas. Os diapositivos foram projetados em folhas de papel (aumento de 10 X); as áreas total e corada das próteses contornadas com grafite, recortadas e pesadas, para obtenção, em porcentagem, dos resultados da facilidade de remoção. A ação antimicrobiana foi avaliada pelo método de difusão em ágar e os resultados obtidos pela medida dos aros e halos de inibição formados. A melhor capacidade em corar foi apresentada pelo azul de metileno (0,05%), eritrosina (5%), fluoresceína sódica (1%), Replak e vermelho neutro (1%). Eosina (1%), fluoresceína sódica (1%) e eritrosina (5%) apresentaram a maior facilidade de remoção. Não apresentaram ação antimicrobiana eosina (1%), eritrosina (5%), fluoresceína sódica (1%), proflavina (0,3%), Replak e vermelho neutro (1%). As soluções que apresentaram maior capacidade de corar, facilidade de remoção e ausência de ação antimicrobiana, requisitos necessários para auxiliar estudos que avaliam métodos de higiene e de orientação aos pacientes, foram eosina (1%), vermelho neutro (1%) e eritrosina (5%).<hr/>This study evaluated the disclosing ability, removal facility and antimicrobial effect of biofilm disclosing agents applied on complete dentures. Disclosing ability was evaluated by means of the visual method. The solutions were applied on the internal surface of dentures. After being photographed, the dentures were brushed with denture-specific brush and dentifrice and photographed again. The obtained slides were projected on paper (10 X amplification) and the total and stained surfaces were outlined with graphite, cut off and weighed, in order to assess removal facility. The evaluation of antimicrobial effects was carried out by means of the method of diffusion in agar, and the results were obtained by measuring the length of the halos and rings. In terms of disclosing ability, the best solutions were 0.05% methylene blue, 5% erythrosin, 1% sodic fluorescein, Replak and 1% neutral red. One percent eosin, 1% sodic fluorescein and 5% erythrosin were the most easily removed solutions. One percent eosin, 5% erythrosin, 1% sodic fluorescein, 0.3% proflavine, Replak and 1% neutral red presented no antimicrobial effect. The solutions which presented the greatest disclosing ability and removal facility as well as absence of antimicrobial effect - which are essential requirements in the assessment of hygiene methods and guidance on oral health - were 1% eosin, 1% neutral red and 5% erythrosin.