Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Microbiology]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1517-838220070003&lang=pt vol. 38 num. 3 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Aplicação de metodologia padronizada para determinação da atividade antifúngica de produtos naturais contra as leveduras <I>Candida</I> sp and <I>Cryptococcus</I> sp</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Methodology for testing natural compounds for determination of antifungal activity had been developed with adaptations. The most used are bioautography and agar diffusion with a complex and no defined media. In this study, different methods for determination of antifungal activity of natural products are discussed and the use of M27-A2 microdilution test from CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute, 2002), as general standard methodology for testing plant extracts activity is recommended.<hr/>Metodologias para determinar atividade antifúngica foram desenvolvidas com adaptações para avaliar produtos naturais. As mais usadas são bioautografia e o método de difusão em agar, que empregam meios de cultura complexos, não definidos. Neste estudo são discutidos os métodos para determinação de atividade antifúngica de produtos naturais e é recomendado o uso do micrométodo modificado segundo o documento M27A2 do CLSI. <![CDATA[<B>Explorando as aplicações biotecnológicas do domínio archaea</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Archaea represent a considerable fraction of the prokaryotic world in marine and terrestrial ecosystems, indicating that organisms from this domain might have a large impact on global energy cycles. The extremophilic nature of many archaea has stimulated intense efforts to understand the physiological adaptations for living in extreme environments. Their unusual properties make them a potentially valuable resource in the development of novel biotechnological processes and industrial applications as new pharmaceuticals, cosmetics, nutritional supplements, molecular probes, enzymes, and fine chemicals. In the present mini-review, we show and discuss some exclusive characteristics of Archaea domain and the current knowledge about the biotechnological uses of the archaeal enzymes. The topics are: archaeal characteristics, phylogenetic division, biotechnological applications, isolation and cultivation of new microbes, achievements in genomics, and metagenomic.<hr/>As arqueas representam uma considerável fração dos procariotos nos ecossistemas marinhos e terrestes, indicando que estes organismos devem possuir um grande impacto nos ciclos energéticos. A natureza extremofílica de muitas arqueas tem estimulado intensos esforços para compreender sua adaptação fisiológica a ambientes extremos. Suas propriedades incomus as tornam uma fonte valiosa no desenvolvimento de novos processos biotecnológicos e aplicações industriais como novos fármacos, cosméticos, suplementos nutricionais, sondas moleculares, enzimas e reagentes. Na presente mini-revisão, mostramos e discutimos algumas de suas características exclusivas correlacionando-as com seu potencial biotecnológico e aplicação industrial. Os tópicos são: características das arqueas, divisão filogenética, aplicações biotecnológicas, isolamento e cultivo de novos microrganismos, genoma e metagenoma. <![CDATA[<B>Colonização bacteriana do íleo de ratos com obstrução biliar</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Qualitative and quantitative alterations in ileal flora during obstructive jaundice and the role of bile salts were evaluated in rats. Obstructive jaundice was associated with bacterial overgrowth in the ileum. This effect may be due to the reduced concentration of bile salts, since dietary supplementation reduced the small bowel aerobic bacterial flora.<hr/>As alterações qualitativas e quantitativas da flora ileal na obstrução biliar e o papel dos sais biliares foram avaliados em ratos. Em animais com obstrução biliar houve aumento da população ileal. Esse efeito é provavelmente causado pela ausência de sais biliares no lúmen ileal, uma vez que em animais cuja dieta foi suplementada com sais biliares houve redução da flora ileal. <![CDATA[<B>Os métodos de extração de DNA e a qualidade DA Taq polimerase podem melhorar a tipagem molecular de <I>M. tuberculosis </I>por DRE-PCR</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Double repetitive element (DRE) PCR amplification is a simple Mycobacterium tuberculosis typing method, however amplification failure or poor resolution of bands commit its efficacy. In order to verify if whether or not these features could be minimized by improving DNA extraction procedures or Taq polymerise quality, DRE-PCR was performed on 24 M. tuberculosis DNA samples extracted by heat-shock, mechanical and enzymatic methods applying conventional and hot start Taq pol. We demonstrated that when dealing with the Mycobacterium tuberculosis DRE-PCR typing method, Taq pol of better quality might be more important to improve amplification than the DNA extraction method.<hr/>Amplificação de duplo elemento repetido (DRE) por PCR é um método simples para tipagem de Mycobacterium tuberculosis, entretanto falha ou a baixa resolução das bandas na amplificação compromete a eficiência do método. Com o objetivo de verificar se estes problemas podem ou não ser minimizados pela utilização de diferentes procedimentos de extração de DNA ou de qualidades de Taq polimerase, DRE-PCR foi ensaiado em 24 amostras de DNA de M. tuberculosis extraídos pelos métodos de choque-térmico, - mecânico e enzimático utilizando Taq polimerase convencional e hot start Taq pol. Foi demonstrado que a qualidade da Taq pol utilizada talvez seja mais importante para uma melhor amplificação que o método de extração de DNA empregado. <![CDATA[<B>Comparação entre o ectodomínio e a região G2 da glicoproteína G para genotipagem de HRSV</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The Human Respiratory Syncytial Virus (HRSV), isolated in 1955, is the main cause of hospitalization of babies and infants with respiratory illness. Several studies have been conducted worldwide aiming the development of a safe and effective vaccine against HRSV. The G2 region of glycoprotein G is used as genotyping default. In the present study, we performed a phylogenetic analysis of G protein and a comparative study between G2 region and ectodomain of attachment glycoprotein. Fifty-three nasal swab samples from children less than 5 years old and presenting symptoms of acute respiratory illness, assisted at the University Hospital (UH) of University of Sao Paulo (USP) in 2004, were submitted to sequencing by PCR and compared with GenBank sequences. We concluded that the G2 region is adequate for HRSV genotyping.<hr/>O vírus respiratório sincicial humano (HRSV), isolado em 1955, é a principal causa da hospitalização de bebês e crianças pequenas com sintomas de doença respiratória. No mundo inteiro, vários estudos para o desenvolvimento de uma vacina segura e eficiente contra o HRSV têm tido alta prioridade. A região G2 da glicoproteína G é usada como padrão para genotipagem do HRSV. Neste estudo, foi realizada a análise filogenética da glicoproteína G e o estudo comparativo entre a região G2 e o ectodomínio dessa glicoproteína. Cinquenta e três amostras de swab nasal de crianças com menos de cinco anos de idade, apresentando doença respiratória aguda, atendidas no Hospital Universitário (HU) da Universidade de São Paulo durante o ano de 2004, foram submetidas a sequenciamento por PCR e comparadas com seqüências do GenBank. A região G2 mostrou ser adequada para a genotipagem do HRSV. <![CDATA[<B>Surto causado por <I>Streptococcus dysgalactiae</I> subsp <I>equisimilis</I>, em um hospital, no Sul do Brasil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The beta-hemolytic group C streptococci (Lancefield's group) has been considered an emergent human pathogen, showing an important role as an opportunist agent, being responsible for nosocomial infections and outbreaks. This study is reporting the first outbreak of nosocomial infection caused by Streptococcus dysgalactiae subsp. equisimilis in Brazil. From January, 2002, to December, 2004, S. equisimilis was isolated in 67/207 (32.37%) samples from secretions of patients' infected wounds, interned at the Hospital of Sanitary Dermatology in the State of Paraná (HDSPR). The prevalence of this microorganism increased from 11/42 (26.19%) in 2002, 14/65 (21.54%) in 2003 to 42/100 (42.00%) in 2004. This increase was statistically significant (p=0.024), and this microorganism became the most frequently isolated in these patients, overtaking the rates of isolation of Pseudomonas aeruginosa. The S. equisimilis grew in pure culture, as a unique microorganism, in six samples (2.9%) out of 207. Fresh feces of 15 animals (horses and sheep) living in the proximities of the hospital were also examined and three of them positive for S. equisimilis. The biochemical profile of the strains isolated from the patients and from the animals was the same. These animals might have been the source of the dissemination of the outbreak in the hospital. New studies will be necessary to confirm the genetic relationship between the strains isolated from patients and animals.<hr/>O estreptococo beta-hemolítico do grupo C de Lancefield tem sido considerado patógeno humano emergente, mostrando importante papel como agente oportunista, implicado algumas vezes em infecções hospitalares e surtos. Este estudo está relatando o primeiro surto de infecção hospitalar causado pelos Streptococcus dysgalactiae subsp. equisimilis no Brasil. De janeiro de 2002 a dezembro de 2004, isolou-se S. equisimilis em 67/207 (32,37%) das amostras de secreções de lesões de feridas coletadas de pacientes internados no Hospital de Dermatologia Sanitária do Paraná (HDSPR). A prevalência deste microrganismo aumentou de 11/42 (26,19%) em 2002, 14/65 (21,54%) em 2003 para 42/100 (42,00%) em 2004. Este aumento foi estatisticamente significante (p=0.024), tornando este microrganismo o mais freqüentemente isolado nos pacientes, ultrapassando as taxas de isolamento de Pseudomonas aeruginosa. Em seis amostras (2,9%) entre as 207 examinadas, S. equisimilis cresceu em cultivo puro, como único microrganismo. Também foram examinadas fezes frescas de 15 animais (cavalos e ovelhas) que vivem nas proximidades do hospital, e três amostras foram positivas para S. equisimilis. O perfil bioquímico encontrado entre os isolados dos pacientes foi o mesmo encontrado entre os isolados das fezes dos animais. Acredita-se que estes animais possam ter sido a fonte de disseminação do surto no hospital. Novos estudos serão necessários para confirmar o relacionamento genético entre os isolados dos pacientes e animais. <![CDATA[<B>Detecção de microcolônias em cultivo de camada delgada como uma alternativo para a rápida detecção de <I>Mycobacterium tuberculosis</I> em amostras clínicas</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Tuberculosis remains one of the major causes of mortality worldwide. The early detection of new cases is an important goal in the program of tuberculosis control. Several methodologies for rapid and accurate laboratorial diagnosis have been developed, however, some of these techniques are expensive or cumbersome, making their implementation in low-income regions unfeasible. In this study, the thin layer culture method was compared with conventional culture method and it was observed that it provides earlier results and a presumptive species identification, being adequate alternative method for rapid laboratory diagnosis.<hr/>A tuberculose permanece como uma das principais causas de mortalidade em todo o mundo. A detecção precoce dos casos novos é um importante ponto nos programas de controle da tuberculose. Diversas metodologias para um rápido e acurado diagnóstico laboratorial tem sido desenvolvidas, entretanto, algumas destas técnicas são de alto custo ou de difícil execução, tornando inexeqüível sua implementação em locais com poucos recursos. Neste trabalho o método de cultivo em camada delgada foi comparado ao método de cultivo convencional verificando-se apresenta resultados positivos em menor tempo com uma identificação presuntiva da espécie de micobactéria, sendo assim um método alternativo adequado para o diagnóstico laboratorial rápido. <![CDATA[<B>Genótipos gB de citomegalovírus humano em secreção cervical e placenta no Espírito Santo, Sudeste do Brasil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Human cytomegalovirus (HCMV) displays genetic variability in several regions, supposed to be related with strain-specific tissue tropism and immunopathogenesis. Based on sequence variation in the UL55 gene that encodes gB glycoprotein, HCMV strains can be assigned to one of four genotypes. Previous studies have addressed gB genotyping mostly by investigating strains derived from immunosuppressed patients, sometimes without previous knowledge about genotype distribution in a geographic area. The present study verified the distribution of HCMV gB genotypes of strains obtained from immunocompetent women at Vitória City, Espírito Santo State, Southeastern, Brazil. The HCMV genome was extracted from their cervical secretion, fetal and maternal placenta tissues (chorionic villous and decidua) from abortion cases and from white blood cells (WBCs). HCMV genotyping was performed by restriction fragment length polymorphism analyses of amplified product from the high variability site of the UL55 gene. All four genotypes were observed in both cervical secretion and placenta, whereas in WBCs a single gB1 genotype was detected. HCMV gB1 and gB2 genotypes were detected, respectively, in nine and in six of the 23 studied samples, while gB3 and gB4 were each found in four separate samples of the total. The differences in genotype frequency were not considered statistically significant. No mixed genotype infection was observed. The results indicated that the four gB HCMV genotypes had no particular tropism for placenta tissues and that all genotypes circulated within immunocompetent women at the time and in the region of study.<hr/>O citomegalovírus humano (HCMV) apresenta variabilidade em diversas regiões do genoma, supostamente relacionada ao tropismo tecidual e imunopatogênese viral. Baseando-se na variação de seqüência do gene UL55 que codifica a glicoproteína gB, o HCMV pode ser classificado em um dos quatro genótipos. Estudos prévios têm investigado a associação destes genótipos a partir de cepas obtidas de pacientes imunossuprimidos. O presente estudo determinou os genótipos gB de cepas de HCMV obtidas de mulheres imunocompetentes em Vitória, Espírito Santo, Sudeste do Brasil. O genoma do HCMV foi extraído de secreção cervical, tecidos placentários fetais e maternos (vilosidade coriônica e decídua) obtidos de casos de aborto e de leucócitos do sangue periférico. A genotipagem foi realizada através da análise de polimorfismo de fragmentos de restrição do produto amplificado da região de alta variabilidade do gene UL55. Todos os quatro genótipos foram detectados na secreção cervical e na placenta, enquanto que somente o genótipo gB1 foi detectado em leucócitos. Genótipos gB1 e gB2 foram detectados em nove e seis das 23 cepas estudadas, respectivamente, enquanto gB3 e gB4 foram encontrados cada um em quatro casos. A diferença na freqüência de genótipos não foi estatisticamente significante. Infecção mista não foi detectada. Estes resultados indicam que os quarto genótipos de HCMV apresentam tropismo para os tecidos placentários e que todos eles circularam nas mulheres imunocompetentes no período e região geográfica do estudo. <![CDATA[<B>Genotoxicidade de sulfeto de sulindaco em <I>Aspergillus nidulans</B></I>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Sulindac sulfide is a non-steroidal anti-inflammatory drug (NSAID) with chemopreventive effect on human cancer cells. Due to the involvement of the somatic recombination in the carcinogenic process, sulindac sulfide's recombinogenic potential was evaluated by the Homozygotization Index (HI) in the filamentous fungus Aspergillus nidulans. The drug's recombinogenic potential was evaluated by its capacity to induce homozygosis of recessive genes from heterozygous diploid cells. Sulindac sulfide at 175 and 350 µM concentrations induced mitotic recombination in A. nidulans diploid cells, with HI values for genetic markers higher than 2.0, and significantly different from control HI values. The recombinogenic effect of NSAID was related to the induction of DNA strand breaks and cell cycle alterations. Sulindac sulfide's carcinogenic potential was also discussed.<hr/>Sulfeto de sulindaco é um antiinflamatório não-esteroidal com efeitos quimiopreventivos em cânceres humanos. O presente estudo teve como objetivo avaliar o potencial recombinagênico do sulfeto de sulindaco em células diplóides de Aspergillus nidulans. O efeito recombinagênico da droga foi demonstrado através da homozigotização de genes recessivos, previamente presentes em heterozigose. Os valores de HI (Índice de Homozigotização) para diferentes marcadores genéticos apresentaram-se maiores do que 2,0 e significativamente diferentes dos valores obtidos em sulfeto de sulindaco ausência da droga (controle). O potencial recombinagênico do sulfeto de sulindaco foi associado à indução de quebras na molécula do DNA e a alterações no ciclo celular. O potencial carcinogênico do sulfeto de sulindaco foi discutido no presente trabalho. <![CDATA[<B>Ribotipagem e perfil de resistência a antibióticos de <I>Pseudomonas aeruginosa</I> isolada no Irã</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The trend of antibiotic resistance, ribotyping and serotyping patterns of Pseudomonas aeruginosa collected since 1987 in Iran were investigated. The results showed that among the aminoglycosides, amikacin was the most effective antibiotic against P. aeruginosa with 98.4% susceptibility rate followed by tobramycin (73%) and gentamicin (71%). Of the cephalosporins, susceptibility to ceftazidime was 93%. Among the antibiotics tested in vitro, ciproflaxacin was found to be the most effective against the strains, with 98.4% susceptibility rate. The most predominant monovalent serotype was O:11 (34%). Other dominant serotypes were O:5 (20%), O:1 (16%) and O:6 (15%). Thirteen percent of the isolates showed no agglutination with the tested sera. A high percent of the O:11 serotype isolates (68%) were resistant to > or = 3 antibiotics. The collected P. aeruginosa isolates were classified into 3 ribotypes using PuvII restriction enzyme. The results suggest that the antibiotic resistance among P. aeruginosa increased significantly rate in Iran in the last decades, with no changes in the ribotype and serotype patterns.<hr/>Investigou-se o perfil de resistência a antibióticos, os ribotipos e os sorotipos de Pseudomonas aeruginosa isolada no Irã a partir de 1987. Os resultados indicaram que, entre os antibióticos testados, a amicacina foi o antibiótico mais eficiente, com 98.4% de inibição, seguida por tobramicina (73%) e gentamicina (71%). Entre as cefalosporinas, a sensibilidade a ceftazidima foi 93%. Entre os antibióticos testados in vitro, ciprofloxacina foi a mais eficiente. O sorotipo de maior prevalência foi O:11 (34%). Outros sorotipos encontrados foram O:5 (20%) e O:6 (15%). Treze por cento dos isolados não aglutinaram com os soros utilizados. Uma elevada porcentagem dos isolados pertencentes ao sorotipo O:11 foi resistente a pelo menos três antibióticos. Utilizando-se a enzima de restrição PuvII, as cepas foram classificadas em três ribotipos. Os resultados sugerem que a resistência a antibióticos em P. auruginosa aumentou significantemente nas últimas décadas, sem modificação dos padrões de ribotipos e sorotipos. <![CDATA[<B>Eficácia antimicrobiana do extrato de <I>Curcuma zedoaria</I> avaliada por regressão linear comparada com anti-sépticos bucais comerciais</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The antimicrobial activity of Curcuma zedoaria (Christm) Roscoe extract against some oral microorganisms was compared with the antimicrobial activity of five commercial mouthrinses in order to evaluate the potential of the plant extract to be incorporated into formulas for improving or creating antiseptic activity. The in vitro antimicrobial efficacy of plant extracts and commercial products were evaluated against Streptococcus mutans, Enterococcus faecalis, Staphylococcus aureus and Candida albicans using a linear regression method to evaluate the microbial reduction obtained in function of the exposure time, considering as effectiveness a 99.999% reduction in count of standardized microbial populations within 60 seconds. The results showed that the antimicrobial efficacy of Curcuma zedoaria (Christm) Roscoe extract was similar to that of commercial products, and its incorporation into a mouthrinse could be an alternative for improving the antimicrobial efficacy of the oral product.<hr/>A atividade antimicrobiana do extrato de Curcuma zedoaria (Christm) Roscoe contra algumas bactérias da microbiota bucal foi comparada com a atividade antimicrobiana de cinco anti-sépticos comerciais, a fim de avaliar o potencial do extrato vegetal de ser incorporado em formulações com a finalidade de melhorar ou conferir atividade anti-séptica. A eficácia antimicrobiana in vitro do extrato vegetal e produtos comerciais foi avaliada frente a Streptococcus mutans,Enterococcus faecalis,Staphylococcus aureus e Candida albicans, utilizando o método de regressão linear para avaliar a redução microbiana obtida em função do tempo de exposição, considerando como eficácia a redução de 99,999% na contagem de população microbiana padronizada em 60 segundos. Os resultados demonstraram que a eficácia antimicrobiana do extrato de Curcuma zedoaria (Christm) Roscoe foi similar a de produtos comerciais e que sua incorporação em anti-sépticos bucais pode ser uma alternativa para aumentar a eficácia antimicrobiana de produtos para uso oral. <![CDATA[<B>Avaliação das condições experimentais para quantificação de LT produzida por linhagens de <I>Escherichia coli</I> enterotoxigênica isolada de humanos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The heat-labile toxin (LT) is a key virulence-associated factor associated with the non-invasive secretory diarrhea caused by enterotoxigenic Escherichia coli (ETEC) strains either in humans or domestic animals. Several LT detection methods have been reported but quantification of the toxin produced by wild-type ETEC strains is usually performed by the GM1 ganglyoside enzyme-linked immunosorbent assay (GM1 ELISA). In this study we conducted the optimization of an alternative LT-quantification method, the antibody-capture ELISA (cELISA). Detailed analysis of the appropriate dilutions of capture and detecting LT-specific antibodies significantly improved the sensitivity of the method. Additionally, testing of different LT extraction techniques indicated that sonic disruption of the bacterial cells enhanced LT recovery yields, in contrast to the usual procedure based on addition of polymyxin B to the culture medium as well as extraction methods based on chloroform or Triton X-100. Moreover, the present data indicate that performance of the LT extraction method based on polymyxin B treatment can vary among wild ETEC strains.<hr/>A toxina termo-lábil (LT) é um fator de virulência associado à diarréia secretora não invasiva causada por linhagens de Escherichia coli enterotoxigênica (ETEC) em humanos ou animais domésticos. Diversos métodos de detecção de LT foram descritos na literatura, no entanto, a quantificação da toxina produzida por linhagens selvagens de ETEC é geralmente realizada por ensaio imunoenzimático com o gangliosídeo GM-1 (GM-1 ELISA). Neste estudo, conduzimos uma otimização experimental de um método alternativo de quantificação de LT, o ELISA de captura (cELISA). Análise detalhada de diluições apropriadas dos anticorpos LT específicos de captura e detecção melhorou significantemente a sensibilidade do método. Em adição, testes com diferentes técnicas de extração de LT indicaram que a ruptura das células por ultra-som, mas não o tratamento com polimixina B, clorofórmio ou Triton X-100, aumentou o rendimento da recuperação de LT. Além disto, os dados apresentados demonstram que o desempenho do método de extração de LT baseado no tratamento com polimixina B pode variar entre linhagens selvagens de ETEC. <![CDATA[<B>Atividade antimicrobiana <I>in vitro </I>de extratos de folhas de <I>Psidium guajava L. </I>contra cepas patogênicas de importância clínica</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The methanol, acetone and N, N-dimethylformamide (DMF) fractions of leaves of Psidium guajava L. were evaluated for antibacterial and antifungal activity. Piperacillin and gentamicin were used as standards for antibacterial assay, while nystatin and flucanazole were used as standards for antifungal assay. 91 clinically important strains were used for the study which were both clinical isolates as well as identified strains. The antibacterial activity was more pronounced against gram-positive bacterial and fungal strains. Moderate activity was shown against the gram-negative bacterial strains studied.<hr/>Os extratos de folhas de Psidium guajava L. preparados com metanol, acetona e N,N-formamida foram avaliados quanto a sua atividade antibacteriana e antifúngica. Piperacilina e gentamicina foram empregadas como padrões de atividade antibacteriana e nistatina e fluoconazol com padrões de atividade antifúngica. O estudo foi desenvolvido com noventa e uma cepas de importância clínica, incluindo isolados clínicos e cepas identificadas. A atividade antibacteriana foi mais intensa contra as cepas de bactérias Gram positivas e de fungos. A atividade contra bactérias Gram negativas foi moderada. <![CDATA[<B>Diversidade sorológica e molecular de rotavírus identificados em crianças em São Paulo, Brasil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt From a total of 187 fecal samples from children with ages between 0 and 5 years, collected in the Hospital Universitário -USP, Brazil, from 1994 to 1996, 54 (28.9%) were positive for rotavirus. Positive samples were characterized by electropherotyping, subgrouping, G serotype and genotype and P genotype. Rotavirus electropherotypes were characterized in four different long genome patterns (38.9%), one short genome pattern (34.0%) and 18.0% were characterized as an unusual pattern. Subgroup I was found in 38.9% strains, subgroup II in 50.0% and 7.7% was subgroup nonI-nonII. For G serotypes, G2 was found in 59.3%, G1 was identified in 33.3% of strains, two samples showed mixtures of G1+G2 and one sample was G1+G3. Ten samples characterized as serotype G2 showed a long eletropherotype. Genotype G2 was the most frequently and was found in 37 (44.0%) samples (23 samples as a single genotype and 14 as mixtures of genotypes). G1 was found in 15 samples. G3 and G4 was detected mainly in mixtures of genotypes and G5, G6 and G9 were identified only in mixtures. A total of 20 (38.5%) samples were characterized as G genotype mixtures and P mixtures were found in 16 (29.6%) samples. P[4] was found in 55.6% of samples, P[8] in 51.9% and P[6-M37 like] in 22.3% of cases. P[6-Gottfried like] and P[11] were detected only in mixtures. One sample with G6 specificity, mixed with a G2 rotavirus and a P[11] strain, mixed with P[4] and P[8]strain was described for the first time in Latin America.<hr/>De um total de 187 amostras fecais de crianças com idades entre 0 e 5 anos, coletadas no Hospital Universitário -USP, Brasil, de 1994 a 1996, 54 (28.9%) foram positivas para rotavírus. As amostras positivas foram caracterizadas quanto ao eletroferótipo, subgrupo, sorotipo G e genotipo G e P. Foram identificados quatro diferentes eletroferótipo longos em 38.9% das amostras, um eletroferótipo curto (34,0%) e 18,0% foram caracterizadas como um eletroferótipo não usual. O subgrupo I foi encontrado em 38,9% amostras, o subgrupo II em 50,0% e nãoI-nãoII em 7,7%. O sorotipo G2 foi encontrado em 59,3% e G1 em 33,3%. Duas amostras apresentaram misturas de G1+G2 e outra amostra G1+G3. Dez amostras caracterizadas como sorotipo G2 mostraram perfil eletroferótico longo. O genotipo G2 foi o mais freqüente, encontrado em 37 amostras (23 como único genotipo e 14 associados a outro genotipo). G1 foi encontrado em 15 amostras; G3 e G4 foram detectados principalmente em misturas e G5, G6 e G9, identificados somente em misturas. Um total de 20 (38,5%) amostras foram identificadas como misturas de genotipo G e foram encontradas 16 (29,6%) amostras com misturas de genotipo P. P[4] foi encontrado em 55,6% das amostras, P[8] em 51,9% e P[6-M37 like], em 5,5% das amostras. P[6-Gottfried like] e P[11] foram detectados somente em misturas. Uma amostra com especificidade G6, associada ao genotipo G2 e outra P[11] misturada com P[4] e de P[8] foram identificadas pela primeira vez na América Latina. <![CDATA[<B>Ausência de associação entre genótipos e fatores de virulência em <I>C. albicans</I> isoladas de secreção vaginal</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The physiopathogenesis of vulvovaginal candidiasis (VVC) is still not completely elucidated. The objective of this study was to evaluate if there is a relationship between the different genotypes of Candida albicans, their main agent and the virulence of this yeast in vaginal isolates, and to check if there are laboratorial markers that can predict the ability of each isolate to develop VVC independently of symptoms. The production of exoenzymes protease, phospholipase and haemolysin, resistance to hydrogen peroxide, and the genotype were determined. Genotype A was predominant (75%), protease, phospholipase and haemolytic activity were highly expressed, and the majority of the yeasts were sensitive to H2O2 in 1 and 2 hours of exposure, suggesting that these factors are important in the virulence of vaginal isolates. However they did not have any correlation with the genotypes. The different isolates expressed similar virulence potential, suggesting that other factors relating to the yeasts and the host must participate in the development of the clinical disease.<hr/>A fisiopatogenia da candidíase vulvovaginal (CVV) não está completamente elucidada até o presente momento. O objetivo deste estudo foi avaliar se exite relação entre os diferentes genótipos de Candida albicans, seu principal agente, e a virulência desta levedura em isolados vaginais, e checar se existem marcadores laboratoriais que possam predizer a habilidade de cada isolado para desenvolver CVV independentemente dos sintomas. Foram determinados a produção de exoenzimas protease, fosfolipase and hemolisina, resistência ao peróxido de hidrogêncio, e genótipo. O genótipo A foi predominante (75%), protease, fosfolipase e atividade hemolítica foram alevadamente expressos, e a maioria das leveduras foram sensíveis ao H2O2 em 1 e 2 horas de exposição, sugerindo que estes fatores são importantes na virulênciae de isolados vaginais. Entretanto, não houve nenhuma correlação com os genótipos. Os diferentes isolados expressaram potencial de virulência similares, sugerindo que outros fatores relacionados às leveduras e ao hospedeiro devem participar no desenvolvimento da doença clínica. <![CDATA[<B>Interferência da tuberculose no desempenho de ELISAs comerciais utilizados para o diagnóstico de paratuberculose</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Forty-four cows from five herds infected with tuberculosis (TB) and without paratuberculosis (PTB), and 21 cows from a herd without either infection were studied. The cattle presented concordant results in both the skin test and gamma-interferon assay for TB and two commercial ELISAs for PTB. Animals were divided according to TB test results into Group A with 28 TB-infected animals, Group B with 16 TB-negative animals from infected herds, and Group C with 21 TB-negative cows from a tuberculosis-free herd (which were used as controls). Twenty of 28 animals from Group A (71.4%), 6/16 from Group B (37.5%) and none from Group C were reactive to PTB ELISAs, suggesting that these commercial kits were unable to distinguish between PTB and TB. It is proposed that natural occurring TB strongly interferes in the diagnosis of PTB and that commercial ELISAs cannot be considered reliable tools in the diagnosis of paratuberculosis in tuberculosis-infected herds.<hr/>Quarenta e quatro animais provenientes de cinco rebanhos infectados com tuberculose e livres de paratuberculose, e 21 animais provenientes de rebanhos livres de ambas as infecções foram analisados. Todos os animais foram testados para tuberculose pelo teste intradérmico de PPD-bovino e pelo ensaio comercial de Interferon-gama (IFN-gama). Para o diagnóstico de paratuberculose, dois ELISAs comerciais foram usados neste estudo. Os animais foram divididos em três grupos, de acordo com os resultados obtidos pelos testes diagnósticos para tuberculose. O grupo A foi composto por 28 animais com resultados positivos para tuberculose; o grupo B foi formado por 16 animais provenientes de rebanhos infectados com tuberculose, porém com resultados negativos nos testes diagnósticos para esta infecção. O grupo C foi composto por 21 animais provenientes de propriedades livres de ambas as doenças e que foram utilizados como grupo controle deste estudo. Vinte dos 28 animais do grupo A (71,4%), 6/16 do grupo B (37,5%) e nenhum animal do grupo C foram reativos aos ELISAs para diagnóstico de paratuberculose, o que demonstrou que os kits comerciais utilizados não são capazes de diferenciar entre ambas as doenças. Os resultados aqui obtidos sugerem que a ocorrência natural de tuberculose pode interferir no diagnóstico da paratuberculose e os ELISAs comerciais disponíveis não são seguros para utilização em rebanhos onde há tuberculose. <![CDATA[<B>Análise do gene 16S RNAr de<I> Anaplasma platys</I> detectado em cães do Brasil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Comparison of the partial DNA sequence of the 16S rRNA gene of Anaplasma platys detected in dogs from Ribeirão Preto, Brazil, to sequences of other strains previously deposited in GenBank showed that there are at least three A. platys strains circulating in South America.<hr/>A comparação de sequências parciais do gene 16S RNAr de Anaplasma platys detectadas em cães de Ribeirão Preto, Brasil, com sequências de outras linhagens previamente depositadas no GenBank indicam que existem pelo menos três linhagens de A. platys circulando na América do Sul. <![CDATA[<B><I>Aspergilose</i></B>: <B>um fator limitante na reabilitação de pingüins-de-Magalhães</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The article describes the epidemiology, macroscopic and histological lesions as well as the isolation of Aspergillus flavus and A. fumigatus from Magellanic penguins (Spheniscus magellanicus) during recovery in the Center for Recovery of Marine Animals (CRAM - 32ºS/52ºW), over a period of two years. From January 2004 to December 2005 the Center received 52 Magellanic penguins, and 23% (12/52) died. Necropsies were performed and tissue samples were collected for histological and microbiological examination. From 12 dead animals, aspergillosis was confirmed in five animals, corresponding to 42% of the mortality. Granulomatous nodules were observed mainly on air sacs and lungs. Histologically, septate and branching hyphae, measuring 3-5 µm and PAS positive were found. Two of these cases were caused by A. fumigatus, two other by A. flavus, and in one the diagnostic was established by macroscopic lesions observed in the necropsy without sample collection for fungal isolation and identification. The five aspergillosis cases occurred in the first year of the study, when a disinfection program was not yet established in the CRAM. This paper points out the importance of aspergillosis in the rehabilitation process of captive penguins, and emphasize the necessity of an environmental disinfection on the aspergillosis prevention, mycosis that caused a high rate of mortality of the seabirds found on the Brazilian coast and admitted in the CRAM.<hr/>O trabalho descreve fatores epidemiológicos, achados de necropsia, histológicos e o isolamento de Aspergillus flavus e A. fumigatus em pingüins-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) em reabilitação no Centro de Recuperação de Animais Marinhos (CRAM - 32ºS/52ºW), durante um período de dois anos. De janeiro de 2004 a dezembro de 2005 foram recebidos no Centro, 52 pingüins-de-Magalhães, dos quais 23% (12/52) morreram. Esses animais foram necropsiados e amostras de tecidos foram coletadas para exame histológico e microbiológico. De 12 animais necropsiados, aspergilose foi diagnosticada em 42% (5/12). Granulomas foram observados principalmente em sacos aéreos e pulmões e hifas septadas, hialinas e dicotômicas em ângulo agudo foram encontradas na histologia. Dois casos foram ocasionados por A. fumigatus, outros dois por A. flavus e em um caso o diagnóstico foi estabelecido pelas lesões macroscópicas observadas na necropsia, sem a coleta de amostra para isolamento e identificação fúngica. Os cinco casos da micose ocorreram no primeiro ano, período em que não havia um programa de desinfecção no Centro. Este trabalho ressalta a importância da aspergilose interferindo no processo de reabilitação de pingüins em cativeiro no CRAM, e enfatiza a necessidade da desinfecção ambiental na prevenção da micose, doença que causa uma alta taxa de mortalidade de aves marinhas encontradas na costa brasileira e encaminhadas ao CRAM. <![CDATA[<B>Detecção do herpesvírus bovino 5 por isolamento viral e multiplex-PCR em SNC de bovinos com doença neurológica em rebanhos brasileiros</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300019&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Bovine herpesvirus 5 (BoHV-5) is an important cause of meningoencephalitis in young and adult cattle. The multiple etiology of neurological disturbances in cattle makes the quick and conclusive diagnosis of BoHV-5 infection important for animal and public health, mainly because of herbivore rabies that is endemic in Brazilian cattle herds. The objective of this retrospective study was to use a multiplex-polymerase chain reaction (multiplex-PCR) for BoHV-5 and BoHV-1 glycoprotein C gene detection from stored central nervous system (CNS) tissue fragments of cattle with neurological clinical signs. Forty-seven frozen CNS samples of young and adult cattle from 31 herds in three Brazilian geographical regions (South, Southeast, and Center-west) were evaluated. Eighteen (38.3%) of these CNS samples were BoHV-positive by virus isolation in cell culture. By multiplex-PCR 30 (63.8%) CNS samples were BoHV-5 positive. All 18 positive samples by virus isolation were confirmed as BoHV-5 by the multiplex-PCR, that provided a increase of 25.5% (12/47) in the BoHV-5 diagnosis rate. BoHV-1 was not detected in any CNS sample. This retrospective study demonstrated the wide regional distribution of BoHV-5 infection in Brazilian cattle herds since positive results were obtained in CNS samples of cattle with neurological disease from Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, and Mato Grosso do Sul States.<hr/>O herpesvírus bovino 5 (BoHV-5) é um importante agente etiológico de meningoencefalite em bovinos jovens e adultos. A etiologia múltipla dos distúrbios neurológicos em bovinos torna o diagnóstico conclusivo do BoHV-5 importante tanto em termos de sanidade animal quanto de saúde pública, principalmente pela característica endêmica da raiva dos herbívoros nos rebanhos bovinos brasileiros. O objetivo desse estudo retrospectivo foi utilizar a reação em cadeia da polimerase (multiplex-PCR) para a detecção do gene da glicoproteína C do BoHV-5 e do BoHV-1 em fragmentos estocados de sistema nervoso central (SNC) de bovinos com sinais clínicos neurológicos. Foram avaliadas 47 amostras congeladas de fragmentos de SNC de bovinos jovens e adultos pertencentes a 31 rebanhos de três regiões geográficas brasileiras (Sul, Sudeste e Centro-oeste). Por meio do isolamento viral em cultivo celular foi possível o isolamento do BoHV em 18 (38,3%) amostras. Pela técnica de multiplex-PCR 30 (63,8%) amostras de SNC foram positivas para o BoHV-5. Todas as 18 amostras positivas no isolamento viral foram confirmadas como BoHV-5 pela multiplex-PCR, proporcionando um incremento na taxa de diagnóstico do BoHV-5 de 25,5% (12/47). Em nenhuma das amostras avaliadas foi possível a identificação do BoHV-1 pela multiplex-PCR. Esse estudo retrospectivo demonstrou a ampla distribuição da infecção pelo BoHV-5 nos rebanhos bovinos brasileiros uma vez que resultados positivos foram obtidos em amostras de SNC colhidas de bovinos com doença neurológica, provenientes dos estados do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. <![CDATA[<B>Identificação de <I>Clostridium chauvoei</I> em cultivos de materiais clínicos de casos de carbúnculo sintomático utilizando-se PCR</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300020&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt C. chauvoei presence was detected by means of polymerase chain reaction (PCR) from supernatant of culture in cooked meat medium of liver, muscle and metatarsian bone marrow samples of seven calves with blackleg symptoms. The isolation under anaerobic conditions of one muscle sample revealed Clostridium perfringens in pure culture.<hr/>Foi detectada presença de Clostridium chauvoei pela reação de PCR a partir de cultivo em cooked meat medium de amostras de fígado, músculo e medula óssea metatarsiana de sete bezerros acometidos de carbúnculo sintomático. O isolamento de uma amostra de músculo sob condições anaeróbias revelou Clostridium perfringens em cultura pura. <![CDATA[<B>Clonagem e expressão da glicoproteina E (gE) do vírus da doença de Aujeszky em sistema de baculovirus</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300021&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Aujeszky' s disease (AD) is an infectious disease causing important economic losses to the swine industry worldwide. The disease is caused by an alpha-herpesvirus, Aujeszky' s disease virus (ADV), an enveloped virus with a double stranded linear DNA genome. The ADV genome encodes 11 glycoproteins, which are major targets for the immune system of the host in response to the infection. The glycoprotein E (gE) is a non-essential protein and deletion of the gE gene has been used for the production of marker vaccines. Aiming to develop molecular reagents for the production of a gE specific ELISA test, the gE gene was amplified by PCR, cloned and expressed into a baculovirus expression system. The recombinant DNA vector pFastBac-gE-ADV was used for site-specific transposition into the recombinant baculovirus (bacmid). Colonies with recombinant bacmid-pFastBac-gE-ADV were selected by antibiotic and color selection and the presence of the gE gene was confirmed by PCR. The recombinant bacmid-pFastBac-gE-ADV was cotransfected in insect Trichoplusia ni and the presence of the recombinant DNA and gE protein were detected by PCR, SDS-PAGE and Western blotting, respectively.<hr/>A doença de Aujeszky (DA) é uma enfermidade infecto-contagiosa que causa grandes perdas econômicas ao produtor e à agroindústria suinícola em todo o mundo. É causada pelo vírus da doença de Aujeszky (VDA), um alfaherpesvírus envelopado com genoma DNA de fita dupla e linear. O genoma do VDA codifica 11 glicoproteínas, as quais são os maiores alvos do sistema imune do hospedeiro em resposta a infecção. A glicoproteína E (gE) é uma proteína não essencial e a deleção do gene da gE é muito utilizada para a produção de vacinas com marcadores. Com o objetivo de desenvolver insumos moleculares para a produção de um teste de ELISA específico para gE do VDA, a seqüência do gene da gE foi amplificada, clonada e expressa no sistema de expressão em baculovírus. O produto da amplificação foi clonado no vetor pGem®-T Easy e subclonado no plasmídeo de expressão pFastBac&trade;1. O DNA recombinante pFastBac-gE-VDA foi usado para a transposição sítio-específica no baculovírus recombinante (bacmid). Após seleção por antibióticos e cor, as colônias com o recombinante bacmid-pFastBac-gE-VDA foram selecionadas e a presença do gene da gE foi confirmada por PCR. O DNA recombinante viral, bacmid-pFastBac-gE-VDA, foi usado para cotransfecção de células de inseto Trichoplusia ni e a presença do recombinante e a proteína gE foi determinada por PCR, por SDS-PAGE e Western blotting, respectivamente. <![CDATA[<B>Diagnóstico rápido do vírus da estomatite vesicular no Equador mediante o uso da reação em cadeia da polimerase</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300022&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Vesicular Stomatitis (VS) is a viral disease that has a great impact in animal health, as infected animals present marked decrease in meat and milk production. Its presence is a limiting factor for international animal trade. Besides the damage in the livestock productivity, such disease assumes an important role in animal health programs since it is clinically indistinguishable from Foot-and-Mouth Disease. The diagnosis of the VS has been made, mainly, through Complement Fixation, ELISA and Virus Neutralization tests, assays that allow not only for viral detection but also for differentiation of the two serotypes described for Vesicular Stomatitis Virus (VSV): New Jersey (NJ) and Indiana (Ind). In this work, a molecular diagnostic approach, the polymerase chain reaction performed after reverse transcription (RT - PCR), based on the specific partial amplification of NS gene of VSV was used, as an alternative method for the detection of the virus. A total of 10 VSV reference samples and 12 specimens collected from animals with clinical signs of vesicular disease obtained from field episodes in Ecuador were tested. The method allowed for the specific partial amplification of the region coding for protein P, both for VSV serotypes New Jersey (642 bp) and Indiana 1 (614 bp). The results were compatible with data obtained by Complement Fixation test and the identity of the amplified products was confirmed by nucleotide sequencing.<hr/>A Estomatite Vesicular (EV) é uma enfermidade viral de grande impacto na saúde animal. O animal enfermo apresenta queda na produtividade em rebanho de carne e na produção leiteira, sendo um fator limitante para o comércio internacional de animais. Além dos danos à produtividade essa enfermidade assume importante papel nos programas de saúde animal por ser indistinguível clinicamente da Febre Aftosa. As técnicas para o diagnóstico da EV são, principalmente, a Fixação de Complemento, a ELISA e a Virusneutralização, testes que permitem a detecção viral e a diferenciação dos dois sorotipos descritos para o vírus da Estomatite Vesicular (VEV): New Jersey (NJ) e Indiana (Ind). Neste trabalho a metodologia molecular da reação em cadeia da polimerase após transcrição reversa (RT - PCR) baseada na amplificação parcial específica do gene NS do VEV foi utilizada como um método alternativo para a detecção do vírus. Um total de 10 amostras de referência do VEV e 12 espécimes coletados de animais com sinais clínicos de enfermidade vesicular obtidas de episódios de campo em Equador foi testado. O método permitiu a amplificação parcial da região que codifica para proteína P, tanto para NJ (642 pb) quanto para Ind (614 pb). Os resultados foram concordantes com os dados obtidos por Fixação de Complemento e a identidade dos produtos amplificados foi confirmada por meio de seqüenciamento nucleotídico. <![CDATA[<B>Primeiro isolamento de leptospiras em caprinos no Brasil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300023&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Leptospires have never been recovered from goats in Brazil. Serum samples were obtained from 248 goats from Rio de Janeiro and from the seroreactive animals, urine samples were collected and processed for Leptospira isolation. A total of 52 positive reactions were observed, corresponding to 20.9% of the samples. The most prevalent reactions were to serovars Hardjo (36.5%), Shermani (30.8%), Icterohaemorrhagiae (9.6%), Grippotyphosa (9.6%), Autumnalis (5.8%), Castellonis (3.8%) and Bratislava (3.8%). Two strains of Leptospira sp. were isolated, both in the same region, but from different flocks. Presumptive identification based on serologic methods suggests those strains to be from Grippotyphosa serogroup.<hr/>Leptospiras nunca foram isolados de caprinos no Brasil. Amostras de soros foram obtidas de 248 caprinos no Rio de Janeiro, e, dos animais sororeativos, amostras de urina foram coletadas e processadas para isolamento de leptospiras. Um total de 52 (20,9%) reações positivas foi observado. Os serovares mais prevalentes foram Hardjo (36,5%), Shermani (30,8%), Icterohaemorrhagiae (9,6%), Grippotyphosa (9,6%), Autumnalis (5,8%), Castellonis (3,8%) e Bratislava (3,8%). Duas estirpes de Leptospira sp. foram isoladas, ambas na mesma região, mas de diferentes rebanhos. A identificação sorológica presuntiva sugere trataram-se de amostras do sorogrupo Grippotyphosa. <![CDATA[<B>Bioensaio para seleção de bactérias biocontroladoras do crestamento bacteriano comum do feijão (<I>Xanthomonas axonopodis</I> pv. <I>phaseoli</I>)</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300024&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Emphasis has been given on selection of micro-organism for biological control. However, in order to evaluate the biological control potential of a great number of micro-organisms in a small period of time it is necessary to develop an efficient bioassay. Seven hundred and sixty bacterial isolates from different habitats, were selected for compatibility with Rhizobium leguminosarum bv. phaseoli (SEMIA 4077 e SEMIA 4080). Among them 596 isolates were ineffective against both rhizobia. Bean seeds immersed in suspension of each one of these isolates were agitated for 5 hours at 10ºC and sowed in non-sterilized soil. The plants were kept in greenhouse. After the development of cotyledonary and primary leaves, these were removed and bioassayed for Xanthomonas axonopodis pv. phaseoli (XAP) control. In the cotyledonary leaves, it was observed that the isolate DFs093 offered 100% control, DFs041 and DFs1297 offered 90% and DFs490, DFs769, DFs831, DFs842 and DFs843 offered 80% control. In the primary leaves, the DFs482 isolated offered 100% and the DFs080, DFs348, DFs513, DFs622, DFs769, DFs842 and DFs912 offered 80% of XAP control.<hr/>Tem-se dado muita ênfase ao controle biológico mediante seleção de microorganismos. Porém, para se avaliar o potencial de biocontroladores de forma massal e em pequeno intervalo de tempo é necessário desenvolver um bioensaio eficiente. Bactérias de diferentes sítios, num total de 760 isolados, foram selecionadas para compatibilidade com Rhizobium leguminosarum bv. phaseoli estirpes SEMIA 4077 e SEMIA 4080, onde 596 isolados foram inefetivos contra ambos rizóbios. Sementes de feijão foram imersas em suspensão de cada um destes isolados sendo agitadas por 5 horas a 10ºC, plantadas em solo não esterelizado, sendo as plantas mantidas em casa de vegetação. Após o desenvolvimento das folhas cotiledonares e folhas primárias, estas foram retiradas e avaliadas por bioensaio para o controle de Xanthomonas axonopodis pv. phaseoli (XAP). Nas folhas cotiledonares, observou-se que o isolado DFs093, proporcionou 100% de controle, DFs041 e DFs1297 propiciaram, 90% e DFs490, DFs769, DFs831, DFs842 e DFs843 proporcionaram 80% de controle. Nas folhas primárias, o isolado, DFs482 propiciou 100% e os isolados DFs080, DFs348, DFs513, DFs622, DFs769, DFs842 e DFs912 proporcionaram 80% de controle para XAP. <![CDATA[<B><I>Aeromonas </I>sp. e indicadores microbiológicos em fontes de água não tratada</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300025&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Aeromonas species are autochtonous in the aquatic environment and some of them have been associated with health effects like wound infections, septicemia and diarrhoeal illness. In this study, the occurrence of Aeromonas spp. and microbial indicators in raw drinking water from wells, springs, fountains and mineral waters was evaluated. A total of 126 water samples was analyzed for Aeromonas spp. by the membrane filtration technique using ADA media and by P/A test. Typical colonies of Aeromonas spp. were submitted to biochemical tests for species differentiation. Toxin production was tested using Y-1 mouse adrenal cells. Coliforms and heterotrophic bacteria were enumerated by membrane filtration and pour plate techniques, respectively. P. aeruginosa, C. perfringens and fecal streptococci were determined by P/A method. Aeromonas spp. were isolated in 36.5% of the samples, whereas total and thermotolerant coliforms were detected in 51.2% and in 23.8% of the samples, respectively. C. perfringens, fecal streptococci and P. aeruginosa were present in 16.5%, 20.4% and 3.8% of the samples, respectively. The concentrations of heterotrophic bacteria were higher than 1,0x10³ CFU/mL in 52.5% of the samples. A. hydrophila was the most frequent species, followed by A. allosaccharophila,A. jandaei,A.sobria and HG2. A heat label toxin was detected in 13 from the 58 strains tested. These data show that the drinking water sources analyzed can represent a risk for human health. It is important to consider that wells and springs are used as drinking water supply in poor areas and rural regions, where undernourished people more susceptible to infections by these microorganisms predominate.<hr/>Bactérias do gênero Aeromonas são naturais no ambiente aquático e algumas espécies podem causar infecções em humanos como feridas, septicemia e diarréia. Este trabalho objetivou avaliar a ocorrência de Aeromonas sp. em 126 amostras de água de poços, nascentes, fontes e água mineral, e associar sua presença com indicadores microbianos de contaminação. Foi utilizada a técnica de membrana filtrante com o meio ADA e o teste P/A. Colônias típicas de Aeromonas sp. foram submetidas a testes bioquímicos para identificação da espécie. A produção de toxina foi avaliada utilizando-se células Y-1 de adrenal de camundongo. Coliformes e bactérias heterotróficas foram analisados através de filtração em membrana e pela técnica de inoculação em profundidade, respectivamente. P. aeruginosa, C. pefringens e os estreptococos fecais foram determinados pelo teste P/A. Aeromonas sp. foi isolada em 36,5% das amostras, enquanto que os coliformes totais e termotolerantes estavam presentes em 51,2% e 23,8% das amostras, respectivamente. C. perfringens, estreptococos fecais e P. aeruginosa foram detectados em 16,5%, 20,4% e 3,8% das amostras respectivamente. Concentrações de bactérias heterotróficas superiores a 1,0x10³ UFC/mL ocorreram em 52,5% das amostras. A. hydrophila foi a espécie mais isolada, seguida por A. allosaccharophila, A. jandaei, A. sobria e HG2. Uma toxina termolábil foi detectada em 13 dos 58 isolados analisados. Portanto, as fontes de água de consumo humano analisadas podem representar um risco para a saúde humana. É importante considerar que fontes, poços e nascentes são utilizadas como suprimento de água em áreas pobres e regiões rurais, onde predominam pessoas com problemas de desnutrição, mais suscetíveis a doenças infecciosas. <![CDATA[<B>Degradação do herbicida 2,4-D por microrganismos isolados de solo contaminado do Brasil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300026&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of this work was to isolate microorganisms from Brazilian soil contaminated with 2,4-D herbicide, and analyze the efficiency for 2,4D degradation, using high-performance liquid chromatography (HPLC). Serratia marcescens and Penicillium sp had never been reported as able to degrade 2,4-D. The isolated strains represent a great potential for bioremediation.<hr/>O objetivo deste trabalho foi isolar microrganismos de solo brasileiro contaminado com o herbicida 2,4-D, e analisar a eficiência da degradação por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC). Serratia marcescens e Penicillium sp jamais haviam sido relatadas como degradadoras de 2,4-D. As linhagens isoladas representam um grande potencial em biorremediação. <![CDATA[<B>Efeito <I>in vitro</I> de cepas e proteínas Cry de <I>Bacillus thuringiensis </I>em fungos fitopatogênicos da cultura do arroz irrigado</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300027&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Cry1Ab and Cry1Ac strains and proteins synthesized by Bacillus thuringiensis thuringiensis and B. thuringiensis kurstaki were assessed in the following phytopathogens: Rhizoctonia solani,Pyricularia grisea,Fusarium oxysporum and F. solani, which had their micelial growth decreased after incubation in the presence of the bacterial strains. As to Cry proteins, there were no inhibition halo development in the assessed concentrations.<hr/>As cepas e proteínas Cry1Ab e Cry1Ac sintetizadas por Bacillus thuringiensis thuringiensis e B. thuringiensis kurstaki, foram avaliadas nos fitopatógenos: Rhizoctonia solani,Pyricularia grisea,Fusarium oxysporum e F. solani, os quais tiveram seu crescimento micelial reduzido após a incubação na presença das cepas bacterianas. Em relação às proteínas Cry, não houve formação de halo de inibição nas concentrações avaliadas. <![CDATA[<B>Uma Estirpe Brasileira de <I>Bacillus thuringiensis</I> com elevada atividade para a broca da cana-de-açúcar <I>Diatraea saccharalis </I>(Lepidoptera: Crambidae)</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300028&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The control of the major sugarcane pest, Diatraea saccharalis, is limited by the stem location of the caterpillar. As part of a long-term project towards the development of an alternative and efficient delivery system of Cry proteins to control the sugarcane borer, the current work describes the selection and characterization of a Brazilian B. thuringiensis strain with prominent activity towards D. saccharalis. Strain S76 was eleven-fold more active than the HD-1 Lepidoptera-standard strain, as estimated by the LC50 of 13.06 µg/L and 143.88 µg/L, respectively. We observed bipiramidal and cuboidal crystals similar to those found in other B. thuringiensis strains with entomopathogenic activity against Lepidoptera and Diptera. In addition, smaller and spherical crystalline inclusions were also observed. The plasmid profile of strain S76 is similar to that of HD-1. PCR amplifications of S76 DNA using cry specific primers confirmed the presence of cry1Aa,cry1Ab,cry1Ac,cry2Aa1, and cry2Ab2, but not cry1Ad, cry2Ac and cry9 type genes. No differences that could explain the superior activity of S76 when compared to HD-1, the Lepidoptera standard strain, were observed. Nevertheless, its higher entomopathogenic activity has pointed this strain S76 as a potential source of cry genes to control sugarcane borer, an important pest that affects sugarcane, a crop that occupies a planted area of about 6 million ha in Brazil.<hr/>Diatraea saccharalis é o inseto-praga que provoca os maiores danos a cultura da cana-de-açúcar, e seu controle é limitado pela localização do ataque no interior do colmo das plantas. Como parte de um projeto a longo prazo com o objetivo de desenvolver uma alternativa eficiente para o controle da broca da cana utilizando as proteínas Cry de Bacillus thuringiensis, o presente trabalho descreve a seleção e caracterização de uma estirpe desta bactéria com atividade larvicida para D. saccharalis. A estirpe brasileira S76, foi selecionada pela alta atividade letal contra larvas da broca, dez vezes maior do que a estirpe comercial HD-1 de B. thuringiensis, com resultados da CL50 de 13.06 µg/L e 143.88 µg/L, respectivamente. Foram observados cristais bipiramidais e cuboides similares aos encontrados em outras estirpes de B. thuringiensis com atividade entomopatogenica para lepidópteros e dípteros. Adicionalmente, foram visualizadas pequenas inclusões cristalinas esféricas. O perfil plasmidial da estirpe S76 foi similar ao observado na estirpe HD-1. Amplificações por PCR confirmaram a presença dos genes cry1Aa,cry1Ab,cry1Ac,cry2Aa1 e cry2Ab2, porém não foram detectados os genes cry1Ad,cry2Ac e cry9 na estirpe S76. Não foi observada nenhuma diferença para explicar a maior atividade da estirpe S76 quando comparada a HD-1. Entretanto, os resultados indicam a estirpe S76 como fonte potencial de genes cry para controlar D. saccharalis, praga importante que afeta plantas de cana-de-açúcar, cultura esta que ocupa uma área plantada de 6 milhões ha no Brasil. <![CDATA[<B>Formação de biofilme por <I>Staphylococcus aureus </I>na superfície de aço inoxidável e vidro e sua resistência a alguns sanificantes químicos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300029&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The objectives of this work were to verify the capability of Staphylococcus aureus of forming bio-film on stainless steel and glass surfaces; to evaluate the efficiency of sodium dichloroisocyanurate, hydrogen peroxide and peracetic acid in inactivating Staphylococcus aureus cells adhered onto these surfaces; and to visualize biofilm development by scanning electron microscopy before and after sanitizer treatment. The surfaces studied consisted of 10x20mm chips immersed in Petri dishes containing BHI broth inoculated with S. aureus ATCC 25923. Biofilm formation was observed after 15-day incubation, when the cells were removed using the swab technique, followed by Baird Parker agar plating. Also, the efficiency of the chemical sanitizers on the chip surfaces was tested and the non-removed cells were counted on the Baird-Parker agar. After biofilm formation and use of sanitizers, the chips were respectively observed by scanning electronic microscopy following a pre-existing protocol. The obtained results showed biofilm formation on both surfaces, with bacterial count in the order of 10(7) CFU/cm² on and 10(8) CFU/cm² on stainless steel and glass surfaces, respectively. Peracetic acid was the most efficient in removing adhered cells, presenting 5.26 and 4.5 decimal reduction for adhered cells on stainless steel and glass surfaces, respectively.<hr/>Os objetivos deste trabalho foram verificar a capacidade de Staphylococcus aureus formar biofilme nas superfícies de aço inoxidável e vidro, avaliar a eficiência do dicloroisocianurato de sódio, peróxido de hidrogênio e ácido peracético na inativação de células de S. aureus aderidas e visualização por microscopia eletrônica de varredura, o desenvolvimento antes e depois do tratamento das superfícies com os sanificantes. As superfícies foram cupons 10x200mm imersos em placas de Petri contendo caldo BHI inoculado com cultura de Staphylococcus aureus ATCC 25923. A formação de biofilme foi observada após 15 dias de incubação, quando as células foram removidas pela técnica do suabe, seguiram-se diluições seriadas e plaqueamento em ágar Baird Parker. Testou-se a eficiência dos sanificantes nas superfícies dos cupons e as células não removidas foram enumeradas no ágar Baird Parker. Os cupons após formação do biofilme e cupons sanificados foram observados pela microscopia eletrônica de varredura seguindo um protocolo. Os resultados obtidos indicaram a formação de biofilme em ambas superfícies, com contagens bacterianas na ordem de 10(7) UFC/cm² e 10(8) UFC/cm² nas superfícies de aço inoxidável e vidro, respectivamente. Dentre os sanificantes estudados o ácido peracético apresentou uma eficiência maior na remoção das células aderidas, apresentado redução decimal de 5,26 e 4,5 para as células aderidas na superfície de vidro e aço inoxidável. <![CDATA[<B>Estimativa do número mais provável de <I>Salmonella</I> sp. em amostras de carne suína moída</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300030&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The quantification of microorganisms present in food samples is an important step to assess the risk to consumers. The number of salmonellae in 20 positive samples of minced pork was determined by the Most Probable Number method. Counts ranging between <3 and 240 cfu.g-1 were found in the analyzed samples.<hr/>A identificação de risco inclui uma etapa de quantificação do microrganismo no produto avaliado. O número de Salmonella sp. em 20 amostras de carne suína moída previamente identificadas como positivas foi determinado pelo método do Número mais Provável. Contagens entre <3 e 240 ufc.g-1 foram encontradas nas amostras analisadas. <![CDATA[<B>Caracterização fenotípica e por PCR espécie-específica de cepas promissoras como cultivos iniciadores de <I>Lactobacillus plantarum</I> isolados de embutidos cárneos fermentados naturalmente</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300031&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The purpose of the present work was to characterize promising starter culture strains of Lactobacillus plantarum isolated from naturally fermented artisanal sausage manufactured in the northwestern region of Rio Grande do Sul state, Brazil. From 127 isolates of homofermentative, Gram-positive and catalase-negative lactic acid bacteria, ten isolates were randomly selected and the phenotypic characterization and species-specific PCR were performed. Genomic DNA from each isolated strain and from the reference strains L. plantarum ATCC 8014 and L. pentosus ATCC 8041 were amplified using two pairs of L. plantarum species-specific primers (16/Lpl and LbP11/LbP12). The results of the phenotypic characterization and species-specific PCR indicated that five out of ten isolates were Lactobacillus plantarum.<hr/>O objetivo do presente trabalho foi caracterizar cepas promissoras como cultivos iniciadores de Lactobacillus plantarum isoladas de embutidos cárneos fermentados naturalmente produzidos na região noroeste do Rio Grande do Sul, Brasil. Das 127 bactérias ácido láctica homofermentativas, Gram-positivo e catalase-negativo isoladas, dez foram aleatoriamente selecionadas e a caracterização fenotípica e a PCR espécie-específica foram realizadas. DNA genômico das cepas isoladas e das cepas de referência L. plantarum ATCC 8014 e L. pentosus ATCC 8041 foram amplificadas utilizando-se dois pares de iniciadores espécie-específicos para L. plantarum (16/Lpl e LbP11/LbP12). Os resultados da caracterização fenotípica e da PCR espécie-específica permitiram a identificação como Lactobacillus plantarum de cinco cepas das dez selecionadas. <![CDATA[<B>Prevalência e características de cepas de <I>Escherichia coli</I> produtoras de toxina Shiga (STEC) em carne bovina coletada em São Paulo, Brasil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300032&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study aims to assess the prevalence of Shiga toxin-producing Escherichia coli (STEC) in ground beef collected in two cities located in the State of São Paulo, Brazil. A total of 250 samples of raw ground beef were collected in local grocery stores during the period of March to December 2002 in the cities of Ribeirão Preto (114 samples) and Campinas (136 samples), São Paulo State, Brazil. The samples were processed according to standard methods. The resulting 591 E.coli colonies were screened for STEC by hybridization assays using the specific DNA probes, stx1,stx2 and eae. Further characterization of STEC isolates included the search for the ehxA sequence, detection of enterohemolysin and expression of Shiga toxin using the Vero cell assay. STEC isolates belonging to serotypes O93:H19, ONT:HNT, ONT:H7, and O174:HNT we recovered from four samples (3.5%) collected in Ribeirão Preto. All samples from Campinas were negative for STEC. Three of the strains carried stx2 and ehxA sequences while one harbored stx1,stx2 and ehxA sequences. Considering that among foods of animal origin, ground beef is an important vehicle for STEC transmission, these data emphasize the need of a closer surveillance of these microorganisms. They can survive in unfavorable conditions specially when the products are refrigerated or frozen for long periods of time and can be the cause of outbreaks affecting a great number of consumers.<hr/>O objetivo deste estudo foi verificar a ocorrência de Escherichia coli produtora de toxina Shiga (STEC) em amostras de carne moída crua comercializadas em duas cidades do Estado de São Paulo, Brasil. Um total de 250 amostras de carne moída crua foi coletado de açougues locais durante o período de Março a Dezembro de 2002, nas cidades de Ribeirão Preto (114 amostras) e de Campinas (136 amostras), Estado de São Paulo, Brasil. As amostras foram processadas de acordo com os métodos de referência. Um total de 591 colônias de E.coli foi submetido à técnica de hibridização de colônias usando sondas específicas de DNA para a detecção das seqüências stx1,stx2 e eae. Caracterizações adicionais das cepas STEC incluíram a pesquisa da seqüência ehxA, a detecção da enterohemolisina e a pesquisa da expressão de toxina Shiga utilizando testes com células Vero. Em quatro amostras (3,5%) coletadas em Ribeirão Preto, foram encontradas cepas STEC, mas todas aquelas da região de Campinas foram negativas. As cepas de STEC pertenciam aos sorotipos O93:H19, ONT:HNT, ONT:H7, e O174:HNT. Três cepas tinham o perfil stx2 ehxA e uma era portadora das seqüências stx1,stx2 e ehxA. Considerando que entre os alimentos de origem animal, a carne moída ainda representa um importante veículo de transmissão de STEC, estes dados alertam para a necessidade de uma vigilância da presença destes microrganismos capazes de sobreviver em condições desfavoráveis, especialmente quando os produtos são refrigerados ou congelados por longos períodos, podendo ser causas de importantes surtos afetando grande número de consumidores. <![CDATA[<B>Uso de bioreator de coluna para otimização da produção de pectinases por cultivo semi-sólido</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300033&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study aimed to determine the influence of process variables and production, of polygalacturonase (PG) and polymetylgalacturonase (PMG) by solid substrate cultivation using a fixed bed column bioreactor. A fractional factorial design (FFD) was used to study the effect of the following variables: microorganism (Aspergillus oryzae and Aspergillus niger), substratum (wheat bran and defatted rice bran), aeration (40 and 60 ml h-1g-1), pectin (5 and 10 g g-1) and nitrogen (urea and ammonium sulfate). Microorganism, aeration and initial pectin were identified in FFD as significant variables (p<0.05) on PG production. A central composed design to optimize PG and PMG productions indicated that Aspergillus niger presents higher PG production; substratum and nitrogen do not affect PG production; the aeration rate affects positively the production of PG and negatively the production of PMG and the initial pectin concentration affects positively both PG and PMG production. The optimal point of aeration and initial pectin concentration for PG production are 66.13 ml h-1 g-1 and 12.8 g g-1, respectively and for PMG production are 40 ml h-1 g-1 and 15.0 g g-1, respectively.<hr/>O objetivo deste trabalho foi determinar a influência de variáveis de processo na produção das enzimas poligalacturonase (PG) e polimetilgalacturonase (PMG) por cultivo semi-sólido utilizando bioreator de coluna. Um planejamento fatorial fracionário foi utilizado para determinar o efeito das variáveis "microrganismo" (Aspergillus oryzae e Aspergillus niger), "substrato" (farelo de trigo e farelo desengordurado de arroz), "aeração" (40 e 60 ml h-1 g-1), "pectina" (5 e 10 g g-1) e "nitrogênio" (uréia e sulfato de amônia) para a produção de PG. Microrganismo, aeração e pectina foram significantes (p<0,05) para a produção de PG. Utilizando-se um planejamento composto central com quadruplicata no ponto central concluiu-se que Aspergillus niger apresenta maior produção de PG, o substrato e a fonte de nitrogênio não afetam (p<0,05) a produção de PG, a aeração afeta positivamente a produção de PG e negativamente a de PMG, e a concentração inicial de pectina afeta positivamente a atividade de ambas enzimas. Os pontos ótimos de aeração e de concentração inicial de pectina para a produção de PG são 66,13 ml h-1 g-1 e 12,8 g g-1, respectivamente, e para a produção de PMG são 40 ml h-1 g-1 e 15,0 g g-1, respectivamente. <![CDATA[<B>Isolamento e seleção de microrganismos resistentes ao <I>d</I>-Limoneno</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300034&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study reports the isolation of microorganisms that are resistant to environment containing limonene, the most important residue in the citrus industry. For the isolation, samples collected from strategic places of a citrus processing plant (yellow water, entrance and exit of the bagasse tank, effluent and deteriorated fruits found in bins, machine straps, fruit washers and plant floor), some citrus fruit and mint from local market were used. The samples were incubated in rotary shaker at 30ºC/150rpm for 48h or 7 days in YM medium containing 0.1% limonene. Great part of the 112 strains recovered after 48h and the 126 strains recovered after 7 days were identified as Gram positive bacilli, followed by Gram negative bacilli, yeasts and Gram positive cocci, besides five fungi. About half of the Gram positive and Gram negative bacilli and yeasts and some Gram positive Cocci were resistant to limonene concentrations up to 2% in the medium broth. Amongst them seventy were able to grow in mineral medium containing limonene as sole carbon source. The research described in this paper is the initial step for the exploration of flavor compounds production via biotransformation of limonene, a non-expensive by-product of citrus industry.<hr/>Este estudo relata o isolamento de microrganismos resistentes a ambientes contendo limoneno, o mais importante resíduo da indústria citrícola. Para o isolamento, foram utilizadas amostras colhidas de pontos estratégicos de uma indústria processadora de laranja (água amarela, entrada e saída do tanque de bagaço, efluente e frutas deterioradas encontradas nos bins, nas correias dos equipamentos, nos lavadores e espalhadas pelo chão), além de frutas cítricas e hortelã adquiridas em mercado local. Cada amostra permaneceu incubada a 30ºC/150 rpm por 48h ou 7 dias em meio YM contendo 0,1% de limoneno. Dentre as 112 linhagens obtidas com 48h e as 126 com 7 dias, a grande maioria dos microorganismos isolados foram bacilos Gram positivos, seguidos por uma menor quantidade de bacilos Gram negativos, leveduras e cocos Gram positivos, além de cinco fungos. Cerca de metade das linhagens de bacilos Gram positivos e Gram negativos e de, leveduras e alguns de cocos Gram positivos resistiram à presença de até 2% de limoneno, dentre as quais 70 foram capazes de sobreviver em ambientes contendo limoneno como única fonte de carbono. O trabalho descrito nesse artigo representa o primeiro passo no desenvolvimento de processos de produção de compostos de aroma pela biotransformação do limoneno. <![CDATA[<B>Crescimento micelial de cepas de <I>Pleurotus ostreatus</I> em ágar e sua correlação com produtividade em cultivo em escala piloto</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300035&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Radial growth rate, intracellular laccases and proteases activities, and protein content were evaluated in five strains of Pleurotus ostreatus, grown on starch-based and glucose-based agar media containing different concentrations of the glucose analogue 2-deoxyglucose (2-DG). Productivity of the strains in pilot scale cultivation was also determined. The mycelium of four strains had approximately between 0.6- to 3-fold higher protein content when grown on glucose medium containing 0.01 g/L of 2-DG than when grown on glucose medium. The radial growth rate and intracellular laccases activity of some strains showed a positive and a negative correlation with the productivity, respectively. These results suggest that the strains with high radial growth rate and low intracellular laccases activity on glucose without 2-DG, on starch without 2-DG or on glucose containing 0.01 g/L of 2-DG are highly productive in pilot production farm.<hr/>Avaliou-se o crescimento radial, as atividades de proteases e lacases e o conteúdo protéico de cinco cepas de Pleurotus ostreatus cultivado em agar à base de amido e à base de glicose contendo diferentes concentrações de 2-deoxiglicose (2-DG), um análogo da glicose. A produtividade das cepas em cultivo em escala piloto foi também determinada. Em quatro cepas o conteúdo protéico do micélio foi aproximadamente 0,6 a 3 vezes maior quando foram cultivadas em meio à base de glicose contendo 0,01g/L de 2-DG. O crescimento radial e a atividade de lacases apresentaram correlação positiva e negativa, respectivamente, com a produtividade. Esses resultados sugerem que as cepas com elevada taxa de crescimento radial e baixa atividade de lacases em glicose sem 2-DG, ou em amido sem 2-DG, ou em glicose com 0,01 g/L de 2-DG, são altamente produtivas em cultivo em escala piloto. <![CDATA[<B>A função dos motivos léxicos na organização do 5S rRNAs de <I>Actinomicetes</B></I>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-83822007000300036&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This work shows results obtained by employing the linguistic method to identify biologically meaningful sites in Actinomycetes 5S rRNAs. The approach adopted identifies triplet-words, along the base sequence of 5S rRNA, located mainly at the alpha and beta domains of the 5S secondary structure. There are triplet-words representing universal protein binding sites that include important prokaryote signatures, and sites strategically located in critical regions related to the formation of the 5S ribonucleoproteins (RNP) complex. In those sites, where the GC pressure promoted substitutions, the analysis demonstrates that alterations did not affect their biological significance. Sites formed by GGY (or more rarely GGR), continued to play an important role as ribosomal proteins rpL18 and rpL5 protein receptors. The data suggest that instead of increasing the molecular variability, expected for the diversity in species and habitats occupied for the group, GC pressure functioned as a reducer mechanism for the inter-specific diversity.<hr/>Neste trabalho são apresentados resultados obtidos empleando o método linguístico para identificar sítios no 5S rRNAs de actinomicetes com significado biológico. A abordagem identificou palavras-tripletes, junto com a sequência de bases do 5S rRNAs, localizados principalmente nos domínios alfa e beta da estrutura secundária. Entre eles, existem palavras-tripletes que representam sítios de ligação de proteínas universais, que incluem importantes assinaturas procarióticas, além de sítios estrategicamente colocados em regiões críticas relacionados com a formação do complexo 5S ribonucleoproteína (RNP). Nestes sítios, onde a pressão GC promove substituições, as alterações não afetaram seu significado biológico. Sítios formados por GGY (ou mais raramente GER), jogam um papel importante como receptores de proteínas ribossomicas rpL18 e rpL5. Os dados também sugerem que ao contrário de aumentar a variabilidade molecular, esperada pela diversidade em espécies e habitats ocupados pelo grupo, GC funciona como um mecanismo para diversidade inter-específica.