Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Medicina do Esporte]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1517-869219970001&lang=en vol. 3 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86921997000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Avaliação da capacidade aeróbia de pacientes em hemodiálise</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86921997000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Resposta cardiovascular na prova de esforço</b>: <b>pressão arterial sistólica</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86921997000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Sauna</b>: <b>uma atividade saudável?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86921997000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Influence of swimming as therapeutic adjuvant in the treatment of asthmatic children</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86921997000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo teve por objetivo investigar qual a influência da natação como coadjuvante terapêutico para crianças asmáticas na faixa etária de seis a 14 anos. Propôs-se a verificar se esta atividade física diminui a duração e a intensidade das crises e/ou aumenta o intervalo das mesmas. Para tanto, foi realizada uma entrevista com as mães das crianças asmáticas que praticam natação. Foram realizadas ao todo 17 entrevistas em seis escolas de natação da Ilha de Santa Catarina. Para análise dos dados quantitativos, foi utilizada a estatística descritiva e as informações que precisaram de abordagens qualitativas foram tratadas através de análise interpretativa. Pelos dados obtidos no presente estudo, percebeu-se que a prática da natação aumenta o intervalo entre as crises, diminui sua duração, tendo havido melhora no grau de intensidade das mesmas. Outros resultados obtidos foram os seguintes: as crianças asmáticas adquirem mais resistência com a prática da natação; evidenciou-se também melhora nos aspectos psicológicos e sociais; e, mesmo que subjetivamente, foi percebido que, após a prática da natação, houve melhor eficácia da mecânica respiratória, conseqüentemente melhor ventilação pulmonar e também reeducação respiratória<hr/>The purpose of this study is to investigate the influence of swimming as therapeutic adjuvant for asthmatic children from 6 to 14 years of age. The aim was to verify whether this physical activity would decrease both the duration and the intensity of crises and/or increase the crisis-free period. An interview was carried out with the mothers of asthmatic children who swin. 17 interviews were done in 6 swimming schools in Santa Catarina Island. Descriptive statistics was used to analyze quantitative data, and interpretation analysis was used for qualitative information. Results of such analysis showed that swimming does increase the crisis-free period, decreases crisis duration, and an improvement was seen in the degree of severity of the crises. Other results obtained were the following: asthmatic children develop more resistance with swimming; psychological and social improvements were also observed; even if subjectively, observations also showed a more effective mechanical ventilation after swimming, which leads to improved pulmonary ventilation and to respiratory re-education <![CDATA[<b>Physical conditioning applied to cardiovascular diseases</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86921997000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Tendo em vista a relevância da prevenção das doenças cardiovasculares, este artigo visa discutir alguns aspectos relativos à prevenção cardíaca primária e secundária a partir de um programa de condicionamento físico especializado. A prática da atividade física regular é utilizada tanto para a prevenção como para a reabilitação das doenças cardiovasculares. Um bom programa de condicionamento físico produz alterações fisiológicas crônicas nos sistemas cardiovascular e neurovegetativo e na secreção hormonal, constituindo expressivas modificações no que diz respeito à prevenção, estabilização e até regressão do quadro degenerativo das cardiopatias. A supervisão do paciente durante a sessão de condicionamento físico é essencial, pois a incidência de complicações cardiovasculares é maior nestes, quando comparados com adultos aparentemente saudáveis; com isso, a segurança e a qualidade do programa ficam salvaguardadas. Um aspecto muito importante é a necessidade da prescrição de exercício individualizada, tanto na prevenção primária como nas três fases de prevenção secundária. Essa prescrição deve respeitar os princípios do treinamento físico e os componentes básicos do programa: freqüência e duração, que são valores absolutos, e a intensidade, que é o fator crítico da prescrição, pois é relativa e envolve fatores como diferença entre os sexos, nível de aptidão física e idade<hr/>Bearing in mind the relevance of cardiovascular disease prevention, this article aims at the discussion of some relative aspects of primary and secondary cardiac prevention based on a specific physical conditioning program. The practice of regular physical activity is used both for prevention and for rehabilitation of cardiovascular diseases. A good physical conditioning program produces chronic physiological changes in the cardiovascular and neurovegetative systems, and on hormonal secretions, providing for expressive changes in the prevention, estabilization, and even regression of cardiopathic degeneration conditions. Supervision of the patient during a physical conditioning session is essential, as the incidence of cardiovascular complications is higher in these patients than in apparently healthy adults; this is a way of safeguarding the safety and quality of the program. An important aspect is the need to customize exercise prescription, both in primary prevention and in the three secondary prevention phases. This prescription should respect the principles of physical training and the basic components of the program: frequency and duration, which are absolute values, and intensity, which is the critical factor, as prescriptions involve factors such as sex, age, and physical fitness differences