Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Medicina do Esporte]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1517-869220120002&lang=en vol. 18 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Health-related physical fitness of schoolchildren</b>: <b>the fitnessgram program </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo identificou a proporção de crianças e adolescentes da população escolar de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil, que atendem aos critérios referenciados para a saúde a partir de escores equivalentes aos componentes de aptidão física. A amostra foi constituída por 2.849 sujeitos (1.457 moças e 1.392 rapazes), com idades entre seis e 18 anos. Os componentes da aptidão física foram avaliados mediante bateria de testes composta por cinco itens: "sentar-e-alcançar" alternado, abdominal modificado, elevação do tronco, puxada em suspensão na barra modificado e caminhada/corrida de "vai-e-vem", adotando-se pontos de corte para gênero e idade sugeridos pelo Fitnessgram. Mediante análise dos resultados foi possível observar que a proporção de escolares que atenderam às exigências motoras mínimas estabelecidas que possam satisfazer aos critérios referenciados para a saúde não foi maior que 8%, e a quantidade de jovens que alcançaram os critérios foi menor a partir dos 10 anos de idade em ambos os sexos. Os dados mostram, ainda, que grande parte dos jovens estudados demonstrou componentes de aptidão física que podem comprometer melhor estado de saúde, apontando para urgente necessidade de implementar programas de intervenção direcionados ao incremento da prática de exercício físico na população escolar.<hr/>The study identified the proportion of children and adolescents of the school population from Montes Claros, Minas Gerais, Brazil, who meet the health-related criteria determined by physical fitness components. The sample was composed of 2,849 subjects (1,457 girls and 1,392 boys), with age range between 6 and 18 years. The physical fitness components were assessed by a test battery of five items: back-saver sit-and-reach; curl-up; trunk-lift; push-up and endurance run (PACER), following cut off-points for gender and age suggested by the Fitnessgram. It was possible to observe with the obtained results that the proportion of schoolchildren that reached the minimum motor requirements established was not higher than 8%, and the global amount able to meet the health-related criteria was lower from 10 years of age in both genders. The data also show that great part of the studied youngsters demonstrate physical fitness components that could compromise a better health status, indicating the urgent need of implementing intervention programs addressed to the improvement of the practice of physical exercise in the school population. <![CDATA[<b>The use of cooperative games to treat crack-dependent patients hospitalized at a detoxication unit </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi avaliar a efetividade dos jogos cooperativos no manejo do craving (fissura) e da ansiedade, bem como na motivação para a mudança do comportamento aditivo em dependentes de crack/cocaína internados em uma unidade de desintoxicação. Trata-se de um ensaio clínico do tipo quase-experimental, em que foram pesquisados 30 sujeitos, do sexo masculino, entre 18 e 50 anos, dependentes de crack/cocaína, distribuídos em oito grupos. Os instrumentos utilizados foram: ficha com dados sociodemográficos, mini-mental state examination, University of Rhode Island Change Assessment scale (URICA), Beck anxiety inventory (BAI) e escala analógica visual (EAV). Foram apresentadas imagens e vídeos da cocaína sob a forma de crack com o objetivo de induzir o craving nos participantes e, em seguida, foram aplicados a EAV, a URICA e o BAI. Após, foi realizada uma oficina de jogos cooperativos, sendo reaplicados os instrumentos. Foi encontrada diferença significativa no craving e sintomas de ansiedade a partir dos jogos cooperativos (p < 0,001), porém não houve alteração na motivação para mudança do comportamento aditivo. Conclui-se que os jogos cooperativos podem ser um importante instrumento no tratamento de dependentes de crack/cocaína.<hr/>The objective of this study was to evaluate the effectiveness of cooperative games to help dealing with craving and anxiety, as well as to motivate change in the addictive behavior of crack/cocaine-dependent patients hospitalized at a detoxication unit. In order to do that, a quasi-experimental clinical trial, involving 30 male subjects, age ranging from 18 to 50 years, crack/cocaine-dependent users, distributed in 8 groups, was carried out. The instruments used were: social and demographic data sheet; mini-mental state examination; University of Rhode Island Change Assessment scale (URICA); Beck anxiety inventory (BAI) and visual analogue scale (VAS). Cocaine transformed into crack images and videos were presented with the objective to induce craving and, after that, the VAS, URICA and BAI were applied. Afterwards, a Cooperative Game workshop was carried out, and the above instruments used again. A significant difference concerning craving and anxiety symptoms after the use of cooperative games (p < 0.001) was found; however, there was no difference in motivation to change the addictive behavior. Therefore, we conclude that cooperative games can be an important instrument to treat crack/cocaine-dependent patients. <![CDATA[<b>Acute effects of concurrent training on serum leptin and cortisol in overweight young adults </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo analisar os efeitos imediatos do treinamento concorrente sobre a leptina e os níveis de cortisol em adultos jovens com sobrepeso. MÉTODOS: Este estudo utilizou uma metodologia quase-experimental. Foram 20 indivíduos voluntários de ambos os sexos, divididos em um grupo sobrepesado treinamento (GST n = 10) e um grupo sobrepesado controle (n = 10). A coleta de sangue foi realizada com os indivíduos em repouso após jejum de 12 horas. Os níveis de leptina e cortisol foram analisados por radioimunoensaio e ensaio por quimioluminescência chimiluminescence antes e imediatamente após o treinamento. ANOVA two way foi utilizada para análise estatística com nível de significância de p < 0,05. RESULTADOS: Na análise da leptina sérica, observou-se diferença significativa intergrupos (GST x GSC) nos momentos pré-intervenção (p = 0,02) e pós-intervenção (p = 0,01). Na análise intragrupos, não foram observadas alterações significativas. E na análise do cortisol sérico intergrupos (GST x GSC), foi observada uma diferença significativa nos momentos pré-intervenção (p = 0,01) e pós-intervenção (p = 0,01), porém, na análise intragrupos, não houve alterações significativas. CONCLUSÃO: Uma única sessão de treinamento concorrente não é suficiente para promover alterações agudas nos níveis de leptina e cortisol dos jovens adultos sobrepesados voluntários deste estudo.<hr/>OBJECTIVE: This study aimed to analyze the immediate effects of concurrent training on leptin and cortisol levels in overweight young adults. METHODS: This study used a quasi-experimental methodology. We included 20 volunteers of both sexes, randomly divided into a training competitor group (TCG n = 10) and a control group (C n = 10). Blood collection was performed in individuals at rest after fasting for 12 hours. The leptin and cortisol levels were analyzed by radioimmunoassay and chimiluminescence immunoassay before and immediately after training. Two-way ANOVA was used for statistical analysis with a significance level of p <0.05. RESULTS: In the analysis of leptin levels, there was significant difference between groups (TCG x C) in the pre intervention (p = 0.02) and post intervention (p = 0.01). In the intra groups, no significant changes were found, and in the analysis of cortisol levels between groups (TGC x C), a significant difference in the pre intervention (p = 0.01) and post intervention (p = 0.01) was observed; however, in the intra groups there were no significant changes. CONCLUSION: A single concurrent training session is not sufficient to promote acute changes in the leptin and cortisol levels of the volunteer overweight young adults in this study. <![CDATA[<b>Aerobic or resistance exercise improves performance in activities of daily living in elderly women</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo aleatorizado não controlado teve como objetivo determinar o efeito de um protocolo de exercício com pesos ou aeróbico no desempenho das atividades da vida diária em mulheres idosas. Para tanto, a amostra foi constituída por 41 mulheres idosas aparentemente saudáveis na faixa etária de 60 a 85 anos de idade (x: 65,1 ± 7,9 anos) divididas aleatoriamente em grupo exercício com pesos (n: 22) ou aeróbico (n: 19). O grupo exercício com pesos consistiu na execução de três séries de oito a 12 repetições a 60% de uma repetição máxima no exercício leg press 45º. O grupo exercício aeróbico consistiu em pedalar em cicloergômetro durante 40 minutos a 60% da frequência cardíaca de reserva. Os dois protocolos foram realizados três vezes por semana durante cinco semanas. As atividades da vida diária selecionadas foram velocidade para se levantar de uma posição sentada (VLPS), velocidade para se levantar de uma posição deitada (VLPD), velocidade para subir escada (VSE) e velocidade para calçar e amarrar o tênis (VCAT). O grupo exercício aeróbico melhorou significativamente o desempenho em VCAT (19,1%), enquanto o exercício com pesos incrementou significativamente o desempenho em VSE (4,3%) e VLPS (8,9%). Os resultados deste estudo permitem concluir que tanto o exercício com pesos como o aeróbico induziram efeito positivo nas atividades da vida diária, sugerindo que ambas as modalidades de exercício devem ser associadas a um programa adequado de exercícios para a melhora da capacidade funcional de pessoas idosas.<hr/>The purpose of this randomized non-controlled study was to determine the effect of an aerobic or resistance exercise protocol on performance of activities of daily living in elderly women. The sample was constituted of 41 apparently healthy elderly women aged 60 to 85 years (x: 65.1 ± 7.9 years) randomly assigned in resistance exercise (n: 22) or aerobic groups (n: 19). The resistance exercise protocol consisted of three sets of eight to 12 repetitions at 60% of one repetition maximum test for the leg press 45º. The aerobic exercise protocol consisted in cycling in a cycle ergometer during 40 minutes at 60% of reserve heart rate. Both protocols were performed three times per week during five weeks. Activities of daily living were estimated by velocity to stand from sitting to standing position (VSeated), velocity to move from supine to standing position (VSupine), velocity to climb stairs (VCS) and velocity to wear sneakers (VWS). Volunteers of aerobic exercise protocol improved significantly the time to perform VWS (19.1%), while the volunteers of resistance exercise protocol improved the capacity to perform VCS (4.3%) and VSupine (8.9%). These results let us conclude that aerobic as well as resistance exercise protocols induced positive effect on activities of daily living, suggesting that both protocols must be associated for an adequate exercise program to improve the functional capacity of elderly people. <![CDATA[<b>Analysis of the isokinetic torque curves in shoulder movements </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en A curva de torque de uma avaliação isocinética fornece ao avaliador indicativos da performance muscular, podendo detectar déficits no sujeito apreciado. No entanto, relatórios automáticos produzidos pelos equipamentos podem gerar dados e interpretações equivocados. Este estudo objetivou determinar a curva de torque isocinética, identificando em qual ponto a velocidade passa a ser constante dentro dos parâmetros do teste. Procurou, ainda, verificar se o pico de torque máximo (PTM) encontrava-se na fase de estabilização do protocolo. Atletas de natação (n = 10) foram avaliados através do dinamômetro isocinético Kin-Com® AP-125. Solicitou-se a contração máxima concêntrica-excêntrica nos movimentos: rotação interna (RI) e externa (RE), flexão (FL) e extensão (EX), abdução (AB) e adução (AD) horizontal do ombro, em 120º/seg, na posição de decúbito dorsal. Os softwares Matlab 6.0 e Origin 6.0 foram utilizados no processamento das curvas. Nos movimentos de RI e RE, ação concêntrica e excêntrica, em movimentos mais estáveis e de menor braço de alavanca, a velocidade manteve-se constante no intervalo de 5 a 98% das curvas. Para a FL-EX e AB-AD, considerados mais instáveis e com maiores braços de alavanca, a velocidade foi constante no intervalo de 10 a 98% das curvas. Nos movimentos de RI e EX concêntrico e FL e AB-AD horizontal concêntrico e excêntrico, os PTM centraram-se no terço inicial das curvas, exigindo maiores cuidados no processamento. No movimento de FL excêntrica, 80% dos PTM estavam fora da velocidade preestabelecida, necessitando reprocessamento, o que não ocorreria no fornecimento de laudo automático. Sugeriu-se o descarte dos 5% iniciais e finais da curva de torque nos movimentos de rotação do ombro e 10% para FL-EX e AB-AD horizontal para interpretações mais fidedignas dos picos de torque e obtenção da real condição muscular do avaliado.<hr/>The torque curve of an isokinetic evaluation provides indication about muscular performance and possibly deficit in the evaluated subject. However, automatic reports supplied by isokinetic systems may produce equivocated data and interpretations errors. Thus, the purpose of this study was to analyze the isokinetic torque curve, identifying at which point of the curve speed becomes constant according to the performed test. Moreover, it assesses if the maximum peak torque (MPT) is within the protocol stabilization. Swimming athletes (n=10) were evaluated at the isokinetic dynamometer Kin-Com® 125 AP. The athlete was requested to perform the maximum concentric (CC) - eccentric (EE) contraction in the movements of internal (IR) - external rotation (ER), flexion (FL) - extension (EX) and horizontal abduction (AB) - adduction (AD) of shoulder, 120°/sec and supine position. The Matlab 6.0 and Origin 6.0 software was used to process the curves. In the IR-ER movements in CC-EE contractions, considered more stable and with a lower lever arm, the speed remained constant in the range of 5 to 98% of the curves; while in the FL-EX and horizontal AB-AD, considered more unstable and with higher lever arms, 10 to 98% of the curves were observed. The movements of concentric IR and EX and concentric-eccentric FL and horizontal AB-AD, the PTM was concentrated in the first third of the isokinetic curve, which requires attention in the processing of the torque values. In the FL-EE, 80% of the PTM values were outside of the pre-set speed, requiring reprocessing, which would not occur in the reports automatically supplied. We suggest the disposal of the 5% initial and final torque curves for shoulder rotation movements and 10% for FL-EX and horizontal AB-AD in order to obtain more reliable interpretations of peak torque and acquisition of the true muscle condition. <![CDATA[<b>The tensiomyography used for evaluating high level beach volleyball players</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Esta investigação tem por objetivo coletar dados sobre rigidez muscular, as propriedades mecânicas e contráteis dos músculos utilizando a TMG em jogadores de vôlei de praia de alto nível, assim como demonstrar a utilidade deste método para a avaliação dos músculos responsáveis pela flexão e extensão do joelho. MÉTODOS: A investigação foi conduzida com um grupo de 24 jogadores de vôlei de praia os quais participaram do Torneio Europeu Nestea - Master Espanhol realizado nas Ilhas Grâ-Canárias em maio de 2009. O método de estudo utilizado foi comparação de casos individuais de vários atletas com a finalidade de verificar a utilidade deste método em esportes. Os músculos analisados foram: vasto lateral (VL), vasto medial (ML), reto femoral (RF) e bíceps femoral (BF). RESULTADOS: As informações coletadas nos certificam sobre o alto grau de utilidade deste método para avaliação da rigidez muscular e equilíbrio entre estruturas musculares de atletas. Contudo, a validade e reconstrução dos resultados estão condicionadas a um severo protocolo de avaliação. Além disso, os seguintes critérios devem ser considerados: individualidade (o perfil do atleta) e especificações (características do esporte). CONCLUSÕES: A aplicação da TMG em jogadores de alto nível revela a existência de importantes diferenças dependendo de suas funções em jogo (defesa, bloqueio ou alternância entre ambas as posições), as ações técnicas, a posição em quadra (direita-esquerda) e o histórico de lesões médicas.<hr/>OBJECTIVE: The aim of this investigation is to obtain information about muscle stiffness, the mechanic and contractile properties of the muscles using the TMG with high level beach volleyball players as well as to demonstrate the usefulness of this method to evaluate the muscles in charge of the knee flexion and extension. METHODS: The investigation was carried out with a group of 24 beach volleyball players who took part in the Nestea European Championship Tour - Spanish Master held in the Gran Canaria, May 2009. The method of study used was a comparison of the individual cases of various athletes to ascertain the usefulness of this method in sports. The muscles which were analyzed are: vastus lateralis (VL), vastus medialis (ML), rectus femoris (RF) and biceps femoris (BF). RESULTS: Thus, with the information collected we can state the high level of usefulness of this method for the evaluation of muscle stiffness and balance between muscle structures of athletes. However, the validity and reconstruction of the results are conditioned to a strict protocol of evaluation. Moreover, the following criteria should be considered: individuality (the athlete's profile) and specifications (sport characteristics). CONCLUSIONS: The application of the TMG to high level players reveals the existence of important differences depending on their different roles in the game (defence, blocker or alternating both roles), the technical actions, the position on court (right-left) and the medical history of injuries. <![CDATA[<b>Electromyographic study of the deltoid, pectoralis major and triceps brachial muscles in swimmers during bilateral contractions performed in multi-joint exercise with different loads </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi comparar a atividade elétrica do músculo deltoide (porção média), peitoral maior (porção clavicular) e tríceps braquial (cabeça longa) durante contração bilateral realizada num aparelho multiarticular de desenvolvimento articulado convergente, com 40% e 80% da carga voluntária máxima (CVM), em 11 nadadores do gênero masculino (idades entre 15 e 23 anos, peso 70 ± 4kg, estatura 183 ± 6cm e tempo de prática do esporte de 10 ± 4 anos) treinados em exercícios resistidos. Os sinais eletromiográficos (EMG) foram captados através da colocação de eletrodos ativos de superfície diferenciais de ganho de 20 vezes, composto por duas barras retangulares paralelas da EMG System do Brasil, um eletrodo de referência (terra), e um módulo condicionador de sinais (eletromiógrafo), com aquisição simultânea de até oito canais diferenciais, filtro com faixa de passagem de 20Hz a 5Hz, estágio amplificador ajustável, possibilitando ganhos entre 100 e 4.960 vezes, impedância de entrada de canais de 10GΩ em módulos diferencial e CMRR de 93db a 60Hz, e um sistema de aquisição de dados (Alc-EMG) que forneceu dados numéricos em RMS (raiz quadrada da média) para análise dos resultados. Cada sinal coletado captou apenas a fase concêntrica do movimento e o mesmo teve duração de três segundos. Diante dos resultados (teste U de Mann-Whitney, Friedman e Wilcoxon) conclui-se que, em termos práticos de prescrição e periodização do treinamento neuromuscular, as contrações bilaterais realizadas no aparelho desenvolvimento articulado convergente são eficientes visando recrutamento (80% > 40%) dos músculos deltoide médio, peitoral maior (porção clavicular) e tríceps braquial (cabeça longa), sendo evidenciadas diferenças entre o membro dominante e o não dominante apenas para o tríceps braquial dominante com a carga de 80% da CVM nestes atletas nadadores com histórico de treinamento com pesos.<hr/>The objective of this study was to compare the electrical activity of the deltoid (middle portion), pectoralis major (clavicular portion) and triceps (long head) muscles during bilateral contraction performed in a multi-articulated joint shoulder-press convergent machine with 40% and 80% maximum voluntary load (MVL) in 11 male swimmers (15 to 23 years, 70 ± 4 kg, 183 ± 6 cm and 10 ± 4 years time practice in sport), trained in resistance exercise. Electromyographic signals (EMG) were obtained by placing surface active differential electrodes (20x gain), composed of two parallel rectangular bars (EMG System, Brazil®). A data acquisition system (EMG-Alc) which provided numerical data in RMS (Root Mean Square) to analyze the signals composed by a reference electrode (ground) and a signal conditioning module (EMG) with simultaneous acquisition of up to 8 differential channels (band-pass filter 5-20 Hz), adjustable amplifier stage, allowing gains between 100 and 4960 times, channel input impedance 10GΩ in differential modules and CMRR of 93 dB/60 Hz was used. Only the concentric phase (3 seconds duration) in each EMG signal collected was recorded. After the tests (Mann-Whitney U test, Friedman and Wilcoxon) were applied, it was concluded that for prescription and periodization of the neuromuscular training, bilateral contractions performed in the shoulder-press apparatus are efficient at aiming muscular recruitment (80%> 40% ) of middle portion of the deltoid, pectoralis major (clavicular portion), and triceps brachii (long head) muscles, evidencing differences between dominant and non-dominant limbs only for the dominant brachial triceps in 80% of MVL in swimmers trained in resistance exercises. <![CDATA[<b>Electromyographic analysis of the rectus femoris and rectus abdominis muscles during performance of the hundred and teaser pilates exercises</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en A literatura tem mostrado que pequenas modificações em um exercício do método Pilates podem alterar o padrão de ativação muscular. Além disto, são poucos os estudos que avaliaram exercícios desse método do ponto de vista cinesiológico. Nesta perspectiva, o objetivo deste trabalho foi comparar dois exercícios realizados no solo e em aparelho no que diz respeito à ativação elétrica de grupos musculares atuantes. Participaram do estudo 11 mulheres saudáveis praticantes do método Pilates. Foram coletados dados eletromiográficos dos músculos reto femoral e reto abdominal, porções direita e esquerda, enquanto os exercícios hundred no solo, hundred no Reformer, teaser no solo e teaser no Cadillac eram mantidos na postura isométrica. Foram analisados os cinco segundos centrais de cada execução, normalizados por contração voluntária máxima. A análise estatística apresentou diferença entre a ativação dos grupos musculares, sendo maior no reto femoral, e interação entre músculos e exercício, onde no exercício hundred no solo e no Reformer o reto femoral teve maior ativação, enquanto no exercício teaser o reto abdominal foi mais ativo quando executado no Cadillac. Com base nos resultados do estudo pode-se afirmar que: i) quando comparados os exercícios hundred (no solo e no Reformer) e teaser (no solo e no Cadillac), não houve diferença entre os exercícios no que se refere à ativação dos músculos reto abdominal e reto femoral; ii) quando comparados os grupamentos musculares, o reto femoral apresentou maiores níveis de ativação nos exercícios hundred executado no solo e no Reformer, enquanto o reto abdominal apresentou maior ativação durante o exercício teaser executado no Cadillac.<hr/>The literature has shown that small modifications in a Pilates method exercise may change the muscles activation pattern. Moreover, few studies have evaluated Pilates' exercises from the kinesiology point of view. Therefore, this study aimed to compare a couple of exercises performed on the mat and in apparatus regarding electric activation of acting muscle groups. Eleven healthy Pilates trained women took part in the study. Electromyographic data were collected from the rectus femoris and rectus abdominis muscles, right and left portions, while keeping the isometric posture of the hundred on mat, hundred on the Reformer machine, teaser on mat and teaser on the Cadillac machine exercises. The five central seconds of each execution normalized by maximum voluntary contraction were analyzed. Statistical analysis showed difference between the muscle group's activation that was higher for the rectus femoris, and interaction between muscle and exercise, where rectus femoris muscle's electric activation was higher on the hundred exercise performed on mat and Reformer and rectus abdominis muscle's electric activation was higher on teaser performed in the Cadillac machine. Based on the study results, it may be stated that: (i) when compared the hundred (on mat and Reformer) and teaser (on mat and Cadillac) exercises were compared, no difference was found between them regarding rectus abdominis and rectus femoris muscles' activation; (ii) when muscle groups were compared, the rectus femoris presented higher activation levels on the hundred exercise performed on mat and Reformer, while rectus abdominis presented higher activation during the teaser exercise performed on Cadillac. <![CDATA[<b>Temperature variation of the quadriceps femoris muscle exposed to two forms of cryotherapy by means of thermography</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: Crioterapia é qualquer forma de aplicação terapêutica de frio que leva à diminuição da temperatura dos tecidos. OBJETIVO: Comparar as variações na temperatura superficial do músculo quadríceps femoral, em três momentos distintos, quando expostos a duas modalidades de crioterapia: sacos com gelo ou sacos contendo mistura de gelo e água. MATERIAIS E MÉTODOS: Participaram do estudo 18 indivíduos, com idade entre 18 e 25 anos, de ambos os sexos. Em cada voluntário foi realizada, simultaneamente, crioterapia com gelo na coxa esquerda e mistura de gelo e água na coxa direita, durante 15 minutos na região do quadríceps femoral. A temperatura superficial foi mensurada por um termógrafo e foram feitos registros nos seguintes momentos: pré-crioterapia, imediatamente e 15 e 30 minutos após a retirada da modalidade de crioterapia. RESULTADOS: Ambas as modalidades de crioterapia foram eficientes para diminuir a temperatura do quadríceps femoral e a mistura de gelo e água foi capaz de induzir a uma temperatura mais baixa em relação àquela modalidade que usou somente gelo. O resfriamento, para ambas as modalidades, perdurou por, pelo menos, 15 minutos após a retirada do gelo e a temperatura superficial já estava restaurada ao nível pré-aplicação aos 30 minutos após a retirada. CONCLUSÃO: Ambas as modalidades promoveram redução da temperatura que perdurou, pelo menos, durante 15 minutos; e após 30 minutos da retirada das modalidades a temperatura foi restabelecida aos níveis normais. Contudo, a mistura de gelo e água produziu resfriamento maior do que a modalidade de gelo sozinho.<hr/>INTRODUCTION: Cryotherapy is any form of therapeutic application of cold which decreases the temperature of tissues. OBJECTIVE: To compare the variations in surface temperature of the quadriceps muscle at three different times when exposed to two forms of cryotherapy: ice bags or bags containing a mixture of ice and water. MATERIAL AND METHODS: The study involved 18 subjects, aged between 18 and 25 years, of both sexes. In each volunteer, ice cryotherapy on the left thigh and a mixture of ice and water on the right thigh was simultaneously applied for 15 minutes to the quadriceps femoris region. The temperature was measured by a thermograph and the following moments were recorded : before cryotherapy, immediately and 5 and 30 minutes after removal of the modality of cryotherapy. RESULTS: Both cryotherapy methods were effective to decrease the temperature of the quadriceps and the mixture of ice and water was able to induce a lower temperature compared to the modality which used ice only. The cooling for both modalities lasted for at least 15 minutes after the removal of ice and surface temperature had been restored at pre application 30 minutes after removal. CONCLUSION: Both methods promoted a reduction in temperature that lasted at least 15 minutes, and 30 minutes after the withdrawal the temperature was reestablished to normal levels. However, the mixture of ice and water produced cooling more remarkable than the ice alone. <![CDATA[<b>Evaluation of the passive resistive torque in female athletes with ankle sprain</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A entorse de tornozelo é uma das lesões mais comuns em atletas. Uma forma de avaliar a frouxidão ligamentar pode ser através da medida da amplitude passiva dos movimentos de inversão e eversão do pé para estimar a resistência passiva das estruturas capsuloligamentares do tornozelo, o qual pode ser chamado de torque de resistência passiva. Existem poucos estudos que utilizam a avaliação do torque passivo do tornozelo para avaliar a resistência da cápsula e dos ligamentos. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi comparar o torque passivo dos movimentos de inversão e eversão do pé em atletas com e sem história de entorse de tornozelo. MÉTODO: Participaram do estudo 32 atletas de basquetebol e voleibol feminino (16,06 ± 0,8 anos, 67,63 ± 8,17kg, 177,8 ± 6,47cm). Seus tornozelos foram divididos em dois grupos: grupo controle (29), composto por tornozelos sem sintomas, e grupo entorse de tornozelo, composto por tornozelos que sofreram lesão (29). O torque dos movimentos passivos do tornozelo foi registrado por um dinamômetro isocinético, e a atividade dos músculos fibular longo e tibial anterior foi medida por um eletromiógrafo. As atletas realizaram duas repetições do movimento de inversão e eversão, nas velocidades de 5, 10 e 20°/s e, em seguida, o mesmo protocolo foi repetido apenas para o movimento de inversão máxima do pé. RESULTADOS: O torque de resistência passiva durante os movimentos de inversão e eversão do pé foi menor no grupo com entorse do tornozelo. Este grupo também mostrou menor torque durante o movimento de inversão máxima do pé. Não foram observadas diferenças entre o movimento de inversão e eversão. CONCLUSÕES: A entorse de tornozelo leva a um menor torque de resistência passiva, indicando redução da resistência dos ligamentos colaterais do tornozelo e uma frouxidão articular mecânica.<hr/>INTRODUCTION: The ankle sprain is one of the most common injuries in athletes. Direct evaluation of the ligament laxity can be obtained through the objective measurement of extreme passive inversion and eversion movements, but there are few studies on the use of the evaluation of the passive resistive torque of the ankle to assess the capsule and ligaments resistance. OBJECTIVE: The aim of this study was to compare the inversion and eversion passive torque in athletes with and without ankle sprains history. METHOD: 32 female basketball and volleyball athletes (16.06 ± 0.8 years old; 67.63 ± 8.17 kg; 177.8 ± 6.47 cm) participated in this study. Their ankles were divided into two groups: control group (29), composed by symptom-free ankles, and ankle sprain group, composed by ankles which have suffered injury (29). The resistive torque at maximum passive ankle movement was measured by the isokinetic dynamometer and the muscular activity by electromyography system. The athletes performed 2 repetitions of inversion and eversion movement at 5, 10 and 20°/s and the same protocol only at maximum inversion movement. RESULTS: The resistive passive torque during the inversion and eversion was lower in the ankle sprain group. This group also showed lower torques at the maximum inversion movement. No differences were observed between inversion and eversion movement. CONCLUSIONS: Ankle sprain leads to lower passive torque, indicating reduction of the resistance of the lateral ankle ligaments and mechanical laxity. <![CDATA[<b>Cardiovascular behavior after resistance exercise performed in different work ways and volume </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200011&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Verificar as respostas cardiovasculares após o exercício resistido realizado de diferentes formas e volumes de trabalho. MÉTODOS: Dez homens saudáveis realizaram em dias diferentes e aleatoriamente sessões de oito exercícios resistidos (18 repetições e 40% de 1RM) e uma sessão controle. As sessões de exercícios foram executadas com uma série em circuito (1CIRC), três séries em circuito (3CIRC), uma série de forma convencional (1CONV) e três séries de forma convencional (3CONV). A pressão arterial (PA) e a variabilidade da frequência cardíaca (VFC) foram medidas em repouso e por uma hora após as sessões. RESULTADOS: Considerando a média do período de monitorização, em relação à PA sistólica, somente a sessão 3CIRC (-9,4 ± 3,0mmHg; P = 0,02) promoveu reduções em relação à sessão controle. Já para a PA diastólica, as sessões 1CIRC (-5,7 ± 1,8mmHg; P = 0,005), 3CIRC (-8,4 ± 1,6mmHg; P = 0,0002) e 3CONV (-8,6 ± 2,2mmHg; P = 0,0001) ocasionaram reduções em relação à sessão controle. De forma idêntica, a PA média permaneceu reduzida em relação ao controle após as sessões 1CIRC (-5,0 ± 1,8mmHg; P = 0,02), 3CIRC (-8,7 ± 1,6mmHg; P = 0,0002) e 3CONV (-7,9 ± 1,9mmHg; P = 0,0006).Em relação à FC, a sessão 3CIRC mostrou valores superiores relação às sessões 1CONV (P = 0,001) e 3CONV (P = 0,04). A razão entre os componentes LF/HF da VFC também foi superior em relação ao controle na sessão 3CIRC. CONCLUSÃO: As sessões envolvendo mais séries de exercícios ocasionaram reduções na PA de maneira similar. Porém, a sessão 3CIRC acarretou maior esforço cardíaco pós-esforço.<hr/>OBJECTIVE: To assess the cardiovascular responses after resistance exercise performed in different work manners and volume. METHODS: Ten healthy men randomly performed sessions with eight exercises (18 repetitions and 40% of 1RM) and one control session on different days.The exercise sessions were performed with one set in circuit (1CIRC), three sets in circuit (3CIRC), one set of conventional pattern (1CONV) and three sets of conventional pattern (3CONV). Blood pressure (BP) and heart rate variability (HRV) were monitored for a period of one hour after the sessions. RESULTS: Considering the average obtained during the 60-min monitoring period, concerning the systolic BP, only the 3CIRC session (-9.4 ± 3.0 mmHg; P = 0.02) caused reduction in the control session. Regarding diastolic BP, the 1CIRC (-5.7 ± 1.8 mmHg; P = 0.005), 3CIRC (-8.4 ± 1.6 mmHg, P = 0.0002) and 3CONV sessions (-8.6 ± 2.2 mmHg; P = 0.0001) caused reduction concerning the control session. Similarly, mean arterial pressure was reduced compared to control after 1CIRC (-5.0 ± 1.8 mmHg, P = 0.02), 3CIRC (-8.7 ± 1.6 mmHg, P = 0.0002) and 3CONV sessions (-7.9 ± 1.9 mmHg, P = 0.0006). Concerning HR, it was also higher in the 1CONV (P = 0.001) and 3CONV sessions (P = 0.04) after the 3CIRC session. The LF/HF component of the HRV was higher in relation to control session after the 3CIRC session. CONCLUSION: The sessions involving larger volume caused BP reduction in a similar manner. However, the 3CIRC session caused higher post-exercise cardiac effort. <![CDATA[<b>Blood lactate responses to high-intensity intermittent training in rats </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Durante contrações musculares de alta intensidade intervaladas por curtos períodos de tempo há importante participação do metabolismo glicolítico e, consequentemente, aumento das concentrações de lactato sanguíneo. O objetivo do estudo foi avaliar as respostas lactacidêmicas agudas e crônicas de ratos Wistar submetidos a um treinamento intermitente de alta intensidade (salto tipo jump squat) de três sessões semanais, a cada 24h, três séries de 12 repetições com intervalos de 60s entre cada uma. Houve aumento das concentrações de lactato sanguíneo durante a sessão aguda do treinamento (lactacidemia basal vs. lactacidemia após último esforço, P < 0,001). Contrariamente, após seis semanas de treinamento, ocorreu redução de 49% na resposta lactacidêmica ao exercício em relação à primeira sessão, P = 0,0002. O exercício intermitente de alta intensidade intervalado favorece a participação do sistema glicolítico; no entanto, o treinamento intermitente de alta intensidade promove redução das respostas lactacidêmicas, sugerindo melhora da capacidade de ressíntese de fosfocreatina e da biogênese mitocondrial.<hr/>During high-intensity intermittent muscle contractions for short periods of time there is an important involvement of glycolytic metabolism and consequent increased blood lactate concentrations. This study aimed to evaluate the blood lactate responses in Wistar rats submitted to high-intensity intermittent training (jump squat) protocol during 6 weeks, 3 sessions, 12 x/session, 60s of interval between sessions. There was significant increase of blood lactate concentrations during the acute bout of high-intensity intermittent exercise (basal blood lactate vs blood lactate after last effort, P<0.001); however, after six weeks of training, there was significant reduction (49%) in blood lactate response to the exercise in comparison to the first session, P=0.0002. The high-intensity intermittent exercise performed at intervals of 60 seconds stimulated the glycolytic system; nevertheless, the training promoted reduction in blood lactate responses to high-intensity intermittent protocol, suggesting hence improvement in phosphocreatine recovery capacity and in mitochondrial biogenesis. <![CDATA[<b>Use of resistance exercise as a factor antagonized by naloxone of analgesia in acute knee synovitis in Wistar rats </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200013&lng=en&nrm=iso&tlng=en A analgesia advinda do exercício físico pode ocorrer via liberação de opioides endógenos, no sistema nervoso central e na periferia. Contudo, a literatura ainda é controversa sobre vias e ações do exercício na dor. Assim, o objetivo da pesquisa foi avaliar se o exercício resistido produz alterações sobre o quadro nociceptivo e se sofre interferências pela aplicação de um inibidor de opioides. Foram utilizados 18 ratos, divididos em três grupos: G1 - hiperalgesia no joelho direito e não tratados; G2 - hiperalgesia e tratados com saltos em meio aquático; G3 - hiperalgesia, com prévia injeção de naloxone e posterior saltos. Para produzir a hiperalgesia, foi injetado no espaço articular tibiofemoral 100µl de formalina 5%. Para avaliação da dor foi utilizado o filamento de Von Frey digital na face medial da articulação tibiofemoral direita. Os momentos de avaliação foram: pré-lesão (AV1), após 15 (AV2) e 30 (AV3) minutos e uma hora (AV4). O exercício foi saltos em meio aquático e ocorreu após AV2. Com sobrecarga de 50% do peso, o animal realizou quatro séries de cinco saltos, com intervalo de três minutos. Para G1, houve aumento nociceptivo, com redução significativa e volta dos valores iniciais em AV4; G2 mostrou, após o exercício físico, restauração do limiar, com retorno aos valores basais; para G3, houve diminuição do limiar, sem restauração ou aumento significativo do mesmo. Conclui-se que houve analgesia com uso do exercício físico e que a mesma foi alterada por bloqueador de betaendorfina.<hr/>Analgesia arising from exercising can occur via release of endogenous opioids in the central nervous system and periphery. However, the literature remains controversial about exercise ways and actions in pain. Thus, the aim of this study was to evaluate whether resistance exercise produces changes on the nociception and suffers interference by applying an opioid inhibitor. 18 rats divided into three groups were used: G1 - hyperalgesia on right knee and untreated; G2 - hyperalgesia and treated with jumps in water; G3 - hyperalgesia with previous injection of naloxone and subsequent jumps. To produce hyperalgesia,100 ul of 5% formalin was injected in the tibiofemoral joint space. Pain was assessed using a digital von Frey filament on the right medial tibiofemoral joint. The evaluation periods were: pre-injury (EV1) after 15 minutes (EV2) and 30 minutes (EV3) and one hour (EV4). The applied exercise was jumping in water and it occurred after EV2. The animal performed 4 sets of 5 jumps, with an interval of 3 minutes and overload of 50% of body weight. In G1, nociceptive increase was observed, with significant decrease and return to initial baseline values in AV4; G2 showed threshold restoration after exercise and return to baseline; G3 reduced thresholds, without restoration or significant increase in them. We concluded that there was analgesia with use of exercise and that it was altered by blocking beta-endorphin. <![CDATA[<b>Muscle strength, serum basal levels of testosterone and urea in soccer athletes submitted to non-linear periodization program</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo do presente estudo foi avaliar a força muscular e os níveis séricos basais de testosterona e ureia em atletas de futebol. Vinte e quatro jogadores de futebol, em período pré-competitivo, tiveram amostra de sangue coletada para análise da concentração de testosterona e ureia. Em seguida, realizaram os testes de 1RM para o exercício supino horizontal e agachamento. Após a coleta de dados, foram divididos de forma aleatória em dois grupos que foram submetidos a programas de periodização ondulatória (G1) e não periodizado (G2) por 12 semanas. A ANOVA de medidas repetidas mostrou que houve aumento na concentração de testosterona sérica no G1 (∆ = 3,70ng/dl; p = 0,0001) e no G2 (∆ =1,81ng/dl; p =0,035) e redução nos níveis de ureia apenas no G1 (∆ = - 3,08mg%; p = 0,0001). O G1 mostrou maiores níveis de testosterona (∆ = 2,13ng/dl; p = 0,009) e menores de ureia (∆ = -1,36mg%; p = 0,026) no pós-teste quando comparado ao G2. Os testes de 1RM não apresentaram diferenças significativas. A periodização ondulatória da força no treinamento para jogadores de futebol demonstrou ser mais eficaz que o treinamento não periodizado para promover o aumento dos níveis séricos de testosterona e redução dos níveis de ureia.<hr/>The aim of this study is to evaluate the muscle strength and basal serum testosterone and urea levels in soccer athletes. Twenty-four soccer players in pre-competitive period had a blood sample collected to have testosterone and urea concentrations analyzed. Subsequently, 1RM tests were applied to the bench press and squat exercises. After data collection, the athletes were randomly divided in two groups submitted to: non-linear periodization program (G1) and non-periodized program (G2), both for 12 weeks. ANOVA for repeated measures showed increase in serum testosterone concentration in G1 (∆ = 3.70 ng/dl; p = 0.0001) and in G2 (∆ = 1.81 ng/dl; p = 0.035) and reduction in urea levels only in G1 (∆ = -3.08mg%; p = 0.0001). G1 presented higher levels of testosterone (∆ = 2.13 ng/dl; p = 0.009) and lower levels of urea (∆ = -1.36mg%; p = 0.026) in the post-test when compared to G2. 1RM tests did not show significant differences. The non-linear training in soccer players was more effective than the non-periodized training in promoting increase in serum testosterone levels and reduction in urea levels. <![CDATA[<b>Subjective perceived exertion in the judo athletes session</b>: <b>seven weights and one measure?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200015&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo do presente estudo foi avaliar a força muscular e os níveis séricos basais de testosterona e ureia em atletas de futebol. Vinte e quatro jogadores de futebol, em período pré-competitivo, tiveram amostra de sangue coletada para análise da concentração de testosterona e ureia. Em seguida, realizaram os testes de 1RM para o exercício supino horizontal e agachamento. Após a coleta de dados, foram divididos de forma aleatória em dois grupos que foram submetidos a programas de periodização ondulatória (G1) e não periodizado (G2) por 12 semanas. A ANOVA de medidas repetidas mostrou que houve aumento na concentração de testosterona sérica no G1 (∆ = 3,70ng/dl; p = 0,0001) e no G2 (∆ =1,81ng/dl; p =0,035) e redução nos níveis de ureia apenas no G1 (∆ = - 3,08mg%; p = 0,0001). O G1 mostrou maiores níveis de testosterona (∆ = 2,13ng/dl; p = 0,009) e menores de ureia (∆ = -1,36mg%; p = 0,026) no pós-teste quando comparado ao G2. Os testes de 1RM não apresentaram diferenças significativas. A periodização ondulatória da força no treinamento para jogadores de futebol demonstrou ser mais eficaz que o treinamento não periodizado para promover o aumento dos níveis séricos de testosterona e redução dos níveis de ureia.<hr/>The aim of this study is to evaluate the muscle strength and basal serum testosterone and urea levels in soccer athletes. Twenty-four soccer players in pre-competitive period had a blood sample collected to have testosterone and urea concentrations analyzed. Subsequently, 1RM tests were applied to the bench press and squat exercises. After data collection, the athletes were randomly divided in two groups submitted to: non-linear periodization program (G1) and non-periodized program (G2), both for 12 weeks. ANOVA for repeated measures showed increase in serum testosterone concentration in G1 (∆ = 3.70 ng/dl; p = 0.0001) and in G2 (∆ = 1.81 ng/dl; p = 0.035) and reduction in urea levels only in G1 (∆ = -3.08mg%; p = 0.0001). G1 presented higher levels of testosterone (∆ = 2.13 ng/dl; p = 0.009) and lower levels of urea (∆ = -1.36mg%; p = 0.026) in the post-test when compared to G2. 1RM tests did not show significant differences. The non-linear training in soccer players was more effective than the non-periodized training in promoting increase in serum testosterone levels and reduction in urea levels. <![CDATA[<b>Errata</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000200016&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo do presente estudo foi avaliar a força muscular e os níveis séricos basais de testosterona e ureia em atletas de futebol. Vinte e quatro jogadores de futebol, em período pré-competitivo, tiveram amostra de sangue coletada para análise da concentração de testosterona e ureia. Em seguida, realizaram os testes de 1RM para o exercício supino horizontal e agachamento. Após a coleta de dados, foram divididos de forma aleatória em dois grupos que foram submetidos a programas de periodização ondulatória (G1) e não periodizado (G2) por 12 semanas. A ANOVA de medidas repetidas mostrou que houve aumento na concentração de testosterona sérica no G1 (∆ = 3,70ng/dl; p = 0,0001) e no G2 (∆ =1,81ng/dl; p =0,035) e redução nos níveis de ureia apenas no G1 (∆ = - 3,08mg%; p = 0,0001). O G1 mostrou maiores níveis de testosterona (∆ = 2,13ng/dl; p = 0,009) e menores de ureia (∆ = -1,36mg%; p = 0,026) no pós-teste quando comparado ao G2. Os testes de 1RM não apresentaram diferenças significativas. A periodização ondulatória da força no treinamento para jogadores de futebol demonstrou ser mais eficaz que o treinamento não periodizado para promover o aumento dos níveis séricos de testosterona e redução dos níveis de ureia.<hr/>The aim of this study is to evaluate the muscle strength and basal serum testosterone and urea levels in soccer athletes. Twenty-four soccer players in pre-competitive period had a blood sample collected to have testosterone and urea concentrations analyzed. Subsequently, 1RM tests were applied to the bench press and squat exercises. After data collection, the athletes were randomly divided in two groups submitted to: non-linear periodization program (G1) and non-periodized program (G2), both for 12 weeks. ANOVA for repeated measures showed increase in serum testosterone concentration in G1 (∆ = 3.70 ng/dl; p = 0.0001) and in G2 (∆ = 1.81 ng/dl; p = 0.035) and reduction in urea levels only in G1 (∆ = -3.08mg%; p = 0.0001). G1 presented higher levels of testosterone (∆ = 2.13 ng/dl; p = 0.009) and lower levels of urea (∆ = -1.36mg%; p = 0.026) in the post-test when compared to G2. 1RM tests did not show significant differences. The non-linear training in soccer players was more effective than the non-periodized training in promoting increase in serum testosterone levels and reduction in urea levels.