Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Biology]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1519-698420130003&lang=en vol. 73 num. 3 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[The influence of fish culture in floating net cages on microbial indicators of water quality]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300457&lng=en&nrm=iso&tlng=en This work was carried out to analyse the microbiological parameters of the water quality of a reservoir used for the irrigation and culture of tilapia (Oreochromis niloticus) in floating net cages. The physico-chemical parameters, counts of mesophilic total aerobic bacteria, total and thermotolerant coliforms and fecal streptococci, and the presence of Escherichia coli in samples of water collected in three sites of the reservoir (pre-culture site, culture site, post-culture site) were analysed. The levels of ammonia (0.047-0.059 mg/L), nitrite (0.001-0.021 mg/L) and total phosphorus (0.050-0.355 mg/L) in the water did not show significant differences (p &gt; 0.05) between sampling sites. The levels of total bacteria in the water varied between 1.3 x 104 and 67.3 x 104 CFU/100 mL. The MPN values of thermotolerant coliforms (&lt; 930 MPN/100 mL) were within values recommended for water used for fish culture and/or irrigation. The presence of E. coli and fecal streptococci were verified in 48% and 56% of analysed samples, respectively. The site with floating net cages showed more samples contaminated with E. coli and fecal streptococci than other sampling points.<hr/>Este trabalho foi realizado para analisar os parâmetros microbiológicos da qualidade da água de um reservatório destinado a irrigação e à cultivo de tilapia do Nilo (Oreochromis niloticus) em tanques redes. Foi realizada análise de parâmetros físico-químicos, quantificação de bactérias totais aeróbias mesófilas, coliformes totais e termotolerantes, estreptococos fecais e a detecção de E. coli em amostras de água coletada em três pontos distintos do açude (pré-cultivo, cultivo, pós-cultivo). Os níveis de amônia (0,047-0,059 mg/L), nitrito (0,001-0,021 mg/L) e fósforo total (0,050-0,355 mg/L) na água não apresentaram diferenças significativas (p &gt; 0.05) entre os pontos de coleta. As contagens de bactérias aeróbias mesófilas variaram entre 1,3 x 104 e 67,3 x 104 UFC/100 mL nas amostras de água. O NMP de coliformes termotolerantes (&lt; 930 NMP/100 mL) se apresentou dentro do limite permitido para águas doces destinadas a piscicultura e/ou irrigação. A presença de E. coli foi constatada em 48% e de estreptococos fecais em 56% das amostras de água analisadas. O local de cultivo de tilápia em tanques-rede apresentou maior número de amostras contaminadas com E. coli e estreptococos fecais que outros pontos de amostragem. <![CDATA[Nestedness in forest mammals is dependent on area but not on matrix type and sample size: an analysis on different fragmented landscapes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300465&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nestedness, the pattern in which the species of a species-poor community are a subset of species-rich communities, can provide information regarding species order of extinction, which is vital knowledge for conservation biology. We tested the hypotheses that the nestedness of mammal communities in forest remnants is influenced by sampling effort, mean remnant area, range of remnant areas, matrix type, and presence or absence of forest corridors, and compared the results with multi-taxa reviews. We used 24 published datasets to test this hypothesis and ran simple regressions for each variable. Our results provide evidence that area was the main determinant of nestedness in mammalian communities. We also found a significant effect on the range of areas as measured through area ratio. However we conclude that nestedness is not affected by sample size.<hr/>Aninhamento, o padrão no qual espécies de comunidades mais pobres são subconjuntos de comunidades mais ricas, pode fornecer informações sobre a ordem de extinção de espécies, conhecimento vital para a conservação. Testamos a hipótese que o aninhamento das comunidades de mamíferos em fragmentos florestais é influenciado pelo esforço amostral, média e variação de área dos fragmentos, assim como pela presença de corredores florestais e pelo tipo de matriz circundante, e comparamos com revisões multi-taxa. Usamos 24 conjuntos de dados publicados para testar essa hipótese. Nossos resultados forneceram evidencia de que a área foi o principal determinante do aninhamento de comunidades de mamíferos. Nós também concluímos que aninhamento não é afetado por esforço amostral. <![CDATA[Ecosystem Services of UHE Carlos Botelho (Lobo/Broa): a new approach for management and planning of dams multiple-uses]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300471&lng=en&nrm=iso&tlng=en The aim of this study was to identify and make an initial accounting of the ecosystem services of the hydroelectric power generation plant, UHE Carlos Botelho (Itirapina Municipality, São Paulo State, Brazil), and its most extensive wetlands - total of 2,640 ha - and also identify the drivers of change of these services. Twenty (20) ecosystem services were identified and the estimated quantitative total value obtained was USD 120,445,657.87. year−1 or USD 45,623.35 ha−1.year−1. Investments on restoration of spatial heterogeneity along Tietê-Jacaré hydrographic basin and new technologies for regional economic activities must maintain ecological functions as well as increase marginal values of ecosystem services and the potential annual economic return of ecological functions.<hr/>Este estudo teve como objetivo identificar e valorar os serviços ecossistêmicos da UHE Carlos Botelho (Itirapina, Estado de São Paulo, Brasil) e suas áreas alagadas mais extensas e também identificar as forçantes de alterações nestes serviços. Vinte (20) serviços ecossistêmicos foram identificados e o valor quantitativo total estimado obtido resultou em USD 120.445.657,87. ano−1 ou USD 45.623,35 ha−1.ano−1. Investimentos na restauração da heterogeneidade espacial da bacia hidrográfica do Tietê-Jacaré e em novas tecnologias para as atividades econômicas regionais devem contribuir para a manutenção das funções ecológicas e para o aumento dos valores marginais e do valor potencial anual de retorno dos serviços ecossistêmicos. <![CDATA[Diversity of the Arthropod edaphic fauna in preserved and managed with pasture areas in Teresina-Piauí-Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300483&lng=en&nrm=iso&tlng=en The soil fauna plays an important function over the processes of organic matter decomposition, nutrient cycling, ground aeration and fertility. Thus, studies on the composition and structure of such communities are important, considering moreover the lack of information in different regions of Brazil and mainly related to the state of Piauí. This study aimed to evaluate the density and diversity of the soil arthropod fauna in a Cerrado area in preservation conditions and in a pasture area. Both are situated in the city of Teresina, capital of the state of Piauí. Pitfall traps were used for sampling. Five stations with four traps were placed in each area. The traps were constituted by a 500 mL plastic cup containing a preserving solution made with 70% alcohol and 40% formalin. The traps were weekly changed by occasion of the collections. Eight samples were performed in the period between March and April 2007. The results were evaluated using the following variables: number of orders, number of families, total of species and total number of individuals. Evaluation of the Diversity Index and Similarity Coefficient were also performed. As result, the variables and diversity indices were slightly higher in the preserved area. However, the similarity coefficient showed only 10% similarity between both areas.<hr/>A fauna do solo exerce importante papel nos processos de decomposição da matéria orgânica, ciclos de nutrientes, aeração e fertilidade do solo. Assim, estudos sobre a composição e estrutura dessas comunidades são importantes, considerando, além disso, a escassez de informações nas diferentes regiões do Brasil e principalmente em relação ao estado do Piauí. Este estudo teve como objetivo avaliar a densidade e diversidade da fauna de artrópodes encontrados no solo em uma área de Cerrado em estado de preservação e uma área utilizada com pastagem. Ambas estão situadas no município de Teresina, capital do estado do Piauí. Armadilhas do tipo Pitfall foram utilizadas para amostragem. Cinco estações com quatro armadilhas foram colocadas em cada área. As armadilhas foram constituídas por um copo plástico (500 mL), contendo uma solução conservante feita de álcool 70% e formol 40%. As armadilhas foram trocadas semanalmente por ocasião das coletas. Foram realizadas oito coletas entre o período de março e abril de 2007. Os resultados encontrados foram avaliados através das variáveis: número de ordens, número de famílias, total de espécies e número total de indivíduos. A avaliação do Índice de Diversidade e Coeficiente de Similaridade também foi feita. Como resultado, as variáveis estudadas e o índice de diversidade foram levemente maiores na área preservada. Contudo, o Coeficiente de Similaridade mostrou apenas 10% de semelhança entre as duas áreas. <![CDATA[Effects of isolation and environmental variables on fish community structure in the Brazilian Amazon Madeira-Purus interfluve]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300491&lng=en&nrm=iso&tlng=en Due to the existence of terrestrial barriers to freshwater fish dispersion, it is believed that its distribution is strongly associated with historical factors related to the formation of the habitats they occupy. By the other hand, some studies reveal the influence of abiotic conditions (such as size of water bodies, pH, conductivity) on the composition of fish fauna occurring in small streams. This study aimed to investigate whether drainage basins, because catchment boundaries are potential barriers to fish dispersion, or the physical structure and physico-chemical characteristics of water have a greater influence on fish community structure in small streams. We sampled 22 streams belonging to five drainage basins in the Madeira-Purus interfluve. Fish were caught with dip nets and a small trawl, and data were simultaneously obtained on structural characteristics of the streams and physico-chemical characteristics of the water. Community composition was analyzed using Non-Metric Multidimensional Scaling (NMDS), and variables related to structural and physico-chemical characteristics were summarized by Principal Component Analysis (PCA). Two explanatory models relating faunal composition to environmental factors were constructed: the first using only continuous variables and the second including the drainage basin as a categorical variable. The Akaike Information Criterion (AIC) and AIC weight were used to select the best model. Although structural and physico-chemical variables significantly contributed to explaining faunal composition, the model including the drainage basin was clearly the better of the two models (more than 90% support in the data). The importance of drainage basins in structuring fish communities in streams may have significant consequences for conservation planning in these environments.<hr/>Devido à existência de barreiras terrestres à dispersão de peixes de água doce, acredita-se que sua distribuição é fortemente associada a fatores históricos relacionados à formação dos habitats que ocupam. Por outro lado, alguns estudos revelam a influência de condições abióticas (tais como o tamanho do corpo d'água, pH, condutividade) na composição da fauna ictiíca de rios de pequena ordem. Este trabalho teve como objetivo investigar se bacias hidrográficas, cujo divisor de águas representa uma potencial barreira para a dispersão dos peixes, ou a estrutura física e características físico-químicas da água têm maior efeito sobre a estrutura de comunidades de peixes de riachos de pequena ordem. Foram amostrados 22 riachos, pertencentes a cinco bacias hidrográficas no interflúvio Madeira-Purus. Os peixes foram capturados com puçás e uma pequena rede de arrasto, e simultaneamente foram obtidos dados sobre as características estruturais dos riachos e físico-químicas da água. A composição das comunidades foi analisada por meio de um Escalonamento Multidimensional Não-Métrico (NMDS) e as variáveis relacionadas às características estruturais e físico-químicas foram sintetizadas por meio de uma Análise de Componentes Principais (PCA). Dois modelos explicativos relacionando a composição da fauna aos fatores ambientais foram construídos: o primeiro utilizando apenas variáveis contínuas, e o segundo incluindo as bacias hidrográficas como variável categórica. O Critério de Informação de Akaike (AIC) e o peso do AIC foram utilizados para a seleção do melhor modelo. Apesar de variáveis físicas e físico-químicas terem contribuído significativamente para explicar a composição faunística, o modelo incluindo bacias hidrográficas foi claramente superior (mais de 90% de suporte nos dados). A importância de bacias de drenagem para a estruturação da comunidade de peixes de riachos pode ter consequências relevantes para o planejamento para a conservação desses ambientes. <![CDATA[Antifouling activity of twelve demosponges from Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300501&lng=en&nrm=iso&tlng=en Benthic marine organisms are constantly exposed to fouling, which is harmful to most host species. Thus, the production of secondary metabolites containing antifouling properties is an important ecological advantage for sessile organisms and may also provide leading compounds for the development of antifouling paints. High antifouling potential of sponges has been demonstrated in the Indian and Pacific oceans and in the Caribbean and Mediterranean seas. Brazilian sponges remain understudied concerning antifouling activities. Only two scientific articles reported this activity in sponges of Brazil. The objective of this study was to test crude extracts of twelve species of sponges from Brazil against the attachment of the mussel Perna perna through laboratorial assays, and highlight promising species for future studies. The species Petromica citrina, Amphimedon viridis, Desmapsamma anchorata, Chondrosia sp., Polymastia janeirensis, Tedania ignis, Aplysina fulva, Mycale angulosa, Hymeniacidon heliophila, Dysidea etheria, Tethya rubra, and Tethya maza were frozen and freeze-dried before extraction with acetone or dichloromethane. The crude extract of four species significantly inhibited the attachment of byssus: Tethya rubra (p = 0.0009), Tethya maza (p = 0.0039), Petromica citrina (p = 0.0277), and Hymeniacidon heliophila (p = 0.00003). These species, specially, should be the target of future studies to detail the substances involved in the ability antifouling well as to define its amplitude of action.<hr/>Organismos bentônicos marinhos estão expostos constantemente à incrustação, que pode ser danosa para a maioria das espécies. Assim, a produção de metabólitos secundários com propriedades anti-incrustantes é uma vantagem ecológica importante para organismos sésseis e pode também orientar o estudo de substâncias para o desenvolvimento de tintas anti-incrustantes. O alto potencial anti-incrustante de esponjas tem sido demonstrado nos oceanos Índico e Pacífico, nos mares Mediterrâneo e Caribenho. Esponjas brasileiras permanecem pouco estudadas em relação à atividade anti-incrustante. Apenas dois artigos científicos registraram essa atividade em esponjas do Brasil. O objetivo desse estudo foi testar os extratos brutos de doze espécies de esponjas do Brasil contra a fixação do molusco Perna perna através de ensaios laboratoriais e também destacar espécies promissoras para estudos futuros. As espécies Petromica citrina, Amphimedon viridis, Desmapsamma anchorata, Chondrosia sp., Polymastia janeirensis, Tedania ignis, Aplysina fulva, Mycale angulosa, Hymeniacidon heliophila, Dysidea etheria, Tethya rubra e Tethya maza foram congeladas e liofilizadas logo após a coleta e posteriormente procedeu-se a extração com acetona ou diclorometano. O extrato bruto de quatro espécies inibiu significativamente a fixação de bissos: Tethya rubra (p = 0.0009), Tethya maza (p = 0.0039), Petromica citrina (p = 0.0277), e Hymeniacidon heliophila (p = 0.00003). Essas espécies, especialmente, devem ser priorizadas em estudos futuros para detalhamento das substâncias envolvidas na capacidade anti-incrustante, bem como para definir sua amplitude de ação. <![CDATA[Community of orchid bees (Hymenoptera: Apidae) in transitional vegetation between Cerrado and Atlantic Forest in southeastern Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300507&lng=en&nrm=iso&tlng=en The community of orchid bees (Hymenoptera: Apidae: Euglossina) was studied at an area in the transition between the Cerrado and Atlantic Forest biomes, from March, 2010 to February, 2011 in the Barroso region, state of Minas Gerais, eastern Brazil. Orchid-bee males were collected with bait traps containing three different scents (cineole, eugenol and vanillin) and with entomological nets for collecting bees on flowers. A total of 614 orchid-bee males were collected using aromatic traps, belonging to four genera and 15 species. Twenty-five female specimens belonging to two genera and at least three species were collected on flowers. Eulaema (Apeulaema) nigrita Lepeletier, 1841 was the most abundant species (50% of collected specimens), followed by Euglossa (Euglossa) truncata Rebêlo &amp; Moure, 1996 (28%). Cineole was the most attractive compound (66.5% of males and 13 species), followed by eugenol (16% and 9 species) and vanillin (13.5% and 4 species). Eulaema (Apeulaema) marcii Nemésio, 2009 and Eufriesea auriceps (Friese, 1899) were attracted to all scents, whereas Euglossa species were collected only in cineole and eugenol.<hr/>A comunidade de abelhas-das-orquídeas (Hymenoptera: Apidae: Euglossina) foi estudada em uma área de transição entre o Cerrado e a Mata Atlântica, de março de 2010 a fevereiro de 2011, na região de Barroso, estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil. Foram utilizadas armadilhas aromáticas utilizando-se três tipos de iscas (cineol, eugenol e vanilina) e redes entomológicas para a captura de abelhas em flores. Foram coletados 614 machos de Euglossina nas armadilhas aromáticas, pertencentes a quatro gêneros e quinze espécies, e vinte e cinco espécimes em flores, pertencentes a dois gêneros e três espécies. Eulaema (Apeulaema) nigrita Lepeletier, 1841 foi a espécie mais comum (50% dos espécimes coletados), seguida por Euglossa (Euglossa) truncata Rebêlo &amp; Moure, 1996 (28%). O cineol foi a isca mais atrativa (66,5% dos machos e 13 espécies), seguido pelo eugenol (16% e 9 espécies) e vanilina (13,5% e 4 espécies). Eulaema (Apeulaema) marcii Nemésio, 2009 e Eufriesea auriceps (Friese, 1899) foram atraídas por todas as essências, enquanto as espécies de Euglossa foram coletadas somente em armadilhas contendo cineol ou eugenol. <![CDATA[The orchid-bee fauna (Hymenoptera: Apidae) of ‘RPPN Feliciano Miguel Abdala’ revisited: relevant changes in community composition]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300515&lng=en&nrm=iso&tlng=en The orchid-bee fauna of ‘Reserva Particular do Patrimônio Natural Feliciano Miguel Abdala’, a 957-ha preserve of Atlantic Forest in eastern Minas Gerais, southeastern Brazil, was surveyed 12 years after the first inventory in the area. Orchid-bee males were actively collected with insect nets when attracted to seventeen chemical compounds used as scent baits. Three hundred and nineteen males belonging to nine species were collected during 40 hours in late December, 2011, when orchid bees are supposedly more active. Euglossa despecta Moure, 1968, one of the dominant species in the area 12 years ago, was not recorded in the present study. Eulaema nigrita Lepeletier, 1841, on the other hand, represented only 16% of the collected bees in 1999 and 61% in the present study. Possible causes and consequences of these changes are discussed.<hr/>A fauna de abelhas-das-orquídeas da ‘Reserva Particular do Patrimônio Natural Feliciano Miguel Abdala’, uma reserva de 957 ha de Mata Atlântica no leste de Minas Gerais, sudeste do Brasil, foi amostrada doze anos após o primeiro inventário na área. Machos de abelhas euglossinas foram ativamente coletados com o uso de redes entomológicas quando atraídos a dezessete compostos aromáticos utilizados como iscas. Trezentos e dezenove machos pertencentes a nove espécies foram coletados durante 40 horas de amostragem no fim de dezembro de 2011, no período em que essas abelhas estão supostamente mais ativas. Euglossa despecta Moure, 1968, uma das espécies dominantes na área doze anos antes, não foi registrada no presente estudo. Eulaema nigrita Lepeletier, 1841, por outro lado, representou apenas 16% das abelhas coletadas em 1999 e 61% no presente estudo. As possíveis causas e consequências dessas mudanças são discutidas. <![CDATA[Characterization of <italic>Desmodus rotundus</italic> (E. Geoffroy, 1810) (Chiroptera, Phyllostomidae) shelters in the Municipality of São Pedro - SP]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300521&lng=en&nrm=iso&tlng=en Surveillance of hematophagous bats is an important public health measure for the prevention and control of rabies epidemics in domestic herbivorous animals. The aim of this study was to locate and georeference D.rotundus shelters in the Municipality of São Pedro - SP, Brazil, and verify their nature (artificial or natural), surrounding landscape and distance from main rivers. To do this, two samples were taken of populations in shelters, with an interval of six months between them, capturing all the bats existent in shelters with fewer than 20 individuals and approximately 20% of the bats present in shelters with over 20 individuals in order to quantify their gender and age distribution. The majority of D. rotundus (67%) were verified to be artificial and the remainder (33%) natural. Of the six artificial shelters found, five were located in abandoned houses and one in a rain water drainage channel. There were no signs of D. rotundus in other rural buildings and viaducts located in the proximities of pastures. In spite of the majority of D. rotundus shelters being artificial, the three most populated shelters were maternity colonies, two being located in grottos and only one in an artificial shelter (rain water drainage channel). The remaining shelters were occupied by only male individuals. With the exception of one shelter, all the other shelters were at a distance of less than 3 km from the main bodies of water in the study area, corroborating studies that have reported that the main rivers in the State of São Paulo are the main geographic features related to the presence of D. rotundus. It was also verified that 67% of the shelters were inhabited by only male individuals, which confirms other studies conducted in the State of São Paulo, in which over 60% of the groups of Desmodus contain only male individuals.<hr/>A vigilância de morcegos hematófagos é uma importante medida de saúde pública para a prevenção e controle de epidemias de raiva nos herbívoros domésticos. O presente estudo teve como objetivos localizar e georreferenciar abrigos de D.rotundus no Município de São Pedro - SP e verificar sua natureza (artificial ou natural), paisagem de entorno e distância dos principais rios. Para isso, foram realizadas duas amostragens das populações nos abrigos, com intervalo de seis meses, capturando todos os morcegos existentes nos abrigos com menos de 20 indivíduos e aproximadamente 20% dos morcegos presentes nos abrigos com numero superior a 20 indivíduos a fim de quantificar sua distribuição sexual e etária. Verificou-se que a maioria dos abrigos de D. rotundus (67%) era artificial e os restantes (33%) naturais. Dos seis abrigos artificiais encontrados, cinco estavam localizados em casas abandonadas e um numa galeria de água pluvial, não havendo sinais de D. rotundus em outras construções rurais e viadutos localizados nas proximidades das pastagens. Apesar da maioria dos abrigos de D. rotundus serem artificiais, os três abrigos mais populosos eram maternidades, sendo que dois estavam localizados em grutas e apenas um em abrigo artificial (galeria de água pluvial). O restante dos abrigos era ocupado apenas por indivíduos machos. Com exceção de um, todos os outros abrigos estavam a uma distância inferior a 3 km dos principais corpos d'água da área de estudo, corroborando estudos que relatam que os principais rios do estado de São Paulo são as principais feições geográficas relacionadas à presença de D. rotundus. Também verificou-se que 67% dos abrigos eram habitados somente por indivíduos machos, o que confirma outros estudos realizados no Estado de São Paulo, em que mais de 60% dos agrupamentos de Desmodus contém somente indivíduos machos. <![CDATA[Towards a standard framework to describe behaviours in the common-sloth (<italic>Bradypus variegatus</italic> Schinz, 1825): novel interactions data observed in distinct fragments of the Atlantic forest, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300527&lng=en&nrm=iso&tlng=en The common three-toed sloth is a widespread species, but the location and the observation of its individuals are greatly hindered by its biological features. Their camouflaged pelage, its slow and quiet movements, and the strictly arboreal habits resulted in the publication of sparse, fragmented and not patterned information on the common sloth behaviour. Thus, herein we propose an updated standardized behavioural categories' framework to the study of the species. Furthermore we describe two never reported interaction behaviours: a probable mating / courtship ritual between male and female; and apparent recognition behaviour between two males. Finally we highlight the contribution of small-duration field works in this elusive species ethological study.<hr/>A preguiça-de-três-dedos comum é uma espécie amplamente distribuída. No entanto, a biologia da espécie dificulta a sua deteção e observação na natureza. A camuflagem da sua pelagem, seus movimentos lentos e silenciosos e seus hábitos estritamente arbóreos resultaram na publicação de dados comportamentais esparsos, fragmentados e não padronizados. Assim, no presente trabalho propomos uma tabela atualizada e padronizada de comportamentos de preguiça-comum. Além disso, descrevemos dois novos comportamentos de interação para a espécie: um provável evento de corte ou acasalamento entre macho e fêmea e um aparente comportamento de reconhecimento entre dois machos. Finalmente, discutimos a contribuição de trabalhos de campo de curta-duração no estudo etológico desta espécie tão elusiva. <![CDATA[Habitat selection by anurofauna community at rocky seashore in coastal Atlantic Forest, Southeastern Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300533&lng=en&nrm=iso&tlng=en Rocky seashores are low granitic hills distributed along the southeastern Brazilian coast with xeric-like vegetation due to the shallow soil. Knowledge on amphibian communities and their reproductive patterns is especially reduced on this kind of environment. Herein, we present a framework of two years monitoring an amphibian community at a rocky seashore environment located at the protected area of Parque Estadual da Serra da Tiririca, municipality of Niterói, state of Rio de Janeiro, Brazil. We conducted diurnal and nocturnal searches for frogs in tank bromeliads, rocky surface and shrubby vegetation. Annual pattern of breeding activity of anurans was also estimated. Individuals of the most abundant tank-bromeliad, Alcantarea glaziouana were collected and measured according to several variables to understanding the selection of bromeliads by frogs. We checked the influence of the environmental conditions on amphibian abundance, association between the bromeliads measures, and the water storage in the tank. We recorded the species: Scinax aff. x-signatus; S. cuspidatus; S. littoreus; Thoropa miliaris and Gastrotheca sp. Bromeliads were the preferential habitat used by anurans. The nocturnal habit was predominant for all species and during diurnal searches, the specimens were found sheltered in bromeliads axils. The number of calling males as well as amphibian abundance was associated with the rainiest and warmest period of the year. The species S. littoreus was observed in breeding activity in the majority of sample period. Adult calling males of T. miliaris were observed especially in the rainy season. Rainfall and temperature combined are positively correlated to the total number of captured amphibians. However, individually, rainfall was not significantly correlated, while temperature was positively correlated with the amphibian abundance. Water storage capacity by bromeliads was correlated to characteristics and size of the plant. In the rainy season, the height of the plant and the diameter on top view were correlated with the occurrence of amphibians, while during the driest period there was no correlation among variables and the bromeliad usage by amphibians. Recorded species were strongly associated to the Atlantic Forest domain. Nevertheless, the occupation of rocky seashores by anurans may be more associated with the specialized reproductive modes presented by species, since there is no permanent water available in ponds or streams.<hr/>Costões rochosos são morros graníticos distribuídos ao longo da costa do sudeste brasileiro, com vegetação xeromórfica devido ao seu solo raso. O conhecimento sobre comunidades de anfíbios e seus padrões reprodutivos é especialmente reduzido neste tipo de ambiente. Neste estudo, nós apresentamos os resultados de dois anos de monitoramento de uma comunidade de anfíbios em um costão rochoso localizado na área protegida do Parque Estadual da Serra da Tiririca, município de Niterói, estado do Rio de Janeiro, Brasil. Nós fizemos buscas diurnas e noturnas para encontrar anuros em bromélias-tanque, superfície rochosa e vegetação arbustiva. O padrão anual de atividade reprodutiva também foi estimado. Indivíduos da bromélia-tanque mais abundante no local, Alcantarea glaziouana, foram coletados e tiveram diversas variáveis mensuradas a fim de se entender a seleção de bromélias por anuros. Verificamos a influência das condições ambientais sobre a abundância dos anfíbios, e a associação entre as medidas das bromélias e a capacidade de estocar água no seu tanque. Diferenças na utilização de microhábitats e na ocupação de bromélias pelos anuros também foram investigadas, assim como também foi testada a influência das variáveis das bromélias sobre a ocorrência dos anuros nestas plantas. Foram registradas as seguintes espécies: Scinax aff. x-signatus; S. cuspidatus; S. littoreus; Thoropa miliaris e Gastrotheca sp. As bromélias foram o habitat preferido pelos anuros. O hábito noturno foi predominante para todas as espécies. Durante buscas diurnas, os espécimes foram encontrados abrigados nas axilas das folhas das bromélias. O número de machos vocalizando, assim como a abundância de anfíbios, foi associado com o período mais quente e chuvoso. Machos adultos de T. miliaris foram observados vocalizando especialmente na estação chuvosa. A precipitação e a temperatura combinadas foram positivamente correlacionadas com o número total de anfíbios capturados. Entretanto, individualmente, a precipitação não foi significativamente correlacionada, enquanto que a temperatura foi positivamente correlacionada com a abundância de anfíbios. A capacidade de armazenamento de água pelas bromélias está correlacionada com as características e tamanho da planta. Na estação chuvosa, a altura da planta e o seu diâmetro foram correlacionados com a ocorrência de anfíbios, enquanto que durante o período seco não existiu correlação entre variáveis e o uso da bromélia pelos anfíbios. As espécies registradas estão fortemente associadas ao domínio da Floresta Atlântica. Entretanto, a ocupação dos costões rochosos por anuros pode estar mais associado com modos reprodutivos especializados apresentados pelas espécies, já que não existem riachos ou poças d'água permanentes disponíveis no local. <![CDATA[Coleopterofauna found on fresh and frozen rabbit carcasses in Curitiba, Paraná, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300543&lng=en&nrm=iso&tlng=en Many arthropod species are associated with carrion and some of them can be used as forensic indicators in murder investigations to estimate the time of death. Different physical conditions of cadavers may influence the fauna and the importance of freezing and thawing is unknown. The present paper sought to survey the Coleoptera species encountered in frozen and fresh rabbit carcasses, at a forest in Curitiba, Brazil. Four rabbit carcasses, two of them fresh and the other frozen were used. The coleopterofauna was sampled daily, and analyzed using non-parametric tests. A total of 666 beetles were sampled, belonging to 28 species in 10 families. Most of the beetles captured were larvae of Oxelytrum spp. (433) which are known to be necrophagous. The two frozen carcasses accounted for most of the beetles (338 and 180) in comparison with the two fresh carcasses (103 and 45). The tests were based on the most abundant species. Oxelytrum spp. median differed significantly between carcasses (H = 12.47844; p = 0.0059). The two fresh carcasses differed significantly (U = 190.0; p = 0.00019), but there was no significant difference between the frozen carcasses (U = 336.0; p = 0.29755). The data indicate that the freezing process prevents certain species to colonize carcasses, in this case with the dominance of species of Oxelytrum. These data also indicate that careful attention is necessary before using frozen carcasses in forensic entomology studies.<hr/>Muitas espécies de artrópodes são associadas a carcaças e algumas delas podem ser utilizadas em casos de morte violenta como indicadoras forenses do intervalo decorrido desde a morte do indivíduo. Diferentes condições físicas dos cadáveres podem influenciar a fauna, sendo que o efeito do congelamento e descongelamento é desconhecido. Os objetivos do presente trabalho foram levantar as espécies de Coleoptera em carcaças de coelho frescas e congeladas em um remanescente florestal localizado em Curitiba, Brasil. Foram utilizadas quatro carcaças de coelhos, dois frescos e dois previamente congelados. A coleopterofauna foi amostrada diariamente e analisada com testes não paramétricos. Foram coletados 666 espécimes, pertencentes a 28 espécies, de 10 famílias. A maioria dos besouros coletados foi representada por larvas de Oxelytrum spp. (433), as quais são necrófagas. Observou-se um maior número de indivíduos sobre as carcaças congeladas (338 e 180) em comparação com as duas frescas (103 e 45). Os testes foram baseados nas espécies mais abundantes. A mediana das espécies de Oxelytrum diferiu significativamente entre as carcaças (H = 12,47844; p = 0,0059). As duas carcaças frescas diferiram significativamente (U = 190,0; p = 0,00019), porém não houve diferença significativa entre as carcaças congeladas (U = 336,0; p = 0,29755). Os dados indicaram que o processo de congelamento evitou que algumas espécies colonizassem as carcaças, neste caso com dominância de espécies de Oxelytrum. Estes dados também indicam a necessidade de cuidado ao utilizar carcaças congeladas em estudos de entomologia forense. <![CDATA[Longitudinal distribution of Chironomidae (Diptera) downstream from a dam in a neotropical river]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300549&lng=en&nrm=iso&tlng=en The damming of a river causes dangerous consequences on structure of the environment downstream of the dam, modifying the sediment composition, which impose major adjustments in longitudinal distribution of benthic community. The construction of Engenheiro Sérgio Motta Dam in the Upper Paraná River has caused impacts on the aquatic communities, which are not yet fully known. This work aimed to provide more information about the effects of this impoundment on the structure of Chironomidae larvae assemblage. The analysis of data of physical and chemical variables in relation to biological data of 8 longitudinal sections in the Upper Paraná River showed that composition of Chironomidae larvae of stations near Engenheiro Sérgio Motta Dam differed of the other stations (farther of the Dam). The predominance of coarse sediments at stations upstream and finer sediments further downstream affected the choice of habitat by different morphotypes of Chironomidae and it caused a change in the structure of this assemblage in the longitudinal stretch.<hr/>O barramento de um rio pode causar graves consequências sobre a natureza do ambiente, abaixo da barragem, modificando a composição do sedimento, as quais impõem importantes ajustes da distribuição longitudinal das comunidades bentônicas. A construção da Usina Hidrelétrica Engenheiro Sérgio Motta no alto rio Paraná, tem causado impactos em várias comunidades aquáticas, que ainda não são totalmente conhecidos. Este trabalho objetivou fornecer mais informações sobre os efeitos desse represamento na assembleia de Chironomidae. A análise das variáveis físicas e químicas em relação aos dados biológicos de oito transectos longitudinais no alto rio Paraná revelou que a composição das larvas de Chironomidae das estações mais próximas à barragem da Usina Engenheiro Sérgio Motta diferiu das demais (estações mais distantes). A predominância de sedimentos mais grosseiros nas estações a montante e sedimentos mais finos mais a jusante afetou a escolha de habitat pelos diferentes morfotipos de Chironomidae, que levou a alteração na estrutura desta assembleia ao longo do trecho amostrado. <![CDATA[Analysis of fishing activity in the Itá reservoir, Upper Uruguay River, in the period 2004-2009]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300559&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study characterized fishing activity in the reservoir of the Hydroelectric Power Plant of Itá in Brazil. The reservoir is located in the Upper Uruguay River, which forms the border between the states of Santa Catarina and Rio Grande do Sul. To analyze fishing activity and the composition of ichthyofauna in the reservoir after damming, questionnaires were administered to fishermen in the region between 2004 and 2009. The results showed that fishing in the Itá reservoir can be classified as a subsistence activity performed on small vessels and usually involving the use of drift nets and handlines. Between 2004 and 2009, 292,780.10 kg worth of fish were captured, with an average annual productivity of 3.46 kg ha−1 yr−1. We recorded the highest values of catch per unit effort in 2006, with an annual average of 9.69 kg fisherman−1 day−1. A total of 27 morphospecies were captured during the sample period; carp, traíra, mandi and jundiá together accounted for almost 60% of the catch. This finding indicates that fishing is centered on the capture of sedentary and short-distance migratory species. Despite their lower abundance, long-distance migratory species continue to be captured. The case of the piracanjuba, a long-distance migratory species reintroduced to the region in 2004 and still present in the catches, is particularly noteworthy. Regarding the fishermen's socioeconomic profile, all were men, most of who have engaged in the activity for more than eleven years, have a low educational level, fish with the aid of family members and list agriculture as their main economic activity.<hr/>O presente trabalho caracterizou a pesca no reservatório da Usina Hidrelétrica de Itá, localizado na região do Alto Rio Uruguai, divisa entre os Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Procurando descrever a pesca no reservatório, assim como a composição ictiofaunística ao longo dos anos após o represamento, foram aplicados questionários aos pescadores da região entre os anos de 2004 e 2009. Os resultados mostraram que a pesca no reservatório de Itá pode ser enquadrada como de subsistência, realizada por embarcações de pequeno porte e normalmente com o uso de redes de emalhe e linha de mão. Entre os anos de 2004 e 2009 foi registrada a captura de 292.780,10 kg de pescado, com uma produtividade média anual de 3,46 kg ha−1 ano−1. Foram registrados os maiores valores de Captura Por Unidade de Esforço em 2006, com médias anuais de 9,69 kg pescador−1 dia−1. Um total de 27 morfoespécies foram capturadas, com destaque para a carpa, a traíra, o mandí e o jundiá que juntas somaram quase 60% do total capturado ao longo do período estudado, indicando que a pesca está centrada na captura de espécies sedentárias e migradoras de curtas distâncias. Apesar da menor abundância, as espécies migradoras continuam sendo capturadas ao longo dos anos, em especial a piracanjuba, que foi reintroduzida na região em 2004 e que continua presente nas capturas. Em relação ao perfil socioeconômico, os pescadores são todos homens que em sua maioria, estão há mais de 11 anos na atividade, possuem baixo grau de instrução, desenvolvem a pesca com auxílio dos demais membros da família e têm a agricultura como principal atividade econômica. <![CDATA[Development of a benthic multimetric index for the Serra da Bocaina bioregion in Southeast Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300573&lng=en&nrm=iso&tlng=en Brazil faces a challenge to develop biomonitoring tools to be used in water quality assessment programs, but few multimetric indices were developed so far. This study is part of an effort to test and implement programs using benthic macroinvertebrates as bioindicators in Rio de Janeiro State. Our aim was first to test the Multimetric Index for Serra dos Órgãos (SOMI) for a different area - Serra da Bocaina (SB) - in the same ecoregion. We sampled 27 streams of different sizes and altitudes in the SB region. Despite the environmental similarities, results indicated biological differences between reference sites of the two regions. Considering these differences, we decided to develop an index specific for the SB region, the Serra da Bocaina Multimetric Index (MISB). We tested twenty-two metrics for sensitivity to impairment and redundancy, and six metrics were considered valid to integrate the MISB: Family Richness, Trichoptera Richness, % Coleoptera, % Diptera, IBE-IOC index, EPT / Chironomidae ratio. A test of the MISB in eleven sites indicated it was more related to land-use and water physico-chemical parameters than with altitude or stream width, being a useful tool for the monitoring and assessment of streams in the bioregion.<hr/>O Brasil enfrenta o desafio de desenvolver ferramentas de biomonitoramento para serem utilizadas em programas de avaliação da qualidade de águas, porém poucos índices multimétricos foram construídos para esta finalidade. Este estudo faz parte de um esforço para testar e implementar programas de biomonitoramento utilizando macroinvertebrados bentônicos como bioindicadores no Estado do Rio de Janeiro. Nosso objetivo foi primeiro testar se as métricas que compõem o Índice Multimétrico da Serra dos Órgãos (SOMI) eram válidas para serem aplicadas em um área diferente - Serra da Bocaina (SB) - pertencente à mesma ecoregião. Nós amostramos 27 riachos de diferentes tamanhos e altitudes na região da Serra da Bocaina. Apesar das similaridades ambientais, os resultados indicaram haver diferenças entre locais de referencia nas duas regiões. Considerando tais diferenças, nós desenvolvemos um índice específico para região da SB, denominado de Índice Multimétrico da Serra da Bocaina (IMSB). Testamos vinte e duas métricas quanto à sensibilidade e redundância. Seis métricas foram consideradas válidas para integrar o IMSB: Riqueza de Famílias, Riqueza de Trichoptera, % Coleoptera, % Diptera, índice IBE-IOC e Taxa EPT / Chironomidae. O teste do IMSB indicou que o índice estava mais relacionado aos parâmetros físicos e químicos da água e ao uso da terra do que com a altitude ou largura dos rios. Assim, consideramos uma ferramenta útil para monitorar e avaliar riachos na bioregião estudada. <![CDATA[Effects of some parameters in upscale culture of <italic>Haematococcus pluvialis</italic> Flotow]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300585&lng=en&nrm=iso&tlng=en Growth rate and medium parameters between two bench scale volumes (13-L and 250-L) were compared. Experiments were maintained batch mode and culture parameters were periodically measured during a 13-day period. Culture growth during the cultivation of algae Haematococcus pluvialis was determined qualitatively by cell counting, optical density, dry weight, ash content, amount of chlorophyll-a, total organic carbon content and by direct measuring of medium nutrients and some abiotic aspects. Vegetative cell growth was higher when cultured in 13-L with 1.33 x 105 cells.mL−1 on the 12th day than when cultured in 250-L. Significant difference (p &lt; 0.05) in the biology and water culture of H. pluvialis, with the exception of dry weight, ash, nitrite and ammonia, was reported between the volumes. Data obtained in current study for the upscale culture maintenance of H. pluvialis in laboratory conditions shows that it should be undertaken in a 13-L volume due to a greater time span of cells in a vegetative state, greater cell density, lipids and chlorophyll-a contents. Light was of paramount importance on the direct performance of H. pluvialis on the algal biological conditions.<hr/>Foram avaliadas a taxa de crescimento e condições do meio de cultura em volumes de 13-L e 250-L em sistema estático, durante o período de 13 dias para a microalga Haematococcus pluvialis. Foi determinada qualitativamente a contagem de células, densidade, peso seco, teor de cinzas, clorofila-a, teor de carbono orgânico total e avaliação de nutrientes e fatores abióticos do meio de cultura. O crescimento foi mais elevado em volume de 13-L com 1,33 x 105 células.mL−1 no décimo segundo dia, do que em volume de 250-L. Em relação ao meio de cultivo e aspectos biológicos de H. pluvialis, foram observadas diferenças significativas (p &lt; 0,05) entre os dois volumes com exceção do peso seco, cinzas, nitrito e amônia. Para cultivo em larga escale de H. pluvialis é recomendado nestas condições laboratoriais, o volume de 13-L devido ao maior tempo das células em estado vegetativo, maior densidade celular e elevados teores de lipídios e clorofila-a. A luz interferiu diretamente nas condições biológicas de H. pluvialis. <![CDATA[Length-weight relationships and biomass of the main microcrustacean species of two large tropical reservoirs in Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300593&lng=en&nrm=iso&tlng=en Length-weight equations were determined for the main microcrustacean species of Três Marias and Furnas reservoirs (state of Minas Gerais, Brazil), and evaluated the fluctuations of their biomass. We examined the following species: Thermocyclops minutus, Bosminopsis deitersi, Bosmina hagmanni, Ceriodaphnia cornuta, and Moina minuta (Três Marias Reservoir), and Notodiaptomus henseni, Daphnia ambigua, Ceriodaphnia silvestrii, Diaphanosoma spinulosum, D. fluviatile, and Bosmina freyi (Furnas Reservoir). Dry weight was obtained in a microbalance for each size class (Cladocera) or developmental stage (Copepoda). Microcrustacean mean biomass varied from 5.76 mg DW.m−3 and 20.36 mg DW.m−3 (Furnas Reservoir) and from 3.75 mg DW.m−3 and 18.14 mg DW.m−3 (Três Marias Reservoir). Significant differences (p &lt; 0.000) between seasons were registered with higher biomass during the rainy seasons. Thermocyclops minutus was the most important species in Três Marias, whereas in Furnas, N. henseni contributed in equal proportion. In Furnas, the higher cladoceran biomass was explained by the contribution of larger-sized species, such as D. ambigua, C. silvestrii, D. spinulosum, and D. fluviatile. Even though both reservoirs are considered oligotrophic, there were significant differences in the estimated microcrustacean biomass, which reinforces the importance of this parameter for the description of the real contribution of each species in the community.<hr/>Equações peso-comprimento foram determinadas para as principais espécies de microcrustáceos dos reservatórios de Três Marias e Furnas (Minas Gerais, Brasil), assim como a flutuação de sua biomassa. Foram consideradas as espécies mais abundantes: Thermocyclops minutus, Bosminopsis deitersi, Bosmina hagmanni, Ceriodaphnia cornuta, e Moina minuta (Reservatório de Três Marias) e Notodiaptomus henseni, Daphnia ambigua, Ceriodaphnia silvestrii, Diaphanosoma spinulosum, D. fluviatile e Bosmina freyi (Reservatório de Furnas). O peso seco foi obtido em microbalança para cada classe de tamanho no caso dos Cladocera ou para cada estágio do desenvolvimento no caso dos Copepoda. Valores médios de biomassa dos microcrustáceos variaram de 5,76 mg PS.m−3 a 20,36 mg PS.m−3 (Reservatório de Furnas) e de 3,75 mg PS.m−3 a 18,14 mg PS.m−3 (Reservatório de Três Marias), durante os períodos de seca e chuva, respectivamente. Diferenças significativas (p &lt; 0.000) foram registradas entre os períodos com maior biomassa durante os períodos de chuva. Thermocyclops minutus foi a espécie mais importante em Três Marias, enquanto em Furnas, N. henseni contribuiu em igual quantidade para a biomassa. Em Furnas, a maior biomassa de Cladocera foi observada devido a espécies de maior tamanho corporal como D. ambigua, C. silvestrii, D. spinulosum, e D. fluviatile. Mesmo ambos os reservatórios considerados oligotróficos, há diferenças significativas na biomassa de microcrustáceos, que reforçam a importância deste parâmetro para determinar a real contribuição de cada espécie na comunidade. <![CDATA[Simultaneous pollinator occurence (Hymenoptera, Agaoninae) in a threatened species: <italic>Ficus mexiae</italic> Standley (Moraceae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300605&lng=en&nrm=iso&tlng=en In Brazil, Ficus mexiae is classified as Vulnerable under IUCN criteria, and to date there is only one report on pollinator activity for this species. Is not unusual to find cases where more than one species of wasp simultaneously occurs on and pollinates the same fig. In this study we present evidence that two Pegoscapus wasp species contribute to the pollination of F. mexiae and relationship between pollinators maybe competitive. These results indicate that the F. mexiae population represent an important element in the complex dynamics of maintaining diversity in neotropical Ficus spp.<hr/>No Brasil, Ficus mexiae é classificada como uma espécie vulnerável sob os critérios da IUCN, e até agora não há um único relatório sobre a atividade dos polinizadores desta espécie. Não é raro encontrar casos em que mais de uma espécie de vespa, simultaneamente, ocorre e poliniza o mesmo figo. Neste estudo, apresentamos evidências de que duas espécies de vespas Pegoscapus contribuem para a polinização de F. mexiae, possivelmente em uma relação competitiva. Estes resultados indicam que a população F. mexiae representa um elemento importante na dinâmica complexa de manutenção da diversidade de Ficus spp. neotropicais. <![CDATA[The effect of salinity on osmoregulation and development of the juvenile fat snook, <italic>Centropomus parallelus</italic> (POEY)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300609&lng=en&nrm=iso&tlng=en Eurihaline fish support waters with different salt concentration. However, numerous studies have shown that salinity can affect fish development. Thus, the effect of salinity change from 20 to 5 and 35 on survival, weight, length, gill chloride cell ultrastructure and gill Na+, K+ ATPase activity was evaluated in Centropomus parallelus following short-term (6, 24 and 96 hours) and long-term exposure (30 and 60 days). Salinity did not affect C. parallelus survival, final weight and length. The quantity of chloride cells increased visibly at salinities of 5 and 35, with the cells exhibiting the typical features of uptake and secretory cells, respectively. Na+, K+ ATPase activity in the gill of the C. parallelus was significantly greater at a salinity of 5 than at a salinity of 20 or 35 after 96 hours, but not after 30 or 60 days. These results indicate that salinity change from high to low salt water induces gill chloride cell and Na+, K+ ATPase activity adaptations after short-term exposure. However, after long-term exposure at salinity 5, gill Na+, K+ ATPase activity is no more necessary at high levels. The increase in salinity to 35 does not induce significant change in gills. Juveniles of C. parallelus may thus be capable of acclimating to salinities of 5 to 35 for 60 days without significant effects on development.<hr/>Peixes eurihalinos suportam águas com diferentes concentrações de sal. Contudo, muitos estudos têm mostrado que a salinidade pode afetar o desenvolvimento do peixe. Portanto, o efeito da mudança de salinidade de 20 para 5 e 35 na taxa de sobrevivência, peso, comprimento, morfologia das células de cloreto branquiais e atividade da Na+, K+ ATPase foram avaliadas no Centropomus parallelus após curto (6, 24 e 96 horas) e longo tempo de exposição (30 e 60 dias). A salinidade não afetou a sobrevivência, o peso e comprimento final do robalo-peva. A quantidade de células de cloreto aumentou visivelmente nas salinidades 5 e 35, exibindo morfologias típicas de células que absorvem e secretam sal, respectivamente. A atividade da Na+, K+ ATPase nas brânquias do C. parallelus foi significativamente maior na salinidade 5 do que nas salinidades 20 ou 35 após 96 horas, mas não após 30 e 60 dias. Esses resultados indicam que a mudança de alta para baixa salinidade provoca adaptações nas células de cloreto e na atividade da Na+, K+ ATPase branquial em curto prazo. Contudo, após longa exposição na salinidade 5, a alta atividade da Na+, K+ ATPase branquial não é mais necessária. O aumento de salinidade para 35 não induz mudanças significativas nas brânquias. Portanto, juvenis de C. parallelus possuem a capacidade de aclimatação nas salinidades de 5 a 35 semefeitos significativos no desenvolvimento após 60 dias. <![CDATA[Ethylene synthesis inhibition effects on oxidative stress and <italic>in vitro</italic> conservation of <italic>Lippia filifolia</italic> (Verbenaceae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300617&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study aimed to investigate the effects of ethylene biosynthesis inhibitors on oxidative metabolisms and the in vitro conservation of Lippia filifolia, using the lipid peroxidation index (TBARS), antioxidative enzymes and pigments as biomarkers. We found that EDTA, sodium thiosulfate (STS) and especially Co had protective effects on oxidative stress in tissues cultured in vitro, resulting in a delay of the senescence and the reduction of subcultures frequency, con-tributing to the germplasm conservation of this species.<hr/>O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos de inibidores da biossíntese do etileno no metabolismo oxidativo e na conservação in vitro de Lippia filifolia. Para isso, foram avaliados o índice de peroxidação lipídica (TBARS), a atividade de enzimas antioxidativas e o conteúdo de pigmentos fotossintéticos e de antocianinas. Os resultados evidenciaram que o EDTA, o tiossulfato de sódio (STS) e, especialmente, o Co apresentaram ação protetora sobre o estresse oxidativo nos tecidos, o que resultou em atraso no início da senescência das culturas e na redução da frequência dos subcultivos, contribuindo para a conservação do germoplasma dessa espécie. <![CDATA[Uroguanylin induces electroencephalographic spikes in rats]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300623&lng=en&nrm=iso&tlng=en Uroguanylin (UGN) is an endogenous peptide that acts on membrane-bound guanylate cyclase receptors of intestinal and renal cells increasing cGMP production and regulating electrolyte and water epithelial transport. Recent research works demonstrate the expression of this peptide and its receptor in the central nervous system. The current work was undertaken in order to evaluate modifications of electroencephalographic spectra (EEG) in anesthetized Wistar rats, submitted to intracisternal infusion of uroguanylin (0.0125 nmoles/min or 0.04 nmoles/min). The current observations demonstrate that 0.0125 nmoles/min and 0.04 nmoles/min intracisternal infusion of UGN significantly enhances amplitude and frequency of sharp waves and evoked spikes (p = 0.03). No statistical significance was observed on absolute alpha and theta spectra amplitude. The present data suggest that UGN acts on bioelectrogenesis of cortical cells by inducing hypersynchronic firing of neurons. This effect is blocked by nedocromil, suggesting that UGN acts by increasing the activity of chloride channels.<hr/>A uroguanilina (UGN) é um peptídeo endógeno que age em receptores do tipo guanilato ciclase de membrana de células intestinais e renais aumentando a produção de GMPc e regulando o transporte epitelial de eletrólitos e água. Pesquisas recentes demonstraram a expressão deste peptídeo e de seus receptores no sistema nervosa central. O presente trabalho foi realizado com objetivo de avaliar possíveis mudanças no espectro do eletroencefalograma (EEG) de ratos Wistar anestesiados, submetidos à infusão intracisternal de uroguanilina (0.0125 nmoles/min or 0.04 nmoles/min). Os resultados apresentados no corrente trabalho demonstram que a infusão intracisternal de ambas as doses de UGN aumenta significativamente a amplitude e frequência das espículas (p = 0.03). Não foram encontradas diferenças estatísticas na amplitude absoluta dos espectros alfa ou teta. Os dados apresentados neste trabalho mostram que a UGN age na bioeletrogênese de células corticais induzindo disparo hipersincrônico de neurônios. Este efeito é bloqueado por nedocromil, sugerindo que UGN atua pelo aumento de atividade de canais de cloreto. <![CDATA[Seasonal variation of energy reserves and reproduction in neotropical free-tailed bats <italic>Molossus molossus</italic> (Chiroptera: Molossidae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300629&lng=en&nrm=iso&tlng=en Seasonal variation is a key factor regulating energy metabolism and reproduction in several mammals, including bats. This study aimed to track seasonal changes in the energy reserves of the insectivorous bat Molossus molossus associated with its reproductive cycle. Adult males were collected during the four neotropical annual seasons in Viçosa - MG, Brazil. Blood and tissues were collected for metabolic analysis and testes were removed for histology and morphometry. Our results show that liver and breast muscle glycogen concentrations were significantly lower in winter. The adiposity index was significantly higher in the fall compared to winter and spring. Seminiferous tubules were greater in diameter in animals captured in fall and winter, indicating a higher investment in spermatic production during these seasons. The percentage of Leydig cells was higher in summer compared to fall and winter. We suggest that M. molossus presents a type of seasonal reproduction with two peaks of testicular activity: one in fall, with higher sperm production (spermatogenesis), and another in summer, with higher hormone production (steroidogenesis). The metabolic pattern may be associated with reproductive events, especially due to the highest fat storage observed in the fall, which coincides with the further development of the seminiferous tubules.<hr/>A variação sazonal é um fator chave na regulação do metabolismo energético e da reprodução em vários mamíferos, incluindo os morcegos. O objetivo deste estudo foi avaliar as reservas energéticas do morcego insetívoro Molossus molossus ao longo das estações anuais associadas ao seu ciclo reprodutivo. Foram coletados machos adultos durante as quatro estações anuais na cidade de Viçosa - MG, Brasil. Para as análises metabólicas foram coletados tecidos e sangue, e os testículos foram removidos para análises histológicas e morfométricas. Os resultados mostram que as concentrações de glicogênio no fígado e músculo peitoral foram significativamente menores no inverno. O índice adiposo foi significativamente maior no outono em relação ao inverno e primavera. Os túbulos seminíferos apresentaram maiores diâmetros nos animais coletados no outono e inverno, indicando um maior investimento na produção espermática durante estas estações. A porcentagem de células de Leydig foi maior no verão em comparação com outono e inverno. Sugere-se que M. molossus apresenta um tipo de reprodução sazonal com dois picos de atividade testicular: uma no outono, com maior produção de espermatozóides (espermatogênese), e outra no verão, com maior produção de hormônio (esteroidogênese). O padrão metabólico pode estar associado a eventos reprodutivos, especialmente devido ao maior armazenamento de gordura observado no outono, que coincide com o desenvolvimento dos túbulos seminíferos. <![CDATA[Scale morphology of <italic>Prochilodus lineatus</italic> with emphasis on the scale epithelium]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300637&lng=en&nrm=iso&tlng=en The fish body is entirely covered by a thin, smooth and glandular epidermis, closely attached to the scales inserted on the dermis. The descriptive work on this tissue dates to twenty or thirty years ago, bears very little photographic record and does not focus on the scale epithelium, despite the fact that it is in direct contact with the environment. Thereupon, the present study characterizes the scale epithelium of Prochilodus lineatus, a robust species of fish. The observations show that the scale is completely covered by epithelium thicker on the proximal end of the scale, multilayered on the dorsal surface and undifferentiated on the ventral surface, and covered by mucous producing cells, mostly acid mucous. The scale is formed by plywood-like collagen matrix of collagen type III and supported by a network of elastic fibers on the ventral face. Differentiated cellular types are present, such as club cells, considered to be responsible for the release of alarm substances, which suggests possible use in environmental assessment as a non-invasive technique.<hr/>O corpo dos peixes é inteiramente coberto por uma epiderme fina, lisa e grandular intimamente aposta às escamas inseridas na derme. Os trabalhos descritivos sobre este assunto datam de vinte ou trinta anos atrás e possuem pouco registro fotográfico, além de não se focarem no epitélio da escama, apesar do fato de este estar em contato direto com o ambiente. Portanto, o presente estudo pretende caracterizar o epitélio das escamas de Prohilodus lineatus, uma espécie de peixe robusto. As observações mostram que a escama é completamente recoberta por epitélio, mais grosso na extremidade proximal da escama, estratificado na superfície dorsal, indiferenciado na superfície ventral e coberto por células mucosas, principalmente de muco de ácido. A escama é formada por uma matriz de colágeno de estrutura semelhante a madeira compensada de colágeno tipo III e se apóia em uma rede de fibras elásticas na superfície ventral. Tipos celulares diferenciados são presentes, como células “club”, consideradas responsáveis pela liberação de substâncias de alarme, o que sugere possível uso como técnica não invasiva para monitoramento ambiental. <![CDATA[Endoparasites infecting the semiaquatic coral snake <italic>Micrurus surinamensis</italic> (Squamata: Elapidae) in the southern amazonian region, Mato Grosso state, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300645&lng=en&nrm=iso&tlng=en A parasitological survey was conducted in specimens of the semiaquatic coral snake Micrurus surinamensis, a poorly known South American elapid. Four specimens collected at the southern Amazon region in the Brazilian state of Mato Grosso were analyzed for endoparasites. Three parasite species were recovered from the snake hosts: the pentastomid Sebekia oxycephala, the nematode Physaloptera sp. and the trematode Opisthogonimus lecithonotus. This represents new locality and host record for S. oxycephala and O. lecithonotus.<hr/>Um estudo parasitológico foi conduzido em espécimes da cobra coral semiaquática Micrurus surinamensis, espécie de elapídeo sulamericano pouco conhecida. Quatro exemplares coletados na região sul da Amazônia, no norte do estado de Mato Grosso foram analisados quanto a presença de endoparasitas. Três espécies de parasitas foram encontradas: o pentastomídeo Sebekia oxycephala, o nematódeo Physaloptera sp. e o trematódeo Opisthogonimus lecithonotus. Isso representa novo registro de localidade e hospedeiro para S. oxycephala e O. lecithonotus. <![CDATA[Morphoanatomy of the flower of <italic>Syagrus inajai</italic> (SPRUCE) Becc. (Arecaceae- Arecoideae- Attaleinae), Amazon]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300649&lng=en&nrm=iso&tlng=en The occurrence of Syagrus inajai (Spruce) Becc., popularly known as pupunha palm, among other names, has been registered in the Guianas and in the North of Brazil in areas of terra firme (non-flooding) and gallery forests. In order to characterize the inflorescence and further knowledge of this family, a morphoanatomical study was carried out of the palm S. inajai in a green area of the Campus of the Federal University of Amazonas - UFAM, Manaus, Amazonas. The inflorescences are branched to one order, pedunculate, and interfoliar, measuring 62-82 cm in length, with woody bracts with longitudinal grooves on the external surface, and flowers in triads. The number of flowers to each inflorescence varies from 5,904 to 17,316 for staminate flowers, and from 180 to 3,528 for pistillate flowers. Staminate flowers with six anthers and one vascular bundle each; three-lobed pistillodium, vascularized pistillodium. Its pistillate flowers have six staminodia joined to form a circle, syncarpic, tricarpellary, trilocular gynoecium, one ovule to each locule, synascidiate in the ovary, and plicated above. Tripartite stigma, apical and sessile, with epidermis composed of elongated papillary cells, pattern of epidermis that is maintained throughout the stylar canal. Bitegmented, anatrope, pachychalazal ovule.<hr/>Syagrus inajai (Spruce) Becc., popularmente conhecida como pupunha-brava entre outras denominações, teve sua ocorrência registrada para Guianas e no norte do Brasil em áreas de floresta de terra firme e floresta de galeria. Com o intuito de caracterizar a inflorescência ampliando o conhecimento a respeito da família foi realizado o estudo morfoanatômico da palmeira S. inajai, em área verde do Campus da Universidade Federal do Amazonas - UFAM, Manaus, Amazonas. A inflorescência é ramificada em primeira ordem, pedunculada, interfoliar com 62-82 cm de comprimento, bráctea lenhosa com fissuras longitudinais na superfície externa e flores em tríades. O número de flores por inflorescência varia entre 5.904 - 17.316 para flores estaminadas e 180 - 3.528 para as flores pistiladas. Flores estaminadas com seis anteras e um feixe vascular cada; pistilódio trífido e vascularizado. Flores pistiladas com seis estaminódios unidos formando um círculo. Gineceu sincárpico, tricarpelar, trilocular, um óvulo por lóculo, sinascidiado no ovário e plicado acima. Estigma tripartido, apical e séssil, com epiderme composta por células papilosas alongadas, padrão de epiderme que se mantem por todo canal estilar. Óvulo é anátropo, paquicalazal e bitegumentado. <![CDATA[Morphological and morphometric studies of the antennal sensilla from two populations of <italic>Atta robusta</italic> (Borgmeier 1939) (Hymenoptera: Formicidae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300663&lng=en&nrm=iso&tlng=en The ant Atta robusta is endemic to the “restinga” ecosystems where it has an important role in the dynamics of seed dispersal. Despite its importance, A. robusta is considered a threatened species. In this study we analyzed the antennal sensory organs of two different populations of A. robusta (from the cities of São Mateus and Maricá in in Espírito Santo and Rio de Janeiro States, respectively) using a scanning electron microscope (SEM). SEM revealed different types of sensilla in the A. robusta antennae, i.e., curved and straight trichoid, basiconic, ampullacea and coeloconic, which were highly abundant found in the distal flagellomeres (F) compared with other antenna regions. There were differences in samples collected from two locations in terms of the sensilla number and length. The average numbers of straight and curved trichoid sensillae numbers were different in F9 and F8, respectively, while the average length of the curved trichoid sensilla was only different in F9. These variations in sensory organs between two populations of A. robusta may indicate an adaptation of this species to different environmental conditions. The number of straight trichoid sensilla was only significantly different in F9.<hr/>Atta robusta é uma espécie de formiga endêmica, com papel importante na dinâmica dos ecossistemas de restinga. Apesar de sua importância como dispersora de sementes nesse tipo de ecossistema, essa espécie encontra-se ameçada de extinção. O presente trabalho lançou mão da microscopia eletrônica de varredura (MEV) para descrever as sensilas antenais de A. robusta e investigar diferenças entre sensilas antenais dessa espécie em indivíduos coletados em localidades diferentes, nos municípios de São Mateus (Estado do Espírito Santo) e Maricá (Estado do Rio de Janeiro). Diferentes tipos de sensilas como tricoideas retas e curvadas, basicônicas, ampuláceas e celocônicas foram encontradas nas antenas, sendo que todas são mais numerosas no flagelomero nove (F9) ou mais distal. Houve diferença em número e em comprimento das sensilas tricoideas retas e curvatas em F8 e F9 entre os indivíduos das duas localidades. Os números médios das sensilas tricoides retas e curvadas foram diferentes para os F9 e F8, respectivamente, enquanto que o comprimento médio das sensilas tricoides curvadas foi diferente para o F9. Essa variação na quantidade de sensilas antenais entre as populações é, possivelmente, uma plasticidade fenotípica, característica importante para a adaptação de espécies a variações ambientais. Esse trabalho representa um estudo preliminar na tentativa de se estudar a variação nos órgãos sensoriais entre diferentes populações de A. robusta. <![CDATA[Synanthropic characteristics of the cattle egret <italic>Bubulcus ibis</italic> (Linnaeus, 1758) in the Brazilian semiarid]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300669&lng=en&nrm=iso&tlng=en The ant Atta robusta is endemic to the “restinga” ecosystems where it has an important role in the dynamics of seed dispersal. Despite its importance, A. robusta is considered a threatened species. In this study we analyzed the antennal sensory organs of two different populations of A. robusta (from the cities of São Mateus and Maricá in in Espírito Santo and Rio de Janeiro States, respectively) using a scanning electron microscope (SEM). SEM revealed different types of sensilla in the A. robusta antennae, i.e., curved and straight trichoid, basiconic, ampullacea and coeloconic, which were highly abundant found in the distal flagellomeres (F) compared with other antenna regions. There were differences in samples collected from two locations in terms of the sensilla number and length. The average numbers of straight and curved trichoid sensillae numbers were different in F9 and F8, respectively, while the average length of the curved trichoid sensilla was only different in F9. These variations in sensory organs between two populations of A. robusta may indicate an adaptation of this species to different environmental conditions. The number of straight trichoid sensilla was only significantly different in F9.<hr/>Atta robusta é uma espécie de formiga endêmica, com papel importante na dinâmica dos ecossistemas de restinga. Apesar de sua importância como dispersora de sementes nesse tipo de ecossistema, essa espécie encontra-se ameçada de extinção. O presente trabalho lançou mão da microscopia eletrônica de varredura (MEV) para descrever as sensilas antenais de A. robusta e investigar diferenças entre sensilas antenais dessa espécie em indivíduos coletados em localidades diferentes, nos municípios de São Mateus (Estado do Espírito Santo) e Maricá (Estado do Rio de Janeiro). Diferentes tipos de sensilas como tricoideas retas e curvadas, basicônicas, ampuláceas e celocônicas foram encontradas nas antenas, sendo que todas são mais numerosas no flagelomero nove (F9) ou mais distal. Houve diferença em número e em comprimento das sensilas tricoideas retas e curvatas em F8 e F9 entre os indivíduos das duas localidades. Os números médios das sensilas tricoides retas e curvadas foram diferentes para os F9 e F8, respectivamente, enquanto que o comprimento médio das sensilas tricoides curvadas foi diferente para o F9. Essa variação na quantidade de sensilas antenais entre as populações é, possivelmente, uma plasticidade fenotípica, característica importante para a adaptação de espécies a variações ambientais. Esse trabalho representa um estudo preliminar na tentativa de se estudar a variação nos órgãos sensoriais entre diferentes populações de A. robusta. <![CDATA[First records of melanistic <italic>Euglossa</italic> (Hymenoptera: Apidae): evolutionary implications]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300671&lng=en&nrm=iso&tlng=en The ant Atta robusta is endemic to the “restinga” ecosystems where it has an important role in the dynamics of seed dispersal. Despite its importance, A. robusta is considered a threatened species. In this study we analyzed the antennal sensory organs of two different populations of A. robusta (from the cities of São Mateus and Maricá in in Espírito Santo and Rio de Janeiro States, respectively) using a scanning electron microscope (SEM). SEM revealed different types of sensilla in the A. robusta antennae, i.e., curved and straight trichoid, basiconic, ampullacea and coeloconic, which were highly abundant found in the distal flagellomeres (F) compared with other antenna regions. There were differences in samples collected from two locations in terms of the sensilla number and length. The average numbers of straight and curved trichoid sensillae numbers were different in F9 and F8, respectively, while the average length of the curved trichoid sensilla was only different in F9. These variations in sensory organs between two populations of A. robusta may indicate an adaptation of this species to different environmental conditions. The number of straight trichoid sensilla was only significantly different in F9.<hr/>Atta robusta é uma espécie de formiga endêmica, com papel importante na dinâmica dos ecossistemas de restinga. Apesar de sua importância como dispersora de sementes nesse tipo de ecossistema, essa espécie encontra-se ameçada de extinção. O presente trabalho lançou mão da microscopia eletrônica de varredura (MEV) para descrever as sensilas antenais de A. robusta e investigar diferenças entre sensilas antenais dessa espécie em indivíduos coletados em localidades diferentes, nos municípios de São Mateus (Estado do Espírito Santo) e Maricá (Estado do Rio de Janeiro). Diferentes tipos de sensilas como tricoideas retas e curvadas, basicônicas, ampuláceas e celocônicas foram encontradas nas antenas, sendo que todas são mais numerosas no flagelomero nove (F9) ou mais distal. Houve diferença em número e em comprimento das sensilas tricoideas retas e curvatas em F8 e F9 entre os indivíduos das duas localidades. Os números médios das sensilas tricoides retas e curvadas foram diferentes para os F9 e F8, respectivamente, enquanto que o comprimento médio das sensilas tricoides curvadas foi diferente para o F9. Essa variação na quantidade de sensilas antenais entre as populações é, possivelmente, uma plasticidade fenotípica, característica importante para a adaptação de espécies a variações ambientais. Esse trabalho representa um estudo preliminar na tentativa de se estudar a variação nos órgãos sensoriais entre diferentes populações de A. robusta. <![CDATA[Rhinonyssidae (Acari: Gamasida) in Ardeidae (Aves: Pelicaniformes) in Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300673&lng=en&nrm=iso&tlng=en The ant Atta robusta is endemic to the “restinga” ecosystems where it has an important role in the dynamics of seed dispersal. Despite its importance, A. robusta is considered a threatened species. In this study we analyzed the antennal sensory organs of two different populations of A. robusta (from the cities of São Mateus and Maricá in in Espírito Santo and Rio de Janeiro States, respectively) using a scanning electron microscope (SEM). SEM revealed different types of sensilla in the A. robusta antennae, i.e., curved and straight trichoid, basiconic, ampullacea and coeloconic, which were highly abundant found in the distal flagellomeres (F) compared with other antenna regions. There were differences in samples collected from two locations in terms of the sensilla number and length. The average numbers of straight and curved trichoid sensillae numbers were different in F9 and F8, respectively, while the average length of the curved trichoid sensilla was only different in F9. These variations in sensory organs between two populations of A. robusta may indicate an adaptation of this species to different environmental conditions. The number of straight trichoid sensilla was only significantly different in F9.<hr/>Atta robusta é uma espécie de formiga endêmica, com papel importante na dinâmica dos ecossistemas de restinga. Apesar de sua importância como dispersora de sementes nesse tipo de ecossistema, essa espécie encontra-se ameçada de extinção. O presente trabalho lançou mão da microscopia eletrônica de varredura (MEV) para descrever as sensilas antenais de A. robusta e investigar diferenças entre sensilas antenais dessa espécie em indivíduos coletados em localidades diferentes, nos municípios de São Mateus (Estado do Espírito Santo) e Maricá (Estado do Rio de Janeiro). Diferentes tipos de sensilas como tricoideas retas e curvadas, basicônicas, ampuláceas e celocônicas foram encontradas nas antenas, sendo que todas são mais numerosas no flagelomero nove (F9) ou mais distal. Houve diferença em número e em comprimento das sensilas tricoideas retas e curvatas em F8 e F9 entre os indivíduos das duas localidades. Os números médios das sensilas tricoides retas e curvadas foram diferentes para os F9 e F8, respectivamente, enquanto que o comprimento médio das sensilas tricoides curvadas foi diferente para o F9. Essa variação na quantidade de sensilas antenais entre as populações é, possivelmente, uma plasticidade fenotípica, característica importante para a adaptação de espécies a variações ambientais. Esse trabalho representa um estudo preliminar na tentativa de se estudar a variação nos órgãos sensoriais entre diferentes populações de A. robusta. <![CDATA[Report of <italic>Carettacola stunkardi</italic> (Martin & Bamberger, 1952) Dailey, Fast & Balazs, 1991 (Digenea: Spirorchiidae) infecting Green Turtle <italic>Chelonia mydas</italic> Linnaeus, 1758 (Testudines, Cheloniidae) in Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300675&lng=en&nrm=iso&tlng=en The ant Atta robusta is endemic to the “restinga” ecosystems where it has an important role in the dynamics of seed dispersal. Despite its importance, A. robusta is considered a threatened species. In this study we analyzed the antennal sensory organs of two different populations of A. robusta (from the cities of São Mateus and Maricá in in Espírito Santo and Rio de Janeiro States, respectively) using a scanning electron microscope (SEM). SEM revealed different types of sensilla in the A. robusta antennae, i.e., curved and straight trichoid, basiconic, ampullacea and coeloconic, which were highly abundant found in the distal flagellomeres (F) compared with other antenna regions. There were differences in samples collected from two locations in terms of the sensilla number and length. The average numbers of straight and curved trichoid sensillae numbers were different in F9 and F8, respectively, while the average length of the curved trichoid sensilla was only different in F9. These variations in sensory organs between two populations of A. robusta may indicate an adaptation of this species to different environmental conditions. The number of straight trichoid sensilla was only significantly different in F9.<hr/>Atta robusta é uma espécie de formiga endêmica, com papel importante na dinâmica dos ecossistemas de restinga. Apesar de sua importância como dispersora de sementes nesse tipo de ecossistema, essa espécie encontra-se ameçada de extinção. O presente trabalho lançou mão da microscopia eletrônica de varredura (MEV) para descrever as sensilas antenais de A. robusta e investigar diferenças entre sensilas antenais dessa espécie em indivíduos coletados em localidades diferentes, nos municípios de São Mateus (Estado do Espírito Santo) e Maricá (Estado do Rio de Janeiro). Diferentes tipos de sensilas como tricoideas retas e curvadas, basicônicas, ampuláceas e celocônicas foram encontradas nas antenas, sendo que todas são mais numerosas no flagelomero nove (F9) ou mais distal. Houve diferença em número e em comprimento das sensilas tricoideas retas e curvatas em F8 e F9 entre os indivíduos das duas localidades. Os números médios das sensilas tricoides retas e curvadas foram diferentes para os F9 e F8, respectivamente, enquanto que o comprimento médio das sensilas tricoides curvadas foi diferente para o F9. Essa variação na quantidade de sensilas antenais entre as populações é, possivelmente, uma plasticidade fenotípica, característica importante para a adaptação de espécies a variações ambientais. Esse trabalho representa um estudo preliminar na tentativa de se estudar a variação nos órgãos sensoriais entre diferentes populações de A. robusta. <![CDATA[<italic>Trigona pallens</italic> (Fabricius, 1798)(Hymenoptera: Apidae) strongly attracted to vanillin in northeastern Peru]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300677&lng=en&nrm=iso&tlng=en The ant Atta robusta is endemic to the “restinga” ecosystems where it has an important role in the dynamics of seed dispersal. Despite its importance, A. robusta is considered a threatened species. In this study we analyzed the antennal sensory organs of two different populations of A. robusta (from the cities of São Mateus and Maricá in in Espírito Santo and Rio de Janeiro States, respectively) using a scanning electron microscope (SEM). SEM revealed different types of sensilla in the A. robusta antennae, i.e., curved and straight trichoid, basiconic, ampullacea and coeloconic, which were highly abundant found in the distal flagellomeres (F) compared with other antenna regions. There were differences in samples collected from two locations in terms of the sensilla number and length. The average numbers of straight and curved trichoid sensillae numbers were different in F9 and F8, respectively, while the average length of the curved trichoid sensilla was only different in F9. These variations in sensory organs between two populations of A. robusta may indicate an adaptation of this species to different environmental conditions. The number of straight trichoid sensilla was only significantly different in F9.<hr/>Atta robusta é uma espécie de formiga endêmica, com papel importante na dinâmica dos ecossistemas de restinga. Apesar de sua importância como dispersora de sementes nesse tipo de ecossistema, essa espécie encontra-se ameçada de extinção. O presente trabalho lançou mão da microscopia eletrônica de varredura (MEV) para descrever as sensilas antenais de A. robusta e investigar diferenças entre sensilas antenais dessa espécie em indivíduos coletados em localidades diferentes, nos municípios de São Mateus (Estado do Espírito Santo) e Maricá (Estado do Rio de Janeiro). Diferentes tipos de sensilas como tricoideas retas e curvadas, basicônicas, ampuláceas e celocônicas foram encontradas nas antenas, sendo que todas são mais numerosas no flagelomero nove (F9) ou mais distal. Houve diferença em número e em comprimento das sensilas tricoideas retas e curvatas em F8 e F9 entre os indivíduos das duas localidades. Os números médios das sensilas tricoides retas e curvadas foram diferentes para os F9 e F8, respectivamente, enquanto que o comprimento médio das sensilas tricoides curvadas foi diferente para o F9. Essa variação na quantidade de sensilas antenais entre as populações é, possivelmente, uma plasticidade fenotípica, característica importante para a adaptação de espécies a variações ambientais. Esse trabalho representa um estudo preliminar na tentativa de se estudar a variação nos órgãos sensoriais entre diferentes populações de A. robusta. <![CDATA[Sound production in four species of the Loricariidae family]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842013000300679&lng=en&nrm=iso&tlng=en The ant Atta robusta is endemic to the “restinga” ecosystems where it has an important role in the dynamics of seed dispersal. Despite its importance, A. robusta is considered a threatened species. In this study we analyzed the antennal sensory organs of two different populations of A. robusta (from the cities of São Mateus and Maricá in in Espírito Santo and Rio de Janeiro States, respectively) using a scanning electron microscope (SEM). SEM revealed different types of sensilla in the A. robusta antennae, i.e., curved and straight trichoid, basiconic, ampullacea and coeloconic, which were highly abundant found in the distal flagellomeres (F) compared with other antenna regions. There were differences in samples collected from two locations in terms of the sensilla number and length. The average numbers of straight and curved trichoid sensillae numbers were different in F9 and F8, respectively, while the average length of the curved trichoid sensilla was only different in F9. These variations in sensory organs between two populations of A. robusta may indicate an adaptation of this species to different environmental conditions. The number of straight trichoid sensilla was only significantly different in F9.<hr/>Atta robusta é uma espécie de formiga endêmica, com papel importante na dinâmica dos ecossistemas de restinga. Apesar de sua importância como dispersora de sementes nesse tipo de ecossistema, essa espécie encontra-se ameçada de extinção. O presente trabalho lançou mão da microscopia eletrônica de varredura (MEV) para descrever as sensilas antenais de A. robusta e investigar diferenças entre sensilas antenais dessa espécie em indivíduos coletados em localidades diferentes, nos municípios de São Mateus (Estado do Espírito Santo) e Maricá (Estado do Rio de Janeiro). Diferentes tipos de sensilas como tricoideas retas e curvadas, basicônicas, ampuláceas e celocônicas foram encontradas nas antenas, sendo que todas são mais numerosas no flagelomero nove (F9) ou mais distal. Houve diferença em número e em comprimento das sensilas tricoideas retas e curvatas em F8 e F9 entre os indivíduos das duas localidades. Os números médios das sensilas tricoides retas e curvadas foram diferentes para os F9 e F8, respectivamente, enquanto que o comprimento médio das sensilas tricoides curvadas foi diferente para o F9. Essa variação na quantidade de sensilas antenais entre as populações é, possivelmente, uma plasticidade fenotípica, característica importante para a adaptação de espécies a variações ambientais. Esse trabalho representa um estudo preliminar na tentativa de se estudar a variação nos órgãos sensoriais entre diferentes populações de A. robusta.