Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Biology]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1519-698420140001&lang=en vol. 74 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[EDITORIAL NOTE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Local distribution and abundance of <em>Cardisoma guanhumi</em> Latreille, 1928 (Brachyura: Gecarcinidae) in southern Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en The blue land crab, Cardisoma guanhumi Latreille, 1828 (Brachyura: Gecarcinidae) is officially included in the list of over-exploited species in Brazil, although still abundantly found in the state of Santa Catarina, the southern limit of its distribution. This species was found in forested areas, gardens, and grassy areas, including crabs with carapace width larger than 80mm. The existence of this population with these characteristics is surprising, since there is only one official record of the species in the southern region. The objectives of this study are to estimate the abundance and occupation patterns of C. guanhumi in this region. Correlations with conservation were discussed. The absolute abundance of crabs in the middle of summer activity was established for an area of 100,000 m2. A smaller area was mapped and divided into sampling units for statistical analyses. We distributed approximately 240 crabs in a forested area of about 3,000 m2 and 150 crabs in grassy areas (90,000 m2). The statistical test of Kruskal-Wallis test showed that there are significant differences between the sizes of the openings of the galleries inside the forest and that located in grassy areas. In the forest, the openings tend to be much larger. Burrows were found at a distance of 150 metres from the channel. The number of galleries was higher in the forested area, although the burrows were more densely grouped in grassy areas. Although C. guanhumi seems to be adjusting well to changes caused by human occupation, small forested areas are more conducive to growth and conservation of this species.<hr/>O Guaiamum, Cardisoma guanhumi Latreille, 1828 (Brachyura: Gecarcinidae) é uma espécie oficialmente inclusa na lista de espécies sobre-explotadas no Brasil, ainda encontrada em abundância no Estado de Santa Catarina, seu limite austral de distribuição. Esta espécie foi encontrada tanto em áreas florestais quanto em jardins e áreas abertas, sendo comuns caranguejos de grande porte (largura da carapaça &gt; 80mm). A existência dessa população com tais características surpreende, pois há apenas um registro oficial da espécie na região sul. Os objetivos deste estudo é estimar a abundância desta espécie na região, inferir padrões de distribuição relacionados ao tipo de ecossistema e ao tamanho das aberturas de toca. Essas informações foram relacionadas à conservação desta população. A abundância absoluta de caranguejos em atividade no meio do verão foi estabelecida para uma área de 100.000 m2. Uma área menor foi mapeada e dividida em unidades amostrais, utilizadas para análises estatísticas. Contamos aproximadamente 240 caranguejos distribuídos em uma área de floresta de aproximadamente 3.000 m2 e 150 caranguejos em áreas abertas equivalentes a 90.000 m2. O teste estatístico de Kruskal-Wallis evidenciou que há diferenças significativas entre os tamanhos das aberturas das galerias no interior da floresta em relação às localizadas em áreas abertas. Na floresta, as aberturas tendem a ser muito maiores. Foram encontradas tocas a uma distância de 150 metros do canal. O número de galerias foi maior na área florestada, embora as tocas sejam mais densamente agrupadas em áreas abertas. Embora C. guanhumi pareça estar se adaptando bem as mudanças provocadas pela ocupação humana, as pequenas áreas florestadas são mais propícias para o crescimento e a conservação desta espécie. <![CDATA[Inland water microcrustacean assemblages in an altitudinal gradient in Aysen region (46° S, Patagonia Chile)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en The Chilean Patagonia has numerous kinds of inland water ecosystems such as lakes, ponds, wetlands and rivers that have been poorly studied due to access difficulties. This study was carried out in Aysen region, in southern Chile, and it included different kinds of water bodies such as rivers, streams, ponds, lagoons and lakes distributed along an altitudinal gradient at 46° S. It was found a low species number, essentially cladocerans, copepods and amphipods. A null model was applied in order to determine the existence of regulator factors of species associations, and the results revealed that they are not random. The patterns would be influenced by geographical and limnological characteristics of the studied sites. Our results would agree with regional studies on habitat heterogeneity such as in Torres del Paine National Park and other zones in Tierra del Fuego island.<hr/>A Patagônia chilena apresenta numerosos tipos de ecossistemas aquáticos, como lagos, lagoas, pântanos e rios, os quais tem sido pouco estudados devido a dificuldades de acesso. Este estudo foi feito na região de Aysén, no sul do Chile, e inclui diferentes tipos de corpos d'água, tais como rios, córregos, lagos, lagoas e lagos distribuídos ao longo de um gradiente de altitude a 46° S. Constatou-se baixo número de espécies que inclui, essencialmente, cladóceros, copépodos e anfípodos. Um modelo nulo foi aplicado para determinar a existência de fatores reguladores das associações de espécies os resultados indicam que estes não são aleatórios. Os padrões poderiam ser influenciados pelas características geográficas e limnológicas do locais estudados. Os resultados expostos concordariam com estudos regionais sobre com habitats heterogeneidade como Torres del Paine Parque Nacional e outras zonas na ilha de Tierra del Fuego. <![CDATA[The orchid-bee faunas (Hymenoptera: Apidae) of ?Reserva Ecológica Michelin?, ?RPPN Serra Bonita? and one Atlantic Forest remnant in the state of Bahia, Brazil, with new geographic records]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en The orchid bee faunas of two private natural preserves, ‘Reserva Particular do Patrimônio Natural da Serra Bonita’ (RSB) and ‘Reserva Ecológica Michelin’ (REM), and a forest fragment inside the campus of the ‘Universidade Estadual de Santa Cruz’, were surveyed for the first time. All three areas constitute Atlantic Forest remnants in the southern portion of the state of Bahia, Brazil. A total of 1,782 males belonging to 32 species were actively collected with insect nets during 90 hours of field work from November, 2009, to January, 2012. Euglossa cyanochlora Moure, 1996—one of the rarest orchid bee species—was found at RSB and REM, the latter representing the northernmost record for this species. Euglossa cognata, Moure, 1970 was found at RSB, the northernmost record for this species in the Atlantic Forest and the only recent record for this species at the northern border of Jequitinhonha river.<hr/>As faunas de abelhas-das-orquídeas de duas áreas florestais privadas, a Reserva Particular do Patrimônio Natural da Serra Bonita (RSB) e a Reserva Ecológica Michelin (REM), e de um remanescente florestal na área do campus da Universidade Estadual de Santa Cruz, foram amostradas pela primeira vez. Um total de 1.782 machos pertencentes a 32 espécies foi coletado com o auxílio de redes entomológicas durante 90 horas de esforço amostral entre Novembro de 2009 e Janeiro de 2012. Euglossa cyanochlora Moure, 1996—uma das espécies mais raras de Euglossina—foi coletada na RSB e na REM, esse último local representando o registro mais ao norte dessa espécie. Euglossa cognata, Moure, 1970 foi coletada na RSB, sendo esse o registro mais ao norte dessa espécie na Mata Atlântica e, também, o único registro recente da espécie ao norte do rio Jequitinhonha. <![CDATA[Effects of <em>Cylindrospermopsis raciborskii</em> strains (Woloszynska, 1912) Senayya & Subba Raju on the mobility of <em>Daphnia laevis</em> (Cladocera, Daphniidae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Cylindrospermopsis raciborskii is a cyanobacterium distributed worldwide that is known to produce cyanotoxins. Some of the Brazilian strains can produce saxitoxins (STXs), which are classified as neurotoxins and can paralyze cladocerans .Daphnia laevis is a cladoceran with a wide distribution in the Americas and has been studied as a possible test-organism in toxicity bioassays. The present work tested the acute effect on D laevis mobility when fed a saxitoxin-producing (STX and neoSTX) C. raciborskii strain, CYRF-01, and compared the results with the effects of a non-toxic strain (NPCS-1). Neonates (6-24 hours after birth) were exposed to concentrations of C. raciborskii varying from 102 to 106 cells·mL–1 of each strain for up to three hours. The cladocerans were then transferred to a medium without toxic filaments for 24 hours. Only the organisms exposed to the STX-producing strain showed signs of the immobilization of swimming movements, confirming the effects of the toxins. There was a linear correlation between the time required to induce stopping the swimming movement, with a shorter time to needed to induce immobilization at a higher the concentration; this correlation was inverse to the time required to recover the swimming movements (longer at higher concentrations, p &lt; 0.1). D. laevis is a tropical and subtropical species with great potential for use in toxicity tests for the detection of STXs, despite being native to and found in a great array of freshwater bodies. This is the first assay testing STX-producing and non-producing C. raciborskii strains on D. laevis, species that are both found in Brazilian ecosystems.<hr/>Cylindrospermopsis raciborskii é uma espécie de cianobactéria, difundida mundialmente, conhecida como produtora de cianotoxinas. Algumas linhagens brasileiras são conhecidas como produtoras de saxitoxinas (STXs), as quais são classificadas como neurotoxinas e podem induzir a paralização dos movimentos natatórios em cladóceros. Daphnia laevis é um cladócero de ampla distribuição nas Américas e tem sido estudado como um organismo teste para uso em ensaios de toxicidade. Neste sentido, o presente trabalho avaliou os efeitos agudos de C. raciborskii, de uma cepa produtora de STXs (STX e neoSTX) - CYRF-01 e outra não produtora de cianotoxinas (NPCS-1) sobre a mobilidade de D. laevis. Para tanto, neonatas entre 6-24 horas de idade foram submetidas a concentrações de C. raciborskii variando de 102 a 106 céls.mL–1 de ambas as cepas, por um período de 3 horas, e transferidos posteriormente para um meio isento de filamentos tóxicos por 24horas. Apenas os organismos expostos à cepa produtora de STXs apresentaram paralisia dos movimentos natatórios, confirmando o efeito da cianotoxina. Houve uma correlação linear entre o tempo de paralização e as concentrações, isto é, nas concentrações mais altas, os organismos paralisaram num curto período de tempo, e conseqüentemente, levaram mais tempo para se recuperar (p &lt; 0,1). D.laevis é uma espécie de região tropical e subtropical com potencial uso em bioensaios para detecção de STXs. Trata-se dos primeiros relatos acerca da resposta de D.laevis quando submetida às cepas de C. raciborskii produtora e não produtora de STXs, ambas isoladas de ecossistemas brasileiros. <![CDATA[Frugivory and seed dispersal by birds in <em>Cereus jamacaru</em> DC. ssp. <em>jamacaru</em> (Cactaceae) in the Caatinga of Northeastern Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Studies of the dispersal modes of plants aid our understanding of the dynamics of resource and its availability for dispersal agents. The present work sought to characterize the fruiting patterns of the native Caatinga (dryland) cactus Cereus jamacaru, identify its principal dispersers, and evaluate the effects of seed passage through digestive tract of dispersers on its germination. Cereus jamacaru present an annual fruiting pattern and fruiting peaks occurred during June/2009 and February/2010. A total of 135 visits by nine species of resident Caatinga bird species were recorded. The most frequent visiting bird species were Paroaria dominicana and Euphonia chlorotica. Length of bird visits varied from 15 seconds to 4 minutes and seeds removed by birds travelled 10.6 ± 11.2 m until dispersers make the first landing perch, in some cases more than 40 meters away. Germination tests show birds had a high quantity of viable seeds of C. jamacaru in its feces. Seeds that passed through the digestive tract of birds showed a similar germinability of the seeds of the control group. However, the seeds dispersed by birds showed lowest mean germination time related to the control group seeds. This study highlights the potential role of birds as seed dispersers of C. jamacaru, swallowing the whole seeds and defecating intact seeds, accelerating the germination process and transporting seeds away from the mother plant.<hr/>Estudos do modo de dispersão das espécies vegetais permitem o entendimento da dinâmica dos recursos e sua disponibilidade para os dispersores. O objetivo deste trabalho foi caracterizar o padrão de frutificação de Cereus jamacaru, uma espécie nativa da Caatinga, identificar os seus principais dispersores e avaliar o efeito da passagem das sementes pelo trato digestivo destes animais sobre sua germinação. Cereus jamacaru apresentou um padrão de frutificação anual, com pico de frutificação nos meses de Junho/2009 e Fevereiro/2010. No total foram registradas 135 visitas de nove espécies de aves frugívoras da Caatinga, sendo os dispersores mais frequentes Paroaria dominicana e Euphonia chlorotica. O tempo de duração das visitas foi curto, variando de 15 segundos a 4 minutos, e a distância média dos voos pós-alimentação foi 10,6 ± 11,2 m da planta-mãe, podendo também alcançar distâncias superiores a 40 metros. Os resultados dos testes de germinação mostraram que as aves apresentam uma alta quantidade de sementes viáveis de C. jamacaru em suas fezes. As sementes que passaram pelo trato digestivo das aves mostraram germinabilidade semelhante aquelas do grupo controle. No entanto, as sementes dispersadas pelas aves apresentaram um menor tempo médio necessário para germinação. Esse estudo destaca o papel das aves como potenciais dispersores de C. jamacaru, eliminando sementes intactas, acelerando o processo de germinação e carregando as sementes para longe da planta mãe. <![CDATA[Ecological interpretations of the leaf anatomy of amphibious species of <em>Aeschynomene</em> L. (Leguminosae - Papilionoideae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en We present the leaf anatomy of seven amphibious species of Aeschynomene L. (Papilionoideae, Leguminosae), interpreting their structures and ecological functions, and also, providing information on which their taxonomy can be based, especially of morphologically similar species. We evaluated Aeschynomene americana, A. ciliata, A. evenia, A. denticulata, A. fluminensis, A. rudis and A. sensitiva. The anatomy corroborates the separation of the series Americanae, Fluminenses, Indicae and Sensitivae, with the shape of the petiole, types of trichomes and quantity of vascular units in the petiole as main characteristics to delimit the species. The petiole shape varies from cylindric in A. americana, A. sensitiva and A. fluminensis, to triangular in A. evenia and quadrangular in A. rudis, A. denticulata and A. ciliata. We observed four types of trichomes: hydathode trichome, long conic trichome, short conic trichome and bulb-based trichome. The hydathode trichome was the most common, except for A. americana and A. fluminensis. Species with higher affinity with water share similar adaptive characteristics, including hydathode trichomes described for the first time for the genus. This article adds unseen descriptions for the genus and on the adaptation factors of the amphibious species.<hr/>Neste trabalho é apresentada a anatomia foliar de sete espécies anfíbias de Aeschynomene L., interpretando estruturas e suas funções ecológicas e fornecendo informações que subsidiam sua taxonomia, principalmente de espécies semelhantes morfologicamente. Foram avaliadas Aeschynomene americana, A. ciliata, A. evenia, A. denticulata, A. fluminensis, A. rudis e A. sensitiva, pertencentes ao grupo Papilionoideae - Leguminosae. A anatomia corrobora a separação das séries Americanae, Fluminenses, Indicae e Sensitivae, sendo o formato do pecíolo, tipos dos tricomas e quantidade de unidades vasculares no pecíolo as principais características para delimitação das espécies de Aeschynomene. O formato do pecíolo variou de cilíndrico para A. americana, A. sensitiva e A. fluminensis, triangular para A. evenia e quadrangular para A. rudis, A. denticulata e A. ciliata. Foram observados quatro tipos de tricomas, são eles: tricoma-hidatódio, tricoma cônico longo, tricoma de base bulbosa e cônico curto. O tricoma-hidatódio foi o mais comum, ausente somente em A. americana e A. fluminensis. Espécies com maior afinidade pela água compartilham características adaptativas similares, incluindo tricoma-hidatódio descrito pela primeira vez para o gênero. Este trabalho acrescenta descrições inéditas para o gênero e sobre fatores adaptativos das espécies anfíbias. <![CDATA[Distribution, management and diversity of yam local varieties in Brazil: a study on <em>Dioscorea alata</em> L.]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Widely spread in the tropics, yams were introduced into Brazil during the colonial period and are currently grown throughout the country. Despite its importance as a pharmacological and food source, there is a lack of studies describing how and where this tuber is grown in Brazil. The aim of this study was to provide an overview of the cultivation and distribution of Dioscorea alata in different Brazilian regions. A total of 63 farmers were visited in different municipalities and communities in four regions in the country: South, Southeast, Northeast and Midwest. Semi-structured interviews were conducted to collect socio-economic, use, management and diversity data for this crop. The majority of interviewers were men, married, with children, using retirement benefits and agriculture as income and family labour as the main support in the yam cultivation. A wide distribution of this species was found, with the occurrence of D. alata in the four sampled regions. A variety of vernacular names for this species was collected, differing according to the region where it is cultivated. Most farmers cultivate yams in fields, however an increased usage of home gardens for the cultivation of this tuber was found. Also, most farmers cultivate yams in association with other crops in areas of different sizes and slash and burn practices, although mostly disappearing, are still being used by many farmers. The results of this study provide more concrete data on the distribution and diversity of this important crop.<hr/>Amplamente difundido nos trópicos, o inhame entrou no Brasil na época da colonização e atualmente é cultivado em todo o país. Apesar de sua importância como cultura alimentícia e farmacológica, são raros os estudos que identifiquem como e onde esse tubérculo está sendo cultivado no Brasil. Este estudo teve como objetivo apresentar um panorama do cultivo e distribuição da espécie Dioscorea alata L. em diversas regiões do Brasil. Para tanto, foram visitados 63 agricultores em diferentes municípios, distribuídos entre o Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste do país. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas, nas quais foram levantados dados socioeconômicos, bem como sobre o uso, manejo e diversidade dessa espécie. A maioria dos entrevistados eram homens casados, com filhos, que possuíam aposentadoria e a agricultura como principais fontes de renda. Constatou-se que a mão-de-obra familiar está bastante envolvida com o cultivo de inhame. Uma ampla distribuição da espécie foi observada, com a ocorrência de D. alata nas quatro regiões amostradas. Grande diversidade de nomes populares foi observada para a espécie neste estudo, com diferenças na nomenclatura popular em função das diferentes regiões onde a mesma é cultivada. A maioria dos agricultores cultiva inhame em roças, no entanto a importância dos quintais foi observada em vários municípios. Verificou-se também que a maioria dos entrevistados cultiva o inhame em consorciação com outras culturas e que a prática do pousio ainda é utilizada por muitos dos agricultores. Os resultados deste estudo permitiram gerar dados mais concretos sobre a distribuição e diversidade desta importante cultura. <![CDATA[Pollination syndromes in a Caatinga plant community in northeastern Brazil: seasonal availability of floral resources in different plant growth habits]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en To describe plant phenological patterns and correlate functioning for the quantity and quality of resources available for the pollinator, it is crucial to understand the temporal dynamics of biological communities. In this way, the pollination syndromes of 46 species with different growth habits (trees, shrubs, herbs, and vines) were examined in an area of Caatinga vegetation, northeastern Brazil (7° 28′ 45″ S and 36° 54′ 18″ W), during two years. Flowering was monitored monthly in all the species, over two years (from January 2003 to December 2004). Pollination syndromes were characterised based on floral traits such as size, colour, morphology, symmetry, floral resources, as well as on direct visual observation of floral visitors on focal plants and published information. We observed differences among the plant growth habits with respect to floral traits, types of resources offered, and floral syndromes. The flowering periods of the species varied among floral syndrome groups. The majority of the melittophilous species flowered during the rainy season in the two study years, while the species of the other pollination syndroms flowered at the end of the dry season. An asynchrony of flowering was noted among the chiropterophilous species, while the phalenophilous group concentrated during the rainy season. The overall availability of floral resources was different during the rainy and the dry seasons, and also it varied among plants with different growth habits. The availability of oil-flowers coincided with the period of low nectar availability. We observed a relationship between the temporal distribution of the pollination syndromes and the availability of floral resources among each growth habits in this tropical ecosystem. Resource allocation in seasonal environments, such as the Caatinga, can function as a strategy for maintaining pollinators, facilitating therefore the reproductive success of plant species. The availability of floral resources during all the year, specially in seasonal environments such as the Caatinga, may function as a strategy to maintain pollinator populations ensuring the reproductive success of the plants.<hr/>Descrever o padrão fenológico das plantas e correlacionar com a quantidade e qualidade dos recursos disponíveis para os polinizadores é fundamental para entender a dinâmica temporal das comunidades biológicas. Neste sentido, foram estudadas as síndromes de polinização de 46 espécies com diferentes hábitos (árvores, arbustos, ervas, trepadeiras) em uma área de caatinga, no Cariri Paraibano no Nordeste do Brasil (7° 28′ 45″ S e 36° 54′ 18″ W) durante dois anos. Para as diferentes espécies foi acompanhado o período de floração, sendo destacada a fase de início e o pico. As síndromes de polinização foram caracterizadas com base nos atributos florais, como tamanho, cor, morfologia, simetria, tipo de recurso, bem como a partir de observações visuais diretas dos visitantes florais em plantas focais e informações de literatura. Foram encontradas diferenças entre os hábitos, relacionadas aos distintos atributos florais, tipo de recurso e síndrome floral. O período de floração das espécies mostrou-se distinto entre os diferentes tipos de síndromes. A maioria das espécies melitófilas floresceu na estação úmida, enquanto as demais no final da estação seca, nos dois anos de estudo. Foi observada assincronia na floração das espécies quiropterófilas e concentração entre as esfingófilas na estação úmida. A disponibilidade de recursos florais apresentou diferenças entre as estações seca e chuvosa, diferindo também entre os hábitos. A oferta de flores de óleo coincidiu com o período de menor disponibilidade de néctar. Foi observada relação entre a distribuição temporal das diferentes síndromes de polinização, juntamente com a disponibilidade dos recursos florais, nos diferentes hábitos para este ecossistema tropical. A alocação de recursos em ambientes sazonais, como a Caatinga estudada, pode funcionar como uma estratégia para manutenção de polinizadores, facilitando, portanto o sucesso reprodutivo das espécies vegetais. <![CDATA[The climatic rhythm and blooms of cyanobacteria in a tropical reservoir in São Paulo, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en The present study sought to develop a methodology to analyse water quality based on the concepts and methods of climate and climatology. Accordingly, we attempted to relate hydro- and limnometeorological techniques and methodologies to a rhythmic analysis technique developed within the context of the Brazilian geographical climatology. Our goal was to assess and analyse cyanobacterial blooms, the main index of water quality for the reservoirs of the “Alto Tietê” Basin and, consequently, the Metropolitan Region of São Paulo, an area of high environmental complexity due to its high degree of development and high population density. The meteorological data used were collected by the Institute of Astronomy, Geophysics and Atmospheric Sciences at the University of São Paulo meteorological station, and the limnological data were collected through the Hydrological Monitoring System implemented by SABESP in the Billings and Guarapiranga Reservoirs and the laboratory of the same entity. The rhythmic and integrated analysis showed that the process of cyanobacterial blooms is dependent on a combination of meteorological factors as temperature and wind intensity that may disrupt the stability of the reservoir, providing the conditions necessary for the development of cyanobacteria during the stabilisation process. The pace of the Atlantic Polar Front Entrance during the winter in São Paulo is a limiting factor for the growth of cyanobacteria because of their high frequency, thus maintaining the balance of the reservoir throughout this period. The weather types those could cause a instability in the water column were: Cold Front entrance (66.67%), conflict between masses (22.22%) and the Tropical Instability Line (11.11%). The possibility for prevention and forecasting periods advise when these reservoirs should not be used, mainly with regard to recreational activities.<hr/>O presente trabalho buscou desenvolver uma metodologia para análise da qualidade da água com base em conceitos e métodos do clima e da climatologia respectivamente. Dessa forma, buscou-se relacionar técnicas e metodologias hidrometeorológicas e limno-meteorológicas com a técnica de análise rítmica desenvolvida dentro da climatologia geográfica brasileira para avaliar e analisar as florações de cianobactérias, principal índice de qualidade de água encontrado nos reservatórios da Bacia do Alto Tietê e consequentemente da Região Metropolitana de São Paulo, área de alta complexidade ambiental devido ao seu alto grau de desenvolvimento e a sua alta densidade populacional. Os dados meteorológicos utilizados para o desenvolvimento do trabalho foram coletados a partir da estação meteorológica do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo e os dados limnológicos foram coletados por meio do Sistema de Monitoramento Hidrológico implantado pela SABESP nos reservatórios de Billings e Guarapiranga assim como os dados laboratoriais da mesma entidade. A análise rítmica e integrada de todos os dados mostrou que o processo de floração de cianobactérias é dependente não apenas de um fator específico, mas de uma combinação de fatores meteorológicos como temperatura e intensidade do vento que podem quebrar a estabilidade do reservatório e proporcionar durante a estabilização as condições necessárias para o desenvolvimento das cianobactérias. Também foi mostrado como o ritmo de entrada de Frentes Polares Atlânticas, durante o inverno paulistano, é um fator que limita o crescimento das cianobactérias devido à sua alta frequência, mantendo o reservatório desequilibrado por todo o período. Os tipos de tempo que podem causar instabilidade na coluna da água foram identificados com: entrada de Frentes Frias (66,67%), conflitos entre massas (22,22%) e Linha de Instabilidade (11,11%). Mostra-se assim a importância do trabalho para a prevenção e previsão de períodos inapropriados para o uso desses reservatórios principalmente para atividade de recreação. <![CDATA[Aquatic insect community structure under the influence of small dams in a stream of the Mogi-Guaçu river basin, state of São Paulo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en The fragmentation of lotic systems caused by construction of dams has modified many aquatic communities. The objective of this study was to analyse changes in the aquatic insect community structure by discontinuity of habitat created by dams along the Ribeirão das Anhumas, a sub-basin of the Mogi-Guaçu River (state of São Paulo, Brazil). Entomofauna collection was carried out in 10 segments upstream and downstream of five dams along the longitudinal profile of the stream, with a quick sampling method using a D net (mesh 250 mm) with 2 minutes of sampling effort. The insects were sorted and identified to the lowest possible taxonomic level and analysed by the Shannon diversity index, β diversity, richness estimated by rarefaction curves and relative participation of functional feeding groups. The results showed a slight reduction in diversity in the downstream segments, as well as along the longitudinal profile of the stream. However, there were no significant differences in abundance and richness between the upstream and downstream segments, indicating that the dams did not influence these variables. Differences were observed in the functional feeding groups along the longitudinal profile. Predator and gatherer insects were dominant in all segments analysed. The feeding group of shredders was more abundant in the segment DSIII with the participation of Marilia Müller (Odontoceridae – Trichoptera), although we observed a decrease of shredders and scrapers with the decrease of the canopy cover reducing values of β diversity in the continuum of Ribeirão das Anhumas. This result demonstrated the importance of the conservation of the riparian vegetation in order to maintain the integrity of the stream.<hr/>A fragmentação de sistemas lóticos causadas pela construção de represas tem causado modificação na estrutura das comunidades aquáticas. O objetivo deste estudo foi analisar as mudanças na estrutura da comunidade de insetos aquáticos decorrentes da descontinuidade de habitat criada por represamentos ao longo do Ribeirão das Anhumas, uma sub-bacia do rio Mogi-Guaçu (Estado de São Paulo, Brasil). A coleta da entomofauna foi realizada em 10 segmentos à montante e à jusante de cinco represas ao longo do perfil longitudinal do ribeirão, pelo método de varredura com rede D (malha 250 mm) e esforço amostral de 2 minutos. Os insetos foram triados e identificados até o menor nível taxonômico possível e os diferentes grupos foram analisados pelo índice de diversidade de Shannon, diversidade β, riqueza estimada pela curva de rarefação e participação relativa dos grupos funcionais de alimentação. Os resultados apontaram ligeira redução na diversidade nos trechos à jusante, bem como ao longo do perfil longitudinal do ribeirão. Todavia, não houve diferenças significativas na abundância e riqueza entre os segmentos à montante e à jusante das represas, indicando que os represamentos não influenciaram nessas variáveis. Os resultados apontaram diferenças nos grupos funcionais de alimentação ao longo do perfil longitudinal. Os insetos predadores e coletores foram os grupos de alimentação predominantes em todos os segmentos analisados. O grupo dos insetos fragmentadores foi mais abudante no segmento DSIII com a participação de Marilia Müller (Odontoceridae- Trichoptera), embora observado um decréscimo de fragmentadores e rapaspadores com a redução da cobertura vegetal, reduzindo os valores dediversidade b no perfil longitudinal do Ribeirão das Anhumas. Os resultados demonstraram a importancia da conservação da vegetação ripária para a manutenção da integridade do ribeirão. <![CDATA[Are ant assemblages of Brazilian veredas characterised by location or habitat type?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Wetland areas in the Brazilian Cerrado, known as “veredas”, represent ecosystems formed on sandy soils with high concentrations of peat, and are responsible for the recharge of aquiferous reservoirs. They are currently under threat by various human activities, most notably the clearing of vegetation for Eucalyptus plantations. Despite their ecological importance and high conservation value, little is known about the actual effects of human disturbance on the animal community. To assess how habitat within different veredas, and plantations surrounding them affect ant assemblages, we selected four independent vereda locations, two being impacted by Eucalyptus monoculture (one younger and one mature plantation) and two controls, where the wetland was surrounded by cerrado vegetation. Ant sampling was conducted in May 2010 (dry season) using three complementary methods, namely baits, pitfall traps, and hand collection, in the wetland and in the surrounding habitats. A total of 7,575 ants were sampled, belonging to seven subfamilies, 32 genera and 124 species. Ant species richness and abundance did not differ between vereda locations, but did between the habitats. When impacted by the monoculture, ant species richness and abundance decreased in wetlands, but were less affected in the cerrado habitat. Ant species composition differed between the three habitats and between vereda locations. Eucalyptus plantations had an ant species composition defined by high dominance of Pheidole sp. and Solenopsis invicta, while natural habitats were defined by Camponotus and Crematogaster species. Atta sexdens was strictly confined to native habitats of non-impacted “veredas”. Eucalyptus monocultures require high quantities of water in the early stages, which may have caused a decrease in groundwater level in the wetland, allowing hypogeic ants such as Labidus praedator to colonise this habitat.<hr/>O ecossistema ribeirinho do Cerrado brasileiro, é conhecido como “vereda”, e é formado em solos arenosos com altas concentrações de turfa, além de serem responsáveis pela recarga dos reservatórios dos aquíferos. Atualmente, as veredas estão sob ameaça de várias atividades humanas, especialmente a supressão da vegetação para plantio de Eucalyptus. Apesar de sua importância ecológica e elevado valor na conservação, pouco se sabe sobre os efeitos das perturbações humanas sobre a comunidade de animais. Para avaliar como que habitats em diferentes veredas e as plantações circundantes afetam a assembleia de formigas, foram selecionadas quatro “veredas” independentes, sendo duas impactadas pela monocultura de eucalipto (uma jovem e uma madura) e duas controles com a planície de inundação circundada por vegetação de cerrado. A coleta das formigas foi realizada em Maio de 2010 (estação seca) por meio de três métodos complementares, iscas atrativas, armadilhas de pitfall e coleta direta, no habitat de planície alagada, e na área circundante. Foi amostrado um total de 7.575 formigas, pertencentes a sete subfamílias, 32 gêneros e 124 espécies. A riqueza e abundância de formigas não diferiram entre as localidades “veredas”, mas sim entre os habitats. Quando impactados pela monocultura, a abundância e a riqueza diminuem nas planícies de inundação, mas os habitats de cerrado foram menos afetados. As plantações de eucalipto têm sua composição de espécies de formigas definida pela alta dominância de Pheidole sp. e Solenopsis invicta, enquanto os habitats naturais foram definidos por espécies de Camponotus e Crematogaster. Atta sexdens foi estritamente relacionada à habitats nativos de “veredas” preservadas. A monocultura de eucalipto requer grandes quantidades de água nos estágios iniciais, o que pode ter provocado a queda no nível do lençol freático nas planícies alagadas, permitindo a colonização deste habitat por espécies de formigas de hábitos hipógeos, como Labidus praedator. <![CDATA[Implication of anaerobic and aerobic decomposition of <em>Eichhornia azurea</em> (Sw.) Kunth. on the carbon cycling in a subtropical reservoir]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study aimed at describing kinetic aspects of aerobic and anaerobic mineralization of Eicchornia azurea. The samples of aquatic macrophyte and water were collected in the Monjolinho Reservoir (22° 00′ S and 47° 54′ W). To determine the leachate potential, dried plant fragments were added to reservoir water, with sampling lasting for 4 months, where the particulate and dissolved organic carbon concentrations were measured. The kinetics of mass loss was obtained with 10 mineralization chambers for both aerobic and anaerobic conditions, with the plant fragments and reservoir water. Two additional chambers were used to monitor the volume of gases produced from anaerobic mineralization, with bioassays to determine oxygen uptake. The results were fitted to a first-order kinetic model, from which 27.21% of detritus corresponded to labile/soluble fractions and 72.62% to the refractory fractions. The decay rates for the global mass losses of the labile/soluble components were 2.07 day–1. DOC mineralization was not verified for either condition. Under aerobic condition, the mass loss constant rate (0.0029 day–1) for the refractory fractions was 2.4 the value for the anaerobic one. Under anaerobic condition, the gases formation occurred in three phases. Based on these results, in the Monjolinho Reservoir, the decomposition of E. azurea that undergo within the water column and in upper layers of sediment is a faster process, favoring the mineralization. In contrast, in the lower layers of sediment the diagenetic processes (i.e. humus production and accumulation of organic matter) are favored.<hr/>Nesse estudo descreveram-se aspectos cinéticos da decomposição aeróbia e anaeróbia de Eichhornia azurea. As amostras da macrófita aquática e de água foram coletadas no reservatório do Monjolinho (22° 00′ S e 47° 54′ O). Para a determinação do potencial de lixiviação, adicionaram-se fragmentos de planta (previamente secos) em água do reservatório. Nos experimentos de decomposição, as amostragens foram realizadas durante 4 meses e quantificaram-se as frações particuladas e dissolvidas de carbono. Para descrever as cinéticas de perda de massa, para cada condição (aeróbia e anaeróbia) foram preparadas 10 incubações contento fragmentos de plantas e água do reservatório. A cada dia de amostragem as frações particuladas e dissolvidas de carbono orgânico foram quantificadas. Foram também preparadas 2 câmaras para registrar a formação de gases da degradação anaeróbia e o consumo de oxigênio na degradação aeróbia. Os resultados foram ajustados a um modelo cinético de 1ª ordem. Verificou-se que 27,21% dos detritos corresponderam à fração lábil/solúvel e 72,62% à refratária. O coeficiente global de perda de massa das frações lábeis/solúveis foi 2,07 dia–1. Nas duas condições não houve mineralização da matéria orgânica dissolvida. Na condição aeróbia, o coeficiente de perda de massa das frações refratárias (0,0029 dia–1) foi 2,4 vezes maior que o da anaeróbia. Para a condição anaeróbia observou-se que a formação de gases constituiu-se de três fases. Diante destes resultados, no reservatório do Monjolinho, os processos degradativos dos detritos de E. azurea que ocorrem tanto na coluna d'água quanto na superfície do sedimento são mais rápidos, favorecendo assim, a mineralizaçao; por outro lado, no sedimento os processos diagenéticos (i.e. humificação e o acúmulo de matéria orgânica) são favorecidos. <![CDATA[Temporal change in species and functional plant traits in the moist grassland on the Sete Cidades National Park, Piauí, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en The present study investigated the dynamic on a short-time scale in the vegetation in moist grassland of the Sete Cidades National Park, Piauí. Herb-subshrub layer samples was carried out in July 2007, 2009 and 2011. Changes in structural, floristic and functional traits in the community were assessed by species richness, diversity and similarity indices between those periods, as well as by hierarchical classification and ordination. Cluster and Principal Component Analyses identified functional groups according to 23 species trait state. To distinguish the contribution of space and time configuration in the community structure, we used the variance partition technique. The functional groups of chamaephytes and therophytes II were associated with wetter sites, while the groups of non-tussock hemicriptophytes I, tussock hemicriptophytes (FG4), and geophytes (FG5) were associated to the drier ones. We found a non-accelerated dynamics, at least on a short-time scale, represented by some descriptors in the community, such as the close similarity between the inventories and ordering of sampling transects in moist grassland. Therefore, besides considering the partition of the temporal niche as a mechanism for the co-existence of species, the heterogeneity of space dictated by environmental filters seems to determine the stability of the this grassland communities over time.<hr/>O presente estudo investigou a dinâmica em uma curta escala de tempo na vegetação de campo limpo úmido do Parque Nacional Sete Cidades Park, Piauí. Amostragens da camada herbáceo-subarbustiva foram realizadas em julho de 2007, 2009 e 2011. Mudanças estruturais, florísticas e de atributos funcionais da comunidade foram avaliadas por índices de riqueza de espécies, diversidade e similaridade entre esses períodos, bem como por classificação hierárquica e ordenação. Análise de Componentes Principais e de Cluster identificaram grupos funcionais de acordo com 23 atributos das espécies. Para distinguir a contribuição do espaço e do tempo nas análises, usamos técnicas de partição de variância. Os grupos funcionais das caméfitas e terófitas II foram associados com os locais mais úmidos, enquanto os grupos de hemicriptófitas I não entouceiradas, hemicriptófitos entouceiradas e das geófitas (GF5) foram associados aos mais secos. Nós encontramos uma dinâmica não-acelerada, pelo menos em uma escala de curta duração, representada por alguns descritores da comunidade, tais como a similaridade entre os inventários e a ordenação dos transectos no campo limpo úmido. Assim, além de considerar a partição do nicho temporal como um mecanismo para a coexistência de espécies, a heterogeneidade do espaço ditada por filtros ambientais parece determinar a estabilidade destas comunidades campestres ao longo do tempo. <![CDATA[Wildlife trade in Brazil: A closer look at wild pets welfare issues]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Wild animals have been kept as pets for centuries, in Brazil companionship is one of the main reasons why wild species are legally bred and traded. This paper is an attempt to call the attention for problems concerning the welfare of wild pets involved in the trading system in Brazil. Some issues presented are: a) the significant increase in the number of wildlife breeders and traders and the difficulties faced by of the Brazilian government in controlling this activity; b) the main welfare issues faced by breeders and owners of wild pets; and c) the destination of wild pets no longer wanted. Finally, some recommendations are made having the welfare of the animals as a priority.<hr/>Animais silvestres têm sido mantidos como animais de estimação por séculos, no Brasil as espécies silvestres são legalmente criadas e comercializadas principalmente para esta finalidade. Este trabalho é uma chamada de atenção para os problemas relativos ao bem-estar dos animais silvestres criados e comercializados no Brasil. Algumas questões apresentadas são: a) o aumento significativo do número de criadores e comerciantes de animais silvestres, e as dificuldades enfrentadas pelo governo brasileiro para controlar essa atividade; b) as falhas e dificuldades enfrentadas pelos criadores e proprietários para oferecer um bem-estar à espécies silvestres; e c) a problemática da destinação dos animais que não são mais de interesse para os proprietários. Finalmente, algumas recomendações são feitas visando o bem-estar animal como prioridade. <![CDATA[Annelida (Oligochaeta and Aphanoneura) from the Natural Reserve of Isla Martín García (upper Río de la Plata estuary, Argentina): biodiversity and response to environmental variables]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en The Island of Martín García – located in the Upper Río de la Plata, to the south of the Uruguay River – is an outcropping of the crystalline basement. Fourteen sampling sites were selected, five along the littoral section of the island and nine in inland ponds. Four major environmental variables were measured: water temperature, dissolved oxygen, electrical conductivity, and pH. A total of 34 species of Oligochaeta and Aphanoneura were found, 30 belonging to Naididae plus one species each of the Narapidae, Lumbricidae, Enchytraeidae, and Aeolosomatidae. The thirteen most frequent species were: A. leydigi (30%), N. bonettoi (13%), L. hoffmeisteri (11%), N. variabilis (10%), S. trivandrana (6.5%), A. pigueti (5.6%), D. sawayai (4.5%), D. digitata (3.5%), C. diastrophus (2.7%), A. costatus (2.5%), P. longiseta (2.0%), Enchytraeidae (1.5%), and A. p. paraguayensis (1.4%). UPGMA clustering of species based on their occurrence in different ecological conditions revealed two main species groups. Canonic-correspondence analysis (CCA) was conducted with the 15 most frequent and abundant species in the 9 sampling sites and the 4 environmental variables. Results from the CCA revealed that the order of fluctuation of the environmental variables during the sampling period was, from the greatest to the least: dissolved oxygen, conductivity, pH, and water temperature. Approximately 97.6% of the correlations between species and environmental variables were expressed on axis 1 of the ordination diagram. Species richness correlated with the four environmental variables in the following order, from the weakest to the strongest: water temperature, pH, electrical conductivity, and dissolved oxygen.<hr/>A ilha de Martín García, que está localizada na parte alta do Rio de la Plata, ao sul da desembocadura do rio Uruguai, é um afloramento do embasamento cristalino. Quatorze pontos de coleta foram selecionados, cinco ao longo da seção litoral da ilha e nove de lagoas do interior. Quatro principais variáveis ambientais foram medidas: temperatura da água, oxigênio dissolvido, condutividade elétrica e pH. Um total de 34 espécies de Oligochaeta e Aphanoneura foram encontradas, 30 pertencentes a Naididae mais uma espécie cada de Narapidae, Lumbricidae, Enchytraeidae e Aelosomatidae. As treze espécies mais frequentes foram: A. leydigi (30%), N. bonettoi (13%), L. hoffmeisteri (11%), N. variabilis (10%), S. trivandrana (6,5%), A. pigueti (5,6%), D. sawayai (4,5%), D. digitata (3,5%), C. diastrophus (2,7%), A. costatus (2,5%), P. longiseta (2,0%), Enchytraeidae (1,5%) e A. p. paraguayensis (1,4%). A análise de agrupamento das espécies (UPGMA) com base na sua ocorrência em diferentes condições ecológicas revelou dois grupos de espécies principais. Análise canônica de correspondência análise (CCA) foi realizada com as 15 espécies mais frequentes e abundantes nos 9 pontos de amostragem e as quatro variáveis ambientais. Os resultados do CCA revelaram que a ordem de flutuação das variáveis ambientais durante o período de amostragem foi, desde o maior ao menor: oxigênio dissolvido, condutividade, pH e temperatura da água. Cerca de 97,6% das correlações entre as espécies e as variáveis ambientais foram expressos no eixo 1 do diagrama de ordenação. A riqueza de espécies foi correlacionada com as quatro variáveis ambientais na seguinte ordem, do mais fraco ao mais forte: oxigênio a temperatura da água, pH, condutividade elétrica, e oxigênio dissolvido. <![CDATA[Cetacean records along a coastal-offshore gradient in the Vitória-Trindade Chain, western South Atlantic Ocean]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Oceanic waters are difficult to assess, and there are many gaps in knowledge regarding cetacean occurrence. To fill some of these gaps, this article provides important cetacean records obtained in the winter of 2010 during a dedicated expedition to collect visual and acoustic information in the Vitória-Trindade seamounts. We observed 19 groups of cetaceans along a 1300-km search trajectory, with six species being identified: the humpback whale (Megaptera novaeangliae, N = 9 groups), the fin whale (Balaenoptera physalus, N = 1), the Antarctic minke whale (Balaenoptera bonaerensis, N = 1), the rough-toothed dolphin (Steno bredanensis, N = 1), the bottlenose dolphin (Tursiops truncatus, N = 2), and the killer whale (Orcinus orca, N = 1). Most humpback whale groups (N = 7; 78%) were observed in the Vitória-Trindade seamounts, especially the mounts close to the Abrolhos Bank. Only one lone humpback whale was observed near Trindade Island after a search effort encompassing more than 520 km. From a total of 28 acoustic stations, humpback whale songs were only detected near the seamounts close to the Abrolhos Bank, where most groups of this species were visually detected (including a competitive group and groups with calves). The presence of humpback whales at the Trindade Island and surroundings is most likely occasional, with few sightings and low density. Finally, we observed a significant number of humpback whales along the seamounts close to the Abrolhos Bank, which may function as a breeding habitat for this species. We also added important records regarding the occurrence of cetaceans in these mounts and in the Western South Atlantic, including the endangered fin whale.<hr/>Águas oceânicas e afastadas da costa são ambientes de difícil acesso e muitas lacunas de conhecimento sobre a ocorrência de cetáceos ainda existem. O presente trabalho fornece importantes registros realizados durante uma expedição dedicada a procurar cetáceos visualmente e acusticamente na Cadeia Vitória-Trindade no inverno de 2010. Foram observados 19 grupos de cetáceos ao longo de 1300 km de esforço, sendo identificadas seis espécies: a baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae, N = 9 grupos), a baleia-fin (Balaenoptera physalus, N = 1), um grupo misto de baleia-minke-Antártica (Balaenoptera bonaerensis) e golfinhos-de-dentes-rugosos (Steno bredanensis, N = 1), o golfinho-nariz-de-garrafa (Tursiops truncatus, N = 2) e a orca (Orcinus orca, N = 1). A maioria dos grupos da baleia-jubarte (n=7; 78%) foram observados nos montes marinhos da Cadeia Vitória-Trindade, especialmente os montes próximos do Banco dos Abrolhos. Somente uma baleia-jubarte solitária foi observada próxima da Ilha Trindade, apesar de mais de 520 km percorridos em esforço na região. De um total de 28 estações acústicas, cantos da baleia-jubarte foram detectados somente nos montes próximos ao Banco dos Abrolhos, onde a maioria dos grupos desta espécie foi observada visualmente (incluindo grupos competitivos e fêmeas com filhotes). A presença da baleia-jubarte nos arredores da Ilha de Trindade é provavelmente ocasional, com poucos indivíduos e baixa densidade. Finalmente, um número expressivo de grupos de baleia-jubarte foi observado sobre os montes próximos do Banco dos Abrolhos, que podem funcionar como habitats reprodutivos da espécie. Adicionaram-se ainda importantes registros de cetáceos na Cadeia Vitória-Trindade e no Oceano Atlântico Sul ocidental, incluindo a baleia-fin, uma espécie ameaçada de extinção. <![CDATA[Influence of fish farming in net cages on phytoplankton structure: a case study in a subtropical Brazilian reservoir]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100018&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study investigated the enrichment influence due to fish farming in net cages on the phytoplankton composition, density and diversity in two arms of a subtropical reservoir (Salto Caxias, Paraná). There were no statistically significant differences in the phytoplankton composition and diversity, as well as for concentrations of nutrients among the handled treatment. The density values were higher during the summer. Richness and Shannon diversity values were low during the study period. The equitability values were high during the winter and low in the summer. Variations of phytoplankton community and nutrients were mainly influenced by seasonality. The absence of significant differences between the treatments was probably due to the small number of net cages and fish used, as well as to the hydrodynamics of the studied environments, which are influenced by upstream rivers inflows.<hr/>Este estudo investigou os efeitos do enriquecimento devido ao cultivo de peixes em tanques-rede sobre a composição, densidade e diversidade fitoplanctônica em dois braços de um reservatório subtropical (Salto Caxias, Paraná). Não foram registradas diferenças significativas para a composição e diversidade fitoplanctônica e para as concentrações de nutrientes entre os tratamentos utilizados. A densidade foi maior durante o verão. Os valores de riqueza de espécies e diversidade de Shannon foram baixos durante todo o período de estudo. A equitabilidade foi elevada no inverno e baixa no verão. As variações da comunidade fitoplanctônica e dos nutrientes parecem ter sido influenciadas principalmente pela sazonalidade. A ausência de diferenças significativas entre os tratamentos, provavelmente se devem ao pequeno número de tanques e peixes utilizados, e à hidrodinâmica dos ambientes estudados, os quais são influenciados pelos influxos dos rios à montante. <![CDATA[A comparative study of resource allocation in <em>Pteridium</em> in different Brazilian ecosystems and its relationship with European studies]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Pteridium is a cosmopolitan genus that acts as an invasive species in many parts of the world. Most research on this genus has occurred in Europe, and there is a lack of data on it from South America, in spite of causing considerable conservation problems. We compared the biomass allocation of P. esculentum subsp. arachnoideum in two ecosystems in Brazil - Atlantic forest and Brazilian savanna. We measured the biomass of fronds, rhizomes and above-ground litter. We also compared the density, length and biomass of fronds from this Brazilian study with similar data of P. esculentum subsp. arachnoideum derived from Venezuela and P. aquilinum from Europe. P. esculentum subsp. arachnoideum showed a wide response range. We found a negative relationship between frond and necromass, indicating a negative feedback effect, while a positive relationship was observed between frond and rhizome biomass. The continental comparison of relationships showed that Pteridium responds in a different way in both Brazil and Europe, and that in Brazil fronds tend to be longer and heavier, presumably as a result of the continuous growing season in South America while is shortened in Europe by frost. The paper shows the ability of Pteridium to adapt to different ecosystems.<hr/>Pteridium é um gênero cosmopolita que inclui espécies invasoras em várias partes do mundo. Os estudos sobre o gênero têm ocorrido principalmente na Europa, e existem poucas informações para as espécies que ocorrem na América do Sul. Nesse estudo comparamos a alocação de biomassa de P. esculentum subsp. arachnoideum em dois ecossistemas brasileiros – Mata Atlântica e Cerrado - em cada um dos quais medimos a biomassa nos rametas, nos rizomas e na serapilheira. Comparamos, também, a densidade, comprimento e biomassa dos rametas com informações obtidas sobre P. esculentum subsp. arachnoideum na Venezuela e P. aquilinum na Europa. P. esculentum subsp. arachnoideum apresentou respostas distintas. Encontramos uma relação negativa entre a biomassa de rametas e da serapilheira, indicando uma retro-alimentação negativa, enquanto houve uma relação positiva entre a biomassa dos rametas e dos rizomas. A comparação das relações entre os continentes indicou que Pteridium responde diferentemente no Brazil e na Europa, e também que no Brasil os rametas são maiores e contêm mais biomassa, possivelmente devido à estação de crescimento contínua, enquanto na Europa o crescimento é limitado pelas baixas temperaturas. Esse estudo demonstra o sucesso adaptativo de Pteridium em diferentes ecossistemas. <![CDATA[Seasonal variation of biotic and abiotic parameters in parallel neotropical fishponds]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100020&lng=en&nrm=iso&tlng=en The present study was carried out to evaluate the phytoplankton community and water quality in four parallel fishponds (FP1 to FP4) during one year. Some abiotic parameters of water column and phytoplankton was sampled in four sites, one in each fishpond. Similarity analysis showed that FP2 fishpond was markedly different for the others ponds with regard to phytoplankton community. Conductivity, orthophosphate, temperature, TSS and hardness parameters were significantly different (p&lt;0.05) between fishponds and all limnological parameters were significantly different (p&lt;0.01) among period (months). Organic matter and phosphorus of the sediment were significantly different (p&lt;0.01) only among fishponds. In current study Chlorophyceae and Bacillariophyceae occurred in most months. Cyanobacteria density in April and May was higher in all fishponds, at FP3 represented 71.4% in April and FP1 represented 78.7% in May of total reported, with chlorophyll-a content lower than 41 mg.L−1. The physical and chemical parameters of fishponds water constituted relations between the parameters and algae occurrence. The present study however, indicated that Cyanobacteria was more frequent in the fishponds after the fish grow-out period (April), and the water quality should be monitored more frequently in this period, due to the high total phosphorus, orthophosphate and chlorophyll-a contents.<hr/>O presente estudo avaliou durante um ano a comunidade fitoplanctônica e os fatores abióticos da água de quarto tanques de piscicultura (FP1 ao FP4) com disposição paralela. Alguns fatores abióticos da água e do fitoplâncton foram amostrados em quarto pontos, localizados um em cada tanque de piscicultura. Análise de similaridade mostrou que o tanque de piscicultura FP2 foi diferente dos outros tanques em relação a comunidade fitoplanctônica. Condutividade, ortofosfato, temperatura, STS e dureza foram diferentes (p&lt;0,05) entre tanques e todas as variáveis limnológicas variaram entre o período de estudo (p&lt;0,01). Matéria orgânica e fósforo do sedimento variaram (p&lt;0,01) somente entre os tanques. Chlorophyceae e Bacillariophycea estiveram presentes em todos os meses amostrados. Em abril e maio foi observada elevada densidade de Cyanobacteria em todos os tanques sendo que no FP3 representou 71,4% em abril e no FP1 78,7% em maio do total encontrado, com teor de clorofila-a abaixo de 41 mg.L−1. Os parâmetros físico-químicos da água dos tanques de piscicultura apresentaram relação com a ocorrência do fitoplâncton nestes sistemas. Os resultados deste estudo indicaram a maior frequência de Cyanobacteria no período após a engorda de peixes (abril) necessitando maior monitoramento da qualidade da água devido aos altos teores de fósforo total, ortofosfato e clorofila-a observados neste mês (abril) <![CDATA[Implications of water hardness in ecotoxicological assessments for water quality regulatory purposes: a case study with the aquatic snail <em>Biomphalaria glabrata</em> (Say, 1818)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en Water hardness is a property depending on the presence of alkaline earth metals, mainly calcium and magnesium. Among the strategies for water quality monitoring, ecotoxicological assays are performed to minimize impacts and classify water bodies. For these laboratory evaluations parameters are previously defined in the guidelines, including water hardness for both cultivation and testing medium. The present work was performed to evaluate the effects of different levels of water hardness on the survival and reproduction of the freshwater snail Biomphalaria glabrata and discuss the influence of natural water hardness on the results of ecotoxicological tests with these environmental samples. Comparing the groups it was possible to observe that those maintained in waters with least hardness had lower reproductive success, while the groups maintained in highest hardness showed better reproduction. These data show that waters with low hardness make the reproduction of the snail B. glabrata unfeasible, and this reveal a problem for ecotoxicity assays using natural water samples.<hr/>A dureza da água é uma propriedade dependente da presença de metais alcalino terrosos, principalmente cálcio e magnésio. Entre as estratégias para monitorar a qualidade da água ensaios ecotoxicológicos são realizados para minimizar impactos e classificar os corpos hídricos. Para essas avaliações em laboratório, parâmetros são previamente definidos nos protocolos, incluindo a dureza da água para cultivo e para a água de diluição. O presente trabalho foi realizado para avaliar os efeitos de diferentes níveis de dureza da água sobre a sobrevivência e a reprodução do caramujo de água doce Biomphalaria glabrata e discutir a influência da dureza de águas naturais nos resultados dos testes ecotoxicológicos com estas amostras ambientais. Comparando os grupos foi possível observar que aqueles mantidos em águas com menor dureza tiveram pior sucesso reprodutivo, enquanto os mantidos nas águas com maiores durezas tiveram melhor reprodução. Esses dados mostram que águas com baixas durezas tornam a reprodução do caramujo B. glabrata inviável, e esse fato revela-se como um problema para os ensaios ecotoxicológicos utilizando amostras de água naturais. <![CDATA[Structure of the testate amoebae community in different habitats in a neotropical floodplain]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100022&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study evaluated the differences in composition, abundance and morphology of testate amoebae among different habitats of the same aquatic environment (plankton, aquatic macrophyte and sediment) in the Upper Paraná River floodplain. Triplicate samplings were undertaken monthly at each habitat from April 2007 to March 2008. The structure of the community of testate amoebae was different among the habitats. The species typical for each habitat, according to Indval, were classified by their shell morphology. Arcella species together with Difflugia gramen and Difflugia pseudogramem were more abundant for plankton. Trinema and Phryganella stood out by their abundance and frequency in aquatic macrophytes. Centropyxis was an indicator of sediment. The results indicated a higher frequency of hemispherical and spherical shells in plankton and spherical and elongated shells in aquatic macrophytes. In the sediment, there was a high frequency of elongated species. Our results support the hypothesis that the community of testate amoebae has different structures among the habitats, refuting the idea that the organization of this community in plankton is guided by random events like the resuspension of organisms from the sediment and their displacement from marginal vegetation.<hr/>Este estudo avaliou as diferenças na composição, abundância e morfologia das amebas testáceas entre diferentes hábitats de um mesmo ambiente aquático (plâncton, macrófitas aquáticas e sedimento) da planície de inundação do alto rio Paraná. As amostras foram coletadas mensalmente no período de abril de 2007 a março de 2008. A estrutura da comunidade de amebas testáceas foi diferente entre os hábitats. As espécies típicas para cada hábitat, de acordo com o Indval, foram classificadas pela morfologia da teca. Espécies de Arcella, Difflugia gramen e Difflugia pseudogramem foram mais abundantes para o plâncton. Trinema e Phryganella destacaram-se pela alta abundância e frequência nas macrófitas aquáticas. Centropyxis foi considerado indicador do sedimento. Os resultados indicaram uma alta frequência de tecas esféricas e hemisféricas no plâncton e de tecas alongadas nas macrófitas aquáticas. No sedimento foi registrada uma maior frequência de espécies alongadas. Nossos resultados suportam a hipótese que a comunidade de amebas testáceas possui estrutura diferente entre os hábitats, refutando a ideia que a comunidade presente no plâncton é guiada por processos estocásticos como a ressuspensão dos organismos do sedimento e simples carreamento da vegetação marginal. <![CDATA[New record of <em>Akashiwo sanguinea</em> (Dinophyta) in the tropical estuarine waters of Northeastern Brazil (Western Atlantic)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100023&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study reports the occurrence and the effect of the environmental factors on the spatial and temporal distribution of the dinoflagellate Akashiwo sanguinea (Hirasaka) Hansen &amp; Moestrup in estuarine waters of northeastern Brazil. Samples were collected at seven stations from March 2007 to February 2008 during high tide and low tide, using Van Dorn bottles. The samples were immediately fixed with Lugol and analyzed with the Utermöhl method. Water samples were also collected for the identification of the hydrological characteristics of the area. Akashiwo sanguinea occurred throughout the annual cycle and at all sampling sites with densities ranging between 5 and 410 x 103 cells.L–1. The highest densities were recorded at low tide, especially during the months of the rainy season (July: 210 x 103 cells.L–1; August: 410 x 103 cells.L–1). Density values were within the normal range and blooms were not detected. Despite being common in the area, the species showed preference for sites with high concentrations of orthophosphate and total dissolved phosphorus and with salinity in the mesohaline regime.<hr/>Este estudo relata a ocorrência e o efeito dos fatores ambientais na distribuição espacial e temporal do dinoflagelado Akashiwo sanguinea (Hirasaka) Hansen et Moestrup em águas estuarinas do Nordeste do Brasil. As amostras foram coletadas em sete estações, durante o período de março 2007 a fevereiro 2008 durante os regimes de preamar e baixa-mar, com o auxílio de garrafas tipo Van Dorn. As amostras foram imediatamente fixadas com lugol e analisadas pelo método de Utermöhl. Amostras de água foram também coletadas para a identificação das características hidrológicas da área. Akashiwo sanguinea ocorreu em todo o ciclo anual e em todos os locais de coleta com densidade variando de 5 a 410 cells.L–1 x 103, sendo as maiores densidades registradas na baixa-mar, principalmente, durante os meses do período chuvoso (julho 210 cells.L–1 x 103, agosto 410 cells.L–1 x 103). Os valores quantitativos estiveram dentro dos padrões normais, não tendo sido detectados florescimentos com conotações de blooms. Apesar de ser frequente na área, a espécie mostrou preferência pelos locais com maiores concentrações de ortofosfato dissolvido e fósforo total dissolvido e salinidade compreendida no regime mesoalino. <![CDATA[Diet and helminths of <em>Enyalius brasiliensis</em> (Lacertilia, Iguania, Leiosauridae) in an Atlantic Rainforest remnant in southeastern Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100024&lng=en&nrm=iso&tlng=en Our study aimed to add information about the diet and endoparasites of Enyalius brasiliensis from an Atlantic Rainforest remnant in the state of Rio de Janeiro, southeastern Brazil. Regarding diet, E. brasiliensis consumed arthropods, with caterpillars and beetles being the most important preys. Regarding helminth parasites, overall prevalence was low (9.5%), with 238 nematodes of the genus Physaloptera found in the stomach of one specimen and one nematode of the genus Rhabdias inside the lung of another. Our results corroborate the observations of previous studies that indicate that lizards of the genus Enyalius tend to feed mainly on relatively large-bodied arthropods and to harbour depauperate endoparasite fauna.<hr/>Nosso estudo teve como objetivo adicionar informações sobre a dieta e endoparasitas de Enyalius brasiliensis em um remanescente de Mata Atlântica do estado do Rio de Janeiro, sudeste do Brasil. Em relação à dieta, E. brasiliensis consumiu artrópodes, sendo que lagartas e besouros foram as presas mais importantes. Em relação ao parasitismo por helmintos, a prevalência foi baixa (9,5%), com 238 nematóides do gênero Physaloptera encontrados no estômago de um espécime, e um nematóide do gênero Rhabdias infectando o pulmão de outro. Nossos resultados corroboraram as observações de estudos anteriores que indicaram que lagartos do gênero Enyalius tendem a se alimentar principalmente de artrópodos de grande porte e abrigar uma fauna depauperada de endoparasitas. <![CDATA[Biological aspects of <em>Tiracola grandirena</em> (Herrich-Schäffer, 1868) (Lepidoptera: Noctuidae): a polyphagous armyworm]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100025&lng=en&nrm=iso&tlng=en We studied the biology of Tiracola grandirena (Herrich-Schäffer, 1868) (Lepidoptera: Noctuidae: Hadeninae) at 25 ± 1 °C, 70 ± 10% RH and 14 hours of photo phase. Three experiments, using 150 larvae each, were conducted for the larval stage. In the first, used to assess the duration and survival of all stages, insects were reared individually and fed an artificial diet (Grenee). In the second, individuals were also reared separately, but were fed leaves of 10 plants from different families. In the third, the larvae were not individualised, the food plants were rotated such as to provide three plant species every 48 hours. In the first experiment, the viability of the eggs, larvae, pupae and prepupae was 91.9, 94.7, 32.49 and 43.5%, respectively. The average duration of the egg, larvae, prepupae, pupae and adult were 6.0, 25.3, 25.7, 21.4 and 12.7 days, respectively. The prolonged prepupal period indicates that T. grandirena can develop larval (prepupal) diapause. The results of the experiments with different host plants showed that T. grandirena is polyphagous at species, population and individual level.<hr/>Estudou-se a biologia de Tiracola grandirena (Herrich-Schäffer, 1868) (Lepidoptera: Noctuidae: Hadeninae) em condições controladas de 25 ± 1 °C, 70 ± 10% UR e fotofase de 14 horas. Na fase larval foram estabelecidos três experimentos empregando 150 larvas cada. No primeiro, os insetos foram criados individualmente, com dieta artificial de Grenee, cujos dados foram utilizados para avaliar a duração e a sobrevivência das larvas, pupas e adultos. No segundo, as larvas foram criadas individualmente, alimentadas com folhas de 10 plantas de famílias diferentes avaliando-se a sobrevivência e duração larval (fase ativa). No terceiro, as larvas foram mantidas em um mesmo recipiente, variando-se a alimentação vegetal, três espécies a cada 48 horas, avaliando-se apenas a sobrevivência larval. No primeiro experimento a viabilidade de ovo, larva, pré-pupa e pupa foi de 91,93; 94,67; 32,39 e 43,48%, respectivamente. A duração média de ovo, larva, pré-pupa, pupa e adulto foi de 6,00; 25,26; 25,76; 21,35 e 12,67 dias, respectivamente. O prolongado período de pré-pupa indicou que, nas condições em que foi criada T. grandirena pode desenvolver diapausa larval (pré-pupal). Os resultados dos experimentos com diferentes plantas hospedeiras demonstraram que T. grandirena é polífaga ao nível específico, populacional e individual. <![CDATA[Cytogenetics analyses among populations of the fish <em>Iheringichtys labrosus</em> (Kröyer, 1874) (Siluriformes, Pimelodidae). Karyotype analysis, C- banding and AgRONs distribution]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100026&lng=en&nrm=iso&tlng=en Karyotypic data on Iheringichthys labrosus from several populations of Paraná River/Argentina are presented. The diploid number was 2n=56 and the karyotype consisted of 42m/sm + 14st/a (NF= 98). The AgNORs were observed in telomeres of the long arm of a st/a chromosome pair. These sites were also positive after C-banding. Heterochromatin was observed in the telomeric position in some chromosomal pairs and can be found in one or both metacentric chromosome arms. The obtained results were compared with those reported for different populations from Brazilian rivers and the similarity among them was evident. However, discordant chromosome formulae and karyotype features between samples should be carefully taken because, in some cases, they seem to be more technical artifacts than real differences.<hr/>Dados cariotípicos de Iheringichthys labrosus de várias populações do Rio Paraná/Argentina são apresentados. O número diploide foi 2n=56 e o cariótipo constituído de 42m/sm + 14st/a (NF= 98). As AgNORs foram observadas telomericamente no braço longo de um par cromossômico st/a. Estes sítios também apresentaram bandas positivas após bandamento C. Heterocromatina foi observada em posição telomérica em alguns pares cromossômicos e podem ser encontradas em um ou ambos os braços de cromossomos metacêntricos. Os resultados obtidos foram comparados com aqueles reportados em diferentes populações de rios brasileiros e foi evidente uma similaridade entre eles. Entretanto, fórmulas cariotípicas discordantes e características cariotípicas entre exemplares deveriam ser cuidadosamente observadas porque, em alguns casos, eles parecem ser mais artefatos de técnica que diferenças reais. <![CDATA[Baseline micronuclei and nuclear abnormalities frequencies in native fishes from the Paraná River (Argentina)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100027&lng=en&nrm=iso&tlng=en This work aims to establish baseline frequencies of micronuclei (MN) and nuclear abnormalities (NA) in native fish species collected in situ from the Paraná River. For this purpose, the micronucleus test was applied in peripheral blood erythrocytes from specimens obtained from samplings collected at two localities (Posadas and Candelaria, Misiones, Argentina) during the period 2007-2010. The results were statistically analyzed using the Kruskal Wallis test. Data from nine fish species were obtained, among which Steindachnerina brevipinna (Characiformes) revealed the highest baseline frequency of MN and NA, showing statistically significant differences with regard to the other analyzed species. These results are the first report of baseline MN and NA frequencies for native fish species studied and could be useful for future comparisons with data of fishes belonging to other environments.<hr/>O presente trabalho tem como objetivo estabelecer frequências basais de micronúcleos (MN) e anormalidades nucleares (AN) em espécies nativas de peixes obtidas in situ no Rio Paraná. Para este efeito, o teste do micronúcleo foi aplicado em eritrócitos de sangue periférico de espécimes provenientes de amostragens efetuadas em duas localidades (Posadas e Candelaria, Misiones, Argentina) durante o período 2007-2010. Os resultados foram analisados estatisticamente empregando o teste de Kruskal Wallis. Foram coletados dados de nove espécies e dentre estas Steindachnerina brevipinna (Characiformes) revelou a maior frequência basal de MN e AN, mostrando diferenças estatisticamente significativas com respeito às outras espécies analisadas. Estes resultados são o primeiro relatório de frequências basais de MN e AN para espécies nativas de peixes estudadas e poderiam ser úteis para futuras comparações com dados de peixes pertencentes a outros ambientes. <![CDATA[Non-destructive equations to estimate the leaf area of <em>Styrax pohlii</em> and <em>Styrax ferrugineus</em>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100028&lng=en&nrm=iso&tlng=en We developed linear equations to predict the leaf area (LA) of the species Styrax pohlii and Styrax ferrugineus using the width (W) and length (L) leaf dimensions. For both species the linear regression (Y=α+bX) using LA as a dependent variable vs. W × L as an independent variable was more efficient than linear regressions using L, W, L2 and W2 as independent variables. Therefore, the LA of S. pohlii can be estimated with the equation LA=0.582+0.683WL, while the LA of S. ferrugineus follows the equation LA=−0.666+0.704WL.<hr/>Foram determinadas equações lineares para estimar a área foliar (AF) de Styrax pohlii e Styrax ferrugineus utilizando dimensões do limbo foliar (C – comprimento, L – largura). O modelo linear (Y=α+bX), utilizando AF vs. C × L, foi mais eficiente que os modelos lineares utilizando C, L, C2 e L2 como variáveis independentes na determinação da área foliar de S. pohlii e S. ferrugineus. Assim, a AF de S. pohlii pode ser estimada pelo modelo AF=0,582+0,683CL e a AF de S. ferrugineus pode ser estimada pelo modelo AF=−0,666+0,704CL. <![CDATA[Yield per recruit of the peacock bass <em>Cichla monoculus</em> (Spix and Agassiz, 1831) caught in Lago Grande at Manacapuru (Amazonas – Brazil)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100029&lng=en&nrm=iso&tlng=en We evaluated the stock of peacock bass Cichla monoculus caught by a small-scale fishing fleet in Lago Grande at Manacapuru. The database was constructed by monthly samplings of 200 fish between February 2007 and January 2008. We measured the total length (cm) and total weight (gr) of each fish. We employed previously estimated growth parameters to run a yield per recruit model and analyse scenarios changing the values of the age of the first catch (Tc), natural mortality (M), and fishing mortality (F). Our model indicated an occurrence of overfishing because the fishing effort applied to catch peacock in Lago Grande at Manacapuru is greater than that associated with the maximum sustainable yield. In addition, the actual size of the first catch is almost half of the estimated value. Although there are difficulties in enforcing a minimum size of the catch, our results show that an increase in the size of the first catch to at least 25 cm would be a good strategy for management of this fishery.<hr/>O estudo avaliou o estoque de tucunaré Cichla monoculus capturados por uma frota de pesca de pequena escala no Lago Grande de Manacapuru. A série de dados foi composta por amostragens mensal de 200 peixes medidos a partir de fevereiro de 2007 a janeiro de 2008. Medimos comprimento padrão (cm) e peso total (gr) de cada peixe. Foram utilizados os parâmetros de crescimento, estimados em outro estudo pelos autores, para executar um modelo de rendimento por recruta e fazer cenários alterando os valores de idade de primeira captura (Tc), taxa de mortalidade natural (M) e mortalidade por pesca (F). Com base nos resultados do modelo de rendimento por recruta, esta espécie está sofrendo sobrepesca de recrutamento, pois os valores atuais de esforço de pesca no Lago Grande de Manacapuru são excessivos e acima do correspondente ao rendimento máximo sustentável, e o tamanho real da primeira captura é quase metade do valor estimado. Apesar de reconhecidas dificuldades associadas com a aplicação de um limite de tamanho, nossos resultados indicam que um aumento do tamanho da primeira captura, pelo menos, para 25,0 cm, poderia ser uma estratégia satisfatória para o manejo desta espécie. <![CDATA[Sex ratio and parental investment in <em>Trypoxylon</em> (<em>Trypargilum</em>) <em>agamemnon</em> Richards (Hymenoptera, Crabronidae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100030&lng=en&nrm=iso&tlng=en The life history and sex ratio data of the solitary wasp Trypoxylon agamemnon nesting in trap-nests in southern Brazil was recorded from January 2002 to December 2007. Its sex ratio is strongly female-biased, being bivoltine or multivoltine with until three generations per year. It has two alternative life histories (diapause and direct development) and overlapping generations. In addition to the conflict of interest between the sexes, it is possible that local mate competition occurs between males and may cause a greater investment in the production of females.<hr/>Dados sobre a história de vida e a razão sexual da vespa solitária Trypoxylon agamemnon, que nidifica em ninhos-armadilha, foram registrado no sul do Brasil de janeiro de 2002 a dezembro de 2007. Sua razão sexual tendeu fortemente às fêmeas sendo bivoltina ou multivoltina, com até três gerações ao ano. Ela apresenta dois tipos de historia de vida (com diapausa e com desenvolvimento direto), e sobreposição de gerações. Além do conflito de interesses entre os sexos, é possível que a competição local por parceiros ocorra entre machos provocando um maior investimento na produção de fêmeas. <![CDATA[Proposed method for agglutinating antibody titer analysis and its use as indicator of acquired immunity in pacu, <em>Piaractus mesopotamicus</em>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100031&lng=en&nrm=iso&tlng=en Antibody can be assessed by agglutinating antibody titer which is a quantitative measure of circulating antibodies in serum from fish previously immunized. The antibody evaluation has been performed with different fish species, and is considered a reliable method that can be applied to confirm several hypothesis regarding acquired immunity, even in conjunction with precise methods to describe immune mechanisms. In order to provide appropriate analytical methods for future studies on the specific immune system of native fish, the present study standardized on assay to measure the serum agglutinating antibody titer produced after immunization with inactivated A. hydrophila and levamisole administration in pacu. It was possible to determine the agglutinating antibodies titer in a satisfactorily way in pacu immunized with inactive A. hydrophila, and the highest titers were observed on fish fed with levamisole.<hr/>Os anticorpos podem ser avaliados pelo título aglutinante de anticorpos, que é uma medida quantitativa de anticorpos no soro de peixe previamente imunizados. A determinação do título de anticorpos foi realizada com diversas espécies de peixes e é considerado um método confiável que pode ser aplicado para confirmar diversas hipóteses que envolvam o sistema adquirido de defesa, mesmo em conjunto com métodos precisos, para descrever mecanismos imunes. A fim de prover métodos analíticos adequados para futuros estudos sobre o sistema imune específico de peixes nativos, o presente estudo aperfeiçoou o ensaio para avaliar o título aglutinante de anticorpos em soro de pacu imunizados com A. hydrophila e alimentados com levamisol. Foi possível determinar o título aglutinante de anticorpos de forma satisfatória, em pacus imunizados com A. hydrophila inativa, e os maiores títulos foram observados em peixes alimentados com levamisol. <![CDATA[Evaluation of hollocelulase production by <em>Lentinula edodes</em> (Berk.) Pegler during the submerged fermentation growth using RSM]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100032&lng=en&nrm=iso&tlng=en The cellulase proteins have a great importance in the enzymatic hydrolysis of woody biomass. Despite of costs being a major concern, it has been a stimulus to study basidiomycetes biochemical properties which degrade lignocellulosic material and have prompted the processes' study for obtaining cellulolytic enzymes in fungi. The objective of this research was to evaluate the effects of the initial nitrogen content on (ammonium sulfate) and on sugar cane bagasse, which hereby, acts as an inducer of hydrolytic enzymes to produce cellulases and xylanases, using three Lentinula edodes (Berk.) Pegler strains as a transformation agent. A factorial design with 22 replications in the central point was conducted, varying concentrations of ammonium sulfate and sugar cane bagasse. The submerged cultures carried out in synthetic culture medium and incubated at 25°C for 7 days on an orbital shaker at 150 rpm. The total protein and cellulase activity as endoglucanase, exoglucanase and β-glucosidase and the xylanase was also determined. The results showed that the production of hydrolytic enzymes was stimulated by the presence of high concentrations of sugar cane bagasse (30g/L), characterizing it as an inducer due to the demonstrated proportional relationship. Thus, ammonium sulfate acted as a reducing agent in the synthesis of enzymes, being the low concentrations (0.1g/L) indicated for the enzyme production system under study. Among the studied strains, the EF52 showed higher activity for xylanase, endoglucanases, β-glucosidase and also protein.<hr/>As celulases são proteínas de grande importância na hidrólise enzimática de biomassa florestal. No entanto, seu custo elevado tem estimulado o estudo de processos de obtenção de enzimas celulolíticas por fungos filamentosos, tais como os basidiomicetos que apresentam propriedades bioquímicas para degradação de material lignocelulósico. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do teor inicial de nitrogênio (sulfato de amônia) e de um indutor de enzimas hidrolíticas (bagaço de cana de açúcar) na produção de xilanases e celulases utilizando três isolados de Lentinula edodes (Berk.) Pegler como agente de transformação. Foi realizado um planejamento fatorial 22 com repetição no ponto central, variando as concentrações de sulfato de amônia e bagaço de cana de açúcar. O cultivo submerso realizado em meio de cultivo sintético e incubado a 25°C por 7 dias em agitador orbital a 150 rpm. Foram determinados o teor de proteínas totais e a atividade de celulase como: endoglucanase, exoglucanase e β-glucosidase e ainda xilanase. Os resultados demonstraram que a produção das enzimas hidrolíticas foi estimulada pela presença de alta concentração de bagaço de cana (30g/L), caracterizando-o como agente indutor devido à relação de proporcionalidade demonstrada. Por sua vez, o sulfato de amônio atuou como redutor da síntese de enzimas, sendo as baixas concentrações (0,1g/L) indicadas para o sistema de produção das enzimas em estudo. Quanto às linhagens, a EF52 mostrou maior atividade para xilanase, endoglucanases, β-glucosidase e proteínas. <![CDATA[Description of Karyotype of <em>Kerodon acrobata</em>, an endemic rodent in Brazilian Cerrado]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100033&lng=en&nrm=iso&tlng=en Kerodon acrobata is a caviidae rodent endemic from Brazilian Cerrado. It was described only in 1997 and the data about it is very scarce. The aim of this work was to characterize the karyotype of K. acrobata. Giemsa staining, nucleolar organizer region (NOR) banding, C-positive heterochromatin banding and DAPI fluorescence were used in N metaphases of a specimen collected in Asa Branca Farm, in Aurora do Tocantins municipality, Tocantins state, Brazil. K. acrobata showed the same diploid number, fundamental number and chromosome morphology as Kerodon rupestris. But its NOR location and heterochromatin distribution patterns indicated a unique cytogenetic profile when compared to its sister species, emphasizing the evolutionary uniqueness of this relatively new and unknown species. This record also extends the distribution of this species northward.<hr/>Kerodon acrobata é um roedor caviídeo endêmico do Cerrado brasileiro. A espécie foi descrita apenas em 1997, e as informações sobre ela são muito escassas. O objetivo deste trabalho foi caracterizar o cariótipo K. acrobata. Coloração em Giemsa, bandeamento da região organizadora do nucléolo, bandeamento da heterocromatina C-positiva e fluorescência DAPI foram utilizados em N metáfases de um espécime coletado na fazenda Asa Branca, na cidade de Aurora do Tocantins, estado do Tocantins, Brasil. K. acrobata apresentou o mesmo número diplóide, número fundamental e morfologia dos cromossomos de Kerodon rupestris. Mas a localização de sua NOR e os padrões de distribuição de heterocromatina indicam um perfil citogenético único quando comparado com sua espécie irmã, enfatizando a singularidade evolutiva desta espécie pouco conhecida. Este registro também estende a distribuição desta espécie em direção ao norte. <![CDATA[New records of amphoroid diatoms (Bacillariophyceae) from Cachoeira River, Northeast Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100034&lng=en&nrm=iso&tlng=en Amphoroid taxa have been revised in recent decades. Many species formerly assigned to Amphora have been transferred to other recently proposed genera, as Seminavis (Naviculaceae) and Halamphora (Catenulaceae). In Brazil, there are few studies focused on amphoroid taxonomy. This study presents a taxonomic investigation of five uncommon amphoroid taxa from Brazilian diatom flora: Seminavis pusilla, S. strigosa, Amphora ectorii, Halamphora ghanensis and Halamphora sp. Seminavis strigosa is identical in valve morphology and morphometrical data to Amphora twenteana, and its synonymy is proposed. Seminavis pusilla, poorly found in Brazilian waters, has expanded its distribution. Halamphora ghanensis is a new record to American continent while Amphora ectorii are new to Brazilian aquatic systems. Halamphora sp. has distinct ultrastructural features in relation to similar species and is probably new for science.<hr/>Táxons anforóides foram revisados nas últimas décadas. Várias espécies, previamente atribuídas a Amphora, foram transferidas para outros gêneros recentemente propostos, tais como Seminavis (Naviculaceae) e Halamphora (Catenulaceae). No Brasil, há poucos estudos com foco na taxonomia das diatomáceas anforóides. Este estudo apresenta uma investigação taxonômica de cinco táxons do grupo, incomuns na diatomoflora brasileira: Seminavis pusilla, S. strigosa, Amphora ectorii, Halamphora ghanensis e Halamphora sp. Seminavis strigosa é idêntica em morfologia e métrica da valva à Amphora twenteana, e a sinonimização destas espécies é proposta. Seminavis pusilla, raramente encontrada em águas brasileiras, tem a sua distribuição ampliada. Halamphora ghanensis é um novo registro para o continente Americano, enquanto Amphora ectorii é uma novidade para sistemas aquáticos brasileiros. Halamphora sp. possui características ultraestruturais distintas em relação a espécies similares e provavelmente seja uma nova espécie para a ciência. <![CDATA[First Report of <em>Phanerotoma bennetti</em> Muesebeck (Hymenoptera, Braconidae, Cheloninae) Parasitizing <em>Hypsipyla grandella</em> (Zeller) and <em>Hypsipyla ferrealis</em> Hampson (Lepidoptera, Pyralidae) in Crabwood in Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000100035&lng=en&nrm=iso&tlng=en Amphoroid taxa have been revised in recent decades. Many species formerly assigned to Amphora have been transferred to other recently proposed genera, as Seminavis (Naviculaceae) and Halamphora (Catenulaceae). In Brazil, there are few studies focused on amphoroid taxonomy. This study presents a taxonomic investigation of five uncommon amphoroid taxa from Brazilian diatom flora: Seminavis pusilla, S. strigosa, Amphora ectorii, Halamphora ghanensis and Halamphora sp. Seminavis strigosa is identical in valve morphology and morphometrical data to Amphora twenteana, and its synonymy is proposed. Seminavis pusilla, poorly found in Brazilian waters, has expanded its distribution. Halamphora ghanensis is a new record to American continent while Amphora ectorii are new to Brazilian aquatic systems. Halamphora sp. has distinct ultrastructural features in relation to similar species and is probably new for science.<hr/>Táxons anforóides foram revisados nas últimas décadas. Várias espécies, previamente atribuídas a Amphora, foram transferidas para outros gêneros recentemente propostos, tais como Seminavis (Naviculaceae) e Halamphora (Catenulaceae). No Brasil, há poucos estudos com foco na taxonomia das diatomáceas anforóides. Este estudo apresenta uma investigação taxonômica de cinco táxons do grupo, incomuns na diatomoflora brasileira: Seminavis pusilla, S. strigosa, Amphora ectorii, Halamphora ghanensis e Halamphora sp. Seminavis strigosa é idêntica em morfologia e métrica da valva à Amphora twenteana, e a sinonimização destas espécies é proposta. Seminavis pusilla, raramente encontrada em águas brasileiras, tem a sua distribuição ampliada. Halamphora ghanensis é um novo registro para o continente Americano, enquanto Amphora ectorii é uma novidade para sistemas aquáticos brasileiros. Halamphora sp. possui características ultraestruturais distintas em relação a espécies similares e provavelmente seja uma nova espécie para a ciência.