Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Biology]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1519-698420180001&lang=pt vol. 78 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Redução da genotoxicidade induzida pela doxorrubicina por <em>Handroanthus impetiginosus</em> na medula óssea de camundongos revelada pelo ensaio do micronúcleo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Handroanthus impetiginosus has long been used in traditional medicine and various studies have determined the presence of bioactive chemical compounds and potential phytotherapeutics. In this study, the genotoxicity of the lyophilized tincture of H. impetiginosus bark (THI) was evaluated in mouse bone marrow using micronucleus assays. The interaction between THI and genotoxic effects induced by the chemotherapeutic agent, doxorubicin (DXR), was also analyzed. Experimental groups were evaluated 24 to 48 h after treatment with N-nitroso-N-ethylurea (NEU; 50 mg/kg), DXR (5 mg/kg), sodium chloride (NaCl; 150 mM), and THI (0.5-2 g/kg). Antigenotoxic assays were carried out using THI (0.5 g/kg) in combination with NEU or DXR. Analysis of the micronucleated polychromatic erythrocytes (MNPCEs) indicated no significant differences between treatment doses of THI (0.5-2 g/kg) and NaCl. Polychromatic erythrocyte (PCE) to normochromatic erythrocyte (NCE) ratios did not indicate any statistical differences between DXR and THI or NaCl, but there were differences between THI and NaCl. A significant reduction in MNPCEs and PCE/NCE ratios was observed when THI was administered in combination with DXR. This study suggested the absence of THI genotoxicity that was dose-, time-, and gender-independent and the presence of moderate systemic toxicity that was dose-independent, but time- and gender-dependent. The combination of THI and DXR also suggested antigenotoxic effects, indicating that THI reduced genotoxic effects induced by chemotherapeutic agents.<hr/>Resumo Handroanthus impetiginosus tem sido usada durante um longo período pela medicina tradicional e vários estudos têm demonstrados a presença de compostos químicos e potencial fitoterapêutico. Esta pesquisa avaliou a genotoxicidade da tintura da casca liofilizada de H. impetiginosus (THI) usando o ensaio do micronúcleo em medula óssea de camundongos. A interação entre THI e os efeitos genotóxicos induzidos pelo quimioterápico doxorrubicina (DXR) também foram analisados. Grupos experimentais foram analisados a 24-48 h após o tratamento com N-Nitroso-N-etiluréia (NEU; 50 mg/kg), DXR (5 mg/kg), NaCl (150 mM) e THI (0,5-2 g/kg). O ensaio antigenotóxico foi conduzido utilizando THI (0,5 g/kg) em combinação com NEU ou DXR. A análise de eritrócitos policromáticos micronucleados (EPCMNs) não mostrou diferenças significativas entre as doses de tratamento (0,5-2 g/kg) e NaCl. As proporções de eritrócitos policromáticos (EPC)/eritrócitos normocromáticos (ENC) não revelaram diferenças estatísticas entre DXR e THI ou NaCl, porém houve diferenças entre THI e NaCl. Uma redução significativa em EPCMNs e na razão EPC/ENC foi observada quando THI foi administrado em combinação com DXR. Essa pesquisa sugere ausência de genotoxicidade de THI, dose-, tempo- e sexo-independente, e moderada toxicidade sistêmica dose-independente, mas tempo- e sexo-dependente. A associação do THI e DXR também sugere efeitos antigenotóxicos. Por conseguinte, THI pode reduzir os efeitos genotóxicos induzidos pelo quimioterapêutico. <![CDATA[Plantas de milho produz resistência elicitada por <em>Tetranychus urticae</em> Koch (Acari: Tetranychidae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Plants can be attacked by a wide variety of herbivores. Thus, developing protective mechanisms for resistance against these agents is an advantage for survival and reproduction. Over the course of evolution, many resistance mechanisms against herbivory have been developed by the plants. Induced direct and indirect resistance mechanisms can manifest in plants after herbivore attack. The two-spotted spider mite Tetranychus urticae is not a pest of maize crops (Zea mays), despite being reported infesting plants that may have resistances against this herbivore. We tested the hypothesis that maize plants would be able to induce direct resistance against T. urticae after, evaluating the effect of T. urticae infestation in maize plants on the development and reproduction of conspecifics. We tested induced direct resistance performing infestation and measuring biological parameters upon a second infestation. Maize plants, 40 days after sowing, were divided into two groups: 30 not infested by T. urticae (clean plants clean) and, 30 infested by the spider mite. Infestation of maize plants by T. urticae reduced the conspecific female adult survival. However, no change in the survival of immature or reproduction was observed. These results suggest the induction of induced direct resistances in maize by T. urticae. This is first report of direct resistance induction in Z. mays by the two-spotted spider mite T. urticae.<hr/>Resumo As plantas podem ser atacadas por uma grande diversidade de herbívoros. Sendo assim, o desenvolvimento de mecanismos de proteção para se defenderem destes agentes é um diferencial para a sobrevivência e reprodução. Ao longo da evolução, diversos mecanismos de resistência contra herbívoria foram desenvolvidos pelas plantas. Mecanismos de resistência induzida direta e indireta podem manifestar-se em plantas após o ataque de herbívoros. O ácaro-rajado Tetranychus urticae não é uma praga na cultura da cultura do milho (Zea mays), apesar de ser relatado infestando plantas, as quais podem apresentar resistências contra tal herbívoro. Testamos a hipótese de que plantas de milho seriam capazes de induzir resistências diretas à T. urticae após o ataque, avaliando o efeito da infestação de T. urticae de plantas em milho sobre seu desenvolvimento e reprodução de coespecíficos. Testamos resistência induzida direta realizando uma infestação e medindo os parâmetros biológicos em uma segunda infestação. Plantas de milho foram divididas em dois grupos: 30 plantas não por T. urticae (plantas limpas) e 30 plantas infestadas pelo ácaro-rajado. A infestação de plantas de milho por T. urticae reduziu a sobrevivência de fêmeas adultas do coespecífico. Entretanto, não foi observada alteração na sobrevivência das formas imaturas ou reprodução. Tais resultados sugerem a indução de resistências induzida diretas em milho por T. urticae. Este é primeiro relato de indução de resistência direta em Z. mays pelo ácaro-rajado T. urticae. <![CDATA[Efeito do uso do solo na abundância sazonal de pombas-de-bando (<em>Zenaida auriculata</em>) no sudoeste do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Changes at the landscape scale associated with expansion in agricultural land use and changes in agricultural practices are common causes of alteration in patterns of abundance and composition of avian communities. Eared Dove (Zenaida auriculata - Des Murs, 1847) is among the most common species in the Neotropics, considered both as game and pest in some countries. Here we characterized the regional and seasonal patterns of Eared Doves abundance in Southwestern Brazil and examined the relationship between landscape features and these abundance patterns. We counted Eared Doves using the point count system along routes in summer and winter and recorded land use at two scales. We used linear regressions to model the effect of landscape matrix and land use at local scale with Doves abundance in two seasons. At the landscape scale, in winter, the abundance was greater in routes crossing landscapes dominated by plantations. In summer, it was lower in routes with large tracts of forests and mixed farming. While in winter, at the local scale, the Doves abundance was greater in routes with higher frequency of maize plantations, in summer higher abundances were observed in routes with higher frequency of sugar cane and soybean plantations. Agricultural settings, which include both sustained production of food in the form of grains as well as and large stretches of habitat suitable for reproduction, favor large population of Eared Doves.<hr/>Resumo Mudanças em escala de paisagem associadas à expansão das áreas destinadas à agricultura e às mudanças nas práticas agrícolas são consideradas importantes causas de alterações nos padrões de composição das comunidades de aves. A pomba-de-bando (Zenaida auriculata - Des Murs, 1847) é uma espécie comum na região Neotropical, sendo considerada tanto um recurso cinegético quanto uma peste agrícola em alguns países. Neste trabalho nós caracterizamos os padrões regionais e sazonais de distribuição populacional de pombas-de-bando em áreas agrícolas do sudoeste do Brasil e examinamos a relação entre características da paisagem e padrões de abundância de pombas. Coletamos os dados em transecções com pontos de contagem, alocados em estradas vicinais, percorridas no verão e no inverno. Utilizamos dados sobre as características da paisagem em duas escalas. Através de análises de regressões lineares modelamos o efeito da paisagem e do uso da terra na abundância de pombas nas duas estações. Na escala da paisagem, no inverno, a abundância foi maior em áreas com predomínio de agricultura. No verão a abundância foi menor em áreas com grandes extensões de florestas e agropecuária. Em relação ao uso do solo, no inverno a abundância de pombas foi maior em regiões com maior frequência de plantações de milho, enquanto no verão, a maior abundância esteve associada à maior frequência de cana-de-açúcar e soja. As paisagens agrícolas que apresentaram tanto produção de alimentos sob a forma de grãos quanto grandes extensões de habitat para a reprodução, como a cana-de-açúcar, favoreceram a ocorrência grandes populações de pombas-de-bando no sudoeste do Brasil. <![CDATA[Fluxo de nitrogênio e fósforo na produção de tilápia-do-nilo (<em>Oreochromis niloticus</em>) a partir da aplicação de indicadores ambientais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100025&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We aimed in this study utilize environmental indicators as a quantitative method to evaluate and discuss the nitrogen (TN) and phosphorus (TP) flux by a production stage grow-out (termination) of Nile tilapia (Oreochromis niloticus) in fishpond. The TN and TP load, the mass balance, the input of TN and TP via feed and the converted nutrients in fish biomass are the environmental indicators applied in this study. During the production cycle (128 days), the system exported 15,931 g TN and 4,189 g TP that were related to the amount of feed supplied (r Pearson = 0.8825 and r = 0.8523, respectively), corroborated by the feed conversion ratio (1.61:1). The indicators showed that 26% TN and 45% TP were reversed into fish biomass, 62% TN and 40% TP were retained in the fishpond, and 12% TN and 15% TP were exported via effluent. The largest contribution of nutrients generated by the system and exported via effluent was observed in phase III and IV. This result is supported by the feed conversion ratio 2.14 and 2.21:1 obtained at this phase, a fact explained by the amount of feed offered and the fish metabolism. Application of environmental indicators showed to be an efficient tool to quantify flux of TN and TP produced during the grow-out period of Nile tilapia and therefore, guide management practices more sustainable. Concerning the environmental sustainability of the activity the implementation of best management practices such as the better control of the feed amount offered would lead to a smaller loss of TN and TP to the water. Furthermore, the use of better quality feeds would allow greater nutrient assimilation efficiency.<hr/>Resumo Nós objetivamos neste estudo, utilizar indicadores ambientais como método quantitativo para avaliar e discutir sobre o fluxo de nitrogênio (TN) e fósforo (TP) na etapa final de crescimento (terminação) de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus) em viveiro escavado. A carga de TN e TP, o balanço de massa, a entrada de nutrientes via ração e o TN e TP convertido em biomassa de peixe foram os indicadores ambientais utilizados neste estudo. Durante o ciclo produtivo (128 dias), o sistema exportou 15.931 g NT e 4.189 g PT os quais foram relacionadas às quantidades de alimento fornecido (r Pearson = 0,8825 e r = 0,8523, respectivamente), corroborada pela conversão alimentar (1,61:1). Os indicadores evidenciaram que 26% NT e 45% PT foram revertidos em biomassa de peixe, 62% NT e 40% PT ficaram retidos no viveiro e 12% NT e 15% PT foram exportados via efluente. O maior aporte de nutrientes gerado pelo sistema e exportado via efluente foi verificado nas fases III e IV. Este resultado é corroborado pelas taxas de conversão alimentar de 2,14 e 2,21:1 obtida nestas fases, fato explicado pela quantidade de ração ofertada e pelo metabolismo dos peixes. A aplicação dos indicadores ambientais mostrou ser uma ferramenta eficiente para quantificar o fluxo de TN e TP produzidos durante a etapa final de crescimento de tilápia-do-nilo e com isso orientar práticas de manejo mais sustentáveis. Com vistas à sustentabilidade ambiental da atividade, a implantação de boas práticas de manejo tais como o melhor controle da quantidade de alimento ofertado levaria a menor perda de NT e PT para a água. Além disso, o uso de rações de melhor qualidade permitiria maior eficiência de assimilação desses nutrientes. <![CDATA[Distribuição e densidade do bivalve <em>Anomalocardia brasiliana</em> em região estuarina do semiárido do Nordeste do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100032&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The objective of this study was to analyze the density and distribution of the bivalve Anomalocardia brasiliana in beaches in the estuarine region of the semiarid in Rio Grande do Norte State, Barra and Pernambuquinho (04°56.978’S and 37°08.961’W and 04°56.792’S and 37°09.375’W, respectively). Samples were collected monthly during 37 months using five transects (300 m long and 400 m apart) laid perpendicularly to the beach line toward the sea. Seven collection points, 50 m apart, were set in each transect, and shellfish and sediment samples were collected. Temperature and salinity were measured in each transect. The results showed a temperature variation of average values ​​of 3 °C; the greatest variation (33.2 °C) was observed in May of 2009. The lowest average salinity values were observed between April and June of 2009 (5, 8.7, and 7.8, respectively). This fact was due to an atypical rainfall in the region, which resulted in a large freshwater inflow into the estuary; the average salinity values ​​were about 40 in the remaining months. The highest precipitation values were observed in April/09, April/10, and April/11; the highest precipitation occurred in April/09 (316.3 mm). The lower average densities of A. brasiliana were observed in April and May/09 when compared to the other months; the lowest value was observed in April/09 (26 ind/m2). The highest densities occurred between November/10 and July/11, with values ​​ranging from 70 to 322 ind/m2. The highest inflow of young individuals (lengths from 2 to 5 mm) was observed between April and June of 2010 and on September/10 while the highest frequency of adults (from 20 to 25 mm) occurred between December of 2010 and April of 2011. Hence, the results of this study show that in the months with the greatest rainfall, salinity and the average density of A. brasiliana showed the lowest values.<hr/>Resumo O objetivo do trabalho foi analisar a densidade e distribuição do bivalve Anomalocardia brasiliana em praias de uma região estuarina do semiárido do Rio Grande do N (Barra - 04°56,978’S, 37°08,961’O e Pernambuquinho - 04°56,792’S, 37°09,375’O). As coletas foram realizadas durante 37 meses (abril/09 a abril/12). Mensamente foram dispostos cinco transectos (300 m de comprimento e distanciando 400 m entre si, perpendicularmente à linha da praia em direção ao mar. Em cada transecto foram definidos sete pontos de coletas com distância de 50 m entre si e coletadas amostras de moluscos e sedimento. Em cada transecto aferiu-se a temperatura e salinidade da água. Os resultados mostraram que houve uma variação dos valores médios de temperatura de 3°C, sendo o mês de maio/09 ocorreu o maior valor dessa variável (33,2 °C). Quanto aos valores médios de salinidade, o período de abril a junho/09 apresentou-se os menores valores médio da salinidade (5, 8,7 e 7,8, respectivamente), tal fato ocorreu, devido a um período de chuvas atípicas na região, que resultou em um grande aporte de água doce no estuário, nos demais meses os valores médios da salinidade foram cerca de 40. Ao analisar a precipitação observou-se, que os maiores valores ocorreram nos meses de abril/09, abril/10 e abril/11, sendo que o maior valor da precipitação ocorreu no mês de abril/09 (316,3 mm). As densidades médias de A. brasiliana nos meses de abril e maio/09 foram menores quando comparadas as densidades médias dos demais meses, sendo que o menor valor foi observado no mês de abril/09 (26 ind/m2). As maiores densidades ocorreram no período de novembro/2010 a julho/2011, com valores variando de 70 a 322 ind/m2. No período de abril a junho de 2010 e no mês de setembro/10 foi observada uma maior entrada de indivíduos jovens (comprimentos entre 2 a 5 mm), enquanto que durante o período de dezembro/2010 a abril/2011 ocorreu uma maior frequência de indivíduos adultos (entre 20 a 25 mm). Assim verificou-se com o presente estudo que, nos meses que ocorreram maior precipitação, salinidade e densidade média de A. brasiliana foi menor. <![CDATA[Conteúdo de proteínas e compostos fenólicos em calos de Bacupari cultivados com glutamina e fontes de nitrogênio]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100041&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract In this study was evaluated the influence of glutamine supplementation on the endogenous content of amino acids, proteins, total phenolics, flavonoids and proanthocyanidins in Bacupari callus. The explants were inoculated in MS medium, MS with half concentration of the nitrogen salts (MS½) and nitrogen-free MS, supplemented with glutamine (5, 10, 30 and 60mM) named as Gln5, Gln10, Gln30 and Gln60. Amino acids and proteins were analyzed after 20, 80 and 140 days and the secondary metabolites on the 140th day. There was no difference in the amino acids on the 20th day. On the 80th day the treatments MS and MS½ presented the lowest levels. On the 140th day MS and MS½ presented the lowest amino acid concentration and Gln10 the highest. Concerning proteins, there was difference only on the 140th day, being the highest concentrations observed in Gln5, and the lowest in MS½ treatment. Total phenolics content was higher in the treatment Gln60 and lowest in MS. Treatments Gln5, Gln10, Gln30 and MS½ were statistically equal. For flavonoids, the highest values occurred in the treatments Gln30, Gln60 and MS½ and the lowest in Gln5, Gln10 and MS. Similarly, for the proanthocyanidins the highest concentrations were observed in treatment Gln60 and the lowest in Gln5 and MS. In conclusion, the treatment with 60mM of glutamine favors the protein accumulation and production of secondary metabolites in Bacupari callus.<hr/>Resumo Nesse estudo foi avaliado o efeito da suplementação com glutamina no conteúdo endógeno de aminoácidos, proteínas, fenólicos totais, flavonoides e proantocianidinas em calos de Bacupari. Os explantes foram inoculados em meio MS, meio MS com metade da concentração de dos sais de nitrogênio (MS½) e meio MS sem nitrogênio suplementado com glutamina (5, 10, 30 e 60mM) denominados como Gln5, Gln10, Gln30 e Gln60. Os aminoácidos e as proteínas foram analisados após 20, 80 e 140 dias e os metabólitos secundários no 140° dia. Não houve diferença nos aminoácidos no 20° dia. No 80° dia os tratamentos MS e MS½ apresentaram os menores níveis. No 140° dia, MS e MS½ apresentaram as menores concentrações de aminoácidos e o Gln10 as maiores. A respeito das proteínas, houve diferença apenas no 140° dia, sendo as maiores concentrações observadas nos tratamentos Gln, e as menores no MS½. O conteúdo de fenólicos totais foi maior no tratamento Gln60 e menor no MS. Os tratamentos Gln5, Gln10, Gln30 e MS½ foram estatisticamente iguais. Para os flavonóides, os maiores valores ocorreram nos tratamentos Gln30, Gln60 e MS½ e os menores no Gln5, Gln10 e MS. Da mesma forma, para as proantocianidinas, as maiores concentrações foram observadas no tratamento Gln60 os menores no Gln5 e MS. Em conclusão, o tratamento com 60 mM de glutamina favorece o acúmulo de proteínas e a produção de metabólitos secundários em calos de Bacupari. <![CDATA[O besouro <em>Costalimaita ferruginea</em> (Coleoptera: Chysomelidae) em plantios de <em>Eucalyptus</em> em áreas de transição dos Biomas Amazon e Cerrado]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100047&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Costalimaita ferruginea (Coleoptera: Chrysomelidae) attacks Eucalyptus plants causing severe damage through netting of the leaves. Recently, this Coleoptera has been reported attacking Myrtaceae in Mato Grosso State and, studies about the occurrence of this beetle in commercial plantations of eucalypts has been the subject of researchers through monitoring programmes in the forest protection area. With the beginning of the rainy season, adults were observed causing damage in eucalypt plantations in four cities that are part of the transition region of Amazon and Cerrado Biomes. The spots where these insects were observed are located in Feliz Natal, Lucas do Rio Verde, Sorriso and Vera. The purpose of this study was to report the new occurrences and to characterize the attack period of the beetle C. ferruginea in Eucalyptus plantations in Middle-North region of Mato Grosso State, region of Biomes Transition.<hr/>Resumo Costalimaita ferruginea (Coleoptera: Chrysomelidae) ataca plantas de Eucalyptus provocando intensos danos através do rendilhamento das folhas. Recentemente, esse Coleoptera tem sido relado atacando Myrtaceae no Estado de Mato Grosso e, estudos sobre a ocorrência desse besouro em plantios comerciais de eucaliptos tem sido alvo de pesquisadores através de programas de monitoramento na área de proteção florestal. Com o início do período chuvoso, adultos foram observados causando danos em plantios de eucalipto em quatro municípios que fazem parte da região de transição dos Biomas Amazônia e Cerrado. Os pontos onde foram observados esses insetos estão localizados em Feliz Natal, Lucas do Rio Verde, Sorriso e Vera. O objetivo deste trabalho foi relatar as novas ocorrências e caracterizar o período de ataque do besouro C. ferruginea em plantios de Eucalyptus na região Médio-Norte do Estado de Mato Grosso, região de transição de Biomas. <![CDATA[Composição química, potencial antimicrobiano e antioxidante do óleo essencial de <em>Guarea kunthiana</em> A. Juss]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100053&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The essential oils are extracted from plant compounds and can present activities antimicrobial and antioxidant properties. The goals of the present study were: (a) to determine the chemical composition of the essential oil of Guarea kunthiana A. Juss using the method of gas chromatography coupled to mass spectrometry (GC-MS); (b) to evaluate the antimicrobial potential of this oil using the broth microdilution method against different microorganisms: five Gram-negative bacteria, four Gram-positive bacteria and a yeast and (c) to determine the antioxidant activity of the oil using the DPPH (2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl) free radical assay. The GC-MS analyses allowed identifying 13 constituents, representing 96.52% of the essencial oil composition. The main compounds identified were α-zingiberene (34.48%), β-sesquiphellandrene (22.90%), and α-curcumene (16.17%). With respect to the antimicrobial activity, the essential oil was effective against all the microorganisms tested, except for the bacteria E. coli and K. pneumoniae, which were resistant to the action of the oil. From a general point of view, Gram-positive bacteria were more susceptible to the action of the essential oil than Gram-negative bacteria. The essential oil exhibited antioxidant potential.<hr/>Resumo Os óleos essenciais são compostos extraídos de plantas e podem apresentar propriedades antimicrobianas e antioxidantes. O objetivo deste trabalho foi (a) determinar a composição química do óleo essencial de Guarea kunthiana A. Juss pelo método de cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas (CG-EM); (b) avaliar o potencial antimicrobiano deste óleo pelo método de microdiluição em caldo frente a diferentes micro-organismos, sendo cinco bactérias Gram-negativas, quatro Gram-positivas uma levedura e (c) por fim, determinar a atividade antioxidante do óleo pelo método de captura do radical livre 2,2-difenil-1-picril hidrazil (DPPH). As análises de CG-EM resultaram na identificação de 13 constituintes, representando 96,52% da composição do óleo essencial. Os principais compostos identificados foram α-Zingibereno (34,48%), β-Sesquifelandreno (22,90%) e α-Curcumeno (16,17%). Em relação à atividade antimicrobiana, o óleo essencial foi efetivo frente a todos os micro-organismos testados exceto para as bactérias E. coli e K. pneumoniae, as quais se apresentaram resistentes à ação do óleo. Em geral, as bactérias Gram-positivas foram mais suscetíveis à ação do óleo essencial em relação às Gram-negativas. O óleo essencial apresentou potencial. <![CDATA[Caracterização de biomarcadores de estresse oxidativo em caranguejos anomuros de água doce]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100061&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract In general, environmental responses at level of populations or communities are preceded by alterations at lower biological levels which can be efficiently detected by the analysis of biomarkers. We analyzed the oxidative biomarkers TBARS and Catalase in Aegla singularis, a freshwater crustacean highly sensitive to environmental changes. The objective was to address if are differences in these biomarkers related to the gender as well if they are influenced by seasonal or water physicochemical variables. The results showed differences in biomarkers profile related to the gender. In female crabs were not sensitive to seasonal variations throughout the study period. However, in males the biomarkers evaluated were higher in the winter as compared to remaining seasons and showed tendency of negative correlation with water temperature and pH. This study highlights that gender, seasonal variations and physicochemical variables can influence oxidative stress biomarkers in A. singularis. Female crabs probably are better suited as a model for biomarker application in environmental studies, because their insensibility to seasonal variations can facilitate the observations of responses related specifically to environmental disturbances.<hr/>Resumo Em geral, as respostas ambientais ao nível de populações ou comunidades são precedidas pelas alterações nos níveis biológicos inferiores que podem ser eficientemente detectados pela análise de biomarcadores. Neste trabalho, foram analisados os biomarcadores oxidativos TBARS e Catalase em Aegla singularis, um crustáceo de água doce altamente sensível às mudanças ambientais. O objetivo foi investigar se há diferenças nestes biomarcadores relacionados com o gênero, bem como se eles são influenciados por parâmetros sazonais ou físico-químicos. Os resultados mostraram diferenças no perfil de biomarcadores relacionados com o gênero. Caranguejos fêmeas não foram sensíveis a variações sazonais ao longo do período de estudo. Nos machos, os biomarcadores avaliadas apresentaram níveis mais altos no inverno, em comparação com as demais estações e mostraram uma tendência de correlação negativa com a temperatura e pH da água. Este estudo destaca que o sexo, variações sazonais e variáveis físico-químicas podem influenciar os biomarcadores de estresse oxidativo em A. singularis. As fêmeas de A. singularis provavelmente são mais adequadas como um modelo para aplicação destes biomarcadores em estudos ambientais, uma vez que sua insensibilidade às variações sazonais podem facilitar as observações das respostas relacionadas especificamente com perturbações ambientais. <![CDATA[Perfil de suscetibilidade antifúngica de diferentes leveduras isoladas da microbiota de animais silvestres, leite com mastite subclínica e ambiente hospitalar]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100068&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Yeast infections have acquired great importance due to increasing frequency in immunocompromised patients or patients undergoing invasive diagnostic and therapeutic techniques, and also because of its high morbidity and mortality. At the same time, it has been seen an increase in the emergence of new pathogenic species difficult to diagnose and treat. The aim of this study was to determine the in vitro susceptibility of 89 yeasts from different sources against the antifungals amphotericin B, voriconazole, fluconazole and flucytosine, using the VITEK® 2 Compact system. The antifungal susceptibility was performed automatically by the Vitek® 2 Compact system. The origin of the yeasts was: Group 1 - microbiota of wild animals (W) (26/89), 2 - cow’s milk with subclinical mastitis (M) (27/89) and 3 - hospital enviorment (H) (36/89). Of the 89 yeasts submitted to the Vitek® 2 test, 25 (20.9%) were resistant to fluconazole, 11 (12.36%) to amphotericin B, 3 (3.37%) to voriconazole, and no sample was resistant to flucytosine. Regarding the minimum inhibitory concentration (MIC), fluconazole showed an MIC between 1 and 64 mg/mL for the three groups, voriconazole had an MIC between 0.12 and 8 mg/mL, amphotericin B had an MIC between 0.25 and 4 mg/mL for group H and group W respectively, between 0.25 and 16 mg/mL for group M and flucytosine had an MIC equal to 1μg/mL for all groups. The yeasts isolated from the H group showed the highest resistance to fluconazole 12/89 (13.49%), followed by group W (7.87%) and group M (5.62%). The more resistant group to voriconazole was followed by the M and H groups, the W group showed no resistance to this antifungal. Group H was the least resistant (2.25%) to amphotericin.<hr/>Resumo As infecções por leveduras têm adquirido grande importância, devido ao aumento da sua frequência em pacientes imunocomprometidos ou pacientes submetidos a técnicas diagnosticas e terapêuticas agressivas, e devido sua alta morbidade e mortalidade. Paralelamente tem-se observado um incremento na aparição de novas espécies patógenas difíceis de diagnosticar e tratar. O objetivo desse estudo foi avaliar a suscetibilidade in vitro de 89 leveduras de diferentes origens frente aos antifúngicos Anfotericina B, Voriconazol, Fluconazol e Fluocitocina pelo Sistema Vitek® 2. O antifungigrama foi realizado automaticamente pelo Vitek® 2 Compact. A origem das leveduras foi: Grupo 1- Microbiota de Animais Silvestres (S) (26/89), 2- Leite com mastite bovina subclínica (L) (27/89) e 3- Ambiente Hospitalar (H) (36/89). Das 89 leveduras submetidas à carta Vitek®, 25 (20.09%) foram resistentes ao fluconazol, oito (8.99%) à anfotericina B, três (3.37%) ao voriconazol, e nenhuma amostra mostrou-se resistente a fluocitosina. O grupo três (H) foi mais resistente ao fluconazol que os demais, já o dois (L) foi mais resistente ao voriconazol e a anfotericina B que os outros dois. O fluconazol pode ter apresentado maior número de resistências devido ser um fármaco comumente usado principalmente em humanos. As leveduras isoladas de humanos apresentaram maior número de resistências aos fármacos testados do que as leveduras isoladas de animais silvestres. O que pode ocorrer devido a uma maior exposição dos humanos aos fármacos em relação aos animais que vivem isolados em ambientes selvagens e na maioria dos casos nunca teve contato com fármacos de qualquer origem. <![CDATA[Filogenia do gênero <em>Stephomyia</em> Tavares, 1916 (Diptera: Cecidomyiidae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100076&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Stephomyia Tavares, 1916 comprises seven species, all Neotropical: S. clavata (Tavares, 1920); S. epeugeniae Gagné, 1994; S. espiralis Maia, 1993; S. mina Maia, 1993; S. rotundifoliorum Maia, 1993; S. tetralobae Maia, 1993; and S. eugeniae (Felt, 1913). In the present study, a cladistic analysis based upon adult, pupa, larva and gall morphological characters as well as host plant data is carried out in order to discuss the monophyly of the genus and the relationships among the known species. The Stephomyia monophyly was supported by eight synapomorphies: five homoplastic characters and three non-homoplastic characters. Analyzes showed S. clavata with great instability within the genus, probably due to lack of larva, pupa and female data, so S. clavata was deactivated in analyze. The topology found was (S. mina ((S. eugeniae + S. epeugeniae) (S. tetralobae (S. rotundifoliorum + S. espiralis)))).<hr/>Resumo Stephomyia Tavares, 1916 compreende sete espécies, todas neotropicais: S. clavata (Tavares, 1920); S. epeugeniae Gagné, 1994; S. espiralis Maia, 1993; S. mina Maia, 1993; S. rotundifoliorum Maia, 1993; S. tetralobae Maia, 1993 e S. eugeniae (Felt, 1913). Neste estudo, uma análise cladística baseada em caracteres morfológicos dos adultos, pupa, larva e galha, bem como na informação das plantas hospedeiras é realizada e a monofilia do gênero e as relações entre as espécies conhecidas são discutidas. A monofilia de Stephomyia foi suportada por oito sinapomorfias: cinco caracteres homoplásticos e três não homoplásticos. Análises mostraram uma grande instabilidade de S. clavata dentro do gênero, provavelmente devido à falta de informações sobre a larva, a pupa e a fêmea, o que resultou em desativação na análise. A topologia encontrada foi (S. mina ((S. eugeniae + S. epeugeniae) (S. tetralobae (S. rotundifoliorum + S. espiralis)))). <![CDATA[Primeiro registro de <em>Crypticerya zeteki</em> (Cockerell, 1914) (Monophlebidae) no Brasil e <em>Maconellicoccus hirsutus</em> (Green, 1908) (Pseudococcidae) no Maranhão, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100087&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Crypticerya zeteki (Cockerell, 1914) (Hemiptera: Coccomorpha: Monophlebidae) is recorded for the first time from Brazil and Maconellicoccus hirsutus (Green, 1908) (Hemiptera: Coccomorpha: Pseudococcidae) is recorded for the first time from the state of Maranhão, Brazil. Both species were collected from branches, leaves and fruits of various fruit trees in the municipalities of São José de Ribamar, São Luís and Paço do Lumiar, Maranhão, Brazil. Crypticerya zeteki was collected on Citrus spp. (Rutaceae), Cocos nucifera (L.) (Arecaceae), Cycas revoluta L. (Cycadaceae), Malpighia punicifolia L. (Malpighiaceae), Mangifera indica L. (Anacardiaceae), Musa paradisiaca L. (Musaceae) and Theobroma grandiflorum Schum (Malvaceae), all first records for this species. Maconellicoccus hirsutus was collected on Spondias tuberosa Arruda (Anacardiaceae) and M. punicifolia L. (Malpighiaceae), both new records for this species.<hr/>Resumo Crypticerya zeteki (Cockerell, 1914) (Hemiptera: Coccomorpha: Monophlebidae) é registrada pela primeira vez no Brasil e Maconellicoccus hirsutus (Green, 1908) (Hemiptera: Coccomorpha: Pseudococcidae) é registrada pela primeira vez para o estado do Maranhão, Brasil. Ambas as espécies foram coletadas em ramos, folhas e frutos de diferentes árvores frutíferas nos municípios de São José de Ribamar, São Luís e Paço do Lumiar, Maranhão, Brasil. Crypticerya zeteki foi coletada sobre Citrus spp. (Rutaceae), Cocos nucifera (L.) (Arecaceae), Cycas revoluta L. (Cycadaceae), Malpighia punicifolia L. (Malpighiaceae), Mangifera indica L. (Anacardiaceae), Musa paradisiaca L. (Musaceae) e Theobroma grandiflorum Schum (Malvaceae), todas registradas pela primeira vez para esta espécie. Maconellicoccus hirsutus foi coletado sobre Spondias tuberosa Arruda (Anacardiaceae) e M. punicifolia, ambos novos registros para esta espécie. <![CDATA[Cry protein in the predatory mite <em>Neoseiulus californicus</em> and spider mite <em>Tetranychus urticae</em> prey fed with transgenic maize]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100091&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Crypticerya zeteki (Cockerell, 1914) (Hemiptera: Coccomorpha: Monophlebidae) is recorded for the first time from Brazil and Maconellicoccus hirsutus (Green, 1908) (Hemiptera: Coccomorpha: Pseudococcidae) is recorded for the first time from the state of Maranhão, Brazil. Both species were collected from branches, leaves and fruits of various fruit trees in the municipalities of São José de Ribamar, São Luís and Paço do Lumiar, Maranhão, Brazil. Crypticerya zeteki was collected on Citrus spp. (Rutaceae), Cocos nucifera (L.) (Arecaceae), Cycas revoluta L. (Cycadaceae), Malpighia punicifolia L. (Malpighiaceae), Mangifera indica L. (Anacardiaceae), Musa paradisiaca L. (Musaceae) and Theobroma grandiflorum Schum (Malvaceae), all first records for this species. Maconellicoccus hirsutus was collected on Spondias tuberosa Arruda (Anacardiaceae) and M. punicifolia L. (Malpighiaceae), both new records for this species.<hr/>Resumo Crypticerya zeteki (Cockerell, 1914) (Hemiptera: Coccomorpha: Monophlebidae) é registrada pela primeira vez no Brasil e Maconellicoccus hirsutus (Green, 1908) (Hemiptera: Coccomorpha: Pseudococcidae) é registrada pela primeira vez para o estado do Maranhão, Brasil. Ambas as espécies foram coletadas em ramos, folhas e frutos de diferentes árvores frutíferas nos municípios de São José de Ribamar, São Luís e Paço do Lumiar, Maranhão, Brasil. Crypticerya zeteki foi coletada sobre Citrus spp. (Rutaceae), Cocos nucifera (L.) (Arecaceae), Cycas revoluta L. (Cycadaceae), Malpighia punicifolia L. (Malpighiaceae), Mangifera indica L. (Anacardiaceae), Musa paradisiaca L. (Musaceae) e Theobroma grandiflorum Schum (Malvaceae), todas registradas pela primeira vez para esta espécie. Maconellicoccus hirsutus foi coletado sobre Spondias tuberosa Arruda (Anacardiaceae) e M. punicifolia, ambos novos registros para esta espécie. <![CDATA[Parasitismo por um Digenea em <em>Lucina pectinata</em> (Mollusca: Lucinidae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100094&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Lucina pectinata is an important economic resource in the Brazilian coast. This study reports parasitism caused by a Digenea in this species. The specimens (n = 470) were collected in December 2012 in a mangrove swamp of the Cachoeira River estuary, Bahia, Brazil. They were measured along the anterior-posterior axis (length), and after macroscopic analysis for parasites and diseases cuts of 5 mm were fixated in Carnoy’s solution and processed by routine histology technique wherein sessions of 7 μm were stained with Harris hematoxylin and eosin (H&amp;E). The tissues were examined using an optical microscope. The mean length of L. pectinata was 4.0 ± 0.53 cm. Microscopic analysis showed sporocysts containing both germ balls as cercariae of an unidentified Digenea (Platyhelminthes), these in various stages of development. The prevalence was 1.48% (7/470). In a parasitized specimen was macroscopic evidence of tissue densification of gills. The sporocysts were observed in mantle, gills, digestive gland and gonads, with evident alteration/destruction of tissues, including parasitic castration. There were no other parasites found, which is probably related to inaccessibility and chemical conditions in which lives L. pectinata, i.e., between 10 and 20 cm in mangrove sediment.<hr/>Resumo Lucina pectinata é um importante recurso econômico na costa brasileira. Este estudo relata parasitismo causado por um Digenea nesta espécie. Os exemplares (n = 470) foram coletados em dezembro de 2012 em um manguezal do estuário do Rio Cachoeira, Ilhéus, Bahia. Estes foram medidos quanto ao eixo ântero-posterior (comprimento) e após análise macroscópica quanto a parasitos e enfermidades, cortes transversais de 5 mm foram fixados em solução de Carnoy e processados por técnica rotineira de histologia, sendo que sessões de 7 μm foram coradas com hematoxilina de Harris e eosina (HE). Os tecidos foram examinados em microscopia de luz. A média de comprimento de L. pectinata foi de 4,0 ± 0,53 cm. A análise microscópica evidenciou esporocistos de um Digenea (Platyhelminthes) não identificado, contendo massas germinativas e cercárias, estas em vários estágios de desenvolvimento. A prevalência foi de 1,48% (7/470). Um dos exemplares parasitado apresentou adensamento dos tecidos nas brânquias. Os esporocistos foram observados no manto, brânquias, glândula digestiva e gônadas, causando evidente alteração/destruição de tecidos, inclusive castração parasitária. Não foram observados outros parasitos, o que está provavelmente associado à inacessibilidade e condições químicas em que vive este hospedeiro, isto é, entre 10 e 20 cm no sedimento do manguezal. <![CDATA[Compostos fenólicos das folhas de dez especies selvagem de Verbenaceae como antioxidantes e quimiomarcadores específicos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100098&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The family Verbenaceae hosts important species used in traditional medicine of many countries. The taxonomic controversies concerning the specific delimitation of several of its species make it difficult to guarantee the botanical origin of herbal preparations based on species of this family. To contribute to the development of both specific chemomarkers and a quality control tool to authenticate the botanical origin of herbal preparations of Verbenacea species, we determined the foliar HPLC-DAD phenolic profiles and the antioxidant properties of 10 wild species of this family occurring in Mexico. The contents of phenols and flavonoids varied significantly among species. Priva mexicana showed the highest levels of total phenolics (53.4 mg g-1 dry tissue) and Verbena carolina had the highest levels of flavonoids (17.89 mg g-1 dry tissue). Relevant antioxidant properties revealed by antiradical and reducing power were found for the analyzed species. These properties varied significantly in a species-dependent manner. The phenolic compounds accumulated were flavones and phenolic acids. Flavones were the only type of flavonoids found. The results of a cluster analysis showed that the compounds were accumulated in species-specific profiles. The phenolic profiles are proposed as valuable chemomarkers that can become a useful tool for the quality control concerning the botanical origin of herbal medicinal preparations based on the species analyzed. In addition, phenolic profiles could contribute importantly to solve the taxonomic controversies concerning species delimitation in the family Verbenaceae.<hr/>Resumo A família Verbenaceae compreende importantes espécies utilizadas na medicina popular de muitos países. As dificuldades taxonômicas relativas à delimitação específica de muitas das suas espécies face difícil a verificar a origem botânico das preparações herbales baseadas nas espécies desta família. Para fazer uma contribuição ao desenvolvimento de indicadores taxonômicos e dum método de controle de qualidade para verificar a origem botânico de preparações herbales das espécies de Verbenaceae, os perfis fenólicos, obtidos pares HPLC-DAD, e as atividades antioxidantes das folhas de 10 espécies selvagens Mexicanas desta família foram determinados. Os conteúdos dos compostos fenólicos totais e dos flavonoides foram significativamente diferentes entre as espécies. Priva mexicana apresentou a maior quantidade de compostos fenólicos totais (53.4 mg g-1 amostra seca) e Verbena carolina apresentou a maior quantidade de flavonoides (17.89 mg g-1 amostra seca). Verifica-se importantes propriedades antioxidantes, como os resultados dos ensaios da capacidade antiradical e do poder redutor indicaram. As propriedades antioxidantes foram significativamente diferentes entre as espécies. Verificou-se que os compostos fenólicos conteúdos nas folhas das espécies analisadas foram só flavonas e ácidos fenólicos. Os resultados das análises de agrupamento provarãn que os perfiles fenólicos foram espécie-específicos. Estes perfis podem ser considerados como indicadores químicos da qualidade relativa à origem botânico de preparações medicinais baseadas nas espécies analisadas e podem fazer importantes contribuições para a delimitação específica na família Verbenaceae. <![CDATA[Degradação bacteriana da matéria orgânica dissolvida liberada por <em>Planktothrix agardhii</em> (Cyanobacteria)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100108&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Although Planktothrix agardhii often produces toxic blooms in eutrophic water bodies around the world, little is known about the fate of the organic matter released by these abundant Cyanobacteria. Thus, this study focused in estimating the bacterial consumption of the DOC and DON (dissolved organic carbon and dissolved organic nitrogen, respectively) produced by axenic P. agardhii cultures and identifying some of the bacterial OTUs (operational taxonomic units) involved in the process. Both P. agardhii and bacterial inocula were sampled from the eutrophic Barra Bonita Reservoir (SP, Brazil). Two distinct carbon degradation phases were observed: during the first three days, higher degradation coefficients were calculated, which were followed by a slower degradation phase. The maximum value observed for particulate bacterial carbon (POC) was 11.9 mg L-1, which consisted of 62.5% of the total available DOC, and its mineralization coefficient was 0.477 day-1 (t½ = 1.45 days). A similar pattern of degradation was observed for DON, although the coefficients were slightly different. Changes in the OTUs patterns were observed during the different steps of the degradation. The main OTUs were related to the classes Alphaproteobacteria (8 OTUs), Betaproteobacteria (2 OTUs) and Gammaproteobacteria (3 OTUs). The genus Acinetobacter was the only identified organism that occurred during the whole process. Bacterial richness was higher at the slower degradation phase, which could be related to the small amounts of DOM (dissolved organic matter) available, particularly carbon. The kinetics of the bacterial degradation of P. agardhii-originated DOM suggests minimal loss of DOM from the Barra Bonita reservoir.<hr/>Resumo Embora Planktothrix agardhii frequentemente forme florações tóxicas em corpos d’água pelo mundo, pouco ainda se sabe sobre o destino da matéria orgânica liberada por essa abundante Cyanobacteria. Assim, este estudo foi focado na estimativa do consumo bacteriano do carbono orgânico dissolvido (DOC) e nitrogênio orgânico dissolvido (DON) produzido por culturas axênicas de P. agardhii e identificação de algumas das unidades taxonômicas operacionais (OTUs) bacterianas envolvidas no processo. Ambos a linhagem de P. agardhii e o inóculo bacteriano foram amostrados do reservatório eutrófico de Barra Bonita (SP, Brasil). Foram observadas duas fases distintas da degradação do DOC: durante os três primeiros dias, coeficientes mais altos de degradação foram calculados, que foram então seguidos por uma fase mais lenta da degradação do carbono. O valor máximo calculado para o carbono bacteriano particulado (POC) foi de 11,9 mgL-1, o que equivale a aproximadamente 62,5% do DOC disponível para consumo, e o seu coeficiente de mineralização foi de 0,477 dia-1 (t1/2 = 1,45 dias). Um padrão similar de degradação foi observado para DON, embora os coeficientes sejam ligeiramente diferentes. Foram observadas mudanças nos padrões de OTUs durante os diferentes passos da degradação. As principais OTUs foram relacionadas às classes Alphaproteobacteria (8 OTUs), Betaproteobacteria (2 OTUs) e Gammaproteobacteria (3 OTUs). O gênero Acinetobacter foi o único organismo identificado que ocorreu durante todo o processo. A maior riqueza bacteriana foi observada durante a fase lenta de degradação, o que pode estar relacionado às pequenas quantidades de matéria orgânica dissovida (DOM) disponíveis, particularmente o carbono. A cinética da degradação bacteriana da MOD de P. agardhii, quando comparada ao tempo de retenção do reservatório, sugere que existe uma perda mínima após sua liberação em Barra Bonita. <![CDATA[Perfil proteômico e metabólico de <em>Piper tuberculatum</em> (Piperaceae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100117&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Piper tuberculatum (Piperaceae) is a species that accumulates especially amides as secondary metabolites and several biological activities was previously reported. In this article, we report a proteomic study of P. tuberculatum. Bidimensional electrophoresis (2D SDS-PAGE) and mass spectrometry (ESI-Q-TOF) were used in this study. Over a hundred spots and various peptides were identified in this species and the putative functions of these peptides related to defense mechanism as biotic and abiotic stress were assigned. The information presented extend the range of molecular information of P. tuberculatum.<hr/>Resumo Piper tuberculatum (Piperaceae) é uma espécie que acumula especialmente amidas como metabólitos secundários e diversas atividades biológicas dessa espécie foram relatadas anteriormente. No presente artigo, relatamos um estudo proteômico dessa espécie. Eletroforese bidimensional (2D SDS-PAGE) e espectrometria de massas (ESI-Q-TOF) foram utilizadas nesse estudos. Mais de cem spots e vários peptídeos foram identificados nesta espécie e as funções putativas desses peptídeos relacionadas a mecanismo de defesa como estresse biótico e abiótico foram atribuídos. As informações apresentadas ampliam a gama de informações moleculares dessa espécie. <![CDATA[Efeitos das rodovias MT 235 e 358 sob a diversidade de vertebrados no sudoeste de Mato Grosso]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100125&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Roadkill impact is still underestimated due to the lack of knowledge of its intensity and effect on animal populations. To assess differences between animal roadkills on roads in distinct landscapes, this study recorded meso- and megavertebrate roadkills along 50 km during a year in two highways in the transitional area of Amazonia/Cerrado in Tangará da Serra, Mato Grosso: MT-358 and MT-235, the latter crossing the Paresi Indigenous Land. We assessed roadkill rates and points with higher rates of roadkills, recording the most impacted species, seasonal effects, biomass loss, activity period of species, and traffic volume. We recorded 178 roadkills in 4,950 km travelled, a rate of 0.035 animal/km-travelled. Mammals were the most impacted with 135 roadkills (75.8%), followed by reptiles (6.2%), amphibians (5.6%) and birds (5.1%). Among mammals 51.1% were Carnivora, and the most impacted species was Cerdocyon thous (n = 42). On highway MT-358 (human-modified landscape), we recorded 155 roadkilled mammals, and the most impacted were C. thous (23.9%) and Euphractus sexcinctus (13.5%). Whilst on highway MT-235 (Paresi Indigenous Land), we recorded 23 roadkilled mammals, and the most impacted were Myrmecophaga tridactyla (26.1%) and C. thous (21.7%). The low roadkill rate in the Paresi Indigenous Land might be related to the presence of fauna pathways along the highway and the availability of a forested landscape.<hr/>Resumo O impacto de atropelamentos por veículos sobre populações animais ainda é subestimado devido ao pouco conhecimento existente sobre sua intensidade e seus efeitos. Para avaliar diferenças entre atropelamentos de animais em rodovias inseridas em paisagens distintas, este trabalho registrou atropelamentos de meso e mega vertebrados em trechos de 50 km durante um ano em duas rodovias na região de transição Amazônia/Cerrado em Tangará da Serra, Mato Grosso: MT-358 e MT-235, sendo que a segunda cruza a Terra Indígena Paresi. Avaliamos as taxas de atropelamento e os locais de maior intensidade, registrando as espécies mais impactadas. Avaliamos efeitos de sazonalidade, perda de biomassa, horário de atividade das espécies e horário de maior fluxo de veículos. Foram 178 animais atropelados em 4.950 km percorridos, com 33 espécies (15 ordens), totalizando 0,035 animais/km-percorrido. Os mamíferos foram os mais atingidos com 135 atropelamentos (75,8%), seguidos por répteis (6,2%), anfíbios (5,6%) e aves (5,1%). Entre os mamíferos atropelados 51,1% pertencem à ordem carnívora, e a espécie mais atropelada foi Cerdocyon thous (n = 42). Na rodovia MT-358 (antropizada) foram registrados 155 atropelamentos de mamíferos, sendo que C. thous (23,9%) e Euphractus sexcinctus (13,5%) foram os mais atropelados. Enquanto na rodovia MT-235 foram registrados 23 atropelamentos sendo Myrmecophaga tridactyla (26.1%) e C. thous (21,7%) as espécies mais afetadas. Observamos menor taxa de atropelamentos dentro da Terra Indígena Paresi, possivelmente devido a presença de passagens para fauna ao longo da rodovia e maior quantidade de áreas florestadas. <![CDATA[Acumulação de cobre pela macrófita aquática <em>Salvinia biloba</em> Raddi (Salviniaceae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100133&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Aquatic macrophytes have properties and mechanisms which are useful for the removal of substances in solution, commonly used in phytoremediation processes in aquatic environments. This study evaluated the performance of copper (Cu) accumulation by Salvinia biloba Raddi (Salviniaceae) in different metal concentrations (1, 3 and 5 µg mL-1), as well as the control treatment, measured at intervals of 0, 7 and 14 days under laboratory conditions, with control as to pH and luminosity. After the experiment, the S. biloba biomass was washed, kiln dried, crushed and subjected to the process of digestion, and subsequently the accumulated copper content was determined by atomic absorption spectroscopy. The results showed that S. biloba is apt at accumulating copper, varying significantly between different treatments and days of exposure to the contaminant, as well as its interaction (treatment × days). The highest accumulation values were observed in treatment with 5 µg mL-1, which at 14 days, with 11,861 µg g-1 of copper. We observed symptoms of toxicity and mortality in plants, probably indicating the effect of copper on the species when at high levels. Salvinia biloba is an efficient species in the removal of copper in solution, its recommendation as a remediating agent in aquatic ecosystems being possible.<hr/>Resumo Macrófitas aquáticas apresentam propriedades e mecanismos úteis à remoção de substâncias presentes em solução, comumente, utilizadas em processos de fitorremediação de ambientes aquáticos. Este estudo avaliou o desempenho de acumulação de cobre (Cu) por Salvinia biloba Raddi (Salviniaceae) em diferentes concentrações do metal (1, 3 e 5 µg mL-1), além do tratamento controle, avaliados em intervalos de 0, 7 e 14 dias, sob condições laboratoriais, com controle de pH e luminosidade. Após o experimento a biomassa de S. biloba, foi lavada, seca em estufa, triturada e submetida ao processo de digestão, sendo, posteriormente, o teor de cobre acumulado determinado por espectroscopia de absorção atômica. Os resultados evidenciaram que S. biloba é hábil em acumular cobre em sua biomassa, variando significativamente entre os diferentes tratamentos e dias de exposição ao contaminante, bem como por sua interação (tratamentos × dias). Os maiores teores de acúmulo foram observados no tratamento com 5 µg mL-1, que aos 14 dias apresentou até 11.861 µg g-1 de Cu. Observamos sintomas de toxicidade e mortalidade nas plantas, evidenciando, provavelmente, o efeito do cobre sobre a espécie quando em elevados níveis. Salvinia biloba é uma espécie eficiente na remoção do cobre em solução, sendo possível sua recomendação como agente de remediação em ecossistemas aquáticos. <![CDATA[Fitoquímica, potencial antioxidante e antifúngico de <em>Byrsonima crassifolia</em> no controle de fitopatógenos de solo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100140&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The use of chemical defensives to control fungal diseases has by consequence to impact negatively over the environment and human health, this way, the use of plant extracts with antifungal properties along with proper cultural management makes viable an alternative plant production control, specially for familiar and organic cultures. The objective of this study was to perform phytochemical and antioxidant analysis of Byrsonima crassifolia (canjiqueira) barks and evaluate its antifungal potential over Fusarium solani and Sclerotinia sclerotiorum mycelial growth. The ethanol extract from plants collected in Pantanal, Mato Grosso do Sul, Brazil was submitted to phytochemical prospection, total phenol and flavonoids quantification and antioxidant activiy determination (DPPH). To evaluate antifungal activity concentrations of 800, 1200, 1600, 2000 and 2400 µg 100 mL-1 of ethanol extract were used. Which concentration was separately incorporated in agar (PDA) and shed in Petri dishes, followed by the fungi mycelial disc where the colonies diameter was measured daily. Negatives control with agar without extract and agar with an ethanol solution were used. The B. crassifolia ethanol extract presented inhibitory activity over the fungi studied where concentrations of 800 and 1600 µg 100 mL-1, inhibited 38% of the mycelial growth of F. solani; to S. sclerotiorum the best concentration was 2400 µg 100 mL1, reducing 37.5%. The antifungal bark extract potential of this specie is attributed to phenolic compounds and to triterpenes derivatives.<hr/>Resumo A aplicação de defensivos químicos para o controle de doenças fúngicas tem por consequência impactos sobre o ambiente e a saúde humana, dessa forma, a utilização de extratos vegetais com propriedades antifúngicas associado ao manejo adequado de culturas, torna-se uma proposta viável de controle alternativo, principalmente na agricultura orgânica e familiar. Neste sentido, objetivou-se neste trabalho realizar a análise fitoquímica e antioxidante das cascas de Byrsonima crassifolia (canjiqueira) e avaliar seu potencial antifúngico sobre o crescimento micelial de Fusarium solani e Sclerotinia sclerotiorum. O extrato etanólico das cascas da planta, coletadas no Pantanal do Rio Negro, em Mato Grosso do Sul, foi submetido à prospecção fitoquímica, quantificação de fenóis totais e flavonoides e determinação da atividade antioxidante (DPPH). Para a avaliação da atividade antifúngica foram utilizadas as concentrações de 800, 1200, 1600, 2000 e 2400 µg 100 mL-1 do extrato etanólico. Cada concentração foi incorporada, separadamente, em ágar BDA, e vertida em placas de petri, seguido do disco de micélio do fungo, onde o diâmetro das colônias foi medido diariamente. Utilizou-se como controle negativo, ágar sem extrato e ágar com solução etanólica. O extrato etanólico de B. crassifolia apresentou atividade inibitória sobre os fungos estudados, onde as concentrações de 800 e 1600 µg 100 mL-1, inibiram 38% do crescimento micelial de F. solani; para S. sclerotiorum, a melhor concentração foi de 2400 µg 100 mL1, com 37,5% de redução de crescimento. Atribui-se o potencial antifúngico do extrato da casca da espécie aos compostos fenólicos e derivados de triterpenos. <![CDATA[Efeito do tamanho e densidade sobre a remoção de sementes em <em>Syagrus loefgrenii</em> Glassman (Arecaceae) no Cerrado brasileiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100147&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract In this study I tested the effect of Syagrus loefgrenii nut size and number on the intensity of removal by rodents across seasons. Trials were performed in which piles of either small or large endocarps (1, 3, 6, 12, and 25) were subjected to removal by rodents in the Cerrado (Brazilian savanna). Despite of variations in the intensity of removal, always this process decrease conform endocarp number. Also, mean proportion of endocarp removal was unrelated to year period, initial number, and size of endocarps. Hence, endocarp removal was consistently negative density-dependent. As, in principle, the observed patterns of nut removal point out similar survival chances for both nut sizes, the pervasive negative density-dependent response emerges as a strategy in S. loefgrenii to swamp rodents all year round irrespective of seed size.<hr/>Resumo Avaliei o efeito do tamanho e densidade de endocarpos de Syagrus loefgrenii sobre a intensidade de remoção por roedores conforme a estação do ano. Para tanto, desenvolvi experimentos no Cerrado em que pilhas de endocarpos pequenos ou grandes (1, 3, 6, 12 e 25), foram sujeitos à remoção por roedores. Apesar da intensidade de remoção variar ao longo do ano, sempre esse processo teve relação inversa com o número de endocarpos. Além disso, em qualquer estação do ano, as proporções médias de endocarpos removidos sempre foram menores nas pilhas maiores, independentemente do tamanho dos endocarpos. Portanto, o processo de remoção de endocarpos foi negativamente dependente da densidade. Como, em princípio, os padrões de remoção em S. loefgrenii sugerem chances similares de sobrevivência tanto para endocarpos grandes, quanto pequenos, a preponderância de resposta negativamente dependente da densidade emerge como uma estratégia de S. loefgrenii voltada a saciar roedores em qualquer período do ano independentemente do tamanho de suas sementes. <![CDATA[<em>Escherichia coli</em> não é um indicador adequado para avaliar a contaminação fecal da água por lontras]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100155&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The detection of pathogenic microorganisms in aquatic environments is extremely relevant in terms of public health. As these laboratorial methodologies are usually difficult, expensive and time-consuming, they are frequently replaced by the assessment of fecal indicator bacteria, such as Escherichia coli. This study aimed to assess the presence of E. coli in fecal samples from Neotropical otters, to evaluate its potential as fecal indicator to be applied to the determination of water microbiological quality in areas where otters’ populations are high. Twenty-six otter fecal samples, collected in Alto Paranapanema river basin, São Paulo State, Brazil, were analyzed for the presence of E. coli, using conventional bacteriological methods. Only 8 scat samples (30%) were E. coli positive, indicating that this microorganism is not a suitable fecal indicator to assess water fecal contamination by Neotropical otters, and should not be used to infer the presence of otter related pathogens in waters.<hr/>Resumo A detecção de microrganismos patogênicos em ambientes aquáticos é extremamente importante em termos de saúde pública. Como estas metodologias laboratoriais são geralmente difíceis de realizar, dispendiosas e demoradas, são frequentemente substituídas pela avaliação de bactérias indicadoras de contaminação fecal, tais como Escherichia coli. Este estudo teve como objetivo avaliar a presença de E. coli em amostras fecais de lontras Neotropicais, para avaliar o seu potencial como indicador fecal e poder ser aplicado para a determinação da qualidade microbiológica da água em áreas onde as populações de lontras são numerosas. Vinte e seis amostras de fezes de lontra, coletadas na bacia do Alto Paranapanema, Estado de São Paulo, Brasil, foram analisadas quanto à presença de E. coli, utilizando métodos bacteriológicos convencionais. Apenas oito amostras de fezes (30%) se revelaram positivas para E. coli, indicando que este microrganismo não é um indicador fecal adequado para avaliar a contaminação fecal da água por lontras Neotropicais, e não deve ser usada para inferir a presença de agentes patogênicos relacionados com lontra em águas. <![CDATA[Efeitos da disponibilidade de alimento e características do habitat sobre a composição de espécies de Ephemeroptera nas escalas sazonal e espacial de rios de planície neotropicais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100160&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Brazilian floodplains have suffered great changes in their natural characteristics in recent decades, mainly in the flood pulse. The Upper Paraná River floodplain is one of the few places where are found remained areas in which such peculiar characteristics keep reflecting on its high biodiversity. Ephemeroptera nymphs are one of the higher density groups among benthic community, occurring in many water bodies like large rivers and secondary channels. We sought to understand which factors are needed for the species establishment and how much important is the species colonization, especially in environments with anthropogenic changes. The marginal areas, which are more structured with presence of macrophytes, showed the highest density and richness even in the Paraná River that has great human impact. We verified dominance of Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga, Tricorythopsis artigas on the Parana River, correlated with transparency, depth and electric conductivity, while the dominance of Traverella sp. was correlated with water temperature, especially in marginal areas. Consequently, the increasing transparency and electric conductivity due to the Porto Primavera dam in Parana River can be favoring those Ephemeroptera species. We demonstrated the importance of preserving the wetlands of Ivinhema River State Park mainly for Guajirolus sp., which was only registered in this region. Therefore, our study provides support for understanding gaps from previously studies using artificial substrates in three large rivers which are of great importance to the upper Paraná River floodplain.<hr/>Resumo Muitas planícies de inundação brasileiras vêm sofrendo enormes alterações em suas características naturais nas últimas décadas, principalmente no pulso de inundação. A planície de inundação do alto rio Paraná é um dos poucos lugares onde ainda há áreas nas quais essas características peculiares se mantêm, o que reflete em sua alta biodiversidade. Dentre a comunidade zoobentônica, Ephemeroptera é um dos grupos com maior densidade, ocorrendo em diversos corpos aquáticos como rios de grande porte e canais secundários. Nós buscamos compreender quais fatores são necessários para o estabelecimento das espécies e o quão importante é a colonização dessas espécies, principalmente em ambientes com modificações antrópicas. As áreas marginais mais estruturadas com presença de macrófitas apresentaram altas densidade e riqueza mesmo no rio Paraná que apresenta grande impacto antrópico. Verificamos que as dominâncias de Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga e Tricorythopsis artigas no rio Paraná foram correlacionadas com maiores valores de transparência, profundidade e condutividade, enquanto que a dominância de Traverella sp. foi correlacionada com temperatura, principalmente em áreas marginais. Consequentemente, o aumento da transparência e da condutividade devido à barragem de Porto Primavera no rio Paraná pode estar favorecendo essas espécies de Ephemeroptera. Nossos resultados demonstram a importância da preservação do Parque nacional das várzeas do rio Ivinhema, principalmente para o gênero Guajirolus sp., o qual apenas foi registrado nessa região. Portanto, nosso estudo vem trazer subsídios para compreensão de lacunas verificadas em estudos anteriores utilizando substratos artificiais em três rios de enorme influência na planície de inundação do alto rio Paraná. <![CDATA[Aquatic macrophyte mats as dispersers of one invasive plant species]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100169&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Brazilian floodplains have suffered great changes in their natural characteristics in recent decades, mainly in the flood pulse. The Upper Paraná River floodplain is one of the few places where are found remained areas in which such peculiar characteristics keep reflecting on its high biodiversity. Ephemeroptera nymphs are one of the higher density groups among benthic community, occurring in many water bodies like large rivers and secondary channels. We sought to understand which factors are needed for the species establishment and how much important is the species colonization, especially in environments with anthropogenic changes. The marginal areas, which are more structured with presence of macrophytes, showed the highest density and richness even in the Paraná River that has great human impact. We verified dominance of Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga, Tricorythopsis artigas on the Parana River, correlated with transparency, depth and electric conductivity, while the dominance of Traverella sp. was correlated with water temperature, especially in marginal areas. Consequently, the increasing transparency and electric conductivity due to the Porto Primavera dam in Parana River can be favoring those Ephemeroptera species. We demonstrated the importance of preserving the wetlands of Ivinhema River State Park mainly for Guajirolus sp., which was only registered in this region. Therefore, our study provides support for understanding gaps from previously studies using artificial substrates in three large rivers which are of great importance to the upper Paraná River floodplain.<hr/>Resumo Muitas planícies de inundação brasileiras vêm sofrendo enormes alterações em suas características naturais nas últimas décadas, principalmente no pulso de inundação. A planície de inundação do alto rio Paraná é um dos poucos lugares onde ainda há áreas nas quais essas características peculiares se mantêm, o que reflete em sua alta biodiversidade. Dentre a comunidade zoobentônica, Ephemeroptera é um dos grupos com maior densidade, ocorrendo em diversos corpos aquáticos como rios de grande porte e canais secundários. Nós buscamos compreender quais fatores são necessários para o estabelecimento das espécies e o quão importante é a colonização dessas espécies, principalmente em ambientes com modificações antrópicas. As áreas marginais mais estruturadas com presença de macrófitas apresentaram altas densidade e riqueza mesmo no rio Paraná que apresenta grande impacto antrópico. Verificamos que as dominâncias de Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga e Tricorythopsis artigas no rio Paraná foram correlacionadas com maiores valores de transparência, profundidade e condutividade, enquanto que a dominância de Traverella sp. foi correlacionada com temperatura, principalmente em áreas marginais. Consequentemente, o aumento da transparência e da condutividade devido à barragem de Porto Primavera no rio Paraná pode estar favorecendo essas espécies de Ephemeroptera. Nossos resultados demonstram a importância da preservação do Parque nacional das várzeas do rio Ivinhema, principalmente para o gênero Guajirolus sp., o qual apenas foi registrado nessa região. Portanto, nosso estudo vem trazer subsídios para compreensão de lacunas verificadas em estudos anteriores utilizando substratos artificiais em três rios de enorme influência na planície de inundação do alto rio Paraná. <![CDATA[Record of <em>Leptoglossus cinctus</em> (Hemiptera: Coreidae) associated with the native tree <em>Byrsonima sericea</em> (Malpighiaceae) and the cashew tree <em>Anacardium occidentale</em> (Anacardiaceae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100172&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Brazilian floodplains have suffered great changes in their natural characteristics in recent decades, mainly in the flood pulse. The Upper Paraná River floodplain is one of the few places where are found remained areas in which such peculiar characteristics keep reflecting on its high biodiversity. Ephemeroptera nymphs are one of the higher density groups among benthic community, occurring in many water bodies like large rivers and secondary channels. We sought to understand which factors are needed for the species establishment and how much important is the species colonization, especially in environments with anthropogenic changes. The marginal areas, which are more structured with presence of macrophytes, showed the highest density and richness even in the Paraná River that has great human impact. We verified dominance of Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga, Tricorythopsis artigas on the Parana River, correlated with transparency, depth and electric conductivity, while the dominance of Traverella sp. was correlated with water temperature, especially in marginal areas. Consequently, the increasing transparency and electric conductivity due to the Porto Primavera dam in Parana River can be favoring those Ephemeroptera species. We demonstrated the importance of preserving the wetlands of Ivinhema River State Park mainly for Guajirolus sp., which was only registered in this region. Therefore, our study provides support for understanding gaps from previously studies using artificial substrates in three large rivers which are of great importance to the upper Paraná River floodplain.<hr/>Resumo Muitas planícies de inundação brasileiras vêm sofrendo enormes alterações em suas características naturais nas últimas décadas, principalmente no pulso de inundação. A planície de inundação do alto rio Paraná é um dos poucos lugares onde ainda há áreas nas quais essas características peculiares se mantêm, o que reflete em sua alta biodiversidade. Dentre a comunidade zoobentônica, Ephemeroptera é um dos grupos com maior densidade, ocorrendo em diversos corpos aquáticos como rios de grande porte e canais secundários. Nós buscamos compreender quais fatores são necessários para o estabelecimento das espécies e o quão importante é a colonização dessas espécies, principalmente em ambientes com modificações antrópicas. As áreas marginais mais estruturadas com presença de macrófitas apresentaram altas densidade e riqueza mesmo no rio Paraná que apresenta grande impacto antrópico. Verificamos que as dominâncias de Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga e Tricorythopsis artigas no rio Paraná foram correlacionadas com maiores valores de transparência, profundidade e condutividade, enquanto que a dominância de Traverella sp. foi correlacionada com temperatura, principalmente em áreas marginais. Consequentemente, o aumento da transparência e da condutividade devido à barragem de Porto Primavera no rio Paraná pode estar favorecendo essas espécies de Ephemeroptera. Nossos resultados demonstram a importância da preservação do Parque nacional das várzeas do rio Ivinhema, principalmente para o gênero Guajirolus sp., o qual apenas foi registrado nessa região. Portanto, nosso estudo vem trazer subsídios para compreensão de lacunas verificadas em estudos anteriores utilizando substratos artificiais em três rios de enorme influência na planície de inundação do alto rio Paraná. <![CDATA[First record of leucism for <em>Atractus reticulatus</em> (Serpentes: Dipsadidae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100174&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Brazilian floodplains have suffered great changes in their natural characteristics in recent decades, mainly in the flood pulse. The Upper Paraná River floodplain is one of the few places where are found remained areas in which such peculiar characteristics keep reflecting on its high biodiversity. Ephemeroptera nymphs are one of the higher density groups among benthic community, occurring in many water bodies like large rivers and secondary channels. We sought to understand which factors are needed for the species establishment and how much important is the species colonization, especially in environments with anthropogenic changes. The marginal areas, which are more structured with presence of macrophytes, showed the highest density and richness even in the Paraná River that has great human impact. We verified dominance of Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga, Tricorythopsis artigas on the Parana River, correlated with transparency, depth and electric conductivity, while the dominance of Traverella sp. was correlated with water temperature, especially in marginal areas. Consequently, the increasing transparency and electric conductivity due to the Porto Primavera dam in Parana River can be favoring those Ephemeroptera species. We demonstrated the importance of preserving the wetlands of Ivinhema River State Park mainly for Guajirolus sp., which was only registered in this region. Therefore, our study provides support for understanding gaps from previously studies using artificial substrates in three large rivers which are of great importance to the upper Paraná River floodplain.<hr/>Resumo Muitas planícies de inundação brasileiras vêm sofrendo enormes alterações em suas características naturais nas últimas décadas, principalmente no pulso de inundação. A planície de inundação do alto rio Paraná é um dos poucos lugares onde ainda há áreas nas quais essas características peculiares se mantêm, o que reflete em sua alta biodiversidade. Dentre a comunidade zoobentônica, Ephemeroptera é um dos grupos com maior densidade, ocorrendo em diversos corpos aquáticos como rios de grande porte e canais secundários. Nós buscamos compreender quais fatores são necessários para o estabelecimento das espécies e o quão importante é a colonização dessas espécies, principalmente em ambientes com modificações antrópicas. As áreas marginais mais estruturadas com presença de macrófitas apresentaram altas densidade e riqueza mesmo no rio Paraná que apresenta grande impacto antrópico. Verificamos que as dominâncias de Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga e Tricorythopsis artigas no rio Paraná foram correlacionadas com maiores valores de transparência, profundidade e condutividade, enquanto que a dominância de Traverella sp. foi correlacionada com temperatura, principalmente em áreas marginais. Consequentemente, o aumento da transparência e da condutividade devido à barragem de Porto Primavera no rio Paraná pode estar favorecendo essas espécies de Ephemeroptera. Nossos resultados demonstram a importância da preservação do Parque nacional das várzeas do rio Ivinhema, principalmente para o gênero Guajirolus sp., o qual apenas foi registrado nessa região. Portanto, nosso estudo vem trazer subsídios para compreensão de lacunas verificadas em estudos anteriores utilizando substratos artificiais em três rios de enorme influência na planície de inundação do alto rio Paraná. <![CDATA[First record of <em>Solmundella bitentaculata</em> (Cnidaria: Aeginidae) in Pará State Shelf, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100176&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Brazilian floodplains have suffered great changes in their natural characteristics in recent decades, mainly in the flood pulse. The Upper Paraná River floodplain is one of the few places where are found remained areas in which such peculiar characteristics keep reflecting on its high biodiversity. Ephemeroptera nymphs are one of the higher density groups among benthic community, occurring in many water bodies like large rivers and secondary channels. We sought to understand which factors are needed for the species establishment and how much important is the species colonization, especially in environments with anthropogenic changes. The marginal areas, which are more structured with presence of macrophytes, showed the highest density and richness even in the Paraná River that has great human impact. We verified dominance of Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga, Tricorythopsis artigas on the Parana River, correlated with transparency, depth and electric conductivity, while the dominance of Traverella sp. was correlated with water temperature, especially in marginal areas. Consequently, the increasing transparency and electric conductivity due to the Porto Primavera dam in Parana River can be favoring those Ephemeroptera species. We demonstrated the importance of preserving the wetlands of Ivinhema River State Park mainly for Guajirolus sp., which was only registered in this region. Therefore, our study provides support for understanding gaps from previously studies using artificial substrates in three large rivers which are of great importance to the upper Paraná River floodplain.<hr/>Resumo Muitas planícies de inundação brasileiras vêm sofrendo enormes alterações em suas características naturais nas últimas décadas, principalmente no pulso de inundação. A planície de inundação do alto rio Paraná é um dos poucos lugares onde ainda há áreas nas quais essas características peculiares se mantêm, o que reflete em sua alta biodiversidade. Dentre a comunidade zoobentônica, Ephemeroptera é um dos grupos com maior densidade, ocorrendo em diversos corpos aquáticos como rios de grande porte e canais secundários. Nós buscamos compreender quais fatores são necessários para o estabelecimento das espécies e o quão importante é a colonização dessas espécies, principalmente em ambientes com modificações antrópicas. As áreas marginais mais estruturadas com presença de macrófitas apresentaram altas densidade e riqueza mesmo no rio Paraná que apresenta grande impacto antrópico. Verificamos que as dominâncias de Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga e Tricorythopsis artigas no rio Paraná foram correlacionadas com maiores valores de transparência, profundidade e condutividade, enquanto que a dominância de Traverella sp. foi correlacionada com temperatura, principalmente em áreas marginais. Consequentemente, o aumento da transparência e da condutividade devido à barragem de Porto Primavera no rio Paraná pode estar favorecendo essas espécies de Ephemeroptera. Nossos resultados demonstram a importância da preservação do Parque nacional das várzeas do rio Ivinhema, principalmente para o gênero Guajirolus sp., o qual apenas foi registrado nessa região. Portanto, nosso estudo vem trazer subsídios para compreensão de lacunas verificadas em estudos anteriores utilizando substratos artificiais em três rios de enorme influência na planície de inundação do alto rio Paraná. <![CDATA[Occurrence of <em>Allorhogas</em> sp. (Hymenoptera: Braconidae: Doryctinae) associated with galls on seeds of <em>Inga vera</em> (Fabaceae) in Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100178&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Brazilian floodplains have suffered great changes in their natural characteristics in recent decades, mainly in the flood pulse. The Upper Paraná River floodplain is one of the few places where are found remained areas in which such peculiar characteristics keep reflecting on its high biodiversity. Ephemeroptera nymphs are one of the higher density groups among benthic community, occurring in many water bodies like large rivers and secondary channels. We sought to understand which factors are needed for the species establishment and how much important is the species colonization, especially in environments with anthropogenic changes. The marginal areas, which are more structured with presence of macrophytes, showed the highest density and richness even in the Paraná River that has great human impact. We verified dominance of Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga, Tricorythopsis artigas on the Parana River, correlated with transparency, depth and electric conductivity, while the dominance of Traverella sp. was correlated with water temperature, especially in marginal areas. Consequently, the increasing transparency and electric conductivity due to the Porto Primavera dam in Parana River can be favoring those Ephemeroptera species. We demonstrated the importance of preserving the wetlands of Ivinhema River State Park mainly for Guajirolus sp., which was only registered in this region. Therefore, our study provides support for understanding gaps from previously studies using artificial substrates in three large rivers which are of great importance to the upper Paraná River floodplain.<hr/>Resumo Muitas planícies de inundação brasileiras vêm sofrendo enormes alterações em suas características naturais nas últimas décadas, principalmente no pulso de inundação. A planície de inundação do alto rio Paraná é um dos poucos lugares onde ainda há áreas nas quais essas características peculiares se mantêm, o que reflete em sua alta biodiversidade. Dentre a comunidade zoobentônica, Ephemeroptera é um dos grupos com maior densidade, ocorrendo em diversos corpos aquáticos como rios de grande porte e canais secundários. Nós buscamos compreender quais fatores são necessários para o estabelecimento das espécies e o quão importante é a colonização dessas espécies, principalmente em ambientes com modificações antrópicas. As áreas marginais mais estruturadas com presença de macrófitas apresentaram altas densidade e riqueza mesmo no rio Paraná que apresenta grande impacto antrópico. Verificamos que as dominâncias de Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga e Tricorythopsis artigas no rio Paraná foram correlacionadas com maiores valores de transparência, profundidade e condutividade, enquanto que a dominância de Traverella sp. foi correlacionada com temperatura, principalmente em áreas marginais. Consequentemente, o aumento da transparência e da condutividade devido à barragem de Porto Primavera no rio Paraná pode estar favorecendo essas espécies de Ephemeroptera. Nossos resultados demonstram a importância da preservação do Parque nacional das várzeas do rio Ivinhema, principalmente para o gênero Guajirolus sp., o qual apenas foi registrado nessa região. Portanto, nosso estudo vem trazer subsídios para compreensão de lacunas verificadas em estudos anteriores utilizando substratos artificiais em três rios de enorme influência na planície de inundação do alto rio Paraná. <![CDATA[Karyosystematic and karyotype evolution of <em>Panstrongylus lutzi</em> (Neiva & Pinto, 1923) (Hemiptera, Triatominae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100180&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Brazilian floodplains have suffered great changes in their natural characteristics in recent decades, mainly in the flood pulse. The Upper Paraná River floodplain is one of the few places where are found remained areas in which such peculiar characteristics keep reflecting on its high biodiversity. Ephemeroptera nymphs are one of the higher density groups among benthic community, occurring in many water bodies like large rivers and secondary channels. We sought to understand which factors are needed for the species establishment and how much important is the species colonization, especially in environments with anthropogenic changes. The marginal areas, which are more structured with presence of macrophytes, showed the highest density and richness even in the Paraná River that has great human impact. We verified dominance of Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga, Tricorythopsis artigas on the Parana River, correlated with transparency, depth and electric conductivity, while the dominance of Traverella sp. was correlated with water temperature, especially in marginal areas. Consequently, the increasing transparency and electric conductivity due to the Porto Primavera dam in Parana River can be favoring those Ephemeroptera species. We demonstrated the importance of preserving the wetlands of Ivinhema River State Park mainly for Guajirolus sp., which was only registered in this region. Therefore, our study provides support for understanding gaps from previously studies using artificial substrates in three large rivers which are of great importance to the upper Paraná River floodplain.<hr/>Resumo Muitas planícies de inundação brasileiras vêm sofrendo enormes alterações em suas características naturais nas últimas décadas, principalmente no pulso de inundação. A planície de inundação do alto rio Paraná é um dos poucos lugares onde ainda há áreas nas quais essas características peculiares se mantêm, o que reflete em sua alta biodiversidade. Dentre a comunidade zoobentônica, Ephemeroptera é um dos grupos com maior densidade, ocorrendo em diversos corpos aquáticos como rios de grande porte e canais secundários. Nós buscamos compreender quais fatores são necessários para o estabelecimento das espécies e o quão importante é a colonização dessas espécies, principalmente em ambientes com modificações antrópicas. As áreas marginais mais estruturadas com presença de macrófitas apresentaram altas densidade e riqueza mesmo no rio Paraná que apresenta grande impacto antrópico. Verificamos que as dominâncias de Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga e Tricorythopsis artigas no rio Paraná foram correlacionadas com maiores valores de transparência, profundidade e condutividade, enquanto que a dominância de Traverella sp. foi correlacionada com temperatura, principalmente em áreas marginais. Consequentemente, o aumento da transparência e da condutividade devido à barragem de Porto Primavera no rio Paraná pode estar favorecendo essas espécies de Ephemeroptera. Nossos resultados demonstram a importância da preservação do Parque nacional das várzeas do rio Ivinhema, principalmente para o gênero Guajirolus sp., o qual apenas foi registrado nessa região. Portanto, nosso estudo vem trazer subsídios para compreensão de lacunas verificadas em estudos anteriores utilizando substratos artificiais em três rios de enorme influência na planície de inundação do alto rio Paraná. <![CDATA[Cytogenetic analysis in different populations of <em>Rhodnius prolixus</em> and <em>R. nasutus</em> from different countries of South America]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842018000100183&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Brazilian floodplains have suffered great changes in their natural characteristics in recent decades, mainly in the flood pulse. The Upper Paraná River floodplain is one of the few places where are found remained areas in which such peculiar characteristics keep reflecting on its high biodiversity. Ephemeroptera nymphs are one of the higher density groups among benthic community, occurring in many water bodies like large rivers and secondary channels. We sought to understand which factors are needed for the species establishment and how much important is the species colonization, especially in environments with anthropogenic changes. The marginal areas, which are more structured with presence of macrophytes, showed the highest density and richness even in the Paraná River that has great human impact. We verified dominance of Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga, Tricorythopsis artigas on the Parana River, correlated with transparency, depth and electric conductivity, while the dominance of Traverella sp. was correlated with water temperature, especially in marginal areas. Consequently, the increasing transparency and electric conductivity due to the Porto Primavera dam in Parana River can be favoring those Ephemeroptera species. We demonstrated the importance of preserving the wetlands of Ivinhema River State Park mainly for Guajirolus sp., which was only registered in this region. Therefore, our study provides support for understanding gaps from previously studies using artificial substrates in three large rivers which are of great importance to the upper Paraná River floodplain.<hr/>Resumo Muitas planícies de inundação brasileiras vêm sofrendo enormes alterações em suas características naturais nas últimas décadas, principalmente no pulso de inundação. A planície de inundação do alto rio Paraná é um dos poucos lugares onde ainda há áreas nas quais essas características peculiares se mantêm, o que reflete em sua alta biodiversidade. Dentre a comunidade zoobentônica, Ephemeroptera é um dos grupos com maior densidade, ocorrendo em diversos corpos aquáticos como rios de grande porte e canais secundários. Nós buscamos compreender quais fatores são necessários para o estabelecimento das espécies e o quão importante é a colonização dessas espécies, principalmente em ambientes com modificações antrópicas. As áreas marginais mais estruturadas com presença de macrófitas apresentaram altas densidade e riqueza mesmo no rio Paraná que apresenta grande impacto antrópico. Verificamos que as dominâncias de Americabaetis alphus, Tricorythopsis araponga e Tricorythopsis artigas no rio Paraná foram correlacionadas com maiores valores de transparência, profundidade e condutividade, enquanto que a dominância de Traverella sp. foi correlacionada com temperatura, principalmente em áreas marginais. Consequentemente, o aumento da transparência e da condutividade devido à barragem de Porto Primavera no rio Paraná pode estar favorecendo essas espécies de Ephemeroptera. Nossos resultados demonstram a importância da preservação do Parque nacional das várzeas do rio Ivinhema, principalmente para o gênero Guajirolus sp., o qual apenas foi registrado nessa região. Portanto, nosso estudo vem trazer subsídios para compreensão de lacunas verificadas em estudos anteriores utilizando substratos artificiais em três rios de enorme influência na planície de inundação do alto rio Paraná.