Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Biology]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1519-698420150001&lang=pt vol. 75 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Global changes, cyanobacterial blooms and threats to aquatic biodiversity]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Distribuição de oligoquetas em um riacho da Mata Atlântica, Sudeste do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The oligochaetes are considered good indicators of ecological conditions and specific types of habitats. Among the factors that influence the distribution of these invertebrates are the water flow and the nature of the substrate. The aim of this study is to describe the composition and distribution of oligochaete species in a first-order stream in Atlantic Forest and try to identify if some species are associated with characteristics of particular types of habitats. In the dry season and in the rainy season, sand and litter samples in two riffle areas and two pool areas were collected in different parts along the stream using a hand net. The greatest observed richness and abundance occurred in sand in the pool, however the greatest estimated richness was obtained for litter in the pool. The Kruskal-Wallis analysis showed effect of the different types of habitat on the abundance and richness of oligochaetes. The Nonmetric Multidimensional Scaling (NMDS) and Multiresponse Permutation Procedure analysis (MRPP) indicated that the variation in the fauna composition had relation with different types of substrates. The indicator species analysis showed that Limnodrilus. hoffmeisteri was an indicator species in both the riffle sand and pool sand and Pristina americana was only an indicator in the pool sand. The high organic matter content in both sandy habitats probably favored the greater abundance of oligochaetes. The results showed that the substrate constitutes an important factor for the local distribution of these invertebrates in streams. The variation of the community structure among mesohabitats and the presence of indicator species of specific types of habitats in the stream demonstrate the importance of environmental heterogeneity for the oligochaetes fauna in forested streams.<hr/>Os oligoquetos são considerados bons indicadores de condições ecológicas e de tipos específicos de habitats. Entre os principais fatores que influenciam a distribuição desses invertebrados estão o fluxo da água e a natureza do substrato. O objetivo principal desse estudo foi descrever a composição e distribuição de espécies de oligoquetas de um riacho de primeira ordem da Mata Atlântica e identificar espécies que são características de tipos específicos de habitats. Na estação seca e na estação chuvosa, amostras de areia e folhiço de duas corredeiras e dois remansos foram coletadas em diferentes manchas ao longo de um trecho do riacho usando rede de mão. A maior abundância e riqueza observada ocorreram em areia de remanso. Entretanto, a análise de rarefação mostrou que a maior riqueza estimada foi obtida em folhiço de remanso. A análise de Kruskal-Wallis mostrou o efeito dos diferentes tipos de mesohabitats sobre a abundância e riqueza de oligoquetas. A análise de Escalonamento Multidimensional não- Métrico (NMDS) e a análise de Procedimento de permutação mulitirespostas (MRPP) indicaram que a variação na composição da fauna teve relação com os diferentes tipos de substratos. A análise de espécies indicadoras mostrou que L. hoffmeisteri foi indicadora tanto de areia de corredeira como de remanso e P. americana foi indicadora somente de areia de remanso. O alto conteúdo de material orgânico em ambos habitats arenosos provavelmente favoreceu a maior abundância de oligoquetos. Os resultados mostraram que o substrato constitui um importante fator para a distribuição local desses invertebrados em riachos. A variação da estrutura da comunidade entre os mesohabitats e a presença de espécies indicadoras de tipos específicos de habitats demonstrou a importância da heterogeneidade ambiental para a riqueza e distribuição de oligoquetos em riachos florestados. <![CDATA[Efeito da salinidade reduzida no marisco branco Mesodesma mactroides]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of this study was to determine the lethal salinity (LC50) for the yellow clam Mesodesma mactroides (Bivalvia: Mesodesmatidae) and identify histopathological alterations that could be used to diagnose structural changes in clam tissue. Clams in two size classes (adults and juveniles) were placed in 10 L chambers and exposed to salinities of 35, 30, 25, 20, 15, 10, and 5 g/L. There were triplicate chambers with seven clams each for each salinity. The LC50 values for a 48 h exposure were 6.5 g/L and 5.7 g/L for adults and juveniles, respectively. For a 96 h exposure, the LC50 values were 10.5 g/L for adults and 8.8 g/L for juveniles. The histological examination of yellow clams exposed to 10 g/L for 96 h showed intercellular oedema and necrotic foci in the epithelium of the digestive gland and occlusion of the lumen of the digestive gland. In conclusion, M. mactroides can be characterised as a moderately euryhaline species, tolerating salinities from 35 to 15 g/L.<hr/>O objetivo deste estudo foi determinar a salinidade letal (CL50) para o marisco branco Mesodesma mactroides (Bivalvia: Mesodesmatidae) e as alterações histopatológicas que poderiam ser úteis para o diagnóstico de mudanças estruturais no tecido dos bivalves. Mariscos de duas classes etárias de tamanha (juvenis e adultos) foram colocados em recipientes de 10 L e expostos a salinidades de 35, 30, 25, 20, 15, 10 e 5 g/L. Os tratamentos foram realizados em triplicata com sete bivalves em cada recipiente, A CL50 para 48 h de exposição foi 6,5 g/L e 5,7 g/L para adultos e juvenis, respectivamente. Para 96 h de exposição, a CL50 foi 10,5 g/L para adultos e 8,8 g/L para juvenis. O exame histológico dos mariscos expostos à salinidade de 10 g/L por 96 h revelou edema intracelular e focos necróticos no epitélio da glândula digestiva e oclusão da luz da glândula digestiva. Em conclusão, M. mactroides pode ser considera uma espécie eurialina moderada, tolerando salinidades de 35 até 15 g/L. <![CDATA[Viver no mesmo ambiente significa comer o mesmo alimento? Dieta e nicho trófico dos anuros simpátricos de folhiço <em>Ischnocnema henselii</em> e <em>Adenomera marmorata</em> em uma floresta do sul do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt In this study we analyzed diet composition, niche breadth and overlap of the two leaf-litter frogs Ischnocnema henselii and Adenomera marmorata. Frogs were collected in an Atlantic Rainforest area in the Reserva Natural Salto Morato, in Paraná State, Southern Brazil, using plots of 16 m2 established on forest floor. Ischnocnema henselii consumed 18 different types of prey and the diet of this species was composed predominantly by Hymenoptera (Formicidae) (15.4%), Araneae (13.83%), Orthoptera (6.15%) and Opiliones (6.15%), whereas Adenomera marmorata consumed 15 different types of prey and its diet was composed mainly by Hymenoptera (Formicidae) (45.7%), Acari (31.8%) and Blattodea (14.8%). The niche breadth of I. henselii was BA = 0.43 and that of A. marmorata was BA = 0.19. The diet of the two sympatric species of leaf-litter frogs was basically composed by arthropods and the trophic niche overlap among them did not differ from expected at random. The differences in prey consumption should potentially facilitate the coexistence of two sympatric frogs on the forest floor. Possibly, this difference of prey consumption partly reflects differences in jaw width, species-specific body size of the two species and the period of activity of these two species.<hr/>Neste estudo analisamos a composição da dieta e a amplitude e sobreposição do nicho trófico dos anuros de folhiço Ischnocnema henselii e Adenomera marmorata. Os anuros foram coletados em uma área de Mata Atlântica na Reserva Natural Salto Morato, no Estado do Paraná, Sul do Brasil, utilizando o método de parcelas de 16 m2 estabelecidas no chão da floresta. Ischnocnema henselii consumiu 18 diferentes tipos de presa e a dieta desta espécie foi composta predominantemente por Hymenoptera (Formicidae) (15,4%), Araneae (13,83%), Orthoptera (6,15%) e Opiliones (6,15%), enquanto Adenomera marmorata consumiu 15 diferentes tipos de presas e sua dieta foi composta principalmente por Hymenoptera (Formicidae) (45,7%), Acari (31,8%) e Blattodea (14,8%). A amplitude de nicho de I. henselii foi BA = 0,43 e de A.marmorata foi BA = 0,19. A dieta das duas espécies de anuros simpátricos do folhiço por nós estudadas foi composta basicamente de artrópodes e a sobreposição de nicho trófico entre elas não diferiu do esperado para ocorrer ao acaso. As diferenças no consumo de presas potencialmente devem facilitar a coexistência desses dois anuros simpátricos no chão da floresta. Possivelmente, esta diferença no consumo de presas em parte reflete diferenças na largura da mandíbula, no tamanho do corpo e no período de atividade dessas duas espécies. <![CDATA[Estratificação térmica de curto prazo e eventos de desestratificação parcial em um reservatório polimítico quente: efeitos sobre a distribuição da comunidade fitoplanctônica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt In lentic freshwater ecosystems, patterns of thermal stratification play a considerable part in determining the population dynamics of phytoplankton. In this study we investigated how these thermal patterns and the associated hydrodynamic processes affect the vertical distribution of phytoplankton during two consecutive diel cycles in a warm polymictic urban reservoir in the metropolitan region of São Paulo, Brazil. Water samples were taken and physical, chemical and biological data collected at half-meter intervals of depth along a water column at a fixed site, every 3 hours throughout the 48-hour period. Two events of stratification, followed by deepening of the thermocline occurred during the study period and led to changes in the vertical distribution of phytoplankton populations. Aphanocapsa delicatissima Nägeli was the single dominant species throughout the 48-hour period. In the second diel cycle, the density gradient induced by temperature differences avoided the sedimentation of Mougeotia sp. C. Agardh to the deepest layers. On the other hand, Pseudanabaena galeata Böcher remained in the 4.0-5.5 m deep layer. The thermal structure of the water was directly affected by two meteorological factors: air temperature and wind speed. Changes in the cell density and vertical distribution of the phytoplankton were controlled by the thermal and hydrodynamic events.<hr/>Em ecossistemas de água doce, os padrões de estratificação térmica têm uma influência considerável sobre a dinâmica populacional do fitoplâncton. Neste estudo nós investigamos como os padrões de estratificação térmica e os processos hidrodinâmicos afetaram a distribuição vertical do fitoplâncton durante dois ciclos nictemerais consecutivos em um reservatório urbano na cidade de São Paulo. As amostragens e medidas das variáveis físicas e químicas foram realizadas a cada três horas durante um período de 48 horas, ao longo de um perfil vertical. Ocorreram dois eventos de estratificação e subsequente abaixamento da termoclina acarretando alterações na distribuição vertical do fitoplâncton. Aphanocapsa delicatissima Nägeli foi a principal espécie dominante durante todo o período avaliado. No segundo ciclo nictemeral o gradiente de densidade criado pelas diferenças de temperatura impediu o afundamento de Mougeotia sp. C. Agardh para as camadas mais profundas. Por outro lado Pseudoanabaena galeata Böcher se manteve nas camadas de 4.0 e 5.5 m. A estrutura térmica da água foi diretamente afetada pelos fatores meteorológicos temperatura do ar e velocidade do vento. As mudanças na densidade e na distribuição vertical do fitoplâncton foram controladas pelos eventos térmicos e hidrodinâmicos. <![CDATA[Ecología reproductiva do coipo (<em>Myocastor coypus</em>) no Delta Meio do Río Paraná (Entre Ríos. Argentina)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The objective of this study was to estimate and compare some important reproductive parameters of Myocastor coypus over time (June 2006-May 2008), in wetlands of the Middle Delta of the Paraná River (MD) Entre Ríos province, R. Argentina. Within the original coypu distribution range, the MD is among the areas of highest habitat suitability for the species. Coypus were captured and the following reproductive parameters were estimated on a monthly, seasonal and annual basis: pregnancy rate (PR), litter size (LS), gross productivity (GP) and annual production (AP). Statistical non-parametric tests were used for comparisons. Additionally, the expected birth date of each embryo and fetus was estimated by assigning it to a developmental stage category and considering the gestation period of the species. All the parameters showed high values and PR and LS differed significantly between the dry (2006) and humid years (2007). Two peaks of birth were detected, one in spring and another one in mid-autumn. The implications of these results for ensuring the sustainable management of this rodent are discussed.<hr/>O objetivo deste trabalho é a descripção e comparação ao longo do tempo (junho 2006 – maio 2008), de diversos parámetros da ecologia reprodutiva de Myocastor coypus nas terras úmidas do Delta Meio do Río Paraná (DM), una das zonas de maior aptidão de hábitat para a espécie dentro da sua área de distribuição original. Com base em capturas de exemplares estimaram-se en forma mensal, sazonal y anual, a taxa de prenhez (TP); o tamanho da camada (TC), a produtividade bruta (PB) e a produção anual (PA) e foram realizadas as comparações correspondentes mediante provas estatísticas não paramétricas. Alem disso, com base no estádio de desenvolvimento dos fetos y embriões observados, levando em consideração a duração do período de gestação, estimou-se quais teriam sido as datas de nascimento mais prováveis. Observaram-se valores relativamente altos para todos os parámetros e diferenças significativas entre as TP y os TC de anos secos (2006) e anos úmidos (2007). Também foram detectados dois picos de parição, um em plena primavera e o outro a meados do outono. Discutem-se as implicâncias destes resultados para assegurar o manejo sustentável do coipo, o principal recurso de fauna silvestre argentina. <![CDATA[Recursos florais e habitat influenciam a composição de espécies de beija-flores em escala local em área de montanha tropical]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Hummingbird communities tend to respond to variation in resources, having a positive relationship between abundance and diversity of food resources and the abundance and/or diversity of hummingbirds. Here we examined the influence of floral resource availability, as well as seasonality and type of habitat on the composition of hummingbird species. The study was carried out in two habitats of eastern Brazilian mountaintops. A gradient representative of the structure of hummingbird community, based on species composition, was obtained by the ordination of samples using the method of non-metric multidimensional scaling. The composition of hummingbird species was influenced by the type of habitat and floral resource availability, but not by seasonality. Hummingbird communities differ between habitats mainly due to the relative abundance of hummingbird species. The variation in composition of hummingbird species with the variation in floral resource availability may be related to differences in feeding habits of hummingbirds. Hummingbird species with the longest bills visited higher proportions of ornithophilous species, while hummingbirds with shorter bills visited higher proportions of non-ornithophilous species. The results demonstrate that at local-scale the composition of hummingbird species is affected by the type of habitat and floral resources availability, but not by seasonality.<hr/>Comunidades de beija-flores tendem a responder a variação em recursos, havendo uma relação positiva entre a abundância e diversidade de recurso alimentar com a abundância e/ou diversidade de beija-flores. Neste estudo nós analisamos a influencia da disponibilidade de recurso floral, bem como da sazonalidade e do tipo de habitat na composição de espécies de beija-flores. O estudo foi realizado em dois habitas de montanha do leste do Brasil. Um gradiente representativo da estrutura da comunidade de beija-flores, baseado na composição de espécies, foi obtido através da ordenação das amostras usando o método de escalonamento multidimensional não-métrico. A composição de espécies de beija-flores foi influenciada pelo tipo de habitat e disponibilidade de recurso floral, mas não pela sazonalidade. As comunidades de beija-flores variaram entre os habitas, principalmente devido a abundância relativa das espécies de beija-flores. A variação na composição de espécies de beija-flores com a variação na disponibilidade de recurso floral parece estar relacionada a diferenças nos hábitos alimentares dos beija-flores. Espécies de beija-flores com bicos de comprimentos maiores visitaram maiores proporções de espécies ornitófilas, enquanto beija-flores com bicos de comprimento menores visitaram maiores proporções de espécies não-ornitófilas. Os resultados demonstram que em escala local a composição de espécies de beija-flores é afetada pelo tipo de habitat e a disponibilidade de recurso floral, mas não pela sazonalidade. <![CDATA[Ecologia alimentar do aracuã-do-pantanal (<em>Ortalis canicollis</em>) em uma floresta ripária no Pantanal Sul]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Cracids are generalist frugivores, which often exploit plant food resources such as flowers and leaves, mainly when fruit production declines. The Chaco chachalaca (Ortalis canicollis) is the most abundant cracid in the Pantanal (Brazil), and particularly common in the gallery forests. However, the factors related to their occurrence in this habitat type are unclear. In this study I describe the feeding habits and feeding niche breadth fluctuations of the Chaco chachalaca in relation to food resources abundance and diversity at the Miranda river gallery forest (Southern Pantanal). I also analyzed the relationships between Chaco chachalacas feeding activity and food resources abundance. This parameter (flowers and fruits) exhibited significant seasonal differences of abundance in which flowers were plentiful at the end of the dry, while fruits were abundant during the early wet season. However, food resources diversity to Chaco chachalacas exhibited no seasonal difference. Their feeding activity paralleled the availability of food resources, so that when some items were massively available an enhanced number of Chaco chachalacas foraged in the gallery forest, particularly during the prolonged dry season when they extensively used flowers and Genipa americana fruits. In fact, the Chaco chachalaca feeding niche breadth value presented low values in this period, while high values were common in the rest of the year. The flexible diet of this cracid, potentially favors their year round presence in the gallery forest, mainly during the prolonged dry season when the propensity for famine might be high. Since the Chaco chachalaca is among the largest and most abundant canopy frugivores in the gallery forest, it may contribute to forest regeneration, an underscored role due to the impact of annual floods and meandering dynamics on tree loss.<hr/>Cracídeos são frugívoros generalistas que, também, exploram flores e folhas, sobretudo quando frutos são escassos. No Pantanal (Brasil), o aracuã-do-pantanal (Ortalis canicollis) é o cracídeo mais abundante, sendo particularmente comum em matas ciliares. No entanto, os fatores relacionados com sua ocorrência nesse habitat são desconhecidos. Nesse estudo eu descrevo tanto os hábitos alimentares quanto as variações de amplitude de nicho alimentar do aracuã-do-pantanal em relação à abundância e diversidade de recursos alimentares na mata ciliar do rio Miranda (Pantanal-Sul, Brasil). Também, analisei a relação entre atividade alimentar e oferta de recursos alimentares. Esse parâmetro (flores e frutos) exibiu variações significativas de abundância em que a produção de flores foi pronunciada de meados para o final da estação seca, enquanto a oferta de frutos foi elevada do início para meados da estação chuvosa. No entanto, a diversidade de recursos alimentares disponíveis para o aracuã-do-pantanal não diferiu entre as estações. A atividade alimentar do aracuã-do-pantanal foi paralela a oferta de recursos alimentares, tal que quando alguns itens eram abundantes um grande número de Aracuãs forrageava na mata ciliar, sobretudo durante a severa estação seca em que consumiram extensivamente flores e frutos de Genipa americana. De fato, a amplitude do nicho alimentar do aracuã-do-pantanal foi baixa nesse período, enquanto valores elevados foram comuns no restante do ano. A dieta flexível do aracuã-do-pantanal, potencialmente, favorece sua permanência continua na mata ciliar, principalmente durante a severa estação seca, quando a propensão a escassez de alimento se acentua. O aracuã-do-pantanal está entre os maiores frugívoros da mata ciliar, portanto, sua importância para regeneração desse habitat deve ser elevada em razão da constante perda de árvores causada pelas cheias anuais e a dinâmica de formação de meandros. <![CDATA[Evidências de que os impactos antrópicos simplificam a fauna de formiga associada a <em>Stachytarpheta glabra</em> (Verbenaceae) comprometendo os benefícios do mutualismo formiga-planta]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Interaction among species, like ants and plants through extrafloral nectaries (EFNs), are important components of ecological communities’ evolution. However, the effect of human disturbance on such specific interactions and its ecological consequences is poorly understood. This study evaluated the outcomes of mutualism between ants and the EFN-bearing plant Stachytarpheta glabra under anthropogenic disturbance. We compared the arthropod fauna composition between two groups of twenty plant individuals, one in an area disturbed by human activities and one in a preserved area. We also check the plant investment in herbivory defense and the consequential leaf damage by herbivore. Our results indicate that such disturbances cause simplification of the associated fauna and lack of proper ant mutualist. This led to four times more herbivory on plants of disturbed areas, despite the equal amount of EFN and ant visitors and low abundance of herbivores. The high pressure of herbivory may difficult the re-establishment of S. glabra, an important pioneer species in ferruginous fields, therefore it may affect resilience of this fragile ecological community.<hr/>As interações entre espécies, como por exemplo formigas e plantas através de nectários extraflorais (NEFs), são importantes componentes na evolução das comunidades. Entretanto, pouco é conhecido sobre os efeitos dos impactos antrópicos em interações específicas e suas consequências ecológicas. Este estudo avaliou os resultados do mutualismo entre formigas e NEF em Stachytarpheta glabra em área impactada pela atividade humana. Nós comparamos a composição e estrutura da fauna de artrópodes, em quarenta plantas de dois grupos, um impactado por atividades humanas e o outro preservado. Nós também avaliamos o investimento da planta em defesas contra herbívoros e os danos foliares causados por herbívoros. Nossos resultados indicam que os distúrbios causam a simplificação da fauna associada e a ausência de uma formiga mutualista anti-herbívoros. Isto leva a quatro vezes mais herbivoria nas plantas da área impactada, a despeito da mesma quantidade encontrada para NEF e formigas visitantes. A grande pressão de herbivoria pode dificultar o reestabelecimento de S. glabra, uma espécie pioneira importante nos campos ferruginosos, dessa forma, afetando a resiliência dessa comunidade ecológica ameaçada. <![CDATA[Compostos fenólicos de <em>Hibiscus sabdariffa</em> e influência de resíduos orgânicos em sua propriedade antitumoral e antioxidante]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of this study was to evaluate the phenolic and flavonoids contents and the antioxidant and antitumoral activity of leaf and calyx methanolic extracts from Hibiscus sabdariffa (roselle) cultivated with poultry litter and organosuper® under three modes of application. The total phenolic content in the each extract was determined using the Folin-Ciocalteu reagent and for aluminium chloride flavonoids. The antioxidant parameters were analyzed using a 2, 2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (DPPH.) free radical scavenging assay. An antitumor colorimetric assay using sulforhodamine B. The highest contents of phenolic and flavonoids were observed in leaf extracts (389.98 and 104.52 mg g–1, respectively) and calyx extracts (474.09 and 148.35 mg g–1, respectively) from plants cultivated with organosuper®, although these values did not differ significantly from those observed for the other treatments. The average IC50 of leaves (43.48 μg mL–1) and calyces (37.15 μg mL–1) demonstrated that both have substances that may contribute to free radical scavenging action. The methanol extract from calyces showed significant selective activity against a leukemia line (K-562), with IC50 values of 0.12 mg mL–1 (organosuper®) and 1.16 mg mL–1 (poultry litter), with concentration-dependent, cytotoxic and cytocidal effects.<hr/>O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade antioxidante, antitumoral e o conteúdo de fenólicos e flavonoides do extrato metanólico das folhas e cálices de Hibiscus sabdariffa (rosela) cultivada com cama de frango e organosuper ® em três modos de aplicação. O conteúdo fenólico total de cada extrato foi determinado utilizando o reagente de Folin-Ciocalteu e cloreto de alumínio para flavonoides. Os parâmetros antioxidantes foram avaliados pelo ensaio de seqüestro de radical livre 2, 2-difenil-1-picrilhidrazil (DPPH.). Na avaliação antitumoral utilizou-se o ensaio colorimétrico com sulforrodamina B. Observou-se o maior conteúdo de fenólicos e flavonoides em extratos de folhas (389.98 e 104.52 mg g–1, respectivamente) e extratos de cálice (474.09 e 148.35 mg g–1, respectivamente) de plantas cultivadas com organosuper ®, embora esses valores não diferiram significativamente daqueles observados para os outros tratamentos. O IC50 de folhas (43.48 µg mL–1) e cálices (37.15 µg mL–1) demonstrou que ambos têm substâncias que podem contribuir para a ação seqüestradora de radicais livres. O extrato metanólico dos cálices mostrou seletividade na linhagem de leucemia (K-562), com valores de IC50 de 0,12 mg mL–1 (organosuper®) e 1,16 mg mL–1 (cama-de-frango) com concentração-dependente e efeito citotóxico e citocida. <![CDATA[Fenologia vegetativa e reprodutiva de <em>Butia purpurascens</em> Glassman (Arecaceae) sob efeitos da extração de folhas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Butia purpurascens is an endemic and threatened palm tree species that occurs in open areas of the Brazilian Cerrado, predominantly in southwestern Goiás. The leaves of this palm tree are harvested by local people to fabricate brooms. This study evaluated changes in vegetative and reproductive phenology in two different natural populations of this palm tree: one population with leaf harvesting and another non-harvested population. Twenty plants were monitored in each area for 23 months. The phenophases were related to the temperature and precipitation averages for a 30-year period. Leaf sprouting occurred throughout the year, with a slight reduction in periods of low temperatures and low rainfall. The first spathes emerged in March and flowering began during the dry season (June), continuing until January of the following year, concurrent with the period of most intense fruiting. Flowering and fruiting appear to be triggered by periods of drought, which are commonly observed in the Cerrado. The harvested sites produced significantly fewer leaves, spathes, inflorescences and infructescences than the non-harvested sites. Thus, the supply of resources to the local fauna is possibly reduced in sites under leaf exploitation, which in the long term can represent damage to the palm tree population’s structure and dynamics. Other socioeconomic and ecological studies about the effects of leaf harvesting in B. purpurascens are necessary to enable strategies for sustainable use, devise management alternatives and conserve this threatened palm species.<hr/>Butia purpurascens é uma palmeira endêmica e ameaçada que ocorre em áreas de cerrado sentido restrito do sudoeste goiano e tem suas folhas extraídas pela população local para a confecção de vassouras. O estudo avaliou variações na fenologia vegetativa e reprodutiva em duas populações naturais da palmeira em Jataí, GO: uma área sem extração e outra com extrativismo foliar. Vinte indivíduos foram monitorados em cada área durante 23 meses. As fenofases foram relacionadas às medias de temperatura e precipitação por um período de 30 anos. O brotamento foliar ocorreu ao longo de todo o ano, embora tenha reduzido nos períodos de menor temperatura e pluviosidade. A emissão das primeiras espatas se iniciou em março e a floração teve início durante a estação seca (junho), perdurando até janeiro do ano seguinte, concomitante ao período de intensa frutificação. Floração e frutificação parecem ser desencadeadas por períodos de estiagem, comum no Cerrado brasileiro. Áreas com extração produziram número significativamente menor de folhas, espatas, inflorescências e infrutescências do que áreas sem extração. Assim, a oferta de recursos para a fauna local é reduzida em áreas sob extrativismo, o que pode prejudicar a estrutura e a dinâmica populacional da palmeira, em longo prazo. Outros estudos sócio-econômicas e ecológicos sobre os efeitos da extração foliar em B. purpurascens são necessários para permitir estratégias de exploração sustentável, alternativas de manejo e a conservação dessa espécie atualmente ameaçada. <![CDATA[<em>Dero</em> (<em>Allodero</em>) <em>lutzi</em> Michaelsen, 1926 (Oligochaeta: Naididae) associado com <em>Scinax fuscovarius</em> (Lutz, 1925) (Anura: Hylidae) na Floresta Estacional Semidecidual, Sul do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Amphibians are hosts for a wide variety of ecto- and endoparasites, such as protozoans and parasitic worms. Naididae is a family of Oligochaeta whose species live on a wide range of substrates, including mollusks, aquatic macrophytes, sponges, mosses, liverworts, and filamentous algae. However, some species are known as endoparasitic from vertebrates, such as Dero (Allodero) lutzi, which is parasitic of the urinary tracts of frogs, but also have a free-living stage. Specimens in the parasitic stage lack dorsal setae, branchial fossa, and gills. Here we report the occurrence of D. (A.) lutzi associated with anuran Scinax fuscovarius from Semi-deciduous Atlantic Rain Forest in southern Brazil. The study took place at the Caiuá Ecological Station, Diamante do Norte, Paraná, southern Brazil. Seven specimens of S. fuscovarius were examined for parasites but only one was infected. Parasites occurred in ureters and urinary bladder. Previous records of this D. (A.) lutzi include the Brazilian States of Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, and Minas Gerais, as well as Cuba and North America. This is a new locality record for this species in Brazil. Reports of Dero (Allodero) lutzi are rare, due to difficulty of observation, and such events are restricted only the fortuitous cases. It is important to emphasize the necessity of future studies, which are fundamental to the understanding of biological and ecological aspects of this species.<hr/>Anfíbios são hospedeiros para uma grande variedade de ecto- e endoparasitos, tais como os protozoários e vermes parasitos. Naididae é uma família de Oligochaeta cujas espécies vivem em uma ampla variedade de substratos, incluindo moluscos, macrófitas aquáticas, esponjas, musgos, e algas hepáticas e filamentosas. No entanto, algumas espécies são conhecidas como endoparasitos de vertebrados, como Dero (Allodero) lutzi, o qual é um parasito do trato urinário de anfíbios, mas que também possui uma fase de vida livre. Espécimes no estágio parasitário não possuem cerdas dorsais, fossa branquial, e brânquias. Relatamos a ocorrência de D. (A.) lutzi associado ao anuro Scinax fuscovarius na Floresta Estacional Semidecidual no Sul do Brasil. O estudo foi realizado na Estação Ecológica do Caiuá, Diamante do Norte, Paraná, Sul do Brasil. Sete espécimes de S. fuscovarius foram examinados para parasitos, mas apenas um estava infectado. Os parasitos ocorreram nos ureteres e bexiga urinária. Registros anteriores de D. (A.) lutzi incluem os estados brasileiros de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, bem como Cuba e América do Norte. Este é o registro de uma nova localidade para esta espécie no Brasil. Registros de Dero (Allodero) lutzi são raros, devido à dificuldade de observação, e tais eventos são restritos apenas a casos fortuitos. É importante ressaltar a necessidade de futuros estudos, que são fundamentais para a compreensão de aspectos biológicos e ecológicos desta espécie. <![CDATA[Translocação e monitoramento por radiotelemetria do mico-leãozinho, <em>Cebuella pygmaea</em> (Spix, 1823), na Amazônia brasileira]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Two groups of pygmy marmoset (Cebuella pygmaea) were rescued along the left bank of the Madeira River during the formation of Santo Antônio Hydroelectric Dam reservoir in the state of Rondônia, Northern Brazil. Reintroduction of both groups occurred in areas of open Tropical rainforest located within the project´s Permanent Preservation Area. A post-release monitoring was conducted for three months using radio-telemetry. Individuals of each group remained together and settled in stable home ranges near their respective release sites. The mortality rate of translocated animals was about 7%. This seems to be the first report documenting the complete group translocation of C. pygmaea and the first to successfully employ radio-telemetry techniques in monitoring this species. This study demonstrated the feasibility of translocation and the use of radio-telemetry in monitoring C. pygmaea.<hr/>Dois grupos de mico leãozinho (Cebuella pygmaea) foram resgatados ao longo da margem esquerda do Rio Madeira durante o enchimento do reservatório da Usina Hidrelétrica Santo Antônio, em Rondônia, norte do Brasil. A reintrodução de ambos os grupos deu-se em áreas de floresta ombrófila densa aberta dentro da Área de Preservação Permanente do empreendimento. Após a reintrodução, empregou-se a técnica de radiotelemetria para o monitoramento dos animais por aproximadamente três meses. Cada um dos grupos manteve-se coeso e estabeleceu suas áreas de vida em regiões próximas àquelas onde foram soltos. A taxa de mortalidade foi de aproximadamente 7%. Este parece ser o primeiro trabalho a documentar a translocação de grupos completos de C. pygmaea e o primeiro a empregar com sucesso a radiotelemetria no monitoramento desta espécie. Este estudo, portanto, demonstra a factibilidade da translocação e do uso da radio-telemetria para monitorar C. pygmaea. <![CDATA[Primeiro registro de <em>Ceratium furcoides</em> (Dinophyta), uma espécie invasora, em um lago temporário de alta altitude no Quadrilátero Ferrífero (MG, Sudeste do Brasil)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Dinoflagellates of the genus Ceratium are generally marine organisms, but rare occurrences in freshwater have been observed in Brazil. In this paper we are recording for the first time the presence of Ceratium furcoides, an invasive species, in a shallow, natural intermittent pool formed at a high-altitude at the southern end of the Iron Quadrangle, an iron-mining district of Minas Gerais State (Southeast Brazil). Samples were collected in October and November of 2010 (rainy period). The population density of this organism observed in Lagoa Seca (“Dry Pool”) was very low, at most 4 ind L–1. Mountain lakes are extremely vulnerable to atmospheric deposition of organisms, making them valuable witnesses both of the many forms of impact arising from human activities and of the extended global connections that facilitate the dispersion and introduction of new species over great distances. Studies on the population dynamics of C. furcoides in natural tropical systems are still rare and very recent to the brazilian scenario and hence the monitoring of its dynamics and the potential impact on aquatic communities of its becoming established are essential to an understanding of the process of bioinvasion by this species.<hr/>Dinoflagelados do gênero Ceratium são principalmente marinhos, porém existem raras ocorrências em água doce no Brasil. Neste estudo registramos pela primeira vez a ocorrência de Ceratium furcoides, uma espécie invasora em um lago altitudinal natural raso localizado na porção sul do Quadrilátero Ferrífero, uma área de extração mineral no estado de Minas Gerais. As coletas foram realizadas nos meses de outubro e novembro de 2010 (período chuvoso). As densidades observadas para C. furcoides na Lagoa Seca foram muito baixas, com máximo de 4 ind L–1. Lagos de altitude são altamente vulneráveis à deposição atmosférica, o que os torna importantes testemunhos não só dos múltiplos impactos derivados de atividades humanas, mas também das extensas conexões globais, que acabam por facilitar a dispersão e introdução de espécies. Estudos sobre a dinâmica de C. furcoides em sistemas tropicais naturais ainda são escassos e por isso, o monitoramento de sua dinâmica e dos impactos potenciais em comunidades aquáticas a partir do seu estabelecimento, torna-se fundamental para o entendimento dos processos relacionados à bioinvasão desta espécie. <![CDATA[Distribuição, manejo e diversidade da espécie ameaçada de inhame ameríndio (<em>Dioscorea trifida</em> L.)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The objective of this study was to verify the occurrence of Dioscorea trifida in Brazil and to obtain information concerning its distribution, management and diversity. Farmers from 21 communities were interviewed in the states of São Paulo, Santa Catarina and Mato Grosso. During the visits, semi-structured interviews were conducted to collect socio-economic, management and diversity data for this crop. Fifty-one collected accessions, plus two accessions obtained at local markets of Amazonas, were characterized using 12 morphological traits. Most the interviewed farmers were men (75%) with a mean age of 59.5 years. Just a few young people and labor force were available for agricultural activities, with an average of only three individuals per farm. Most farmers (56%) grew only one variety of D. trifida, although 44% had more than one variety in their fields, which aims to provide greater assurance at harvest. Many popular names were observed for D. trifida, and cará roxo (purple yam) was the name most used by farmers (43.4%). Characters referring to the tuber, such as skin and flesh color, were most relevant for the distinction of the accessions. The results of this study may collaborate to develop strategies for conservation, both ex situ and in situ, within the view of on farm conservation.<hr/>O objetivo deste trabalho foi verificar a ocorrência de Dioscorea trifida no Brasil e obter informações a respeito da sua distribuição, manejo e diversidade. Para tanto, foram visitados e entrevistados agricultores de 21 comunidades, nos Estados de São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso. Durante as visitas, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas visando obter dados sócioeconômicos, de manejo e diversidade da cultura. Cinquenta e um acessos, além de dois acessos adquiridos em feiras no Estado do Amazonas, foram caracterizados por meio de 12 descritores morfológicos. A maioria dos entrevistados era homem (75%) com média de idade de 59,5 anos. Observou-se um número reduzido de jovens e mão de obra disponível para as atividades agrícolas, cerca de três indivíduos por roça. A maior parte dos agricultores (56%) cultiva apenas uma variedade de D. trifida, embora 44% tenham declarado o cultivo de mais de uma variedade, procedimento que visa dar maior garantia de colheita. Vários nomes populares foram observados para D. trifida, sendo cará roxo, a denominação mais utilizada pelos agricultores (43,4%). Os caracteres referentes às túberas, como cor da casca e da polpa, foram os mais relevantes para a distinção dos acessos. Os resultados obtidos poderão colaborar para elaborar estratégias de conservação, tanto ex situ como in situ, dentro da visão de conservação on farm. <![CDATA[Efeito do fogo sobre uma comunidade monodominante de <em>Cyperus giganteus</em> Vahl em uma área úmida neotropical]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The rhizomatous Cyperus giganteus, abundant in the Pantanal wetland, can dominate extense floodable areas as monodominant communities. The Jacadigo lake has a large area of C. giganteus, where we performed an evaluation on community structure during two months in 2010, before it was hit by a wildfire which top-killed the vegetation, compared to ten months post-fire. We utilized 40 plots of 1m × 1m, along permanent trails, assessing two strata: the upper, near the inflorescence of adult plants, and the lower, close to the water level. Our results show that fire does not affect dominance of C. giganteus, as it maintained the same cover as before fire; species richness is not much altered either - 28 before fire and 34 thereafter. Fire changed the floristic composition, due to the annual variation of species and the ability of some plants to colonize gaps and to regrow after fire from underground organs and seeds. The stratification of the vegetation with characteristic species of upper and lower strata was similar after fire.<hr/>A planta rizomatosa Cyperus giganteus, encontrada no Pantanal, pode dominar extensas áreas inundáveis, formando uma comunidade monodominante chamada localmente de pirizal. A lagoa do Jacadigo, situada na sub-região de Nabileque, possui uma extensa área de pirizal onde foi realizada uma avaliação na estrutura da vegetação durante dois meses no período de 2010, antes de ser atingida por um incêndio que causou perda da cobertura aérea da vegetação e foi comparada com 10 meses de avaliação pós-fogo. Com indicações na literatura de que o rizoma da planta pode favorecer a espécie através de rebrotamento após um incêndio, o objetivo deste trabalho foi avaliar as variações na estrutura da vegetação de pirizal após um evento de fogo. Foram utilizadas 40 parcelas não fixas de 1m × 1m e alocadas sistematicamente através de trilhas avaliando dois estratos: o superior, próximo a inflorescência dos adultos e o inferior, próximo a lâmina d’água. Nos dois meses logo após o fogo, devido ao tamanho reduzido nos indivíduos de C. giganteus foi avaliado apenas um estrato denominado total. Os resultados mostram que o fogo não afeta a dominância de C. giganteus, que se mantém na mesma faixa de cobertura do período anterior ao fogo; a riqueza de espécies não é alterada, 28 no período anterior ao fogo e 34 no período posterior. Após o incêndio, a estrutura da comunidade sofre alteração na composição florística, devido a mudança anual de espécies e a capacidade que certas plantas possuem em colonizar clareiras e rebrotar após o fogo por meio de órgãos subterrâneos e sementes. A estratificação da vegetação com espécies características de estrato superior e inferior se manteve após o fogo, porém com diferença menos acentuada entre as espécies. <![CDATA[Alterações na utilização dos solos com base proposições do novo Código Florestal Brasileiro e suas influências na qualidade da água de uma bacia hidrográfica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The amendments to the Forest Law proposed by the Brazilian government that allow partial substitution of forested areas by agricultural activities raised deep concern about the integrity of aquatic ecosystems. To assess the impacts of this alteration in land uses on the watershed, diffuse loads of total nitrogen (Nt) and total phosphorus (Pt) were estimated in Lobo Stream watershed, southeastern Brazil, based on export coefficients of the Model of Correlation between Land Use and Water Quality (MQUAL). Three scenarios were generated: scenario 1 (present scenario), with 30-meter-wide permanent preservation areas along the shore of water bodies and 50-meter-radius in springs; scenario 2, conservative, with 100-meter-wide permanent preservation areas along water bodies; and scenario 3, with the substitution of 20% of natural forest by agricultural activities. Results indicate that a suppression of 20% of forest cover would cause an increase in nutrient loads as well as in the trophic state of aquatic ecosystems of the watershed. This could result in losses of ecosystem services and compromise the quality of water and its supply for the basin. This study underlines the importance of forest cover for the maintenance of water quality in Lobo Stream watershed.<hr/>As alterações no novo Código Florestal propostas pelo governo brasileiro (Lei número 4.771/65, de 15 de Setembro de 1965), o qual permite a substituição parcial de áreas de florestas para atividades agrícolas, levantou profunda preocupação com a integridade dos ecossistemas aquáticos. Para avaliar tais alterações no uso da terra propostas pelo novo código, as cargas difusas de nitrogênio total (Nt) e fósforo total (Pt) foram estimadas na bacia hidrográfica do Ribeirão do Lobo, sudeste do Brasil, com base em coeficientes de exportação do Modelo de Correlação entre Uso do Solo e Qualidade da Água (MQUAL). Três cenários foram simulados com o modelo: cenário 1 (cenário atual), com 30 metros de áreas de proteção permanente ao longo da margem dos corpos d'água e 50 metros de raio a partir do curso de água; cenário 2, conservador, com áreas de preservação permanente de 100 metros de largura ao longo a margem de corpos d’água; e cenário 3, a substituição de 20% da floresta natural por terras agrícolas. Os resultados indicam que a supressão de 20% da cobertura vegetal na bacia hidrográfica aumentaria as cargas de nutrientes e consequentemente a trofia dos ambientes aquáticos da bacia, podendo resultar em perdas de serviços ambientais e comprometer a qualidade e o abastecimento de água na bacia hidrográfica. O presente estudo evidencia a importância da vegetação para a manutenção da qualidade da água na bacia hidrográfica do ribeirão do Lobo. <![CDATA[Como a flutuação dos níveis da água afetam as populações do bivalve invasor <em>Corbicula fluminea</em> (Müller, 1774) em um reservatório neotropical?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Corbicula fluminea is an invasive bivalve responsible for several environmental and financial problems around the globe. Despite the invasive potential of this species, it suffers certain restrictions in lentic environments due to natural phenomena that significantly affect its population structure (e.g. water column fluctuation and sunlight exposure). The present study addresses how temporal decline of the water level in a Neotropical reservoir and exposure to sunlight affect the population structure of C. fluminea. Samplings were carried out twice in the reservoir of Furnas Hydroelectric Power Station (HPS) (Minas Gerais, Brazil), in 2011 and 2012. Population density, spatial distribution and mean shell length of C. fluminea were estimated for each year after sampling in 51 quadrats (0.0625m2) placed on three transects at different distances along the reservoir margins (0, 10 and 20 m from a fixed-point). We observed a predominance of C. fluminea in both years, with a simultaneous gradual decrease in density and richness of native species in the sampling area. Significant differences in density of C. fluminea were registered at different distances from the margin, and are related to the temporal variability of physical conditions of the sediment and water in these environments. We also registered a trend toward an increase in the density and aggregation of C. fluminea as we moved away from the margin, due to the greater stability of these areas (&gt;10 m). The mean shell length of C. fluminea showed significant difference between the distinct distances from the margin and during the years, as well as the interaction of these factors (Distances vs.Years). These results were associated with the reproductive and invasive capacity of this species. This study reveals that these temporal events (especially water column fluctuation) may cause alterations in density, spatial distribution and mean shell length of C. fluminea and the composition of the native malacofauna in Neotropical lentic environments.<hr/>Corbicula fluminea é um bivalve invasor, responsável por inúmeros problemas ambientais e econômicos ao redor do mundo. Apesar de sua capacidade de invasão, a espécie sofre certas restrições devido a fenômenos naturais em ambientes lênticos, afetando significativamente sua estrutura populacional (e.g. flutuação do nível da água e a exposição à luz solar). O presente trabalho avaliou como o decréscimo temporal do nível da água de um reservatório neotropical e a exposição solar, afeta a estrutura populacional de C. fluminea. Duas amostragens foram realizadas no reservatório da Usina Hidrelétrica (UHE) de Furnas (Minas Gerais, Brasil), em 2011 e 2012. A densidade populacional, o comprimento médio e a distribuição espacial da espécie para cada ano foram estimados após amostragem em 51 quadrats (0,0625m2) dispostos em três transectos em diferentes distâncias das margens do reservatório (0, 10 e 20 m em relação a um ponto fixo). Observou-se o predomínio de C. fluminea em ambos os anos, coincidindo com o decréscimo da densidade e riqueza de espécies nativas nas áreas de amostragem. Foram registradas diferenças significativas na densidade de C. fluminea entre as distâncias da margem, sendo atribuídas principalmente à variabilidade temporal do substrato e da água desses ambientes. Registrou-se também uma tendência em aumento da densidade e agregação com o aumento da distância da margem, devido à maior estabilidade dessas áreas (&gt;10 m). Houveram diferenças significativas no tamanho médio das conchas de C. fluminea entre às distâncias da margem e durante os anos, assim como na interação desses fatores (Distâncias vs. Anos). Tais resultados foram associados à capacidade reprodutiva e invasiva da espécie. Esse estudo revelou que eventos temporais (principalmente, a flutuação do nível da água) em ambientes lênticos neotropicais provocam alterações na densidade, tamanho médio e distribuição de C. fluminea e na composição da malacofauna nativa. <![CDATA[Período chuvoso aumenta a abundância e riqueza da comunidade de insetos aquáticos em um reservatório neotropical]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100019&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Alterations in aquatic systems and changes in water levels, whether due to rains or dam-mediated control can cause changes in community structure, forcing the community to readjust to the new environment. This study tested the hypothesis that there is an increase in the richness and abundance of aquatic insects during the rainy season in the Serra da Mesa Reservoir, with the premise that increasing the reservoir level provides greater external material input and habitat diversity, and, therefore, conditions that promote colonization by more species. We used the paired t test to test the differences in richness, beta diversity, and abundance, and a Non-metric Multidimensional Scaling (NMDS) was performed to identify patterns in the community under study. Additionally, Pearson correlations were analyzed between the richness, abundance, and beta diversity and the level of the reservoir. We collected 35,028 aquatic insect larvae (9,513 in dry period and 25,515 in the rainy season), predominantly of the Chironomidae family, followed by orders Ephemeroptera, Trichoptera, and Odonata. Among the 33 families collected, only 12 occurred in the dry season, while all occurred in the rainy season. These families are common in lentic environments, and the dominance of Chironomidae was associated with its fast colonization, their behavior of living at high densities and the great tolerance to low levels of oxygen in the environment. The hypothesis was confirmed, as the richness, beta diversity, and abundance were positively affected by the increase in water levels due to the rainy season, which most likely led to greater external material input, greater heterogeneity of habitat, and better conditions for colonization by several families.<hr/>Alterações nos sistemas aquáticos, bem como variações nos níveis da água, sejam devido a chuvas ou pelo controle exercido pela barragem podem provocar mudanças na estruturação das comunidades fazendo com que as mesmas sejam obrigadas a se readequar às novas características do ambiente. Este estudo testou a hipótese de que ocorre aumento na riqueza e abundância de insetos aquáticos na estação chuvosa no reservatório de Serra da Mesa com a premissa que o aumento do nível do reservatório proporciona maior entrada de material alóctone, maior diversidade de habitats e, consequentemente, condições para a colonização de mais espécies. Para testar as diferenças na riqueza, diversidade beta e abundância foi utilizado o test t pareado e, além disso, foi feita uma NMDS para identificar padrões na comunidade em estudo. Foram coletados 35.028 larvas de insetos aquáticos (9513 no período seco e 25.515 no período de cheia) com predominância da família Chironomidae seguida das famílias Ephemeroptera, Trichoptera e Odonata. Dentre as 33 famílias coletadas, apenas 12 ocorreram no período de seca, enquanto todas ocorreram no período chuvoso. Essas famílias são bastante encontradas em ambientes lênticos e a dominância de Chironomidae está associada ao seu rápido processo de colonização, ao seu comportamento de viver em altas densidades e sua grande tolerância a baixos teores de oxigênio no ambiente. A hipótese testada foi corroborada visto que a riqueza, a diversidade beta e a abundância de insetos aquáticos foram influenciadas positivamente pelo aumento do nível da água, decorrente do período chuvoso, que, provavelmente, propiciou uma maior entrada de material alóctone, maior heterogeneidade de habitat e melhores condições para a colonização das diversas famílias. <![CDATA[Modelo linear não-destrutivo para estimativa de área foliar de <em>Vernonia ferruginea</em> Less]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100020&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Leaf area estimation is an important biometrical trait for evaluating leaf development and plant growth in field and pot experiments. We developed a non-destructive model to estimate the leaf area (LA) of Vernonia ferruginea using the length (L) and width (W) leaf dimensions. Different combinations of linear equations were obtained from L, L2, W, W2, LW and L2W2. The linear regressions using the product of LW dimensions were more efficient to estimate the LA of V. ferruginea than models based on a single dimension (L, W, L2 or W2). Therefore, the linear regression “LA=0.463+0.676WL” provided the most accurate estimate of V. ferruginea leaf area. Validation of the selected model showed that the correlation between real measured leaf area and estimated leaf area was very high.<hr/>A estimativa de área foliar é um importante traço biométrico para avaliação do desenvolvimento foliar e do crescimento vegetal em experimentos de campo e casa-de-vegetação. Foi desenvolvido um modelo linear não destrutivo capaz de estimar a área foliar (AF) de Vernonia ferruginea usando o comprimento (C) e a largura (L) foliar. Diferentes combinações de equações lineares foram obtidas a partir de C, C2, L, L2, CL e C2L2. As regressões lineares usando o produto de dimensões CL foram mais eficientes para estimar a AF de V. ferruginea do que os modelos baseados em uma única dimensão (C, L, C2 ou L2). O modelo linear "AF = 0,463+0,676 CL" forneceu com maior precisão a AF de V. ferruginea em relação aos demais modelos testados. A validação do modelo selecionado revelou elevada correlação entre a área foliar real e a área foliar estimada pelo modelo. <![CDATA[Conteúdo estomacal de peixes em avaliações de comunidades de macroinvertebrados bentônicos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100021&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The choice of sampling gears to assess benthic macroinvertebrate communities depends on environmental characteristics, study objectives, and cost effectiveness. Because of the high foraging capacity and diverse habitats and behaviors of benthophagous fishes, their stomach contents may offer a useful sampling tool in studies of benthic macroinvertebrates, especially in large, deep, fast rivers that are difficult to sample with traditional sediment sampling gear. Our objective was to compare the benthic macroinvertebrate communities sampled from sediments with those sampled from fish stomachs. We collected benthic macroinvertebrates and fish from three different habitat types (backwater, beach, riffle) in the wet season, drying season, and dry season along a single reach of the Grande River (Paraná River Basin, southeast Brazil). We sampled sediments through use of a Petersen dredge (total of 216 grabs) and used gill nets to sample fish (total of 36 samples). We analyzed the stomach contents of three commonly occurring benthophagous fish species (Eigenmannia virescens, Iheringichthys labrosus, Leporinus amblyrhynchus). Chironomids dominated in both sampling methods. Macroinvertebrate taxonomic composition and abundances from fish stomachs differed from those from sediment samples, but less so from riffles than from backwater and beach habitats. Macroinvertebrate taxa from E. virescens stomachs were more strongly correlated with sediment samples from all three habitats than were those from the other two species. The species accumulation curves and higher mean dispersion values, compared with with sediment samples suggest that E. virescens is more efficient than sediment samples and the other fish studied at collecting benthic taxa. We conclude that by analyzing the stomach contents of benthophagous fishes it is possible to assess important characteristics of benthic communities (dispersion, taxonomic composition and diversity). This is especially true for studies that only sample fish assemblages to evaluate aquatic ecosystem impacts. Therefore, this approach can be useful to amplify assessments of human impacts, and to incorporate additional bioindicators.<hr/>A escolha da ferramenta adequada para avaliar as comunidades de macroinvertebrados bentônicos depende dos objetivos do estudo, das características ambientais e dos recursos financeiros disponíveis. Devido à alta capacidade de forrageamento apresentada por espécies de peixes bentófagas e seu acesso a diversos tipos de habitats, a análise do conteúdo estomacal destas espécies pode ser uma ferramenta útil em avaliações de assembleias de macroinvertebrados bentônicos, especialmente em rios grandes, profundos e rápidos, que são difíceis de amostrar através de métodos convencionais de coleta de sedimento. Nosso objetivo foi comparar as assembleias de macroinvertebrados bentônicos amostrados no sedimento com as assembleias amostradas nos estômagos de espécies de peixes bentófagas. Foram coletados peixes e sedimento em três diferentes tipos de habitats (remanso, praia, corredeira) nos períodos úmido e seco ao longo de um único trecho do rio Grande (bacia do rio Paraná, sudeste do Brasil). O sedimento foi amostrado através de uma draga Petersen (total de 216 dragas) e os peixes através de redes de emalhar (total de 36 amostras). Foram analisados os conteúdos estomacais de três espécies de peixes (Eigenmannia virescens Gymnotiformes, Iheringichthys labrosus Siluriformes; Leporinus amblyrhynchus Characiformes). Chironomidae foi a família dominante em ambos os métodos. A composição taxonômica de macroinvertebrados bentônicos encontrados nos estômagos foi diferente daquela amostrada no sedimento. Os taxa de macroinvertebrados amostrados nos estômagos de E. virescens foram mais correlacionados com os três tipos de habitats do que os taxa obtidos nos estômagos das outras duas espécies. As inclinações das curvas cumulativas, assim como os maiores valores de dispersão média, demonstram que E. virescens possui potencial como ferramenta ecológica para acessar as assembleias de macroinvertebrados bentônicos, assim como os maiores valores de dispersão observados. A família Philopotamidae foi encontrada apenas no estômago de L. amblyrhynchus. Concluímos que através da análise do conteúdo do estômago de peixes é possível acessar importantes características das assembleias bentônicas (p.ex. dispersão, composição taxonômica e diversidade). Esta abordagem é especialmente verdadeira em estudos que utilizam apenas as assembleias de peixes para avaliar e/ou monitorar ecossistemas aquáticos. Desta maneira, esse enfoque pode ser útil, aumentando o conhecimento acerca dos impactos humanos sobre os ecossistemas aquáticos e contribuindo para a utilização de diferentes grupos de bioindicadores. <![CDATA[Floração de cianobactéria: filtro seletivo para zooplâncton?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100022&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The Ibirité reservoir is an urban and eutrophic environment, with regular occurrences of cyanobacteria blooms. The reservoir is warm monomict and remains stratified most of the year, circulating in the dry season (winter). During the hydrological cycle of October/07 to October/08 there were four scenarios with different environmental conditions, which influenced the structure of the zooplankton community, as confirmed in a previous study. Changes in the zooplankton community structure between the scenarios were studied, aiming at analyzing the stability and persistence of this community. The Spearman’s coefficient of correlation was used to measure the stability; the persistence was evaluated through a cluster analysis and changes in community composition were estimated by the "temporal" β diversity index. Considering the distribution patterns of abundance, the community was stable only in the transition between scenarios 1 and 2 (n = 30, r = 0.71, p = 0.00001), when there were no cyanobacteria blooms. The persistence of zooplankton between the scenarios was low, showing a distinct species composition for each scenario. The highest variations in species composition, observed by the values of temporal β diversity index, were the transitions between scenarios 3-0 (1.45) and 0-1 (1.05), and the lowest variations occurred in the transition between scenarios 1-2 (0.57). The results suggest that the cyanobacteria blooms at Ibirité reservoir are be acting as "selective filters", and are, thus, disturbances with sufficient ability to change the structure of the zooplankton community. Keywords Urban Reservoir, zooplankton, bloom of cyanobacteria, stability, persistence. <hr/>O reservatório de Ibirité é um ambiente urbano, eutrófico com periódicas ocorrências de florações de cianobactérias. O padrão de mistura deste reservatório é monomítico quente, permanecendo estratificado a maior parte do ano, circulando na estação seca (inverno). Durante o ciclo hidrológico de outubro/07 a outubro/08, ocorreram quatro cenários com condições ambientais distintas, que influenciaram na estruturação da comunidade zooplanctônica, conforme observado em estudo prévio. As mudanças na estrutura da comunidade zooplanctônica entre os cenários foram estudadas objetivando analisar a estabilidade e persistência desta comunidade. O coeficiente de correlação de Spearman foi utilizado para medir a estabilidade; a persistência foi considerada por meio de uma análise de agrupamento; e as mudanças na composição da comunidade foram estimadas através do índice de diversidade β temporal. A comunidade foi estável, considerando os padrões de distribuição da abundância, somente na transição entre os cenários 1 e 2 (n=30; r= 0,71; p=0,00001), nos quais não foram observadas florações de cianobactérias. A persistência do zooplâncton entre os cenários foi baixa, apresentando composições de espécies distintas. As maiores variações na composição das espécies, estimadas através dos valores de diversidade β temporal, foram nas transições entre os cenários 3-0 (1,45) e 0-1 (1,05), e o menor valor na transição entre os cenários 1-2 (0,57). Os resultados do presente trabalho sugerem que as florações de cianobactérias no reservatório de Ibirité estariam funcionando como “filtros seletivos”, ou seja, distúrbios com capacidade suficiente para alterar a estrutura da comunidade zooplanctônica. <![CDATA[Nova espécie de galhador associado a <em>Diplopterys pubipetala</em> (A.Juss.) Anderson and Davis (Malpighiaceae) de Altinópolis, São Paulo, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100023&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Clinodiplosis bellum sp. nov. associated with Diplopterys pubipetala (A.Juss.) Anderson and Davis (Malpighiaceae) from Brazil are described. This is the first species of Clinodiplosis described to State of São Paulo and the first formal description of Diplopterys pubipetala (Malpighiaceae) as host plant of Cecidomyiidae species. Description and illustration of the Clinodiplosis bellum sp. nov. (Diptera: Cecidomyiidae) are given.<hr/>Clinodiplosis bellum sp. nov. associada a Diplopterys pubipetala (A.Juss.) Anderson and Davis (Malpighiaceae) do Brasil é descrita. Esta é a primeira espécie de Clinodiplosis descrita para o Estado de São Paulo e a primeira descrição formal de Diplopterys pubipetala (Malpighiaceae) como planta hospedeira de uma espécie de Cecidomyiidae. Descrição e ilustrações de Clinodiplosis bellum sp. nov. (Diptera: Cecidomyiidae) são apresentadas. <![CDATA[Biomassa de macroinvertebrados e características físicas e químicas da água em um pantanal urbano dos Andes na Colômbia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100024&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Aquatic macroinvertebrates (AMI) play an important role in the ecology of wetlands, either by their job as regulators of the cycles of matter, as for their energy storage function represented in their biomass, which is transferred to higher trophic levels. To answer the question of how biomass of different AMI trophic guilds is related with physicochemical variables in the wetland Jaboque (Bogotá, Colombia), four samplings were achieved between April 2009 and January 2010, according to periods of rain and drought in the region. The AMI biomass values obtained were rated as of intermediate rank. No temporal but spatial significant differences were found. Apparently these spatial differences appear to be associated with variations in anthropogenic pressure, which differs in each area of the wetland. In dry months (January and August), biomass was greater and dominated by detritivores. We observed a positive relationship between the specific conductance of water and the biomass of predators and detritivores and between water temperature and the biomass of detritivores and shredders. These relationships suggest that the physical and chemical variables influence the distribution, abundance, and biomass of functional groups. The physical and chemical conditions of water exhibited spatiotemporal fluctuations related to changes in the concentration of organic matter and nutrients, which presumably were related to the affluents discharges and the high impact of local human populations.<hr/>Macroinvertebrados aquáticos (MIA) desempenham um importante papel na ecologia das zonas úmidas, quer pelo seu emprego como reguladores dos ciclos da matéria, como para a sua função de armazenamento de energia representada na sua biomassa, que é transferido para elevados níveis tróficos. Para responder à questão de como a biomassa de diferentes categorias tróficas de MIA está relacionada com as variáveis físicas e químicas da água do pantanal Jaboque (Bogotá, Colômbia), quatro amostragens foram realizadas entre abril de 2009 e janeiro de 2010, de acordo com os períodos de chuva e seca na região. Os valores de biomassa de MIA obtidos foram classificados como de grau intermediário. Nós não encontramos nenhuma diferença significativa no tempo, mas foram observadas diferenças espaciais. Aparentemente, estas diferenças parecem estar associadas com as variações espaciais na pressão antrópica, que difere em cada região do pantanal. Nos meses de menor precipitação (janeiro e agosto), a biomassa foi maior e dominado por detritívoros. Observou-se uma relação positiva entre a condutividade específica da água ena biomassa de predadores e detritívoros e entre a temperatura da água e a biomassa de detritívoros e trituradores. Estas relações sugerem que as variáveis físicas e químicas influenciam a distribuição, abundância e biomassa de grupos funcionais. As condições físicas e químicas da água tiveram flutuações espaço-temporais relacionadas com alterações na concentração de matéria orgânica e nutrientes, que foram presumivelmente relacionadas com a descarga do efluente e o elevado impacto das populações humanas locais. <![CDATA[Sucesso reprodutivo de <em>Sicalis citrina</em> em cascalheiras abandonadas, região central do Cerrado]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100025&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Suitability of degraded areas as breeding habitats can be tested through assessment of nest predation rates. In this study we estimated nest success in relation to several potential predictors of nest survival in the Stripe-tailed Yellow-finch (Sicalis citrina) breeding in abandoned mining pits at Brasília National Park. We monitored 73 nests during the 2007-breeding season. Predation was the main cause of nest failure (n = 48, 66%); while six nests were abandoned (8%) and 19 nests produced young (26%). Mayfield’s daily survival rates and nest success were 0.94 and 23%, respectively. Our results from nest survival models on program MARK indicated that daily survival rates increase linearly towards the end of the breeding season and decrease as nests aged. None of the nest individual covariates we tested - nest height, nest size, nest substrate, and edge effect - were important predictors of nest survival; however, nests placed on the most common plant tended to have higher survival probabilities. Also, there was no observer effect on daily survival rates. Our study suggests that abandoned mining pits may be suitable alternative breeding habitats for Striped-tailed Yellow-finches since nest survival rates were similar to other studies in the central cerrado region.<hr/>A adequação de habitats degradados para reprodução de aves pode ser testada por meio de avaliação das taxas de predação de ninhos. Neste estudo nós estimamos o sucesso de nidificação do canário-rasteiro (Sicalis citrina) e o relacionamos, por meio de modelagem no programa MARK, com diversos fatores que potencialmente afetam a sobrevivência dos ninhos da espécie em antigas áreas de extração de solo (cascalheiras), no Parque Nacional de Brasília, Distrito Federal. Nós monitoramos 73 ninhos da espécie durante a estação reprodutiva de 2007. Predação foi a principal causa da perda de ninhos (n = 48, 66%), enquanto seis foram abandonados (8%) e 19 produziram ao menos um filhote (26%). A taxa diária de sobrevivência e o sucesso total de Mayfield foram 0,94 and 23%, respectivamente. Nossos resultados, obtidos da modelagem de sobrevivência, indicaram que as taxas de sobrevivência diária dos ninhos aumenta linearmente à medida que avança a estação reprodutiva, ao passo que diminui conforme a idade do ninho aumenta. Nenhum dos fatores que testamos – altura do ninhos, tamanho dos ninhos, planta suporte e distância até a borda dos ambientes de cascalheira – mostraram-se importantes como fatores determinantes do sucesso dos ninhos. Entretanto, ninhos construídos nas plantas mais comuns na área de estudo (samambaias) apresentaram maior tendência de sucesso que os demais. Adicionalmente, não houve interferência do observador nas estimativas de sobrevivência dos ninhos. Nossos resultados sugerem que as antigas áreas de cascalheira podem ser adequadas para a reprodução do canário-rasteiro, uma vez que as taxas de sobrevivência que encontramos neste estudo são similares às encontradas em estudos com outras espécies na região central do Cerrado. <![CDATA[Aspectos reprodutivos do peixe voador, <em>Hirundichthys affinis</em> das águas costeiras do Nordeste do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100026&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The epipelagic flyingfish, Hirundichthys affinis is a major artisanal fishery resource from the Northeastern coastal waters of Brazil. However, biological information about this species has been poorly documented. This paper presents data on the length-weight relationship, sex ratio, length at first sexual maturity, gonadal development and fecundity of H. affinis sampled from the coastal waters of Rio Grande do Norte, Brazil. The total body length and weight for both sexes ranged from 23.4 to 29.4 cm and from 89 to 188g, respectively. The allometric coefficient of males was 2.208 and that of females was 2.985, indicating negatively allometric growth. The sex ratio was 1M:1.6F thus differing from the expected ratio of 1:1 (χ2 = 18.63). The total length at first sexual maturity was estimated at 27.3 cm for males and 27.1 cm for females. The macroscopic characteristics of the gonads indicated four maturation stages. Histological studies of gonads of H. affinis showed seven phases of oocyte development and four phases of spermatocyte development. The mean absolute fecundity was 9092 vitelogenic oocytes. Spawning occurred during the months of March to July. The microscopic descriptions of the stages of gonad maturation indicate that the study area is an important spawning ground of H. affinis.<hr/>O peixe epipelágico voador, Hirundichthys affinis é um importante recurso de pesca artesanal das águas costeiras do Nordeste do Brasil. No entanto, as informações biológicas sobre esta espécie tem sido pouco documentada. Este trabalho apresenta dados sobre a relação peso-comprimento, proporção sexual, comprimento de primeira maturação sexual, desenvolvimento gonadal e fecundidade de H. affinis amostrados das águas costeiras do Rio Grande do Norte, Brasil. O comprimento total e o peso total de ambos os sexos variaram 23,4-29,4 cm, e de 89 a 188g, respectivamente. O coeficiente alométrico dos machos foi de 2,208 e o de fêmeas foi 2,985, indicando um crescimento alométrico negativo. A proporção entre os sexos foi 1M:1.6 F, diferindo da proporção esperada de 1:1 (χ2 = 18.63). O comprimento total da primeira maturação sexual foi estimado em 27,3 centímetros para os machos e 27,1 cm para as fêmeas. As características macroscópicas das gônadas indicaram quatro estádios de maturação. Estudos histológicos das gônadas de H. affinis mostram sete fases de desenvolvimento do ovócito e quatro fases de desenvolvimento do espermatócito. A fecundidade absoluta média foi de 9.092 ovócitos vitelogênicos. A desova ocorreu durante os meses de março a julho. As descrições microscópicas dos estágios de maturação gonadal indicam que a área de estudo é uma importante área de desova de H. affinis. <![CDATA[Sobre ratos e jaqueiras: modelando a capacidade suporte de uma população do rato-de-espinho da Mata Atlântica <em>Trinomys dimidiatus</em> (Günther, 1877) – Rodentia, Echimyidae – em relação a diferentes abundâncias de jaqueiras (<em>Artocarpus heterophyllus</em> L.)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100027&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt We carried out a six-year study aimed at evaluating if and how a Brazilian Atlantic Forest small mammal community responded to the presence of the invasive exotic species Artocarpus heterophyllus, the jackfruit tree. In the surroundings of Vila Dois Rios, Ilha Grande, RJ, 18 grids were established, 10 where the jackfruit tree was present and eight were it was absent. Previous results indicated that the composition and abundance of this small mammal community were altered by the presence and density of A. heterophyllus. One observed effect was the increased population size of the spiny-rat Trinomys dimidiatus within the grids where the jackfruit trees were present. Therefore we decided to create a mathematical model for this species, based on the Verhulst-Pearl logistic equation. Our objectives were i) to calculate the carrying capacity K based on real data of the involved species and the environment; ii) propose and evaluate a mathematical model to estimate the population size of T. dimidiatus based on the monthly seed production of jackfruit tree, Artocarpus heterophyllus and iii) determinate the minimum jackfruit tree seed production to maintain at least two T. dimidiatus individuals in one study grid. Our results indicated that the predicted values by the model for the carrying capacity K were significantly correlated with real data. The best fit was found considering 20~35% energy transfer efficiency between trophic levels. Within the scope of assumed premises, our model showed itself to be an adequate simulator for Trinomys dimidiatus populations where the invasive jackfruit tree is present.<hr/>Realizamos um estudo de seis anos para avaliar se e como uma comunidade de pequenos mamíferos terrestres da Mata Atlântica respondia à presença da jaqueira Artocarpus heterophyllus, espécie possivelmente nativa da Índia. Nos arredores da Vila Dois Rios, Ilha Grande, RJ, nós estabelecemos 18 grades de estudo, sendo 10 com jaqueiras e oito sem jaqueiras. Resultados prévios indicaram que a composição e a abundância dessa comunidade de pequenos mamíferos foram alteradas pela presença e densidade de A. heterophyllus. Um dos efeitos observados foi o aumento das populações do rato-de-espinho Trinomys dimidiatus nas grades onde a jaqueira estava presente. Criamos um modelo matemático para prever a capacidade de suporte dessa espécie, baseado na equação logística de Verhulst-Pearl. Nossos objetivos foram i) calcular a capacidade de suporte K com base em dados reais coletados tanto para T. dimidiatus quanto de seu ambiente; ii) propor e avaliar um modelo matemático para estimar o tamanho populacional de T. dimidiatu baseado na produção mensal de sementes de jaqueira e iii) determinar a produção mínima de sementes de jaqueira necessária para manter pelo menos dois indivíduos de T. dimidiatus. Nossos resultados indicaram que os valores previstos para K gerados pelo modelo foram significativamente correlacionados com os dados reais coletados. O melhor ajuste foi obtido considerando uma eficiência de transferência de energia entre níveis tróficos entre 20 e 35%. Dentro do escopo das premissas assumidas, nosso modelo se mostrou um simulador adequado para populações de T. dimidiatus em áreas onde a jaqueira já tenha invadido. <![CDATA[Produção científica brasileira sobre estudos fitoplanctônicos: determinantes nacionais e comparações internacionais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100028&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt In this study, we determined the temporal trends of publications by Brazilian authors on phytoplankton and compared these trends to those of other Latin American countries as well as to the 14 countries ranking ahead of Brazil in terms of scientific publication. To do this, we investigated phytoplankton studies published in an international database (Thomson-ISI). The data showed that Brazil plays an important role among other Latin American countries in the publication of these studies. Moreover, the trend of studies published on phytoplankton in Brazil was similar to trends recorded in the developed countries of the world. We conclude that studies can be more deliberately targeted to reduce national and international asymmetries by focusing on projects with large spatial scales and projects that concentrate on less-studied geographic regions, thus encouraging increased productivity in remote areas of the country. Associated with this is a necessary increase in high-impact journal publications, increasing the quantity and quality of Brazilian scientific studies on phytoplankton and, consequently, their global visibility.<hr/>Esse estudo teve por objetivo determinar a tendência temporal das publicações sobre fitoplâncton de autores brasileiros e comparar essa tendência com outros países latino-americanos, bem como aos 14 principais países em termos de publicação científica. Para isso, investigou-se artigos sobre fitoplâncton disponível em uma base de dados internacionais (Thomson-ISI). A tendência da produção científica de autores brasileiros foi superior a maioria dos países latino-americanos. Além disso, essa tendência foi similar ao dos países desenvolvidos do mundo. Conclui-se que futuros estudos devem buscar reduzir as assimetrias nacionais e internacionais, concentrando trabalhos em grandes escalas espaciais e em regiões geográfica menos estudadas, incentivando assim, o aumento da produtividade em áreas remotas do país. Associado a isso, destaca-se a importância de aumento de publicações de brasileiros em revistas de alto impacto, aumentando a quantidade e qualidade dos estudos científicos brasileiros sobre o fitoplâncton e, consequentemente sua visibilidade internacional. <![CDATA[Aplicação de abordagens de DDRT-PCR para aprimoramento de resultados no isolamento de DETs a partir de tecido cerebral de peixes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100029&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Differential Display (DD) is a technique widely used in studies of differential expression. Most of these analyses, especially those involving fish species, are restricted to species from North America and Europe or to commercial species, as salmonids. Studies related to South American fish species are underexplored. Thus, the present work aimed to describe DD technique modifications in order to improve outcomes related to the isolation of DETs (Differentially Expressed Transcripts), using Leporinus macrocephalus, a large commercially exploited South American species, as a fish design. Different DDRT-PCR approaches were applied to brain samples and the products of the reactions were analyzed on 6% polyacrylamide gels stained with 0.17% Silver Nitrate (AgNO3). The use of PCR reactions under high stringency conditions and longer oligonucleotides based on VNTR (Variable Number of Tandem Repeats) core sequences led to better results when compared to low stringency PCR conditions and the use of decamer oligonucleotides. The improved approach led to the isolation of differentially expressed transcripts on adult males and females of L. macrocephalus. This study indicates that some modifications on the DDRT-PCR method can ensure isolation of DETs from different fish tissues and the development of robust data related to this approach.<hr/>Display Diferencial (DD) é uma técnica amplamente utilizada em estudos de expressão diferencial. A maioria desses estudos envolvendo espécies de peixes está restrita a espécies da América do Norte e Europa ou a espécies comerciais, como os salmoniformes. Estudos relacionados a peixes da América do Sul são ainda pouco explorados. Desse modo, o presente trabalho teve como objetivo descrever modificações na técnica de DD, a fim de melhorar os resultados relacionados ao isolamento de DETs (Transcritos Diferencialmente Expressos), utilizando Leporinus macrocephalus, peixe explorado comercialmente na América do Sul, como espécie para tal delineamento. Diferentes abordagens de DDRT-PCR foram desenvolvidas a partir de amostras de tecido cerebral e os produtos das reações foram analisados em gel de poliacrilamida 6% corados com 0,17% de nitrato de Prata (AgNO3). A utilização de reações de PCR sob condições de elevada estringência e oligonucleotídeos mais longos, com base em sequências cerne de VNTR (Número Variável de Repetições em Tandem), mostrou melhores resultados quando comparada a condições de baixa estringência e ao uso de oligonucleotídeos decâmeros. A estratégia empregada permitiu o isolamento de transcritos diferencialmente expressos em machos e fêmeas adultos de L. macrocephalus. Este estudo evidencia que modificações no método de DDRT-PCR garantem o melhor isolamento de DETs a partir de diferentes tecidos de peixes e asseguram a obtenção de dados mais sólidos relacionados a essa abordagem. <![CDATA[Primeiro registro de <em>Palombitrema triangulum</em> (Suriano, 1981) Suriano, 1997 (Monogenea: Dactylogyridae) de peixes dulcícolas do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100030&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study reports for the first time the monogenean Palombitrema triangulum Suriano (1981) in freshwater fishes from Brazil, highlighting new sites of infection for this helminth and some morphological differences. Monogeneans were collected on the body surface, gills and nasal cavity of two native fish species from Brazil, Cyphocharax modestus (Fernández-Yépez, 1948) and Cyphocharax nagelii (Steindachner, 1881). A brief morphological characterization of this species is presented.<hr/>Descreve-se a primeira ocorrência do monogenético Palombitrema triangulum Suriano (1981) em peixes dulcícolas do Brasil, destacando novos locais de infestação para este helminto e algumas diferenças morfológicas. Os monogenéticos foram coletados na superfície do corpo, brânquias e cavidade nasal de duas espécies de peixes nativos do Brasil, Cyphocharax modestus (Fernández-Yépez, 1948) e Cyphocharax nagelii (Steindachner, 1881). Uma breve caracterização morfológica desta espécie é apresentada. <![CDATA[<em>Priming</em> e temperaturas limites de germinação de unidades de dispersão de <em>Urochloa brizantha</em> (Stapf) Webster cv. basilisk]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100031&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The objective of this study was to evaluate the effect of priming treatments on the upper and lower thermal limits for germination of Urochloa brizantha cv. basilisk, and testing the hypothesis that pré-imbibition affect thermal parameters of the germination. Pre-imbibed seeds both in distilled water (0 MPa) and PEG 6000 solution (–0.5 MPa) were put to germinate in different temperatures. It is suggested that U. brizantha seeds have low response to priming when they were placed to germinate in medium where water is not limiting. The response of U. brizantha seeds to priming is dependent on the temperature and water potential conditions at which the seeds are pre-imbibed, as well as on the germination temperature. The optimum temperature for germination of U. brizantha shift toward warmer temperatures in primed seeds. Priming effect was more pronounced at temperatures closer to the upper and lower limit for germination, but probably that response cannot be accounted for changes in the thermal time constant (θT(g)) and ceiling temperature (Tc(g)). Otherwise, a decrease in the base temperature (Tb) was observed in primed seeds, suggesting that the Tb distribution in U. brizantha seeds is influenced by priming.<hr/>O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do tratamento pré-germinativo priming sobre os limites térmicos inferior e superior para a germinação de Urochloa brizantha cv. basilisk, e testar a hipótese de que a pré-embebição afeta os parâmetros térmicos da germinação. Sementes pré-embebidas, tanto em água destilada (0 MPa) quanto em solução de PEG 6000 (–0,5 MPa) foram colocadas para germinar em diferentes temperaturas. Os resultados sugerem que sementes de U. brizantha apresentam baixa resposta ao priming quando colocadas para germinar em meio onde a água não é limitante. A resposta de sementes de U. brizantha para o priming é dependente das condições de temperatura e potenciais hídricos em que as sementes são pré-embebidas, bem como para a temperatura de germinação. A temperatura ótima para germinação de sementes de U. brizantha altera-se para temperaturas mais altas em sementes pré-embebidas. O efeito de priming foi mais pronunciado em temperaturas mais próximas do limite superior e inferior para a germinação, mas, provavelmente essa resposta não foi responsável por mudanças na constante tempo térmico (θT(g)) e temperatura teto (Tc (g)). Por outro lado, uma diminuição na temperatura base (Tb) foi observada em sementes pré-embebidas, sugerindo que a distribuição Tb em sementes de U. brizantha é influenciada pelo priming. <![CDATA[Fauna de helmintos de <em>Astyanax fasciatus</em> Cuvier, 1819, em dois locais distintos do rio Taquari, estado de São Paulo, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100032&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study assessed the helminth fauna of Astyanax fasciatus in two distinct sites of the Taquari River, São Paulo State, with 30 individuals sampled in a lotic site and 30 in a lentic site, recording the monogeneans: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. and Gyrodactylus sp., the digenean Antorchis lintoni and no-identified metacercariae; the nematode Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus and no-identified larvae. The mean abundances of total monogeneans (U = 1053; p = 0.042) and C. costaricensis (U = 1107; p = 0.005) were higher in the lotic site. This difference may be due to the higher density of the host population in the lotic site, and the water transparence in lentic environments that prevents A. fasciatus to form shoals, precluding the exchange of parasites with direct cycle within a host population. This study is the first report of the helminth fauna of A. fasciatus in the Taquari River, with ten taxa recorded, and reports A. fasciatus as a new host for Notozothecium sp. and C. paranaensis.<hr/>Este estudo avaliou a helmintofauna de Astyanax fasciatus em dois trechos distintos no rio Taquari, São Paulo, com 30 indivíduos coletados no trecho lótico e 30 no trecho lêntico, registrando os monogenóides: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. e Gyrodactylus sp., o digenético Antorchis lintoni e metacercárias não identificadas, o nematoide Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus e larvas não identificadas. A abundância média de monogenóides total (U = 1053; p = 0,042) e C. costaricensis (U = 1107; p = 0,005) foi maior no trecho lótico. Esta diferença pode ser devido à densidade mais alta da população de hospedeiros no trecho lótico e à transparência da água em trechos lênticos que previne a formação de cardumes de A. fasciatus e a troca de parasitas com ciclo direto dentro da população de hospedeiros. Este estudo é o primeiro registro da helmintofauna de A. fasciatus no rio Taquari, com dez taxa encontrados, e registra A. fasciatus como novo hospedeiro para os monogenóides Notozothecium sp. e C. paranaensis. <![CDATA[Helminths of the frog <em>Pleurodema diplolister</em> (Anura, Leiuperidae) from the Caatingain Pernambuco State, Northeast Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100033&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study assessed the helminth fauna of Astyanax fasciatus in two distinct sites of the Taquari River, São Paulo State, with 30 individuals sampled in a lotic site and 30 in a lentic site, recording the monogeneans: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. and Gyrodactylus sp., the digenean Antorchis lintoni and no-identified metacercariae; the nematode Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus and no-identified larvae. The mean abundances of total monogeneans (U = 1053; p = 0.042) and C. costaricensis (U = 1107; p = 0.005) were higher in the lotic site. This difference may be due to the higher density of the host population in the lotic site, and the water transparence in lentic environments that prevents A. fasciatus to form shoals, precluding the exchange of parasites with direct cycle within a host population. This study is the first report of the helminth fauna of A. fasciatus in the Taquari River, with ten taxa recorded, and reports A. fasciatus as a new host for Notozothecium sp. and C. paranaensis.<hr/>Este estudo avaliou a helmintofauna de Astyanax fasciatus em dois trechos distintos no rio Taquari, São Paulo, com 30 indivíduos coletados no trecho lótico e 30 no trecho lêntico, registrando os monogenóides: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. e Gyrodactylus sp., o digenético Antorchis lintoni e metacercárias não identificadas, o nematoide Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus e larvas não identificadas. A abundância média de monogenóides total (U = 1053; p = 0,042) e C. costaricensis (U = 1107; p = 0,005) foi maior no trecho lótico. Esta diferença pode ser devido à densidade mais alta da população de hospedeiros no trecho lótico e à transparência da água em trechos lênticos que previne a formação de cardumes de A. fasciatus e a troca de parasitas com ciclo direto dentro da população de hospedeiros. Este estudo é o primeiro registro da helmintofauna de A. fasciatus no rio Taquari, com dez taxa encontrados, e registra A. fasciatus como novo hospedeiro para os monogenóides Notozothecium sp. e C. paranaensis. <![CDATA[Migration rate and genetic diversity of two <em>Drosophila maculifrons</em> (Duda, 1927) populations from Highland Araucaria Forest Fragments in Southern Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100034&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study assessed the helminth fauna of Astyanax fasciatus in two distinct sites of the Taquari River, São Paulo State, with 30 individuals sampled in a lotic site and 30 in a lentic site, recording the monogeneans: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. and Gyrodactylus sp., the digenean Antorchis lintoni and no-identified metacercariae; the nematode Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus and no-identified larvae. The mean abundances of total monogeneans (U = 1053; p = 0.042) and C. costaricensis (U = 1107; p = 0.005) were higher in the lotic site. This difference may be due to the higher density of the host population in the lotic site, and the water transparence in lentic environments that prevents A. fasciatus to form shoals, precluding the exchange of parasites with direct cycle within a host population. This study is the first report of the helminth fauna of A. fasciatus in the Taquari River, with ten taxa recorded, and reports A. fasciatus as a new host for Notozothecium sp. and C. paranaensis.<hr/>Este estudo avaliou a helmintofauna de Astyanax fasciatus em dois trechos distintos no rio Taquari, São Paulo, com 30 indivíduos coletados no trecho lótico e 30 no trecho lêntico, registrando os monogenóides: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. e Gyrodactylus sp., o digenético Antorchis lintoni e metacercárias não identificadas, o nematoide Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus e larvas não identificadas. A abundância média de monogenóides total (U = 1053; p = 0,042) e C. costaricensis (U = 1107; p = 0,005) foi maior no trecho lótico. Esta diferença pode ser devido à densidade mais alta da população de hospedeiros no trecho lótico e à transparência da água em trechos lênticos que previne a formação de cardumes de A. fasciatus e a troca de parasitas com ciclo direto dentro da população de hospedeiros. Este estudo é o primeiro registro da helmintofauna de A. fasciatus no rio Taquari, com dez taxa encontrados, e registra A. fasciatus como novo hospedeiro para os monogenóides Notozothecium sp. e C. paranaensis. <![CDATA[Brazilian scientist is part of elite group of researchers fighting cancer, obtains an unprecedented patent in the United States]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100035&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study assessed the helminth fauna of Astyanax fasciatus in two distinct sites of the Taquari River, São Paulo State, with 30 individuals sampled in a lotic site and 30 in a lentic site, recording the monogeneans: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. and Gyrodactylus sp., the digenean Antorchis lintoni and no-identified metacercariae; the nematode Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus and no-identified larvae. The mean abundances of total monogeneans (U = 1053; p = 0.042) and C. costaricensis (U = 1107; p = 0.005) were higher in the lotic site. This difference may be due to the higher density of the host population in the lotic site, and the water transparence in lentic environments that prevents A. fasciatus to form shoals, precluding the exchange of parasites with direct cycle within a host population. This study is the first report of the helminth fauna of A. fasciatus in the Taquari River, with ten taxa recorded, and reports A. fasciatus as a new host for Notozothecium sp. and C. paranaensis.<hr/>Este estudo avaliou a helmintofauna de Astyanax fasciatus em dois trechos distintos no rio Taquari, São Paulo, com 30 indivíduos coletados no trecho lótico e 30 no trecho lêntico, registrando os monogenóides: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. e Gyrodactylus sp., o digenético Antorchis lintoni e metacercárias não identificadas, o nematoide Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus e larvas não identificadas. A abundância média de monogenóides total (U = 1053; p = 0,042) e C. costaricensis (U = 1107; p = 0,005) foi maior no trecho lótico. Esta diferença pode ser devido à densidade mais alta da população de hospedeiros no trecho lótico e à transparência da água em trechos lênticos que previne a formação de cardumes de A. fasciatus e a troca de parasitas com ciclo direto dentro da população de hospedeiros. Este estudo é o primeiro registro da helmintofauna de A. fasciatus no rio Taquari, com dez taxa encontrados, e registra A. fasciatus como novo hospedeiro para os monogenóides Notozothecium sp. e C. paranaensis. <![CDATA[Erratum]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000100036&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study assessed the helminth fauna of Astyanax fasciatus in two distinct sites of the Taquari River, São Paulo State, with 30 individuals sampled in a lotic site and 30 in a lentic site, recording the monogeneans: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. and Gyrodactylus sp., the digenean Antorchis lintoni and no-identified metacercariae; the nematode Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus and no-identified larvae. The mean abundances of total monogeneans (U = 1053; p = 0.042) and C. costaricensis (U = 1107; p = 0.005) were higher in the lotic site. This difference may be due to the higher density of the host population in the lotic site, and the water transparence in lentic environments that prevents A. fasciatus to form shoals, precluding the exchange of parasites with direct cycle within a host population. This study is the first report of the helminth fauna of A. fasciatus in the Taquari River, with ten taxa recorded, and reports A. fasciatus as a new host for Notozothecium sp. and C. paranaensis.<hr/>Este estudo avaliou a helmintofauna de Astyanax fasciatus em dois trechos distintos no rio Taquari, São Paulo, com 30 indivíduos coletados no trecho lótico e 30 no trecho lêntico, registrando os monogenóides: Cacatuocotyle paranaensis, Characithecium costaricensis, Diaphorocleidus kabatai, Jainus sp., Notozothecium sp. e Gyrodactylus sp., o digenético Antorchis lintoni e metacercárias não identificadas, o nematoide Procamallanus (Spirocamallanus) inopinatus e larvas não identificadas. A abundância média de monogenóides total (U = 1053; p = 0,042) e C. costaricensis (U = 1107; p = 0,005) foi maior no trecho lótico. Esta diferença pode ser devido à densidade mais alta da população de hospedeiros no trecho lótico e à transparência da água em trechos lênticos que previne a formação de cardumes de A. fasciatus e a troca de parasitas com ciclo direto dentro da população de hospedeiros. Este estudo é o primeiro registro da helmintofauna de A. fasciatus no rio Taquari, com dez taxa encontrados, e registra A. fasciatus como novo hospedeiro para os monogenóides Notozothecium sp. e C. paranaensis.