Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Biology]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1519-698420140002&lang=pt vol. 74 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[EDITORIAL NOTE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Colonização de folhiço por invertebrados aquáticos em um córrego de Mata Atlântica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200267&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Riparian vegetation along streams in the Atlantic Forest in Brazil contributes to the formation of a highly heterogeneous leaf litter in streambeds. To investigate the structure and composition of the aquatic invertebrate community during the process of leaf decomposition of two plant species present along the banks of the stream studied, 21 plastic mesh bags containing 2.5g (dry weight) of leaf matter from each species (Alchornea glandulosa (Vell) and Cabralea canjerana End. and Poeppig), for a total of 5.0g, were placed in the streambed. Three bags were removed after 3, 6, 9, 12, 24, 48 and 96 days. The taxonomic density was negatively correlated with the remaining weight. The high density of collector organisms, such as Chironomidae, Oligochaeta and Amphipoda, on the last day of incubation, probably occurred due to the increased amount of fine organic matter in the more advanced decomposition stages. The highest α diversity (Shannon-Wiener) values were observed for the 3rd and 96th days of the experiment, while the β diversity values showed that these days presented the highest variation in the taxonomic composition, thus presenting a different faunistic composition. This study showed that the trophic structure and composition of aquatic invertebrates changes during the decomposition of leaf litter. The faunistic abundance and diversity observed in this study indicate that the entrance of material from plants growing along streams provides favorable conditions for the colonisation and establishment of invertebrates in lower-order streams, and thus points to the need to preserve riparian vegetation.<hr/>A vegetação ripária presente ao longo de córregos em áreas de Mata Atlântica contribui para a formação de serapilheira bastante heterogênea no leito de córregos. Com o objetivo de investigar a estrutura e composição da comunidade de invertebrados aquáticos durante o processo de degradação de detritos foliares de duas espécies vegetais presentes nas margens do córrego, 21 sacos de tela plástica contendo 2.5g de peso seco de cada espécie vegetal (Alchornea glandulosa (Vell) e Cabralea canjerana End. &amp; Poeppig), totalizando 5.0g, foram colocados no leito do córrego. Três réplicas foram retiradas após 3, 6, 9, 12, 24, 48 e 96 dias. A densidade taxonômica esteve negativamente correlacionada com o peso remanescente. A elevada densidade de organismos coletores, como Chironomidae, Oligochaeta e Amphipoda, no último dia de incubação ocorreu provavelmente devido ao aumento de matéria orgânica particulada fina nas etapas mais avançadas da decomposição. Os maiores valores de diversidade α foram observados para o 3° e 96° dias de experimento, enquanto a diversidade β mostrou que esses dois dias apresentaram a maior variação na composição taxonômica, apresentando, portanto uma composição faunística diferente. Este estudo mostrou que ocorreu modificação na estrutura trófica e na composição de invertebrados aquáticos durante o processo degradativo dos detritos foliares. A abundância e diversidade faunística observada neste estudo indicam que a entrada de material vegetal de origem terrestre propiciam condições favoráveis para a colonização e estabelecimento dos invertebrados em córregos de baixa ordem e, portanto, reforça a necessidade de preservação da vegetação ripária. <![CDATA[Atlas de otólitos de peixes do Rio dos Sinos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200274&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Otoliths are calcium carbonate structures located in the inner ear of fish; they are responsible for hearing and balance. The inner ear has three pairs of otoliths: the lapilli, the sagittae and the asterisci. The sagittae otoliths are the largest and their format is species-specific. Because of their composition, otoliths can resist to the digestive tract of ichthyophagous species, and they can be used as an important tool for identifying species of fish found in stomach contents. The purpose of this work is to provide a photographic guide of the sagittae otoliths of the main fish species from the Sinos River. This atlas consists of photographs of the sagittae otoliths of 36 species belonging to 15 families distributed in five orders.<hr/>Otólitos são estruturas formadas por cristais de carbonato de cálcio, localizadas no labirinto do ouvido interno dos peixes. São responsáveis pela audição e pelo equilíbrio. O ouvido interno possui três pares de otólitos, os lapilli, os sagittae e os asterisci. Os denominados sagittae são os maiores e seu formato é espécie-específico. Devido a sua composição os otólitos conseguem resistir ao trato digestivo das espécies ictiófagas, dessa maneira podem ser empregados como uma importante ferramenta para a identificação de espécies de peixes em trabalhos com conteúdos estomacais. O objetivo deste trabalho é a disponibilização de uma referência visual dos otólitos sagittae das principais espécies de peixes do Rio dos Sinos, para que possam servir de base para trabalhos com conteúdos estomacais de espécies ictiófagas. Este atlas é composto de fotografias dos otólitos sagittae de 36 espécies de 15 famílias distribuídas em cinco ordens. <![CDATA[Padrões e inferências associadas com encalhes de tartarugas marinhas no Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200283&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study analysed sea turtle strandings on the coast of Paraíba State, Northeastern Brazil, from August 2009 to July 2010. A total of 124 strandings were recorded in this period: green turtle Chelonia mydas (n = 106), hawksbill Eretmochelys imbricata (n = 15), olive ridley Lepidochelys olivacea (n = 2) and loggerhead Caretta caretta (n = 1). Of all turtles for which the Curved Carapace Length (CCL) was measured (n = 122), only 12 individuals (9.7%) were adults. Twenty individuals had synthetic anthropogenic debris in the gastrointestinal tract. Other traces of human interactions were observed in 43 individuals, such as injuries caused by entanglement in fishing lines or nets, collisions with vessels, direct contact with oil spills and lesions caused by sharp or spiked objects. Moreover, in 28.5% of the stranded turtles, the presence of external tumors was noticed, suggestive of fibropapillomatosis and in 9.7%, shark bite marks were observed. Of the 107 individuals that were sexed, 76 were females and 31 were males. Most turtles (72.6%) became stranded during the spring/summer (between October and March). We found evidence of human interactions (injuries) in half of the strandings, but in most cases it was not possible to determine if such interactions were the cause of death. A logistic regression found a significant relationship between CCL, ingestion of debris and lesions caused by sharks or spiked objects. Systematic data collection from stranded sea turtles can provide useful biological information, such as seasonal and spatial patterns in their occurrence and mortality, age structure, sex ratio and diet, as well as possible mortality causes.<hr/>Este estudo analisou encalhes de tartarugas marinhas na costa do Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil, de agosto de 2009 a julho de 2010. Neste período, 124 encalhes foram registrados: tartaruga-verde Chelonia mydas (n = 106), tartaruga-de-pente Eretmochelys imbricata (n = 15), tartaruga-oliva Lepidochelys olivacea (n = 2) e cabeçuda Caretta caretta (n = 1). Dentre todas as tartarugas que tiveram o Comprimento Curvilíneo da Carapaça (CCC) medido (n = 122), apenas 12 indivíduos (9,7%) foram considerados adultos. Vinte indivíduos tinham detritos antropogênicos sintéticos no trato gastrointestinal. Em 43 indivíduos, outros vestígios de interações humanas foram observados, tais como lesões causadas por emaranhamento em linhas ou redes de pesca, colisões com embarcações, contato direto com derramamentos de óleo e lesões causadas por objetos perfurocortantes. Além disso, em 28,5% das tartarugas encalhadas, foi observada a presença de tumores externos sugestivos de fibropapilomatose e em 9,7%, foram observadas marcas de mordidas de tubarão. Dos 107 indivíduos sexados, 76 eram fêmeas e 31 eram machos. A maioria das tartarugas (72,6%) encalhou durante a primavera/verão (entre outubro e março). Foram encontrados sinais de interações humanas (lesões) em metade dos encalhes, mas na maioria dos casos, não foi possível determinar se tais interações foram a causa da morte. A regressão logística encontrou uma relação significativa entre CCC e ingestão de detritos, lesões causadas por objetos perfuro-cortantes e ataques de tubarões. A coleta sistemática de dados de tartarugas marinhas encalhadas pode fornecer informações biológicas úteis, tais como padrões sazonais e espaciais na sua ocorrência e mortalidade, estrutura etária, razão sexual, dieta, bem como possíveis causas de mortalidade. <![CDATA[Assembleia de peixes de um reservatório no semiárido Neotropical: composição, estrutura e padrões de diversidade e abundância]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200290&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of this study was to analyse the composition, structure and spatial and temporal patterns of diversity and abundance of the ichthyofauna of the Santa Cruz Reservoir in semi-arid Brazil. Data were collected quarterly at eight sampling locations on the reservoir between February 2010 and November 2011 using gillnets from 12- to 70-mm mesh that were left in the water for 12h00min during the night. We evaluated the composition, structure and assemblage descriptors (Shannon-Wiener diversity index and equitability, respectively) and catch per unit effort by the number (CPUEn) and biomass (CPUEb) of the ichthyofauna. The 6,047 individuals (399,211.6 g) captured represented three orders, ten families and 20 species, of which four belonged to introduced species. The family Characidae was the most abundant with a total of 2,772 (45.8%) individuals captured. The species-abundance curve fit the log-normal model. In the spatial analysis of diversity, there were significant differences between sampling sites in the lacustrine and fluvial regions, and the highest values were found in the lacustrine region. In the temporal analysis of diversity, significant differences were also observed between the rainy and dry seasons, and the higher values were found during the dry season. Equitability followed the same spatiotemporal pattern as diversity. The Spearman correlation was significantly negative between diversity and rainfall. A cluster analysis spatially separated the ichthyofauna into two groups: one group formed by sampling sites in the fluvial region and another group formed by the remainder of the points in the lacustrine region. Both the CPUEn and CPUEb values were higher at point 8 (fluvial region) and during the rainy season. A two-way ANOVA showed that the CPUEn and CPUEb values were spatially and temporally significant. We conclude that the spatial and temporal trends of diversity in the Santa Cruz reservoir differ from those of other Brazilian reservoirs but that the fish community composition and spatiotemporal patterns of abundance were similar.<hr/>O objetivo desse trabalho foi analisar a composição, estrutura e os padrões espacial e temporal de diversidade e abundância da ictiofauna do reservatório de Santa Cruz, no semiárido brasileiro. As coletas ocorreram trimestralmente em oito pontos do reservatório entre fevereiro de 2010 e novembro de 2011, com rede de espera e malhas entre 12 a 70mm, expostas por 12h00min na água no período noturno. Foram analisados a composição, estrutura e os descritores da assembleia (índice de diversidade de Shannon-Wiener, equitabilidade), CPUEn (número) e CPUEb (biomassa) da ictiofauna. Foram capturados 6.047 indivíduos (399.211,6g) pertencentes a três ordens, 10 famílias e 20 espécies, sendo quatro espécies introduzidas. A família Characidae foi a mais abundante com 2.772 (45,8%) dos indivíduos capturados. A curva de abundância-espécie se ajustou ao modelo log-normal. Na abordagem espacial da diversidade, houve diferenças estatísticas entre os pontos da região fluvial e região lacustre, sendo os maiores valores encontrados nos pontos da região lacustre. Na abordagem temporal da diversidade, também foram observados diferenças estatísticas entre as estações de chuva e seca, sendo os maiores valores encontrados na estação da seca. A equitabilidade seguiu o mesmo padrão espaço-temporal da diversidade. A correlação de Spearman foi significativa e negativa entre a diversidade e a pluviosidade. A análise de cluster separou espacialmente a ictiofauna em dois grupos: um formado pelos pontos da região fluvial e outro formado pelos demais pontos do compartimento lacustre. Tanto as valores da CPUEn e CPUEb foram maiores no ponto 8 (compartimento fluvial) e na estação da chuva. ANOVA two-way foi significativa no espaço e no tempo nos valores da CPUEn e CPUEb. Concluímos que os padrões espacial e temporal de diversidade no reservatório de Santa Cruz foram diferentes de outros reservatórios brasileiros, enquanto a composição da ictiofauna e os padrões espaço-temporal de abundância apresentaram padrões similares. <![CDATA[Distribuição de peixes em microbacias da serra da Mantiqueira oriental (Estado de São Paulo)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200302&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The present work aims to analyse jointly four contiguous watersheds in the eastern part of the Serra da Mantiqueira with respect to the distribution of fish fauna and physical structure. The watersheds of Piracuama river, Ribeirão Grande, Buenos and Guaratinguetá are located in Pindamonhangaba, Campos do Jordão and Guaratinguetá municipalities, in the state of São Paulo. Data were collected between the years 2001 and 2010, with collections distributed throughout the seasons, including sites located on the slope and piedmont. The limnological parameters analysed were different between watersheds and habitat structure was different only for the slope segments between Ribeirão Grande and Buenos watersheds, and between Ribeirão Grande and Piracuama watersheds. Thirty-five species of fish were caught, with the highest species richness found in the Ribeirão Grande watershed (30 species), followed by the Piracuama (23 species) and Buenos and Guaratinguetá (21 species each). The most abundant species in both the segments (slope and piedmont) was Trichomycterus itatiayae. The highest degree of species dominance occurred in the Guaratinguetá watershed and in the segment slope, being T. itatiayae the dominant species. Species diversity was lower at the slope than the piedmont, indicating variability in species abundance. Again T. itatiayae was the most abundant species in both segments, showing to be a well adapted species to these streams systems by presenting, as well as other species, morphological adaptations to the stream environment.<hr/>O presente trabalho tem por objetivo analisar conjuntamente quatro microbacias contíguas na serra da Mantiqueira oriental com respeito à distribuição da ictiofauna e estrutura física. As microbacias do rio Piracuama, do Ribeirão Grande, do ribeirão dos Buenos e do rio Guaratinguetá situam-se nos municípios de Pindamonhangaba, Campos do Jordão e Guaratinguetá, no estado de São Paulo. Os dados foram coletados entre os anos de 2001 e 2010, sendo as coletas distribuídas ao longo das estações e contemplando pontos localizados na encosta e no pediplano. Os parâmetros limnológicos analisados foram diferentes entre as microbacias e a estrutura de habitat foi diferente apenas para os segmentos de encosta entre as microbacias do Ribeirão Grande e Buenos, e entre Ribeirão Grande e Piracuama. Trinta e cinco espécies de peixes foram capturadas, sendo a maior riqueza de espécies encontrada na microbacia do Ribeirão Grande (30 espécies), seguida pela do rio Piracuama (23 espécies) e dos Buenos e Guaratinguetá (21 espécies cada). A espécie mais abundante tanto na encosta como pediplano foi Trichomycterus itatiayae. O maior grau de dominância de espécies ocorreu na microbacia do Guaratinguetá e no segmento de encosta, sendo T. itatiayae a espécie dominante. A diversidade de espécies para encosta foi inferior à do pediplano, indicando variabilidade na abundância das espécies. Novamente T. itatiayae foi a espécie mais abundante nos dois segmentos, espécie bem adaptada a esses sistemas de riachos por apresentar, assim como outras espécies, adaptações morfológicas ao ambiente de riachos torrentosos. <![CDATA[Comportamento alimentar de <em>Phaethornis eurynome</em> Lesson, 1832 (Aves, Trochilidae) em <em>Vriesea incurvata</em> Gaudich (Bromeliaceae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200311&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt In this study we tested for density-dependent relationships between visitation rates of the Scale-throated Hermit (Phaethornis eurynome) and the plant density and flower number of the bromeliad Vriesea incurvata, by comparing plots with varying densities of this bromeliad. Eight 100 m2 plots were established at least 200 m from each other; four plots contained 10-15 individuals of V. incurvata each, whereas the other four contained 4-5 individuals each. The visitors, number of visits, behaviour (nectar thief or potential pollinator) and the height of foraging were recorded during focal observations on the plants. The number of visits of P. eurynome varied according to the local density of V. incurvata, showing that the heterogeneous distribution of this bromeliad species may promote adjustments in the pollinator populations, through resource variation at a local scale.<hr/>Neste estudo foram testadas as relações entre taxas de visitação de Phaethornis eurynome e a densidade e o número de flores de Vriesea incurvata, comparando-se parcelas com diferentes densidades desta bromélia. Oito parcelas de 100 m2 foram estabelecidas a pelo menos 200 m uma da outra; quatro parcelas continham de 10 a 15 indivíduos de V. incurvata cada, enquanto as outras quatro continham de 4 a 5 indivíduos cada. Os visitantes, o número de visitas, o comportamento (pilhador ou potencial polinizador) e altura de forrageamento foram registrados em observações focais das plantas. O número de visitas por P. eurynome variou conforme a densidade de V. incurvata na área, demonstrando que a distribuição heterogênea desta bromélia pode promover ajustes populacionais por parte dos polinizadores, através da variação da oferta de recursos em uma escala local. <![CDATA[Ictiofauna com indicador biológico estuarino em um distrito industrial, estuário amazônico, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200315&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The objective of the present study was to describe the ecological status of ichthyofauna in an industrial district (Pará river, Amazon estuary), through the use of different environmental descriptors. To evaluate the impacts of the industrial area and cargo terminal, three areas were considered: Zone 1 (maximum impact), Zone 2 (median impact) and Zone 3 (low impact). A total of 77 species were captured. Differences in the composition of the ichthyofauna were recorded between Zones and environments (main channel and tidal channel). The ecological indices revealed clear evidence of the impact of the industrial hub and cargo terminal on the fish communities. In Zone 1, there was a reduction in the number of feeding groups (in the main channel) and larger fish and the Shannon diversity index and Margalef's richness were also significantly lower. The multivariate analysis separated the different Zones clearly into three groups, indicating marked differences in the levels of contamination in the different parts of the study area.<hr/>O objetivo deste trabalho foi descrever o status ecológico da ictiofauna em um distrito industrial (rio Pará, estuário Amazônico), através do uso de diferentes descritores ambientais. Para avaliar o impacto da zona industrial e terminal de cargas, três áreas foram consideradas: Zona 1 (máximo impacto), Zona 2 (médio risco) e Zona 3 (baixo impacto). Um total de 77 espécies foi capturado. Diferenças na composição da ictiofauna foram encontradas em todas as zonas e ambientes (canal principal e canal de maré). Os índices ecológicos revelaram alterações da comunidade de peixes na área do distrito industrial. Na Zona 1 houve uma redução no número de categorias tróficas (no canal principal) e de peixes de grande porte e o índice de diversidade de Shannon e a riqueza de Margalef foram significativamente mais baixos. A análise multivariada separou as Zonas em três grupos, indicando diferenças marcantes no nível de contaminação nas diferentes áreas de estudo. <![CDATA[Estrutura do estrato arbóreo e herbáceo em uma savana neotropical monodominante sazonalmente inundada de <em>Tabebuia aurea</em>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200325&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Large areas in the Pantanal wetland are covered by monodominant formations, e.g. typical landscapes with local names such as “paratudal”, dominated by T. aurea. Studies on structure of these formations generally include only woody strata, consequently the species richness registered is usually low due to the absence of the ‘ground layer’ of herbaceous and others low species. We recorded 13 species, 12 genera and 11 families for the arboreal stratum. Considering arboreal flora without the dominant (T. aurea) individuals showed great establishment in relation to the flood level between 35 – 45 cm while the individuals of the dominant species of 30 – 45 cm. The diameter distribution revealed that the population of T. aurea did not show the reverse J curve, the usual pattern for species in constant regeneration, also evidenced in inconstant Licourt quotient, indicating an episodic recruitment that could lead to future changes in structure. In the herbaceous strata we recorded 78 species, included in 62 genera and 27 families. Using plots method we sampled 46 species, 40 genera and 22 families, while in line interception we found 65 species distributed in 57 genera and 26 families. The floristic similarity of Sørensen between both methods was 59.4%, with 33 species in common, and the method of line interception was more efficient in detecting richness, with 35% more species found in the same time. According to the methods of plots and line interception applied on the woody stratum, our results gave similar detailed information on the structure of this type of savanna, and in spite of being monodominant it shows high species richness when the herbaceous stratum is taken into account. Plots and line interception methods showed similar results for the woody stratum and high species richness of the herbaceous stratum.<hr/>Amplas áreas no Pantanal são cobertas por formações monodominantes, tipicamente com nomes locais como “paratudal” dominado por Tabebuia aurea. Estudos na estrutura dessas formações geralmente incluem somente estrato arbóreo, consequentemente, a riqueza de espécies detectada geralmente é baixa devido à ausência do “estrato terrestre” das herbáceas e outras poucas espécies. Nós registramos 13 espécies, 12 gêneros e 11 famílias para o estrato arbóreo. Considerando a flora arbórea sem a espécie dominante (T. aurea) apresentaram um ótimo de estabelecimento em relação ao nível de inundação entre 35 – 45cm, enquanto os indíviduos da espécie dominante de 30 – 45cm. A distribuição diamétrica revelou que a população de T. aurea não apresentou o J reverso, o modelo usual para espécies em constante regeneração, também evidenciado pela não constante no quoeficiente de Licourt. Indicando episódio de recrutamento que poderia levar a futuras mudanças na estrutura. Para o estrato herbáceo geral registramos 78 espécies, incluindo 68 gêneros e 27 famílias. Usando o método de parcelas amostramos 46 espécies, 40 gêneros e 22 famílias, enquanto na interseção na linha nós encontramos 65 espécies distribuídas em 57 gêneros e 26 famílias. A similaridade florísitca de Sørensen entre ambos métodos foi de 59,4%, com 33 espécies em comum, e o método de interseção na linha foi mais eficiente na detecção da riqueza, 35% das espécies foram encontradas no mesmo tempo. De acordo com os métodos de parcelas e interseção na linha aplicado no estrato arbóreo, os nossos resultados deram uma semelhante informação detalhada na estrutura deste tipo de savana, e que apesar de ser monodominante mostrou alta riqueza de espécies quando o estrato herbáceo é levado em conta. Os métodos de parcelas e interseção na linha mostraram resultados similares para o estrato arbóreo e alta riqueza de espécies do estrato herbáceo. <![CDATA[Distribuição potencial do lagarto endêmico e ameaçado <em>Liolaemus lutzae</em> Mertens, 1938 (Liolaemidae): existem outras áreas favoráveis a uma espécie geograficamente restrita?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200338&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt In this study we attempted to access further information on the geographical distribution of the endangered lizard Liolaemus lutzae, estimating its potential distribution through the maximum entropy algorithm. For this purpose, we related its points of occurrence with matrices of environmental variables. After examining the correlation between environmental matrices, we selected 10 for model construction. The main variables influencing the current geographic distribution of L. lutzae were the diurnal temperature range and altitude. The species endemism seemed to be a consequence of a reduction of the original distribution area. Alternatively, the resulting model may reflect the geographic distribution of an ancestral lineage, since the model selected areas of occurrence of the two other species of Liolaemus from Brazil (L. arambarensis and L. occipitalis), all living in sand dune habitats and having psamophilic habits. Due to the high loss rate of habitat occupied by the species, the conservation and recovery of the remaining areas affected by human actions is essential.<hr/>No presente estudo buscamos acessar informações adicionais acerca da distribuição geográfica do lagarto Liolaemus lutzae, estimando sua distribuição potencial através do algoritmo de máxima entropia. Para tanto, relacionamos os pontos de ocorrência da espécie com matrizes de variáveis ambientais. Após análise da correlação entre as matrizes ambientais, selecionamos 10 variáveis não correlacionadas para a construção do modelo. As principais variáveis que influenciam a distribuição geográfica atual de L. lutzae foram a amplitude média diurna de temperatura e a altitude. O endemismo atual da espécie parece ser consequência da redução da área de ocorrência original. Alternativamente, o modelo resultante pode refletir a distribuição geográfica de uma linhagem ancestral, devido à seleção das áreas de ocorrência das outras espécies de Liolaemus com registro no Brasil (L. arambarensis e L. occipitalis), todas vivendo em ambientes de dunas arenosas e possuindo hábitos psamófilos. Considerando a grande taxa de perda do habitat ocupado pela espécie, torna-se imprescindível a conservação dos remanescentes e a recuperação de áreas afetadas pelas ações humanas. <![CDATA[Composição de species, riqueza e grau de aninhamento de assembléias de lagartos em habitats de Restingas ao longo da costa brasileira]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200349&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Habitat fragmentation is well known to adversely affect species living in the remaining, relatively isolated, habitat patches, especially for those having small range size and low density. This negative effect has been critical in coastal resting habitats. We analysed the lizard composition and richness of restinga habitats in 16 restinga habitats encompassing three Brazilian states (Rio de Janeiro, Espírito Santo and Bahia) and more than 1500km of the Brazilian coast in order to evaluate if the loss of lizard species following habitat reduction occur in a nested pattern or at random, using the “Nestedness Temperature Calculator” to analyse the distribution pattern of lizard species among the restingas studied. We also estimated the potential capacity that each restinga has to maintain lizard species. Eleven lizard species were recorded in the restingas, although not all species occurred in all areas. The restinga with the richest lizard fauna was Guriri (eight species) whereas the restinga with the lowest richness was Praia do Sul (located at Ilha Grande, a large coastal island). Among the restingas analysed, Jurubatiba, Guriri, Maricá and Praia das Neves, were the most hospitable for lizards. The matrix community temperature of the lizard assemblages was 20.49° (= P &lt;0.00001; 5000 randomisations; randomisation temperature = 51.45° ± 7.18° SD), indicating that lizard assemblages in the coastal restingas exhibited a considerable nested structure. The degree in which an area is hospitable for different assemblages could be used to suggest those with greater value of conservation. We concluded that lizard assemblages in coastal restingas occur at a considerable level of ordination in restinga habitats and that some restinga areas such as Jurubatiba, Guriri, Maricá and Praia das Neves are quite important to preserve lizard diversity of restinga environments.<hr/>A fragmentação dos habitats constitui um importante fator bem conhecido por afetar negativamente as espécies que vivem em porções relativamente isoladas de habitats ou de de manchas de hábitat e, especificamente para aquelas que possuem menores extensões de área e menores densidades populacionais. Este efeito negativo tem sido crítico nos habitats de restingas. Nós analisamos a composição e a riqueza de lagartos de habitats de restinga em 16 áreas de restingas, abrangendo três estados brasileiros (Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia), ao longo de mais de 1500 km da costa brasileira, visando avaliar se a perda de espécies de lagartos acompanharia a redução de habitat seguindo um padrão aninhado ou de forma aleatório, com uso do programa “Nestedness Temperature Calculator” para analisar o padrão de distribuição de espécies de lagartos entre as restingas estudadas. Estimamos também a capacidade potencial de cada área de restinga em manter as espécies de lagartos. Onze espécies de lagartos foram registradas nas restingas, embora nem todas as espécies tenham ocorrido em todas as áreas amostradas. A restinga com a maior riqueza de lagartos foi Guriri (oito espécies), enquanto a restinga com a menor riqueza foi a da Praia do Sul (localizada na Ilha Grande, uma grande ilha costeira no sudeste do Brasil). Entre as restingas analisadas, Jurubatiba, Guriri, Maricá e Praia das Neves, foram as mais favoráveis para os lagartos. A temperatura da matriz da comunidade de lagartos foi de 20.49°C (= P &lt;0,00001; 5000 aleatorizações; temperatura randomizada = 51,45°C + 7.18°C SD), o que indicou que as assembleias de lagartos nas restingas costeiras teve uma estrutura considerável aninhada. O grau segundo o qual uma área é mais favorável para diferentes assembléias pode ser utilizado como parâmetro para agregar maior valor de conservação desta área. Concluímos que as assembléias de lagartos nas restingas costeiras ocorreram em um considerável nível de ordenação e que algumas áreas de restinga como Jurubatiba, Guriri, Maricá e Praia das Neves são importantes e estratégicas para preservar a diversidade de lagartos de ambientes de restinga. <![CDATA[Circunscrevendo <em>campo rupestre</em> – savanas montanas rochosas megadiversas do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200355&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Currently campo rupestre (CR) is a name accepted and used internationally by botanists, zoologists, and other naturalists, usually applied to a very specific ecosystem, despite the lack of a consensual published circumscription. We present a tentative geographic circumscription of the term, combining data on climate, geology, geomorphology, soil, flora, fauna and vegetation. The circumscription of campo rupestre proposed herein is based on the following premises: (1) the classification of vegetation is not an exact science, and it is difficult to attain a high degree of consensus to the circumscription of vegetation names; (2) despite this, vegetation classification is useful for conservation and management. It is thus desirable to circumscribe vegetation types with the greatest attainable precision; (3) there is a need to preserve all montane and rocky vegetation types, regardless of classification, biome, etc; (4) the CRs are formed by a complex mosaic of vegetation types including rock-dwelling, psammophilous, aquatic, epiphytic, and penumbral plant communities. Campos rupestres stricto sensu are a Neotropical, azonal vegetation complex endemic to Brazil, forming a mosaic of rocky mountaintop “archipelagos” inserted within a matrix of zonal vegetation, mainly in the Cerrado and Caatinga provinces of the Brazilian Shield (southeastern, northeastern and central-western regions), occurring mainly above 900 m asl. up to altitudes exceeding 2000 m, having measured annual precipitation between 800 and 1500 mm, and an arid season of two to five months.<hr/>Atualmente campo rupestre (CR) é um termo aceito e internacionalmente usado por botânicos, zoólogos e outros naturalistas, geralmente aplicado a um ecossistema muito específico apesar de não haver uma circunscrição de consenso. Nós apresentamos uma ciscunscrição geográfica tentativa do termo, combinando dados de clima, geologia, geomorfologia, solo, flora, fauna e vegetação. A circunscrição de campo rupestre aqui proposta se baseia nas seguintes premissas: (1) a classificação da vegetação não é uma ciência exata e é difícil atingir um alto grau de consenso sobre a circunscrição de nomes de vegetação; (2) apesar disto, a classificação da vegetação é útil para conservação e manejo. Assim é desejável descrever os tipos de vegetação com a maior precisão tangível; exista a necessidade de se preservar todos os tipos de vegetação montanos e rochosos, independentemente de sua classificação, bioma, etc. (4) os CRs são formados por um complexo mosaico de tipos de vegetação incluindo comunidades sobre rocha, psamíóilas, aquáticas, epífitas e penumbrais. Os campos rupestres stricto sensu são um complexo de vegetação endêmico ao Brasil, azonal, Neotropical, inserido numa matriz de vegetação zonal, sobretudo nas províncias do Cerrado e da Caatinga do Escudo do Brasil (regiões Sudeste, Nordeste e Centro_Oeste), ocorrendo principalmente acima de 900 m de altitude, até altitudes superiores a 2000 m, tendo uma precipitação anual mensurada entre 800 e 1500 mm, e uma estação árida de dois a cinco meses. <![CDATA[Larvas de Chironomidae (Diptera) de uma planície de inundação neotropical: sobreposição de nichos em diferentes habitats]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200363&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The niche overlap between trophic groups of Chironomidae larvae in different habitats was observed between trophic groups and between different environments in Neotropical floodplain. For the evaluation we used the index of niche overlap (CXY) and analysis of trophic networks, both from the types and amount of food items identified in the larval alimentary canal. In all environments, the larvae fed on mainly organic matter such as plants fragments and algae, but there were many omnivore larvae. Species that have high values of food items occurred in diverse environments as generalists with great overlap niche and those with a low amount of food items with less overlap niche were classified as specialists. The largest number of trophic niche overlap was observed among collector-gatherers in connected floodplain lakes. The lower values of index niche overlap were predators. The similarity in the diet of different taxa in the same niche does not necessarily imply competition between them, but coexistence when the food resource is not scarce in the environment even in partially overlapping niches.<hr/>A sobreposição de nichos entre grupos tróficos de larvas de Chironomidae em diferentes tipos de ambientes foi verificada entre os grupos tróficos e entre diferentes ambientes em uma planície de inundação Neotropical. Para a avaliação foi utilizado o Índice de Sobreposição de Nicho (CXY) e análises de redes tróficas, ambos a partir dos tipos e quantidade de itens alimentares identificados no tubo digestivo das larvas. As larvas alimentaram-se em todos os ambientes principalmente de detritos orgânicos como os fragmentos de plantas e algas, porém, verificou-se alto nível de omnívora. As espécies que tem altos valores de itens alimentares ocorreram em diversos ambientes como generalistas e com grande sobreposição de nichos e aqueles com baixos itens alimentares e com menor sobreposição foram classificados como especialistas. O maior número de sobreposição de nichos tróficos foi verificado em coletores-catadores nas lagoas com conexão. Os menores valores do índice foram verificados nos predadores. A semelhança na dieta de diferentes táxons e grupos tróficos em um mesmo nicho não implica, necessariamente, uma competição entre eles, porém uma coexistência quando o recurso alimentar não é escasso no ambiente, mesmo com sobreposição parcial de nichos. <![CDATA[Variação morfológica em <em>Staurastrum rotula</em> (Zygnemaphyceae, Desmidiales) em um lago natural profundo do Brasil: essência ou acidente?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200371&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt For many decades, polymorphism and its consequences have only been studied from the taxonomic point of view. Presently, interest has switched to the environmental causes of morphological variation and its consequences in the form and essence of the species. This study aimed at evaluating desmids morphological modifications of Staurastrum rotula Nordstedt during inter-annual succession patterns in two warm monomitic tropical lakes: Dom Helvécio (19°45′- 19°48′45″S, 42°33′45″W) and Carioca (19°45′20″S, 42°37′12″W). The effect of thermal stability and light and nutrients availability was based on samples collected monthly from January 2002 to December 2006 compared the morphological modifications. Results indicated that morphological variation, asexual reproduction, theratological forms, mucilaginous envelope and fungal infection were highest in Lake Dom Helvécio and coincided with the biomass increase of species with complex morphology between September and March (stratification period). The Zmix oscillation, wind and rainfall occurring at the end of the mixing period and beginning of the stratification were suggested as autochthonous and allochthonous disturbance agents, respectively, identified as inducers of asexual reproduction and consequently of the morphological variation. It was suggested that incidence of parasitism may act as a potential controlling agent for the Staurastrum rotula population size. It was concluded that morphological variation represents accidents in the original form, i.e. in the desmid species essence, promoting the existence of ecoforms, not of new infraspecific taxa.<hr/>Por muitas décadas, o polimorfismo e suas conseqüências foram estudados apenas do ponto de vista taxonômico. Atualmente, o interesse se volta para as causas ambientais das variações morfológicas e suas consequencias na forma e essência da espécie. O estudo teve como objetivo avaliar as modificações morfológicas de Staurastrum rotula Nordstedt durante padrões inter-anuais de sucessão em dois lagos tropicais monomíticos-quentes: Dom Helvécio (19°45′-19°48′45″S, 42°33′45″W) e Carioca (19°45′20°″S, 42°37′12″W). O efeito da estabilidade térmica e potenciais distúrbios sobre as modificações morfológicas foi baseado em amostras coletadas mensalmente de janeiro de 2002 a dezembro de 2006. Os resultados indicaram que a variação morfológica, a reprodução assexuada, as formas teratológicas, envelope mucilaginoso e infecção fúngica foram maiores no Lago Dom Helvécio e coincidiu com o aumento da biomassa de espécies com morfologia complexa entre setembro e março (período de estratificação). A oscilação Zmix, vento e chuva ocorrentes entre o final do período de mistura e início da estratificação foram sugeridos como agentes perturbadores autóctones e alóctones, respectivamente, identificados como indutores de reprodução assexuada e, consequentemente, de variação morfológica. Foi sugerido que a incidência de parasitismo atua no controle do tamanho da população Staurastrum rotula. A variação morfológica, portanto, representa acidentes na forma original, ou seja, na essência das desmídias, promovendo a existência de ecoformas, não de novos táxons infraespecíficos. <![CDATA[A importância de uma Reserva da Biosfera da Mata Atlântica para a Conservação da Fauna de Riachos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200382&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Preservation of terrestrial fauna and flora has been the main reason for the settlement of most protected areas in the past 30 years, but although those areas may include water bodies, this does not necessarily mean that the biodiversity of freshwater environments are also protected. In the present study, the fauna inventory of eight streams (1st, 2nd, 4th and 5th orders) of three microbasins of Japi Mountain, a Biosphere Reserve of Atlantic Forest recognised by UNESCO since 1994, located in São Paulo state, southeast of Brazil, was conducted. The hypothesis of this study is that the conservation of this area is important for the maintenance of the aquatic biodiversity of this biome, and so, this world hotspot deserves priority conservation actions. From 2005 to 2007, benthic macroinvertebrates, fishes and, eventually, anuran amphibians were sampled in these streams. The results showed that Japi Mountain contributes to the conservation of 138 taxonomic units of the aquatic biota and covers a rich and representative biodiversity of freshwater fauna of the world (0.2%), Neotropical region (0.9%), Brazil (2.4%) and São Paulo state (17.9%). The studied streams in the Environmental Protection Area help protect endangered taxa like the fishes Neoplecostomus paranensis and Pareiorhina cf rudolphi, and shelter freshwater invertebrates and fishes whose distribution is restricted to the Brazilian territory. Japi Mountain is also an important haven of species that was missing there like the frog species Vitreorana eurygnatha. Thus, this species inventory emphasises the importance of conservation actions of the freshwater environments of this Biosphere Reserve of Atlantic Forest.<hr/>A conservação da fauna e flora terrestres tem sido a principal razão para o estabelecimento da maioria das áreas protegidas nos últimos 30 anos, porém, apesar de muitas destas áreas apresentarem corpos d'água, isto não significa necessariamente que a biodiversidade dos ambientes dulcícolas também estará protegida. No presente trabalho foi realizado o levantamento da fauna de oito riachos (1a, 2a, 4a e 5a ordens) de três microbacias da Serra do Japi, localizada no estado de São Paulo e reconhecida como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica pela UNESCO desde 1994. A hipótese do estudo é de que a conservação desta área seja de grande importância para a manutenção de sua biodiversidade aquática, comprovando assim a necessidade de ações prioritárias de conservação deste bioma. No período de 2005 a 2007 foram amostrados nestes riachos os macroinvertebrados bentônicos, peixes e, eventualmente, anfíbios anuros. Os resultados revelaram que a Serra do Japi contribui na conservação de 138 unidades taxonômicas da biota aquática e abriga rica e representativa biodiversidade da fauna de água doce do mundo (0,2%), da região neotropical (0,9%), do Brasil (2,4%) e do estado de São Paulo (17,9%). Os riachos das áreas de proteção ambiental estudados ajudam na proteção de táxons listados como vulneráveis a extinção no estado, como Neoplecostomus paranensis e Pareiorhina cf rudolphi, e abrigam animais dulcícolas de distribuição restrita ao território brasileiro. A Serra do Japi também constitui um importante reduto de espécies até então desaparecidas, como o anuro Vitreorana eurygnatha. Assim, este levantamento enfatizou a importância de ações de conservação dos ambientes aquáticos desta Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. <![CDATA[Hábitats e relações tróficas de insetos Chironomidae da bacia do Rio Sepotuba, Pantanal de Mato Grosso, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200395&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Benthic habitats are linked by physical processes and are essential elements in assessing of the distribution dynamics of Chironomidae dipteran insects and their role in aquatic ecosystems. This work presents results of distribution patterns of chironomids larvae in 38 sites that are abundant in the study site, inhabiting the substrate of the main river channel, rapids, tributary brook, floodplain lakes and reservoir along the Sepotuba River from its mouth at the Paraguay River to the headwater region. A total of 1,247 larvae was registered. The most abundant taxa were Polypedilum (Tripodura) sp. (25.2%), Cricotopus sp.3 (23.0%) and Tanytarsus sp. (15.0%). Fissimentum desiccatum were found only in the reservoir; Fissimentum sp.2 and Tanytarsus cf. T. obiriciae sp.2 in floodplain lakes, and Goeldichironomus sp. in the main channel. The low diversity of the sites S06 and S35 is caused by the near-exclusive presence of the species Cricotopus sp.3, alone or together with one or another taxon (Tanytarsus sp., Djalmabatista sp.3). Collectors-filterers represent 16%, collectors-gatherers 15%, predators 11% and scrapers only 1%. The predators dominated in the secondary channel (±88 ind/m2), corresponding to 40% of the total of this group. Cryptochironomus sp.2 (34%) and Ablasbemyia gr. annulata (26%) were the most abundant among the predators. The differences along the river course are decisive for the formation of distinct or discontinuous communities and the limits become obvious though the interrelations between the populations in the community, as for instance, competition for food and habitats.<hr/>Hábitats bênticos estão ligados por processos físicos e são elementos essenciais na avaliação da dinâmica de distribuição de insetos dípteros Chironomidae e seu papel em ecossistemas aquáticos. Este trabalho apresenta os resultados dos padrões de distribuição de larvas de Chironomidae em 38 locais que são abundantes na área de estudo, habitando o substrato do canal principal do rio, cachoeiras, córregos tributários, lagoas de planície de inundação, e reservatórios ao longo do Rio Sepotuba de sua desembocadura ao Rio Paraguai e na região de cabeceira. Um total de 1,247 larvas foi registrada. O táxons mais abundantes foram Polypedilum (Tripodura) sp. (25.2%), Cricotopus sp.3 (23.0%) e Tanytarsus sp. (15.0%). Fissimentum desiccatum foi encontrado somente no reservatório; Fissimentum sp.2 e Tanytarsus cf. T. obiriciae sp.2 nas lagoas de planície de inundação, e Goeldichironomus sp. no canal principal. A baixa diversidade dos locais S06 e S35 foi causada pela exclusiva presença da espécie Cricotopus sp.3, sozinha ou junta com um ou outro táxon (Tanytarsus sp., Djalmabatista sp.3). Coletores-filtradores representaram 16%, coletores-catadores 15%, predadores 11% e raspadores somente 1%. Os predadores dominaram no canal secundário (±88 ind/m2), correspondendo a 40% do total deste grupo. Cryptochironomus sp.2 (34%) e Ablasbemyia gr. annulata (26%) foram os mais abundantes entre os predadores. As diferenças ao longo do curso do rio foram decisivas para a formação de comunidades distintas e descontínuas e os limites tornam óbvios pertinentes às interrelações entre as populações na comunidade, como por exemplo, competição por alimento e hábitat. <![CDATA[O nível de água afeta os macro-invertebrados bentônicos de uma lagoa marginal na região de transição rio - represa de zona tropical?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200408&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Benthic macro-invertebrates are important components of freshwater ecosystems which are involved in ecological processes such as energy transfer between detritus and consumers and organic matter recycling. The aim of this work was to investigate the variation in organism richness, diversity and density of benthic fauna during the annual cycle in Camargo Lake, a lake marginal to Paranapanema River, southeast Brazil. The correlation of environmental factors with community attributes of the macro-benthic fauna was assessed. Since Camargo Lake is connected to the river, we tested the hypothesis that water level variation is the main regulating factor of environmental variables and of the composition and abundance of benthic macro-invertebrates. The results indicated that lake depth varied with rainfall, being the highest at the end of the rising water period and the lowest at the beginning of this period. The sediment granulometry was more heterogeneous at the bottom of the lake by the end of the high water period. The benthic macro-invertebrate fauna was composed by 15 taxa. The Diptera order was represented by seven taxa and had greater richness in relation to other taxa. This group was responsible for 60% of the total abundance of organisms, followed by Ephemeroptera (22%) and Anellida (16%). Significant differences were observed over time in total richness and, in density of Narapa bonettoi, Chaoborus, Ablabesmyia gr. annulata, Chironomus gigas, Larsia fittkau, and Procladius sp. 2. Total taxa richness correlated negatively with water pH, transparency, conductivity, and bottom water oxygen. Higher positive correlations were found between the densities of some taxa and bottom water oxygen, conductivity and very fine sand, silt + clay of sediment, while negative correlations were recorded with organic matter, and fine, medium and coarse sand, bottom water temperature, mean temperature and rainfall. The significant temporal difference in water level was associated with changes in abiotic factors and macro-invertebrate community attributes.<hr/>Os macro-invertebrados são componentes importantes de ecossistemas aquáticas continentais, envolvidos em processos ecológicos como transferência de energia entre detritos e consumidores e, reciclagem de matéria orgânica. O objetivo deste trabalho foi investigar a variação na riqueza de organismos, diversidade e densidade da fauna bentônica durante um ciclo anual na Lagoa do Camargo, marginal ao Rio Paranapanema, sudeste do Brasil. Eventuais relações de fatores ambientais com atributos da comunidade macro-bentônica foram verificadas. Visto que a Lagoa do Camargo é conectada com o rio, nós testamos a hipótese de que a variação do nível de água é o principal fator regulador das variáveis ambientais e da composição e abundância dos macro-invertebrados bênticos. Os resultados indicaram que a profundidade da lagoa variou com a precipitação, sendo mais alta no final do período da enchente e mais baixa no inicio deste período. A granulometria do sedimento foi mais heterogênea no fundo da lagoa no final do período de cheia. A fauna de macro-invertebrados bênticos foi composta de 15 taxa. A ordem Diptera foi representada por sete taxa e tem maior riqueza em relação aos outros taxa. Este grupo foi responsável por 60% da abundância total de organismos, seguido por Ephemeroptera (22%) e Anellida (16%). Diferenças temporais significativas foram observadas na riqueza total e, na densidade de Narapa bonettoi, Chaoborus, Ablabesmyia gr. annulata, Chironomus gigas, Larsia fittkau, and Procladius sp. 2. A riqueza total de taxa correlacionou-se negativamente com pH da água, transparência, condutividade e oxigênio na água do fundo. As mais altas correlações positivas foram encontradas entre as densidades de alguns taxa e oxigênio da água de fundo, condutividade e areia muito fina, silte + argila do sedimento, enquanto que correlações negativas foram obtidas com matéria orgânica, e areia fina, média e grossa, temperatura da água de fundo, temperatura média e precipitação. A diferença temporal significativa do nível de água foi associada a mudanças nos fatores abióticos e nos atributos da comunidade de macro-invertebrados. <![CDATA[Qualidade da água e comunidades associadas com macrófitas em um reservatório de abastecimento de água para uma fazenda de aquicultura]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200420&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Plankton communities and macrofauna associated to aquatic macrophyte stands in a shallow water-supply reservoir (21°14′09″S; 48°18′38″W) on an aquaculture farm were compared to evaluate the relationship between organism densities and some abiotic features of the reservoir. Water and communities associated were sampled at two sites, one in an area with the predominance of Eichhornia azurea (Sw.) Kunth and the other with the predominance of Salvinia auriculata Aublet. Communities associated with macrophytes were sampled with floating quadrants (0.5 m2); the macrophytes were washed and plankton and macrofauna were fixated with 4% formalin and 1% lugol iodine; the specimens were then identified and counted. Plankton and macrofauna communities associated with S. auriculata and E. azurea had a similar diversity of species but different (p&lt;0.05) in the abundance of associated organisms. Eichhornia azurea had the highest contents in dry and wet weight, total phosphorus, total nitrogen and organic matter. Planktonic algae were directly correlated with biomass of E. azurea. The taxa with highest densities were Rotifera and Zygnematophyceae. Results showed that the environmental variables associated with macrophytes presence in the shallow reservoir is a strong predictor of favourable conditions to maintain great diversity plankton community and macrofauna associated with plants. The role of macrophytes is important for not only stabilising the clear-water state and maintaining high diversity of organisms associated, but also it seems to be a good alternative to maintaining desirable water-supply quality for aquaculture farms.<hr/>Este estudo objetivou comparar a composição da comunidade planctônica e a macrofauna associada aos bancos de macrófitas aquáticas em um reservatório (21°14′09″S e 48°18′38″O) de abastecimento de água para um sistema de aquicultura, avaliando a relação entre a densidade dos organismos e alguns fatores abióticos da coluna d'água. As amostras de água e comunidades associadas foram coletadas em dois locais, um em área dominada por Eichhornia azurea (Sw.) Kunth e outro em área dominada por Salvinia auriculata Aublet. As comunidades associadas com as macrófitas foram amostradas utilizando o método do quadrante (0,5 m2), posteriormente lavadas e fixadas com formalina a 4% e lugol a 1%; depois os indivíduos foram identificados e contados. A comunidade planctônica e macrofauna associadas à S. auriculata e E. azurea apresentaram similar diversidade de espécies e, diferiram (p&lt;0,05) em abundância em relação aos organismos associados. Massa seca e fresca, matéria orgânica, fósforo total e nitrogênio total foram mais elevados no tecido vegetal de E. azurea do que em S. auriculata. As algas planctônicas foram correlacionadas diretamente com a biomassa de E. azurea. Os grupos que apresentaram as maiores densidades de espécies foram Rotifera e Zygnematophyceae. Os resultados mostraram que as variáveis ambientais associados à presença de macrófitas em reservatório raso apresentam condições favoráveis na manutenção de grande diversidade da comunidade planctônica e macrofauna associada às plantas. O papel das macrófitas não está ligado somente em manter uma água clara com elevada diversidade de organismos associados, mas também parece ser uma boa alternativa a ser adotada na manutenção da qualidade de água para abastecimento em fazenda de aquicultura. <![CDATA[Plantas alimentares exploradas pela Arara Canindé (<em>Ara ararauna</em>, Linnaeus 1758) em uma área urbana do Brasil Central]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200429&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt In this study, we described the food plants available to Blue-and-Yellow Macaws (Ara ararauna), its feeding habits and the relationship between these parameters with feeding niche breadth. We established four transects, each one 12 km long, to sample fruiting plants and the feeding habits of this macaw (monthly 40 h, of observations), at the urban areas of Três Lagoas (Mato Grosso do Sul, Brazil). During all studied months, macaws foraged for palm fruits, mainly Syagrus oleracea and Acrocomia aculeata fruit pulp, both available all year, as well as Caryocar brasiliense and Anacardium occidentale seeds, in the wet season. The year-round feeding activity of macaws suggests Três Lagoas city as an adequate feeding area. The permanent availability of plant food resources, potentially, resulted from the diverse fruiting patterns of exotic and, mainly, native plant species, which provided a variety of suitable fruit patches.<hr/>Neste estudo, nós descrevemos as plantas alimentares disponíveis para Arara-Canindé (Ara ararauna), sua atividade alimentar, bem como a relação desses parâmetros com a amplitude do seu nicho alimentar. Para tanto, estabelecemos quatro trajetos, cada um com 12 km, dispersos na área urbana de Três Lagoas (Mato Grosso do Sul, Brasil). A partir deles amostramos, mensalmente durante 40 h, as espécies vegetais que frutificavam e a atividade alimentar dessa ave. As araras exploraram frutos em todos os meses do ano e consumiram principalmente frutos comuns e nutritivos. Entre os itens mais explorados pelas araras estiveram as sementes de Anacardium occidentale e Caryocar brasiliense, cuja frutificação ocorreu durante a estação chuvosa, bem como a polpa dos frutos das palmeiras Syagrus oleracea e Acrocomia aculeata, que frutificaram o ano todo. A presença de araras forrageando todos os meses em Três Lagoas sugere a adequação dessa área urbana como local de alimentação. A disponibilidade de recursos alimentares ao longo do ano, potencialmente, decorreu da combinação da variedade dos padrões de frutificação em espécies vegetais exóticas e, sobretudo, nativas que proporcionaram oferta abundante e variada de recurso alimentar. <![CDATA[Longevidade e curva de sobrevivência de <em>Rhinella icterica</em> (Anura, Bufonidae) em condições de laboratório]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200438&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Life tables and survival curves of tadpoles from Rhinella icterica species were studied in the laboratory, under abiotic conditions controlled by a purification filter, a timer and a chiller. The survival curve for larval stage confirms a great mortality trend in the initial stages, which decreases when reaching the mature morphological condition (r = –0.94). Stages 37, 38, 39, 40 and 41 showed gradual values for their age structures, while stages 42, 43 and 44 presented high variations. Based on the results under laboratory conditions, it can be concluded that the maturity of R. icterica tadpoles development between 37 and 44 stages has a negative correlation and their predicted life expectancy is a logarithmic growth curve (y=–761.96Ln(x)+5298.5).<hr/>Tabelas de vida e curvas de sobrevivência em estágios larvais de girinos da espécie Rhinella icterica foram estudadas em laboratório, sob condições abióticas controladas com uso de filtro de depuração, timer e chiller. A curva de sobrevivência por estágio larval confirma a tendência de maior mortalidade para os estágios iniciais e menor mortalidade para o avanço da condição morfológica madura (r = –0,94). Os estágios 37, 38, 39, 40 e 41 apresentaram valores gradativos para sua estrutura etária, enquanto nos estágios 42, 43 e 44 ocorreram variações acentuadas. Com base nos resultados obtidos, nas condições de laboratório, pode-se concluir que a maturidade de desenvolvimento de girinos de R. icterica entre os estágios 37 e 44, apresenta correlação negativa e a predição de esperança de vida a uma curva logarítmica de crescimento (y=–761,96Ln(x)+5298,5). <![CDATA[Aumento do limiar de lactato após cinco semanas de treinamento aeróbio em esteira em ratos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200444&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of the present study was to analyse the lactate threshold (LT) changes in rats submitted to an aerobic treadmill-training programme. Twenty-five Wistar rats were divided into two groups: a sedentary control group (CG), and a trained group (TG) submitted to an aerobic training during 5 weeks. All the animals were submitted to an incremental treadmill exercise test in order to determine LT. There was an increase in the maximum running speed in the TG (from 32.25 ± 1.27 to 47.75 ± 3.13 m.min–1 – p = 0.001), and running speed at LT (from 26.21 ± 1.15 to 35.30 ± 2.24 m.min–1 – p = 0.004), a part from the reduction in blood lactate at LT. LT can be determined in rats, and aerobic training induced positive oxidative physiological adaptations in the animals.<hr/>O objetivo do presente estudo foi analisar as mudanças no limiar de lactato (LL) em ratos submetidos a um programa de treinamento aeróbio em esteira. Vinte e cinco ratos Wistar foram divididos em dois grupos: um grupo controle sedentário (CG), e um grupo treinado (GT) submetido a um treinamento aeróbio durante 5 semanas. Todos os animais foram submetidos a um teste de exercício incremental em esteira, a fim de determinar o LL. Houve um aumento na velocidade máxima de corrida no GT (de 32,25 ± 1,27 para 47,75 ± 3,13 m.min–1 - p = 0,001), e velocidade de corrida no LL (de 26,21 ± 1,15 para 35,30 ± 2,24 m.min–1 - p = 0,004), além da redução na concentração de lactato no LL. O LL pode ser determinado em ratos e o treinamento aeróbio induziu a adaptações fisiológicas oxidativas positivas nos animais. <![CDATA[Aspectos da dinâmica populacional e reprodutiva de <em>Pimelodus Maculatus</em> (Siluriformes, Pimelodidae) no reservatório de Cachoeira Dourada (GO-MG), Brasil.]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200450&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Growth and reproduction parameters of the yellow-mandi, Pimelodus maculatus Lacépède, 1803 (Siluriformes, Pimelodidae), were determined for the Cachoeira Dourada reservoir (GO/MG). The field work occurred throughout February 2007 to January 2008 (with the exception of December 2007). Gill nets with mesh sizes from 1.5 to 10 centimeters were placed in three different areas in the reservoir and were collected 24 hours later. A total of 538 specimens were captured, amongst which 242 were females, 219 were males and 77 could not have their sex determined. Sex ratio differed from 1:1 only during July 2007 and January 2008, with males and females predominating in each of those months. Males occupied the medium length classes (18.9 to 24.3 cm) while females were most abundant in the superior classes (from 27 to 37.8 cm).The growth constant K was statistically equal for males (K=0.1851) and females (K=0.1708), however, females P. maculatus may have a greater investment in reproductive tissue, a fact indicated by the elevated values of Kn and GSI during the summer. Bearing in mind that P. maculatus reproduces in the rainy season, a greater gain in weight is expected during the months before the reproduction season, and that after it occurs the fish loses fat and weight as a consequence of metabolic effort. Still, the absence of juveniles may be an indication that the species did not find in the reservoir the proper conditions for reproduction and growth of its fry.<hr/>O presente estudo procurou averiguar os parâmetros de crescimento e reprodução do mandi-amarelo, Pimelodus maculatus Lacépède, 1803 (Siluriformes, Pimelodidae), no reservatório de Cachoeira Dourada (GO/MG). As coletas ocorreram de fevereiro de 2007 a janeiro de 2008 (exceto em dezembro de 2007), em três pontos do reservatório, com auxílio de baterias de redes com malhas variando de 1,5 a 10,0 cm entre nós adjacentes durante 24 horas. Foi capturado um total de 538 indivíduos dentre os quais 242 fêmeas, 219 machos e 77 de sexo indeterminado. A proporção sexual diferiu de 1:1 em julho de 2007 e janeiro 2008, com o predomínio de machos e fêmeas, respectivamente. Os machos concentraram-se nas classes de comprimento medianas (18,9 a 24,3 cm) enquanto que as fêmeas nas superiores (de 27 a 37,8 cm). A constante de crescimento K foi estatisticamente igual entre machos (K=0.1851) e fêmeas (K=0.1708), no entanto, P. maculatus fêmeas parecem ter um maior investimento em tecido reprodutivo, fato indicado pelos elevados valores de Kn e IGS durante o verão. Tendo em vista sua desova durante o período chuvoso, é esperado um maior ganho de peso nos períodos que antecedem a reprodução e que após esse processo haja uma perda de gordura ou peso devido aos gastos metabólicos envolvidos. Ainda, a ausência de captura de P. maculatus juvenis pode ser uma indicação de que a espécie não encontrou na área condições adequadas para tal. <![CDATA[Primeiro registro do protozoário epibionte <em>Epistylis</em> sp. (Ciliophora, Peritrichia) aderido à <em>Ergasilus chelangulatus</em> (Ergasilidae) no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200460&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt In the present paper, we described the first record of an epibiont protozoan Epistylis sp. Ehrenberg, 1830 (Ciliophora, Peritrichia) attached to Ergasilus chelangulatus Thatcher and Brasil-Sato, 2008, parasite of Pimelodus maculatus Lacépède, 1803 in Brazil, with electron microscope observations. Fish were collected in Veados River, state of São Paulo and the crustacean Ergasilus chelangulatus being registered for the first time in this river, expanding its geographical distribution in Brazil.<hr/>No presente trabalho nós descrevemos o primeiro registro de um protozoário epibionte Epistylis sp. Ehrenberg, 1830 (Ciliophora, Peritrichia) aderido à Ergasilus chelangulatus Thatcher e Brasil-Sato, 2008, parasito de Pimelodus maculatus Lacépède, 1803 no Brasil, com observações de microscopia eletrônica. Os peixes foram coletados no Rio dos Veados, estado de São Paulo e o crustáceo Ergasilus chelangulatus está sendo registrado pela primeira vez neste rio, ampliando sua distribuição geográfica no Brasil. <![CDATA[Crescimento e tempo de desenvolvimento de uma espécie de Cladocera subtropical <em>Diaphanosoma birgei</em> Korinek, 1981 alimentada com dietas de microalgas.]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200464&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of this work was to investigate the growth performance of Diaphanosoma birgei fed with two Chlorophyceae algae, Ankistrodesmus gracilis and Haematococcus pluvialis using monoalgal diets and simpler mixed diets. D. birgei was daily fed on four treatments: 1) 100% Ankistrodesmus gracilis (Ag); 2) 100% Haematoccocus pluvialis (Hp); 3) 25% A. gracilis + 75% H. pluvialis (Ag-25+Hp-75) and 4) 75% A. gracilis + 25% H. pluvialis (Ag-75+Hp-25). The fecundity curve of D. birgei showed that the mixed feed Ag-25+Hp-75 and temperature 24±2°C triggered fast fecundity at approximately two days. The fecundity was low when based only on H. pluvialis (Hp), albeit with greater longevity (19 days) and a higher number of broods (8). D. birgei fed on Ag and Ag-75+Hp-25 diets in this experiment sustained higher growth rate and higher lipid content in these treatments. The present study showed that A. gracilis diet and mixed microalgae diets tested were able to support the egg production and development of D. birgei.<hr/>O objetivo deste estudo foi avaliar o crescimento de uma espécie de Cladocera Diaphanosoma birgei alimentada com dois tipos de microalgas Chlorophyceae, Ankistrodesmus gracilis e Haematococcus pluvialis cultivadas em monocultura e cultura mista. Quatro dietas foram utilizadas: 1) 100% Ankistrodesmus gracilis (Ag); 2) 100% Haematoccocus pluvialis (Hp); 3) cultura mista com 25% A. gracilis + 75% H. pluvialis (Ag-25+Hp-75) e 4) cultura mista com 75% A. gracilis + 25% H. pluvialis (Ag-75+Hp-25). A curva de fecundidade de D. birgei mostrou que a dieta mista Ag-25+Hp-75 e temperatura de 24±2°C promoveu rápida fecundidade em aproximadamente dois dias. A fecundidade foi baixa quando D. birgei foi alimentada somente com H. pluvialis (Hp), porém foi observada maior longevidade (19 dias) e consequentemente, maior número de descendentes (8). As dietas Ag and Ag-75+Hp-25 apresentaram efeito direto na taxa de crescimento de D. birgei com elevados teores de lipídios nestes tratamentos. O presente estudo mostrou que as dietas contendo somente A. gracilis e as dietas mistas de microalgas foram capazes de manter níveis adequados na produção de ovos e no desenvolvimento de D. birgei. <![CDATA[<em>Helicometrina nimia</em> Linton, 1910 (Digenea: Opecoelidae) em garoupa verdadeira <em>Epinephelus marginatus</em> (Lowe, 1834) (Teleostei: Serranidae) no Sudeste do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200472&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Helicometrina nimia (Opecoelidae) is a digenean with wide distribution. Fish families most commonly used as hosts for H. nimia are Serranidae, Pomodasydae, Scorpaenidae and Clinidae. In the present study, a new host and a new host locality are presented for the species. A description of the studied specimens, besides comments concerning its taxonomic status and biometrically compared tables of H. nimia reports are given. The taxonomic status of members of Helicometrina has been questionable. The greatest controversy for the genus seems to be related to the validity of diagnostic features, especially in regard to the number of testes. In the present study, all studied specimens presented a permanent and steady number of testes (n=9) and therefore its use as a diagnostic character is supported by the present authors. Epinephelus marginatus is considered a new host for Helicometrina nimia, and São Paulo state, southeastern Brazil, a new locality for the species.<hr/>Helicometrina nimia (Opecoelidae) é um digenético com distribuição mundial. As famílias de peixes mais comumente utilizadas como hospedeiros por H. nimia são Serranidae, Pomodasydae, Scorpaenidae e Clinidae. No presente estudo, um novo hospedeiro e uma nova localidade são apresentados para a espécie. A descrição dos espécimes estudados, além de comentários sobre o seu status taxonômico e uma tabela comparativa de medidas de H. nimia são apresentados. O status taxonômico dos membros de Helicometrina tem sido questionável. A maior controvérsia dentro do gênero parece estar relacionada com a validade das características diagnósticas, especialmente no que diz respeito ao número de testículos. No presente estudo, todos os espécimes estudados apresentaram número permanente e estável de testículos (n=9) e, portanto, sua utilização como caráter diagnóstico é suportada pelos presentes autores. Epinephelus marginatus é considerada um novo hospedeiro para Helicometrina nimia e São Paulo, sudeste do Brasil, uma nova localidade para a espécie. <![CDATA[Ácaros nasais de Tyrannidae (Aves) no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200480&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A total of 81 Tyraniidae birds were examined, 80 Pitangus sulphuratus (Linnaeus, 1766) (Great kiscadee), and one Machetornis rixosa (Vieilot, 1819) (Cattle tyrant), for collection of nasal mites, which were identified as Ptilonyssus spinosus (Brooks &amp; Strandtmann, 1960) and Sternostoma longisetosae (Hyland, 1961) (Rhinonyssidae). This finding characterises the first report of P. spinosus and S. longisetosae in P. sulphuratus, and the first record of P. spinosus in M. rixosa, and expands the geographic distribution of these species. It is the first occurrence of S. longisetosae in the Neotropics, and the first citation of P. spinosus in the state of Rio Grande do Sul, Brazil.<hr/>Foram examinadas 81 aves Tyraniidae, 80 Pitangus sulphuratus (Linnaeus, 1766) (Bem-te-vi) e um Machetornis rixosa (Vieilot, 1819) (Suiriri-cavaleiro) para coleta de ácaros nasais, os quais foram identificados como Ptilonyssus spinosus (Brooks &amp; Strandtmann, 1960) e Sternostoma longisetosae (Hyland, 1961) (Rhinonyssidae). Este achado caracteriza o primeiro relato de P. spinosus e S. longisetosae em P. sulphuratus e o primeiro registro de P. spinosus em M. rixosa, e amplia a distribuição geográfica destas espécies, sendo a primeira ocorrência de S. longisetosae na região neotropical e primeira citação de P. spinosus no Rio Grande do Sul, Brasil. <![CDATA[Primeiro registro de Dero (Aulophorus) bimagnasetus Harman (Oligochaeta) do Brasil e notas ecológicas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200483&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Annelid worms represent a significant part of freshwater benthic communities worldwide and Oligochaeta is a particularly species-rich group. Dero (A) bimagnasetus (Naididae) previously found and described from a small marsh in Surinam in 1974, has now been found for the first time in Barra Lake, MG, Brazil. Due to the scarce biological data and absence of ecological information in the literature regarding this species we are presenting morphological information on the specimens obtained and the physical and chemical characteristics of the habitat they were found. This species occurred only in the littoral zone of Barra Lake, in muddy, low oxygen, low conductivity and low organic matter sediment. The four individuals collected ranged 3.17-4.15 mm total length; 0.25 - 0.26 mm body width and 0.16-0.21 mm3 total volume. Considering the present anthropic pressures on freshwater biota and fast biodiversity losses worldwide it is now recognized that attention must be paid to low abundance species and the urgency for preservation of their habitats.<hr/>Vermes anelídeos representam uma parte significativa das comunidades de água doce em todo o mundo e Oligochaeta é um grupo particularmente rico em espécies. Dero (A) bimagnasetus (Naididae) havia sido encontrado e descrito em um pequeno pântano no Suriname em 1974, e agora também coletado na lagoa Barra, MG, Brasil. Devido ao baixo número de espécimes coletados e à ausência de informações ecológicas sobre esta espécie, estamos apresentando informações sobre a morfometria dos espécimes obtidos e as características físicas e químicas de seu habitat. Esta espécie ocorreu apenas na região litorânea da lagoa da Barra, em sedimento lamacento e com pouca matéria orgânica, baixa concentração de oxigênio e baixa condutividade elétrica na água. Os quatro indivíduos encontrados tiveram 3,17-4,15 mm de comprimento total; 0,25-0,26 mm de largura e 0,16-0,21 mm3 de biovolume. Considerando as atuais pressões antrópicas sobre a biota de água doce e as rápidas perdas de biodiversidade em todo o mundo, é agora reconhecido que muita atenção deve ser dada às espécies pouco abundantes e que é urgentemente necessário preservar seus habitats. <![CDATA[Avaliação de mRNA da lectina de <em>Parkia pendula</em> diferencialmente expressa em plântulas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200489&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Parkia pendula (Willd.) Walp. (Fabaceae) is a neotropical species of the genus Parkia more abundantly distributed in Central to South America. From the seeds of P. pendula a glucose/mannose specific lectin (PpeL) was isolated that has been characterised and used as a biotechnological tool but until now this is the first manuscript to analyse P. pendula mRNA expression in seedlings. For this porpoise a Differential display reverse transcription polimerase chain reaction (DDRT-PCR) was used to evaluate the expression of P. pendula lectin mRNAs in non-rooted seedlings. No bands were observed in the agarose gel, indicating the absence of mRNA of PpeL seedlings. our findings confirm that lectins mRNAs are differently regulated among species even if they are grouped in the same class.<hr/>Parkia pendula (Willd.) Walp. (Fabaceae) é a espécie neotropical do gênero Parkia mais abundantemente distribuída na América Central a do Sul. Das sementes de P. pendula foi isolada uma lectina glicose/manose específica (Ppel) que foi caracterizada e usada como ferramenta biotecnológica, porém até o momento esse é o primeiro artigo a analisar a expressão do mRNA nas plântulas de P. pendula. Para esse propósito uma reação de PCR diferencial de transcriptase reversa (DDRT-PCR) foi utilizada para avaliar a expressão do mRNA da lectina de P. pendula em plântulas não enraizadas. Nenhuma banda foi observada no gel de agarose, indicando a ausência de mRNA das plântulas de PpeL. Nossos achados confirmam que os mRNAs de lectinas são regulados de forma diferentes entre as espécies, mesmo que sejam agrupadas na mesma classe <![CDATA[Biologia de nidificação de <em>Podium angustifrons</em> Kohl (Hymenoptera, Sphecidae) em um fragmento de floresta com araucárias]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200493&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Podium angustifrons Kohl 1902 is a species of solitary wasp which nests in pre-existing cavities, with neotropical distribution in Argentina, Bolivia, Brazil, Colombia, Guyana and French Guyana. The aim of this study was to investigate the nesting biology of P. angustifrons, discussing aspects of their life history. To capture its nests, wooden trap-nests were installed in the Parque Municipal das Araucárias, Guarapuava (PR), Brazil, from January 2003 to April 2009. A total of 29 nests were collected, all during the warmer months. These showed no vestibular and intercalary cells, and their closures were made up of chewed plants and mud mixed with organic materials and resin-coated surfaces, sometimes showing a layer of lichens. The cells were provisioned with various wild species of cockroaches (Chorisoneura sp, Riata sp and Helgaia sp) in the nymph stage and/or adults. The sex ratio was 4.6 females per male, significantly higher that the expected 1:1. Most pre-pupae entered diapause in winter with development time ranging from 187 to 283 days for females and 180 to 283 days for males. Deaths occurred in 41.66% of cells provisioned, 33.33% were attributed to faulty development and 8.33% to Chrysididae.<hr/>Podium angustifrons Kohl 1902 é uma espécie de vespa solitária que nidifica em cavidades pré-existentes, com distribuição na Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Guiania e Guiana Francesa. O objetivo deste estudo foi investigar a biologia de nidificação desta espécie, discutindo aspectos de sua história de vida. Para captura seus ninhos, foram instaladas ninhos-armadilha de madeira no Parque Municipal das Araucárias, Guarapuava (PR), Brasil, de Janeiro 2003 até Abril de 2009. Foram coletados 29 ninhos, durante todos os meses quentes. Os ninhos não apresentaram células vestibulares e intercalares, seus fechamentos são constituídos por material vegetal mascado, seguido de barro misturado a materiais orgânicos, revestidos por resina, podendo ter uma camada de liquens. As células foram aprovisionadas com diferentes espécies de baratas silvestres (Chorisoneura sp, Riata sp e Helgaia sp) em estágio de ninfa e/ou adulto. A maioria das pré-pupas entrou em diapausa no inverno com tempo de desenvolvimento de 187 a 283 dias para as fêmeas e 180 a 283 dias para machos. Ocorreu mortalidade em 41,66% das células aprovisionadas, sendo 33,33% causado por falha de desenvolvimento e 8,33% por cleptoparasitas da família Chrysididae. <![CDATA[Perda da tolerância à dessecação em sementes de <em>Copaifera langsdorffii</em> durante a germinação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200501&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study evaluated the loss of desiccation tolerance in C. langsdorffii seeds during the germination process. Seeds were imbibed for 24, 48, 72, 96, 120 and 144 hours and dried to the initial moisture content, kept in this state for 3 days after which they were submitted to pre-humidification and rehydration. Ultraestructural evaluations were done aiming to observe the cell damage caused by the dry process. Desiccation tolerance was evaluated in terms of the percentage of normal seedlings. Seeds not submitted to the drying process presented 61% of normal seedlings, and after 24 hours of imbibition, followed by drying, the seeds presented the same percentage of survival. However, after 48 hours of imbibition, seeds started to lose the desiccation tolerance. There was twenty six percent of normal seedlings formed from seeds imbibed for 96 hours and later dried and rehydrated. Only 5% of seeds imbibed for 144 hours, dried and rehydrated formed normal seedlings. At 144 hours of imbibition followed the dry process, there was damage into the cell structure, indicating that the seeds were unable to keep the cell structure during the drying process. Copaifera langsdorffii seeds loses the desiccation tolerance at the start of Phase 2 of imbibition.<hr/>Este estudo avaliou a perda da tolerância à dessecação em sementes de C. langsdorffii durante o processo germinativo. Sementes foram embebidas por 24, 48, 72, 96, 120 e 144 horas e depois secas até a umidade inicial, sendo mantidas neste estado durante 3 dias, quando então foram submetidas a pré-umidificação e reidratação. Avaliações ultraestruturais foram realizadas objetivando observar danos nas células causados pelo processo de secagem. A tolerância à dessecação foi avaliada pelo percentual de plântulas normais. Sementes não submetidas ao processo de secagem apresentaram 61% de plântulas normais, sendo que após 24 horas de embebição seguida de secagem, houve o mesmo percentual de sobrevivência. Contudo, após 48 horas de embebição, as sementes começaram a perder a tolerância à dessecação. Vinte e seis por cento de sementes formaram plântulas normais após embeberem por 96 horas e secas. Apenas 5% de sementes embebidas por 144 horas e secas formaram plântulas normais. Após 144 horas de embebição, seguida de secagem, verificou-se danos na estrutura celular, o que indica que as sementes não são capazes de manter a estrutura celular durante o processo de secagem. Verificou-se no presente estudo que sementes de C. langsdorffii perdem a tolerância à dessecação no inicio da fase 2 da embebição. <![CDATA[Modelagem do risco de mortalidade de <em>Corbicula fluminea</em> (Müller, 1774) (Bivalvia: Corbiculidae) exposta a diferentes condições de turbidez]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200509&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The provision of sediment in rivers, due to erosion processes that occur in the environment, consists of a major source of pollution and alteration of the physicochemical conditions of water resources. In addition, the increase in water turbidity may cause siltation, dramatically impacting aquatic communities. Specifically considering the bivalve Corbicula fluminea (Müller, 1774), the aim of this study was to analyse the effect of exposure to different turbidity conditions of sediments, as a risk factor for the animals. For this purpose, a docking device was designed to ensure water circulation in a closed system and to maintain the desired levels of turbidity. Although C. fluminea can generally tolerate environmental changes in aquatic systems, an intolerance to high turbidity levels was experimentally observed, expressed by the mortality rate of the animals when exposed to conditions above 150 nephelometric turbidity units (NTU). This value was similar to the one recorded at study sites in the rivers Pardo (Serrana-SP-Brazil) and Mogi Guaçu (Porto Ferreira-SP-Brazil) during the rainy season. Using a logistic regression model, the experimental results were analysed and the observed mortality rates indicate that the exposure of the animals to turbidity levels above 150 nephelometric turbidity units (NTU), for periods longer than 120 hours, may be considered a probable cause of mortality for the species.<hr/>A disponibilização de sedimentos nos cursos d'água, em função dos processos erosivos que ocorrem no entorno, constitui-se e uma das principais fontes de poluição e alteração das condições físico-químicas dos recursos hídricos. Além disso, o aumento da turbidez da água pode causar assoreamento, impactando drasticamente as comunidades aquáticas. Especificamente para o bivalve Corbicula fluminea (MÜLLER, 1774), este estudo teve por objetivo analisar o efeito da exposição a diferentes condições de turbidez, como fator de risco para os animals. Para esta finalidade, um dispositivo de acoplamento foi concebido para assegurar a circulação da água, em um sistema fechado mantendo os níveis desejados de turbidez. Embora C. fluminea possa tolerar mudanças ambientais em sistemas aquáticos, foi observadao experimentalmente, uma intolerância a turbidez acima de 150 unidades nefelométricas de turbidez (NTU), um valor próximo ao registrado em pontos de estudo nos rios Pardo (Serrana-SP-Brasil) e Mogi Guaçu (Porto Ferreira-SP-Brasil) durante a estação chuvosa. Por intermédio da utilização de um modelo de regressão logística, os resultados experimentais foram analisados. As taxas de mortalidade observadas indicam ser a exposição dos animais a níveis de turbidez acima desse limite e por períodos mais longos do que 120 horas uma provável causa de mortalidade desta espécie. <![CDATA[First record of a bloom of the invasive species <em>Ceratium furcoides</em> (Levander) Langhans 1925 in Rio Grande do Sul state, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200515&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The provision of sediment in rivers, due to erosion processes that occur in the environment, consists of a major source of pollution and alteration of the physicochemical conditions of water resources. In addition, the increase in water turbidity may cause siltation, dramatically impacting aquatic communities. Specifically considering the bivalve Corbicula fluminea (Müller, 1774), the aim of this study was to analyse the effect of exposure to different turbidity conditions of sediments, as a risk factor for the animals. For this purpose, a docking device was designed to ensure water circulation in a closed system and to maintain the desired levels of turbidity. Although C. fluminea can generally tolerate environmental changes in aquatic systems, an intolerance to high turbidity levels was experimentally observed, expressed by the mortality rate of the animals when exposed to conditions above 150 nephelometric turbidity units (NTU). This value was similar to the one recorded at study sites in the rivers Pardo (Serrana-SP-Brazil) and Mogi Guaçu (Porto Ferreira-SP-Brazil) during the rainy season. Using a logistic regression model, the experimental results were analysed and the observed mortality rates indicate that the exposure of the animals to turbidity levels above 150 nephelometric turbidity units (NTU), for periods longer than 120 hours, may be considered a probable cause of mortality for the species.<hr/>A disponibilização de sedimentos nos cursos d'água, em função dos processos erosivos que ocorrem no entorno, constitui-se e uma das principais fontes de poluição e alteração das condições físico-químicas dos recursos hídricos. Além disso, o aumento da turbidez da água pode causar assoreamento, impactando drasticamente as comunidades aquáticas. Especificamente para o bivalve Corbicula fluminea (MÜLLER, 1774), este estudo teve por objetivo analisar o efeito da exposição a diferentes condições de turbidez, como fator de risco para os animals. Para esta finalidade, um dispositivo de acoplamento foi concebido para assegurar a circulação da água, em um sistema fechado mantendo os níveis desejados de turbidez. Embora C. fluminea possa tolerar mudanças ambientais em sistemas aquáticos, foi observadao experimentalmente, uma intolerância a turbidez acima de 150 unidades nefelométricas de turbidez (NTU), um valor próximo ao registrado em pontos de estudo nos rios Pardo (Serrana-SP-Brasil) e Mogi Guaçu (Porto Ferreira-SP-Brasil) durante a estação chuvosa. Por intermédio da utilização de um modelo de regressão logística, os resultados experimentais foram analisados. As taxas de mortalidade observadas indicam ser a exposição dos animais a níveis de turbidez acima desse limite e por períodos mais longos do que 120 horas uma provável causa de mortalidade desta espécie. <![CDATA[On the first record of the exotic <em>Moina macrocopa</em> (Straus, 1820) in Minas Gerais State, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200518&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The provision of sediment in rivers, due to erosion processes that occur in the environment, consists of a major source of pollution and alteration of the physicochemical conditions of water resources. In addition, the increase in water turbidity may cause siltation, dramatically impacting aquatic communities. Specifically considering the bivalve Corbicula fluminea (Müller, 1774), the aim of this study was to analyse the effect of exposure to different turbidity conditions of sediments, as a risk factor for the animals. For this purpose, a docking device was designed to ensure water circulation in a closed system and to maintain the desired levels of turbidity. Although C. fluminea can generally tolerate environmental changes in aquatic systems, an intolerance to high turbidity levels was experimentally observed, expressed by the mortality rate of the animals when exposed to conditions above 150 nephelometric turbidity units (NTU). This value was similar to the one recorded at study sites in the rivers Pardo (Serrana-SP-Brazil) and Mogi Guaçu (Porto Ferreira-SP-Brazil) during the rainy season. Using a logistic regression model, the experimental results were analysed and the observed mortality rates indicate that the exposure of the animals to turbidity levels above 150 nephelometric turbidity units (NTU), for periods longer than 120 hours, may be considered a probable cause of mortality for the species.<hr/>A disponibilização de sedimentos nos cursos d'água, em função dos processos erosivos que ocorrem no entorno, constitui-se e uma das principais fontes de poluição e alteração das condições físico-químicas dos recursos hídricos. Além disso, o aumento da turbidez da água pode causar assoreamento, impactando drasticamente as comunidades aquáticas. Especificamente para o bivalve Corbicula fluminea (MÜLLER, 1774), este estudo teve por objetivo analisar o efeito da exposição a diferentes condições de turbidez, como fator de risco para os animals. Para esta finalidade, um dispositivo de acoplamento foi concebido para assegurar a circulação da água, em um sistema fechado mantendo os níveis desejados de turbidez. Embora C. fluminea possa tolerar mudanças ambientais em sistemas aquáticos, foi observadao experimentalmente, uma intolerância a turbidez acima de 150 unidades nefelométricas de turbidez (NTU), um valor próximo ao registrado em pontos de estudo nos rios Pardo (Serrana-SP-Brasil) e Mogi Guaçu (Porto Ferreira-SP-Brasil) durante a estação chuvosa. Por intermédio da utilização de um modelo de regressão logística, os resultados experimentais foram analisados. As taxas de mortalidade observadas indicam ser a exposição dos animais a níveis de turbidez acima desse limite e por períodos mais longos do que 120 horas uma provável causa de mortalidade desta espécie. <![CDATA[Investigations on periphytic algae: comparing distinct years in the presence and absence of submerged macrophytes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842014000200521&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The provision of sediment in rivers, due to erosion processes that occur in the environment, consists of a major source of pollution and alteration of the physicochemical conditions of water resources. In addition, the increase in water turbidity may cause siltation, dramatically impacting aquatic communities. Specifically considering the bivalve Corbicula fluminea (Müller, 1774), the aim of this study was to analyse the effect of exposure to different turbidity conditions of sediments, as a risk factor for the animals. For this purpose, a docking device was designed to ensure water circulation in a closed system and to maintain the desired levels of turbidity. Although C. fluminea can generally tolerate environmental changes in aquatic systems, an intolerance to high turbidity levels was experimentally observed, expressed by the mortality rate of the animals when exposed to conditions above 150 nephelometric turbidity units (NTU). This value was similar to the one recorded at study sites in the rivers Pardo (Serrana-SP-Brazil) and Mogi Guaçu (Porto Ferreira-SP-Brazil) during the rainy season. Using a logistic regression model, the experimental results were analysed and the observed mortality rates indicate that the exposure of the animals to turbidity levels above 150 nephelometric turbidity units (NTU), for periods longer than 120 hours, may be considered a probable cause of mortality for the species.<hr/>A disponibilização de sedimentos nos cursos d'água, em função dos processos erosivos que ocorrem no entorno, constitui-se e uma das principais fontes de poluição e alteração das condições físico-químicas dos recursos hídricos. Além disso, o aumento da turbidez da água pode causar assoreamento, impactando drasticamente as comunidades aquáticas. Especificamente para o bivalve Corbicula fluminea (MÜLLER, 1774), este estudo teve por objetivo analisar o efeito da exposição a diferentes condições de turbidez, como fator de risco para os animals. Para esta finalidade, um dispositivo de acoplamento foi concebido para assegurar a circulação da água, em um sistema fechado mantendo os níveis desejados de turbidez. Embora C. fluminea possa tolerar mudanças ambientais em sistemas aquáticos, foi observadao experimentalmente, uma intolerância a turbidez acima de 150 unidades nefelométricas de turbidez (NTU), um valor próximo ao registrado em pontos de estudo nos rios Pardo (Serrana-SP-Brasil) e Mogi Guaçu (Porto Ferreira-SP-Brasil) durante a estação chuvosa. Por intermédio da utilização de um modelo de regressão logística, os resultados experimentais foram analisados. As taxas de mortalidade observadas indicam ser a exposição dos animais a níveis de turbidez acima desse limite e por períodos mais longos do que 120 horas uma provável causa de mortalidade desta espécie.