Scielo RSS <![CDATA[Revista Contabilidade & Finanças]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1519-707720180001&lang=es vol. 29 num. 76 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Presentation]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100007&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[Small is big! The role of ‘small’ audits for studying the audit market]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100009&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[Deprival value: information utility analysis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100016&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT This article contributes to the perception that the users’ learning process plays a key role in order to apply an accounting concept and this involves a presentation that fits its informative potential, free of previous accounting fixations. Deprival value is a useful measure for managerial and corporate purposes, it may be applied to the current Conceptual Framework of the International Accounting Standards Board (IASB). This study analyzes its utility, taking into account cognitive aspects. Also known as value to the business, deprival value is a measurement system that followed a path where it was misunderstood, confused with another one, it faced resistance to be implemented and fell into disuse; everything that a standardized measurement method tries to avoid. In contrast, deprival value has found support in the academy and in specific applications, such as those related to the public service regulation. The accounting area has been impacted by sophistication of the measurement methods that increasingly require the ability to analyze accounting facts on an economic basis, at the risk of loss of their information content. This development becomes possible only when the potential of a measurement system is known and it is feasible to be achieved. This study consists in a theoretical essay based on literature review to discuss its origin, presentation, and application. Considering the concept’s cognitive difficulties, deprival value was analyzed, as well as its corresponding heteronym, value to the business, in order to explain some of these changes. The concept’s utility was also explored through cross-analysis with impairment and the scheme developed was applied to actual economic situations faced by a company listed on stock exchange.<hr/>RESUMO Este artigo contribui com a percepção de que o processo de aprendizagem dos usuários é parte fundamental da aplicação de um conceito contábil e envolve uma apresentação adequada a seu potencial informativo, livre de fixações contábeis anteriores. O deprival value apresenta-se como medida útil para fins gerenciais e societários, podendo ter aplicação na atual Estrutura Conceitual do International Accounting Standards Board (IASB). Este estudo analisa sua utilidade, levando-se em conta aspectos cognitivos. Também conhecido como value to the business, o deprival value é um sistema de mensuração que trilhou um caminho em que foi mal compreendido, confundido com outro, encontrou resistência na implementação e caiu no desuso; tudo o que um método de mensuração normatizado procura evitar. Em contrapartida, o deprival value tem encontrado amparo na academia e em aplicações específicas, como as relacionadas à regulação de serviços públicos. A área contábil tem sido impactada pela sofisticação dos métodos de mensuração que exigem, cada vez mais, capacidade de análise econômica dos fatos contábeis, sob pena de prejuízo no seu conteúdo informativo. Esse desenvolvimento só se faz possível quando se conhece o potencial de um sistema de mensuração e tem-se como atingi-lo. Este estudo consiste em um ensaio teórico baseado em revisão da literatura para discutir sua origem, apresentação e aplicação. Tendo em vista as dificuldades cognitivas do conceito, realizou-se a análise do deprival value e de seu correspondente heterônimo, o value to the business, com objetivo de explicar algumas dessas motivações. A utilidade do conceito também foi explorada por meio de análise cruzada com o impairment e o esquema desenvolvido aplicado a situações econômicas reais enfrentadas por uma companhia aberta. <![CDATA[The diversity of the Brazilian regional Audit Courts on government auditing]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100026&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Currently, the 33 regional audit courts are responsible to monitor the public financial management cycle for states and municipalities and to judge the compliance of governors’ acts to the laws regarding procurement and civil servants’ employment from more than 20,000 governmental entities under their jurisdiction. This article aims to analyze the diversity of internal configuration of these regional audit courts and to discuss the potential associations with the financial auditing quality their teams usually run. We conducted interviews with external auditors and IT directors from 18 courts, followed by triangulation to official documents from the audit courts, such as audit manuals and activities reports. The audit quality drivers were identified within the governmental auditing literature, supporting the evidences collected by the interviews content analysis. Despite all regional auditing bodies in Brazil were based on the Napoleonic model, the analysis indicates the identified configurations vary according to the team’s organization and size, auditor rotation and use of data reporting systems. The discussion shows that dissimilarities on the courts’ configurations, as they are responsible to audit a specific country area, will contribute to a different coercion level on fiscal and accounting issues to state and municipalities, due a combination of characteristics which could mitigate or improve the audit quality. This paper additionally suggests some precautions, based on the organization alignment literature, for the use of proxies to control audit quality effects in the public finance studies in Brazil.<hr/>RESUMO Os atuais 33 Tribunais de Contas regionais brasileiros são responsáveis por acompanhar o ciclo de gestão financeira de governos estaduais e municipais e a legalidade dos atos de mais de 20.000 organizações públicas vinculadas a esses Estados e municípios. Este artigo tem como objetivo analisar a diversidade da configuração interna desses Tribunais de Contas regionais e discutir possíveis associações com a qualidade da auditoria financeira realizada por suas equipes. Foram realizadas entrevistas com auditores externos e diretores de tecnologia da informação de 18 tribunais, trianguladas com documentos oficiais disponibilizados pelos Tribunais de Contas, como relatórios anuais de atividades e manuais de auditoria. Partindo de fatores determinantes da qualidade da auditoria externa identificados na literatura, a análise de conteúdo das entrevistas identificou as características formativas da configuração de cada tribunal analisado. Apesar de todos os tribunais no Brasil terem como origem comum o modelo napoleônico de corte de contas, a análise traz como resultado que suas configurações variam quanto à organização e formação das equipes, ao uso de rodízio na alocação das tarefas de auditoria e à automatização dos sistemas de coleta de dados de jurisdicionados. Discute-se que a diferença na configuração dos tribunais, dada a demarcação de sua área de jurisdição, contribuiria a diferentes níveis de coerção em governos estaduais e municipais, à medida em que a configuração apresenta uma combinação de características que inibe ou amplia a qualidade da auditoria. A partir da literatura de alinhamento organizacional, o artigo alerta sobre o uso de variáveis para tratar o efeito da qualidade da auditoria nos estudos em finanças municipais. <![CDATA[Research in auditing: main themes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100041&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT The passage of the Sarbanes-Oxley Act (SOX) was a turning point in auditing and in auditors practice for the academic world. Research concerning the characterization of academic production related to auditing is in its third decade. Its analysis is accomplished by means of definition of keywords, abstracts or title, and information on thematic association within the academic production itself in auditing is undisclosed. In order to revise this gap in auditing literature, this study identified the main themes in auditing and their association in post-SOX era by analyzing the content of objectives and hypothesis of 1,650 publications in Web of Science (2002-2014). The findings in this study extended those from the study by Lesage and Wechtler (2012) from 16 auditing thematic typologies to 22. The results demonstrate that the themes audit report &amp; financial statement users, corporate governance, audit market, external audit, socio-economic data of the company, international regulation, and fraud risk &amp; audit risk were the most addressed in the publications about auditing. Corporate governance has a broader association with the other themes in the area. Future researches may use these themes and relate them to the methodologies applied to audit studies.<hr/>RESUMO A lei Sarbanes-Oxley (SOX) foi um ponto crucial na auditoria e na prática de auditores para o mundo acadêmico. A pesquisa sobre a caracterização da produção acadêmica relacionada à auditoria está em sua terceira década. Sua análise é realizada por meio da definição de palavras-chave, resumos ou títulos, e as informações sobre associação temática dentro da própria produção acadêmica na auditoria não são divulgadas. Para rever essa lacuna na literatura de auditoria, este estudo identificou os principais temas de auditoria e sua associação na era pós-SOX, analisando o conteúdo de objetivos e hipóteses de 1.650 publicações na Web of Science (2002-2014). As evidências neste trabalho estenderam os resultados dos estudos de Lesage e Wechtler (2012) de 16 tipologias temáticas de auditoria para 22. Os resultados demonstram que os temas relatório de auditoria e usuários de demonstrações financeiras, governança corporativa, auditoria de mercado, auditoria externa, dados socioeconômicos da empresa, regulamentação internacional e risco de fraude e risco de auditoria foram os mais abordados nas publicações sobre auditoria. A governança corporativa tem uma associação mais ampla com os outros temas da área. Pesquisas futuras podem usar esses temas e relacioná-los às metodologias aplicadas aos estudos de auditoria. <![CDATA[The Cressey hypothesis (1953) and an investigation into the occurrence of corporate fraud: an empirical analysis conducted in Brazilian banking institutions]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100060&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT This article fills a technical-scientific gap that currently exists in the Brazilian literature on corporative fraud, by combining the theoretical framework of agency theory, of criminology, and of the economics of crime. In addition, it focuses on a sector that is usually excluded from analyses due to its specific characteristics and shows the application of multinomial logit panel data regression with random effects, which is rarely used in studies in the area of accounting. The aim of this study is to investigate the occurrence of corporative fraud, as well as cases of fraud in Brazilian banking institutions, by using detection variables related to the Cressey fraud triangle. Research into fraud and methods of detecting fraud has grown in management literature, especially after the occurrence of various corporative scandals in the 1990s. Although regulatory agencies have increased their investments in monitoring and control, fraud investigations and convictions are still common in the day-to-day administration of banks, as can be seen in the Brazilian Central Bank and the National Financial System Resource Council’s databases of punitive proceedings. We believe that this article will have a positive impact in the area of accounting sciences, since it involves corporative fraud in a multidisciplinary form and because it provides the incentive to use a quantitative tool that can help increase the development of similar studies in the area. This study tested the theory that the dimensions of the fraud triangle condition the occurrence of corporative fraud in Brazilian banking institutions. Thirty-two representative variables of corporative fraud were identified in the theoretical-empirical review, which were reduced to seven latent variables by the principal component analysis. Finally, the seven factors formed the independent variables in the multinomial logit models used in the hypothesis tests, which presented promising results.<hr/>RESUMO Este estudo supre uma lacuna técnico-científica na literatura nacional sobre fraudes corporativas, unindo o referencial teórico da teoria da agência, da criminologia e da economia do crime. Além disso, tem-se o foco em setor usualmente excluído das análises devido a suas especificidades e apresenta a aplicação da análise de regressão logit multinomial em painel sob efeitos aleatórios, pouco utilizada em estudos da área de contabilidade. O objetivo do trabalho é investigar a ocorrência de fraudes corporativas, bem como indícios de fraudes em instituições bancárias brasileiras, utilizando variáveis de detecção relacionadas ao triângulo de fraudes de Cressey. As pesquisas sobre fraudes e formas de detecção de fraudes têm crescido na literatura de gestão, especialmente após a ocorrência de vários escândalos corporativos nos anos 1990. Embora as agências reguladoras tenham aumentado os investimentos em fiscalização e controle, as investigações e condenações por fraudes corporativas são comuns no cotidiano dos bancos, como pode ser visto nas bases de dados de processos punitivos do Banco Central do Brasil e do Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional. Acredita-se que o artigo terá um impacto positivo na área de ciências contábeis, pois trata da fraude corporativa de forma multidisciplinar e gera motivação para o uso de um ferramental quantitativo que pode ampliar o desenvolvimento de estudos similares na área. O trabalho testou a hipótese de que as dimensões do triângulo de fraude condicionam a ocorrência de fraudes corporativas nas instituições bancárias brasileiras. Na revisão teórico-empírica, identificaram-se 32 variáveis representativas de fraudes corporativas que foram reduzidas a sete variáveis latentes, pela análise de componentes principais. Por fim, os sete fatores compuseram as variáveis independentes nos modelos logit multinomiais utilizados nos testes de hipóteses, que apresentaram resultados promissores. <![CDATA[Aspects of manager, portfolio allocation, and fund performance in Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100082&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT This paper intends to contribute to the literature on investment funds in emerging markets by looking at the performance of multimarket funds in Brazil from a manager perspective. The aim of the paper was to analyze whether some characteristics of investment fund managers, as well as their portfolio holdings, can affect fund performance. In emerging countries both portfolio asset allocation and manager characteristics can help explain differences in the fund performance, which increases the relevance of this study. Therefore, the impact of this research lies in its revealing a significant relationship between risk-adjusted return and the portion of portfolios allocated to fixed or variable income, which seems that have not been explored in the context of emerging economies yet. A total of 6,002 multimarket funds were analyzed, covering the period between September 2009 and December 2015, using panel data with robust standard errors clustered by funds. We also employed robust statistics in order to assess some potential biases due to outliers, by analyzing the breakdown point in the estimated models. It should be noted that portfolio composition (allocation of portfolios into variable income and fixed income) was the most important factor in explaining a potential change in the performance of Brazilian multimarket funds. Also important were the effectiveness of the management of these funds, that is, the best risk-adjusted returns were delivered by less experienced managers, funds investing more in fixed income, managers with more funds under management, and larger funds.<hr/>RESUMO Este trabalho pretende contribuir para a literatura sobre fundos de investimentos em mercados emergentes ao abordar, sob a perspectiva do gestor, o desempenho dos fundos multimercados no Brasil. O objetivo da pesquisa foi identificar se algumas características dos gestores e a composição de suas carteiras influenciam no desempenho dos fundos. Em países emergentes, tanto a alocação de ativos na gestão de carteiras quanto características dos gestores podem auxiliar na explicação das diferenças de desempenho dos fundos, o que potencializa a relevância do estudo. Assim, o impacto desta pesquisa está em evidenciar uma relação significativa entre o retorno ajustado ao risco e a parcela das carteiras alocadas em ativos mais voltados para renda fixa ou renda variável que parece ainda não ter sido explorada no contexto de economias emergentes. Metodologicamente, analisaram-se 6.002 fundos multimercados, no período de setembro de 2009 a dezembro de 2015, por meio de dados em painel, considerando erros padrão robustos clusterizados por fundo. Utilizaram-se, também, estatísticas robustas para avaliar potenciais vieses decorrentes de outliers (pela avaliação do ponto de ruptura nos modelos estimados). Destaca-se que a composição das carteiras (alocação das carteiras em renda variável e em renda fixa) apresentou-se como o fator que mais auxilia na explicação de uma potencial alteração do desempenho dos fundos multimercados brasileiros. Além disso, a efetividade de gestão desses fundos, ou seja, os melhores retornos ajustados ao risco foram entregues por gestores menos experientes, fundos que investiram mais em renda fixa, gestores com maior quantidade de fundos e por fundos maiores. <![CDATA[The cyclicality of loan loss provisions under three different accounting models: the United Kingdom, Spain, and Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100097&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT A controversy involving loan loss provisions in banks concerns their relationship with the business cycle. While international accounting standards for recognizing provisions (incurred loss model) would presumably be pro-cyclical, accentuating the effects of the current economic cycle, an alternative model, the expected loss model, has countercyclical characteristics, acting as a buffer against economic imbalances caused by expansionary or contractionary phases in the economy. In Brazil, a mixed accounting model exists, whose behavior is not known to be pro-cyclical or countercyclical. The aim of this research is to analyze the behavior of these accounting models in relation to the business cycle, using an econometric model consisting of financial and macroeconomic variables. The study allowed us to identify the impact of credit risk behavior, earnings management, capital management, Gross Domestic Product (GDP) behavior, and the behavior of the unemployment rate on provisions in countries that use different accounting models. Data from commercial banks in the United Kingdom (incurred loss), in Spain (expected loss), and in Brazil (mixed model) were used, covering the period from 2001 to 2012. Despite the accounting models of the three countries being formed by very different rules regarding possible effects on the business cycles, the results revealed a pro-cyclical behavior of provisions in each country, indicating that when GDP grows, provisions tend to fall and vice versa. The results also revealed other factors influencing the behavior of loan loss provisions, such as earning management.<hr/>RESUMO Uma polêmica envolvendo a provisão para créditos de liquidação duvidosa em bancos refere-se à sua relação com os ciclos econômicos. Enquanto os padrões contábeis internacionais para o reconhecimento da provisão (modelo de perda incorrida) seriam presumivelmente pró-cíclicos, acentuando os efeitos do ciclo econômico vigente, um modelo alternativo, o modelo de perda esperada, teria características anticíclicas, atuando como uma espécie de amortecedor dos desequilíbrios econômicos próprios das fases de expansão e de contração da economia. No Brasil, vigora um modelo contábil misto, cujo comportamento não se sabe ser pró-cíclico ou anticíclico. Identificar o comportamento desses modelos contábeis frente aos ciclos econômicos, por meio de um modelo econométrico composto por variáveis contábeis e macroeconômicas, foi o objetivo desta pesquisa. O estudo contempla uma discussão sobre o impacto do comportamento do risco de crédito, do gerenciamento de resultados, do gerenciamento de capital, do comportamento do Produto Interno Bruto (PIB) e do comportamento da taxa de desemprego sobre a provisão, em países que utilizam os distintos modelos contábeis. Foram utilizados dados de bancos comerciais do Reino Unido (perda incorrida), da Espanha (perda esperada) e do Brasil (modelo misto), no período de 2001 a 2012. Os resultados revelaram que os modelos contábeis dos três países, apesar de serem formados por regras de natureza bastante distinta no que diz respeito a um eventual efeito sobre os ciclos econômicos, apresentaram comportamento pró-cíclico, indicando que, quando o PIB está em ascensão, as provisões tendem a cair e vice-versa. Os resultados revelaram também outros elementos que podem estar influenciando o comportamento da provisão, como a prática de gerenciamento de resultados. <![CDATA[To pursue a career in accounting or not: a study based on the Theory of Planned Behavior]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100114&lng=es&nrm=iso&tlng=es Abstract This study investigates the intention of 691 students graduating from Accounting courses at public universities in the state of Paraná to pursue a career in the area of accounting, based on the Theory of Planned Behavior. For the analysis, the sample was divided into ten mesoregions according to the criteria of the Paranaense Institute for Economic and Social Development (Ipardes). The data collected were treated using descriptive statistics and structural equations techniques. The research hypotheses were corroborated in most of the mesoregions and the main findings show that attitude, subjective norm, and perceived behavioral control variables affect the students' intention to pursue a career in the area of accounting. The samples for six mesoregions (1. Curitiba Metropolitan Area, 2. East Center, 4. North Central, 5. Northwest, 6. West, and 9. South Center), in which the three hypotheses were corroborated, represent the largest and most developed cities in Paraná. The results in the ten mesoregions studied explain an intention variance of between 27.84% and 64.31%. The findings of this research contribute to understanding the profiles of accounting graduates from public institutions in the state of Paraná, providing elements to support the managers of the institutions in analyzing and elaborating differentiated strategies in relation to course curricula and approaches, according to the particular region. In addition, regulatory agencies can use these findings as a basis for in-depth research on the variables that influence the intentions of future professionals and to develop policies that guide institutions in developing courses with more adequate and consistent content for the market.<hr/>Resumo Este estudo investiga, sob o enfoque da Teoria do Comportamento Planejado, a intenção de 691 alunos concluintes dos cursos de Ciências Contábeis das universidades públicas do estado do Paraná em seguir carreira na área contábil. Para análise, a amostra foi seccionada em dez mesorregiões, seguindo o critério do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes). Nos dados coletados foram aplicadas as técnicas de estatística descritiva e equações estruturais. As hipóteses de pesquisa foram corroboradas na maioria das mesorregiões e os principais achados evidenciam que as variáveis atitude, norma subjetiva e controle comportamental percebido afetam a intenção dos alunos em seguir uma carreira na área contábil. As amostras de seis mesorregiões (1. Metropolitana de Curitiba; 2. Centro-Oriental; 4. Norte-Central; 5. Noroeste; 6. Oeste; e 9. Centro-Sul), nas quais as três hipóteses foram corroboradas, representam as maiores e mais desenvolvidas cidades paranaenses. Os resultados nas 10 mesorregiões estudadas explicam a variância da intenção entre 27,84% a 64,31%. Os achados desta pesquisa contribuem para a compreensão dos perfis dos concluintes em contabilidade das instituições públicas do estado do Paraná, fornecendo elementos para subsidiar os gestores das instituições na análise e elaboração de estratégias diferenciadas em relação aos currículos e abordagens do curso conforme a região de atuação. Ainda neste sentido, os órgãos reguladores podem utilizar estes achados como base para pesquisas aprofundadas a respeito das variáveis que influenciam a intenção dos futuros profissionais e para elaborarem políticas que orientem as instituições no desenvolvimento de cursos com conteúdos mais adequados e consistentes para o mercado. <![CDATA[A Safari in Brazil: evidence regarding the Framework-Based Approach to Teaching]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100129&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT This study aims to present the results of using the Open Safari case for teaching in the Accounting Sciences course of a Brazilian public university, and obtain evidence regarding its effectiveness in developing the skills and competencies needed for learning and applying International Financial Reporting Standards (IFRS), by analyzing the results in light of the Bloom Taxonomy. The use of cases for teaching has been shown to be an efficient mechanism for developing and improving skills and competencies, and IFRS Education considers the method conducive to teaching based on the Conceptual Framework of the International Accounting Standards Board (IASB). The research was carried out with the participation of 159 students enrolled in the Accounting Theory (AT) discipline in 2013 and 2014. In addition, five focus groups were formed, with an average of eight students each. The results of the research suggest that in the students’ perception the Open Safari case helps in developing skills and competencies, especially those related to exercising judgment and accounting choices associated with IFRS and the critical ability to consider different possibilities, which is a typical scenario in the corporate environment. The skills indicated as being the most improved are linked to the ability to consider more than one solution for real problems, to interpreting scenarios, to consolidating various contents of the discipline and the course, to associating these with practice, and developing critical thinking and an individual responsibility for one’s own learning. The case was even shown to be efficient in accessing more sophisticated levels of the Cognitive Domain of acquisition and consolidation of knowledge of the Bloom Taxonomy. This study contributes by reinforcing the idea that the Open Safari case fulfills the aims of IFRS Education for the Framework-Based Approach to Teaching.<hr/>RESUMO Esta pesquisa tem por objetivo apresentar os resultados do uso do caso para ensino nominado Open Safari no curso de Ciências Contábeis de uma universidade pública brasileira, com o fim de obter evidências quanto à sua eficácia no desenvolvimento de habilidades e competências imprescindíveis à aprendizagem e ao emprego das International Financial Reporting Standards (IFRS), analisando os resultados à luz da Taxonomia de Bloom. O uso de casos para ensino tem se mostrado um mecanismo eficiente para desenvolvimento e aprimoramento de habilidades e competências, e o IFRS Education considera o método propício a esse intento no ensino com base na Estrutura Conceitual do International Accounting Standard Board (IASB). O levantamento empreendeu-se com a participação de 159 estudantes matriculados na disciplina Teoria da Contabilidade (TC) em 2013 e 2014. Além disso, constituíram-se cinco grupos focais, com a média de oito estudantes cada. Os resultados da pesquisa sugerem que, na percepção dos estudantes, o caso Open Safari auxilia no desenvolvimento de habilidades e competências, principalmente aquelas relacionadas ao exercício de julgamentos e escolhas contábeis, próprios às IFRS e à capacidade crítica de considerar diversas possibilidades, cenário típico do ambiente empresarial. As habilidades apontadas como as mais aprimoradas estão ligadas à capacidade de considerar mais de uma solução para os problemas reais, à interpretação de cenários, à consolidação de vários conteúdos da disciplina e do curso e à associação com a prática e desenvolvimento de senso crítico e de responsabilidade individual pelo próprio aprendizado. O caso mostrou-se até mesmo eficiente no acesso aos níveis mais sofisticados do Domínio Cognitivo de aquisição e consolidação de conhecimento da Taxonomia de Bloom. Este estudo contribui reforçando que o caso Open Safari cumpre com os objetivos da IFRS Education para o Ensino Embasado na Estrutura Conceitual. <![CDATA[Private pension funds: passivity at active fund prices]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100148&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT From 2005 to 2015, the total assets managed by open private pension funds increased more than six times in Brazil, where the Free Benefit Generating Plan (PGBL) and the Free Benefit Generating Life (VGBL) represent 90% of these assets. However, private pension institutions are characterized by the collection of high management fees, thus keeping for themselves much of the benefits offered by the government as incentive for investment in this modality. High management fees are justified only when there is active management of these funds, theoretically generating higher performance: this study indicates that this is not the case in this market segment. Similar problems have been faced in other countries, such as the United Kingdom, Denmark, and Sweden, which filed investigation concerning funds that charge high management fees for active management, while they actually provide management that may be regarded as passive. This demonstrates the scale and relevance of this issue, which has been surveyed and addressed by this study. To do this, dynamic style analysis was performed, through rolling regressions, followed by Kalman filter analysis in funds from the top-five private pension institutions in Brazil. Analyzing the exposure evolution of these funds to various asset classes and the R2 generated, passivity traces were found, mainly in composite variable income funds. Such funds are precisely those that should be more actively managed, as they charge the highest management fees. This article also demonstrates it is possible to build a passive portfolio, having a very similar style and returns without statistically significant differences, but at a lower management fee (and aligned with passive funds).<hr/>RESUMO De 2005 a 2015, o total de ativos geridos por fundos de previdência privada aberta no Brasil mais do que sextuplicou, com o Plano Gerador de Benefícios Livres (PGBL) e o Vida Gerador de Benefícios Livres (VGBL) representando 90% desses ativos. Entretanto, as instituições de previdência privada têm como característica a cobrança de elevadas taxas de administração, ficando, assim, com boa parte dos benefícios oferecidos pelo governo como incentivo para os investimentos nessa modalidade. Altas taxas de administração são justificáveis quando há uma gestão ativa desses fundos, gerando, em tese, uma performance superior: este estudo indica que não é isso que ocorre nesse segmento de mercado. Problemas semelhantes têm sido enfrentados em outros países, como Reino Unido, Dinamarca e Suécia, nos quais se abriu investigação a respeito de fundos que cobram altas taxas de administração por uma gestão ativa enquanto proporcionam, na realidade, uma gestão que pode ser considerada passiva. Isso demonstra o tamanho e a relevância desse problema, que foi levantado e abordado por este estudo. Para tanto, recorreu-se à análise dinâmica de estilos, via janelas móveis, seguida da análise via filtro de Kalman em fundos das cinco principais instituições de previdência privada do Brasil. A partir da análise da evolução das exposições desses fundos às diferentes classes de ativos e dos R2 gerados, encontraram-se indícios de passividade, principalmente nos fundos compostos com renda variável. Tais fundos são justamente os que deveriam ter gestão mais ativa, pois cobram as maiores taxas de administração. Este artigo também demonstra que é possível construir uma carteira passiva, com estilo muito semelhante e retornos sem diferenças estatisticamente significativas, mas com taxa de administração mais baixa (e alinhada com fundos passivos). <![CDATA[Editorial information 2017]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-70772018000100164&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT From 2005 to 2015, the total assets managed by open private pension funds increased more than six times in Brazil, where the Free Benefit Generating Plan (PGBL) and the Free Benefit Generating Life (VGBL) represent 90% of these assets. However, private pension institutions are characterized by the collection of high management fees, thus keeping for themselves much of the benefits offered by the government as incentive for investment in this modality. High management fees are justified only when there is active management of these funds, theoretically generating higher performance: this study indicates that this is not the case in this market segment. Similar problems have been faced in other countries, such as the United Kingdom, Denmark, and Sweden, which filed investigation concerning funds that charge high management fees for active management, while they actually provide management that may be regarded as passive. This demonstrates the scale and relevance of this issue, which has been surveyed and addressed by this study. To do this, dynamic style analysis was performed, through rolling regressions, followed by Kalman filter analysis in funds from the top-five private pension institutions in Brazil. Analyzing the exposure evolution of these funds to various asset classes and the R2 generated, passivity traces were found, mainly in composite variable income funds. Such funds are precisely those that should be more actively managed, as they charge the highest management fees. This article also demonstrates it is possible to build a passive portfolio, having a very similar style and returns without statistically significant differences, but at a lower management fee (and aligned with passive funds).<hr/>RESUMO De 2005 a 2015, o total de ativos geridos por fundos de previdência privada aberta no Brasil mais do que sextuplicou, com o Plano Gerador de Benefícios Livres (PGBL) e o Vida Gerador de Benefícios Livres (VGBL) representando 90% desses ativos. Entretanto, as instituições de previdência privada têm como característica a cobrança de elevadas taxas de administração, ficando, assim, com boa parte dos benefícios oferecidos pelo governo como incentivo para os investimentos nessa modalidade. Altas taxas de administração são justificáveis quando há uma gestão ativa desses fundos, gerando, em tese, uma performance superior: este estudo indica que não é isso que ocorre nesse segmento de mercado. Problemas semelhantes têm sido enfrentados em outros países, como Reino Unido, Dinamarca e Suécia, nos quais se abriu investigação a respeito de fundos que cobram altas taxas de administração por uma gestão ativa enquanto proporcionam, na realidade, uma gestão que pode ser considerada passiva. Isso demonstra o tamanho e a relevância desse problema, que foi levantado e abordado por este estudo. Para tanto, recorreu-se à análise dinâmica de estilos, via janelas móveis, seguida da análise via filtro de Kalman em fundos das cinco principais instituições de previdência privada do Brasil. A partir da análise da evolução das exposições desses fundos às diferentes classes de ativos e dos R2 gerados, encontraram-se indícios de passividade, principalmente nos fundos compostos com renda variável. Tais fundos são justamente os que deveriam ter gestão mais ativa, pois cobram as maiores taxas de administração. Este artigo também demonstra que é possível construir uma carteira passiva, com estilo muito semelhante e retornos sem diferenças estatisticamente significativas, mas com taxa de administração mais baixa (e alinhada com fundos passivos).