Scielo RSS <![CDATA[Biota Neotropica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1676-060320150003&lang=pt vol. 15 num. 3 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Anuros da região do Médio Rio Jaguaribe, estado do Ceará, Nordeste do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032015000300201&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The Middle Jaguaribe River region is a poorly sampled area in the Caatingas domain, located in the eastern Ceará State, northeastern Brazil. The Brazilian government agencies considered this region as a priority area for conservation and inventories. In order to fill this biodiversity knowledge gap, we conducted a ten-day rapid inventory of the anuran fauna from April 11 to 20, 2014, surveying different physiognomies of the region. We recorded 19 anuran species belonging to five families: Bufonidae (2), Hylidae (5), Leptodactylidae (9), Microhylidae (2) and Odontophrynidae (1). Most inventories of Caatinga amphibians published to date have been conducted inside protected areas and/or of high altitude (mesic areas known as "brejos de altitude"). The list we present herein contributes to the knowledge of lowland Caatinga sites outside protected areas. We discuss our results in light of taxonomic and geographic features of the anurans sampled.<hr/>A Região do Médio Rio Jaguaribe é uma área pobremente amostrada no domínio das Caatingas, localizada no leste do Estado do Ceará, Nordeste do Brasil. O Ministério do Meio Ambiente considera esta região como uma área prioritária para conservação e realização de inventários. Com o objetivo de preencher esta lacuna do conhecimento sobre a biodiversidade, nós conduzimos um inventário rápido da anurofauna de dez dias de 11 a 20 de Abril de 2014, amostrando diferentes fisionomias da região. Nós registramos 19 espécies de anfíbios anuros pertencentes a cinco famílias: Bufonidae (2), Hylidae (5), Leptodactylidae (9), Microhylidae (2) e Odontophrynidae (1). A maioria dos inventários de anfíbios na Caatinga publicados até o presente momento foram conduzidos em áreas de proteção e/ou de áreas de altitude (áreas mésicas conhecidas como “Brejos de Altitude”). A presente lista contribui para o conhecimento de áreas de baixada da Caatinga fora das áreas protegidas. Nós discutimos os resultados è luz de características taxonômicas e biogeográficas dos anuros amostrados.