Scielo RSS <![CDATA[Biota Neotropica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1676-060320140004&lang=pt vol. 14 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[O conhecimento etnoecológico dos pescadores de três lagoas costeiras do norte do Estado do Rio de Janeiro, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032014000400101&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The current study investigated the ethnoecological knowledge developed by fishermen through their fishing activities and searched for ways to match such knowledge to empirical data available in the scientific literature. The research involved fishermen from three coastal lagoons in the northern region of the State of Rio de Janeiro, Brazil, who were consulted through semi-structured interviews after the establishment of a trustful relationship over a period of three years with the interviewer. Their knowledge, in addition to its cultural and historical importance to these populations’ survival, in many ways matches scientific studies based on an ethnoecological approach. Their knowledge considers reproductive aspects, feeding habits, and migratory fishing as well as the consequences and the importance of sandbar openings to estuarine-dependent species and the understanding of the consequences of sandbar openings to lagoon trophic state and other organisms’ control (such as macrophytes). This set of data can contribute to the construction of plans for managing these ecosystems, in which fishermen may have a more important role than at present.<hr/>O presente estudo investigou o conhecimento etnoecológico desenvolvido pelos pescadores no exercício da atividade da pesca, além disso, investigou maneiras de agregar esse conhecimento aos dados disponíveis na literatura científica. A pesquisa envolveu pescadores de três lagoas costeiras na região norte do Estado do Rio de Janeiro, Brasil, os quais foram consultados por meio de entrevistas semiestruturadas após o estabelecimento de uma relação de confiança construida ao longo de três anos. Foi observado que o conhecimento dos pescadores, além de sua importância histórica e cultural para a sobrevivência dessas populações, em muitos aspectos, é compatível com os estudos científicos baseados em uma abordagem etnoecológica. Esse conhecimento se refere aos aspectos reprodutivos, hábitos alimentares, pesca migratória, bem como as conseqüências de aberturas de barra das lagoas para as espécies de estuarino dependentes e seus efeitos no estado trófico e no controle das macrófitas aquáticas. Este conjunto de dados pode contribuir para a construção de uma proposta de manejo para esses ecossistemas, no qual os pescadores possam ter um papel mais relevante do que se apresenta atualmente.