Scielo RSS <![CDATA[Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1676-244420120005&lang=pt vol. 48 num. 5 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>As interferências e as limitações metodológicas na dosagem da hemoglobina glicada (A1C)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<b><i>In Memoriam</i> Dr.</b><b> João Antônio Vozza</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<b>Suscetibilidade a antifúngicos <i>in vitro</i> de <i>Candida spp.</i> em pacientes do Hospital Universitário Regional de Maringá-PR</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: No ambiente hospitalar, são frequentes as infecções por leveduras do gênero Candida spp., o que torna esse assunto um importante alvo de estudos. OBJETIVO: Avaliar o perfil de suscetibilidade aos antifúngicos de espécies de Candida de pacientes internados no Hospital Universitário Regional de Maringá-PR (HURM). MATERIAL E MÉTODOS: As amostras foram submetidas ao teste de microdiluição em caldo (MD), segundo o documento M27-A3 para determinação da concentração inibitória mínima (CIM), e ao teste de difusão em disco de acordo com o documento M44-A2, ambos do Clinical Laboratory Standarts Institute (CLSI). RESULTADOS E DISCUSSÃO: Foram obtidos 91 isolados provenientes de amostras de urina, hemocultura, ponta de cateter, secreção orotraqueal, entre outros, sendo 38 Candida albicans, 23 C. tropicalis, 16 C. gabrata, 10 C. parapsilosis e quatro C. krusei. Dos antifúngicos testados, anfotericina B, voriconazol e anidulafungina foram os mais eficazes. CONCLUSÃO: A comparação entre as metodologias de microdiluição em caldo e disco difusão (DD) mostrou boa correlação para fluconazol para a maioria das espécies de Candida spp., sendo possível destacar que a DD é útil para triagem dos principais antifúngicos usados na prática clínica. No entanto, casos de resistência detectados por DD devem ser confirmados por meio do método de MD, evitando, assim, resultados falsos resistentes, melhorando a eficácia e a segurança do tratamento.<hr/>INTRODUCTION: Due to the ubiquity of nosocomial yeast infections of the genus Candida spp., studies in this area have become increasingly relevant. OBJECTIVE: To evaluate the antifungal Candida spp. susceptibility profile of hospitalized patients from the Regional University Hospital of Maringá-PR (HURM). MATERIAL AND METHODS: The samples were submitted to broth microdilution test (MD) according to protocol M27-A3 in order to determine the minimum inhibitory concentration (MIC) and disk diffusion test according to protocol M44-A2, both from Clinical Laboratory Standards Institute (CLSI). RESULTS AND DISCUSSION: We obtained 91 isolates from urine samples, blood culture, catheter tip, endotracheal secretions, among others, from which 38 were Candida albicans, 23 were C. tropicalis, 16 were C. gabrata, 10 were C. parapsilosis, and four were C. krusei. Among the tested antifungal medications, amphotericin B, voriconazole and anidulafungin proved to be the most effective. CONCLUSION: In the comparison between broth microdilution and disk diffusion (DD) methods, fluconazole showed good correlation for most Candida spp., which corroborates the usefulness of DD in the screening of main antifungal agents used in clinical practice. Nonetheless, cases of resistance detected by DD need to be confirmed by MD method, which avoids false-resistant results and maximizes the treatment efficacy and reliability. <![CDATA[<b>Prevalência de <i>Chlamydia trachomathis</i> em amostras endocervicais de mulheres em São Paulo e Santa Catarina pela PCR</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: Nenhuma outra doença sexualmente transmissível (DST) tem mostrado frequência tão elevada quanto a infecção por Chlamydia trachomatis (CT). É frequente a detecção de mulheres portadoras de danos tubários causados por esse agente, determinando infertilidade permanente e as intervenções cirúrgicas não têm demonstrado sucesso em reparar esses danos. A reação em cadeia da polimerase (PCR) se mostrou mais sensível do que a cultura para a identificação de CT, principalmente em cervicite clamidiana nas mulheres. A PCR promove a detecção de sequências específicas de nucleotídeos para a CT. OBJETIVO: Analisar a prevalência de infecções causadas pela CT em mulheres nos estados de São Paulo e Santa Catarina utilizando amostras endocervicais. MATERIAIS E MÉTODOS Utilizaram-se para o presente trabalho amostras enviadas pelos laboratórios conveniados ao Genolab, pertencentes aos estados de São Paulo e de Santa Catarina. Foram consultados os resultados dos laudos de exames para CT oriundos do banco de dados do Genolab no ano de 2010. Para a obtenção e o isolamento do ácido desoxirribonucleico (DNA), utilizou-se a técnica de fenol-clorofórmio e para a amplificação do material genético, a técnica de PCR. RESULTADOS: Obteve-se uma amostra de 287 indivíduos, e desse total 56,45% das mulheres eram positivas. A amostra que obteve o maior número de positivos foi o swab endocervical, com 75%. CONCLUSÃO: As amostras biológicas provenientes do endocérvix apresentaram detecção eficiente da CT na população feminina. A alta prevalência salienta a importância no emprego do diagnóstico molecular, principalmente por este trabalho apontar esse aspecto.<hr/>INTRODUCTION: No other sexually transmitted disease (STD) has been as frequent as Chlamydia trachomatis (CT) infection. Tubal damage caused by this agent has been frequently detected among women. This infection causes permanent infertility. Furthermore, surgical interventions have not demonstrated success in repairing tubal damage. The polymerase chain reaction (PCR) has proved to be more sensitive than culture to the identification of CT mainly in women with chlamydial cervicitis.PCR promotes the detection of specific nucleotide sequences in CT. OBJECTIVE: To analyze the prevalence of infections caused by CT in women in São Paulo and Santa Catarina states by use of endocervical samples. MATERIAL AND METHODS: In this study we used samples from laboratories in São Paulo and Santa Catarina states, which are associated with Genolab. CT examination result reports from 2010 obtained from Genolab database were analyzed. The phenol-chloroform protocol was used to obtain and isolate deoxyribonucleic acid (DNA) and the (PCR) method was used to amplify genetic material. RESULTS: We obtained a sample of 287 individuals, of which 56.45% were positive. Endocervical swab samples showed the highest positive results (75%). CONCLUSION: Endocervical samples constituted an accurate detection of CT. The high prevalence emphasizes the importance of molecular diagnosis, which is also corroborated by this study. <![CDATA[<b>Determinação de 25-hidroxivitamina D2 e D3 em plasma por CLAE-DAD</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: O interesse pela vitamina D nos últimos anos teve aumento significativo. Estudos epidemiológicos realizados têm demonstrado um crescente aumento da deficiência de vitamina D entre a população. O marcador diagnóstico de escolha para determinar os níveis de vitamina D é a concentração de 25-hidroxivitamina D (25(OH)D), com suas frações D2 (25(OH)D2) e D3 (25(OH)D3). OBJETIVO: Desenvolver uma metodologia analítica empregando cromatografia líquida de alta eficiência com detector de arranjo de diodos (CLAE-DAD) para a determinação de 25(OH)D3 e 25(OH)D2 em plasma. MATERIAIS E MÉTODOS: 25(OH)D3 e 25(OH)D2 foram extraídos das amostras de plasma com hexano, utilizando-se dodecafenona como padrão interno (PI). Utilizou-se coluna analítica ACE 5 C18 com partículas de 5 µm e dimensões de 150 × 4,6 mm, fase móvel metanol-água (80:20; v/v) e quantificação em 265 nm. RESULTADOS: A exatidão foi entre 98,4 e 107,5%. A precisão intraensaios esteve entre 6,5% e 9,2% para 25(OH)D3 e entre 3,7% e 8,7% para 25(OH)D2. A precisão interensaios esteve entre 2,9% e 6% para 25(OH)D3 e entre 4% e 4,5% para 25(OH)D2. O limite inferior de quantificação foi 10 ng/ml. As concentrações encontradas em amostras de 32 pacientes idosos estiveram entre 10,1 e 32,4 ng/ml, caracterizando deficiência de vitamina D nesse grupo. DISCUSSÃO O método foi capaz de quantificar 25(OH)D2 e 25(OH)D3 com uma preparação de amostra relativamente simples e rápida. O método foi seletivo, com separação adequada dos metabólitos e do padrão interno e sem presença de interferentes. CONCLUSÃO: O método desenvolvido apresenta desempenho analítico adequado e pode ser aplicado em condições clínicas.<hr/>INTRODUCTION: The interest in vitamin D has increased significantly in recent years. Epidemiological studies conducted over the past 25 years have shown a steady increase in vitamin D deficiency. The diagnostic marker of choice to determine vitamin D levels is the concentration of 25-hidroxy-vitamin D (25(OH)D) in the fractions D2 (25(OH)D2) and D3 (25(OH)D3). OBJECTIVE: To develop an analytical method using high-performance liquid chromatography with diode-array detection (HPLC-DAD) for the determination of 25(OH)D2 and 25(OH)D3 in plasma. MATERIALS AND METHODS: 25(OH)D3 and 25(OH)D2 were extracted from plasma samples with hexane and dodecaphenone was used as internal standard. The separation was performed in an ACE 5 C18 column, with particle size of 5 µm (4,6 × 150 mm), mobile phase methanol-water (80:20, v/v) and quantification at 265 nm. RESULTS: Accuracy was in the range of 98.4 to 107.5%. Intra-assay precision was between 6.5 and 9.2% for 25(OH)D3 and 3.7 and 8.7 for 25(OH)D2. Inter-assay precision was between 2.9 and 6% for 25(OH)D3 and 4 and 4.5 for 25(OH)D2. The limit of quantification was 10 ng/l. Concentrations of 25(OH)D3 in samples from 32 elderly patients were between 10.1 and 32.4 ng/ml, characterizing vitamin D deficiency in this group. DISCUSSION: The method allowed the quantification of 25(OH)D2 and 25(OH)D3. Furthermore, the sample preparation was relatively simple and fast. The method was selective with an adequate separation of metabolites and internal standard with no interfering substances. CONCLUSION: Not only did the developed method show suitable analytical performance, but it may also be applied in clinical conditions. <![CDATA[<b>Determinação de HbA1c por CLAE</b>: <b>interferência de variantes de hemoglobinas S e C e alta concentração de HbF</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: O diabetes mellitus (DM) é considerado um problema importante de saúde pública; possui prevalência elevada e nos últimos anos observa-se aumento progressivo na sua incidência. OBJETIVO: verificar possíveis variações na concentração de hemoglobina (Hb) glicada (HbA1c) na presença de Hbs S e C e avaliar o impacto da redução da HbA1c na avaliação clínica e no monitoramento do paciente diabético. MATERIAL E MÉTODOS: Foram incluídos no estudo, 150 indivíduos diabéticos oriundos da cidade de Salvador, Bahia, de ambos os gêneros, com idade média de 56 anos. Foram determinadas a glicemia de jejum e a HbA1c por metodologia de oxidase-peroxidase e cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), respectivamente. RESULTADOS: Foram observadas variações na concentração da HbA1c em função da presença de variantes de Hb, como 7,85%, AA; 7,30%, AS e 7,15%, AC. DISCUSSÃO E CONCLUSÃO: A metodologia analítica a ser utilizada para determinação de HbA1c deve ser escolhida com base nas características gerais da população atendida e nas comorbidades associadas, pois a presença de Hbs S e C ocasiona reduções significativas de glicação. Essa redução pode levar a interpretações clínicas inadequadas relativas ao controle glicêmico dos pacientes.<hr/>INTRODUCTION: Diabetes mellitus (DM) is considered an important public health problem. It is highly prevalent and its incidence has progressively increased in recent years. OBJECTIVE: To verify possible variations of glycated hemoglobin (HbA1c) concentration in the presence of Hb S and Hb C and to evaluate the impact of HbA1c reduction on clinical evaluation and monitoring of diabetic patients. MATERIAL AND METHODS: This study comprised 150 diabetic individuals from Salvador city, Bahia, from both genders and average age of 56 years old. Fast blood glucose and HbA1c were determined by oxidase-peroxidase and high-performance liquid chromatography (HPLC) methods, respectively. RESULTS: There were variations in the concentration of HbA1c in the presence of hemoglobin variants such as AA (7.85%), AS (7.30%), and AC (7.15%). DISCUSSION AND CONCLUSION: The analytical method used to determine HbA1c needs to be chosen according to the general population characteristics and associated comorbidities, since the presence of hemoglobin S and C causes significant reductions in hemoglobin glycation, which may lead to clinical misinterpretation of patients' glycemic control. <![CDATA[<b>Diagnóstico laboratorial da neurocisticercose</b>: <b>revisão e perspectivas</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A neurocisticercose é causada por Cysticercus cellulose, a forma larval de Taenia solium, quando este se aloja no sistema nervoso central. O seu diagnóstico é realizado com base em dados clínicos, epidemiológicos, demonstração do agente etiológico pelas técnicas de imagem e testes laboratoriais. No presente estudo, apresentamos uma revisão do diagnóstico laboratorial, com ênfase no desempenho dos testes para pesquisa de anticorpos específicos e detecção de antígenos circulantes, utilização de antígeno homólogo ou heterólogo, nativo e recombinante, bem como a aplicação de métodos moleculares.<hr/>Neurocysticercosis is caused by Cysticercus cellulosae, the larval form of Taenia solium, when it lodges in the central nervous system. The diagnosis of neurocysticercosis is based on clinical and epidemiological data, neuroimaging findings of etiological agent and serologic test results. Herein we present a review of clinical diagnosis, emphasizing test performance for specific antibody and antigen detection, the use of homologous or heterologous antigen, native and recombinant antigens as well as the application of molecular methods. <![CDATA[<b>Adenocarcinoma de úraco</b>: <b>relato de dois casos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O adenocarcinoma de úraco é uma neoplasia incomum associada a prognóstico reservado. Realiza-se estudo clínico e anatomopatológico de dois casos de adenocarcinoma de úraco: um homem de 63 anos de idade que apresentou recidiva tumoral após cistectomia parcial aberta e evolução desfavorável; e uma mulher de 55 anos, submetida à cistectomia parcial videolaparoscópica, que se encontra em seguimento livre de recidiva.<hr/>Urachal adenocarcinoma is an uncommon neoplasm associated with poor prognosis. A clinical and pathological study of two cases of urachal adenocarcinoma is presented: a 63-year-old man with tumoral recurrence after open partial cystectomy and unfavorable evolution; a 55-year-old woman who underwent laparoscopic partial cystectomy without recurrence in the follow up. <![CDATA[<b>Expressão de CDX2 e mucinas (MUC1, MUC2, MUC5AC e MUC6) em esôfago de Barrett antes e após fundoplicatura de Nissen</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: O esôfago de Barrett (EB) corresponde à substituição do epitélio escamoso por um do tipo intestinal, em resposta ao refluxo crônico nos pacientes com doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). É um importante precursor do adenocarcinoma esofágico. A fundoplicatura de Nissen (FN) é uma cirurgia antirrefluxo que visa a reduzir a agressão à mucosa esofágica. Alterações no padrão de expressão imuno-histoquímica de mucinas e de CDX2 no EB antes e depois da FN podem ser úteis na identificação de um padrão de expressão desses marcadores e, eventualmente, na identificação de casos com risco de evolução para malignidade. OBJETIVOS: Avaliar e comparar a imunoexpressão de CDX2 e mucinas no EB de pacientes com DRGE submetidos à FN antes e após a cirurgia. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 25 pacientes com diagnóstico de DRGE e EB submetidos à FN, acompanhados por, pelo menos, três anos. Foram feitos análise histológica e estudo imuno-histoquímico das biópsias endoscópicas antes e após a cirurgia, comparando-se a inflamação e a imunoexpressão de MUC1, MUC2, MUC5AC, MUC6 e CDX2. Estimou-se a porcentagem de células com expressão para os marcadores estudados na mucosa de Barrett: 0%-25%, 25%-75% e 75%-100% das células positivas. Foram utilizados os testes de McNemar e Stuart-William e adotou-se o nível de 5% de significância estatística. RESULTADOS E CONCLUSÃO: Não houve diferenças significativas quanto a presença ou intensidade de inflamação, nem da imunoexpressão de mucinas e CDX2 no EB antes e após a FN. O tratamento cirúrgico não influenciou a mudança da expressão dessas glicoproteínas no EB.<hr/>INTRODUCTION: Barrett´s esophagus (BE) is characterized by the exchange of esophageal squamous epithelium for intestinal type in response to chronic reflux in patients with gastroesophageal reflux disease (GERD).It is an important precursor of esophageal adenocarcinoma. Nissen fundoplication (NF) is an antireflux surgery which aims to reduce esophageal mucosa inflammation. Changes in the immunohistochemical expression patterns of mucins (MUC1, MUC2, MUC5AC and MUC6) and CDX2 in BE before and after NF may be useful to identify the expression patterns of these markers and, possibly, to detect cases with risks of malignancy. OBJECTIVES: To investigate and compare mucin and CDX2 immunoexpression in BE patients with GERD before and after NF. MATERIAL AND METHODS: This retrospective study comprised 25 patients with GERD and BE who had been submitted to NF. The patients had a 3-year minimum follow up. Histological and immunohistochemical analyses of endoscopic biopsies were performed before and after the surgery, comparing inflammation and MUC1, MUC2, MUC5AC, MUC6 and CDX2 immunoexpression. The percentage of Barrett mucosa cells with expression to the studied markers was estimated at 0%-25%, 25%-75% and 75%-100%. McNemar and Stuart-William tests were used and the significance level of <0.05 was applied. RESULTS AND CONCLUSION: Concerning the presence or the intensity of inflammation and mucin and CDX2 expression in BE, there were no significant differences before and after NF. The surgical procedure did not promote any changes in the expression of these glycoproteins in BE. <![CDATA[<b>Exame intraoperatório por congelação na avaliação do linfonodo sentinela axilar no câncer de mama</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: O exame intraoperatório por congelação tornou-se um procedimento de rotina na avaliação do linfonodo sentinela axilar no câncer de mama. OBJETIVOS: Avaliar a acurácia e a sensibilidade do FS na detecção de metástases em linfonodo sentinela axilar e investigar o valor preditivo para metástases de variáveis, como idade dos pacientes, estadiamento, tipo histológico, grau e expressão do receptor de estrogênio do tumor. MATERIAL E MÉTODOS: Foram analisados, retrospectivamente, os resultados de 177 procedimentos de congelação. A idade dos pacientes e as características dos tumores foram organizadas em um banco de dados e a relação com a presença de metástases foi analisada. RESULTADOS: Foram detectadas metástases em 22 (12%) casos. Todas as macrometastases e uma micrometastases foram detectadas pelo método de congelação. Micrometastases adicionais foram identificadas nas análises pós-operatórias, cinco por coloração com hematoxilina e eosina (H) e três por imuno-histoquímica. O método de congelação mostrou acurácia geral de 95%, sensibilidade de 64% e especificidade de 100%. Nenhuma associação significativa foi observada entre a presença de metástases e as variáveis analisadas. CONCLUSÃO: Nossos resultados mostram que o exame por congelação possui acurácia e sensibilidade elevadas para a detecção de macrometastases; no entanto, é pouco eficiente na identificação de micrometastases. O uso de imuno-histoquímica melhora a detecção de metástases na análise pós-operatória. A idade do paciente e as características do tumor, como estadiamento, tipo histológico, grau e a expressão do receptor de estrogênio têm de valor preditivo baixo para metástases nodais em câncer de mama.<hr/>INTRODUCTION: Intraoperative frozen section analysis has become a routine procedure to evaluate the status of axillary sentinel lymph nodes in breast cancer. OBJECTIVES: To evaluate the accuracy and sensitivity of FS in the detection of metastases in axillary sentinel lymph nodes and to investigate the predictive value of variables such as patients' age, tumor staging, histology, grade, and estrogen receptor expression. MATERIAL AND METHODS: We analyzed retrospectively the results of 177 FS procedures. The patients' age and tumor characteristics were organized in a database and the association with the presence of metastases was analyzed. RESULTS: Metastases were detected in 22 cases (12%). All macrometastases and one micrometastasis were detected by FS. Additional micrometastases were detected in post-operative analysis, from which five were determined by hematoxylin and eosin staining (H) and three by immunohistochemistry (IHC). FS diagnosis data proved to have an overall accuracy of 95%, sensitivity of 64%, and specificity of 100%. None of the analyzed variables showed significant association with lymph node metastases. CONCLUSION: Our results show that intraoperative FS is a highly accurate and sensitive method to detect macrometastases. However, it is inaccurate in the detection of micrometastases. The use of IHC improves the detection of micrometastases in postoperative analyses. The patient's age and tumor characteristics such as staging, histology, grade and estrogen receptor expression have low predictive value for lymph node metastasis in breast cancer. <![CDATA[<b>Expressão de MMPs, marcadores angiogênicos e proliferação celular em tumores odontogênicos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO E OBJETIVO: O conhecimento do comportamento biológico de lesões de natureza odontogênica é essencial para tornar a abordagem terapêutica adequada e estabelecer um prognóstico. A produção de metaloproteinases da matriz extracelular (MMPs), a angiogênese e a proliferação celular fornecem subsídios para o crescimento tumoral. O presente artigo tem como objetivo fazer uma revisão de literatura de pesquisas em tumores odontogênicos (TOs) selecionados a partir da nova classificação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2005 sobre a expressão de MMPs, marcadores angiogênicos e proliferação celular e verificar, nestes estudos, a relação desses marcadores quanto ao comportamento biológico dessas lesões. RESULTADOS: Nota-se que as MMPs -1, -2, -7, -9 e -26 encontram-se mais expressas no componente epitelial e estroma e, particularmente, a -13 em estroma. Uma maior angiogênese é observada em TOs mais agressivos. CD 105 foi mais expresso no TO ceratocístico (TOC) e CD34 em ameloblastomas sólidos (ASs). Relata-se elevada expressão do Ki-67 e p53 no TOC e no AS e baixo índice de proliferação celular no TO adenomatoide (TOA). CONCLUSÃO: Esses resultados mostram que as MMPs participam no processo de invasão e recorrência de algumas lesões odontogênicas, estando associadas ao comportamento biológico desses tumores. A angiogênese é fundamental para fornecer suporte à proliferação celular e esses dois eventos em conjunto estão correlacionados com diferentes níveis de comportamento biológico nos TOs, quando comparados com cistos de natureza odontogênica, o que pode sugerir o uso de inibidores angiogênicos como provável abordagem terapêutica nessas lesões.<hr/>INTRODUCTION AND OBJECTIVE: The study of biological behavior of odontogenic lesions is essential to the establishment of appropriate therapeutic approach and prognosis. The production of extracellular matrix metalloproteinases (MMPs), angiogenesis and cell proliferation contribute to tumor growth. This paper aims to review the literature on odontogenic tumors (OT) selected according to the new World Health Organization classification (WHO- 2005) by evaluating the expression of MMPs, angiogenic and cell proliferation. Furthermore, it aims to verify the relation between these markers and the biological behavior of these lesions. RESULTS: it was found that MMPs -1, -2, -7, -9 and -26 had a higher expression in both epithelial component and stroma, and 13 particularly in the stroma. Increased angiogenesis was observed in more aggressive OT. CD105 expression was higher in keratocystic odontogenic tumour (KOT) and CD34 in solid ameloblastomas (SA). It was observed a higher expression of Ki-67 and p53 in SA and KOT and a low cell proliferation rate in the adenomatoid odontogenic tumour (AOT). CONCLUSION: These results show that MMPs are involved in invasion and recurrence of some odontogenic lesions and are associated with the biological behavior of these tumors. Angiogenesis is critical to provide support to cell proliferation and these concomitant events are correlated with different levels of biological behavior in OT when compared to odontogenic cysts, hence the use of angiogenic inhibitors may be a potential therapeutic approach in these lesions. <![CDATA[<b>Dirofilariose humana em Joinville-SC</b>: <b>avaliação clinicopatológica dos primeiros casos relatados na região Sul</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-24442012000500012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: Dirofilariose é uma zoonose rara causada pelo gênero Dirofilaria e acomete principalmente os pulmões, sendo capaz de simular neoplasia pulmonar. Pouca informação está disponível na literatura sobre a ocorrência e a distribuição de dirofilariose humana na América do Sul. Até 2004, haviam sido descritos apenas 50 casos de dirofilariose humana pulmonar no Brasil, sendo 37 apenas em São Paulo. OBJETIVO: Comprovar a existência de dirofilariose na região de Joinville-SC. MATERIAIS E MÉTODOS: Revisão de arquivos de laboratórios de anatomia patológica da cidade à procura de casos com os termos granuloma parasitário, helminto, helmintíase, verme, Dirofilaria e dirofilariose. Foram incluídos na pesquisa casos que satisfizeram os critérios para dirofilariose, segundo literatura específica. Os prontuários foram revisados e as amostras reprocessadas e analisadas histologicamente por seis colorações diferentes. RESULTADOS: Encontrou-se um caso em globo ocular e sete casos pulmonares, sendo o lobo inferior a localização preferencial (cinco casos). A análise microscópica revelou, nos casos pulmonares, nódulo bem delimitado, frequentemente centrado em uma artéria, com reação granulomatosa e necrose associada à fibrose e infiltrado inflamatório mono e polimorfonuclear, sendo possível identificar segmentos do parasita degenerado, compatível com Dirofilaria immitis. DISCUSSÃO: Todos os parasitas encontrados apresentam características morfológicas idênticas às relatadas na literatura para Dirofilaria immitis. A presença de D. immitis no globo ocular, como observada em um dos pacientes na presente revisão, é rara. CONCLUSÃO: A ocorrência de dirofilariose humana foi confirmada em Joinville e região, sendo causada pela Dirofilaria immitis.<hr/>INTRODUCTION: Dirofilariasis is a rare zoonosis caused by Dirofilaria genus, which affects mainly the lungs and may be misdiagnosed as lung cancer. Little information is available regarding the occurrence and distribution of human dirofilariasis in South America. Only 50 cases of human pulmonary dirofilariasis were described in Brazil until 2004, of which 37 were located in São Paulo. OBJECTIVE: To prove the existence of dirofilariasis in Joinville, SC. MATERIAL AND METHODS: The records of anatomic pathology laboratories of the city were reviewed in search for cases with the terms parasitic granuloma, helminth, helminthiasis, worm, Dirofilaria and dirofilariasis. According to specific literature, the cases that met the criteria for dirofilariasis were included in the study. The medical records were reviewed and the samples reprocessed and histologically analyzed by six different stains. RESULTS: We found one ocular case and seven pulmonary cases. The lower lobe was the main location (five cases). In all pulmonary cases, microscopic analysis revealed well defined nodules, frequently centered in a pulmonary artery, with granulomatous reaction and necrosis associated with fibrosis and mono and polymorphonuclear inflammatory infiltrate. It was also possible to identify segments of the deteriorated worm consistent with Dirofilaria immitis. DISCUSSION: All parasites found in this study show morphological characteristics similar to those reported in the literature on Dirofilaria immitis. The presence of D. immitis in the eye, as reported in one of the patients from this review, is rare. CONCLUSION: The occurrence of human dirofilariasis was confirmed in Joinville and region and it was caused by Dirofilaria immitis.