Scielo RSS <![CDATA[Jornal Vascular Brasileiro]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1677-544920110004&lang=en vol. 10 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Sample size in clinical and experimental trials</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>The new age of endovascular surgery planning</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>The interface between images and stent grafts for the endovascular surgeon</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Is age group a predictive factor for satisfaction among patients undergoing sympathectomy to treat hyperhidrosis?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: Video-assisted thoracic sympathectomy is currently the procedure of choice for the definitive treatment of primary hyperhidrosis, because it is an effective, safe, and minimally invasive method. In the search for better quality of life indexes, all researchers look for predictive factors indicating better surgical outcomes. Failure in the primary treatment, postoperative compensatory hyperhidrosis, body mass index over 25, level of resection of the sympathetic chain, and extent of resection are some of the factors that may negatively influence the results. The objective of this study was to compare, according to the age group, the quality of life after bilateral thoracic sympathectomy for treatment of primary hyperhidrosis in a cohort of 1,644 patients. METHODS: From February 2000 to October 2008, data were collected from 1,644 patients with palmar (71%) or axillary (29%) hyperhidrosis who underwent video-assisted thoracic sympathectomy. The patients were divided into three groups according to their ages. The first group consisted of patients up to 17 years-old, the second from 18 to 30 years-old, and the third of over 30 years-old. All patients had a body mass index of less than 25. RESULTS: In the evaluation 30 days after surgery, improvement of the quality of life in the three groups was observed. There was no significant difference between the age groups. In the present study, 91.9% of the patients presented compensatory hyperhidrosis, with no difference between the age groups. CONCLUSIONS: Patients with primary hyperhidrosis experience quality of life improvement after thoracic sympathectomy regardless of their age.<hr/>OBJETIVO: A simpatectomia torácica por videotoracoscopia é atualmente o procedimento de escolha para o tratamento definitivo da hiper-hidrose palmar, pois é um método eficaz, seguro e minimamente invasivo. Na busca de melhores índices de qualidade de vida, os pesquisadores procuram por fatores preditivos de bom resultado cirúrgico. A falência do tratamento inicial, a hiper-hidrose compensatória, o índice de massa corpóreo acima de 25, o nível de ressecção ganglionar e a extensão da ressecção são alguns dos fatores que podem influenciar negativamente os resultados. O objetivo deste estudo foi comparar a qualidade de vida dos pacientes submetidos à simpatectomia torácica, de acordo com a faixa etária, numa coorte com 1.644 pacientes. MÉTODOS: De fevereiro de 2000 a outubro de 2008, foram colhidos dados de 1.644 pacientes portadores de hiper-hidrose palmar (71%) ou axilar (29%), submetidos à simpatectomia torácica por videotoracoscopia. Os pacientes foram divididos em três grupos de acordo com a idade. O primeiro grupo foi de pacientes com até 17 anos, o segundo de 18 a 30 anos, e o terceiro com pacientes com mais de 30 anos de idade. Todos os pacientes tinham índice de massa corpóreo menor que 25. RESULTADOS: Numa avaliação 30 dias após o procedimento, a melhora da qualidade de vida foi obtida nos três grupos. Não houve diferença estatística entre as diferentes faixas etárias. Neste estudo, 91,9% dos pacientes apresentaram algum grau de hiper-hidrose compensatória, novamente sem diferença entre os grupos. CONCLUSÕES: Pacientes portadores de hiper-hidrose primária apresentam melhora da qualidade de vida após o procedimento cirúrgico independentemente de sua idade. <![CDATA[<b>Effect of elastic stockings on biomarkers levels of muscle soreness in volleyball players after exercise</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Avaliar os níveis plasmáticos dos biomarcadores de lesão muscular, a saber, creatina quinase, lactato desidrogenase e mioglobina, em atletas profissionais de voleibol após exercícios musculares anaeróbicos, com e sem uso de meia elástica. MÉTODOS: Foram avaliadas dez jogadoras profissionais de voleibol, com idades entre 18 e 25 anos, utilizando ou não meia elástica (Sport Active®, Venosan, Abreu e Lima, Brasil), com compressão de 20 a 30 mmHg abaixo do joelho. As dosagens foram feitas em três momentos: M0, início da manhã, com as atletas em repouso sem uso de meia elástica; M1, início da manhã, após a realização de atividade física com uso de meia elástica; M2, sete dias depois, após a realização dos mesmos exercícios, porém sem uso de meia elástica. Aplicou-se a escala de Borg após cada série de atividade física para avaliação do esforço. RESULTADOS: Os valores médios obtidos para creatina quinase e lactato desidrogenase foram, respectivamente, de 117,7±40,2 e 134,2±11,3 U/L, em M0; 138,2±47,2 e 157,9±10,1 U/L, em M1; e 161,3±59,9 e 177,2±18,8 U/L, em M2. Os valores médios obtidos para mioglobina foram de 31,5±6,5; 34,9±5,6 e 38,6±12,6 µg/L nos momentos M0, M1 e M2, respectivamente. Houve diferenças estatisticamente significativas (Tukey) entre M1 e M2 para os valores de creatina quinase (p=0,0007) e lactato desidrogenase (p=0,000), mas não para os valores de mioglobina (p=0,1135). Os escores da escala de Borg em M1 e M2 foram, respectivamente, de 17,8 e 18,2, sem diferença estatisticamente significante entre eles (Wilcoxon). CONCLUSÃO: O uso da meia elástica foi associado a menores níveis plasmáticos dos biomarcadores de lesão muscular após exercício físico.<hr/>OBJECTIVE:To assess plasma levels of muscle soreness biomarkers, namely creatine kinase, lactate dehydrogenase, and myoglobin, in professional volleyball players following anaerobic exercise with and without the use of elastic stockings. METHODS: Ten female volleyball players aged 18 to 25 years-old were assessed with and without below-knee 20 to 30 mmHg compression stockings (Sport Active®, Venosan, Abreu e Lima, Brazil). Biomarker levels were assessed at three different moments: M0, early in the morning, with the athletes at rest, not using elastic stockings; M1, early in the morning, following a bout of exercise using elastic stockings; M2, seven days later, following the same bout of exercise, however not using elastic stockings. The Borg scale was used after each series of exercise to evaluate the physical effort. RESULTS: The means values obtained for creatine kinase and lactate dehydrogenase were, respectively, 117.7±40.2 and 134.2±11.3 U/L at M0; 138.2±47.2 and 157.9±10.1 U/L at M1; and 161.3±59.9 and 177.2±18.8 U/L at M2. The mean values obtained for myoglobin were 31.5±6.5; 34.9±5.6 and 38.6±12.6 µg/L at the moments M0, M1 and M2, respectively. Statistically significant differences were observed between M1 and M2 (Tukey) for creatine kinase (p=0.0007) and lactate dehydrogenase (p=0.000), but not for myoglobin (p=0.1135). Borg scale scores obtained at M1 and M2 were, respectively, 17.8 and 18.2, without statistically significant differences between them (Wilcoxon). CONCLUSION: The use of elastic stockings was associated with lower plasma levels of biomarkers of muscle injury after exercise. <![CDATA[<b>Levels of apolipoproteins as risk factors for coronary artery disease</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: The Saudi population is renowned for their unhealthy diet and physical inactivity. OBJECTIVE:To investigate apolipoproteins B (apo B), A-I (apo A-I) and B/A-I as risk factors that might be associated with increased incidence of the coronary artery disease. METHODS: Two hundred and twenty subjects suspected of having the coronary artery disease underwent coronary angiography and blood draw following a 12-hour fast. Apolipoproteins B and A-I were both measured by turbidimetric methods. RESULTS: One hundred and forty subjects were positive and 80 subjects were negative for the coronary artery disease. Both apolipoproteins were found to be statistically significant as risk factors for the coronary artery disease: apolipoprotein B (105.33±29.22 versus 94.56±24.35 mg/dL, p<0.003), apolipoprotein A-I (123.98±25.6 versus 133.5±24.1 mg/dL, p<0.004) and apolipoproteins B/A-I (0.88±0.28 versus 0.72±0.2, p<0.0001). CONCLUSIONS:Measurements of apolipoproteins B, A-I and calculation of apolipoproteins B/A-I ratio either instead of or in addition to the customary measurements of lipoprotein cholesterol may significantly add to predicting and assessing the coronary risk factors in the Saudi population.<hr/>INTRODUÇÃO: A população da Arábia Saudita é conhecida por sua dieta não-saudável e inatividade física. OBJETIVO: Investigar as apolipoproteínas B (apo B), AI (apo AI) e B/AI como fatores de risco que podem estar associados ao aumento da incidência da doença arterial coronariana. MÉTODOS: Duzentos e vinte pacientes com suspeita de doença art RESULTADOS: Cenerial coronariana foram submetidos à angiografia coronária e extração de sangue após jejum de 12 horas. As apolipoproteínas B e AI foram medidas por métodos turbidímetros.to e quarenta pacientes foram positivos e 80 foram negativos para a doença arterial coronariana. Ambas apolipoproteínas foram estatisticamente significativas como fatores de risco para doença arterial coronariana: apolipoproteínas B (105,33±29,22 versus 94,56±24,35 mg/dL, p<0,003), AI (123,98±25,6 versus 133,5±24,1, p<0,004) e B/A-I (0,88±0,28 versus 0,72±0,2, p<0,0001). CONCLUSÕES: As medidas das apolipoproteínas B, AI e o cálculo da relação B/AI tanto por ou em adição às medidas habituais de colesterol das lipoproteínas podem aumentar significativamente a previsão e avaliação dos fatores de risco coronariano na população saudita. <![CDATA[<b>Impact of socioeconomic markers in severity of lower extremity lymphedema</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400007&lng=en&nrm=iso&tlng=en No Brasil, a incidência do linfedema é pouco conhecida e poucas são as documentações científicas reportando a associação do linfedema com os fatores sociais e econômicos na nossa região. O objetivo do estudo foi analisar o impacto dos marcadores socioeconômicos na gravidade do linfedema das extremidades inferiores conforme a classificação de Mowlem, na região metropolitana de Salvador (BA). Dos 324 pacientes estudados, 200 (62%) eram do gênero feminino. A idade variou entre 14 e 69 anos, com mediana de 48 anos. Analisando comparativamente as variáveis: gravidade do linfedema versus grau de escolaridade e gravidade versus renda familiar, observou-se que 93,8% dos pacientes classificados como Mowlem III estavam incluídos no grupo dos pacientes sem escolaridade e/ou com renda familiar de até três salários-mínimos. Não houve registro de doença avançada em pacientes com renda familiar acima de sete salários-mínimos e/ou com terceiro grau completo.<hr/>In Brazil, the incidence of lymphedema is poorly known, and there is little scientific documentation reporting the association of lymphedema with the social and economic factors in our region. The objective was to analyze the impact of socioeconomic markers on the severity of lymphedema of the lower extremities according to the classification of Mowlem in the metropolitan region of Salvador (BA), Brazil. Of the 324 patients studied, 200 (62%) were female. The age ranged between 14 and 69 years, median 48 years. Comparatively analyzing the varying severity of lymphedema versus education level and severity versus family income, it showed that 93.8% of patients classified as Mowlem III were included in the group of patients without education and/or with income up to three minimum wages. There was no record of advanced disease in patients with family incomes greater than seven minimum wages and/or graduate. <![CDATA[<b>Financial implementation and the impact of vascular surgery task force, after the creation of the Strategic Actions and Compensation Fund (FAEC)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=en CONTEXTO: Apesar de reconhecer que o número apresentado pelo mutirão de cirurgias eletivas não refletisse inteiramente a realidade, foi significativa a implementação financeira do Ministério da Saúde do Brasil, bem como o aumento de cirurgias de varizes, após criação do Fundo de Ações Estratégias e Compensação (FAEC). OBJETIVO: Avaliar os resultados da aplicação do investimento financeiro do Ministério da Saúde no mutirão de cirurgias de varizes. MÉTODOS:Foi realizado um estudo transversal de natureza retrospectiva, utilizando informações do banco de dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Foram incluídas na pesquisa todas autorizações de internação hospitalar das cirurgias de varizes de membros inferiores pagas pelo Ministério da Saúde do Brasil, no período de janeiro de 1998 a dezembro de 2004. RESULTADOS: Em 1998, antes da implementação do mutirão de cirurgias eletivas foram realizadas 23.531 cirurgias de varizes e investidos R$ 5.819.033,27. Após a criação do FAEC, foram realizadas 457.026 cirurgias de varizes de membros inferiores, no período de 1999 a 2004, e foram investidos R$ 187.760.196,81 com média de R$ 31.293.336,13 por ano. CONCLUSÃO: O investimento feito pelo Ministério da Saúde durante o programa de mutirões de cirurgias eletivas pelo FAEC, proporcionou aumento significativo do número de cirurgias de varizes em todo Brasil.<hr/>BACKGROUND: In spite of the fact that the number of surgeries presented by the elective surgery task force did not entirely reflect the reality, it is possible to declare that the financial implementation of the Brazilian Ministry of Health has been significative, as well as the increasing number of varicose vein surgeries, especially after the creation of the Strategic Actions and Compensation Fund (FAEC). OBJECTIVE: To evaluate the application of financial investment in the Ministry of Health campaign for varicose vein surgery. METHODS: A transversal study of retrospective nature has been conducted, using information available at the Data Processing Department of the National Healthcare System database (DATASUS). All the authorization of hospital internment from the inferior member varicose vein surgeries, financed by the Brazilian Ministry of Health from January 1998 to December 2004, have been included in the research. RESULTS: In 1998, before the implementation of the elective surgery task force, 23,531 varicose vein surgeries have been performed, and R$ 5,819,033.27 invested. After the creation of the FAEC, 457,026 inferior member varicose vein surgeries have been performed from 1999 to 2004, and R$ 187,760,196.81 were invested with an average of R$ 31,293,336.13 per year. CONCLUSION: Thus, it is possible to conclude that the bigger investment from the Brazilian Ministry of Health, represented by the implementation of the elective surgery task forces by the FAEC, has been responsible for increasing the number of varicose vein surgeries all around Brazil. <![CDATA[<b>Mini moldable tunneler</b>: <b>a technical improvement for hemodialysis access</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400009&lng=en&nrm=iso&tlng=en CONTEXTO: A confecção de fístula para hemodiálise pode envolver a criação de túnel para a acomodação do enxerto - veia autóloga ou prótese sintética. O trajeto e a extensão dependem do local escolhido para a realização das anastomoses e posicionamento do trajeto do enxerto. Na atualidade, os tunelizadores utilizados são constituídos de estruturas cilíndricas metálicas rígidas, que tornam necessário o uso de múltiplos tamanhos e conformações. OBJETIVO: Testar a utilização de um único mini tunelizador universal metálico e moldável na cirurgia de confecção de fístula para hemodiálise. MÉTODOS: Trata-se de um estudo piloto. O tunelizador desenvolvido consiste de uma estrutura cilíndrica e modular composta de fio de aço inoxidável moldável interno, com manopla em extremidade proximal e dupla ponta cônica intercambiável em extremidade distal e bainha cilíndrica externa de polietileno. O tunelizador foi utilizado em dez cirurgias de confecção de fístulas para hemodiálise em membros superiores e inferiores, e o sucesso de sua aplicabilidade e a frequência de complicações precoces foram observados. RESULTADOS: Suas características de maleabilidade e conformibilidade permitiram a utilização do mesmo tunelizador nos diversos tipos de fístulas realizadas. A ponta cônica distal com duplo diâmetro, intercambiável, permitiu que o mesmo aparato fosse aplicado na utilização de veia autógena ou prótese sintética. Todas as cirurgias foram seguidas de sucesso e com baixos índices de complicações precoces. CONCLUSÃO: A versatilidade do mini tunelizador metálico maleável e moldável permitiu sua utilização em todas as fístulas realizadas, independentemente do sítio das anastomoses e o trajeto de acomodação escolhido, sem complicações e com excelente índice de perviedade. Os dados sugerem que o mini tunelizador metálico maleável moldável pode ser utilizado com segurança e vantagens nas cirurgias de confecção de fístula para hemodiálise. Sua versatilidade e baixo custo de produção podem levá-lo a substituir os tunelizadores rígidos utilizados na atualidade e apontam para estudos mais elaborados e com casuística adequada para avaliação do real valor do novo instrumento.<hr/>BACKGROUND: Hemodialysis access fistula may involve creation of a tunnel for the accommodation of autologous vein or synthetic graft. The route and extent depend on the location of the anastomosis and fistula body.Currently, the tunnelers used are rigid metallic cylindrical structures. Various sizes and conformations may be necessary. OBJECTIVE: Testing the use of a mini universal moldable tunnel maker in hemodialysis access fistula surgical creation. METHODS: This is a pilot study. The tunneler developed consists of a cylindrical structure composed of stainless steel wire with a handle at the proximal end and dual interchangeable conical tip at the distal end. It is covered with a cylindrical sheath of polyethylene. Its technical surgical application and complications were studied during ten hemodialysis fistula creation. RESULTS: Characteristics of flexibility and conformability made possible the same mini tunnel maker to be used in various types of fistulas performed. The tapered distal tip with double diameter, interchangeable head, allowed the same apparatus to be used in autogenos and graft fistulas surgical creation. CONCLUSION: The same mini malleable tunneler was used in all fistulas, regardless of the site of anastomosis and type of fistula performed without complications and with excellent patency rate. <![CDATA[<b>Aneurysm of saphenous vein graft after arterial reconstruction</b>: <b>case report</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400010&lng=en&nrm=iso&tlng=en A veia safena magna é usualmente utilizada como conduto em derivações vasculares. Sua degeneração e dilatação aneurismática são raras e têm causas desconhecidas. Este relato trata-se de um paciente masculino de 32 anos, hígido, que evolui, 19 anos depois de uma reconstrução arterial com enxerto venoso, com o aneurisma do enxerto. Foi tratado com substituição do mesmo por prótese de PTFE, evoluindo sem intercorrências. A microscopia mostrou área de dissecção da parede do enxerto com deposição de células espumosas.<hr/>The saphenous vein is usually used as a conduit in vascular bypass. Its degeneration and aneurysm are rare and have unknown causes. This report comes from a male patient 32 years old, healthy, evolving, 19 years later of an arterial reconstruction with venous graft with the aneurysm of this graft. He was treated with replacement of it by PTFE bypass, evolving without complications. Microscopy showed dissection area of the graft wall with deposition of foam cells. <![CDATA[<b>Idiopathic radial artery aneurysm</b>: <b>case report</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os aneurismas da artéria radial são extremamente raros. Em sua maioria, consistem de pseudoaneurismas pós-traumáticos. Os aneurismas da artéria radial verdadeiros podem ser idiopáticos, congênitos, pós-estenóticos ou associados a patologias, tais como vasculites e doenças do tecido conjuntivo. Foi relatado um caso de aneurisma idiopático de artéria radial em uma criança de três anos, que, após completa investigação diagnóstica complementar, foi submetida à ressecção cirúrgica.<hr/>Radial artery aneurysms are extremely rare. Post-traumatic pseudoaneurysms are the vast majority. True radial artery aneurysms can be idiopathic, congenital, poststenotic, or associated with some pathologies, such as vasculitis and conjunctive tissue diseases. We report a case of an idiopathic aneurysm of the radial artery in a three-year-old child who was submitted to surgical resection after a complete diagnostic approach. <![CDATA[<b>Severe ischemia of lower limbs due to arteritis caused by HIV infection</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=en A isquemia aguda de membros pode se manifestar, embora de forma incomum, como consequência à vasculite associada ao vírus da imunodeficiência humana (HIV). O presente caso descreve a evolução de uma paciente soropositiva para o HIV, que apresentou quadro de isquemia distal bilateral, com diminuição da temperatura de terço distal das pernas e pés, dor intensa, cianose fixa de pododátilos e ausência de pulsos distais. Submetida ao tratamento com terapia trombolítica, apresentou sinais de lesões decorrentes da isquemia e lesão tecidual de reperfusão com perda tecidual em regiões distais dos dedos, porém com melhora dos sinais e sintomas dos membros inferiores. Trata-se de um caso raro na literatura em função da associação da vasculite com o HIV e do acometimento dos vasos distais nos membros inferiores. Entretanto, o conhecimento desta associação é de extrema importância devido à repercussão na vida dos pacientes acometidos.<hr/>The acute limb ischemia may manifest itself, albeit unusual, as a consequence of vasculitis associated with human immunodeficiency virus (HIV). This case report described a patient seropositive for HIV who developed bilateral distal ischemia with temperature decrease of distal legs and feet, severe pain, cyanosis of fixed toes, and absence of distal pulses. She underwent treatment with thrombolytic therapy, showed signs of injury resulting from ischemia and reperfusion tissue injury with tissue loss in the distal regions of the fingers, but with improvement of the signs and symptoms of lower limbs. It is a rare case in literature due to the association of vasculitis with HIV and to the torment of distal vases of the lower limbs. Despite of that, the knowledge of the pathology is extremely important because of the repercussion in the patients' lives. <![CDATA[<b>Popliteal artery entrapment syndrome</b>: <b>case report</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400013&lng=en&nrm=iso&tlng=en A síndrome do aprisionamento da artéria poplítea caracteriza-se pela compressão desta artéria sendo a principal causa de claudicação intermitente em jovens. Homem, 18 anos, branco, apresentava parestesia, frialdade e palidez do pé direito, iniciada 24 horas após exercício físico. Em membro inferior direito, ausência de pulsos tibial posterior e dorsal do pé. À flexão dorsal e flexão plantar forçadas, houve diminuição dos pulsos tibial posterior e dorsal do pé à esquerda. Tratado cirurgicamente, o paciente apresentou pulso em ambas as artérias. A síndrome é mais frequente em homens e a prevalência varia entre 0,16 e 3,5%. O aprisionamento da artéria poplítea tipo III é mais comum. A falta de tratamento pode levar à embolia, trombose e aneurismas pós-estenóticos. Esta síndrome deve ser lembrada como causa de dor na perna, especialmente em homens jovens e de prática esportiva intensa.<hr/>Popliteal artery entrapment syndrome is the compression of the popliteal artery and is the main cause of intermittent claudication in young patients. An 18-year-old man was admitted at our service complaining of right foot paresthesia, coldness, and pallor that appeared 24 hours after physical activity. Posterior tibial and dorsal artery of foot pulses were not present in right lower limb. Diminished posterior tibial and dorsal artery of the foot pulses were found in left lower limb at dorsal flexion and forced plantar flexion. After surgery, both pulses were present. This syndrome is more frequent in men and its prevalence varies between 0.16 and 3.5%. Popliteal artery entrapment type III is most common. Non-treated entrapment can lead to embolism, thrombosis and post-stenotic aneurysms. The syndrome must be considered as a cause of lower limb pain specially in young men with intense sport practice history. <![CDATA[<b>Temporary carotid shunt embolism for popliteal artery</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O deslocamento de um shunt para um ramo arterial mais distal, percorrendo um longo trajeto, é uma complicação rara. A ultrassonografia vascular pode se apresentar como uma excelente modalidade diagnóstica para identificar o sítio de embolização de corpos estranhos intravasculares. Os autores relatam um caso raro de migração de um shunt temporário, implantado na carótida comum esquerda, para artéria poplítea esquerda. Descrevem, ainda, a utilização do ecocolor doppler arterial que, além de localizar o ponto de embolização, com uma dermatografia exata, foi fundamental para que a abordagem cirúrgica transcorresse com facilidade através de uma via de acesso restrita e precisa.<hr/>The displacement of a shunt to a more distal arterial branch, along a path, is a rare complication. Vascular ultrasound can be presented as an excellent diagnostic modality for identifying the site of embolization of intravascular foreign bodies. The authors report a rare case of temporary shunt migration, implanted in the left common carotid artery, to left popliteal artery. The authors also describe the use of arterial vascular ultrasound to find the point of embolization, with an exact dermatography, that was essential to an easily surgical approach through a restrict and precise access way. <![CDATA[<b>Femoral/axillary volume flow ratio as a new index for the assessment of iliac atherosclerosis</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400015&lng=en&nrm=iso&tlng=en O deslocamento de um shunt para um ramo arterial mais distal, percorrendo um longo trajeto, é uma complicação rara. A ultrassonografia vascular pode se apresentar como uma excelente modalidade diagnóstica para identificar o sítio de embolização de corpos estranhos intravasculares. Os autores relatam um caso raro de migração de um shunt temporário, implantado na carótida comum esquerda, para artéria poplítea esquerda. Descrevem, ainda, a utilização do ecocolor doppler arterial que, além de localizar o ponto de embolização, com uma dermatografia exata, foi fundamental para que a abordagem cirúrgica transcorresse com facilidade através de uma via de acesso restrita e precisa.<hr/>The displacement of a shunt to a more distal arterial branch, along a path, is a rare complication. Vascular ultrasound can be presented as an excellent diagnostic modality for identifying the site of embolization of intravascular foreign bodies. The authors report a rare case of temporary shunt migration, implanted in the left common carotid artery, to left popliteal artery. The authors also describe the use of arterial vascular ultrasound to find the point of embolization, with an exact dermatography, that was essential to an easily surgical approach through a restrict and precise access way. <![CDATA[<b>Atherosclerosis in individuals infected by the HIV</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400016&lng=en&nrm=iso&tlng=en O deslocamento de um shunt para um ramo arterial mais distal, percorrendo um longo trajeto, é uma complicação rara. A ultrassonografia vascular pode se apresentar como uma excelente modalidade diagnóstica para identificar o sítio de embolização de corpos estranhos intravasculares. Os autores relatam um caso raro de migração de um shunt temporário, implantado na carótida comum esquerda, para artéria poplítea esquerda. Descrevem, ainda, a utilização do ecocolor doppler arterial que, além de localizar o ponto de embolização, com uma dermatografia exata, foi fundamental para que a abordagem cirúrgica transcorresse com facilidade através de uma via de acesso restrita e precisa.<hr/>The displacement of a shunt to a more distal arterial branch, along a path, is a rare complication. Vascular ultrasound can be presented as an excellent diagnostic modality for identifying the site of embolization of intravascular foreign bodies. The authors report a rare case of temporary shunt migration, implanted in the left common carotid artery, to left popliteal artery. The authors also describe the use of arterial vascular ultrasound to find the point of embolization, with an exact dermatography, that was essential to an easily surgical approach through a restrict and precise access way. <![CDATA[<b>Endovascular treatment of carotid artery restenosis</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-54492011000400017&lng=en&nrm=iso&tlng=en O deslocamento de um shunt para um ramo arterial mais distal, percorrendo um longo trajeto, é uma complicação rara. A ultrassonografia vascular pode se apresentar como uma excelente modalidade diagnóstica para identificar o sítio de embolização de corpos estranhos intravasculares. Os autores relatam um caso raro de migração de um shunt temporário, implantado na carótida comum esquerda, para artéria poplítea esquerda. Descrevem, ainda, a utilização do ecocolor doppler arterial que, além de localizar o ponto de embolização, com uma dermatografia exata, foi fundamental para que a abordagem cirúrgica transcorresse com facilidade através de uma via de acesso restrita e precisa.<hr/>The displacement of a shunt to a more distal arterial branch, along a path, is a rare complication. Vascular ultrasound can be presented as an excellent diagnostic modality for identifying the site of embolization of intravascular foreign bodies. The authors report a rare case of temporary shunt migration, implanted in the left common carotid artery, to left popliteal artery. The authors also describe the use of arterial vascular ultrasound to find the point of embolization, with an exact dermatography, that was essential to an easily surgical approach through a restrict and precise access way.