Scielo RSS <![CDATA[RAM. Revista de Administração Mackenzie]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1678-697120190001&lang=es vol. 20 num. 1 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[NARRATIVES OF STAKEHOLDERS UNDER THE PERSPECTIVE OF THE STRATEGY AS SOCIAL PRACTICE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-69712019000100200&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Purpose: The paper is driven by the following question: how do interest group narratives contribute to the dialogue between the perspective of strategy as a practice and the stakeholder theory? The objective is to analyze the changes, permanent and tensions in the narratives of the stakeholders, seen the strategic practices, in the context of mining. Originality/value: Strategy as a social practice concerns the relationships between organizations, individuals and society in search of coexistence. This study establishes a dialogue between strategy as a social practice and the political perspective of the stakeholders, considering that they interact in networks, seeking the creation of value from mutuality. Design/methodology/approach: Field research was conducted in a qualitative and longitudinal approach. Data collection used to document research techniques in notes and videos of public hearings, newspaper research and interviews. Findings: The results show narrative interactions of six interest groups: entrepreneurial organizations, public authority, education, environment, residents of the area of implantation and the productive sector. The result suggests a relevant role of relational tensions as elements that restrict and enable changes and permanent and indicate the dynamic nature of intra and intergroup interactions of stakeholders. The proposed theoretical dialogue extends the field of strategic studies, in a postmodern dimension, by establishing a dialogue with the political side of stakeholder action as an alternative to the traditional functionalist perspective in the field.<hr/>RESUMO Objetivo: O artigo é conduzido pela seguinte questão: "Como as narrativas de grupos de interesses contribuem para o diálogo entre a perspectiva da estratégia como prática e a teoria dos stakeholders?". O objetivo é analisar as mudanças, permanências e tensões nas narrativas dos stakeholders, vistas como práticas estratégicas, no contexto da mineração. Originalidade/valor: A estratégia como uma prática social diz respeito às relações entre organizações, indivíduos e sociedade em busca de coexistência. Este estudo estabelece um diálogo entre a estratégia como prática social e uma perspectiva política dos stakeholders, considerando que interagem em redes, buscando a criação de valor a partir da mutualidade. Design/metodologia/abordagem: A pesquisa de campo foi conduzida numa abordagem qualitativa e longitudinal. A coleta de dados utilizou técnicas de pesquisa documental em atas e vídeos de audiências públicas, pesquisa em jornal e realização de entrevistas. Resultados: Os resultados mostram interações narrativas de seis grupos de interesse: organizações empreendedoras, Poder Público, educação, meio ambiente, moradores da área de implantação e setor produtivo. O resultado sugere um papel de relevância das tensões relacionais como elementos que restringem e possibilitam as mudanças e permanências e evidenciam a natureza dinâmica das interações intra e intergrupos de stakeholders. O diálogo teórico proposto amplia o campo dos estudos da estratégia, em uma vertente pós-moderna, ao estabelecer um diálogo com uma vertente política da ação dos stakeholders, como alternativa a uma perspectiva funcionalista tradicional no campo. <![CDATA[EMPLOYMENT RELATIONSHIPS AND MEANING OF WORK: A RESEARCH WITH HIGHER EDUCATION PROFESSORS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-69712019000100300&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Purpose: To explore the meaning of work, analyzing and comparing how it is experienced by workers who are subject to different employment relationships. Originality/value: The research is important because it advances in the discussion about the flexibilization of labor relations and its impact on how professionals experience and attribute meaning to their work. In addition, we found a gap in empirical research relating to the meaning of work and different types of employment relationships. Design/methodology/approach: We conducted qualitative and exploratory research with professors from the same higher education institution that work under different employment relationships. Forty-five professors participated in the study, whose reports were submitted to discourse analysis. Findings: Initially, the results reinforced the six categories proposed by Morin (2001): work that 1. generates results; 2. is intrinsically satisfactory; 3. morally acceptable; 4. source of satisfactory relationships; 5. guarantees security and autonomy, and 6. keeps the person occupied. In addition, three new categories associated with the professors' work have been identified: "work as a calling", "work as identity construction", and "work as a masochistic practice". Our results point to the complexity of maintaining professionals working side by side but under different employment relationships. Resentment, anguish, and frustration were some of the feelings that we consider to be associated with this reality, and represent a challenge to be faced by organizations.<hr/>RESUMO Objetivo: Explorar o sentido do trabalho, analisando e comparando como ele é vivenciado por trabalhadores submetidos a diferentes vínculos empregatícios. Originalidade/valor: A pesquisa é relevante porque avança na discussão sobre a flexibilização das relações de trabalho e aponta o impacto da flexibilização na forma como profissionais vivenciam o trabalho e atribuem sentido a ele. Ademais, detectamos na literatura uma lacuna em pesquisas empíricas que relacionem sentido do trabalho a diferentes tipos de vínculos empregatícios. Design/metodologia/abordagem: Conduzimos uma pesquisa qualitativa e exploratória com professores de uma mesma instituição de ensino superior (IES), mas que atuam sob diferentes vínculos de trabalho. Participaram da pesquisa 45 docentes, cujos relatos foram submetidos à análise do discurso. Resultados: Inicialmente, os resultados reforçaram as seis categorias propostas por Morin (2001): 1. o trabalho que gera resultado, 2. é in­trinse­camente satisfatório, 3. moralmente aceitável, 4. fonte de relações humanas satisfatórias, 5. garante segurança e autonomia e 6. mantém a pessoa ocupada. Além disso, também foram identificadas três novas categorias associadas ao trabalho do professor na atualidade: "trabalho como chamado (calling)", "trabalho como fator identitário" e "trabalho como prática masoquista". Nossos resultados apontaram para a complexidade de manter profissionais trabalhando muitas vezes lado a lado, mas submetidos a diferentes vínculos. Ressentimento, angústia e frustração foram alguns dos sentimentos que consideramos estar associados a essa realidade. Por isso, eles representam um desafio a ser enfrentado pelas organizações. <![CDATA[ANTECEDENTS OF WORK ENGAGEMENT OF HIGHER EDUCATION PROFESSORS IN BRAZIL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-69712019000100301&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Purpose: This research aimed to identify and analyze the antecedents of work engagement through job demands and resources of the higher education professors in Brazil. Originality/value: First findings of engagement, job resources and demands regarding Brazilian professors sample. This dissertation contributes to the reflection of their situation and the conditions of their jobs. Design/methodology/approach: This study used a quantitative approach by means of applying an online questionnaire composed of identification questions and two scales. The sample comprised 506 professors belonging to all federative units of the country. Data collected from the questionnaire was analyzed through descriptive statistics, analysis of variance and t-test. Findings: The main findings show that professors, in general, have medium levels of engagement, but it is very close to the limit that can affect their health. The qualitative demands are the most expressive in the working life of these professionals and the work resources (task execution) were those that obtained the highest average among all resources, followed by the social ones. In general, professors from private institutions perceive job demands and resources more favorably than those who work in public institutions.<hr/>RESUMO Objetivo: Esta pesquisa teve como objetivo identificar e analisar os principais antecedentes, as demandas e os recursos externos de trabalho que estão relacionados com o engajamento na esfera laboral dos docentes de ensino superior brasileiros. Originalidade/valor: Primeiros achados sobre engajamento, recursos e demandas detrabalho com docentes de uma amostra brasileira. Contribui para a reflexão da situação em que se encontram esses professores e as condições de seus trabalhos. Design/metodologia/abordagem: Utilizou-se a abordagem quantitativa por meio de um questionário on-line composto por perguntas de identificação e duas escalas. A amostra contou com 506 professores pertencentes a todas às unidades federativas do país. Os dados coletados foram analisados por meio de estatística descritiva, análise de variância e teste t. Resultados: Os principais achados mostram que os docentes, de forma geral, possuem escores medianos de engajamento, porém muito próximos de um limite que pode afetar a saúde mental deles. As demandas qualitativas e os recursos de trabalho (execução de tarefas) são os mais expressivos na vida laboral desses profissionais. De modo geral, os docentes de instituições privadas percebem as demandas e os recursos de trabalho de maneira mais favorável que os que atuam em instituições públicas. <![CDATA[WORK CENTRALITY, GOALS AND PROFESSIONAL FULFILLMENT: INTERSECTIONS BETWEEN WORK AND CAREER]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-69712019000100302&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Purpose: This study aimed to analyze the degree to which the meaning of work, specifically the work centrality dimension, and the types of achievement goal orientations at work, predict professional fulfillment. Originality/value: The main contribution is to provide background for the identification of antecedents of a concept yet narrowly studied, which is professional fulfillment, signaling how counselors and organizations may facilitate the greater achievement of what is most valued in a career. We evidence the need to consider work an important sphere of life and to invest efforts in self-development to attain professional fulfillment. Design/methodology/approach: This is quantitative, survey-type research involving 140 people who have been working for at least 6 months. An online questionnaire was answered containing absolute and relative work centrality, achievement goal orientation at work and professional fulfillment scales, as well as socio-demographic questions. Data were analyzed using bivariate correlations and multiple regression analysis. Findings: Significant relationships of prediction were found between work centrality and professional fulfillment, as well as between one of the types of goal orientation and professional fulfillment. The results support two of the three predicted hypotheses, in addition to converging with previous research on the positive impacts of work centrality and the mastery approach orientation.<hr/>RESUMO Objetivo: O artigo é conduzido pela seguinte questão: como as narrativas de grupos de interesses contribuem para o diálogo entre a perspectiva da estratégia como prática e a teoria dos stakeholders?. O objetivo é analisar as mudanças, permanências e tensões nas narrativas dos stakeholders, vistas como práticas estratégicas, no contexto da mineração. Originalidade/valor: A estratégia como uma prática social diz respeito às relações entre organizações, indivíduos e sociedade em busca de coexistência. Este estudo estabelece um diálogo entre a estratégia como prática social e uma perspectiva política dos stakeholders, considerando que interagem em redes, buscando a criação de valor a partir da mutualidade. Design/metodologia/abordagem: A pesquisa de campo foi conduzida numa abordagem qualitativa e longitudinal. A coleta de dados utilizou técnicas de pesquisa documental em atas e vídeos de audiências públicas, pesquisa em jornal e realização de entrevistas. Resultados: Os resultados mostram interações narrativas de seis grupos de interesse: organizações empreendedoras, poder público, educação, meio ambiente, moradores da área de implantação e setor produtivo. O resultado sugere um papel de relevância das tensões relacionais como elementos que restringem e possibilitam as mudanças e permanências, e evidenciam a natureza dinâmica das interações intra e intergrupos de stakeholders. O diálogo teórico proposto amplia o campo dos estudos da estratégia, em uma vertente pós-moderna, ao estabelecer um diálogo com uma vertente política da ação dos stakeholders, como alternativa a uma perspectiva funcionalista tradicional no campo. <![CDATA[THE CONSTRUCTION OF MEANING FOR THE EMOTIONAL LABOR]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-69712019000100303&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Purpose: The purpose of the research is to understand how the organization can assign meaning to the emotional labor performed by salespeople in the experience store. For this, it was analyzed the sources of the meaning of the work in the process of managing the emotions realized by the salespeople. Originality/value: There are few studies in the international literature that proposed to articulate the meaning of work (Rosso, Dekas &amp; Wrzesniewski, 2010) and management of emotions (Grandey, 2000) and there is no research about it on the national level. Based on this gap, the present research proposes that the meaning of work and management of emotions are intrinsically related in the management field, as a way of homogenizing behaviors and feelings related to work and organization. The originality of the research is to explain how organizations can establish mechanisms of meaning to work and contribute to processes of management of emotions with a more genuine character, and, consequently, how this subjective form of the work contributes to the construction of the brand experience in the sales environment. Design/methodology/approach: This is qualitative research that occurred in an experienced store located in the city of São Paulo. The methodological strategy was to enter the universe of work of the salespeople, through participant observation technique, with the purpose of understanding and explaining how the sources of the meaning of the work can contribute in the process of management of the emotions realized by the salespeople. The Hermeneutics was adopted for data analysis. Findings: The research presents that the sources of the meaning of work promoted by the organization, such as "authenticity", "self-efficacy", "belonging", "self-esteem", "sense of purpose" and "transcendence" mobilizes the salespeople's genuine emotions toward organizational goals.<hr/>RESUMO Objetivo: O objetivo da pesquisa é compreender como a empresa pode atribuir sentido ao trabalho emocional realizado por vendedores de uma loja de experiência. Para isso, analisou-se o papel das fontes de sentido do trabalho no processo de gerenciamento das emoções realizado pelos vendedores. Originalidade/valor: Observaram-se poucos estudos que se propuseram a apresentar uma articulação entre sentido do trabalho (Rosso, Dekas, &amp; Wrzesniewski, 2010) e gestão das emoções (Grandey, 2000) na literatura internacional, não havendo pesquisas sobre tal temática no âmbito nacional. Partindo dessa lacuna, a presente pesquisa propõe que o sentido do trabalho e a gestão das emoções estão intrinsecamente relacionados no campo da gestão, como forma de homogeneizar condutas e sentimentos relacionados ao trabalho e à organização. A originalidade da pesquisa reside em explicar como as organizações podem estabelecer mecanismos de sentido ao trabalho e contribuir com processos de gestão das emoções com caráter mais genuíno. E, consequentemente, como essa formatação subjetiva do trabalho contribui para a construção da experiência da marca no ambiente de venda. Design/metodologia/abordagem: Trata-se de uma pesquisa qualitativa que ocorreu em uma loja de experiência localizada na cidade de São Paulo. A estratégia metodológica consistiu em adentrar o universo de trabalho dos vendedores, via observação participante, com o objetivo de compreender e explicar de que forma as fontes de sentido do trabalho podem contribuir no processo de gestão das emoções realizada pelos vendedores. Para análise de dados adotou-se a hermenêutica. Resultados: A pesquisa apresenta que as fontes de sentido do trabalho promovidas pela empresa, como "autenticidade", "autoeficácia", "pertencimento", "autoestima", "senso de propósito" e "transcendência", permitem mobilizar as emoções genuínas dos vendedores em direção aos objetivos organizacionais. <![CDATA[LIFE AND WORK ISSUES IN VOLUNTEER TOURISM: A SEARCH FOR MEANING?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-69712019000100304&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Purpose: This paper aims to understand the motivations involved in volunteer tourism activities and the meaning of the experience to the volunteers in a post-modern context. Originality/value: Volunteer tourism is a response to the socioeconomic transformations of the 21st century. It is related to the contemporary search for meaning in the spheres of life and work. In this sense, the study proposes a new reflexive approach to the work debate, integrating issues involving the mobilization of subjectivity and post-modern perspectives. Design/method/approach: This study is a qualitative investigation with results collected through semi-structured interviews. Content analysis was used to analyze the transcripts. Findings: The participants are individuals who travel abroad seeking a meaningful tourist experience. As consumers, they welcome life experiences that represent particular aspects of their own identity, while also looking for ways to lend added value to their careers and increase their employability. The volunteer tourism industry mobilizes the production and consumption of such subjectivities, which are related to the search for meaning in the post-modern era. Self-realization, intercultural encounters, and a different perspective on reality are some outcomes of this activity. The meaning of work is itself now a merchandising instrument.<hr/>RESUMO Objetivo: Compreender as motivações do turismo voluntário e qual seria o sentido atribuído à realização dele nas relações com trabalho e vida. Originalidade/valor: Justifica-se pela novidade em torno desse turismo e desse ato de voluntariar, com carência de trabalhos no Brasil. Toma como base as mudanças no modo de produção e no trabalho no século XXI que implicaram uma busca por sentido no trabalho e na vida. Nesse sentido, propõe-se um olhar reflexivo para a temática, integrando noções de pós-modernidade e mobilização de subjetividades. Design/metodologia/abordagem: Estudo de abordagem qualitativa, com coleta de dados a partir de entrevistas semiestruturadas com 20 sujeitos que participaram de uma experiência de turismo voluntário; análise de dados via análise de conteúdo. Resultados: Foram identificados sujeitos que buscam experiências significativas de turismo. Como consumidores, buscam experiências de vida que possam dizer algo sobre si mesmos, que agreguem valor e colabore para a empregabilidade deles. Há produção e consumo de subjetividades em torno do turismo voluntário, voltadas para a busca por sentido na pós-modernidade. O próprio sentido do trabalho se torna uma mercadoria.