Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Oceanography]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1679-875920120003&lang=en vol. 60 num. 3 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Population biology of <i>Stellifer rastrifer, S. brasiliensis</i> and <i>S. stellifer</i> in Caraguatatuba Bay, northern coast of São Paulo, Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300001&lng=en&nrm=iso&tlng=en Ecosystems may reflect environmental changes in many respects, from the debilitation of individuals to alterations in community composition. Equally, population parameters may provide reliable indications of environmental changes. Members of the sciaenid fish genus Stellifer are usually very abundant where they occur, often with two or more species living in sympatry. Here, the population dynamics of three Stellifer species from southeastern Brazil were assessed. Sampling was carried out in shallow marine areas of Caraguatatuba Bay, from August 2003 to October 2004. The species evaluated were Stellifer rastrifer (n=3183), S. brasiliensis (n=357) and S. stellifer (n=116). The area under greater continental influence tended to support more, but smaller individuals. Size variations over time were similar among species and negatively correlated with Krel, which showed smooth fluctuations. The general length-frequency distribution was concentrated between 6.0 and 9.0 cm, and the great majority of females did not present mature gonads during the sampling period. The findings support the existence of a stratification by size for these species, indicating that the area is essential for the development of younger fish. Failure to consider these characteristics for the management of similar areas may have serious implications for these environments.<hr/>Os ecossistemas podem refletir mudanças ambientais em muitos aspectos, desde o enfraquecimento dos indivíduos até alterações na composição da comunidade. Do mesmo modo, os parâmetros populacionais podem fornecer indicações confiáveis de mudanças ambientais. Sciaenídeos do gênero Stellifer são peixes geralmente muito abundantes e em suas populações é frequente a ocorrência de duas ou mais espécies simpátricas. No presente trabalho, a dinâmica populacional de três espécies de Stellifer do sudeste do Brasil foi avaliada. A amostragem ocorreu em águas rasas das zonas marinhas da Baía de Caraguatatuba, de agosto de 2003 a outubro de 2004. As espécies avaliadas foram Stellifer rastrifer (n = 3.183), S. brasiliensis (n = 357) e S. stellifer (n = 116). Os resultados mostraram que a área sob maior influência continental tende a suportar um número maior de indivíduos menores. Variações de tamanho ao longo do tempo foram semelhantes entre as espécies e negativamente correlacionadas com o Krel, que apresentou flutuações suaves. De modo geral a distribuição de freqüência de comprimento ficou concentrada entre 6,0 e 9,0 cm e para a grande maioria das fêmeas as gônadas se apresentaram imaturas durante o período avaliado. Os resultados suportam a existência de estratificação populacional por tamanho dentro destas espécies, indicando que a área é apropriada para o desenvolvimento de juvenis. A desconsideração de tais características pode acarretar sérias implicações para a gestão dessas áreas. <![CDATA[<b>A satellite view of riverine turbidity plumes on the NE-E Brazilian coastal zone</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Turbidity plumes of São Francisco, Caravelas, Doce, and Paraiba do Sul river systems, located along the NE/E Brazilian coast, are analyzed for their dispersal patterns of Total Suspended Solids (TSS) concentration using Landsat images and a logarithmic algorithm proposed by Tassan (1987) to convert satellite reflectance values to TSS. The TSS results obtained were compared to in situ collected TSS data. The analysis of the satellite image data set revealed that each river system exhibits a distinct turbidity plume dispersal pattern. The behavior, dimension and degree of turbidity of the São Francisco River plume have been greatly altered by the construction of a cascade of hydroelectric dam reservoirs in its hydrological basin. The plume has lost its typical unimodal seasonal pattern of material dispersion and its turbidity has decreased due to the regulation of river flow by the dams and TSS retainance by the reservoirs. In contrast, the Doce and Paraíba do Sul river plumes are still subject to seasonal pulsations and show more turbid conditions than the SF plume, as dams are less numerous, set in the middle river sections and the natural river flow has been maintained. The Caravelas Coastal System river plume is restricted to near shore shallow waters dominated by resuspension processes. During austral spring and summer when NE-E winds prevail, all plumes generally disperse southward. Short-term northward reversals may occur in winter with the passage of atmospheric cold fronts. The São Francisco and Doce river plumes tend to disperse obliquely to the coast and transport materials further offshore, while the Caravelas and Paraíba do Sul plumes tend to disperse mainly parallel to the coast, enhancing TSS retention nearshore.<hr/>O presente estudo analisa as plumas de turbidez dos sistemas dos rios São Francisco, Caravelas, Doce, e Paraiba do Sul localizados na costa NE/E do Brasil utilizando imagens Landsat e o algoritmo logarítmico para Total de Sólidos em Suspensão (TSS) proposto por Tassan (1987). Os resultados obtidos foram comparados com Total de Sólidos em Suspensão medidos in situ. A pluma de turbidez de cada sistema mostra padrões de dispersão distintos. O comportamento, a dimensão e o grau de turbidez da pluma do Rio São Francisco têm sido drasticamente alterados devido à cascata de barragens e seus reservatórios presentes em sua bacia de drenagem. Já as plumas dos rios Doce e Paraíba do Sul apresentam pulsações sazonais e maior turbidez, uma vez que as barragens nesses rios localizam-se no setor médio e mantiveram a pulsação sazonal da vazão. A pluma do sistema costeiro de caravelas permanece restrita às águas rasas dominadas por processos de ressuspensão. Durante a primavera e verão, quando os ventos de NE-E prevalecem, as plumas dos quatro sistemas se dispersam na direção sul. Durante o inverno, inversões do padrão de dispersão podem ocorrer com a passagem de frentes frias. As plumas dos sistemas São Francisco e Doce tendem a se dispersar obliquamente à costa, favorecendo o transporte de material para regiões oceânicas, enquanto que as plumas dos sistemas Caravelas e Paraíba do Sul se dispersam paralelamente à costa, favorecendo a retenção de TSS. <![CDATA[<b>Comparative analysis of shell occupation by two southern populations of the hermit crab <i>Loxopagurus loxochelis</i> (Decapoda, Diogenidae)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300003&lng=en&nrm=iso&tlng=en The present study aimed to comparatively verify the relation between the hermit crabs and the shells they use in two populations of Loxopagurus loxochelis. Samples were collected monthly from July 2002 to June 2003, at Caraguatatuba and Ubatuba Bay, São Paulo, Brazil. The animals sampled had their sex identified, were weighed and measured; their shells were identified, measured and weighed, and their internal volume determined. To relate the hermit crab's characteristics and the shells' variables, principal component analysis (PCA) and a regression tree were used. According to the PCA analysis, the three gastropod shells most frequently used by L. loxochelis varied in size. The regression tree successfully explained the relationship between the hermit crab's characteristics and the internal volume of the inhabited shell. It can be inferred that the relationship between the morphometry of an individual hermit crab and its shell is not straightforward and it is impossible to explain only on the basis of direct correlations between the body's and the shell's attributes. Several factors (such as the morphometry and the availability of the shell, environmental conditions and inter- and intraspecific competition) interact and seem to be taken into consideration by the hermit crabs when they choose a shell, resulting in the diversified pattern of shell occupancy shown here and elsewhere.<hr/>O presente estudo teve como objetivo verificar de forma comparativa a relação entre ermitões e conchas utilizadas por duas populações de Loxopagurus loxochelis. Foram realizadas coletas mensais, de julho 2002 a junho 2003, nas Enseadas de Caraguatatuba e de Ubatuba, São Paulo, Brasil. Os animais amostrados foram identificados quanto ao sexo, pesados, e mensurados; as conchas de gastrópodes foram identificadas, mensuradas, pesadas e tiveram seu volume interno determinado. Para relacionar as variáveis dos ermitões com as conchas foram utilizadas a análise de componentes principais (PCA) e a árvore de regressão. As três conchas de gastrópodes utilizadas mais intensamente diferiram em tamanho de acordo com a PCA. A árvore de regressão explicou com sucesso a relação entre características do ermitão e volume interno das conchas habitadas. Inferiu-se que a relação entre a morfometria de um ermitão e sua concha não é simples e não é possível de ser explicada com base somente em correlações diretas entre atributos do corpo e da concha. Inúmeros fatores (como morfometria e disponibilidade da concha, condições ambientais e competição inter e intra-específica) interagem e devem ser levados em consideração na escolha de uma concha pelos ermitões, resultando no diversificado padrão de ocupação de conchas demonstrado neste e em outros trabalhos correlatos. <![CDATA[<b>Export of materials along a tidal river channel that links a coastal lagoon to the adjacent sea</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Intratidal variability and flux of salt, chlorophyll-a and suspended materials were evaluated in a shallow tropical tidal channel linking a coastal lagoon to the western Gulf of Mexico. Velocity, temperature and conductivity were used to calculate the fluxes. Data were recorded during three tidal velocity cycles (tvc) under extreme river discharge conditions. Chlorophyll-a and suspended materials were determined below the surface. In both seasons (dry and rainy), the flow was ebb-dominated and with longer duration than when in flood. Maximum current velocities were 0.30 m s-1 in May (dry season) and 0.60 m s-1 in September (rainy season). In the dry season the mean chlorophyll-a export was of 7.56 Kg over tvc while the import was of 3.32 Kg. In the rainy season mean export (47.3 Kg) was 6 times greater than the import (7.93 Kg over tvc). Phytoplankton was dominated by organisms of marine origin. The mean of exported, suspended materials in the rainy season (111.3 Kg) was 4.6 times greater (859 Kg) than that in the dry season (184.7 Kg over tvc). Tidal velocity asymmetry is an effective mechanism of exportation, introducing relatively warm and saltier water into the river through the tidal channel.<hr/>A variabilidade intramaré, o fluxo de salinidade, a clorofila-a e material em suspensão foram avaliados em um canal superficial de maré tropical em uma lagoa costeira ao oeste do Golfo do México. Os dados de velocidade, temperatura e condutividade foram usados para cálculo dos fluxos durante três ciclos de velocidades das marés (tvc) sob condições extremas de descarga. A Clorofila-a e material em suspensão foram determinados abaixo em subsuperfície. Em ambas as estações (seca e chuvosa), o fluxo dominante foi durante o refluxo e com duração maior durante o fluxo de entrada. A máxima velocidade encontrada foi 0.30 m s-1 em maio (estação seca) e 0.60 m s-1 em setembro (estação chuvosa). Durante a época seca foram exportadas 7.56 Kg de clorofila-a, enquanto a importação foi de 3.32 Kg. Durante a temporada de chuva a média exportada (47.3 Kg) foi seis vezes maior que a importada (7.93 Kg). A concentração media de material em suspensão exportado durante a época de chuvas (111.3 Kg) foi 4.6 vezes maior (859 Kg) que durante estação de seca (184.7 Kg). A assimetria das marés é um mecanismo efetivo de transporte, introduzindo no rio águas relativamente quentes e mais salinas através do canal de maré. <![CDATA[<b>Nuclear abnormalities in erythrocytes and morphometric indexes in the catfish <i>Cathorops spixii</i> (Ariidae) from different sites on the southeastern Brazilian coast</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nuclear abnormalities in erythrocytes (NAE) were taken as biomarkers in the catfish Cathorops spixii (Ariidae) sampled in an estuary little affected by human activity (Cananéia) and in three regions (Santos Channel: SC, Santos Bay: SB and São Vicente Channel: SVC) of the Santos-São Vicente estuary impacted by various anthropogenic activities. Increases in NAE were observed in fish from SC and SVC sampled in the summer period as compared with specimens from the Cananéia estuary. These results suggest the presence of genotoxic compounds in these regions. However, the absence of significant differences in micronuclei frequency reflects slight mutagenic effects in these individuals. It is possible that the lower NAE frequency in specimens from SB might be associated with the greater remobilization and dilution of chemicals in this region. The low frequency of NAE in C. spixii from the Cananéia estuary is in accordance with the slight anthropogenic influence in this system, and may be suggestive of the absence of genotoxic and mutagenic effects in these organisms.<hr/>Alterações nucleares eritrocitárias (ANE) foram consideradas como biomarcadores nos bagres Cathorops spixii (Ariidae) amostrados em um estuário com baixa influência humana (Cananéia) e em três regiões (Canal de Santos: CS, Baía de Santos: BS e Canal de São Vicente: CSV) no estuário de Santos-São Vicente, impactado por diversas atividades antropogênicas. Aumentos nas ANE foram observados nos peixes amostrados no CS e CSV durante o período de verão, quando comparados com os espécimes do estuário de Cananéia. Estes resultados sugerem a presença de compostos genotóxicos nessas regiões. Entretanto, ausência de diferenças significativas na freqüência de micronúcleos refletem baixos efeitos mutagênicos nesses indivíduos. As menores freqüências de ANE nos espécimes amostrados na BS podem estar associado à maior remobilização e diluição dos compostos químicos na região. A baixa freqüência de ANE em C. spixii do estuário de Cananéia corrobora a menor influência antropogênica nesse sistema, e pode estar sugerindo ausência de efeitos genotóxicos e mutagênicos nos organismos. <![CDATA[<b>Remote wind stress influence on mean sea level in a subtropical coastal region</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300006&lng=en&nrm=iso&tlng=en The purpose of this study was to assess the relative influence of remote wind stress on mean sea level (MSL) variations in the coastal region of Cananeia (Sao Paulo State, Southern Brazil) during the period from 1/1/1955 to 12/31/1993. An optimized low-pass Thompson filter for the study area, and spectral analysis (cross spectrum, coherence and phase lag) of the relationship between the MSL and both parallel (T//) and perpendicular (T|) wind stress components were applied. These were extracted from four grid points of the NCEP/NCAR global model. The predominance of annual oscillations as those of greatest coherence and energy, of periods of approximately 341 days (frequency of 0.00293 cpd) and 410 days (frequency of 0.00244 cpd), respectively, were observed. Offshore NCEP/NCAR grid points were those with the highest coherence and energy throughout the study in relation to the observed MSL. This may be linked to the restriction of the NCEP/NCAR model as regards the inland limit. It is also concluded that remote wind stress may play an important role in several MSL time scales, including the annual ones. Based on criteria such as coherence and energy peaks, the wind stress component of greatest effect on MSL was the parallel one.<hr/>O presente estudo tem por objetivo avaliar a influência relativa de tensão do vento remoto na variação do nível médio do mar (NMM) para a região costeira de Cananéia (SP) durante o período de 1/1/1955 a 31/12/1993. Foram aplicados um filtro de passa-baixa de Thompson (1983), otimizado para a região de Cananéia, além de análise espectral (espectro cruzado, coerência e defasagem) entre o NMM e as componentes paralela (T//) e perpendicular (T|) da tensão do vento. Estas foram extraídas de quatro pontos de grade do modelo global NCEP/NCAR. Observou-se a predominância das oscilações anuais como aquelas de maior coerência e energia, destacando-se os períodos de aproximadamente 341 dias (frequência de 0,00293 cpd) e 410 dias (frequência de 0,00244 cpd), respectivamente. As maiores coerências e energia em todo estudo foram encontradas nos pontos mais distantes da costa. Este fato pode estar associado às restrições do modelo NCEP/NCAR em representar os limites continentais. Conclui-se também que a tensão do vento remoto pode ter um papel importante em várias escalas temporais do NMM, incluindo a escala anual. A partir dos valores de coerência e picos energéticos, a componente paralela da tensão do vento foi a que mostrou ser mais influente no NMM da região estudada. <![CDATA[<b>Population biology and diet of the southern kingcroaker <i>Menticirrhus americanus</i> (Linnaeus, 1758) (Perciformes: Sciaenidae) in Caraguatatuba Bay, southeastern Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300007&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study evaluated the spatio-temporal distribution, population biology and diet of Menticirrhus americanus in Caraguatatuba Bay. Samples were taken monthly between August 2003 and October 2004, by trawling in two previously selected areas. The northern area is more exposed to wave activity and is influenced by a river, functioning as a small estuary. In contrast, the southern area is relatively sheltered from wave energy and influenced to a lesser degree by smaller rivers. The fishes' length was measured, and the sex and gonadal stage macroscopically identified. The abundance of this species was compared between areas and among months. The diet was identified and quantified. M. americanus occurred in equal proportions in the two study areas, being most abundant in April 2004, followed by December 2003 and January 2004. The population was dominated by small immature individuals. The few individuals in maturation or mature that were captured showed no seasonal pattern of distribution. This species had a varied diet, feeding on worms (nemerteans, sipunculans and echiurans), mollusks (bivalves and cephalopods), polychaetes, crustaceans and fish. The presence of intact nematodes in the intestine suggests that these are parasites. The results demonstrated that M. americanus has a homogeneous spatial and temporal distribution in Caraguatatuba Bay, being uniformly distributed between the south and north areas as well as across the months. This species can be considered a carnivorous predator, showing a preference for consuming benthic sandy-beach species such as glycerids and other polychaetes, crustaceans, and bivalve siphons.<hr/>Este estudo teve como objetivo avaliar a distribuição espaço-temporal, biologia populacional e dieta de Menticirrhus americanus da baía de Caraguatatuba. Foram realizadas coletas mensais entre agosto de 2003 a outubro de 2004, utilizando redes de arrasto em duas áreas previamente selecionadas. A área norte é mais expostas à atividade de onda e é influenciada por um rio, constituindo um pequeno estuário. Por outro lado, a área sul é relativamente protegida da energia das ondas e sofre pouca influência dos rios. Os indivíduos coletados foram medidos e identificados macroscopicamente quanto ao sexo e o estádio gonadal. A abundância da espécie foi comparada entre as áreas e entre os meses de coleta. Para a dieta os itens alimentares encontrados foram identificados e quantificados. M. americanus apresentou proporções equivalentes nas duas áreas de estudo, sendo mais abundante em abril de 2004, seguido por dezembro de 2003 e janeiro de 2004. A população região é composta por indivíduos imaturos, e os poucos indivíduos maduros ou em maturação capturados não apresentaram padrão de distribuição ao longo do ano. A espécie mostrou uma dieta variada, alimentando-se de vermes (nemertideos, sipúnculos e equiúros), moluscos (bivalves e cefalópodes), poliquetas, crustáceos e peixes. A presença de nematóides intactos na porção do intestino sugere uma relação parasitária. Os resultados demonstraram que os indivíduos de Menticirrhus americanus estiveram uniformemente distribuídos nas áreas norte e sul e também ao longo do ano. A espécie pode ser considerada predadora e carnívora, mostrando preferência na alimentação por espécies bentônicas de fundos não consolidados, tais como geicerídeos e outros poliquetas, crustáceos e sifões de bivalves. <![CDATA[<b>Biophysical interactions in the Cabo Frio upwelling system, southeastern Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300008&lng=en&nrm=iso&tlng=en The rising of cold water from deeper levels characterizes coastal upwelling systems. This flow makes nutrients available in the euphotic layer, which enhances phytoplankton production and growth. On the Brazilian coast, upwelling is most intense in the Cabo Frio region (RJ). The basic knowledge of this system was reviewed in accordance with concepts of biophysical interactions. The high frequency and amplitude of the prevailing winds are the main factor promoting the rise of South Atlantic Central Water, but meanders and eddies in the Brazil Current as well as local topography and coast line are also important. Upwelling events are common during spring/summer seasons. Primary biomass is exported by virtue of the water circulation and is also controlled by rapid zooplankton predation. Small pelagic fish regulate plankton growth and in their turn are preyed on by predatory fish. Sardine furnishes an important regional fish stock. Shoreline irregularities define the embayment formation of the Marine Extractive Reserve of Arraial do Cabo making it an area with evident different intensities of upwelled water that harbors high species diversity. Consequently, on a small spatial scale there are environments with tropical and subtropical features, a point to be explored as a particularity of this ecosystem.<hr/>Os sistemas costeiros de ressurgência são caracterizados pela ascensão de águas frias que tornam os nutrientes disponíveis na camada eufótica para o crescimento e aumento da produção fitoplanctônica. No Brasil, a região do Cabo Frio (RJ) é o principal sistema de ressurgência costeira. O objetivo desse artigo foi revisar o atual conhecimento desse sistema através dos conceitos sobre interações biofísicas. A ascensão da Água Central do Atlântico Sul ocorre devido à alta frequência e amplitude dos ventos, à presença de meandros e vórtices na Corrente do Brasil, além da topografia local e da linha de costa. Os eventos de ressurgência são comuns durante os períodos de primavera/verão e a biomassa primária é exportada devido à circulação da água, sendo também controlada pela rápida predação zooplanctônica. Os pequenos peixes pelágicos regulam o crescimento do plâncton e são consumidos pelos peixes predadores, resultando em um importante estoque pesqueiro regional. A irregularidade da costa define as enseadas do Cabo Frio, na Reserva Extrativista Marinha do Arraial do Cabo, apresentando distintas influências das águas ressurgidas e resultando em grande diversidade de espécies. Consequentemente, ambientes com características tropicais e subtropicais são observados dentro de uma pequena escala espacial, o que constitui uma particularidade desse ecossistema. <![CDATA[<b>Copepod distribution in surface waters of the Drake Passage using Continuous Plankton Recorder and a Pump-Net onboard system</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300009&lng=en&nrm=iso&tlng=en There is no single instrument that can sample quantitatively the complete spectrum of pelagic organisms, or even all the components of zooplankton. Mesh size is the main factor affecting species selectivity in the Continuous Plankton Recorder (CPR), implying a need to use multiple net systems to fully characterize a community. The spatial distribution of copepod communities in the water masses of the western and eastern sectors of Drake Passage were studied using, respectively, a CPR and a Pump Net onboard system. For this purpose, and assuming that copepod community size structures of each of the three water masses were similar in both the sectors studied, the possibility of complementing CPR results using a Pump-Net onboard system was evaluated. The latter system allows the estimation of absolute abundances and has the advantage of solving two problems associated with CPR, namely mesh clogging and low catching efficiency. The contribution of the nauplius forms and species accurately identified with both samplers was analyzed. Although Oithona similis dominated both communities, in the western sector small species made a greater contribution than Calanus simillimus, the opposite being true for the eastern sector. Nauplii and early copepodite stages of O. similis were missing from the CPR samples and represented between 69 and 79% of total copepod communities, whereas small calanoid copepods, C. simillimus copepodites and later stages of O. similis were inaccurately sampled by the CPR and represented between 14 and 18% of the copepod community. Hence, the Pump Net sampler is useful for complementing the semi-quantitative information of the CPR and for its calibration.<hr/>Não há um único instrumento que possa efetuar uma amostragem quantitativa completa para o espectro de organismos pelágicos, ou mesmo, para todos os componentes do zooplâncton. O tamanho da malha é o principal fator que afeta a seletividade de espécies no Registro Contínuo de Plâncton (CPR). Neste trabalho, estudamos a distribuição espacial das comunidades da copépode nas massas de água registradas nos setores ocidentais e orientais da Passagem de Drake, usando um CPR e um equipamento de amostragem que consiste em uma bomba de sucção instalada a uma rede de malha de 20 µm, respectivamente. Para este fim, e supondo que o tamanho das estruturas da comunidade de Copépodes de cada uma das três massas de água são similares em ambos setores estudados, foi avaliada a possibilidade de complementar resultados obtidos com o uso de CPR usando à bordo o sistema de bomba de sucção-rede. Este sistema permite a avaliação da abundância absoluta e possui a vantagem de resolver dois problemas associados à CPR, que são o assoreamento da rede e a baixa eficiência de captura. A contribuição das formas nauplius e das espécies identificadas com os dois amostradores, foram analisadas. Embora Oithona similis dominasse ambas as comunidades no setor ocidental, pequenas espécies de calanóides apresentaram contribuição mais elevada do que Calanus simillimus, enquanto o inverso foi verdadeiro para o setor oriental. Nauplii e estágios iniciais de copepoditos de O. similis faltaram nas amostras de CPR e representaram entre 69-79% das comunidade total de copépode, enquanto as densidades de pequenos calanódes e copepoditos de C. simillimus e estágios posteriores do O. similis foram imprecisamente estimadas por meio de CPR e representaram entre 14 e 18% da comunidade copépodes. Portanto, o sistema de bomba de sucção-rede é útil para complementar informações semi-quantitativas de CPR e sua calibração. <![CDATA[<b>A section-sampling design to assess zooplankton distribution in a highly complex hydrographic region (SW Atlantic Ocean, 34-41ºS)</b>: <b>insights for a new time series?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Regular fish stock assessment cruises could provide a proper data platform to sample zooplankton. It is essential, however, that adequate sampling designs should be developed for each area so that zooplankton features may be accurately described with minimum sampling effort. On the Northern Argentine Continental Shelf (NACS, 34-41ºS), a sectioned-sampling design (18 samples distributed in 4 sections) associated with E. anchoita stock estimation cruises was implemented to provide a rapid and reliable survey of zooplankton distribution in relation to the physical environment. The results obtained were similar to those registered in previous studies based on exhaustive sampling. We suggest that a new zooplankton time series covering this broad área be established, based on this sampling design, to contribute to the knowledge of the variability of zooplankton populations and their relation to fishery resources.<hr/>As campanhas de avaliação de recursos pesqueiros podem fornecer uma adequada base de dados para o monitoramento do zooplâncton. No entanto, o desenvolvimento de um esquema de amostragem apropriado constitui uma tarefa difícil, quando se deseja descrever as características do zooplâncton, com um mínimo de esforço amostral. No setor norte da Plataforma Continental Argentina (NACS, 34º - 41ºS), se projetou um desenho amostral em seções (18 amostras distribuídas em 4 seções), associadas à campanha de avaliação dos recursos pesqueiros de E. anchoita, visando conseguir uma estimativa rápida e confiável da distribuição do zooplâncton. Os resultados obtidos foram semelhantes aos registrados em estudos prévios, baseados na análise de um grande número amostral. Sugere-se o estabelecimento de uma nova serie temporal de dados que envolva uma área amostral alargada e um desenho amostral restrito, visando contribuir para o conhecimento da variação das populações zooplanctônicas e sua relação com os recursos pesqueiros. <![CDATA[<b>The dynamics of a frictionally-dominated Amazonian estuary</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300011&lng=en&nrm=iso&tlng=en The hydrodynamics, morphology and sedimentology of the Taperaçu estuary were investigated. This is one of several estuaries located within the largest mangrove fringe in the world, bordering the Amazon region, subject to a macrotidal regime and regionally atypical negligible fresh water supply. The results reveal widespread sand banks that occupy the central portion of the estuarine cross-section. Well-sorted very fine sandy sediments of marine origin prevail. Shorter flood phases, with substantially higher current velocities, were observed in the upper sector of Taperaçu, as expected for a shallow, friction-dominated estuary. However, ebb domination can be expected for estuaries with large associated mangrove areas and substantial estuarine infilling, both of which situations occur on the Taperaçu. The tidal asymmetry favoring flood currents could be the result of the absence of an effective fluvial discharge. Furthermore, it was observed that the Taperaçu is connected by tidal creeks to the neighboring Caeté estuary, allowing a stronger flux during the flood and intensifying the higher flood currents. As a whole, the results have shown a complex interaction of morphological aspects (friction, fluvial drainage, connections with neighbor estuaries, infilling and large storage area) in determining hydrodynamic patterns, thus improving the understanding of Amazon estuaries.<hr/>A hidrodinâmica, morfologia e sedimentologia do estuário do Taperaçu foram investigadas. Este é um entre vários estuários do litoral amazônico que integram a maior extensão contínua de manguezais do mundo, apresentando uma descarga de água doce muito reduzida, atípica para a região. Os resultados revelam grandes bancos arenosos que ocupam em grande parte a porção central do estuário. Areias muito finas e bem selecionadas de origem marinha prevalecem. Fases de enchente mais curtas, com velocidades de corrente substancialmente mais altas, são observadas na porção superior do estuário, como esperado para um estuário raso e dominado por fricção. Por outro lado, uma vazante mais intensa poderia ocorrer como resultado de grandes áreas de manguezais associadas e intenso preenchimento estuarino, sendo que ambas as condições são observadas no Taperaçu. Neste caso, a prevalência da enchente parece estar associada à ausência de uma descarga fluvial efetiva. Além disso, alguns canais de maré conectam o Taperaçu com seu vizinho estuário do Caeté, o que contribuiria para o domínio de enchente. Como um todo, os resultados demonstram uma complexa interação de aspectos de configuração (fricção, drenagem fluvial, conexões com estuários vizinhos, preenchimento e grandes áreas intermareais) na determinação dos padrões hidrodinâmicos, contribuindo para o entendimento dos estuários da região amazônica. <![CDATA[<b>Macroalgal composition and its association with local hydrodynamics in the Laje de Santos Marine State Park, southwestern Atlantic, São Paulo, Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300012&lng=en&nrm=iso&tlng=en The Laje de Santos Marine State Park (LSMSP), located in southeastern Brazil, is the only marine park in São Paulo State. This conservation unit has been established as a protected area of high biological diversity. Despite its importance for the conservation of the marine biota, little is known about the park's seaweed flora. The objectives of this study were as follows: to furnish increased knowledge of the composition of the macroalgae in the Park area; to relate the area's macroalgal composition to the presence of an important water mass in the region, the South Atlantic Central Water (SACW); and to investigate the possible influence of the Port of Santos on the composition of the macroalgae of the LSMSP. This study registered 31 new records for the LSMSP, 11 for São Paulo State, four for Brazil, one for the western Atlantic and one for the South Atlantic Ocean, in addition to the possible occurrence of one new species of Osmundea (Rhodomelaceae) and one new genus belonging to Ceramiaceae. The taxonomic composition of the macroalgae had a direct correlation with the arrival of the SACW in the summer-fall season. The SACW generated a strong thermocline and increased the supply of nutrients in the water column. Hydrodynamic and dispersion modeling analyses suggested that the Port of Santos influenced the composition of the LSMSP phycoflora.<hr/>O Parque Estadual Marinho da Laje de Santos (PEMLS), localizado no sudeste do Brasil, é o único parque marinho do litoral paulista. Essa unidade de conservação foi classificada como de "alta diversidade biológica". Apesar da sua importância para a preservação da biota marinha, pouco é conhecido sobre a flora de macroalgas do Parque. Os obejtivos deste estudo foram: aumentar o conhecimento da composição de macroalgas na região do PEMLS; relacionar tal composição com a presença de uma importante massa d'água na região, a Água Central do Atlântico Sul (ACAS); e verificar uma possivel influência do Porto de Santos na composição ficológica do Parque. O presente estudo registrou 31 novas ocorrências para o Parque, 11 para o estado de São Paulo, quatro para o Brasil, uma para o Atlântico Ocidental e uma para o Atlântico Sul, além de duas prováveis novas ocorrências para a ciência: uma espécie de Osmundea (Rhodomelaceae) e um gênero pertencente e Ceramiaceae. Segundo os dados encontrados, a composição de macroalgas tem uma correlação direta com a presença da ACAS no período de verão-outono. Essa frente térmica profunda promove a formação de uma forte termoclina e aumenta o aporte de nutrientes na coluna d'água. Análises dos modelos hidrodinâmico e de dispersão sugerem que o Porto de Santos pode influenciar a composição ficológica do local. <![CDATA[<b>Spatio-temporal and functional structure of the amphipod communities off Santos, Southwestern Atlantic</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300013&lng=en&nrm=iso&tlng=en The amphipod fauna was employed to investigate a bottom environmental gradient in the continental shelf adjacent to Santos Bay. The constant flow of less saline water from the estuarine complex of the Santos and São Vicente rivers besides the seasonal intrusion of the cold saline South Atlantic Central Water (SACW) bring a highly dynamic water regime to the area. Density, distribution, diversity and functional structure of the communities were studied on a depth gradient from 10 to 100 m on two cruises in contrasting seasons, winter 2005 and summer 2006. Twenty-one sediment samples were taken with a 0.09m² box corer. Temperature and salinity were measured at each station and an additional surface sediment sample was obtained with the box corer for granulometric and chemical analyses. Sixty species were collected on each survey and higher density values were found in summer. A priori one-way Analysis of Similarities (ANOSIM) indicated the existence of three different groups of amphipods related to the depth gradient: the Coastal group, the Mixed Zone group and the Deep Zone group. The Coastal Zone in both cruises was inhabited by a community presenting low diversity and density, besides high dominance of the infaunal tube-dweller Ampelisca paria; the area around 30 m presented the highest values of all the ecological indicators and the species showed several life styles; the outer area, situated between 50 and 100 m depth in the SACW domain, presented a community characterized by lower diversity and high biomass and density values. A season-depth ANOSIM showed the influence of depth and season for the Coastal and Mixed Zone groups whereas no seasonal difference was obtained for the Deep Zone group. The synergistic effect of the SACW and depth in the first place, followed by physical changes in substrate, seem to be the main factors controlling the fauna's distribution. In addition, the estuarine waters from Santos Bay apparently had no effect on the establishment of the environmental gradient observed on the adjacent shelf. Diversity, distribution, functional groups and trophic conditions of superficial sediments are discussed in the light of the main oceanographic processes present on the southern Brazilian shelf.<hr/>A fauna de anfípodes foi empregada para investigar o gradiente ambiental na plataforma continental adjacente a Baía de Santos. A entrada constante de uma água menos salina proveniente do complexo estuarino de Santos e São Vicente e a intrusão sazonal da água fria e salina da Água Central do Atlântico Sul (ACAS) faz com que a área seja um ambiente hidrodinamicamente instável. Densidade, distribuição, diversidade e estrutura funcional das comunidades de anfípodes foram estudadas em um gradiente de profundidade entre 10 e 100 m, em dois cruzeiros realizados em épocas contrastantes, inverno (2005) e verão (2006). Vinte e uma amostras de sedimento foram coletadas com um box corer de 0,09 m². Temperatura e salinidade foram coletadas em cada estação com CTD e uma amostra adicional de sedimento superficial foi obtida com box corer para análises granulométricas e químicas. Sessenta espécies estiveram presentes em ambos os cruzeiros e altos valores de densidade foram encontrados especialmente no verão. A Análise de Similaridade (ANOSIM) realizada a priori indicou a existência de três grupos diferentes de anfípodes relacionados ao gradiente de profundidade: um grupo Costeiro, um grupo da Zona de Mistura e um grupo da Zona Profunda. A zona Costeira, em ambos os cruzeiros foi habitada por uma comunidade que apresenta baixa diversidade e densidade, além de alta dominância do tubícola infaunal Ampelisca paria; a área em torno de 30 m apresentou os maiores valores de todos os indicadores ecológicos e as espécies de anfípodes mostraram grande diversidade funcional; a área externa, entre 50 e 100 m de profundidade e no domínio da ACAS, apresentou uma comunidade caracterizada por baixa diversidade e altos valores de biomassa. A ANOSIM sazonal-profundidade mostrou diferença sazonal significativa para os grupos Costeiros e da Zona de Mistura, enquanto que para o grupo da Zona Profunda não foi encontrada diferença temporal significativa. O efeito sinérgico da ACAS e da profundidade em primeiro lugar, seguido pelas mudanças físicas do substrato, parecem ser os principais fatores controladores da distribuição da fauna. As águas estuarinas provenientes da Baía de Santos aparentemente não tiveram efeito no estabelecimento do gradiente ambiental observado na plataforma adjacente. Diversidade, distribuição dos grupos funcionais, condições tróficas dos sedimentos superficiais, além de outros aspectos ecológicos das comunidades são discutidos à luz dos processos oceanográficos dominantes na plataforma sudeste brasileira. <![CDATA[<b>Influence of <i>Spartina alterniflora</i> invasion stages on macrobenthic communities on a tidal flat in Wenzhou Bay, China</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Many coastal habitats in eastern China are being substantially altered by the invasion of Spartina alterniflora. The species richness, density, Margalef's diversity index (R) and Shannon's diversity index (H') of macrobenthic communities on a tidal flat in Wenzhou Bay, China, were analyzed with the factors of invasion stage and season, in 2007. A significant effect of invasion stage, season, and the interaction between them on communities was detected. The macrobenthic community was more complex in the patch of initial S. alterniflora invasion than in the patches of some other invasion stages. Macrobenthic communities were classified by cluster and ordination in accordance with the habitat character of the S. alterniflora invasion stage. Our research demonstrated that the S. alterniflora invasion stage affected the macrobenthic communities significantly. The results indicated that biodiversity increased in the initial stage of invasion (invasion age 1-2 years) and then decreased in the stage of invasion underway (invasion age 3-4 years) and in the stage of invasion completed (invasion age 5-6 years); this phenomenon was related to the change in the S. alterniflora canopy which accompanied the invasion stages.<hr/>Muitos habitats costeiros vêm sendo alterados substancialmente pela invasão de Spartina alterniflora no leste da China. Em 2007, em uma planície de maré situada em Wenzhou Bay, foram analisadas riqueza de espécies, densidade e diversidade da macrofauna bêntica em relação a diferentes estágios da invasão da gramínea e à estação do ano. Para as medidas de diversidade foram usados os índices de Margalef (R) e de Shannon (H'). Foram detectados efeitos significativos do estágio de invasão e época do ano sobre a macrofauna. As comunidades macrofaunais foram mais complexas nas manchas onde a invasão de S. alterniflora estava no seu início, quando considerados os locais onde as manchas estavam em estágios mais avançados. Através das análises de agrupamento e ordenação as comunidades puderam ser classificadas pelo tipo de habitat formado em cada estágio de invasão da Spartina. Os resultados indicaram que a biodiversidade aumentou no estágio de invasão inicial (idade de invasão de 1 a 2 anos), mas diminuiu gradativamente com os estágios intermediário (idade de invasão de 3 a 4 anos) e completo (idade de invasão de 5 a 6 anos), mostrando assim o efeito deletério de S. alterniflora sobre a estrutura da macrofauna presente no local. <![CDATA[<b>High intraspecific variation in the diet of the french angelfish <i>Pomacanthus</i><i> paru</i> in the south-western Atlantic</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Many coastal habitats in eastern China are being substantially altered by the invasion of Spartina alterniflora. The species richness, density, Margalef's diversity index (R) and Shannon's diversity index (H') of macrobenthic communities on a tidal flat in Wenzhou Bay, China, were analyzed with the factors of invasion stage and season, in 2007. A significant effect of invasion stage, season, and the interaction between them on communities was detected. The macrobenthic community was more complex in the patch of initial S. alterniflora invasion than in the patches of some other invasion stages. Macrobenthic communities were classified by cluster and ordination in accordance with the habitat character of the S. alterniflora invasion stage. Our research demonstrated that the S. alterniflora invasion stage affected the macrobenthic communities significantly. The results indicated that biodiversity increased in the initial stage of invasion (invasion age 1-2 years) and then decreased in the stage of invasion underway (invasion age 3-4 years) and in the stage of invasion completed (invasion age 5-6 years); this phenomenon was related to the change in the S. alterniflora canopy which accompanied the invasion stages.<hr/>Muitos habitats costeiros vêm sendo alterados substancialmente pela invasão de Spartina alterniflora no leste da China. Em 2007, em uma planície de maré situada em Wenzhou Bay, foram analisadas riqueza de espécies, densidade e diversidade da macrofauna bêntica em relação a diferentes estágios da invasão da gramínea e à estação do ano. Para as medidas de diversidade foram usados os índices de Margalef (R) e de Shannon (H'). Foram detectados efeitos significativos do estágio de invasão e época do ano sobre a macrofauna. As comunidades macrofaunais foram mais complexas nas manchas onde a invasão de S. alterniflora estava no seu início, quando considerados os locais onde as manchas estavam em estágios mais avançados. Através das análises de agrupamento e ordenação as comunidades puderam ser classificadas pelo tipo de habitat formado em cada estágio de invasão da Spartina. Os resultados indicaram que a biodiversidade aumentou no estágio de invasão inicial (idade de invasão de 1 a 2 anos), mas diminuiu gradativamente com os estágios intermediário (idade de invasão de 3 a 4 anos) e completo (idade de invasão de 5 a 6 anos), mostrando assim o efeito deletério de S. alterniflora sobre a estrutura da macrofauna presente no local. <![CDATA[<b>Sightings of humpback whales on the Vitória-Trindade chain and around Trindade Island, Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Many coastal habitats in eastern China are being substantially altered by the invasion of Spartina alterniflora. The species richness, density, Margalef's diversity index (R) and Shannon's diversity index (H') of macrobenthic communities on a tidal flat in Wenzhou Bay, China, were analyzed with the factors of invasion stage and season, in 2007. A significant effect of invasion stage, season, and the interaction between them on communities was detected. The macrobenthic community was more complex in the patch of initial S. alterniflora invasion than in the patches of some other invasion stages. Macrobenthic communities were classified by cluster and ordination in accordance with the habitat character of the S. alterniflora invasion stage. Our research demonstrated that the S. alterniflora invasion stage affected the macrobenthic communities significantly. The results indicated that biodiversity increased in the initial stage of invasion (invasion age 1-2 years) and then decreased in the stage of invasion underway (invasion age 3-4 years) and in the stage of invasion completed (invasion age 5-6 years); this phenomenon was related to the change in the S. alterniflora canopy which accompanied the invasion stages.<hr/>Muitos habitats costeiros vêm sendo alterados substancialmente pela invasão de Spartina alterniflora no leste da China. Em 2007, em uma planície de maré situada em Wenzhou Bay, foram analisadas riqueza de espécies, densidade e diversidade da macrofauna bêntica em relação a diferentes estágios da invasão da gramínea e à estação do ano. Para as medidas de diversidade foram usados os índices de Margalef (R) e de Shannon (H'). Foram detectados efeitos significativos do estágio de invasão e época do ano sobre a macrofauna. As comunidades macrofaunais foram mais complexas nas manchas onde a invasão de S. alterniflora estava no seu início, quando considerados os locais onde as manchas estavam em estágios mais avançados. Através das análises de agrupamento e ordenação as comunidades puderam ser classificadas pelo tipo de habitat formado em cada estágio de invasão da Spartina. Os resultados indicaram que a biodiversidade aumentou no estágio de invasão inicial (idade de invasão de 1 a 2 anos), mas diminuiu gradativamente com os estágios intermediário (idade de invasão de 3 a 4 anos) e completo (idade de invasão de 5 a 6 anos), mostrando assim o efeito deletério de S. alterniflora sobre a estrutura da macrofauna presente no local. <![CDATA[<b>The 2004 Sumatra tsunami effect on the Itajaí-Açu estuary water level, Santa Catarina, Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-87592012000300017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Many coastal habitats in eastern China are being substantially altered by the invasion of Spartina alterniflora. The species richness, density, Margalef's diversity index (R) and Shannon's diversity index (H') of macrobenthic communities on a tidal flat in Wenzhou Bay, China, were analyzed with the factors of invasion stage and season, in 2007. A significant effect of invasion stage, season, and the interaction between them on communities was detected. The macrobenthic community was more complex in the patch of initial S. alterniflora invasion than in the patches of some other invasion stages. Macrobenthic communities were classified by cluster and ordination in accordance with the habitat character of the S. alterniflora invasion stage. Our research demonstrated that the S. alterniflora invasion stage affected the macrobenthic communities significantly. The results indicated that biodiversity increased in the initial stage of invasion (invasion age 1-2 years) and then decreased in the stage of invasion underway (invasion age 3-4 years) and in the stage of invasion completed (invasion age 5-6 years); this phenomenon was related to the change in the S. alterniflora canopy which accompanied the invasion stages.<hr/>Muitos habitats costeiros vêm sendo alterados substancialmente pela invasão de Spartina alterniflora no leste da China. Em 2007, em uma planície de maré situada em Wenzhou Bay, foram analisadas riqueza de espécies, densidade e diversidade da macrofauna bêntica em relação a diferentes estágios da invasão da gramínea e à estação do ano. Para as medidas de diversidade foram usados os índices de Margalef (R) e de Shannon (H'). Foram detectados efeitos significativos do estágio de invasão e época do ano sobre a macrofauna. As comunidades macrofaunais foram mais complexas nas manchas onde a invasão de S. alterniflora estava no seu início, quando considerados os locais onde as manchas estavam em estágios mais avançados. Através das análises de agrupamento e ordenação as comunidades puderam ser classificadas pelo tipo de habitat formado em cada estágio de invasão da Spartina. Os resultados indicaram que a biodiversidade aumentou no estágio de invasão inicial (idade de invasão de 1 a 2 anos), mas diminuiu gradativamente com os estágios intermediário (idade de invasão de 3 a 4 anos) e completo (idade de invasão de 5 a 6 anos), mostrando assim o efeito deletério de S. alterniflora sobre a estrutura da macrofauna presente no local.