Scielo RSS <![CDATA[Revista de Odontologia da UNESP]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1807-257720160001&lang=pt vol. 45 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Condutas de desinfecção, vazamento e acondicionamento de moldes de hidrocolóide irreversível por alunos de graduação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Introduction Obtaining dental models that accurately represent the molded oral tissue requires professional attention, especially when using irreversible hydrocolloid as a molding material. Objective To evaluate the conducts of undergraduate dental students at different internships for the disinfecting procedures, pouring, and storage of irreversible hydrocolloid impressions. Material and method This is an observational, cross-sectional and descriptive study with a census sample of 89 students enrolled in the supervised internships I, II, III and IV. Data collection was performed using a structured questionnaire containing eight questions. Data were analyzed at the 5% significance level. Result Most of the students (88.8%) performed the disinfection procedure, for which the most widely used method (64.6%) was the application of sodium hypochlorite 1% spray stored in a sealed container. The most common disinfection time was 10 minutes (86.1%). Students in the early internships performed better in regard to the proportion of water/plaster to be used compared with students in the final internships. At all internships, pouring and storage of the ensemble of mold and model were neglected during the setting reaction. There was a statistically significant association between the stage and the disinfection method, the ratio of water/powder and pouring of the model (p&lt;0.05). Conclusion Students exhibited appropriate conduct of disinfection; however, they should be encouraged to use evidence-based clinical practices in order to improve the procedures of pouring and storage of irreversible hydrocolloid molds.<hr/>Resumo Introdução A obtenção de modelos odontológicos que representam com precisão os tecidos moldados requer do profissional muita atenção, principalmente quando se utiliza o hidrocolóide irreversível como material de moldagem. Objetivo Avaliar as condutas dos alunos de graduação em Odontologia em diferentes estágios sobre os procedimentos de desinfecção de moldes de hidrocolóide irreversível, vazamento e acondicionamento dos modelos odontológicos. Material e método Trata-se de um estudo observacional, transversal e descritivo, com amostra censitária constituída por 89 alunos matriculados nos estágios supervisionados I, II, III e IV. A coleta de dados foi realizada por meio de um formulário estruturado contendo 8 questões. Os dados foram analisados com nível de significância de 5%. Resultado A maioria dos graduandos (88,8%) realizavam o procedimento de desinfecção, sendo o método de desinfecção mais utilizado (64,6%) o spray de hipoclorito de sódio a 1% acondicionado em recipiente fechado. O tempo de desinfeção por 10 minutos foi o mais relatado (86,1%). Os alunos dos estágios iniciais apresentaram melhores condutas referente a proporção água/gesso, quando comparados com os alunos dos estágios finais. Em todos os estágios as condutas de vazamento e acondicionamento do conjunto molde e modelo durante a reação de presa foram negligenciadas. Verificou-se associação estatisticamente significativa entre o estágio cursado e o método de desinfecção, proporção água/pó e método de vazamento dos moldes (p&lt;0,05). Conclusão Os alunos apresentam condutas adequadas de desinfeção, no entanto devem ser estimulados a utilizar a prática clínica baseada em evidências a fim de melhorar as condutas de vazamento e acondicionamento dos moldes de hidrocolóide irreversível. <![CDATA[Características do uso de produtos derivados do tabaco entre universitários do curso de Odontologia em uma Universidade de Curitiba]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Introdução Profissionais da saúde, incluindo dentistas, são referências de comportamento e exercem grande influência sobre a população que assistem. Objetivo Este estudo teve como objetivos investigar a prevalência do uso de produtos derivados do tabaco entre universitários de Odontologia, analisar fatores associados à ocorrência do uso e quais são os produtos mais utilizados. Material e método Realizou-se um estudo transversal descritivo por meio de um questionário online no ano de 2012. A estatística descritiva gerou um perfil da amostra e aplicou-se o teste Qui-quadrado para análise de associação entre variáveis, seguido da análise multivariada de regressão logística com as variáveis que se mostraram significativas. Resultado A prevalência de uso de produtos derivados de tabaco foi de 24,92%. O narguilé mostrou-se o produto de maior uso (66,23%), seguido do cigarro industrializado (54,55%). Os fatores associados ao uso de produtos de tabaco foram ‘morar sozinho’ (p=0,012; OR=2,13; IC=1,17-3,85), ‘conviver com alguém que fuma’ (p=0,000; OR=3,22; IC=1,75-5,91) e ‘permanecer próximo às pessoas enquanto elas fumam’ (p=0,000; OR=6,96; IC=2,37-20,45). Conclusão Este estudo provê informação importante para desenvolvimento de programas de sensibilização e capacitação dos profissionais de saúde por instituições de ensino superior em relação ao uso de produtos derivados de tabaco.<hr/>Abstract Introduction Health care professionals, including dentists, are role models and have great influence on the population they serve. Objective This purpose of this study was two-fold: (1) to examine the prevalence of tobacco use among dental students, and (2) to examine factors associated with use as well as which products were being used by this population. Material and method This was a cross-sectional descriptive study in which the data was collected through an online questionnaire in 2012. Descriptive statistics were used to characterize the sample, chi-square to examine association among variables of interest, and multivariate logistic regression to examine factors associated with tobacco use. Result The prevalence of tobacco use was 24.92%. Waterpipe was the most frequent tobacco product used by participants who endorsed using tobacco products (66.23%) followed by industrialized cigarettes (54.55%). Factors associated with tobacco use included: living alone (p=0.012; OR=2.13; CI=1.17-3.85), socializing with other smokers (p=0.000; OR=3.22; CI=1.75-5.91), and being close to these smokers when they were smoking (p=0.000; OR=6.96; IC=2.37-20.45). Conclusion This study provides relevant information to the development of awareness and capacity building programs tailored to health care professional in higher education with regard to tobacco use. <![CDATA[Eficácia da irrigação ultrassônica passiva na remoção de material obturador durante o retratamento endodôntico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Introduction The aim of endodontic retreatment is to remove the previous root filling materials completely to allow for the subsequent steps of cleaning, canal shaping and filling replacement. Objective To evaluate the efficacy of passive ultrasonic irrigation (PUI) in the removal of residual root filling material after removing the bulk of the root filling with nickel-titanium rotary instruments. Material and method Eighteen mesial isthmus-containing roots of human mandibular molars were prepared and filled. The root canal filling was removed with the ProTaper Retreatment system and K-files. The specimens were randomized into 2 groups (n = 9), both irrigated with 2.5% NaOCl and 17% EDTA. In the conventional group, an irrigation syringe was used. In the PUI group, the PUI technique was used. The roots were sectioned longitudinally and evaluated under stereomicroscopy. Student’s t test was used to compare groups and the general linear model was used to compare the apical, cervical, and middle root thirds within each group, in regard to the percentages of remaining residual filling material. Result There was no statistically significant intergroup difference, irrespective of which root third was evaluated (P &gt; 0.05). In the PUI group, the apical third showed a significantly higher percentage of residual filling material, in comparison with the cervical (P = 0.038) and middle (P = 0.029) thirds. Conclusion The PUI technique was not more effective than the conventional irrigation technique in removing residual root filling material during endodontic retreatment in root canals with a complex anatomy.<hr/>Resumo Introdução O retratamento endodôntico requer a remoção de todos os materiais obturadores para a limpeza, o preparo e a obturação subsequentes do canal radicular. Objetivo Avaliar a eficácia da Irrigação Ultrassônica Passiva (IUP) na remoção de material obturador residual após a desobturação com sistema rotatório de níquel-titânio. Material e método Dezoito raízes mesiais de molar inferior com istmos foram preparadas e obturadas. A obturação foi removida com o sistema rotatório ProTaper Retratamento e limas manuais tipo K. Os espécimes foram randomizados em dois grupos (n = 9), ambos irrigados com NaOCl a 2,5% e EDTA a 17%. No grupo Convencional, a seringa de irrigação foi utilizada. No grupo da IUP, a técnica da IUP foi usada. As raízes foram seccionadas longitudinalmente e avaliadas em estereomicroscópio. O teste t de Student foi usado para comparar os grupos e o modelo linear geral foi usado para comparar os terços cervical, médio e apical dentro de cada grupo, no que diz respeito a porcentagem de material obturador residual. Resultado Não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos, independentemente do terço do canal radicular analisado (P&gt; 0.05). No grupo da IUP, o terço apical mostrou uma porcentagem significativamente mais alta de material obturador residual quando comparado aos terços cervical (P = 0.038) e médio (P= 0.029). Conclusão A IUP não foi mais eficaz do que a técnica convencional na remoção de material obturador remanescente durante o retratamento endodôntico em canais radiculares com anatomia complexa. <![CDATA[Modelagem e validação 3D de um premolar para análise de elementos finitos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100021&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Introduction The development and validation of mathematical models is an important step of the methodology of finite element studies. Objective This study aims to describe the development and validation of a three-dimensional numerical model of a maxillary premolar for finite element analysis. Material and method The 3D model was based on standardized photographs of sequential slices of an intact premolar and generated with the use of SolidWorks Software (Dassault, France). In order to validate the model, compression and numerical tests were performed. The load versus displacement graphs of both tests were visually compared, the percentage of error calculated and homogeneity of regression coefficients tested. Result An accurate 3D model was developed and validated since the graphs were visually similar, the percentage error was within acceptable limits, and the straight lines were considered parallel. Conclusion The modeling procedures and validation described allows the development of accurate 3D dental models with biomechanical behavior similar to natural teeth. The methods may be applied in development and validation of new models and computer-aided simulations using FEM.<hr/>Resumo Introdução O desenvolvimento e validação de modelos matemáticos é uma importante etapa da metodologia de estudos de elementos finitos. Objetivo Este estudo tem o objetivo descrever o desenvolvimento e validação de um modelo numérico tridimensional de um pré-molar superior para análise em elementos finitos. Material e método Fotografias padronizadas de cortes sequenciais de um pré-molar hígido serviram de referência para o desenvolvimento do modelo 3D, que foi construído por meio do programa SolidWorks (Dassault, França). A fim de validar o modelo testes de compressão e simulação numérica foram realizados. Os gráficos de carga versus deslocamento de ambos os ensaios foram comparados visualmente, a percentagem de erro calculada e homogeneidade dos coeficientes de regressão testada. Resultado Um modelo 3D preciso foi desenvolvido e validado, uma vez que os gráficos apresentavam-se visualmente semelhantes, o percentual de erro ficou dentro dos limites aceitáveis​​ e as retas foram consideradas paralelas. Conclusão Os procedimentos de modelagem e validação descritos permitem o desenvolvimento de modelos dentários 3D precisos com comportamento biomecânico semelhante aos dentes naturais. Os métodos podem ser aplicados no desenvolvimento e validação de novos modelos e estudos de simulações computacionais por meio do MEF. <![CDATA[Eficácia das manobras de desbridamento no preparo químico-mecânico quanto à desinfecção no terço apical em molares humanos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100027&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivo Avaliar a eficácia das manobras de desbridamento no preparo químico-mecânico (PQM) quanto a limpeza e desinfecção no terço apical em molares humanos. Material e método Cinquenta raízes mesiais de molares inferiores humanos com dois canais radiculares foram inoculadas com E. faecalis e distribuídas aleatoriamente em cinco grupos (n=10). O PQM foi realizado com o sistema Protaper associado ao desbridamento com as limas Kerr #10 (G1 e G3) e as limas Kerr #15 (G2 e G4). O G5 representou o controle positivo, o qual foi submetido apenas ao PQM, sem receber o desbridamento. Outra variável foi o uso da medicação intracanal (MIC) à base de hidróxido de cálcio (Calen), que foi aplicada aos grupos G3 e G4. A irrigação foi feita com hipoclorito de sódio 2,5% e EDTA 17%. A análise da ação antimicrobiana se deu através da contagem das unidades formadoras de colônias (UFC). Resultado Foram aplicados o Teste Kruskal-Wallis (nas análises imediatas) e o Teste Mann-Whitney (nas análises mediatas), ambos com p=0,01. A análise imediata ao PQM apresentou-se sem diferença estatística entre os grupos (p=0,11). No G4 (#15 + MIC), os resultados das coletas mediatas foram estatisticamente significantes (p=0,01). Conclusão O desbridamento com as limas Kerr #10 e #15 não apresentou diferença significativa quanto à redução das colônias de E. faecalis quando comparado ao grupo em que não se realizou o desbridamento. Nos espécimes em que se aplicou a MIC, o desbridamento com a lima Kerr #15 (G4) foi mais eficiente do que a lima Kerr #10 (G3) em reduzir as UFC.<hr/>Abstract Aim The aim of this in vitro study was to evaluate the efficacy of chemo-mechanical preparation (CMP) debridement procedures in regard to cleansing and disinfection of the apical third of human molar canals using different protocols. Material and method Fifty mesial roots of human mandibular molars containing two canals were inoculated with E. faecalis strains and randomly allocated to five groups (n=10). CMP was carried out with the rotatory Protaper system associated with Kerr files #10 (G1 and G3) and #15 (G2 and G4). G5, the positive control, was subjected to CMP without debridement. Another variable studied was the use of calcium hydroxide-based temporary intracanal medication (Calen) prior to the chemo-mechanical performed in the G3 and G4 groups. Irrigation was performed with 2.5% sodium hypoclorite and 17% EDTA. Antimicrobial activity was quantified by counting the number of colony-forming units (CFU). Result Kruskal-Wallis was used for immediate analyses and Mann-Whitney for mediate analyses both with a stipulated value of significance of p=0.01. In the imediate analyses following CMP there were no significant differences among the groups (p=0.11). In the G4 (#15 + MIC) the results of the mediate collections were statistically significant (p=0.01). Conclusion Debridement with #10 and #15 Kerr files did not produce significant differences in regard to reduction of E. faecalis when compared to the positive control. In samples where Calen intracanal medication was used debridement with #15 Kerr files was more efficient in reducing the number of CFUs than #10 Kerr files. <![CDATA[As mudanças químicas e de dureza na dentina decidua desmineralizada tratada com fluoreto e cimento de ionômero de vidro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100033&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Background Fluoride plays an important role in the control of dental caries. Aim To evaluate the chemical exchange between restoration of glass ionomer cement of high viscosity (GIC) and primary dentin with application of sodium fluoride (NaF) 2% through changes in hardness from uptake of calcium, phosphate and fluoride. Material and method Class I cavities were prepared in 40 sound primary molars, and the sample was divided into two groups (n=20) according to dentin condition: sound (1) and demineralized (2). Sub-groups (n=10) were formed to investigate the isolated action of the GIC or the association with NaF (F). This in vitro study examined the chemical exchange under two conditions, sound and demineralized dentin (pH cycling), to simulate the occurrence of mineral loss for the caries lesion. G1 and G2 received GIC restoration only; groups G1F and G2F received NaF before GIC restoration. The specimens were prepared for Knoop hardness test and micro-Raman spectroscopy. A two-way ANOVA test (α = 0.05) was used for statistical analysis. Micro-Raman data were qualitatively described. Result Increased hardness was observed in all the sites of direct contact with GIC in sound and demineralized dentin for all groups (p&lt;0.001); no difference was observed in microhardness after application of NaF (p&gt;0.05). In the evaluation of micro-Raman, direct contact between GIC and dentin for sound and demineralized dentin resulted in increased peaks of phosphate. Conclusion The exchange between GIC and demineralized dentin may induce changes of mechanical properties of the substrate, and uptake of mineral ions (phosphate) occurs without the influence of NaF.<hr/>Resumo Introdução O fluoreto desempenha importante papel no controle da cárie dental. Objetivo Avaliar as trocas químicas entre cimentos de ionômero de vidro de alta viscosidade (CIV) e dentina decídua com aplicação de fluoreto de sódio (NaF) a 2% em alterações de dureza dentinária a partir da incorporação de cálcio, fosfato e fluoreto. Material e método Cavidades Classe I foram preparadas em 40 molares hígidos divididos em 2 grupos (n=20), de acordo com a condição dentinária: hígida (1) e desmineralizada (2). Subgrupos (n=10) foram formados para avaliar a ação isolada do CIV ou associado com NaF (F). Este estudo in vitro avaliou as trocas químicas sob duas condições: dentina hígida e desmineralizada (ciclagem de pH) para simular a perda mineral que ocorre em lesões de cárie. Grupo G1 e G2 receberam restaurações de CIV; Grupos G1F e G2F receberam NaF antes do CIV. Os espécimes foram preparados para microdureza Knoop e Micro-Raman. Para análise estatística foi utilizada Anova 2 fatores (α = 0.05). Os dados do Micro-Raman foram descritos qualitativamente. Resultado O aumento de dureza foi observado em todos os sítios de contato direto com CIV, em ambas dentinas em todos os grupos (p&lt;0.001); não foi observado diferença em microdureza após aplicação do NaF (p&gt;0.05). Na avaliação do Micro-Raman, o contato direto do CIV/dentina tanto hígida quanto desmineralizada resultou em um aumento do pico do fosfato dentinário. Conclusão As trocas químicas entre o CIV e dentina desmineralizada podem induzir mudanças das propriedades mecânicas do substrato e a captação de íons minerais (fosfato) ocorre sem a influência do NaF. <![CDATA[Influência dos métodos de um ou dois estágios para polimerização de próteses totais na adaptação e movimentação de dentes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100041&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Introduction The quality of complete dentures might be influenced by the method of confection. Objective To evaluate the influence of two different methods of processing muco-supported complete dentures on their adaptation and teeth movements. Material and method Denture confection was assigned in two groups (n=10) for upper and lower arches according to polymerization method: 1) conventional one-stage - a wax trial base was made, teeth were arranged and polymerized; 2) two-stage method - the base was waxed and first polymerized. With the denture base polymerized, the teeth were arranged and then, performed the final polymerization. Teeth movements were evaluated in the distances between incisive (I-I), pre-molars (P-P), molars (M-M), left incisor to left molar (LI-LM) and right incisor to right molar (RI-RM). For the adaptation analysis, dentures were cut in three different positions: (A) distal face of canines, (B) mesial face of the first molars, and (C) distal face of second molars. Result Denture bases have shown a significant better adaptation when polymerized in the one-stage procedure for both the upper (p=0.000) and the lower (p=0.000) arches, with region A presenting significant better adaptation than region C. In the upper arch, significant reduction in the distance between I-I was observed in the one-stage technique, while the two-stage technique promoted significant reduction in the RI-RM distance. In the lower arch, one-stage technique promoted significant reduction in the distance for RI-RM and two-stage promoted significant reduction in the LI-LM distance. Conclusion Conventional one-stage method presented the better results for denture adaptation. Both fabrication methods presented some alteration in teeth movements.<hr/>Resumo Introdução A qualidade das próteses totais pode ser influenciada pelo método de confecção. Objetivo Avaliar a influência de diferentes métodos de confecção de próteses totais na adaptação e movimentação de dentes. Material e método A confecção das próteses foi dividida em dois grupos (n=10) para arcadas superior e inferior de acordo com o método: 1) convencional de uma etapa - realizada uma base de prova em cera onde foram montados os dentes e levada para a termopolimerização; 2) Método de duas etapas - a base foi encerada e termopolimerizada. Com a base da prótese polimerizada, os dentes foram montados e em seguida realizou a polimerização da outra porção. Para movimentação de dentes foram avaliadas as distâncias entre incisivos (I-I), pré-molares (PM-PM), molares (M-M), incisivo esquerdo a molar esquerdo (IE-ME) e incisivo direito a molar direito (ID-MD) antes e após polimerização final. As próteses foram seccionadas em três posições para análise de adaptação: (A) face distal de caninos, (B) face mesial de primeiros molares, e (C) face distal de segundos molares. Resultado As bases das próteses demonstraram melhor adaptação quando polimerizadas no processo de uma etapa, tanto superiores (p&lt;0,05) quanto inferiores (p&lt;0,05), com a região A apresentando melhor adaptação que a região C. Na arcada superior uma redução na distância entre I-I foi observada na técnica de uma etapa, enquanto que na técnica de duas etapas houve redução na distância ID-MD. Na arcada inferior, na técnica de uma etapa houve redução na distância ID-MD e houve redução significativa na distância IE-M pelo método de duas etapas. Conclusão O método de uma etapa apresentou melhores resultados para a adaptação da prótese. Ambos os métodos de confecção apresentaram alteração na movimentação de dentes. <![CDATA[Desempenho de métodos baseados em indução de fluorescência na avaliação da remoção de dentina cariada]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100047&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Introdução Critérios clínicos vêm sendo utilizados para determinação da presença de tecido cariado remanescente, mas geram dúvidas, tornando-se relevante a utilização de métodos que auxiliem na determinação da presença de cárie dentária remanescente. Objetivo Avaliar in vitro a eficácia de métodos de indução de fluorescência no diagnóstico da remoção de tecido cariado artificial dentinário. Material e método O esmalte oclusal de 94 terceiros molares humanos hígidos foi removido, expondo a dentina subjacente, para indução microbiológica de lesão de cárie artificial. Após a remoção do tecido cariado induzido, o remanescente dentinário foi avaliado por dois examinadores com DIAGNOdent, DIAGNOdent pen e Quantitative Light-Induced Fluorescence (QLF). Após todas as avaliações, secções dos dentes foram observadas e fotografadas em lupa estereoscópica com 30× de aumento por um examinador independente. As imagens foram analisadas no software Image J, permitindo a quantificação de tecido remanescente em milímetros quadrados. Foi calculada a reprodutibilidade interexaminador através de coeficiente intraclasse, sensibilidade, especificidade e área sob a curva ROC, e o teste de McNemar (p&lt;0,05) foi aplicado para comparação dos diferentes métodos. Resultado Dos 94 dentes, 51 (54,2%) apresentaram remanescente de tecido cariado. Os valores de sensibilidade, especificidade e área sobre a curva ROC foram semelhantes para os três grupos (p&gt;0,05). Os valores de reprodutibilidade variaram entre 0,952 e 0,978. Conclusão Dentre os métodos utilizados, o DIAGNOdent e o DIAGNOdent pen apresentaram melhor desempenho na avaliação da presença de cárie artificial remanescente quando comparados ao QLF.<hr/>Abstract Introduction Clinical criteria have been used for the determination of the presence of residual caries, however in a subjective manner. Then the use of auxiliary methods that assist in determination of the remaining presence of caries can be considered for this purpose. Objective Evaluate the in “in vitro” efficacy fluorescence induction methods in the diagnosis of removing artificial dentinal caries. Material and method Ninety-four thirds sound human molars without occlusal enamel were used for microbiological artificial caries lesion induction. The decayed tissue was removed and the remaining dentin evaluated by two examiners with DIAGNOdent, DIAGNOdent pen and Quantitative Light-Induced Fluorescence - QLF. After all assessments, sections of the specimens were observed and photographed in stereoscopic lens with 30× increase by an independent examiner. These images were analyzed with Image J software, allowing quantitation of remaining caries tissue in mm2. The inter-examiner reliability, sensitivity, specificity, and area under the ROC curve was calculated and the McNemar test (p&lt;0.05) was used to compare the different among methods. Result Of the 94 teeth, 51 (54.2%) had residual caries. The sensitivity, specificity, and area under the ROC curve were similar for the three methods (p&gt;0.05). The inter-examiner agreement ​​ranged between 0.952 and 0.978. Conclusion Among the methods used, the DIAGNOdent, DIAGNOdent pen showed better performance in residual caries detection after dentin caries removal when compared to QLF. <![CDATA[Análise da capacidade de remoção de pigmentos da resina composta pelo peróxido de hidrogênio 35%]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100053&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivo Avaliar in vitro a capacidade de remoção de pigmentos ocasionados em resina composta após aplicação de peróxido de hidrogênio 35%. Material e método Confeccionaram-se 20 amostras de resina composta Opallis (FGM), cor A1, em matriz metálica circular. As amostras foram divididas em quatro grupos (n=5) dos seguintes agentes corantes: água destilada (controle), café, vinho tinto e Coca-Cola®. No manchamento, as amostras ficaram imersas nas soluções durante 72 horas, com troca diária das bebidas. Procedeu-se à aplicação do gel de peróxido de hidrogênio 35% (Whiteness HP Blue Calcium, FGM) em três sessões, sendo uma aplicação do gel por sessão, o qual permaneceu nas amostras durante 40 minutos. Medidas de cor foram feitas inicialmente, após manchamento, após aplicação do peróxido e por mais 21 dias, usando espectrofotômetro Vita Easyshade. Os dados foram submetidos à análise de variância de dois fatores (tempo vs. corante) e ao teste de Tukey, para o contraste das médias (α=0,05). Resultado Apresentaram alteração de cor (ΔE - média/desvio padrão de L*) o café (15,7 ± 2,0) e o vinho (15,2 ± 4,6), quando comparados à Coca-Cola® (4,8 ± 1,9). O peróxido de hidrogênio removeu a pigmentação das amostras, porém, para nenhum dos corantes, houve retorno à coloração inicial, principalmente no grupo manchado por café (12,9 ± 1,5); este mostrou diferença significativa quando comparado ao controle (1,6 ± 0,6), diferentemente do vinho (3,3 ± 0,6) e da Coca-Cola® (2,1 ± 0,9), que se aproximaram do grupo controle. Conclusão As soluções corantes pigmentaram a resina composta, principalmente o café. A aplicação do peróxido de hidrogênio 35% foi eficaz na remoção de pigmentos das amostras, porém, em nenhum dos grupos, com diferentes corantes, houve retorno à coloração inicial (p&gt;0,005).<hr/>Abstract Objective Evaluate in vitro the ability to removal pigments of composite resin after application of hydrogen peroxide 35%. Material and method Concocted to-20 resin samples composed Opallis (FGM), A1 color, in circular metal matrix. The samples were divided into 4 groups (n = 5) the following coloring agents: distilled water (control), coffee, red wine and Coca-Cola®. In the staining, the samples were immersed in the solutions for 72 hours, with daily change of beverages. Proceeded to the application of 35% hydrogen peroxide gel (Whiteness HP Blue Calcium, FGM) in 3 sessions, one application of gel per session that remained in the samples for 40 minutes. Color measurements were made initially after staining after application of the peroxide and for 21 days using Vita Easyshade spectrophotometer. The data were submitted to two-way ANOVA and Tukey’s test (α = 0.05). Result Significant color change was observed in specimens after immersion in the solutions, except the control group. Hydrogen peroxide was capable of removing the stains, however the color did not return to the baseline in any of the staining groups, especially for the groups immersed in coffee. Conclusion Staining solutions can stain the composite resin. The application of 35% hydrogen peroxide can remove partially the staining, minimizing the color change produced by the staining solutions. However, the bleaching gel was not capable of removing all staining, especially for the coffee group. <![CDATA[Avaliação dos efeitos de métodos de descontaminação e armazenamento sobre a integridade estrutural do esmalte humano]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-25772016000100059&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Introduction The storage of teeth for use in research is a controversial issue with no consensus on the most appropriate treatment method for this purpose. Objective The aim of this study was analyze the effectiveness and the influence of different methods of decontamination and storage of human enamel samples, in order to maintain their integrity. Material and method The sample consisted of 124 molars distributed randomly into three groups according to the method: control - distilled water, 0.1% thymol and 0.02% sodium azide. The tests performed were laser fluorescence, surface microhardness and profilometry analysis (0, 15 and 30 days) and Microbiological test (7, 15 and 30 days). Data were analyzed by the ANOVA and Tukey tests (P &lt;0.05). Result In the laser fluorescence test, thymol proved to be more feasible for maintaining the integrity of the dental organ, since it did not show significant variations in values among the analyzed periods (P&gt; 0.05). The surface microhardness analysis showed loss of tooth structure in all methods, and sodium azide led to a lower level of tooth loss. Profilometry analysis showed loss of mass in all groups whereas sodium azide showed the greatest loss. None of the methods was able to inhibit bacterial growth. Conclusion Among the processing methods analyzed none was able to combine effective decontamination and storage with maintenance of the structural integrity of the human enamel.<hr/>Resumo Introdução O armazenamento de dentes para utilização em pesquisas é uma questão controvérsia e não há consenso sobre o método de tratamento mais apropriado para esta finalidade. Objetivo O objetivo deste estudo foi analisar a efetividade e a influência de diferentes métodos de descontaminação e armazenamento do esmalte dentário humano, a fim de manter sua integridade. Material e método A amostra foi constituída por 124 molares distribuídos aleatoriamente em três grupos, de acordo com o método: controle – água destilada, soluções de timol a 0,1% e de azida de sódio a 0,02%. Os testes realizados foram fluorescência a laser, microdureza de superfície e análise de perfilometria (0, 15 e 30 dias) e teste microbiológico (7, 15 e 30 dias). Os dados foram analisados por meio dos testes ANOVA e Tukey (p&lt;0,05). Resultado No teste de fluorescência a laser, a solução de timol a 0,1% demonstrou ser mais viável na manutenção da integridade do órgão dentário, uma vez que este não apresentou variações significativas nos valores entre os períodos avaliados (p&lt;0,05). A análise de microdureza de superfície evidenciou perda de estrutura dentária em todos os métodos, sendo que a azida de sódio promoveu menor perda dentária. Na análise de perfilometria observou-se perda de estrutura em todos os grupos, com maior perda no grupo azida de sódio. Nenhum dos métodos conseguiu inibir o crescimento bacteriano. Conclusão: Dentre os métodos de processamento analisados nenhum foi capaz de aliar a efetividade na descontaminação ao armazenamento com manutenção da integridade estrutural do esmalte dentário humano.