Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Educação Física e Esporte]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1807-550920130004&lang=en vol. 27 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>O processo de avaliação dos artigos e a sua contribuição para o avanço da área</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Kinetic responses of running shoes submitted to prolonged use</b>: <b>a case report</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en The purpose of this study was to analyze the kinetic responses of running shoes submitted to prolonged use. Four shoes (R1, R2, T1 and T2) were used for 500 km except for T1 which was used for 1000 km. At every 100 km, Ground Reaction Force (GRF) and plantar pressure measurements were collected. In T2, there was a slight trend of increase in Loading Rate of the first peak of GRF with increasing distance. R1, R2 and T1 showed no trend of increase in Loading Rate values. Shoe T1 showed a slight tendency of increase in Loading Rate values when the distance was considered up to 1000 km. All running shoes showed a high variability in peak pressure values, but no trend of increase was observed. On the contrary, T1, T2 and R2 showed a trend of decrease in peak pressure values with increasing use. Therefore, there is no consistent evidence or trend of increase in Loading Rate and Peak Pressure values that would suggest worsening in external load attenuation.<hr/>O objetivo foi analisar as respostas dinâmicas em calçados de corrida submetidos ao uso prolongado. Quatro calçados (R1, R2, T1 e T2) foram submetidos ao uso prolongado na corrida. R1, R2 e T2 foram usados por 500 km e T1 por 1000 km. A cada 100 km, foram coletadas a Força de Reação do Solo e a pressão plantar. Em T2, houve uma ligeira tendência de aumento na taxa de crescimento do primeiro pico de força vertical (TC1) com o aumento da quilometragem de uso. R1, R2 e T1 não mostraram tendência de aumento nos valores de TC1. O calçado T1 apresentou uma ligeira tendência de aumento nos valores de TC1 nas quilometragens de uso até 1.000 km. Todos os calçados de corrida mostraram alta variabilidade nos valores de pico de pressão, mas sem tendência clara de aumento. Pelo contrário, T1, T2 e R2 mostraram uma tendência de diminuição dos valores da pressão de pico com quilometragens crescentes de uso. Portanto, não há nenhuma evidência consistente ou tendência de aumento de nos valores de TC1 ou de pico de pressão que pudesse sugerir piora na atenuação de carga externa. <![CDATA[<b>Comparison of cardiovascular autonomic response among body builders, long distance runners and non-trained</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se comparar a resposta autonômica cardiovascular (RAC) de praticantes de musculação, corredores de longa distância e não praticantes de exercício. Homens, 21 a 55 anos, foram agrupados em: Praticantes Musculação (PM, n = 31); Praticantes Corrida (PC, n = 28); Controle (C, n = 35). Foram selecionadas quatro técnicas para avaliação da RAC: Frequência cardíaca de repouso (FCR), Teste pressórico do frio (TPF), Variabilidade da FC (VFC) e recuperação da FC pós-teste máximo em esteira. A FCR foi menor no grupo PC (PC = 54 ± 2; PM= 62 ± 2; C = 65 ± 2 bpm; média ± EPM). A recuperação da FC aos 60 s pós-teste de esforço foi maior no grupo PC (PC = 34 ± 3; PM = 23 ± 1; C = 24 ± 2; bpm). Quanto aos parâmetros espectrais de alta (HF) e baixa (LF) frequência da VFC, o grupo PC apresentou maior HF (55,1 ± 4,0 n.u) e menor LF (43,1 ± 4,0 n.u) comparado ao grupo C (HF = 40,7 ± 3,3; LF = 56,7 ± 3,5 n.u). O grupo PM não apresentou qualquer diferença de RAC em comparação ao grupo C. Conclui-se que prática contínua em musculação por longo prazo, diferentemente da prática de corrida de longa distância, não é capaz de alterar significativamente a RAC.<hr/>The aim of the study was to compare the cardiovascular autonomic response (CAR) of recreational weight trainers, long distance runners and non-exercised subjects. Men, 21 to 55 years old, were grouped in: recreational weight trainers (W, n = 31), long distance runners (R, n = 28) and non-exercised (C, n = 35). Four strategies of evaluation of the CAR were selected: Resting heart rate (RHR), cold pressor test (CPT), heart rate variability (HRV) and heart rate recovery (HHR) following maximal exercise test. The RHR was lower (R = 54 ± 2; W = 62 ± 2; C= 65 ± 2 bpm; mean ± SE) and the HHR 60s post exercise was larger in the R group (R = 34 ± 3; W = 23 ± 1; C = 24 ± 2 bpm). The R group presented larger high-frequency (HF; 55.1 ± 4.0 n.u) and smaller low-frequency (LF; 43.1 ± 4.0 n.u) components of HRV than C group (HF = 40.7 ± 3.3; LF = 56.7 ± 3.5 n.u.). The W group did not show any differences compared to C group. The study's conclusion was that long-term weight-training program, unlike of long-term running training, it is not able to alter significantly the regulatory pattern of CAR. <![CDATA[<b>What artistic gymnastics has of artistic?</b>: <b>considerations from an aesthetical analysis</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en A terminologia, Ginástica Artística, sugere um grande papel estético para a modalidade e aponta um cruzamento entre o fenômeno esportivo e a arte. O presente artigo busca discutir as premissas desse cruzamento e coloca em pauta conceitos do campo da estética e constatações observadas no contexto atual desse esporte. Nota-se que uma das grandes riquezas da modalidade reside justamente na união desses dois fenômenos, mas que na realidade prática o conteúdo artístico tem sido negligenciado, pouco valorizado ou subaproveitado. O Brasil pode deixar a sua marca no cenário mundial da Ginástica Artística através da combinação, do hibridismo e da inventividade que são características da estética brasileira e que podem influenciar o conteúdo expressivo e artístico deste esporte.<hr/>The terminology, Artistic Gymnastics, suggests a major role of the aesthetic aspect of this sport and points out an intersection between sport and art. This article discusses the premises of this intersection using the concepts from aesthetics field and the characteristics observed in the current context of this sport. It is noticed that one of the greatest wealth of this sport lies in the union between these two phenomena, but the artistic content has been overlooked, undervalued or underused in practice. Brazil can make his mark on Artistic Gymnastics world scenario through the combination, the hybridism and the inventiveness that are Brazilian aesthetic characteristics that can influence the expressive and artistic contents of this sport. <![CDATA[<b>"</b><b>We have lovers to the sea and to the land</b><b>"</b>: <b>representations of sport in feuillentons (Rio de Janeiro; 1851-1855)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Tendo em conta a relevância do material publicado nos primeiros folhetins brasileiros, olhares privilegiados sobre um momento importante da história do país, o objetivo deste estudo é discutir a presença do esporte no Rio de Janeiro dos anos iniciais da segunda metade do século XIX (1851-1855) a partir das representações de três pioneiros da crônica brasileira: José Maria Paranhos, Francisco Otaviano e José de Alencar. Estimulou-nos um conjunto de pioneirismos que de forma alguma são ocasionais: os momentos iniciais de uma prática, representados nos primeiros instantes de um gênero literário, em um período em que havia certa estabilidade política e econômica, no qual, entre alguns grupos, se fortaleceu o desejo de adoção de um ideário moderno.<hr/>Considering the relevance of the material published in the first Brazilian feuilletons, the aim of this study is to discuss the presence of the sport in Rio de Janeiro early years of the second half of the nineteenth century (1851-1855) from the representations of three pioneers of chronic Brazilian: José Maria Paranhos, Francisco Otaviano and José de Alencar. We were stimulated by some not casual coincidences: the initial moments of a practice, represented in the first moments of a literary genre, in a period when there was some political and economic stability, in which some groups began to aspire to adopt modern ideas. <![CDATA[<b>The Cold War and the World Chess Championship final in 1972</b>: <b>some analytical and correlational possibilities</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nesse artigo pretendemos esboçar uma possibilidade de leitura sociológica que contemple algumas das contingências socioculturais e políticas presente no campo de forças orientado pelo embate entre capitalistas e socialistas durante o período da Guerra Fria, procurando, na medida do possível, estabelecer algumas relações desse fenômeno com o campo esportivo e, mais especificamente, com a final do campeonato mundial de xadrez disputada pelo enxadrista soviético Boris Spassky e o enxadrista norte-americano Robert James Fischer em Reykjavik na Islândia no ano de 1972. Na primeira parte do texto, procuramos sugerir e evidenciar alguns pontos de aproximação passíveis de serem estabelecidos entre a estrutura microssociológica do "match do século" e a estrutura macrossociológica da Guerra Fria com base no referencial teórico de Norbert Elias. Em seguida, nos predispomos a explorar essas relações a partir do modelo de análise sociológica dos campos de Pierre Bourdieu.<hr/>In this article we intend to outline a possible sociological point of view wich contemplates some contingencies socio-cultural and political contingencies present in the field driven by the struggle between capitalists and socialists during the Cold War, trying to establish some associations between this phenomenon and the sports field, and more specifically, with the final of the chess world championship involved the Soviet Boris Spassky and the American Robert James Fischer, undertaken in Reykjavik (Iceland) in 1972. In the first section, we suggested and highlighted some points of convergence that can be established between the structure of microsociological "match of the century" and the macrosociological structure of the Cold War based on the theoretical framework of Norbert Elias. Afterwards we these relationships were explored taken into account the model of sociological analysis of the fields of Pierre Bourdieu. <![CDATA[<b>Media and Brazilian paralympic movement</b>: <b>relationships under Brazilian Paralympic Commitee manager's perception</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi investigar formas de relação entre a mídia e a divulgação e comercialização do movimento paralímpico brasileiro. A metodologia de pesquisa baseou-se: em entrevistas semiestruturadas com gestores do Comitê Paralímpico Brasileiro, relativas a processos de administração do movimento paralímpico e formas de relação deste com meios de comunicação; Análise de dados através do método "Discurso do Sujeito Coletivo"; Discussão fundamentada em categorias da obra de Pierre Bourdieu. RESULTADOS: a exploração do movimento paralímpico por parte da mídia brasileira é algo que pode ser melhorado; O esporte paralímpico ainda não possui um capital simbólico que o legitime comercialmente, embora tenha evoluído neste aspecto; Para alcançar maior relevância comercial, pode ser interessante que o movimento paralímpico continue seu processo de busca por aumento da profissionalização e se adeque a direções propostas pela mídia. Talvez com isso, venha a melhorar a exposição de sua vertente esportiva de alto rendimento, destacando sua capacidade de criar ídolos, produzir emoções prazerosas e atrair interesse de espectadores.<hr/>The goal of this study was to investigate the relationship between media and disclosure and commercialization of Brazilian Paralympic Movement. The research methodology was based on: semistructured interviews with managers of the Brazilian Paralympic Committee about management processes of the paralympic movement and relationship with the media; Data from interviews were analyzed using the Discourse Collective Subject method and reflections based on Pierre Bourdieu's categories. RESULTS: the exploitation of the paralympic movement by the Brazilian media is something that can be improved; Paralympic sport does not have a symbolic capital that legitimizes commercially, although it has developed in this regard; To reach better commercial relevance, it may be interesting that the Paralympic movement continues its search process by increasing professionalization and fits the directions proposed by the media. Due to such approach, the exposure of your slope high performance sport might be improved, showing its ability to create idols, produce pleasurable emotions and attract interest of consumers. <![CDATA[<b>Ideological dimensions of the public debate about violence in Brazilian football</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo objetivou responder a seguinte indagação: em que medida e como os discursos enunciados no atual debate público sobre a violência no futebol brasileiro acerca do torcedor vinculado a atos violentos podem ser considerados ideológicos, estabelecendo e sustentando relações de dominação? Para responder a esta questão, o conceito de ideologia de John B. Thompson foi adotado, bem como a sua proposta metodológica: a hermenêutica de profundidade. Seguindo a estrutura tradicional dessa metodologia, o trabalho foi estruturado em três partes interdependentes: num primeiro momento, o contexto sócio-histórico do debate em questão foi analisado. Em seguida, sua estrutura formal ou discursiva. E, em um terceiro momento, essa estrutura foi interpretada à luz do contexto sócio-histórico. Com base na análise realizada, é possível concluir que o referido debate adota uma narrativa que estigmatiza os torcedores vinculados a atos violentos e que essa narrativa atinge diretamente os torcedores organizados, mantendo-os em uma situação de dominação.<hr/>This study aimed to answer the following question: can the discourses produced in the public debate about violence involving Brazilian football supporters be considered ideological, establishing and maintaining domination relations? The concept of ideology proposed by John B. Thompson was used, as well as his methodology: the depth hermeneutics. Following the traditional structure proposed by this methodology, the study was divided in three interdependent parts: the first one, analyzed the socio-historical context of the debate. Afterwards, its formal and discursive structures are analyzed. Finally, the outputs from the formal and discursive structures were interpreted. It was possible to conclude that the debate discussed here uses a narrative wich stigmatizes the football supporters involved in violent actions, specially the "organized supporters", who are maintained in a domination situation. <![CDATA[<b>Heroism, media and Sport Club Corinthians Paulista</b>: <b>a case study on the final of 2012 Libertadores Cup through the point of view of Folha de S. Paulo newspaper</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400009&lng=en&nrm=iso&tlng=en A partir do processo histórico que notabilizou o futebol como um elemento da cultura nacional, destaca-se sua projeção enquanto uma modalidade que ampliou suas relações com os setores financeiro, econômico e comercial. Nesse sentido, a mídia tornou-se um relevante mediador de tensões interligadas às práticas futebolísticas, criando representações que afetam a formação da identidade esportiva brasileira. O objetivo deste artigo consiste em analisar como o jornal Folha de S. Paulo retratou a inédita conquista da Copa Libertadores da América de 2012, pelo Sport Club Corinthians Paulista. Metodologicamente caracterizado como uma pesquisa histórica do tempo presente, analisou-se as edições dos dias 4, 5 e 6 de julho, tratando-se, portanto, de um estudo de caso. Constatou-se que o periódico é um meio propício à construção de narrativas a partir da figura do herói, elaborando o discurso de acordo com interesses comerciais que objetivam consolidar uma cultura esportiva voltada para o consumo.<hr/>From the historical process that distinguished soccer as an element of national culture, its outstanding projection as a modality that has expanded its relationship with the financial, economic and commercial sectors. In this sense, the media became an important mediator of tensions linked to football practices, creating representations that affect the formation of the Brazilian sports identity. The purpose of this article is to analyze how the newspaper Folha de S. Paulo portrayed the unprecedented winning of the 2012 Libertadores Cup, by the Sport Club Corinthians Paulista. Methodologically characterized as a historical survey of the present time, we analyzed the editions of 4, 5 and 6 July, treating it, therefore, as a case study. It was found that the journal is a conducive way for the construction of narratives from the figure of the hero, preparing the speech according to commercial interests that aim to consolidate a sports culture aimed toward consumption. <![CDATA[<b>Participation in physical education classes and indicators of attitudes toward physical activity in adolescents</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400010&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi analisar a associação entre participação nas aulas de educação física (PAEF) e atitudes relacionadas à atividade física (gostar de fazer atividade física e preferir atividades de lazer fisicamente ativas) em adolescentes. Trata-se de um estudo epidemiológico transversal, a partir de uma amostra representativa de adolescentes (n = 4.207, 14-19 anos) estudantes do ensino médio da rede pública estadual de Pernambuco. Dados foram coletados através de um questionário previamente validado. Observou-se que entre os adolescentes que relataram participar das aulas de educação física a chance de gostar de fazer atividade física foi 73% maior nos rapazes e 93% superior nas moças em comparação àqueles que não participam das aulas. A chance de preferir atividades de lazer fisicamente ativas foi 97% e 72% superior nos rapazes e nas moças que PAEF, respectivamente. Concluiu-se que a PAEF está diretamente associada aos indicadores que expressam atitudes dos adolescentes em relação à atividade física.<hr/>The objective of this study was to analyze the association between the participation in physical education classes (PPEC) and attitudes towards physical activity (to enjoy physical activity and to prefer active leisure activities) in adolescents. This is a cross-sectional epidemiological study from a representative sample of adolescents (n = 4207, 14-19 years) high school students of public schools from Pernambuco. Data were collected using a previously validated questionnaire. It was found that among adolescents who reported PPEC the chance to enjoy physical activity was 73% higher in boys and 93% higher in girls compared to those who do not participate in the classes. The chance of to prefer active leisure activities was 97% and 72% higher in boys than in girls and PPEC, respectively. It was concluded that the PPEC is directly associated with the indicators that express attitudes of adolescents in relation to physical activity. <![CDATA[<b>Context knowledge in the initial training in physical education</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Ao conhecimento pedagógico do conteúdo (CPC) é atribuída a tarefa de transformar o conhecimento do conteúdo dos professores em conhecimento ensinável e compreensível pelos alunos em distintos contextos de ensino e aprendizagem. Balizado por esse pressuposto, e apoiado nas proposições da literatura sobre o conhecimento do contexto e sobre o CPC, este ensaio teórico analisou como os conhecimentos sobre a sala de aula (microcontexto), a escola (mesocontexto) e a comunidade (macrocontexto) incidem na construção do CPC dos futuros professores e nos cursos de formação inicial em Educação Física. A literatura e a estrutura dos cursos de formação em Educação Física sugerem que os conhecimentos sobre os meso e macrocontextos, embora importantes, não têm participação significativa na construção do CPC dos futuros professores. Tal como os estudos analisados, sugere-se que os professores-formadores, durante a formação inicial, estimulem a reflexão, a sensibilidade e a criticidade dos futuros professores sobre a influência dos meso e macrocontextos no planejamento, na implementação e na gestão de suas práticas pedagógicas, na interação com e na aprendizagem e formação dos alunos. Além disso, que os cursos de formação inicial em Educação Física reconheçam a importância do conhecimento do contexto na construção do CPC dos futuros professores, o abordem em diferentes disciplinas, sob vários ângulos e por meio de distintas estratégias, e não apenas tragam alunos em idade escolar para a instituição de ensino superior, mas levem os futuros professores para dentro das escolas de Educação Básica desde o início do curso. Assim, podem ser ampliadas as possibilidades de construção e desenvolvimento do conhecimento do contexto e, consequentemente, do CPC dos futuros professores de Educação Física, qualificando sua formação acadêmica, docente e profissional.<hr/>Pedagogical content knowledge is conceived as responsible for transforming the content knowledge of teachers in knowledge teachable and understandable by students in different contexts of teaching and learning. Considering this assumption, and supported in the proposals of the literature, this theoretical study examined how knowledge about classroom (micro context), school (meso context) and community (macro context) participate in the construction of pedagogical content knowledge of prospective teachers, and in training programs in Physical Education. The information reviewed suggests that knowledge about meso and macro contexts, although very important, do not have meaningful participation in the construction of pedagogical content knowledge for prospective teachers, and is not clearly contemplated as a goal for the initial training in Physical Education, neither by literature of the field, nor by their own training programs. In line with the studies reviewed, we suggested that teachers-trainers, during initial training, stimulate reflection, sensitivity and criticality of prospective teachers about the influence of meso and macro contexts in planning, implementation, and management of teaching practices, in interaction with and in learning and training of students. We believe, therefore, are enlarged the possibilities of construction and development of the context knowledge and, consequently, the pedagogical content knowledge for prospective Physical Education teachers, qualifying their academic, teaching and professional training. <![CDATA[<b>The influence of gender and age on locomotor skill performance in children of early childhood</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Na primeira infância é esperada uma melhora no desempenho de habilidades locomotoras com o avanço da idade. Pode também haver diferenças entre meninos e meninas devido à especificidade da tarefa motora. Este estudo teve como objetivo analisar o desempenho de crianças em habilidades locomotoras de acordo com idade e gênero. O desempenho locomotor de 389 pré-escolares de três a cinco anos da cidade do Recife - PE foi avaliado mediante o TGMD-2. Os resultados mostraram que: crianças mais velhas apresentaram melhor desempenho motor; no geral, meninos obtiveram melhor desempenho no correr, salto horizontal, deslize lateral e escore total locomotor, e meninas no saltitar com um pé aos cinco anos de idade; na análise da progressão do desenvolvimento motor, comportamentos motores mais complexos ocorreram após aqueles considerados menos complexos. Conclui-se que o desenvolvimento locomotor dos pré-escolares recifenses obedeceu aos princípios da progressividade e do aumento da complexidade, entretanto, meninos e meninas mostraram diferenças no seu desempenho dependendo da tarefa.<hr/>In early childhood the performance of locomotor skills is expected to be improved in with advancing age. Differences between boys and girls due to the specificity of motor task may exist. This study aimed to analyze the locomotor skills performance of children regarding age and gender. The locomotor performance of 389 preschool children from three to five years from the city of Recife - PE was evaluated by TGMD-2. The results showed that: older children outperformed the younger ones; in general, the boys outperformed the girls in the skills to run, horizontal jump, slide and in the locomotor total score, and the girls had a better performance in the skill to hop at five years; at the analysis of the progression of motor development, more complex motor behaviors occurred after those considered less complex. It is concluded that the locomotor development of preschoolers from Recife followed the principles of progressivity and complexity, however, boys and girls showed differences on the performance depending on the task. <![CDATA[<b>Flexibility level in high school students from Florianópolis - SC</b>: <b>an analysis focused on gender, age, and extracurricular physical activity practice</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo objetivou analisar o nível de flexibilidade dos escolares do ensino médio de Florianópolis de acordo com o sexo, idade e a prática de atividade física extraescolar. Contou com uma amostra de 300 escolares de ambos os sexos, com média de idade de 15 ± 0,9 anos. Utilizou-se um questionário autoaplicável para coletar informações socioeconômicas e de prática de atividade física extraescolar. Os resultados indicaram que a maioria dos escolares pertencia ao estrato socioeconômico da classe B e realizavam atividade física, dando preferência ao exercício aeróbio de uma a três vezes semanais. Na flexibilidade do quadril a maioria dos escolares do sexo feminino está na faixa de condição de risco à saúde, diferentemente dos escolares do sexo masculino. No entanto, na medida do ombro, as mesmas se encontraram dentro da faixa recomendável. Notou-se que a prática de atividade física não modifica esta situação. Conclui-se que os escolares do sexo masculino são mais flexíveis no quadril, entretanto, as do sexo feminino se sobrepõem na flexibilidade do ombro.<hr/>The present study aimed to analyze the flexibility level in high school students from Florianopolis - SC, regarding gender, age, and extracurricular physical activity practice. The sample was composed by 300 schoolchildren, from both genders, aged 15 ± 0.9 yr. A self-managed questionnaire was used to assess socioeconomic status and extracurricular physical activity practice. The results showed that most of the students as inform the class B socioeconomical stratum, and were used to engaging in some physical activity, notably those involving aerobic exercise, for one to three times per week. Hip flexibility, most of the female students is at a health risk condition range, unlike the male students. Nevertheless, for the shoulder, the females are at an advisable range. Physical education practice does not seem to modify such status. As a conclusion, male students are more flexible for hip, and on the other hand the females overcome their counterparts concerning shoulder flexibility. <![CDATA[<b>Attacking efficacy and game pattern variability in soccer</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo pretende caracterizar e comparar os padrões de jogo ofensivos realizados pelas equipes semifinalistas do Campeonato do Mundo FIFA 2010 - Espanha, Holanda, Alemanha e Uruguai. Através do instrumento de observação SoccerEye e do "software" de registo SoccerEye (v1.0, Março 2011), recolheram-se 1938 sequências ofensivas de 28 jogos (sete por equipe) transmitidos por estações públicas de televisão. O instrumento de observação SoccerEye é constituído por sete critérios: 1) Início da fase ofensiva; 2) Desenvolvimento da Transição-Estado defesa/ataque; 3) Desenvolvimento da posse de bola; 4) Final da fase ofensiva; 5) Espacialização do terreno de jogo; 6) Centro do Jogo; e 7) Configuração Espacial de Interação. Para a análise sequencial dos dados utilizou-se o "software" SDIS-GSEQ (v5.0.77, 2010). Verificou-se que a seleção da Espanha, vencedora do Campeonato do Mundo FIFA 2010, tende a rematar à baliza adversária após passe curto positivo (z = 4,12) ou drible (z = 4,38), ambos os comportamentos realizados na zona central ofensiva (z = 3,94). A Espanha tende a marcar gols após uma ação do goleiro adversário (z = 5,95), que por sua vez resulta de um remate (z = 8,43) à baliza adversária. Conclui-se que a eficácia ofensiva das equipes semifinalistas no Campeonato do Mundo 2010 não se confina aos métodos e aos estilos de jogo utilizados, mas parece estar relacionada com a respetiva variação durante o mesmo jogo e/ou entre jogos diferentes, em resposta aos constrangimentos que o confronto com o adversário coloca.<hr/>The present study aims to characterize and compare the attacking game-patterns performed by the semi-finalist teams during the FIFA World Cup 2010 - Spain, Germany, The Netherlands and Uruguay. With the use of SoccerEye observational instrument and SoccerEye recording software (v1.0, March 2011), 1938 attacks were recorded from TV public broadcasts during 28 matches (7 per team) played by the semi-finalists. SoccerEye observational instrument includes seven criteria: 1) Start of the offensive phase/Ball possession recovery; 2) Development of defense/attack Transition-State; 3) Progress of ball possession; 4) End of the offensive phase; 5) Patterns of field space position; 6) Centre of the game; and 7) Spatial patterns of teams interaction. Data analysis was performed with the use of SDIS-GSEQ software (v5.0.77, 2010). Our results showed that Spanish national team-2010 FIFA World Cup winner - tended to realize shots on target after positive short passes (z = 4.12) or dribbles (z = 4.38), both actions occurring in the central offensive zone (z = 3.94). Also, Spain tended to score goals due to an intervention of the opponent goalkeeper (z = 5.95), that is a consequence of a shot on target (z = 8.43). We concluded that successful attacking game-patterns performed by 2010 FIFA World Cup semi-finalists were not a direct consequence of similar attacking game-methods or styles of play, but probably were related to its variation during the match and/or between matches, according to the constraints created by the opponent. <![CDATA[<b>Sport for persons with a disability</b>: <b>approach about the factors that influence the practice of team wheelchair sports</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este ensaio suscita uma discussão acerca da complexidade do esporte adaptado, diante da forma reducionista como o fenômeno tem sido definido ao longo do tempo. Entende-se que este é um construto complexo e, portanto, a abordagem para o seu entendimento deve ser de pensamento complexo. Foram discutidos os vários aspectos relacionados à prática do esporte pelas pessoas com deficiência e como os trabalhos devem ser conduzidos neste campo. Embora o esporte adaptado tenha efeitos positivos sobre variáveis como reabilitação e inclusão social, este não pode ser definido apenas com base nestas questões e sim como um fenômeno complexo e abrangente.<hr/>This paper gives rise a discussion about the complexity of wheelchair sports highlighting the reductionist way in wich the phenomenon has been defined over time. It is understood that this is a complex construct and therefore the approach for its understanding thought to be complex. We discussed various aspects related to the practice of sport for people with disabilities and how the studies should be conducted in this field. Although the sport has adapted positive effects on variables such as rehabilitation and social inclusion, this can't be defined solely on these issues, but as a complex and comprehensive phenomenon. <![CDATA[<b>Ability to repeat strength</b>: <b>effects of recovery between repetitions</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Para estimular uma melhor resposta adaptativa aos objetivos específicos do treinamento de força, a sobrecarga progressiva é a estratégia mais utilizada. A quantidade de trabalho realizada no treino com sobrecarga é aspecto determinante para a melhora do rendimento. Porém, a sobrecarga resulta em desgaste muscular mecânico, o que desencadeia o aparecimento da fadiga. A fadiga é proporcional à característica das cargas (volume, intensidade e recuperação). Neste sentido, a manipulação do intervalo de recuperação é fundamental para evitar a fadiga excessiva, possibilitando uma menor influência do desgaste mecânico na execução da série, auxiliando, assim, na manutenção do volume e intensidade adequadas. A estratégia frequentemente empregada é aumentar o tempo de recuperação entre séries. No entanto, evidências existentes na literatura científica indicam que a maneira mais eficiente de conseguir estes objetivos (diminuir a fadiga e manter o volume de treinamento necessário) é incorporar curtas recuperações no interior da série ("intra-set" ou ISR). Pode-se alcançar tal objetivo, incorporando a recuperação entre repetições ("inter-repetition rest" ou IRR), ou a cada bloco de repetições (agrupamento ou "cluster"). Estas estratégias metodológicas permitem conservar as características mecânicas do gesto (velocidade, força e potência) durante as repetições por série.<hr/>The progressive training sessions with overloads are the most used strategies to elicit greater adaptive response to specific aims in strength performance. The total work with overload is a relevant factor in performance improvement. However, overload training affects mechanical muscular response, which triggers the onset of fatigue. The muscle fatigue reflects the loads characteristics (volume, intensity and recovery). In order to avoid the excessive fatigue while maintaining appropriate mechanical techniques, it is necessary to manipulate the recovery. Add more time between sets is the most applied strategy. According to the current researches, it seems that the best way to get both goals (less muscle fatigue and equal efficiency volume), is due to intra-set rest (ISR), which may be achieved by adding inter-repetition rest (IRR) in each repetition or cluster of repetitions within sets. These methodological approaches allow us to maintenance of technical characteristics (speed, strength, power) within many repetition-sets. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000400017&lng=en&nrm=iso&tlng=en