Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Otorhinolaryngology]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1808-869420160003&lang=es vol. 82 num. 3 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Innovative therapeutic targets in chronic sinusitis with nasal polyps]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300251&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[Complications of otitis media - a potentially lethal problem still present]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300253&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: It is an erroneous but commonly held belief that intracranial complications (ICCs) of chronic and acute otitis media (COM and AOM) are past diseases or from developing countries. These problems remain, despite improvements in antibiotic care. OBJECTIVE: This paper analyzes the occurrence and clinical characteristics and course of the main ICCs of otitis media (OM). METHODS: Retrospective cohort study of 51 patients with ICCs from OM, drawn from all patients presenting with OM to the emergency room of a large inner-city tertiary care hospital over a 22-year period. RESULTS: 80% of cases were secondary to COM of which the incidence of ICC was 0.8%; 20% were due to AOM. The death occurrence was 7.8%, hearing loss in 90%, and permanent neurological sequelae in 29%. Patients were 61% male. In the majority, onset of ear disease had occurred during childhood. Delay of diagnosis of both the initial infection as well as the secondary ICC was significant. ICCs included brain abscess and meningitis in 78%, and lateral sinus thrombosis, empyema and otitic hydrocephalus in 13%, 8% and 1% of cases, respectively. Twenty-seven neurosurgical procedures and 43 otologic surgery procedures were performed. Two patients were too ill for surgical intervention. CONCLUSION: ICCs of OM, although uncommon, still occur. These cases require expensive, complex and long-term inpatient treatment and frequently result in hearing loss, neurological sequelae and mortality. It is important to be aware of this potentiality in children with COM, especially, and maintain a high index of suspicion in order to refer for otologic specialty care before such complications occur.<hr/>Resumo Introdução: É uma crença comum, porém errônea, que complicações intracranianas (CICs) de otite média tanto aguda (OMA) quanto crônica (OMC) sejam doenças do passado ou de países em desenvolvimento. No entanto, esses problemas continuam, apesar de melhorias na terapia antimicrobiana. Objetivo: Analisar a ocorrência, as características clínicas e a evolução das principais CICs secundárias às otites médias (OM) Método: Estudo de coorte retrospectivo de 51 pacientes com CIC secundárias a OM, provenientes do pronto-socorro de um Hospital Universitário ao longo de um período de 22 anos. Resultado: No total, 80% dos casos de CICs foram secundários a OMC, cuja incidência foi de 0,8%, e apenas 20% foram secundárias a OMA. A letalidade foi de 7,8%, perda auditiva em 90%, com sequela neurológica permanente em 29%. Dentre os pacientes, 61% eram do sexo masculino. Na maioria, o início da doença otológica tinha ocorrido durante a infância. A demora no diagnóstico, tanto da infecção primária como da complicação secundária, foi significativa. CICs, incluindo abscesso cerebral e meningite, corresponderam a 78%, e trombose do seio lateral, empiema e hidrocefalia otítica em 13%, 8% e 1% dos casos, respectivamente. Foram realizados 27 procedimentos neurocirúrgicos e 43 cirurgias otológicas. Dois pacientes não apresentavam condições clínicas para a intervenção cirúrgica Conclusão: CICs de OM, embora incomuns, ainda ocorrem. Esses casos exigem tratamento hospitalar oneroso, complexo e de longo prazo, e frequentemente resultam em perda auditiva, sequelas neurológicas e mortalidade. É importante estar ciente dessa potencialidade especialmente em crianças com OMC e manter um alto índice de suspeita, encaminhar para avaliação otológica e antecipar a ocorrências de tais complicações. <![CDATA[The role of aspirin desensitization in patients with aspirin-exacerbated respiratory disease (AERD)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300263&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Aspirin-exacerbated respiratory disease (AERD) consists of a classic tetrad: moderate/severe asthma, chronic rhinosinusitis, nasal polyps, and intolerance to aspirin or other nonsteroidal anti-inflammatory drugs. Clinical control with drugs, surgery, and desensitization are treatment options. OBJECTIVE: To evaluate the efficacy and tolerability of aspirin desensitization in patients with AERD. METHODS: Periodic symptom assessment and endoscopy in patients with AERD undergoing surgery who were desensitized. RESULTS: Seventeen patients were desensitized. Eight patients completed the desensitization and were followed for a minimum of a one-year period (mean 3.1 years). These patients showed improvement in all symptoms. Moreover, surgical reassessment was not indicated in any of these patients and there was a decrease in costs with medication and procedures. Eight patients did not complete desensitization, mainly due to procedure intolerance and uncontrolled asthma, whereas another patient was lost to follow-up. CONCLUSION: Aspirin desensitization, when tolerated, was effective in patients with AERD and with poor clinical/surgical response.<hr/>Resumo Introdução: A doença respiratória exacerbada por aspirina é composta pela tétrade clássica: asma moderada/grave, rinossinusite crônica, pólipos nasais e intolerância à aspirina ou outro anti-inflamatório não esteroide. Controle clínico com medicamentos, cirurgias e dessensibilização são opções de tratamento. Objetivo: Avaliar a eficácia e tolerabilidade da dessensibilização à aspirina em pacientes com doença exacerbada por aspirina. Método: Avaliação periódica dos sintomas e exame endoscópico em pacientes com doença respiratória exacerbada por aspirina submetidos à cirurgia e dessensibilizados. Resultados: Dezessete pacientes foram dessensibilizados, dos quais oito pacientes completaram a dessensibilização e foram acompanhados pelo tempo mínimo de 1 ano (média de 3,1 anos). Todos referiram melhora de todos os sintomas; não houve nenhuma indicação de reabordagem cirúrgica, e houve redução de gastos com medicações e procedimentos. Outros oito pacientes não completaram a dessensibilização, principalmente por intolerância ao procedimento e descontrole da asma, enquanto outro paciente perdeu o seguimento. Conclusão: A dessensibilização à aspirina, quando tolerada, mostrou-se eficaz nos pacientes com doença respiratória exacerbada por aspirina com resposta clínica/cirúrgica insatisfatória. <![CDATA[Antioxidant therapy in the elderly with tinnitus]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300269&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Several approaches have been tried for the treatment of tinnitus, from cognitive-behavioral therapies and sound enrichment to medication. In this context, antioxidants, widely used in numerous areas of medicine, appear to represent a promising approach for the control of this symptom, which often is poorly controlled. OBJECTIVE: To evaluate the effects of antioxidant therapy for tinnitus in a group of elderly patients. METHODS: Prospective, randomized, double-blinded, placebo-controlled clinical trial. The sample consisted of 58 subjects aged 60 years or older, with a complaint of tinnitus associated with sensorineural hearing loss. These individuals completed the Tinnitus Handicap Inventory (THI) questionnaire before and after six months of therapy. The treatment regimens were: Ginkgo biloba dry extract (120 mg/day), a-lipoic acid (60 mg/day) + vitamin C (600 mg/day), papaverine hydrochloride (100 mg/day) + vitamin E (400 mg/day), and placebo. RESULTS: There was no statistically significant difference between THI by degree (p = 0.441) and by score (p = 0.848) before and after treatment. CONCLUSION: There was no benefit from the use of antioxidant agents for tinnitus in this sample.<hr/>Resumo Introdução: Uma série de abordagens terapêuticas tem sido empregada no tratamento do zumbido, desde terapias cognitivo-comportamentais e de enriquecimento sonoro até terapias medicamentosas. Nesse contexto, os agentes antioxidantes, amplamente utilizados em diversas áreas da medicina, parecem representar uma perspectiva promissora para o controle desse sintoma, que muitas vezes tem um controle clínico insatisfatório. Objetivo: Avaliar os efeitos da terapia com agentes antioxidantes sobre o zumbido em um grupo de pacientes idosos. Método: Ensaio clínico prospectivo, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo. A amostra composta de 58 indivíduos com 60 anos ou mais, com queixa clínica de zumbido associado à perda auditiva, do tipo neurossensorial, em graus variados. Esses indivíduos foram submetidos ao questionário THI (Tinnitus Handicap Inventory) antes e após 6 meses de uso da medicação. Os esquemas terapêuticos foram os seguintes: extrato seco de Ginkgo biloba(120 mg/dia), ácido a-lipóico (60 mg/dia) + vitamina C (600 mg/dia), cloridrato de papaverina(100 mg/dia) + vitamina E (400 mg/dia) e placebo. Resultados: O THI após o tratamento foi estatisticamente igual ao THI antes do tratamento, tanto em graus (p = 0,441) quanto em escores (p = 0,848). Conclusão: Não se verificou benefício estatisticamente significativo com o uso de agentes antioxidantes para o zumbido dos indivíduos avaliados. <![CDATA[Partial laryngectomy in glottic cancer: complications and oncological results]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300275&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Most patients with laryngeal carcinoma present tumors in the glottis that can be treated by different treatment modalities. Some authors consider open partial laryngectomy as obsolete, while others still deem this as a viable and cost-efficient option. OBJECTIVES: To compare the oncological and functional results of a series of patients undergoing partial laryngectomy vs. external radiotherapy for the treatment of glottic cancer. METHODS: Historical cohort study with a series of glottic carcinoma patients undergoing partial laryngectomy or external radiotherapy during a period of ten years. RESULTS: Sixty-two patients with glottic carcinoma were included. Group A comprised those submitted to partial laryngectomy (n = 30), and Group B, those who underwent radiotherapy (n = 32). They were homogeneous in the comparison of mean age, 56.4 vs. 60.4 years (p = 0.12) and distribution in pathological stage (p = 0.91). With regard to oncological outcome, there were no differences in distant metastasis rates, or second primary tumor between groups (p = 1.0), as well as in disease-free time, laryngeal rescue-free time, and overall five-year survival. Severe complication rates were also similar between groups. CONCLUSION: Open partial laryngectomy had complication rates and oncological results similar to those of radiotherapy for patients with glottic carcinomas and should still be considered among the main available therapeutic options.<hr/>Resumo Introdução: A maioria dos pacientes com carcinoma de laringe apresentam tumores na região glótica suscetíveis a diferentes modalidades de tratamento. Alguns autores consideram a laringectomia parcial aberta em desuso enquanto outros ainda a indicam como uma opção viável e custo eficiente. Objetivos: Comparar os resultados oncológicos e funcionais de uma série de pacientes submetidos à laringectomia parcial versus radioterapia externa para o tratamento do câncer glótico. Método: Estudo tipo coorte histórica com uma série de pacientes com carcinoma glótico submetidos à laringectomia parcial ou radioterapia externa em período de 10 anos. Resultados: Foram incluídos 62 pacientes com carcinoma glótico distribuídos em Grupo A: submetido à laringectomia parcial (n = 30) e Grupo B submetido a radioterapia (n = 32) que se mostraram homogêneos na comparação de média de idade de 56,4 vs. 60,4 (p = 0,12) e distribuição em estadios patológicos (p = 0,91). Com relação ao desfecho oncológico, não foram observadas diferenças nas taxas de metástase à distancia, ou segundo primário entre os grupos (p = 1,0) assim como no tempo livre de doença, tempo livre de resgate laríngeo e sobrevida geral em 5 anos. As taxas de complicações severas também foram semelhantes entre os grupos. Conclusão: A laringectomia parcial aberta apresentou taxas de complicações e resultados oncológicos semelhante àqueles do tratamento radioterápico para pacientes com carcinomas glóticos e ainda deve ser considera entre as principais opções terapêuticas disponíveis. <![CDATA[Audiologic evaluations of children with mucopolysaccharidosis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300281&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Mucopolysaccharidosis is a hereditary lysosomal storage disease, which develops due to a deficiency in the enzymes that play a role in the metabolism of glycosaminoglycans (GAG). The incidence of mucopolysaccharidosis is 1/25,000, with autosomal recessive inheritance (except for MPS II). Mucopolysaccharidosis occurs in seven different types, each with a different congenital deficiency of lysosomal enzymes. In mucopolysaccharidosis patients, even though progression of clinical findings is not prominent, the disease advances and causes death at early ages. Facial dysmorphism, growth retardation, mental retardation, and skeletal or joint dysplasia are the most frequently found symptoms in these patients. OBJECTIVE: The purpose of our study is to present the types of hearing loss types and tympanometric findings of patients with mucopolysaccharidosis referred to our clinic with suspicion of hearing loss. METHODS: After otorhinolaryngological examination, 9 patients with different types of mucopolysaccharidosis, underwent to immittance and audiometric evaluations, performed according to their physical and mental abilities, and ages, in order to determine their hearing thresholds. RESULTS: The audiometric findings of the 9 patients followed with mucopolysaccharidosis were reported separately for each case. CONCLUSION: Based on the high frequency of hearing loss in mucopolysaccharidosis patients, early and detailed audiological evaluations are highly desirable. Therefore, regular and systematic multidisciplinary evaluations are very important.<hr/>Resumo Introdução: Mucopolissacaridose (MPS) é uma doença hereditária de depósito lisossômico, decorrente da deficiência das enzimas que influenciam o metabolismo dos glicosaminoglicanos (GAGs). A incidência de MPS é de 1/25.000 habitantes, resultante de herança autossômica recessiva (exceto no caso de MPS II). MPS se apresenta na forma de sete tipos diferentes e, em cada tipo, ocorre uma deficiência congênita distinta de enzimas lisossômicas. Embora em pacientes com MPS os achados clínicos não sejam geralmente observados, a doença progride em seu curso natural e costuma levar a óbito pacientes muito jovens. Dismorfismo facial, retardo de crescimento, retardo mental e displasia esquelética ou articular são os sinais e sintomas mais frequentemente observados nesses pacientes. Objetivo: A finalidade do presente estudo foi apresentar os tipos de perda auditiva e os achados timpanométricos de pacientes com MPS encaminhados para nossa clínica com suspeita de perda auditiva. Método: Em seguida ao exame otorrinolaringológico, nove pacientes com diferentes tipos de MPS, foram submetidos a avaliações imitanciométricas e testes audiométricos de acordo com sua faixa etária eficiência física e mental, no intuito de identificar seus limiares auditivos. Resultados: Os achados audiométricos dos nove pacientes acompanhados por MPS foram descritos separadamente para cada caso. Conclusão: Baseado na alta frequência de perda auditiva em pacientes com MPS, avaliação audiológica precoce e detalhada é altamente desejável. Para tanto, é importante que sejam realizados avaliações multidisciplinares periódicas e sistemáticas. <![CDATA[Electrochemotherapy as palliative treatment in patients with thyroid papillary carcinoma]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300285&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Local progression of papillary thyroid carcinoma (PTC) after failure of standard therapies may cause pain, ulceration, and bleeding. As patients are fully aware of the tumor growth, they might suffer high grade anxiety. Electrochemotherapy (ECT) is a new local palliative treatment for skin metastases of malignant melanoma or other tumors, including squamous head e neck cancer patients. OBJECTIVE: To evaluate the impact of ECT in patients with local progression of PTC. METHODS: Four patients with local progression of PTC were treated with ECT based on Bleomycin, and evaluated according to tumor response, local pain and side effects. RESULTS: In all cases, some grade of tumor response was observed, lasting 6, 7, 12 and 8 months, respectively. Also, reduction of local pain and anxiety was registered in all patients. Tumor infiltrated skin necrosis was the only collateral effect of the treatment. ECT induced a tumor response in all PTC patients with improvement of symptoms. CONCLUSIONS: ECT may be an option for local palliative treatment in PTC patients with local tumor progression.<hr/>Resumo Introdução: A progressão local do carcinoma papilífero de tireoide (CPT) após a falha da terapia de rotina pode causar dor, ulceração e sangramento. Considerando que os pacientes estão perfeitamente cientes do crescimento tumoral, podem apresentar um alto grau de ansiedade. A eletroquimioterapia (EQT) é um novo tratamento paliativo para metástases de pele de melanoma maligno ou de outros tumores, inclusive em pacientes com carcinoma escamoso de cabeça e pescoço. Objetivo: Avaliar o impacto da EQT em pacientes com progressão local de CPT. Método: Quatro pacientes com progressão local de CPT foram tratados com EQT com base em bleomicina, e avaliados em relação ao grau de resposta tumoral, dor local, efeitos colaterais. Resultados: Em todos os casos, foi observado algum grau de resposta tumoral, que perdurou por 6, 7, 12 e 8 meses, respectivamente. Da mesma forma, foi registrada diminuição da dor local e da ansiedade em todos os pacientes. Necrose cutânea na infiltração tumoral foi o único efeito colateral do tratamento. EQT induziu resposta tumoral em todos os pacientes com CPT, com melhora dos sintomas. Conclusões: EQT pode ser uma opção para o tratamento paliativo tópico em pacientes com CPT com progressão tumoral local. <![CDATA[Effects of sound amplification in self-perception of tinnitus and hearing loss in the elderly]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300289&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT OBJECTIVE: To determine the effect of the use of hearing aids in self-perception of tinnitus and hearing loss in the elderly. METHODS: A total of 24 elderly patients between 60 and 70 years of age with moderate-grade sensorineural hearing loss were evaluated and divided into two groups according to the presence or absence of tinnitus. All volunteers were fitted with binaural micro-channel hearing aids of the same brand and model and submitted to tests, scales, and questionnaires relevant to this topic. The evaluations were performed before and after one and three months of effective use of these hearing aids. RESULTS: Acoustic stimulation through the effective use of hearing aids caused a reduction in the perception of tinnitus sound intensity (especially in evaluations with the prosthesis on) and in nuisance associated with this symptom and with hearing loss. In addition, all participants were satisfied with the use of hearing aids. CONCLUSION: The continuous use of hearing aids is beneficial for the treatment of tinnitus and hearing loss, bringing satisfaction to users.<hr/>Resumo Objetivo: Verificar o efeito do uso de próteses auditivas na autopercepção do zumbido e da perda auditiva em idosos. Método: Foram avaliados 24 idosos com perda auditiva neurossensorial de grau moderado e idades entre 60 e 70 anos divididos em dois grupos conforme a presença ou não de zumbido. Todos os voluntários foram adaptados binauralmente com próteses auditivas micro canais de mesmo fabricante e modelo e submetidos a testes, escalas e questionários pertinentes ao tema. As avaliações ocorreram pré, e após um e três meses de uso efetivo das próteses auditivas. Resultados: A estimulação acústica por meio do uso efetivo de próteses auditivas propiciou redução na autopercepção da intensidade sonora do zumbido (principalmente nas avaliações com as próteses) e no desconforto com este sintoma e com a perda auditiva. Além disso, todos os participantes mostraram-se satisfeitos com o uso dos dispositivos de amplificação. Conclusão: O uso contínuo das próteses auditivas é benéfico ao tratamento do zumbido e da perda auditiva, além de implicar na satisfação dos usuários. <![CDATA[Effectiveness of sound therapy in patients with tinnitus resistant to previous treatments: importance of adjustments]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300297&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: The difficulty in choosing the appropriate therapy for chronic tinnitus relates to the variable impact on the quality of life of affected patients and, thus, requires individualization of treatment. OBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of using sound generators with individual adjustments to relieve tinnitus in patients unresponsive to previous treatments. METHODS: A prospective study of 10 patients with chronic tinnitus who were unresponsive to previous drug treatments, five males and five females, with ages ranging from 41 to 78 years. Bilateral sound generators (Reach 62 or Mind 9 models) were used daily for at least 6 h during 18 months. The patients were evaluated at the beginning, after 1 month and at each 3 months until 18 months through acuphenometry, minimum masking level, the Tinnitus Handicap Inventory, visual analog scale, and the Hospital Anxiety and Depression Scale. The sound generators were adjusted at each visit. RESULTS: There was a reduction of Tinnitus Handicap Inventory in nine patients using a protocol with a customized approach, independent of psychoacoustic characteristics of tinnitus. The best response to treatment occurred in those with whistle-type tinnitus. A correlation among the adjustments and tinnitus loudness and minimum masking level was found. Only one patient, who had indication of depression by Hospital Anxiety and Depression Scale, did not respond to sound therapy. CONCLUSION: There was improvement in quality of life (Tinnitus Handicap Inventory), with good response to sound therapy using customized settings in patients who did not respond to previous treatments for tinnitus.<hr/>Resumo Introdução: A dificuldade em escolher a terapia apropriada para zumbido crônico encontra-se nas suas diversas formas de impacto sobre a qualidade de vida dos pacientes e requer a sua individualização. Objetivo: Avaliar a eficácia do uso do gerador de som com ajustes individuais para aliviar o zumbido em pacientes sem resposta aos tratamentos anteriores. Método: Um estudo prospectivo em 10 pacientes, 5 homens e 5 mulheres, na faixa etária de 41 a 78 anos com zumbido crônico e resistente a tratamentos medicamentosos. Foram utilizados geradores de som bilaterais nos modelos Reach 62 ou Mind 9 por no mínimo 6 horas diárias durante 18 meses. Os pacientes foram avaliados no início, depois de 1 mês e a cada 3 meses até 18 meses através da acufenometria, Minimum Masking Level (MML), Tinnitus Handicap Inventory (THI), Escala Visual Analógica (EVA) e Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS). Os geradores de som foram ajustados em cada visita. Resultado: Houve uma redução do THI em 9 pacientes usando-se um protocolo com uma abordagem personalizada, independente das características psicoacústicas do zumbido. A melhor resposta ao tratamento ocorreu naqueles pacientes com zumbido do tipo apito. Encontramos uma correlação entre os ajustes e a intensidade do zumbido e o MML. Apenas um paciente com indicação de depressão HADS não respondeu à terapia sonora. Conclusão: Houve uma melhora na qualidade de vida (THI) com boa resposta a terapia sonora com ajustes personalizados em pacientes resistentes a tratamentos anteriores para o zumbido. <![CDATA[Temporal processing in postlingual adult users of cochlear implant]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300304&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Postlingual adults demonstrate impressive performance in speech recognition in silence after cochlear implant (CI) surgery. However, problems in central hearing abilities remain, which complicates understanding in certain situations, such as in competitive listening and in the perception of suprasegmental aspects of speech. OBJECTIVE: To assess the temporal processing abilities in postlingual adult users of CI. METHODS: Cross-sectional and descriptive study, with a non-probabilistic sample for convenience. The population was divided into two groups. The study group consisted of 12 postlingual adult users of cochlear implants and the control group consisted of 12 adults with normal hearing, matched for age and gender with the control group. The Frequency Pattern Test and the Gaps in Noise test were selected to assess temporal processing. Free-field testing was applied at 50 dB SL. RESULTS: Adult users of cochlear implant attained a mean temporal threshold of 16.33 ms and scored 47.7% in the pattern frequency test; the difference was statistically significant in comparison with the control group. CONCLUSION: It was verified that postlingual adult users of cochlear implants have significant alterations in temporal processing abilities in comparison to adults with normal hearing.<hr/>Resumo Introdução: Os adultos pós-linguais apresentam ótimo desempenho no reconhecimento de fala no silêncio após a cirurgia de implante coclear. No entanto, permanecem com alterações nas habilidades auditivas centrais, dificultando a compreensão em situações de escuta competitiva e na percepção dos aspectos supra-segmentais da fala. Objetivo: Avaliar as habilidades do processamento temporal em adultos pós-linguais usuários de implante coclear. Método: O estudo foi do tipo transversal, descritivo com amostra não-probabilística por conveniência. A população foi distribuída em dois grupos. O grupo estudo foi composto por 12 adultos pós-linguais usuários de IC e o grupo controle por 12 adultos com audição normal pareados conforme faixa etária e sexo do grupo estudo. Para avaliar o processamento temporal foi selecionado o Teste Padrão de Frequência e o teste Gaps in Noise. Os testes foram aplicados em campo livre e a 50 dB NS. Resultados: Os adultos pós-linguais usuários de IC obtiveram limiar de acuidade temporal médio de 16,33 ms e desempenho de 47,7% de acertos no teste padrão de frequência, sendo que a diferença foi estatisticamente significante em relação ao grupo controle. Conclusão: Foi constatado que os adultos pós-linguais usuários de IC apresentam alterações nas habilidades do processamento temporal em relação aos adultos sem alterações auditivas. <![CDATA[Transeptal suturing - a cost-efficient alternative for nasal packing in septal surgery]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300310&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Nasal packing is routinely used in septal surgery to prevent postoperative bleeding. OBJECTIVE: To demonstrate the possibility of transeptal suture as a safe and effective way to avoid nasal packing and to improve efficiency. METHODS: This is a prospective, descriptive, inferential cost study comprising 92 patients. Two randomized groups of patients were analyzed, one with nasal packing and the other with transeptal suture. RESULTS: In the group of transeptal suture no patient experienced postoperative bleeding, and a statistically significant reduction of pain and headache was demonstrated. At the same time, we improved efficiency by saving on material costs. CONCLUSIONS: Transeptal suture is an effective and safe alternative to classic nasal packing in septal surgery. Moreover, it improves the efficiency of the intervention by saving costs.<hr/>Resumo Introdução: O tamponamento nasal é usado rotineiramente na cirurgia septal para evitar sangramentos no pós-operatório. Objetivo: Demonstrar a possibilidade de se realizar uma sutura transeptal como alternativa eficaz e segura ao tamponamento nasal, com melhora na eficiência da intervenção. Método: Este é um estudo prospectivo, descritivo e de custo inferencial, compreendendo 92 pacientes. Dois grupos aleatórios foram estudados: um com tamponamento nasal e o outro com sutura transeptal. Resultado: No grupo de sutura transeptal, nenhum paciente experimentou sangramento no pós-operatório, tendo sido estatisticamente demonstrada uma significante redução de cefaléia e dor. Ao mesmo tempo, houve melhora na eficiência da intervenção, com economia no custo de material. Conclusões: A sutura transeptal é uma alternativa eficaz e segura ao tamponamento nasal clássico. Além do mais, melhora a eficiência da intervenção, economizando no custo de material. <![CDATA[Facial trauma among victims of terrestrial transport accidents]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300314&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: In developing countries, terrestrial transport accidents - TTA, especially those involving automobiles and motorcycles - are a major cause of facial trauma, surpassing urban violence. OBJECTIVE: This cross-sectional census study attempted to determine facial trauma occurrence with terrestrial transport accidents etiology, involving cars, motorcycles, or accidents with pedestrians in the northeastern region of Brazil, and examine victims' socio-demographic characteristics. METHODS: Morbidity data from forensic service reports of victims who sought care from January to December 2012 were analyzed. RESULTS: Altogether, 2379 reports were evaluated, of which 673 were related to terrestrial transport accidents and 103 involved facial trauma. Three previously trained and calibrated researchers collected data using a specific form. Facial trauma occurrence rate was 15.3% (n = 103). The most affected age group was 20-29 years (48.3%), and more men than women were affected (2.81:1). Motorcycles were involved in the majority of accidents resulting in facial trauma (66.3%). CONCLUSION: The occurrence of facial trauma in terrestrial transport accident victims tends to affect a greater proportion of young and male subjects, and the most prevalent accidents involve motorcycles.<hr/>Resumo Introdução: Nos países em desenvolvimento, os acidentes de transporte terrestre (ATTs) são uma das principais causas de trauma facial, superando os casos de violência urbana, especialmente aqueles envolvendo automóveis e motocicletas. Objetivo: O objetivo deste estudo transversal censitário foi determinar a ocorrência de traumas faciais com etiologia de acidente de transporte terrestre (ATT): automóveis, motocicletas ou atropelamentos, em uma cidade do Nordeste do Brasil. Método: Foram analisados os dados de morbidade em laudos de um serviço forense de vítimas que procuraram o serviço de janeiro a dezembro de 2010. Resultados: Ao todo, foram avaliados 2.379 laudos; 673 eram referentes a ATTs, e 103 apresentaram traumas faciais. A coleta de dados foi realizada por três pesquisadores previamente treinados e calibrados, sendo elaborado um formulário específico para coleta das informações contidas nos laudos. Destes, 15,3% (n = 103) sofreram trauma facial. A faixa etária predominante para os eventos de trauma facial foi de 20-29 anos (48,3%), acometendo mais homens do que mulheres (2,81:1). A motocicleta foi o principal tipo de veículo com envolvimento de vítimas (66,3%). Conclusões: A ocorrência de traumas faciais em vítimas de acidente de transporte terrestreten de a afetar, em maior proporção, indivíduos homens e jovens, com maior prevalência para os acidentes envolvendo motocicletas. <![CDATA[Transcanal endoscopic myringoplasty: a case series in a university center]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300321&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Transcanal myringoplasty has the advantages of demanding lower operative time and minimal external incisions. It can be performed using the microscopic or endoscopic approach. In the last decade, the use of endoscopes in ear surgery has increased significantly. This technique may allow "around the corner" visualization of small recesses, through narrow spaces, without the aid of canalplasty in unfavorable ear canals. OBJECTIVE: To describe a case series of transcanal endoscopic myringoplasty performed in a university service. The characteristics, advantages, and disadvantages of this technique are also discussed. METHODS: A case series study, based on the chart review of patients submitted to transcanal endoscopic myringoplasty in the period from January of 2012 to October of 2014. RESULTS: Data from 22 patients were analyzed. Tympanic perforation closure three months after surgery was observed in 86.4% of all patients. There was statistically significant improvement in pure tone average thresholds after surgery (p &lt; 0.001). CONCLUSION: Transcanal endoscopic myringoplasty is a feasible, safe, and effective procedure; it can be an alternative to microscopic surgery.<hr/>Resumo Introdução: A miringoplastia realizada por via transcanal possui como vantagens a maior rapidez do procedimento e menor incisão externa, podendo ser realizada com auxílio de microscópio ou endoscópio. Na última década tem sido observado um aumento do uso de endoscópios na cirurgia otológica. Essa técnica pode permitir melhor visibilização de espaços encobertos e estreitos, sem necessidade canaloplastia em meatos desfavoráveis. Objetivo: Descrever uma série de casos de miringoplastia endoscópica transcanal, em um serviço universitário, discutindo suas particularidades, vantagens e desvantagens. Método: Estudo de série de casos, baseado na revisão de prontuários dos pacientes submetidos a miringoplastia com uso exclusivo de endoscópio rígido, no período de Janeiro de 2012 a Outubro de 2014. Resultados: Foram analisados os dados de 22 pacientes. Na otoscopia pós-operatória, foi observado fechamento da perfuração timpânica em 86,4% dos pacientes, após 3 meses da intervenção. Para a amostra estudada, foi observada melhora funcional estatisticamente significante da média dos limiares tonais (PTA) após a cirurgia (p &lt; 0,001). Conclusão: A miringoplastia endoscópica transcanal é um procedimento seguro, factível e efetivo, podendo ser realizado como alternativa à cirurgia microscópica. <![CDATA[Speech nasality and nasometry in cleft lip and palate]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300326&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Perceptual evaluation is considered the gold standard to evaluate speech nasality. Several procedures are used to collect and analyze perceptual data, which makes it susceptible to errors. Therefore, there has been an increasing desire to find methods that can improve the assessment. OBJECTIVE: To describe and compare the results of speech nasality obtained by assessments of live speech, the Test of Hypernasality (THYPER), assessments of audio recorded speech, and nasometry. METHODS: A retrospective study consisting of 331 patients with operated unilateral cleft lip and palate. Speech nasality was assessed by four methods of assessment: live perceptual judgement, THYPER, audio-recorded speech sample judgement by multiple judges, and nasometry. All data were collected from medical records of patients, with the exception of the speech sample recording assessment, which was carried out by multiple judges. RESULTS: The results showed that the highest percentages of absence of hypernasality were obtained from judgements performed live and from the THYPER, with equal results between them (79%). Lower percentages were obtained from the recordings by judges (66%) and from nasometry (57%). CONCLUSION: The best results among the four speech nasality evaluation methods were obtained for the ones performed live (live nasality judgement by a speech pathologist and THYPER).<hr/>Resumo Introdução: A avaliação perceptiva é considerada padrão-ouro para avaliar a nasalidade de fala. Vários procedimentos são utilizados para coletar e analisar os dados percebidos, o que a torna suscetível a erros. Por isso, há uma preocupação crescente na procura de métodos que possam aperfeiçoá-la. Objetivo: Descrever e comparar os resultados da nasalidade de fala obtidos por meio de julgamento ao vivo, Teste de Hipernasalidade (THIPER), julgamento de gravações por juízes e nasometria. Método: Estudo retrospectivo de 331 pacientes com fissura labiopalatina unilateral operada. Foi realizada a análise dos resultados do julgamento da nasalidade ao vivo e por meio de gravações por juízes, do THIPER e da nasometria. Os dados foram coletados do prontuário dos pacientes, com exceção do julgamento das gravações das amostras de fala, que foi realizado por juízes múltiplos. Resultados: Foram obtidas porcentagens mais altas de ausência de hipernasalidade no julgamento ao vivo e no THIPER, com resultados iguais entre ambas (79%). Porcentagens menores de ausência de hipernasalidade foram obtidas no julgamento das gravações por juízes (66%) e para a nasometria (57%). Conclusão: Os melhores resultados entre as quatro modalidades de avaliação da nasalidade de fala foram obtidos para as realizadas ao vivo (julgamento por um fonoaudiólogo e THIPER). <![CDATA[Speech recognition in individuals with sensorineural hearing loss]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300334&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Hearing loss can negatively influence the communication performance of individuals, who should be evaluated with suitable material and in situations of listening close to those found in everyday life. OBJECTIVE: To analyze and compare the performance of patients with mild-to-moderate sensorineural hearing loss in speech recognition tests carried out in silence and with noise, according to the variables ear (right and left) and type of stimulus presentation. METHODS: The study included 19 right-handed individuals with mild-to-moderate symmetrical bilateral sensorineural hearing loss, submitted to the speech recognition test with words in different modalities and speech test with white noise and pictures. RESULTS: There was no significant difference between right and left ears in any of the tests. The mean number of correct responses in the speech recognition test with pictures, live voice, and recorded monosyllables was 97.1%, 85.9%, and 76.1%, respectively, whereas after the introduction of noise, the performance decreased to 72.6% accuracy. CONCLUSIONS: The best performances in the Speech Recognition Percentage Index were obtained using monosyllabic stimuli, represented by pictures presented in silence, with no significant differences between the right and left ears. After the introduction of competitive noise, there was a decrease in individuals' performance.<hr/>Resumo Introdução: A perda auditiva pode influenciar negativamente o desempenho comunicativo e estes indivíduos devem ser avaliados com material adequado e em situações de escuta próximas às observadas no cotidiano. Objetivo: Analisar e comparar o desempenho de indivíduos com perda auditiva neurossensorial de grau leve a moderado em testes de reconhecimento de fala apresentados no silêncio e no ruído segundo as variáveis orelha e tipos de apresentação do estímulo. Método: Participaram do estudo 19 indivíduos destros com perda auditiva neurossensorial bilateral simétrica de grau leve a moderado, submetidos ao teste de reconhecimento de fala com palavras em diferentes modalidades e ao teste de fala com ruído branco com figuras. Resultados: Não houve diferença significante entre as orelhas direita e esquerda para nenhum dos testes realizados. A média de acertos no teste de reconhecimento de fala com figuras, viva voz e monossílabos gravados foi 97,1%; 85,9% e 76,1%, respectivamente, e 72,6% de acertos no teste com ruído. Conclusões: O melhor desempenho no Índice Percentual de Reconhecimento de Fala foi obtido utilizando como estímulos monossílabos representados por figuras apresentados no silêncio, sem diferenças significantes entre as orelhas direita e esquerda. Com a introdução do ruído competitivo, houve descréscimo no desempenho dos indivíduos. <![CDATA[Diagnosis of temporomandibular joint disorders: indication of imaging exams]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300341&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Knowledge of the different imaging tests and their appropriate indications is crucial to establish the diagnosis of temporomandibular disorders, especially in patients with overlapping signs and symptoms. OBJECTIVE: To present and assess the main diagnostic imaging tests for temporomandibular disorders and rationally discuss their indication criteria, advantages, and disadvantages. METHODS: Literature review in the Web of Knowledge, PubMed and SciELO databases, as well as manual search for relevant publications in reference lists of the selected articles. RESULTS: Computed tomography and magnetic resonance imaging were considered the gold standard assessments for the temporomandibular joint to evaluate hard and soft tissues, respectively. Each diagnostic method exhibited distinct sensitivity and specificity for the different subtypes of joint dysfunction. CONCLUSION: Selecting an evaluation examination based on its accuracy, safety, and clinical relevance is a rational decision that can help lead to an accurate diagnosis and an optimum treatment plan.<hr/>Resumo Introdução: O conhecimento dos distintos exames de imagem e sua correta indicação é fundamental para elaboração do diagnóstico das disfunções temporomandibulares, principalmente em pacientes com grande sobreposição de sinais e sintomas. Objetivo: Apresentar e avaliar os principais exames de diagnóstico por imagem das disfunções temporomandibulares, além de discutir racionalmente os seus critérios de indicação, vantagens e desvantagens. Método: Revisão da literatura nas bases de dados Web of Knowledge, PubMed e SciELO, além de busca manual por publicações relevantes nas listas de referências dos artigos selecionados. Resultado: Os exames de tomografia computadorizada e ressonância magnética foram considerados ''padrão-ouro'' para a avaliação dos tecidos duros e moles, respectivamente, da articulação temporomandibular. Cada método de diagnóstico pesquisado apresentou sensibilidade e especificidade distintas para os diferentes subtipos de disfunção da articulação. Conclusão: Considera-se como racional a indicação fundamentada na acurácia, segurança e relevância clínica do exame a ser solicitado, o que implica na adequada determinação do diagnóstico e do plano de tratamento. <![CDATA[Intratympanic corticosteroid for sudden hearing loss: does it really work?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300353&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Sudden deafness is characterized by an abrupt hearing loss of at least 30 dB in three sequential frequencies in the standard pure tone audiogram over three days or less. Treatment is based on its etiology, and oral corticosteroids are widely used. Intratympanic corticosteroids are included as primary or secondary treatment when there is no improvement with the use of oral corticosteroids. OBJECTIVE: To determine the effectiveness of therapy with intratympanic steroids in sudden deafness. METHODS: A systematic review was performed of publications on the topic in the databases of PubMed/MEDLINE, with the keywords: sudden deafness, sudden hearing loss, and corticosteroids. RESULTS: Thirty scientific studies were analyzed. As to the objectives of the study analyzed, 76.7% sought to evaluate the use of intratympanic therapy salvage after failure to conventional treatment, and intratympanic therapy was used as the primary treatment 23.3% of the studies. CONCLUSION: Intratympanic corticosteroid therapy is prescribed primarily when there is failure of conventional therapy and when it is limited to use systemic corticosteroids, such as the diabetic patient.<hr/>Resumo Introdução: A surdez súbita é caracterizada por uma perda abrupta da audição de pelo menos 30 dB em três frequências sequenciadas no audiograma tonal de rotina ao longo de três dias, oumenos. O tratamento é fundamentado em sua etiologia e corticosteroides orais são amplamenteutilizados. A terapia com corticosteroide intratimpânico foi incluída como tratamento primárioou secundário nos casos em que não houve melhora com o uso de corticosteroides orais. Objetivo: Determinar a eficácia da terapia intratimpânica com esteroides em casos de surdez súbita. Método: Foi realizada uma revisão sistemática das publicações sobre o tópico no banco dedados Pubmed/Medline, com as palavras-chave: surdez súbita, perda súbita da audição e corticosteroides. Resultados: Foram analisados 30 estudos científicos. Com relação aos objetivos dos estudos analisados, 76,7% procuravam avaliar o uso da terapia intratimpânica em seguida ao insucesso com o tratamento convencional; a terapia intratimpânica foi empregada como tratamento primário em 23,3% dos estudos. Conclusão: A terapia com corticosteroide intratimpânico é prescrita primariamente nos casos de insucesso com a terapia convencional e quando há limitação para o uso de corticosteroides sistêmicos, como ocorre com o paciente diabético. <![CDATA[Pulsatile tinnitus related to progestin from intrauterine device]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300365&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Sudden deafness is characterized by an abrupt hearing loss of at least 30 dB in three sequential frequencies in the standard pure tone audiogram over three days or less. Treatment is based on its etiology, and oral corticosteroids are widely used. Intratympanic corticosteroids are included as primary or secondary treatment when there is no improvement with the use of oral corticosteroids. OBJECTIVE: To determine the effectiveness of therapy with intratympanic steroids in sudden deafness. METHODS: A systematic review was performed of publications on the topic in the databases of PubMed/MEDLINE, with the keywords: sudden deafness, sudden hearing loss, and corticosteroids. RESULTS: Thirty scientific studies were analyzed. As to the objectives of the study analyzed, 76.7% sought to evaluate the use of intratympanic therapy salvage after failure to conventional treatment, and intratympanic therapy was used as the primary treatment 23.3% of the studies. CONCLUSION: Intratympanic corticosteroid therapy is prescribed primarily when there is failure of conventional therapy and when it is limited to use systemic corticosteroids, such as the diabetic patient.<hr/>Resumo Introdução: A surdez súbita é caracterizada por uma perda abrupta da audição de pelo menos 30 dB em três frequências sequenciadas no audiograma tonal de rotina ao longo de três dias, oumenos. O tratamento é fundamentado em sua etiologia e corticosteroides orais são amplamenteutilizados. A terapia com corticosteroide intratimpânico foi incluída como tratamento primárioou secundário nos casos em que não houve melhora com o uso de corticosteroides orais. Objetivo: Determinar a eficácia da terapia intratimpânica com esteroides em casos de surdez súbita. Método: Foi realizada uma revisão sistemática das publicações sobre o tópico no banco dedados Pubmed/Medline, com as palavras-chave: surdez súbita, perda súbita da audição e corticosteroides. Resultados: Foram analisados 30 estudos científicos. Com relação aos objetivos dos estudos analisados, 76,7% procuravam avaliar o uso da terapia intratimpânica em seguida ao insucesso com o tratamento convencional; a terapia intratimpânica foi empregada como tratamento primário em 23,3% dos estudos. Conclusão: A terapia com corticosteroide intratimpânico é prescrita primariamente nos casos de insucesso com a terapia convencional e quando há limitação para o uso de corticosteroides sistêmicos, como ocorre com o paciente diabético. <![CDATA[Solitary circumscribed neuroma of the larynx]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000300368&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT INTRODUCTION: Sudden deafness is characterized by an abrupt hearing loss of at least 30 dB in three sequential frequencies in the standard pure tone audiogram over three days or less. Treatment is based on its etiology, and oral corticosteroids are widely used. Intratympanic corticosteroids are included as primary or secondary treatment when there is no improvement with the use of oral corticosteroids. OBJECTIVE: To determine the effectiveness of therapy with intratympanic steroids in sudden deafness. METHODS: A systematic review was performed of publications on the topic in the databases of PubMed/MEDLINE, with the keywords: sudden deafness, sudden hearing loss, and corticosteroids. RESULTS: Thirty scientific studies were analyzed. As to the objectives of the study analyzed, 76.7% sought to evaluate the use of intratympanic therapy salvage after failure to conventional treatment, and intratympanic therapy was used as the primary treatment 23.3% of the studies. CONCLUSION: Intratympanic corticosteroid therapy is prescribed primarily when there is failure of conventional therapy and when it is limited to use systemic corticosteroids, such as the diabetic patient.<hr/>Resumo Introdução: A surdez súbita é caracterizada por uma perda abrupta da audição de pelo menos 30 dB em três frequências sequenciadas no audiograma tonal de rotina ao longo de três dias, oumenos. O tratamento é fundamentado em sua etiologia e corticosteroides orais são amplamenteutilizados. A terapia com corticosteroide intratimpânico foi incluída como tratamento primárioou secundário nos casos em que não houve melhora com o uso de corticosteroides orais. Objetivo: Determinar a eficácia da terapia intratimpânica com esteroides em casos de surdez súbita. Método: Foi realizada uma revisão sistemática das publicações sobre o tópico no banco dedados Pubmed/Medline, com as palavras-chave: surdez súbita, perda súbita da audição e corticosteroides. Resultados: Foram analisados 30 estudos científicos. Com relação aos objetivos dos estudos analisados, 76,7% procuravam avaliar o uso da terapia intratimpânica em seguida ao insucesso com o tratamento convencional; a terapia intratimpânica foi empregada como tratamento primário em 23,3% dos estudos. Conclusão: A terapia com corticosteroide intratimpânico é prescrita primariamente nos casos de insucesso com a terapia convencional e quando há limitação para o uso de corticosteroides sistêmicos, como ocorre com o paciente diabético.