Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Otorhinolaryngology]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1808-869420160001&lang=pt vol. 82 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[A judicialização do ato médico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Efeitos de tarefas cognitivas simultâneas no equilíbrio postural em indivíduos saudáveis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Keeping balance of the upright stance is a highly practiced daily task for healthy adults and is effectively performed without overt attentional control in most. OBJECTIVE: The purpose of this study was to examine the influence of concurrent cognitive tasks on postural sway in healthy participants. METHODS: This was a prospective study. 20 healthy volunteer subjects were included. The cognitive and balance tasks were performed separately and then, concurrently. Postural control task consisted of 6 conditions (C) of the Sensory Organization Test. The cognitive task consisted of digit rehearsal task of varying presentation and varying levels of difficulty. RESULTS: A statistically significant difference was noted between dual task and no task for C1, C2, C3 and C4 Sensory Organization Test scores ( p &lt; 0.05). There was no statistically significant difference between dual task versus non-task for C5, C6 and combined Sensory Organization Test scores ( p &gt; 0.05). CONCLUSION: During dual task, increase has been determined in postural sway for C1, C2, C3 and C4 for all presentation modes and difficulty levels of the cognitive tasks.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Manter o equilíbrio na postura vertical é uma tarefa cotidiana constantemente praticada por adultos saudáveis, e é efetivamente realizada pela maioria sem a necessidade de um controle atencional. OBJETIVO: A finalidade deste estudo foi examinar a influência de tarefas cognitivas concomitantes no equilíbrio postural de indivíduos saudáveis. MÉTODO: Trata-se de um estudo prospectivo em que participaram 20 voluntários saudáveis. As tarefas cognitivas e de equilíbrio foram realizadas separadamente; e em seguida, realizadas simultaneamente. A tarefa de controle postural consistiu em seis condições (C) do Teste de Organização Sensorial (TOS). A tarefa cognitiva consistiu na repetição de dígitos com apresentações variadas e vários níveis de dificuldade. RESULTADOS: Houve diferença estatisticamente significante entre os escores do TOS para as condições C1, C2, C3 e C4 para "dupla tarefa" vs. "não tarefa" (p &lt; 0,05). Não houve diferença estatisticamente significante entre os escores do TOS para as condições C5 e C6 e para a combinação dos escores do TOS para "dupla tarefa" vs. "não tarefa" (p &gt; 0,05). CONCLUSÃO: Durante a realização de dupla tarefa, foram determinados aumentos na oscilação postural para as condições C1, C2, C3 e C4 para todos os modos de apresentação e níveis de dificuldade das tarefas cognitivas. <![CDATA[Análise morfológica do sistema vestibular de cobaias intoxicadas por organofosforado]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: The vestibular system is responsible for body balance. There are substances that damage it, causing dizziness; these are termed vestibulotoxic substances. Agrochemicals have been investigated for ototoxicity because of studies that identified dizziness as a recurrent symptom among rural workers' complaints. OBJECTIVE: To histopathologically evaluate the vestibular system in guinea pigs exposed to an organophosphate, and to identify the drug's effects on this system. METHODS: Experimental clinical study. Eighteen guinea pigs were used; six of them poisoned with the organophosphate chlorpyrifos at doses of 0.5 mg/kg/day and seven of them at 1 mg/kg/day; and a control group of five guinea pigs was exposed to distilled water, all for 10 consecutive days. Later, ciliary tufts of saccule and utricle maculae were counted by scanning electron microscopy. RESULTS: Comparing the groups, a one-way ANOVA test for the variable "saccule" ( p = 0.0569) and a Kruskal-Wallis test for the variable "utricle" ( p = 0.8958) were performed, revealing no difference among groups in both variables. CONCLUSION: The histopathologic analysis of the vestibular system of guinea pigs exposed to an organophosphate showed no difference in the amount of ciliary tufts of saccule and utricle maculae at the doses tested, although the result for the variable "saccule" was considered borderline, showing a trend for significance.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: O sistema vestibular é responsável pelo equilíbrio corporal. Existem substâncias que o danificam, causando tontura; são chamadas vestibulotóxicas. Agrotóxicos tornaram-se objeto de investigação da ototoxicidade a partir de pesquisas que apontaram tontura como sintoma recorrente entre as queixas de trabalhadores rurais. OBJETIVO: Constitui-se em avaliar a histopatologia do sistema vestibular de cobaias expostas a organofosforados, identificando os efeitos nesse sistema. MÉTODO: É um estudo clínico experimental, que utilizou 18 cobaias, sendo seis intoxicadas com organofosforadoclorpirifós na dose de 0,5 mg/kg/dia; sete na dose de 1 mg/kg/dia, e grupo controle com cinco cobaias expostas a água destilada, durante 10 dias consecutivos. Posteriormente realizou-se a contagem dos tufos ciliares nas máculas dos sáculos e utrículos através microscopia eletrônica de varredura. RESULTADOS: Na comparação intergrupos, para a variável sáculo realizou-se o teste ANOVA one-way (p = 0,0569); para a variável utrículo, utilizou-se o teste Kruskal-Wallis (p = 0,8958), revelando não haver diferença entre os grupos em ambas as variáveis. CONCLUSÃO: Análise histopatológica do sistema vestibular de cobaias expostas a organofosforado não demonstrou diferença na quantidade de tufos ciliares nas máculas dos sáculos e utrículos nas doses testadas, apesar do resultado para a variável sáculo ser considerado limítrofe mostrando uma tendência a significância. <![CDATA[Estudo experimental sobre os efeitos do subgalato de bismuto no processo inflamatório e de angiogênese em mucosa bucal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Bismuth subgallate is a salt derived from heavy metal. The aim of this study was to evaluate the effect of this salt on some phases of healing. OBJECTIVES: To assess the effect of subgallate on mucosa and to evaluate the association between the use of bismuth subgallate and neogenesis of vessels in oral mucosal wounds. METHODS: This was a prospective and experimental study. This study used sixty rats, which were divided into control and experimental groups. The animals were submitted to a surgical procedure, which caused oral mucosal injury. A saline solution was applied on the wound of the control group, and in the experimental group, a solution of bismuth subgallate was administrated. RESULTS: The experimental group showed greater inflammatory reaction with increasing monomorphic proliferation. There was increased vessel proliferation in the control group. CONCLUSION: Bismuth subgallate had a negative influence on the healing process, delaying the rate of new vessel formation and optimal wound healing.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: O subgalato de bismuto é um sal derivado de metal pesado. A ideia desta pesquisa é avaliar sua interferência em alguma das fases da cicatrização. OBJETIVO: Delinear a ação do subgalato em mucosas. Avaliar a relação entre a utilização do subgalato de bismuto e a neoformação de vasos nas feridas em mucosa oral, para evidenciar o possível benefício resultante do seu uso. MÉTODO: Estudo experimental, prospectivo. Utilizou-se sessenta ratos, que foram divididos igualmente em grupo controle e experimento. Foram submetidos a um procedimento cirúrgico onde foi feito uma lesão na mucosa oral dos animais, após, uma solução de soro fisiológico foi aplicada sobre a lesão do grupo controle e sobre a ferida do grupo experimento foi aplicada uma solução de subgalato de bismuto. RESULTADOS: o grupo experimento apresentou maior reação inflamatória com crescente proliferação monomórfica. Vasos: houve maior proliferação no grupo controle. CONCLUSÕES: concluiu-se que o subgalato de bismuto teve uma ação negativa no processo de cicatrização, atrasando a velocidade de formação dos neovasos e a cicatrização ideal da ferida operatória. <![CDATA[Cursos de dissecção de cirurgia endoscópica nasossinusal em simulador real - os benefícios deste treinamento]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100026&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Endonasal surgeries are among the most common procedures performed in otolaryngology. Due to difficulty in cadaver acquisition and the intrinsic risks of training residents during operations on real patients, nasosinusal endoscopic dissection courses utilizing real simulators, such as the Sinus Model Otorhino Neuro Trainer are being developed as a new technique to facilitate the acquisition of better anatomical knowledge and surgical skill. OBJECTIVE: To evaluate the efficacy of nasosinusal endoscopic dissection courses with the Sinus Model Otorhino Neuro Trainer simulator in the training of otolaryngology surgeons. METHODS: A prospective, longitudinal cohort study was conducted with 111 otolaryngologists who participated in a theoretical and practical course of endoscopic surgery dissection using the Sinus Model Otorhino Neuro Trainer simulator, with application of questionnaires during and after the course. RESULTS: From the ten procedures performed utilizing the simulator, the evaluation revealed mean scores from 3.1 to 4.1 (maximum of 5). Seventy-seven participants answered the questionnaire six months after the end of the course. 93% of them reported that they could perform the procedures more safely following the course, 98% reported an improvement in their anatomical and clinical knowledge, and 85% related an improvement in their surgical ability. After the course, the number of endoscopic surgeries increased in 40% of the respondents. CONCLUSION: Endoscopic sinus dissection courses using the Sinus Model Otorhino Neuro Trainer simulator proved to be useful in the training of otolaryngologists.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Cirurgias endonasais são as cirurgias mais realizadas na otorrinolaringologia. Devido à dificuldade de adquirir cadáveres e ao risco inerente em realizar treinamento em pacientes reais, cursos de dissecção endoscópica nasossinusal em simuladores reais, como o sinus model otorhino - neuro trainer - S.I.M.O.N.T, são uma nova proposta de aquisição de maior conhecimento anatômico e habilidades cirúrgicas. OBJETIVO: Avaliar a eficácia dos cursos de dissecção de cirurgia endoscópica nasossinusal com simulador S.I.M.O.N.T. no treinamento de cirurgiões otorrinolaringologistas. MÉTODO: Estudo de coorte contemporâneo longitudinal com 111 otorrinolaringologistas que participaram de curso teórico - prático de dissecção endoscópica nasossinusal em simulador real S.I.M.O.N.T., com aplicação de questionários durante e após a realização do curso. RESULTADOS: Dos dez procedimentos realizados no simulador, a avaliação apontou para médias de notas que variaram de 3,1 a 4,1 (máximo de 5). Setenta e sete participantes responderam a avaliação 6 meses após o curso. Declararam que houve aumento da segurança após o curso, 93% dos mesmos; 98% disseram ter aumentado o conhecimento anátomo-clinico e 85% declararam um aumento da habilidade cirúrgica. Quarenta por cento aumentaram o número de cirurgias endonasais após o curso. CONCLUSÃO: Cursos de dissecção de cirurgia endonasais com simulador real S.I.M.O.N.T. mostraram ser úteis para o treinamento de otorrinolaringologistas. <![CDATA[Relação entre doenças no seio maxilar e dentes hígidos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100033&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: The proximity of the roots to the maxillary sinus can create a variety of risks. OBJECTIVE: To evaluate the relationship between the roots of healthy teeth and the maxillary sinus, as well as the occurrence of sinus pathologies. METHODS: Three radiologists analyzed 109 cone beam computed tomography (CBCT) images. The Kappa test was used to assess the intra- and inter-rater agreement. The chi-squared test and prevalence ratio were used to test the hypothesis that roots of healthy teeth in the maxillary sinus favored the occurrence of sinus pathologies ( p = 0.01). RESULTS: Intra- and inter-rater agreement ranged from good to excellent. The chi-squared test demonstrated a statistically significant difference ( p = 0.006) between the tooth roots in diseased maxillary sinuses (6.09%) and those in normal sinuses (3.43%). The prevalence ratio test showed a statistically significant higher prevalence of tooth roots in diseased sinuses than in normal sinuses ( p &lt; 0.0001). Roots in the maxillary sinus were 1.82 times more associated with diseased sinuses. CONCLUSION: Dental roots in the maxillary sinus are almost twice as likely to be associated with diseased sinuses than normal sinuses. Healthy teeth whose roots are inside the maxillary sinus may induce an inflammatory response in the sinus membrane. It is suspected that dental procedures may exacerbate the condition.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: A proximidade das raízes com o seio maxilar pode criar uma variedade de riscos. OBJETIVO: Avaliar a relação entre as raízes dos dentes hígidos com o seio maxilar, assim como com a ocorrência de doenças sinusais. MÉTODO: Três radiologistas analisaram 109 imagens de tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC). O teste Kappa avaliou a concordância intra e interexaminadores. Os testes de Qui-quadrado e Razão de Prevalência foram utilizados para testar a hipótese de que raízes de dentes hígidos dentro do seio maxilar favorecem a ocorrência doenças sinusais (nível de significância = 0,01). RESULTADOS: A concordância intra e interexaminadores variou de boa a excelente. O teste Qui-quadrado mostrou uma diferença estatisticamente significante (p = 0,006) entre as raízes dentárias dentro do seio maxilar patológico (6,09%) e aquelas dentro do seio normal (3,43%). O teste de Razão de Prevalência mostrou uma ocorrência de raízes dentárias dentro de seios patológicos estatisticamente maior do que dentro de seios normais (p &lt; 0,0001). As raízes dentro do seio maxilar foram encontradas 1,82 vezes mais associadas a seios patológicos. CONCLUSÃO: Raízes dentárias dentro do seio maxilar são quase duas vezes mais associadas a seios patológicos do que a seios normais. Dentes hígidos que têm raízes dentro do seio maxilar podem induzir uma resposta inflamatória da mucosa sinusal. Suspeita-se que procedimentos odontológicos possam agravar tal situação. <![CDATA[Análise acústica da deglutição orofaríngea utilizando Sonar Doppler]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100039&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: During the aging process, one of the functions that changes is swallowing. These alterations in oropharyngeal swallowing may be diagnosed by methods that allow both the diagnosis and biofeedback monitoring by the patient. One of the methods recently described in the literature for the evaluation of swallowing is the Sonar Doppler. OBJECTIVE: To compare the acoustic parameters of oropharyngeal swallowing between different age groups. METHODS: This was a field, quantitative, study. Examination with Sonar Doppler was performed in 75 elderly and 72 non-elderly adult subjects. The following acoustic parameters were established: initial frequency, first peak frequency, second peak frequency; initial intensity, final intensity; and time for the swallowing of saliva, liquid, nectar, honey, and pudding, with 5- and 10-mL free drinks. RESULTS: Objective, measurable data were obtained; most acoustic parameters studied between adult and elderly groups with respect to consistency and volume were significant. CONCLUSION: When comparing elderly with non-elderly adult subjects, there is a modification of the acoustic pattern of swallowing, regarding both consistency and food bolus volume.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Durante o processo de envelhecimento, uma das funções que sofre modificação é a deglutição. Estas alterações na deglutição orofaríngea podem ser diagnosticadas por métodos que permitem tanto o diagnóstico quanto o monitoramento e biofeedback ao indivíduo. Um dos métodos descrito na literatura recentemente para a avaliação da deglutição é o Sonar Doppler. OBJETIVO: O objetivo desse estudo foi comparar os parâmetros acústicos da deglutição orofaríngea entre faixas etárias distintas. MÉTODO: Estudo de campo, quantitativo. O exame com o Sonar Doppler foi aplicado em 75 idosos e 72 adultos. Estabeleceram-se os parâmetros acústicos: frequência inicial, frequência do primeiro pico, frequência do segundo pico, intensidade inicial, intensidade final e tempo, para as deglutições de saliva, liquido, néctar, mel e pudim, com gole livre, 5 mL e 10 mL. RESULTADOS: Obtiveram-se dados objetivos e mensuráveis, apresentando significância para a maioria dos parâmetros acústicos estudados entre o grupo de idosos e adultos em relação à consistência e volume. CONCLUSÃO: Verificamos que há modificação do padrão acústico da deglutição, tanto em relação à consistência quanto a volume do bolo alimentar, quando comparados adultos idosos e não idosos. <![CDATA[Avaliação objetiva da técnica cirúrgica na variação da rotação e projeção nasal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100047&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: In rhinoplasty, facial esthetic analysis is critical for proper surgical planning. Parameters such as rotation and nasal projection should be routinely evaluated. Few studies have objectively assessed changes in facial angles postoperatively. OBJECTIVE: To evaluate the effectiveness of medial intercrural sutures and of rotation of the nasal tip on the increase of rotation and nasal projection in Caucasian patients undergoing primary rhinoplasty. METHODS: A prospective study carried out between 2011 and 2013, with 27 patients treated with primary rhinoplasty with a basic technique by the same surgeon, with medial intercrural sutures and rotation of the nasal tip. Rotation and nasal projection were measured from photographs obtained preoperatively and after 12 months. RESULTS: All 27 patients completed the study. The mean age was 27.1 years. There was a mean increase of 8.4° in the rotation - a statistically significant value. There was no significant change in the projection. CONCLUSION: The medial intercrural and nasal tip rotation sutures are effective in increasing nasal rotation in Caucasian patients undergoing rhinoplasty.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Na rinoplastia, a análise estética facial é essencial para um planejamento cirúrgico adequado. Parâmetros como rotação e projeção nasal devem ser rotineiramente avaliados. Há poucos estudos que avaliem objetivamente as mudanças nos ângulos faciais no pós-operatório. OBJETIVO: Avaliar a eficácia das suturas intercrura mediais e de rotação da ponta nasal no aumento da rotação e projeção nasal em pacientes caucasianos submetidos à rinoplastia primária. MÉTODO: Estudo prospectivo realizado entre 2011 e 2013, com 27 pacientes submetidos à rinoplastia primária técnica básica, pelo mesmo cirurgião, com suturas intercrura mediais e de rotação da ponta nasal. Mediu-se a rotação e a projeção nasal a partir de fotografias no pré-operatório e 12 meses após. RESULTADOS: Todos os 27 pacientes completaram o estudo. A idade média foi de 27,1 anos. Houve aumento médio de 8,4° na rotação, com significância estatística. Não houve alteração significativa na projeção. CONCLUSÃO: As suturas intercrura mediais e de rotação da ponta nasal são eficazes no aumento da rotação nasal em pacientes caucasianos submetidos à rinoplastia. <![CDATA[Influência do transtorno do processamento auditivo (central) no transtorno fonológico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100056&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Considering the importance of auditory information for the acquisition and organization of phonological rules, the assessment of (central) auditory processing contributes to both the diagnosis and targeting of speech therapy in children with speech sound disorders. OBJECTIVE: To study phonological measures and (central) auditory processing of children with speech sound disorder. METHODS: Clinical and experimental study, with 21 subjects with speech sound disorder aged between 7.0 and 9.11 years, divided into two groups according to their (central) auditory processing disorder. The assessment comprised tests of phonology, speech inconsistency, and metalinguistic abilities. RESULTS: The group with (central) auditory processing disorder demonstrated greater severity of speech sound disorder. The cutoff value obtained for the process density index was the one that best characterized the occurrence of phonological processes for children above 7 years of age. CONCLUSION: The comparison among the tests evaluated between the two groups showed differences in some phonological and metalinguistic abilities. Children with an index value above 0.54 demonstrated strong tendencies towards presenting a (central) auditory processing disorder, and this measure was effective to indicate the need for evaluation in children with speech sound disorder.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Considerando a importância das informações recebidas auditivamente para a aquisição e organização das regras fonológicas, a avaliação do processamento auditivo (central) traz contribuições significativas para o diagnóstico e direcionamento da intervenção fonoaudiologia das crianças com transtorno fonológico. OBJETIVO: Estudar as medidas fonológicas e o processamento auditivo (central) de crianças com transtorno fonológico. MÉTODO: Estudo clínico e experimental com 21 sujeitos com transtorno fonológico, entre 7,0 e 9,11 anos, separados em dois grupos: com e sem transtorno do processamento auditivo (central). Foram avaliadas as provas de fonologia, inconsistência de fala e habilidades metalinguísticas. RESULTADOS: O grupo com transtorno do processamento auditivo (central) apresentou maior gravidade do transtorno fonológico. O valor de corte obtido para o process density index foi o que melhor caracterizou a ocorrência dos processos fonológicos para crianças acima de sete anos. CONCLUSÃO: A comparação do desempenho das provas avaliadas nos dois grupos mostrou diferenças quanto a alguns aspectos fonológicos e metalinguísticas. As crianças com valor do índice acima de 0,54 demonstraram uma forte tendência a apresentar alteração no processamento auditivo (central), sendo que esta medida foi efetiva para indicar a necessidade de avaliação de crianças com transtorno fonológico. <![CDATA[Tratamento oncológico na determinação das alterações auditivas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100065&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Chemotherapy and radiotherapy in oncology have repercussions in hearing health, and can damage structures of the inner ear. These repercussions usually, result in a bilateral and irreversible hearing loss. OBJECTIVE: To identify sensorineural hearing loss cases with complaints of tinnitus and difficulty in speech understanding and investigate their relationship with the types of chemotherapy and radiotherapy the patients received. METHODS: Cross-sectional, clinical, observational, analytical, historical cohort study of 58 subjects treated in a public hospital in the state of Sergipe, diagnosed with neoplasia. The subjects were submitted to anamnesis, conventional pure tone audiometry, and speech recognition threshold. RESULTS: Of the 116 ears, 25.9% presented sensorioneural hearing loss characterized by changes in high frequencies. There was a positive correlation between hearing loss and the association of chemotherapy and radiotherapy ( p = 0.035; R = 0.196). The auditory complaint analysis shows that most of the subjects had tinnitus and speech understanding difficulty, even with a normal auditory threshold. CONCLUSIONS: Cancer treatment causes hearing loss, associated with the administration of chemotherapy and radiotherapy. Cyclophosphamide increased the risk of causing hearing loss. Complaints of tinnitus and speech understanding difficulty were observed.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: O tratamento quimioterápico e radioterápico na oncologia tem repercussão na saúde auditiva e pode lesar estruturas da orelha interna. Ocasiona perda auditiva, geralmente bilateral e irreversível. OBJETIVO: Identificar casos de perda auditiva sensorioneural e sua relação com a média de sessões de quimioterapia e radioterapia, com queixas de zumbido e dificuldade de entendimento da fala, bem como sua relação com medicamentos quimioterápicos. MÉTODO: Estudo de coorte histórica com corte transversal, clínico, observacional, analítico e retrospectivo em 58 sujeitos de um hospital público de Sergipe diagnosticados com neoplasia. Realizou-se anamnese, avaliação audiológica tonal convencional e pesquisa do limiar de reconhecimento de fala. RESULTADOS: Das 116 orelhas; 25,9% apresentaram perda auditiva sensorioneural caracterizada por alterações nas frequências agudas. Observou-se correlação significativa entre perda auditiva e associação da quimioterapia e radioterapia (p = 0,035; R = 0,196). Na análise das queixas auditivas, verificou-se que a maioria apresentou zumbido e dificuldade de entendimento de fala, mesmo com limiares auditivos normais. CONCLUSÕES: O tratamento oncológico gera perda auditiva, que foi determinada pela associação da quimioterapia e radioterapia. Ciclofosfamida aumentou as chances de gerar perda auditiva. Verificou-se presença de queixas de zumbido e dificuldade de entendimento da fala. <![CDATA[Desempenho auditivo e acústica da voz de crianças com implante coclear]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100070&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: The voice of hearing-impaired individuals has been described extensively, and exhibits abnormalities in quality, articulation and resonance. Having an understanding of the aspects that may have an impact on voice characteristics of cochlear implant users is important for users and for professionals in this field. OBJECTIVE: To verify the existence of correlation between age, time of device use, voice detection threshold, hearing category score and language category score with acoustic data of voices of cochlear implanted children. METHODS: Retrospective study. Fifty-one children ranging in age from 3 years to 5 years and 11 months who unilaterally used cochlear implants participated. Acoustic analysis of the sustained vowel/a/, sequential speech and spontaneous speech was performed. The results were correlated with demographic data and hearing test results. RESULTS: Children with worse voice detection threshold showed higher frequency in the sustained vowel ( p ≤ 0.001) and in the spontaneous speech ( p ≤ 0.005). CONCLUSION: There was a correlation between the voice detection threshold and the frequency values of the sustained vowel and spontaneous speech of the studied population.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: A voz do indivíduo com deficiência auditiva tem sido amplamente caracterizada, estando comprometida em termos de tipo de voz, articulação e ressonância, sendo que o conhecimento dos aspectos que possam ter impacto nas características vocais de usuários de implante coclear é de suma importância para os usuários e profissionais da área. OBJETIVO: Verificar a existência de correlação entre idade, tempo de uso, limiar de detecção de voz, escore da categoria de audição e escore da categoria de linguagem com dados acústicos de vozes de crianças com implante coclear. MÉTODO: Estudo retrospectivo. Participaram 51 crianças usuárias de implante coclear com idade de 3-5 anos e 11 meses. Foi realizada análise acústica da vogal sustentada/a/, fala encadeada e conversa espontânea. Os resultados foram correlacionados com dados demográficos e resultados de testes auditivos. RESULTADOS: Crianças com pior desempenho no teste de detecção de voz apresentam voz mais aguda na vogal sustentada ( p ≤ 0,001) e na conversa espontânea ( p ≤ 0,005). CONCLUSÃO: Houve correlação entre os limiares de detecção de voz e os valores de frequência na vogal sustentada e conversa espontânea na população estudada. <![CDATA[Unidade de Terapia Intensiva: resultados da Triagem Auditiva Neonatal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100076&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Procedures for extending the life of newborns are closely related to potential causes of hearing loss, justifying the identification and understanding of risk factors for this deficiency. OBJECTIVE: To characterize the population, analyze the frequency of risk factors for hearing loss, and assess the audiological status of infants attended in a Newborn Hearing Screening program (NHS). METHODS: This was a retrospective study that analyzed medical records of 140 patients from a neonatal intensive care unit, identifying the frequency of risk factors for hearing loss and audiological status, utilizing transient otoacoustic emissions and brainstem auditory evoked potential (BAEP). RESULTS: Prematurity was present in 78.87% of cases; 45% of the infants were underweight and 73% received ototoxic medication. Audiologically, 11.42% failed the NHS, and 5% of cases failed retest; of these, one had results compatible with hearing loss on BAEP. CONCLUSION: A higher rate of low birth weight, and prematurity was observed in infants who underwent screening and had an audiological diagnosis by the third month of life. Only one newborn presented a change in audiological status. The authors emphasize the importance of auditory monitoring for all infants, considering this as a high-risk sample for hearing loss.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Os procedimentos para prolongamento da vida dos neonatos estão intimamente relacionados com possíveis causas de deficiência auditiva, justificando-se a identificação e o conhecimento dos indicadores de risco para tal deficiência. OBJETIVO: Caracterizar a população, analisar a frequência dos indicadores de risco para a deficiência auditiva e verificar o status audiológico de bebês atendidos num programa de Triagem Auditiva Neonatal (TAN). MÉTODO: Estudo do tipo retrospectivo. Foram analisados 140 prontuários da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, caracterizando a população estudada e a frequência dos indicadores de risco para deficiência auditiva e status audiológico, e considerando resultados das emissões otoacústicas transientes e a avaliação diagnóstica por meio do Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico (PEATE). RESULTADOS: Evidenciou-se prematuridade em 78,87% dos casos, 45% exibiam baixo peso e 73% estavam sendo medicados com agentes ototóxicos. Quanto ao status audiológico, 11,42% falharam na TAN. Houve falha no reteste em 5% dos casos e, destes, um neonato apresentou resultado compatível com deficiência auditiva no PEATE. CONCLUSÃO: Houve maior porcentual de prematuros de baixo peso que realizaram a triagem e tiveram um diagnóstico audiológico até o 3° mês de vida. Apenas um neonato apresentou status audiológico alterado. Ressalta-se a importância de acompanhamento auditivo de todos os bebês, considerando esta amostra como de alto risco para deficiência auditiva. <![CDATA[Labirintite associada à otite média: experiência de 26 anos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100082&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Suppurative labyrinthitis continues to result in significant hearing impairment, despite scientific efforts to improve not only its diagnosis but also its treatment. The definitive diagnosis depends on imaging of the inner ear, but it is usually clinically presumed. OBJECTIVE: To analyze the clinical factors and hearing outcomes in patients with labyrinthitis secondary to middle ear infections and to discuss findings based on imaging test results. METHODS: Retrospective cohort study, based on the charts of patients admitted with middle ear infection-associated labyrinthitis. RESULTS: We identified 14 patients, eight (57%) of whom were females and six (43%) males. Mean age was 40 years. Cholesteatomatous chronic otitis media was diagnosed in six patients (43%), acute suppurative otitis media in six (43%), and chronic otitis media without cholesteatoma was diagnosed in two patients (14%). Besides labyrinthitis, 24 concomitant complications were identified: six cases (25%) of labyrinthine fistula, five cases (21%) of meningitis, five cases (21%) of facial paralysis, five cases (21%) of mastoiditis, two cases (8%) of cerebellar abscess, and one case (4%) of temporal abscess. There was one death. Eight (57%) individuals became deaf, while six (43%) acquired mixed hearing loss. CONCLUSION: Suppurative labyrinthitis was often associated with other complications; MRI played a role in the definitive diagnosis in the acute phase; the hearing sequel of labyrinthitis was significant.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Labirintite permanece resultando em deficiência auditiva significativa, apesar dos esforços científicos para melhorar não só o diagnóstico, como também o tratamento. O diagnóstico definitivo é dependente de imagens da orelha interna, mas geralmente é presumido clinicamente. OBJETIVO: Analisar os fatores clínicos e os resultados auditivos em pacientes com labirintite secundária à otite média e discutir os achados dos exames de imagem. MÉTODO: Estudo de coorte retrospectivo, com base nos prontuários de pacientes diagnosticados com labirintite associada à infecção da orelha média. RESULTADOS: Foram identificados 14 pacientes, oito (57%) do sexo feminino e seis (43%) masculino. Média etária de 40 anos. Otite média crônica colesteatomatosa foi diagnosticada em seis pacientes (43%), otite média aguda em seis pacientes (43%) e otite média crônica sem colesteatoma em dois pacientes (14%). Foram identificadas 24 complicações concomitantes: seis casos (25%) de fístula labiríntica, cinco casos (21%) de meningite, cinco (21%) de paralisia facial, cinco (21%) de mastoidite, dois casos (8%) de abscesso cerebelar e um caso (4%) de abcesso temporal. Houve uma morte. Oito (57%) indivíduos tornaram-se anacústicos, enquanto seis (43%) evoluíram para perda auditiva mista. CONCLUSÃO: Labirintite foi frequentemente associada a outras complicações; RNM auxiliou no diagnóstico definitivo da labirintite na sua fase aguda; a sequela auditiva da labirintite foi significativa. <![CDATA[Protocolo de avaliação por laringoscopia para diferenciar tremor vocal essencial e distônico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100088&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Although syndromes that cause voice tremor have singular characteristics, the differential diagnosis of these diseases is a challenge because of the overlap of the existing signs and symptoms. OBJECTIVE: To develop a task-specific protocol to assess voice tremor by means of nasofibrolaryngoscopy and to identify those tasks that can distinguish between essential and dystonic tremor syndromes. METHODS: Cross-sectional study. The transnasal fiberoptic laryngoscopy protocol, which consisted of the assessment of palate, pharynx and larynx tremor during the performance of several vocal and non-vocal tasks with distinct phenomenological characteristics, was applied to 19 patients with voice tremor. Patients were diagnosed with essential or dystonic tremor according to the phenomenological characterization of each group. Once they were classified, the tasks associated with the presence of tremor in each syndrome were identified. RESULTS: The tasks that significantly contributed to the differential diagnosis between essential and dystonic tremor were /s/ production, continuous whistling and reduction of tremor in falsetto. These tasks were phenomenologically different with respect to the presence of tremor in the two syndromes. CONCLUSION: The protocol of specific tasks by means of transnasal fiberoptic laryngoscopy is a viable method to differentiate between essential and dystonic voice tremor syndromes through the following tasks: /s/ production, continuous whistling and reduction of tremor in falsetto.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Apesar de haver características próprias entre as síndromes causadoras do tremor vocal, o diagnóstico diferencial destas doenças é um desafio pela sobreposição de sinais e sintomas presentes. OBJETIVO: Desenvolver protocolo de tarefas específicas na avaliação do tremor vocal por nasofibrolaringoscopia e identificar aquelas que diferenciem as síndromes de tremor essencial e distônico. MÉTODO: Estudo transversal. O protocolo de nasofibrolaringoscopia, que consistiu na avaliação do tremor em palato, faringe e laringe durante execução de diversas tarefas fonatórias e não-fonatórias com características fenomenológicas distintas, foi aplicado em 19 pacientes com tremor vocal. Os pacientes foram diagnosticados como tremor essencial ou distônico a partir da caracterização fenomenológica de cada grupo. Uma vez classificados, determinou-se quais tarefas estavam associadas à presença de tremor nas diferentes síndromes. RESULTADOS: As tarefas que contribuíram significativamente na distinção do tremor essencial e distônico foram a emissão /s/, assobio contínuo e redução do tremor no agudo, pois apresentaram-se fenomenologicamente diferentes quanto à presença do tremor entre as duas síndromes. CONCLUSÃO: O protocolo de tarefas específicas por nasofibrolaringoscopia é um método viável para diferenciar as síndromes de tremor vocal essencial e distônico por meio das tarefas: emissão /s/, assobio contínuo e redução do tremor no agudo. <![CDATA[Zumbido e telefones celulares: o papel da radiação eletromagnética de radiofrequência]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100097&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: Tinnitus is a multifactorial condition and its prevalence has increased on the past decades. The worldwide progressive increase of the use of cell phones has exposed the peripheral auditory pathways to a higher dose of electromagnetic radiofrequency radiation (EMRFR). Some tinnitus patients report that the abusive use of mobiles, especially when repeated in the same ear, might worsen ipsilateral tinnitus. OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the available evidence about the possible causal association between tinnitus and exposure to electromagnetic waves. METHODS: A literature review was performed searching for the following keywords: tinnitus, electromagnetic field, mobile phones, radio frequency, and electromagnetic hypersensitivity. We selected 165 articles that were considered clinically relevant in at least one of the subjects. RESULTS: EMRFR can penetrate exposed tissues and safety exposure levels have been established. These waves provoke proved thermogenic effects and potential biological and genotoxic effects. Some individuals are more sensitive to electromagnetic exposure (electrosensitivity), and thus, present earlier symptoms. There may be a common pathophysiology between this electrosensitivity and tinnitus. CONCLUSION: There are already reasonable evidences to suggest caution for using mobile phones to prevent auditory damage and the onset or worsening of tinnitus.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Zumbido é uma condição multifatorial cuja prevalência vem aumentando nas últimas décadas. Em todo o mundo, o aumento progressivo do uso de telefones celulares tem exposto as orelhas a uma maior carga de radiação eletromagnética de radiofrequência (REM-RF). Alguns pacientes com zumbido referem que o uso excessivo do telefone celular, especialmente quando sempre na mesma orelha, é um fator de piora do zumbido ipsilateral. OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi avaliar as evidências disponíveis sobre a possível associação causal entre zumbido e exposição a ondas eletromagnéticas. MÉTODO: Foi realizada uma revisão de literatura com palavras-chave como: tinnitus, electromagnectic field, cellular phone, radiofrequency, electromagnectic hypersensitivity. Foram selecionados 165 artigos com maior relevância clínica em pelo menos um dos assuntos. RESULTADOS: As REM-RF podem penetrar tecidos expostos e existem níveis seguros de exposição. Apresentam efeitos termogênicos comprovados e potenciais efeitos biológicos e genotóxicos. Alguns indivíduos são mais sensíveis à exposição eletromagnética (eletrossensibilidade) e, portanto, adquirem sintomas precocemente. A fisiopatologia da eletrossensibilidade pode ser semelhante à do zumbido. CONCLUSÃO: Consideramos que há evidências suficientes que sugerem maior cautela para o uso desses aparelhos e assim prevenir lesões na via auditiva e o aparecimento/agravamento do zumbido. <![CDATA[Rinite na gestação: revisão de literatura]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100105&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: There is a controversy concerning the terminology and definition of rhinitis in pregnancy. Gestational rhinitis is a relatively common condition, which has drawn increasing interest in recent years due to a possible association with maternal obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) and unfavorable fetal outcomes. OBJECTIVE: To review the current knowledge on gestacional rhinitis, and to assess its evidence. METHODS: Structured literature search. RESULTS: Gestational rhinitis and rhinitis "during pregnancy" are somewhat similar conditions regarding their physiopathology and treatment, but differ regarding definition and prognosis. Hormonal changes have a presumed etiological role, but knowledge about the physiopathology of gestational rhinitis is still lacking. Management of rhinitis during pregnancy focuses on the minimal intervention required for symptom relief. CONCLUSION: As it has a great impact on maternal quality of life, both the otorhinolaryngologist and the obstetrician must be careful concerning the early diagnosis and treatment of gestational rhinitis, considering the safety of treatment measures and drugs and their current level of evidence.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Há grande confusão quanto à terminologia e definição da rinite na gestação. A rinite gestacional é uma condição relativamente comum que vem ganhando importância nos últimos anos pela descoberta de sua associação com a SAOS materna e possíveis desfechos desfavoráveis ao feto. Há pouca evidência na literatura nacional sobre o tema. OBJETIVO: Revisar o conhecimento científico atual sobre a rinite na gestação e suas evidências disponíveis. MÉTODO: Revisão de literatura estruturada. RESULTADOS: A rinite gestacional e a rinite "durante a gestação" são condições com alguns pontos de fisiopatologia e tratamento semelhantes, mas com definições e prognósticos diferentes. O papel dos hormônios nessas condições vem sendo sugerido por muitos trabalhos, mas o conhecimento sobre a fisiopatogenia da rinite gestacional ainda é escasso. O manejo da rinite na gestação requer o mínimo de intervenção com o maior alívio sintomático possível. CONCLUSÃO: Dado o grande impacto na qualidade de vida da gestante, tanto o otorrinolaringologista quanto o obstetra devem estar atentos para o diagnóstico precoce e manejo desta entidade, considerando o perfil de segurança e o nível de evidência das medidas e medicamentos disponíveis atualmente. <![CDATA[Sialolito gigante de ducto da glândula submandibular tratado por excisão e reparo ductal: relato de caso]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100112&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: There is a controversy concerning the terminology and definition of rhinitis in pregnancy. Gestational rhinitis is a relatively common condition, which has drawn increasing interest in recent years due to a possible association with maternal obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) and unfavorable fetal outcomes. OBJECTIVE: To review the current knowledge on gestacional rhinitis, and to assess its evidence. METHODS: Structured literature search. RESULTS: Gestational rhinitis and rhinitis "during pregnancy" are somewhat similar conditions regarding their physiopathology and treatment, but differ regarding definition and prognosis. Hormonal changes have a presumed etiological role, but knowledge about the physiopathology of gestational rhinitis is still lacking. Management of rhinitis during pregnancy focuses on the minimal intervention required for symptom relief. CONCLUSION: As it has a great impact on maternal quality of life, both the otorhinolaryngologist and the obstetrician must be careful concerning the early diagnosis and treatment of gestational rhinitis, considering the safety of treatment measures and drugs and their current level of evidence.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Há grande confusão quanto à terminologia e definição da rinite na gestação. A rinite gestacional é uma condição relativamente comum que vem ganhando importância nos últimos anos pela descoberta de sua associação com a SAOS materna e possíveis desfechos desfavoráveis ao feto. Há pouca evidência na literatura nacional sobre o tema. OBJETIVO: Revisar o conhecimento científico atual sobre a rinite na gestação e suas evidências disponíveis. MÉTODO: Revisão de literatura estruturada. RESULTADOS: A rinite gestacional e a rinite "durante a gestação" são condições com alguns pontos de fisiopatologia e tratamento semelhantes, mas com definições e prognósticos diferentes. O papel dos hormônios nessas condições vem sendo sugerido por muitos trabalhos, mas o conhecimento sobre a fisiopatogenia da rinite gestacional ainda é escasso. O manejo da rinite na gestação requer o mínimo de intervenção com o maior alívio sintomático possível. CONCLUSÃO: Dado o grande impacto na qualidade de vida da gestante, tanto o otorrinolaringologista quanto o obstetra devem estar atentos para o diagnóstico precoce e manejo desta entidade, considerando o perfil de segurança e o nível de evidência das medidas e medicamentos disponíveis atualmente. <![CDATA[Aritenoidectomia subtotal para o tratamento de estridor laríngeo na atrofia de múltiplos sistemas: resultados na fonação e deglutição]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-86942016000100116&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT INTRODUCTION: There is a controversy concerning the terminology and definition of rhinitis in pregnancy. Gestational rhinitis is a relatively common condition, which has drawn increasing interest in recent years due to a possible association with maternal obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) and unfavorable fetal outcomes. OBJECTIVE: To review the current knowledge on gestacional rhinitis, and to assess its evidence. METHODS: Structured literature search. RESULTS: Gestational rhinitis and rhinitis "during pregnancy" are somewhat similar conditions regarding their physiopathology and treatment, but differ regarding definition and prognosis. Hormonal changes have a presumed etiological role, but knowledge about the physiopathology of gestational rhinitis is still lacking. Management of rhinitis during pregnancy focuses on the minimal intervention required for symptom relief. CONCLUSION: As it has a great impact on maternal quality of life, both the otorhinolaryngologist and the obstetrician must be careful concerning the early diagnosis and treatment of gestational rhinitis, considering the safety of treatment measures and drugs and their current level of evidence.<hr/>RESUMO INTRODUÇÃO: Há grande confusão quanto à terminologia e definição da rinite na gestação. A rinite gestacional é uma condição relativamente comum que vem ganhando importância nos últimos anos pela descoberta de sua associação com a SAOS materna e possíveis desfechos desfavoráveis ao feto. Há pouca evidência na literatura nacional sobre o tema. OBJETIVO: Revisar o conhecimento científico atual sobre a rinite na gestação e suas evidências disponíveis. MÉTODO: Revisão de literatura estruturada. RESULTADOS: A rinite gestacional e a rinite "durante a gestação" são condições com alguns pontos de fisiopatologia e tratamento semelhantes, mas com definições e prognósticos diferentes. O papel dos hormônios nessas condições vem sendo sugerido por muitos trabalhos, mas o conhecimento sobre a fisiopatogenia da rinite gestacional ainda é escasso. O manejo da rinite na gestação requer o mínimo de intervenção com o maior alívio sintomático possível. CONCLUSÃO: Dado o grande impacto na qualidade de vida da gestante, tanto o otorrinolaringologista quanto o obstetra devem estar atentos para o diagnóstico precoce e manejo desta entidade, considerando o perfil de segurança e o nível de evidência das medidas e medicamentos disponíveis atualmente.