Scielo RSS <![CDATA[Revista Ambiente & Água]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1980-993X20170004&lang=en vol. 12 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Water Safety Plan for drinking water risk management: the case study of Mortara (Pavia, Italy)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400513&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The Water Safety Plan (WSP) approach is an iterative method focused on analyzing the risks of water contamination in a drinking water supply system, from catchment to consumer, in order to protect human health. This approach is aimed at identifying and drastically reducing water contamination in the entire drinking water system, through the identification and mitigation or, if possible, elimination of all factors that may cause a chemical, physical, microbiological and radiological risk for water. This study developed a proposal of WSP for the drinking water supply system (DWSS) of Mortara, Italy, in order to understand which are the preliminary evaluation aspects to be considered in the elaboration of a WSP. The DWSS of Mortara (a town of 15,500 inhabitants, located in northern Italy) consists of three drinking water treatment plants (DWTPs), considering the following main contaminants: arsenic, iron, manganese and ammonia. Potential hazardous events and associated hazards were identified in each part of the water supply system. The risk assessment was carried out following the semi-quantitative approach. The WSP proposal for Mortara was very useful not only as a risk mitigation approach, but also as a cost-effective tool for water suppliers. Furthermore, this approach will reduce public health risk, ensure a better compliance of water quality parameters with regulatory requirements, increase confidence of consumers and municipal authorities, and improve resource management due to intervention planning. Further, some new control measures are proposed by the WSP team within this work.<hr/>Resumo A abordagem dos Planos de Segurança da Água (PSA) é um método iterativo focado na análise dos riscos de contaminação da água em um sistema de abastecimento de água potável desde a captação ao consumidor, visando à proteçãoda saúde humana. Objetiva-se identificar e reduzir drasticamente a contaminação da água em todo o sistema de água potável pela identificação e mitigação ou, se possível, a eliminação de todos os fatores que podem causar um risco químico, físico, microbiológico e radiológico para a água. Este estudo desenvolveu uma proposta de PSA para o sistema de abastecimento de água potável de Mortara (Itália), a fim de compreender quais são os aspectos de avaliação preliminar a serem considerados na elaboração de um PSA. O sistema de abastecimento de água potável de Mortara (uma cidade de 15.500 habitantes, localizada no norte da Itália) consiste em três estações de tratamento de água, considerando os seguintes contaminantes principais: arsênio, ferro, manganês e amônia. Eventos perigosos potenciais e riscos relacionados foram identificados em cada parte do sistema de abastecimento de água. A avaliação do risco foi realizada seguindo a abordagem semi-quantitativa. A proposta do PSA para o sistema de abastecimento de água potável de Mortara contribuirá para reduzir os riscos à saúde pública, assegurar um melhor cumprimento dos parâmetros de qualidade da água, dos requisitos regulamentares, do aumento da confiança dos consumidores e autoridades municipais, assim como melhorar a gestão de recursos devido ao planejamento para intervenção. Além disso, novas medidas de controle são propostas pela equipe de PSA neste trabalho. <![CDATA[Bioaccumulation of heavy metals in Oncorhynchus mykiss for export at production centers in the Peruvian Central Highlands]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400527&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The bioaccumulation of the heavy metals Cu, Zn, Fe and Pb was determined in the livers, kidneys and muscles of Oncorhynchus mykiss trout at seven production centers in the province of Yauli, Junín-Peru. The determination and quantification of total heavy metals in water samples collected monthly from the production sites and in 28 trout that averaged 250 g and 27 cm was performed by atomic absorption spectrophotometry, according to the methodology recommended by FAO. Levels of Zn, Fe and Pb were found to exceed the environmental quality standards established by the Peruvian Ministry of the Environment for the rivers of the coast and highlands, as well as the quality standards of the European Union for the cultivation of trout, while levels of Cu conformed with those standards. Concentration of Cu, Zn, Fe and Pb in the livers, kidneys and muscles exceeded the maximum permissible limits established by the European Union for fish meat and by the Mexican official standard, NOM-027-SSA1-1993, for fresh, refrigerated and frozen fishery products, in the case of Pb. The correlation between the concentrations of copper, zinc, iron and lead in the water and the concentrations of these metals in the livers, kidneys and muscles is low and not significant, except for copper, which had a significant correlation.<hr/>Resumo A bioacumulação de metais pesados de Cu, Zn, Fe e Pb no fígado, rim e músculo da truta Oncorhynchus mykiss foi determinada em sete centros de produção na província de Yauli, Junín-Peru. A determinação e quantificação do total de metais pesados em amostras de água coletadas mensalmente nos locais de produção e em 28 trutas de 250 g e 27 cm em média foram realizadas por espectrofotometria de absorção atômica, de acordo com a metodologia recomendada pela FAO. Com exceção do Cu, alguns níveis de Zn, Fe e Pb foram encontrados na água em padrões de qualidade ambiental superiores aos estabelecidos pelo Ministério do Meio Ambiente do Peru para os rios do litoral e planalto, e aos padrões de qualidade da União Europeia para o cultivo da truta. A concentração de Cu, Zn, Fe e Pb no fígado, nos rins e nos músculos excedeu os limites máximos permitidos pela União Europeia para a carne de peixe; e pela NOM-027-SSA1-1993 mexicana para os produtos frescos da pesca, refrigerados e congelados, no caso de Pb. A correlação entre a concentração de cobre, zinco, ferro e chumbo em água e a concentração destes metais no fígado, rim e no músculo, é baixa e não significativa, exceto para cobre que teve correlação significativa. <![CDATA[Analysis of the role of the sanitary landfill in waste management strategies based upon a review of lab leaching tests and new tools to evaluate leachate production]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400543&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract This paper reviews the role of sanitary landfills in current and future waste management strategies based upon the principles and the goals established by the European Framework Directive on Waste (2008/98/EC). Specific reference is made to studies of our research group regarding new tools developed to evaluate leachate production, taking into account the different characteristics of municipal solid waste (MSW). Laboratory leaching tests and a methodology proposed to interpret the results are described and discussed, as well as tools developed to estimate landfill leachate production. Residual flows produced by mechanical-biological treatment (MBT) plants, mainly Solid Recovered Fuel (SRF) and Stabilized Organic Waste (SOW), incineration and composting plants are considered in particular. Experimental results showed that the most suitable end-uses or disposal options for the outputs of waste treatment plants are site-specific and should be defined on the basis of a detailed characterization. The application of the model developed to assess landfill leachate production showed a very good agreement with field data.<hr/>Resumo Este artigo revisa o papel dos aterros sanitários nas estratégias atuais e futuras de gestão de resíduos com base nos princípios e objetivos estabelecidos na diretiva europeia sobre o lixo 2008/98/EC. O texto baseia-se especificamente nos estudos de nosso grupo de pesquisa sobre novas ferramentas desenvolvidas para avaliar a produção de lixiviados, levando-se em consideração as diferentes características dos resíduos sólidos urbanos (RSU). Os testes de lixiviação em laboratório e uma metodologia proposta para interpretar os resultados são descritos e discutidos, bem como foram desenvolvidas ferramentas para estimar a produção de lixiviados em aterro. Consideram-se, em particular, os fluxos residuais produzidos por instalações de tratamento mecânico-biológico (MBT, sigla em inglês), principalmente as instalações de incineração e compostagem de resíduos sólidos recuperados (SRF, sigla em inglês) e de resíduos orgânicos estabilizados (SOW, sigla em inglês). Os resultados experimentais mostraram que as utilizações finais ou as opções de eliminação mais adequadas para os materiais das estações de tratamento de resíduos são específicas do local e devem ser definidas com base numa caracterização pormenorizada. A aplicação do modelo desenvolvido para avaliar a produção de lixiviados em aterro mostrou um ótimo acordo entre os resultados do modelo com os dados de campo. <![CDATA[Evasion of CO<sub>2</sub> and dissolved carbon in river waters of three small catchments in an area occupied by small family farms in the eastern Amazon]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400556&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract CO2 effluxes from streams and rivers have been hypothesized to be a critical pathway of carbon flow from the biosphere back to the atmosphere. This study was conducted in three small Amazonian catchments to evaluate carbon evasion and dynamics, where land-use change has occurred on small family-farms. Monthly field campaigns were conducted from June 2006 to May 2007 in the Cumaru (CM), Pachibá (PB) and São João (SJ) streams. Electrical conductivity, pH, temperature, and dissolved oxygen measurements were done in situ, while water samples were collected to determine dissolved organic carbon (DOC) and dissolved inorganic carbon (DIC) concentrations, as well as carbon dioxide partial pressures (pCO2) and CO2 evasion fluxes. Instantaneous discharge measured by a current meter was used to calculate DOC fluxes. Considering all the sites, DOC, DIC, pCO2, and CO2 flux measurements ranged as follows, respectively: 0.27 - 12.13 mg L-1; 3.5 - 38.9 mg L-1; 2,265 - 26,974 ppm; and 3.39 - 75.35 μmol m-2 s-1. DOC annual flux estimates for CM, SJ and PB were, respectively, 281, 245, and 169 kg C ha-1. CO2 evasion fluxes had an average of 22.70 ± 1.67 μmol m-2 s-1. These CO2 evasion fluxes per unit area were similar to those measured for major Amazonian rivers, thus confirming our hypothesis that small streams can evade substantial quantities of CO2. As secondary vegetation is abundant as a result of family farming management in the region, we conclude that this vegetation can be a major driver of an abundant carbon cycle.<hr/>Resumo Os fluxos de CO2 a partir de igarapés e rios têm sido sugeridos como uma possível e crítica via para os fluxos de retorno do carbono da biosfera para a atmosfera. Esse estudo foi conduzido em três pequenas bacias amazônicas para avaliar a dinâmica e evasão de carbono em região onde as mudanças de uso da terra resultaram em paisagens dominadas por pequenas propriedades de agricultores familiares. Campanhas de campo mensais foram realizadas no período de Junho/2006 a Maio/2007 nas bacias dos igarapés Cumaru (CM), Pachibá (PB) e São João (SJ). Medidas de condutividade elétrica, pH, temperatura e oxigênio dissolvido foram realizadas in situ, enquanto coletas de amostras de água fluvial foram feitas para determinação das concentrações de carbono orgânico dissolvido (COD) e de carbono inorgânico dissolvido (CID), assim como para as medidas da pressão parcial do dióxido de carbono (pCO2) e dos fluxos de evasão de CO2. A vazão instantânea medida em cada campanha foi usada para cálculo dos fluxos de COD. Considerados todos os igarapés, os fluxos de COD, CID, pCO2, e CO2 variaram da seguinte forma, respectivamente: 0,27 - 12,13 mg L-1; 3,5 - 38,9 mg L-1; 2.265 - 26.974 ppm; and 3,39 - 75,35 μmol m-2 s-1. Os fluxos anuais estimados de COD em CM, SJ e PB foram respectivamente 281, 245 e 169 kg C ha-1. Os fluxos de evasão de CO2 variaram de 3,39 a 75,35 μmol m-2 s-1, com média de 22,70 ± 1,67 μmol m-2 s-1. Essa evasão de CO2 por unidade de área foi similar aos maiores fluxos de evasão medidos nos principais rios amazônicos, confirmando assim nossa hipótese de que nos pequenos igarapés podem ocorrer valores substanciais de evasão de CO2. Como a floresta secundária é abundante nessa região, em decorrência da prática da agricultura familiar, concluímos que essa vegetação pode ser o fator determinante da ciclagem abundante de carbono. <![CDATA[Metal pollution assessment in a Brazilian hydroelectric reservoir: Geophagus brasiliensis as a suitable bioindicator organismo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400575&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Vossoroca is a reservoir in the Brazilian state of Paraná. Although it is located near big cities and can be used as a human water supply, it has remained unstudied. Concentrations of toxic metals and arsenic in sediments, water, liver, gills, and muscle of Geophagus brasiliensis from the reservoir were analyzed using atomic absorption spectrometry. Histological analyses were performed on the gills and the livers using scanning electron microscopy and light microscopy, respectively. The results showed that Vossoroca sediments were moderately polluted by copper, chromium, nickel and arsenic. Cadmium was above legal limits in the water. Histopathological assessment revealed epithelial alterations in the secondary lamella to be the most common abnormality observed in the gills and necrosis, melanomacrophage centers in the livers. In conclusion, although the reservoir is located in an Environmental Protection Area, it is negatively affected by human activity. Further, Geophagus brasiliensis was a suitable bioindicator for metal pollution studies.<hr/>Resumo Vossoroca é um reservatório localizado no estado Paraná - Brasil. Embora esteja próximo de grandes cidades e possa ser usado para abastecimento de água para população humana, ele permaneceu sem ser estudado. As concentrações de metais tóxicos e arsênico nos sedimentos, água, fígado, brânquias e músculo de Geophagus brasiliensis do reservatório foram analisadas por espectrometria de absorção atômica. As análises histológicas foram realizadas em brânquia e fígado por microscopia eletrônica de varredura e microscopia de luz, respectivamente. Os resultados mostraram que os sedimentos de Vossoroca estão moderadamente poluídos pelo cobre, cromo, níquel e arsênico. O cádmio estava acima dos limites legais na água. A avaliação histopatológica revelou alterações epiteliais na lamela secundária como a anormalidade mais comum observada nas brânquias, e necrose e centros melanomacrófagos, no fígado. Em conclusão, O Geophagus brasiliensis é um bioindicador adequado para estudos de poluição de metais. Embora o reservatório esteja localizado em uma Área de Proteção Ambiental, ele é afetado negativamente pela atividade humana. <![CDATA[Coal extraction causes sediment toxicity in aquatic environments in Santa Catarina, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400591&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract This study evaluated water parameters in ponds affected by coal extraction. Allium cepa assay was used to measure genotoxicity/mutagenicity of the sediment. Samples were collected from four ponds in the southern state of Santa Catarina. Water temperature, pH, dissolved oxygen, conductivity and turbidity were measured. Sediments were analyzed for heavy metals. Elutriate samples were prepared at a ratio of 1:4 sediment:water. Allium cepa bulbs were placed in samples prepared from each pond, with ultrapure water used as negative control and methyl methane sulfonate as positive control. Root length, mitotic index, chromosomal aberrations, micronuclei, and nuclear abnormalities were measured. The pH of two ponds, as well as electrical conductivity and dissolved oxygen of all ponds were below the minimum limits set by Brazilian regulation. All heavy metals analyzed were found in all sediment samples, but only Cd concentration was above the legal limit set by Brazilian law. Allium cepa root growth for samples from Ponds 1, 2, and 4 was significantly lower than the negative control. Meristematic cells exposed to elutriate samples showed no significant changes in cell division. There was a significant increase in total chromosomal aberrations in all treated samples in comparison with the negative control. This study demonstrates that even low concentrations of heavy metals can damage exposed biota, possibly due to synergistic effects. We also found the A. cepa bioassay to be a simple and useful tool for genotoxicity/mutagenicity analyses, and recommend its use for environmental monitoring and management in areas influenced by mining activities.<hr/>Resumo Este estudo analisou parâmetros de qualidade da água em lagoas sob influência de extração de carvão na região sul do estado de Santa Catarina. A genotoxicidade/mutagenicidade de sedimentos foram analisadas usando-se o ensaio Allium cepa. A temperatura, pH, oxigênio dissolvido, condutividade e turbidez foram mensuradas em sete lagoas, bem como, os metais pesados presentes nos sedimentos. Amostras de elutriato foram preparadas em proporção 1:4 (sedimento: água). Raízes de Allium cepa foram expostas aos elutriatos obtidos dos sedimentos coletados, sendo que raízes dos grupos controle negativo e positivo foram expostas à água ultrapura e metil-metano-sulfonato, respectivamente. Após a exposição, foram analisados: comprimento das raízes, índice mitótico, aberrações cromossômicas, micronúcleos e anormalidades nucleares. O pH de duas lagoas, e a condutividade e o nível de oxigênio dissolvido de todas as lagoas estavam abaixo do limite estabelecido pela legislação brasileira. Todas as amostras continham metais pesados e o Cd encontrava-se em nível superior ao permitido pela legislação. Raízes expostas a sedimentos das lagoas 1, 2 e 4 tiveram diminuição de crescimento. Raízes expostas ao elutriato de todas as lagoas não apresentaram alterações na divisão celular. Houve aumento significativo no número de aberrações cromossômicas em raízes expostas em todas as amostras das lagoas em comparação com ao controle negativo. Este estudo mostra que, mesmo em baixas concentrações, metais pesados podem danificar a biota, possivelmente devido a efeitos sinérgicos. Pode ser indicado que o ensaio em Allium cepa é uma ferramenta simples e útil para análises de genotoxicidade/mutagenicidade, assim como pode ser recomendado seu uso em projetos de monitoramento e gestão ambiental de áreas influenciadas por atividades de mineração. <![CDATA[Daily rainfall disaggregation for Tocantins State, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400605&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT In order to design effective Brazilian hydraulic structures, it is necessary to obtain data relating to short-duration intense rainfall from historical series of daily rainfall. This recurring need can be fulfilled by rainfall disaggregation methodology. The objective of this study was to determine the intense rainfall disaggregation constants for the State of Tocantins and to compare these constants with those obtained for other regions of Brazil. For the modeling of the frequency of intense rainfall of different durations of less than 24 hours, the Gumbel probability distribution (GPD) was employed using rainfall series from 10 locations in Tocantins state. The results showed that the GPD was adequate by the Kolmogorov-Smirnov and Chi-square tests. The disaggregation constants presented low variability values for different return periods (from 10 to 100 years); the values for Tocantins state are: h12h/h24h=0.93, h6h/h24h=0.86, h4h/h24h=0.82, h3h/h24h=0.78, h2h/h24h=0.72, h1h/h24h=0.61, h50min/h1h=0.92, h40min/h1h=0.83, h30min/h1h=0.68, h20min/h30min=0.76 e h10min/h30min=0.46. The comparison of the results with those from studies developed for other Brazilian regions showed variations of up to -62.30%, allowing us to conclude that the use of local constants is important in the process of rainfall disaggregation.<hr/>RESUMO Para o dimensionamento da estrutura hidráulicas do Brasil, é necessário a obtenção de dados de chuvas intensas de curta duração a partir de séries históricas de chuva diária. Esta situação recorrente pode ser atendida pela metodologia de desagregação de chuvas. Objetivou-se neste trabalho determinar constantes de desagregação de chuvas intensas para o Estado do Tocantins e proceder a comparação destas constantes com aquelas obtidas para outras regiões do Brasil. Para a modelagem da frequência das chuvas intensas de diferentes durações, foi empregada a distribuição de probabilidades Gumbel, tendo sido utilizadas séries pluviográficas de 10 localidades do estado do Tocantins. Os resultados mostraram que a distribuição de probabilidades Gumbel foi considerada adequada pelos testes Kolmogorov-Smirnov e Qui-quadrado. Observou-se que as constantes de desagregação apresentaram valores praticamente invariáveis para tempos de retorno entre 10 e 100 anos, tendo sido obtidas as seguintes constantes médias para o estado do Tocantins: h12h/h24h=0,93, h6h/h24h=0,86, h4h/h24h=0,82, h3h/h24h=0,78, h2h/h24h=0,72, h1h/h24h=0,61, h50min/h1h=0,92, h40min/h1h=0,83, h30min/h1h=0,68, h20min/h30min=0,76 e h10min/h30min=0,46. A comparação dos resultados com os de estudos desenvolvidos para outras regiões brasileiras mostrou variações de até -62,30%, permitindo se concluir que a utilização de constantes locais é importante no procedimento de desagregação de chuvas. <![CDATA[Response of fish communities to intense drought in Brazilian savanna streams]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400618&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The physical structures of streams are subjected to intense changes throughout the seasons. Intense drought in dry periods has been frequent and potentially harmful to aquatic species. In this study, we tested whether the changes in the habitat structure of the streams during the dry period determine the organization of fish communities. Five streams in the Upper Tocantins River were studied in the dry and rainy seasons. The species were characterized by 13 functional traits based on morphological measurements. The descriptors of functional diversity were: mean pairwise functional distance of species in the community (MPD) and mean functionally nearest species distance (MNTD). We also calculated the standardized effect size for MPD and MNTD, an indicator of functional redundancy, and compared the observed patterns with those expected by chance. Streams differed between seasons with respect to environmental variables. Functional diversity in the rainy season did not differ from the pattern expected by chance for both metrics. While functional diversity in the dry season has not differed from the pattern expected by chance for SESMPD, a greater functional redundancy for SESMNTD was found in this season. These results indicate that environmental changes in the streams during the dry season are important constraints for fish occurrence, preventing the occurrence of functionally original species. Therefore, a prospective scenario of dry-period intensification could result in functionally redundant communities, with functional homogenization of the regional species pool.<hr/>Resumo Os riachos são submetidos a intensas mudanças na sua estrutura física ao longo das estações. Secas intensas nos períodos de estiagem tem sido frequentes e potencialmente deletérias para as espécies aquáticas. Neste estudo, testamos se as alterações na estrutura do hábitat dos riachos no período da seca determinam a organização das comunidades de peixes. Foram estudados cinco riachos pertencentes à bacia do Alto rio Tocantins, amostrados no período seco e chuvoso. As espécies foram caracterizadas por meio de 13 atributos funcionais baseados em medidas morfológicas. Os descritores de estrutura funcional das comunidades foram: distância média entre pares de espécies da comunidade (MPD) e distância média da espécie funcionalmente mais similar na comunidade (MNTD). Também calculamos o tamanho do efeito padronizado para MPD e MNTD, uma medida de redundância funcional, por meio da comparação dos padrões observados de MPD e MNTD com aqueles obtidos em comunidades formadas aleatoriamente em ambas as estações. A diversidade funcional da estação chuvosa não diferiu do padrão esperado ao acaso para ambas as métricas. Apesar da diversidade funcional na estação seca não ter diferido do padrão esperado ao acaso quando a métrica SESMPD foi considerada, verificou-se uma maior redundância funcional nessa estação para a métrica SESMNTD. Esses resultados indicam que as alterações nos riachos na estação seca representam filtros ambientais que restringem a ocorrência de espécies funcionalmente complementares. Nesse sentido, um cenário prospectivo de intensificação do período de seca poderia resultar em comunidades funcionalmente redundantes, com homogeneização funcional do pool regional de espécies. <![CDATA[Evaluation of water-stress tolerance of Acala SJ 2 and Auburn 2 cotton cultivars in a phenotyping platform]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400629&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Due to the current scarcity of water, which may be aggravated by climate changes, it is important to develop cultivars tolerant to water stress. For this, information regarding the variability of the tolerance of cultivars to this stress is required. This information can be obtained by using phenotyping platforms, which allow a large-scale and automated assessment of crop traits related to productivity under water stress. This study took place in a greenhouse and used a phenotyping platform to evaluate some agronomic and physiological traits of two cotton cultivars with differing tolerances to this stress. The experiment was performed in a randomized block design, in a split-plot scheme with four replicates. The main plots were composed of five water regimes and the subplots of two cultivars, Acala SJ 2 and Auburn 2. The water regimes consisted of a well-irrigated treatment (daily replacement of 100% of evapotranspired water) and four water restriction regimes (20%, 40%, 60% and 80% of evapotranspired water at the well-irrigated treatment). The phenotyping platform and protocol (different percentages of daily replacement of evapotranspired water) employed were suitable to the evaluated cotton cultivars for water-stress tolerance, and allowed the determination of the cultivar most tolerant (Acala SJ 2) and of the cultivar most sensitive (Auburn 2) to water stress. ‘Acala SJ 2’ displayed better physiological and agronomic traits in all water regimes, including higher root density in the upper soil layer, as well as higher water use than ‘Auburn 2’, which explained its higher seed yield under the conditions employed.<hr/>Resumo Devido à atual escassez de água, que pode ser agravada pelas mudanças climáticas, é importante desenvolver cultivares tolerantes ao estresse hídrico. Para isso, são necessárias informações sobre a variabilidade das cultivares quanto à tolerância a esse estresse. Essas informações podem ser obtidas por meio de plataformas de fenotipagem, que permitem avaliação automatizada e em larga escala de características da cultura relacionadas com a produtividade sob estresse hídrico. Este trabalho foi desenvolvido em casa de vegetação e usou uma plataforma de fenotipagem para avaliar algumas características agronômicas e fisiológicas de duas cultivares de algodão que diferem em tolerância a esse estresse. O experimento foi realizado no delineamento de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, e com quatro repetições. Nas parcelas foram estabelecidos cinco regimes hídricos e nas subparcelas, duas cultivares: Acala SJ 2 e Auburn 2. Os regimes hídricos consistiram de um tratamento bem irrigado (reposição diária de 100% da água evapotranspirada) e quatro regimes de restrição hídrica (20%, 40%, 60% e 80% de água evapotranspirada no tratamento bem irrigado). A plataforma de fenotipagem e o protocolo (diferentes porcentagens de reposição diária da água evapotranspirada) utilizados foram adequados para avaliar cultivares de algodão quanto à tolerância ao estresse hídrico, e permitiram discriminar a cultivar mais tolerante (Acala SJ 2) da mais sensível (Auburn 2). A ‘Acala SJ 2’ apresentou melhores características fisiológicas e agronômicas em todos os regimes hídricos, incluindo maior densidade de raízes na camada superior do solo e maior uso de água do que a ‘Auburn 2’, o que explicou sua maior produtividade. <![CDATA[Deproteinization: an integrated-solution approach to increase efficiency in β-galactosidase production using cheese whey powder (CWP) solution]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400643&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Whey is the liquid that results from the coagulation of milk during cheese manufacture. Cheese whey is also an important environmental pollution source. The present experiment sought to compare β-galactosidase (EC 3.2.1.23) production by Aspergillus oryzae from deproteinized and un-deproteinized CWP solutions. β-galactosidase was produced by submerged fermentation in deproteinized or un-deproteinized CWP solutions. To determine the activity of the enzyme, a reaction mixture containing cell-free extract and ortho-Nitrophenyl-β-galactoside (ONPG) was used. The results indicated that β-galactosidase induction was greater when using deproteinized CWP solution compared to the un-deproteinized CWP solution. These results may enable an alternative management of cheese whey, thereby decreasing its impact on the environment and producing value-added biomacromolecules.<hr/>Resumo O soro de queijo é o líquido resultante da coagulação do leite durante a manufatura do queijo. Em adição, o soro de queijo é uma importante fonte de poluição ambiental. O principal objetivo do presente experimento foi comparar a produção de β-galactosidase (EC 3.2.1.23) por Aspergillus oryzae a partir de uma solução de soro de queijo desproteinizada e não-desproteinizada por fermentação submersa. Para se determinar a atividade enzimática, um meio reacional contendo extrato livre de células e orto-nitrofenol-β-galactosídeo (ONPG) foi usado. Os resultados indicaram que a indução de β-galactosidase foi maior quando usada solução de SQP desproteinizada comparada à solução não-desproteinizada. Estes resultados podem permitir uma gestão alternativa do soro de queijo, diminuindo assim seu impacto no ambiente e produzindo biomacromoléculas de valor agregado. <![CDATA[Evaluation of contamination risk of aquifers of the Limoncocha Biological Reserve, Ecuadorian Amazon Region]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400652&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumen El agua subterránea es una de las principales fuentes de abastecimiento para los habitantes de las parroquias de Limoncocha y de Pompeya, ubicadas en la Amazonía ecuatoriana donde, además, se encuentra la Reserva Biológica Limoncocha (RBL) y su área de influencia (AI), cuyo ecosistema subterráneo recibe un aporte de agua proveniente de flujos externos a su límite. Tradicionalmente, el agua subterránea ha sido considerada protegida por el subsuelo, sin embargo, la disposición de contaminantes estables en zonas de infiltración favorable, podría causar que este recurso se contamine, poniendo en riesgo la salud de la población y la sostenibilidad de la reserva. Por ello, se propuso evaluar el peligro de contaminación del agua subterránea de dicha reserva, a través de la superposición de un mapa de vulnerabilidad del acuífero aplicando el método GODS, con un inventario de cargas contaminantes usando el método POSH y en función a esto, priorizar medidas en la protección de este recurso. Se determinó que, en la mayor parte del área de estudio, no existe peligro de contaminación del agua subterránea, no obstante, también se encontraron zonas de moderado y alto peligro para las que se propusieron medidas para prevenir el deterioro de la calidad del agua subterránea.<hr/>Resumo A água subterrânea é uma das principais fontes para o abastecimento dos habitantes das paróquias de Limoncocha e de Pompeya, localizadas na Amazônia equatoriana, onde se encontra a Reserva Biológica Limoncocha (RBL) e sua área de influência (AI), cujo ecossistema subterrâneo recebe uma oferta substancial de água afluente de fora do seu limite. Tradicionalmente, a água subterrânea tem sido considerada como "protegida" pelo subsolo. No entanto, a disposição de poluentes estáveis de atividades humanas em áreas favoráveis de infiltração poderia causar esta contaminação dos recursos, colocando em risco a saúde da população e a sustentabilidade da reserva. Assim, é proposto se avaliar o risco de contaminação das águas subterrâneas da RBL e AI, através da sobreposição de um mapa de vulnerabilidade do aquífero usando o método GODS com um inventário de carga poluente utilizando o método POSH e, dessa forma, priorizar medidas de proteção deste recurso. Verificou-se que, na maior parte da área de estudo, não há perigo de contaminação das águas subterrâneas, no entanto, foram encontradas áreas de risco moderado e elevado para as quais foram propostas medidas para evitar a deterioração da qualidade dos recursos hídricos subterrâneos.<hr/>Abstract Groundwater is one of the main supply sources of the inhabitants of Limoncocha and Pompeya parishes, located in the Ecuadorian Amazon region. The Limoncocha Biological Reserve (Spanish acronym, “RBL”) is located in this region, and its area of influence (AI) has an underground ecosystem which receives a substantial supply of water from external flows. Traditionally, groundwater has been considered "protected" by the subsoil. However, the disposal of stable pollutants from human activities in areas favorable to infiltration could cause the contamination of this resource, risking the health of the population and the reserve's sustainability. Consequently, it was proposed that an assessment be done of the risk of groundwater contamination of the RBL and AI by overlapping the vulnerability map of the aquifer using the GODS method with an inventory of pollutant loads by the POSH method. In this way, measures for the protection of this resource might be prioritized. In most of the study area there was no danger of groundwater contamination. Nevertheless, areas of moderate and high risk were found. Measures to prevent the deterioration of the underground water quality were therefore proposed. <![CDATA[Spatial and seasonal variation of zooplankton in reservoirs of the Cantareira system, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400666&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Neste estudo investigou-se a variação espacial e sazonal da comunidade zooplanctônica e sua relação com as características físicas, químicas e biológicas da água em cinco reservatórios (Jaguari, Jacareí, Cachoeira, Atibainha e Paiva Castro) do sistema Cantareira. Amostragens foram realizadas em maio/junho e novembro/dezembro de 2013 em 19 pontos. Para verificar a similaridade dos atributos zooplanctônicos, efetuou-se uma análise de similaridade bifatorial e um ordenamento multidimensional não-métrico. A relação entre os descritores biológicos e ambientais foi examinada usando-se correlação de Pearson. Um total de 35 táxons foi identificado. Os rotíferos predominaram em termos de riqueza e os juvenis de Copepoda seguidos por Bosmina freyi foram os mais abundantes. Em geral, os locais apresentaram condições mesotróficas com exceção do reservatório Jaguari considerado eutrófico. Com base nas análises, foi evidenciado uma variação espaço-sazonal e correspondência entre descritores ambientais e a densidade. A morfometria do reservatório, o tempo de residência, as interações ecológicas e as mudanças de qualidade da água podem ser fatores que explicam a variabilidade observada.<hr/>Abstract This study examined the spatial and seasonal variation of zooplanktonic communities and their relationship to the physical, chemical and biological properties of water in five reservoirs (Jaguari, Jacareí, Cachoeira, Atibainha e Paiva Castro) of the Cantareira system. Sampling was performed in May/June and November/December 2013 at 19 sites. To verify similarity of zooplankton attributes, we applied a two-way similarity analysis and a non-metric multidimensional scaling. Relationship between biological and environmental descriptors was examined by Pearson correlation. A total of 35 taxa was identified. Rotifers were predominant in terms of species richness and juvenile copepods followed by Bosmina freyi were the most abundant. Overall, the sites showed mesotrophic conditions, with the exception of the Jaguari reservoir, which was considered eutrophic. Based on the analysis, spatial and seasonal variations and correspondence between environmental indicators and densities were observed. Reservoir morphometry, water retention time, ecological interactions and water quality might explain the observed trend. <![CDATA[Zoning of the hydrographic basin of Moju river (Pará): Water use and its relation with the forms of land cover and land use]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-993X2017000400680&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo A bacia do rio Moju apresenta diferentes padrões de usos da terra decorrentes de um histórico de expansão do setor agrícola e extrativista no estado. Está inserida na área de projetos desenvolvimentistas da região, com ênfase para a cadeia produtiva do dendê. No presente trabalho, realizou-se um zoneamento da bacia do rio Moju evidenciando a interconexão entre os principais usos e cobertura da terra e os usos da água, demonstrando as pressões sobre os recursos naturais que a bacia está sofrendo. O zoneamento é o produto resultante da associação entre o mapeamento de uso e cobertura da terra e as categorias de usuários da água dos municípios componentes da bacia. Os resultados demonstraram que a maior parcela de usos outorgados tem finalidade industrial, sendo a captação subterrânea massivamente superior a superficial, onde o principal outorgado é a agroindústria do dendê. Somente um pequeno número de habitantes são atendidos pela distribuição de água e ocorrem grandes perdas no sistema de distribuição. A sub-bacia Alto Moju sofre alta pressão sobre os seus recursos naturais. Nota-se que a bacia como um todo ainda possui a maior parte de seu território com cobertura florestal, entretanto a pastagem e a vegetação secundária ocupam áreas expressivas. Em geral, percebe-se que o maior desafio está em alinhar o gerenciamento dos recursos hídricos com uma gestão eficiente de uso do solo.<hr/>Abstract The Moju River Basin presents different patterns of land use resulting from a historic expansion of the agricultural and extractive sector in the state. It is embedded in the area of developmental projects in the region, with emphasis on the palm oil productive chain. In the present work, a zoning of the Moju River Basin has been carried out, evidencing the interconnection between the land use and land cover and the water use, showing the pressures on the natural resources that the basin is undertaking. The zoning is a product resulting from the association between land use and land cover mapping, and the categories of water users of the municipalities that compound the basin. The results showed that the greatest water user grant has industrial purpose, with underground extraction massively than the superficial, where the palm oil industry has the highest water use grant. Only a small number of inhabitants are served by water distribution and there are high rates of loss in the distribution system. The Alto Moju sub-basin suffers high pressure on its natural resources. We noticed that the basin as a whole has most of its territory covered by forest, although pasture and secondary vegetation are also expressive. In general, we observed that the biggest challenge is to align the management of water resources and efficient land use.