Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Food Technology]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1981-672320190001&lang=pt vol. 22 num. lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Características e potencialidades dos frutos do Cerrado na indústria de alimentos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100300&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro e apresenta grande diversidade de frutos que possuem alto valor nutricional, sabor e aroma característicos, compostos bioativos com propriedades antioxidantes e apelo saudável. O mercado consumidor visa a produtos com apelo natural e funcional, e, pelo fato de haver grandes perdas pós-colheita dos frutos do cerrado, cabe à indústria de alimentos aliar tais propriedades dos frutos à elaboração de novos produtos com valor agregado e maior tempo de vida de prateleira. O presente trabalho apresenta uma revisão com o objetivo de listar e caracterizar os frutos do cerrado (pequi, bocaiuva, mangaba, cagaita, baru, murici, mama-cadela, buriti, araticum e guabiroba), apresentando estudos com possíveis aplicações na indústria de alimentos.<hr/>Abstract The Savanna is the second biggest biome in Brazil and shows a great diversity of fruits with high nutritional value, unique taste and flavour and bioactive compounds with antioxidant properties and health benefits. The consumer market targets products with natural and functional claims and due to the great post-harvest losses of Savanna fruits, the food industry should ally the properties of these fruits and manufacture new products with aggregated values and extended shelf lives. This paper presents a literature review aiming to list and characterize the Savanna fruits (pequi, bocaiuva, mangaba, cagaita, baru, murici, mama-cadela, buriti, araticum and guabiroba) including some studies with possible applications in food industries. <![CDATA[Riscos microbiológicos de fórmulas para lactentes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100301&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O objetivo desse trabalho foi discorrer sobre os principais perigos biológicos encontrados em fórmulas infantis a partir dos relatos da literatura, especialmente de registros de surtos. Este estudo é de cunho exploratório por meio de revisão bibliográfica, sendo utilizados como fontes de dados sites de busca científica. Dentre os principais micro-organismos causadores de doenças ligadas à ingestão de fórmulas infantis estão o Cronobacter sakazakii e a Salmonella enterica, porém outras bactérias, como Clostridium botulinum, Klebsiella pneumoniae, Staphylococcus aureus e Bacillus cereus, podem ser responsáveis por contaminações destas fórmulas. Visto que lactentes apresentam os sistemas imunológico e metabólico ainda em desenvolvimento, estes representam um público mais vulnerável a contaminantes, fazendo-se fundamental o oferecimento de alimentos seguros desde o processamento na indústria até a administração nas residências e unidades hospitalares.<hr/>Abstract The objective of this paper was discuss the main biological hazards found in infant formulas from literature reports, especially from outbreak records. This study has an exploratory nature through a bibliographical review where scientific search sites were used as data sources. Cronobacter sakazakii and Salmonella enterica are among the main microorganisms that cause diseases associated with infant formulas ingestion; however, Clostridium botulinum, Klebsiella pneumoniae, Staphylococcus aureus and Bacillus cereus can also be responsible for infant formulas contaminations. Since infants have the immune and metabolic systems still in development, they represent a more vulnerable group to contaminants, making it essential to offer safe foods from processing in industry to administration in homes and hospital units. <![CDATA[Semente de jaca: um acompanhamento para alimentos funcionais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100302&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The Jackfruit (Artocarpus heterophyllus) is a well-known fruit in many Asian countries. Jackfruit seeds are underutilized and less acknowledged by people, but they have considerable nutritional benefits and can be considered as a potential functional food ingredient. To the best of the authors’ knowledge, a large number of studies have been carried out concerning the composition and health implications of jackfruit seeds. However, in broder manner there is a need to explore the information about the commercial production of jackfruit seeds and their incorporation in food products. Products with incorporated jackfruit seed flour possess better nutraceutical appeal, leading to improved consumer acceptability. The present study attempted to review the health-promoting effects of jackfruit seeds with special emphasis on their applications in the food. It also reveals the valorization of jackfruit seeds in various value-added products along with their effects on the different properties of the products.<hr/>Resumo A Jaca (Artocarpus heterophyllus) é uma fruta bem conhecida em muitos países asiáticos. As sementes de jaca são sub-utilizadas e pouco conhecidas pela população, mas elas têm benefícios nutricionais consideráveis e podem ser consideradas como ingredientes potenciais para alimentos funcionais. Segundo o conhecimento dos autores, há um número grande de estudos sobre a composição e as implicações para a saúde das sementes de jaca. Contudo, é preciso explorar a informação sobre a produção comercial das sementes de jaca e a sua incorporação em produtos alimentícios, de uma forma geral. Produtos com a incorporação da farinha da semente de jaca têm maior apelo nutracêutico, levando a uma maior aceitação pelos consumidores. O presente estudo buscou revisar os efeitos promotores de saúde das sementes de jaca, com ênfase especial nas suas aplicações no sistema alimentar. Também revela a valorização das sementes de jaca em vários produtos de valor agregado, junto com seus efeitos nas diferentes propriedades dos produtos. <![CDATA[Material de referência microbiológico (domínios bacterias e fungos): definição, regras de produção, uso e necessidade de desenvolvimento no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100303&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Reference materials are crucial for laboratory quality assurance. They are widely used for the internal quality control of analytical tests, in the validation of methodologies and as test items in proficiency tests. Microbiological reference materials are represented mainly by reference strains, whose use in laboratory internal quality control is unquestionable and recommended by several microbiological manuals. In Brazil, the practice of producing microbiological reference materials has advanced in recent years in the development of specific materials for proficiency testing. However, the same did not occur with the establishment of reference strains due to a lack of incentive policies, maintaining the country dependant on the use of international reference strains. This article aims to emphasize the importance of the use of microbiological reference materials in laboratory quality control and discuss the need for the development of such materials in Brazil. The paper presents a brief explanation of microbiological reference materials and points out questions concerning the country’s dependence on the acquisition of international biological materials. It also describes quality standards related to the production of these materials and the situation of culture collections and Brazilian reference laboratories that supply reference strains. The study also mentions practical recommendations on the subcultures of reference strains.<hr/>Resumo Materiais de referência são ferramentas indispensáveis para a garantia da qualidade laboratorial. São amplamente utilizados no controle interno da qualidade de ensaios analíticos e na validação de metodologias, e como itens de ensaio em ensaios de proficiência. Materiais de referência microbiológicos são representados principalmente por cepas de referência, cuja utilização como controle interno de ensaios é inquestionável e recomendada por vários manuais microbiológicos. No Brasil, a prática de produção de materiais de referência microbiológicos avançou, nos últimos anos, no desenvolvimento de materiais específicos para ensaios de proficiência. O mesmo não ocorreu com estudos relacionados ao estabelecimento de cepas de referência, por falta de políticas de incentivo, mantendo a dependência do país no uso de cepas de referência internacionais. Este artigo tem como objetivos ressaltar a importância do uso de materiais de referência microbiológicos no controle da qualidade laboratorial e discutir a necessidade do desenvolvimento desses materiais no Brasil. O presente trabalho apresenta uma breve explicação sobre materiais de referência microbiológicos e aponta questões sobre a dependência do país na aquisição de materiais biológicos internacionais. Descreve os padrões de qualidade relacionados à produção desses materiais e a situação das coleções de cultura e dos laboratórios de referência brasileiros que fornecem cepas de referência. Este estudo menciona também recomendações práticas sobre subcultivos de cepas de referência. <![CDATA[Carbohydrates and proteins in microalgaes: potential functional foods]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100304&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumen Las microalgas son organismos distribuidos en todo el planeta, con cientos de miles de especies desde que se tienen registros. Sus componentes con potenciales propiedades benéficas en la nutrición y la salud han despertado el interés científico, industrial y comercial. En las últimas décadas se han logrado desarrollar varios productos, entre ellos alimentos funcionales, usando compuestos extraídos de ellas o con la totalidad de su biomasa. Su alta tasa de crecimiento, bajo consumo de nutrientes, relativamente pequeño espacio de producción, plantean un horizonte prometedor como recurso renovable y con grandes beneficios. Las tecnologías para su aprovechamiento se han incrementado y adaptado para mejorar el rendimiento y la calidad, sin embargo, los científicos reconocen que aún existen una serie de desafíos por superar.<hr/>Abstract Microalgae are organisms distributed throughout the planet, with hundreds of thousands of species since they have records. Its components with potential beneficial properties in nutrition and health have aroused scientific, industrial and commercial interest. In recent decades, several products have been developed, including functional foods and nutraceuticals, using compounds extracted from them or with all their biomass. Its high growth rate, low nutrient consumption, relatively small production space, pose a promising horizon as a renewable resource with great benefits. The technologies for their use have been increased and adapted to improve performance and quality, however, scientists recognize that there are still a number of challenges to be achieved. <![CDATA[Micelas de caseína: dos monômeros à estrutura supramolecular]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100305&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A importância primária das micelas de caseína reside no fato de que os processos empregados na transformação do leite em quaisquer de seus derivados dependem, direta ou indiretamente, de sua estabilidade ou de sua desestabilização controlada. Assim, o objetivo do presente trabalho é apresentar uma revisão atualizada sobre a organização estrutural das micelas de caseína. Em termos físico-químicos, as micelas de caseína podem ser definidas como agregados supramoleculares esféricos e porosos, altamente hidratados, carregados negativamente, com diâmetro médio de 200 nm, e que apresentam aproximadamente 104 cadeias polipeptídicas. Além de água, as micelas são constituídas por quatro tipos de caseínas, chamadas de αS1, αS2, β, e κ-caseínas, que estão unidas por meio de interações hidrofóbicas e eletrostáticas, e pela presença de minerais, sobretudo sais de fosfato de cálcio, os quais são os principais responsáveis pela manutenção da estrutura micelar. A estabilidade das micelas de caseína é atribuída à presença de uma camada externa difusa, formada basicamente por κ-caseína. Apesar de as propriedades coloidais das micelas de caseína serem conhecidas, ainda não há consenso sobre como as moléculas de caseína estão estruturadas em seu interior. Portanto, os principais modelos que descrevem a organização interna das micelas de caseína são apresentados na parte final do artigo.<hr/>Abstract The most relevant aspect concerning casein micelles lies in the fact that all the procedures employed in the transformation of milk into dairy products depend, directly or indirectly, on their stability or their controlled destabilization. Thus, the present paper aimed to present an updated review of the structural organization of casein micelles. Physicochemically, casein micelles can be defined as spherical, porous supramolecular aggregates, highly hydrated, negatively charged, with a mean diameter of about 200 nm, and presenting approximately 104polypeptide chains. Besides water, casein micelles are constituted of four types of casein molecule, namely αS1, αS2, β and κ-caseins, which are held together by means of hydrophobic and electrostatic interactions, and by the presence of minerals, mainly composed of calcium phosphate salts, which are considered the main factor responsible for maintaining the micellar structure. The stability of the casein micelles is attributed to the presence of an outer diffuse layer, basically composed of κ-casein. Although the colloidal properties of casein micelles are well known, there is still no consensus concerning their internal structure. Therefore, the main models describing the internal organization of casein micelles are presented in the final part of this article. <![CDATA[Nabo (Brassica Rapus L.): um tônico natural para a saúde]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100306&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract In addition to basic nutrition, plant-based foods provide substantial amounts of bioactive compounds which deliver desirable health benefits. During the last decade, secondary metabolites, also known as phytochemicals, obtained from plants, have aroused special attention by researchers. Amongst such plants, the turnip contains a few valuable components which not only endorse health benefits but also provide healing properties. Various bioactive components, for example peroxidase, kaempferol, phenolic compounds, sulforaphane, organic acids, vitamin K, glucosinolates etc are highlighted in this manuscript. Likewise, numerous minerals, such as copper, manganese and calcium, and organic acids, such as sinapic and ferulic acids and their derivatives, found in different amounts in fresh greens and turnip roots, are also discussed briefly. The current paper is focused on the phenolic compounds, which act as beneficial compounds for human health and can be isolated from plant foods, especially turnip. Due to the presence of bioactive constituents, turnip imparts a positive role with respect to the hepatic injury caused by diabetes, high antioxidant activity and a good hepatoprotective role. The impact of environmental conditions and processing mechanisms on the phenolic compound composition of Brassica vegetables, with special reference to turnip, was also briefly discussed.<hr/>Resumo Além de nutrição básica, os alimentos baseados em plantas fornecem quantias substanciais de compostos bioativos que fornecem benefícios de saúde desejáveis. Durante a última década, metabólitos secundários, também conhecidos como fitoquímicos, obtidos de plantas, têm chamado muito a atenção dos pesquisadores. Entre estas plantas, o nabo contém alguns componentes valiosos que não apenas endossam os benefícios à saúde, mas também fornecem propriedades de cura. Uma variedade de componentes bioativos − por exemplo, peroxidase, kaempferol, compostos fenólicos, sulforafano, ácidos orgânicos, vitamina K, glicosinolatos etc. − são ressaltados neste manuscrito. Da mesma forma, numerosos minerais, como cobre, manganês e cálcio, e ácidos orgânicos, tais como os ácidos sinápico e ferúlico e seus derivados, presentes em quantias diferentes em folhas verdes frescas e raízes de nabo, são também discutidos brevemente. Este artigo foca nos compostos fenólicos, que agem como compostos benéficos à saúde humana e podem ser isolados de plantas comestíveis, especialmente de nabo. Devido à presença de constituintes bioativos, o nabo tem um papel positivo com respeito às injurias hepáticas causadas por diabetes, alta atividade antioxidante e um bom papel como protetor hepático. Os impactos das condições ambientais e dos mecanismos de processamento na composição dos compostos fenólicos de legumes Brassica, com referência especial ao nabo, foram também brevemente discutidos. <![CDATA[Determinação de metais em peixes e camarão-rosa (<em>Farfantepenaeus paulensis</em>) do estuário da Lagoa dos Patos (Pelotas-RS, Brasil) por MIP OES]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100400&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo No presente trabalho, a técnica de espectrometria de emissão óptica com plasma induzido por micro-ondas foi empregada para determinar as concentrações de Al, Cd, Cu, Hg, Mg, Sb e Zn em amostras de peixes (bagre, tainha, traíra, pintado e corvina) e de Al, Ba, Ca, Cd, Cr, Cu, Fe, Mg, Mn, Ni, Pb, Sb, Ti e Zn em amostras de camarão-rosa (Farfantepenaeus paulensis). As amostras foram preparadas usando a decomposição ácida com o sistema de refluxo. Para as análises de peixes, fez-se a comparação de dois sistemas de introdução de amostras no plasma: a nebulização convencional e o sistema multimode . Para se obterem as melhores condições utilizando o sistema multimode, parâmetros, como a concentração de HCl e do agente redutor NaBH4, foram investigados. A exatidão do método foi avaliada através de análises de materiais de referência certificados e de testes de adição de analito. As recuperações obtidas foram satisfatórias para ambas as amostras. Para os peixes, os melhores resultados foram obtidos usando o sistema multimode e as concentrações encontradas (em mg kg-1) foram 6,43 a 24,7 para Al; 0,41 a 6,6 para Cu; 168,2 a 211,2 para Mg, e 23,1 para Zn. Para as amostras de camarão-rosa, as concentrações máximas (em mg kg-1) encontradas foram: 92,1 para Al; 1.070 para Ca; 4,57 para Cu; 87,9 para Fe; 451 para Mg; 8,9 para Mn, e 29,2 para Zn. Todas as concentrações de Cd, Cu, Pb e Zn encontradas estão dentro dos limites permitidos pela legislação vigente no Brasil, para pescados. Os resultados obtidos mostraram a adequabilidade do método utilizando a técnica de MIP OES para determinação multielementar em amostras de peixe e camarão-rosa.<hr/>Abstract In the present work, the microwave induced plasma optical emission spectrometry technique was employed to determine the concentrations of Al, Cd, Cu, Hg, Mg, Sb and Zn in fish samples (catfish, mullet, wolf fish, spotted sorubim and croaker) and Al, Ba, Ca, Cd, Cr, Cu, Fe, Mg, Mn, Ni, Pb, Sb, Ti and Zn in shrimp (Farfantepenaeus paulensis) samples. Samples were prepared by acid decomposition with reflux system. For fish analysis, two systems of sample introduction into plasma were compared: conventional nebulization and multimode system. In order to get the best conditions using the multimode system, parameters such as the concentrations of HCl and of reducing agent NaBH4 were investigated. The method accuracy was assessed through analysis of certified reference materials and analyte addition tests. The obtained recoveries were satisfactory for both samples. For fish, the best results were obtained using the multimode system and the maximum concentrations (in mg·kg-1) were: 6.43 to 24.7 for Al; 0.41 to 6.6 for Cu; 168.2 to 211.2 for Mg and 23.1 for Zn. For shrimp samples, the maximum concentrations (in mg·kg -1) were: 92.1 for Al; 1,070 for Ca; 4.57 for Cu; 87.9 for Fe; 451 for Mg; 8.9 for Mn and 29.2 for Zn. All concentrations found for Cd, Cu, Pb and Zn are within the limits permitted by the current legislation in Brazil for fish. The results showed the suitability of the present method using MIP OES technique for multielemental determination in fish and shrimp samples. <![CDATA[Inativação de polifenoloxidase enzimática com temperatura e ozônio na variedade de cana-de-açúcar RB 92579 para produzir açúcar de cor mais clara]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100401&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Some sugarcane varieties have high activity of polyphenoloxidase enzyme, impairing the production of lower color sugar. Polyphenoloxidase (PPO) is an enzyme from the oxidoreductases group and it is present in a greater or lesser amount depending on the sugarcane variety, climatic conditions, age, culture treatment, harvest and processing conditions. The presence of this enzyme has great impact in the food industry, as it is the main enzyme involved in the undesirable darkening of fruits and vegetables during processing and storage. It is of great importance for the food industry to study inactivation methods for this enzyme. The aim of this work was to evaluate the effect of ozone gas associated (replacement of the conventional sulphitation process), whose concentrations were 150, 300 and 450 mg/L, at the inactivation temperature of polyphenoloxidase enzyme of sugarcane variety RB 92579 for the production of lower color sugar. Treatment with ozone concentration of 150 mg·L-1 at 105 °C showed direct correlation between juice color reduction and enzyme inactivation, resulting in the production of lower color sugar.<hr/>Resumo Algumas variedades de cana têm alta atividade da enzima polifenoloxidase, prejudicando o processo de produção de açúcar de cor menos escura. Polifenoloxidase (PPO) é uma enzima pertencente ao grupo de oxidorredutases e está presente numa quantidade maior ou menor, dependendo da variedade de cana-de-açúcar, das condições climáticas, da idade, do tratamento da cultura, da colheita e das condições de processamento. A presença dessa enzima tem grande impacto na indústria de alimentos por ser a principal enzima envolvida no indesejável escurecimento de frutas e vegetais durante o processamento e armazenamento. É de grande importância para a indústria de alimentos estudar métodos para a inativação desta enzima. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do gás ozônio associado em substituição da sulfatação convencional do processo, nas concentrações foram de 150, 300 e 450 mg/L, na temperatura de inativação da enzima polifenoloxidase (da variedade de cana-de-açúcar RB 92579) para a produção de açúcar de cor mais clara. O tratamento com ozônio aplicado com concentração de 150 mg.L-1 mostrou uma correlação direta entre a redução na cor do caldo e a inativação da enzima, resultando na produção de açúcar de cor mais clara. <![CDATA[Aspectos microbiológicos e físico-químicos de morango exposto ao gás ozônio em diferentes concentrações durante o armazenamento]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100402&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivou-se com este trabalho avaliar aspectos microbiológicos e físico-químicos de morangos da variedade Portola, expostos ao gás ozônio em diferentes concentrações e armazenados durante seis dias sob refrigeração. Foram avaliadas concentrações do ozônio equivalentes a 0, 4, 9, 14 e 18 mg L-1, vazão de 1 L min -1, na temperatura de 25 °C, por 30 min. No que tange à qualidade microbiológica, avaliou-se a presença de Salmonella spp. e quantificaram-se coliformes totais, E. coli, bolores e leveduras, e mesófilos aeróbios. Com relação à qualidade físico-química, analisaram-se perda de massa, acidez total titulável, sólidos solúveis totais, pH, relação sólidos solúveis totais e acidez total titulável, além da coloração dos frutos. Adotou-se Delineamento Inteiramente Casualizado em Esquema Fatorial 5×4, sendo cinco tratamentos e quatro períodos de armazenamento (0, 2, 4 e 6 dias), com três repetições. Não foi detectada a presença de Salmonella spp. nos frutos submetidos ou não à ozonização. Quanto à E. coli, a contagem foi inferior ao limite de detecção. A baixa e irregular contagem de coliformes totais nos frutos não permitiu inferir sobre a capacidade do ozônio de inativar microrganismos desse grupo. O ozônio se mostrou eficiente no controle de bolores e de leveduras, e de mesófilos aeróbios em morangos, durante o armazenamento. De maneira geral, o ozônio não afetou negativamente a qualidade físico-química dos morangos. Por outro lado, verificou-se menor perda de massa nos frutos ozonizados quanto maior a concentração de exposição ao gás. Concluiu-se que o ozônio é um importante agente antimicrobiano e, nas condições adotadas no trabalho, provocou redução de microrganismos indesejáveis. Em geral, o ozônio não interferiu nas variáveis físico-químicas avaliadas.<hr/>Abstract The objective of this work was to evaluate microbiological and physical-chemical quality of strawberries, Portola variety, exposed to ozone gas at different concentrations and stored for six days under refrigeration. Ozone concentrations equivalent to 0, 4, 9, 14 and 18 mg·L -1, flow rate of 1 L min-1, at 25 °C, were evaluated for 30 min. Regarding microbiological quality, the presence of Salmonella spp. was evaluated, and total coliforms, E. coli, molds and yeasts and aerobic mesophiles were quantified. Regarding the physical-chemical quality, the following parameters were evaluated: mass loss, titratable total acidity, total soluble solids, pH, total soluble solids ratio, besides the color of the fruits. Completely Randomized Design was used in Factorial Scheme 5 x 4, with five treatments and four storage periods (0, 2, 4 and 6 days), with three replications. No presence of Salmonella spp. was detected in fruits submitted or not to ozonation. For E. coli, the count was below the detection limit. The low and irregular count of total coliforms in the fruits did not allow inferring about the ozone capacity to inactivate microorganisms of this group. Ozone was effective in controlling mold and yeast and aerobic mesophiles in strawberries during storage. In general, ozone did not affect negatively the physical-chemical quality of strawberries. On the other hand, it was observed that, the higher the gas concentration, the lower was the fruits loss of mass. It was concluded that ozone is an important antimicrobial agent, and there was a reduction of undesirable microorganisms under the adopted conditions in this work. In general, ozone did not interfere with the evaluated physical-chemical variables. <![CDATA[Impacto da desaeração de tanques assépticos na esterilização do equipamento]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100403&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Aseptic surge tank (AST) systems are applied to aseptic production in order to store sterile product until aseptic filling, maintaining the commercial sterility condition achieved from previous production steps. To avoid microbial recontamination of the product, a sterility condition must be achieved in the aseptic tank system through the application of a heating, venting, and sterilization cycle. This cycle must follow specific validation protocols to ensure operational integrity - FDA 21 CFR Part 113.40g (ii). The demand for larger capacity systems and the implication of this volume increase on sterilization efficiency require a review of results obtained from current validation protocols. The purpose of this work was to evaluate aseptic surge tank’s venting cycles, studying internal pressure and temperature distribution to better understand this operation and its efficiency. Tests carried out at an industrial setting showed that the venting cycle was insufficient, with 13%-23% of air remaining inside the tank. Consequently, the subsequent sterilization process was not conducted under saturated steam condition. This different condition may change the kinetics for thermal destruction of microorganism spores from a moist heat state to a drier state in which its thermal resistance is higher. This finding raises a question regarding the true efficacy of the sterilization process and validation protocols currently used by the industry. The apparent success of current sterilization processes could be due to the application of excessive temperature and longer times. New operational and validation criteria will result in improvements in product integrity protection and operational cost reductions.<hr/>Resumo Tanques assépticos (AST) são sistemas aplicados para estocagem do produto estéril até o envase, mantendo a condição de esterilidade comercial obtida nas etapas anteriores do processo. Para evitar a recontaminação microbiológica do produto, uma condição de esterilidade deve ser alcançada no tanque antes da produção, pela aplicação de um ciclo de aquecimento, desaeracão e esterilização. A demanda por sistemas de maior capacidade e a implicação deste aumento de volume na eficiência de esterilização requerem uma revisão dos resultados obtidos a partir de protocolos de validação atuais. O objetivo deste trabalho foi avaliar os ciclos de desaeracão de um tanque asséptico, através do estudo da pressão interna e da distribuição da temperatura em seu interior. O resultado dos testes realizados em um ambiente industrial mostrou que o ciclo de desaeracão era insuficiente, com 13% a 23% de ar restante dentro do tanque asséptico. Consequentemente, o processo de esterilização subsequente não foi conduzido sob condições de vapor saturado – o que pode mudar a cinética de destruição térmica de esporos de micro-organismos de um estado de calor úmido para um estado mais seco, no qual a sua resistência térmica é mais elevada. Esta observação pode levantar questionamentos sobre a verdadeira eficácia do processo de esterilização e dos protocolos de validação atualmente utilizados pela indústria. O sucesso aparente dos atuais processos de esterilização pode ser devido à aplicação de temperaturas e tempos excessivos. Novos critérios operacionais e de validação podem resultar em melhorias da integridade do produto e na redução de custos operacionais. <![CDATA[Utilização de farinha de subproduto de brotos para elaboração de massa alimentícia fresca]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100404&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O objetivo deste trabalho foi elaborar farinhas com brotos e subprodutos de brotos, além de avaliar a potencialidade de utilização de subprodutos de brotos na elaboração de massa alimentícia. Primeiramente, foram produzidas farinhas de broto de alfafa e farinhas de subprodutos de brotos, utilizando como métodos de processo a secagem convencional e a secagem por liofilização. Os resultados demonstraram que o método de secagem promoveu diferenças significativas no teor de umidade, lipídeos, proteínas, fibras, acidez, índice de solubilidade em água, atividade de água e cor das farinhas. Após avaliação do rendimento e dos parâmetros físico-químicos, a Farinha de Subproduto de Broto foi selecionada para a elaboração de massa fresca com as seguintes formulações: 5%, 10%, 20% e 30% de farinha de subproduto de broto em relação à farinha de trigo (q.s.p. 100%). Análises físico-químicas e de propriedades tecnológicas também foram realizadas em todas as massas elaboradas. Em relação às massas desenvolvidas, houve aumento no teor de cinzas e fibras, e a cor do produto se tornou mais escura com a adição de farinha de subproduto de broto. As análises das propriedades tecnológicas das massas demonstraram que houve aumento do tempo de cozimento e perda de sólidos solúveis na água de cozimento, com o aumento da proporção de farinha de subproduto de broto utilizada na formulação, sendo a formulação com 10% a mais adequada frente aos resultados obtidos. Portanto, o subproduto de broto se mostrou como um potencial insumo para o desenvolvimento de massas alimentícias, visando ao melhoramento nutricional e funcional.<hr/>Abstract The objective of this study was to elaborate flours of sprouts and sprouts by-product, and to evaluate the potential of sprouts by-products in the fresh pasta prodution. Firstly, alfafa sprouts flours and sprouts by-products flours were produced using conventional drying and freeze-drying. The results showed that the drying method promoted significant differences in moisture, lipids, proteins, total fibers, acidity, water solubility index, water activity and flours coloration. After evaluating results of yield and physical-chemical parameters, sprout by-product flour was selected for fresh pasta production with the following formulations: 5%, 10%, 20% and 30% of sprout by-product flour on wheat flour base (q.s. to 100%). Physical-chemical analysis and technological properties were also performed in all elaborated pastas. Considering the developed pastas, there was an increase in the ash content with the increase of the sprout by-product flour proportion added in the formulation. The technological properties analysis showed an increase in the cooking time and loss of soluble solids in the cooking water with the increase of the sprout by-product flour proportion; the 10% formulation was more adequate compared to the concentration range tested. Therefore, the sprouts by-product demonstrated to be a potential ingredient for paste products, aiming at nutritional and functional improvement. <![CDATA[Estabilidade química, físico-química e antioxidante de polpa de <em>Physalis</em> pasteurizada e não pasteurizada sob congelamento]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100405&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O trabalho teve como objetivo avaliar a estabilidade físico-química, química e antioxidante de polpa de Physalis peruviana L., não pasteurizada e pasteurizada, durante 120 dias de armazenamento a -18 °C. Foram avaliados pH, acidez total titulável (ATT), sólidos solúveis totais (SST), relação SST/ATT, umidade, cinzas, glicídeos redutores, coloração, vitamina C, carotenoides totais, compostos fenólicos totais e capacidade antioxidante. As análises físico-químicas e químicas realizadas demonstraram que o armazenamento sob congelamento não ocasionou perdas significativas de qualidade das polpas para as variáveis de pH, ATT, SST e glicídeos redutores. Na polpa não pasteurizada, observou-se aumento significativo no teor de umidade e diminuição significativa no teor de cinzas, durante o armazenamento. A aplicação da pasteurização promoveu variações significativas para os SST e glicídios redutores, ao final do período de armazenamento, observando-se maiores teores. A cor foi afetada negativamente pela aplicação do tratamento térmico, observando-se valores de a* inferiores e valores do ângulo da tonalidade (°h) superiores. Quanto à estabilidade dos compostos antioxidantes, verificou-se redução nos teores de vitamina C, carotenoides, compostos fenólicos totais e da capacidade antioxidante, ao longo do armazenamento a -18 °C, nas polpas não pasteurizada e pasteurizada. Foram observadas perdas de 82,38% e 88,88% para vitamina C, de 66,29% e 66,51% para os carotenoides, e 22,26% e 31,31% para os compostos fenólicos totais nas polpas não pasteurizadas e pasteurizadas, respectivamente. Conclui-se que o armazenamento durante 120 dias sob congelamento das polpas de Physalis peruviana L. pasteurizada e não pasteurizada promoveu perdas significativas dos compostos antioxidantes para ambas as polpas e que a pasteurização afetou as características físico-químicas e químicas avaliadas.<hr/>Abstract The aim of this work was to evaluate the physicochemical, chemical and antioxidant stability of unpasteurized and pasteurized Physalis peruviana L. pulp during 120 days of storage at -18 °C. Total titratable acidity (TTA), total soluble solids (TSS), TSS/TTA ratio, pH, moisture, ash, reducing sugars, color, vitamin C, total carotenoids, total phenolic compounds and antioxidant capacity were evaluated. The physicochemical and chemical analysis showed that storage under freezing did not cause significant loss of pulp quality for pH, TTA, TSS and reducing sugars. In the unpasteurized pulp, there was a significant increase in moisture content and a significant decrease in the ash content along the days of storage. The application of pasteurization promoted significant variations for the TSS and reducing sugars, at the end of the storage period, observing higher levels. The color was negatively affected by the heat treatment, observing lower values of a* and higher values of hue angle (°h). As regards the stability of antioxidant compounds, there was a reduction in vitamin C, carotenoids, total phenolic compounds and antioxidant capacity during storage at -18 °C in unpasteurized and pasteurized pulps. There were losses of 82.38% and 88.88% for vitamin C, 66.29% and 66.51% for carotenoids, and 22.26% and 31.31% for total phenolic compounds in unpasteurized and pasteurized pulps, respectively. It was concluded that the storage under freezing of pasteurized and unpasteurized Physalis peruviana L. pulp and pasteurization affected the physicochemical and chemical characteristics evaluated. <![CDATA[Atividades antioxidante e antibacteriana e análise preliminar da toxicidade de diferentes variedades de abacate (Persea americana Mill.)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100406&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The antioxidant and antibacterial activity and toxicity of natural products can change according to plant variety, as well as the part of the plant which is analyzed. In this study, peel, pulp and seed of four avocado varieties (Quintal, Fortuna, Margarida, and Hass) were analyzed for antioxidant and antibacterial properties and toxicity. There are few studies in the literature comparing these three first varieties. Antioxidant capacity was measured using the DPPH (2,2-diphenyl-1-picrylhydrazil), ABTS [2,2'-azino-bis- (3-ethylbenzothiazoline-6-sulfonic acid)], and FRAP (Ferric Reducing Ability Power) methods, along with the content of phenolic compounds and flavonoids. Principal component analysis was applied for antioxidant tests. Antibacterial activity against food pathogens was assessed by the minimum inhibitory concentration and minimum bactericidal concentration tests. Toxicity was evaluated against Artemia salina and also by hemolytic activity. The ethanolic extract of Quintal variety peel presented the greatest antioxidant and antibacterial activity. This same extract showed no toxicity in the preliminary tests, and shows great potential for food industry application as an additive.<hr/>Resumo As atividades antioxidante e antibacteriana, e a toxicidade de produtos naturais podem mudar de acordo com a variedade vegetal, bem como a parte da planta que é analisada. Neste estudo, foram analisadas cascas, polpas e sementes de quatro variedades de abacate (Quintal, Fortuna, Margarida e Hass) no que tange às propriedades antioxidantes e antibacterianas, e à toxicidade. Existem poucos estudos na literatura comparando essas três primeiras variedades. A atividade antioxidante foi medida utilizando-se os métodos DPPH (2,2-diphenyl-1-picrylhydrazil), ABTS [2,2'-azino-bis- (3-ethylbenzothiazoline-6-sulfonic acid)] e FRAP (Ferric Reducing Ability Power), juntamente com o conteúdo de compostos fenólicos e flavonoides. A análise de componentes principais foi aplicada para testes antioxidantes. A atividade antibacteriana contra patógenos alimentares foi avaliada pelos testes de concentração inibitória mínima e concentração bactericida mínima. A toxicidade foi avaliada contra Artemia salina e também pela atividade hemolítica. O extrato etanólico da casca da variedade Quintal apresentou a maior atividade antioxidante e antibacteriana. Este mesmo extrato não mostrou toxicidade nos testes preliminares e mostra grande potencial de aplicação na indústria de alimentos como um aditivo alimentar. <![CDATA[Avaliação do potencial antioxidante de proteínas do soro de leite concentradas por ultrafiltração e hidrolisadas por diferentes proteases comerciais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100407&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O objetivo do trabalho foi avaliar as atividades antioxidante e antimicrobiana de hidrolisados proteicos de soro de leite obtidos por diferentes proteases (Alcalase e Flavourzyme) e sua mistura (proporção 50:50). Previamente à hidrólise enzimática, o soro de leite foi concentrado por ultrafiltração com membranas cerâmicas tubulares. A reação enzimática foi realizada de acordo com o método pH-stat, sendo coletadas alíquotas com diferentes graus de hidrólise ( GH), ao longo de cada hidrólise proteica. Os hidrolisados foram analisados quanto a estimativa do teor de peptídeos, atividade antioxidante pelos métodos de captura do radical livre ABTS+ e do radical peroxila (Oxygen radical antioxidant capacity - ORAC), eletroforese e atividade antimicrobiana. Os máximos GH alcançados foram 15%, 52% e 63%, para Flavourzyme, mistura das enzimas e Alcalase, respectivamente. A atividade antioxidante aumentou com o GH. Os hidrolisados proteicos obtidos pela Alcalase apresentaram maiores atividades antioxidantes que os outros hidrolisados. Entretanto, nenhum hidrolisado proteico apresentou atividade antimicrobiana contra as cepas de Salmonella choleraesuis subsp. Enteritidis (ATCC 13076) e Listeria monocytogenes (ATCC 9117).<hr/>Abstract The objective of this work was to evaluate the antioxidant and antimicrobial activities of whey protein hydrolysates obtained using different commercial proteases (Alcalase and Flavourzyme) as well as their blend (50:50 ratio). Prior to the enzymatic hydrolysis, the whey was concentrated by ultrafiltration using tubular ceramic membranes. The enzymatic reaction was carried out according to the pH-stat method, in which aliquots were collected with different degrees of hydrolysis (DH) during the protein hydrolysis. The protein hydrolysates were evaluated with respect to the estimated peptides content, antioxidant activity by capture of free radical ABTS+ and the peroxyl radical (Oxygen radical antioxidant capacity - ORAC) methods, electrophoresis and antimicrobial activity. The maximum DH values reached were: 15%, 52% and 63% for Flavourzyme, the blend of enzymes and Alcalase, respectively. The antioxidant activity increased with the DH. The protein hydrolysates obtained using Alcalase presented higher antioxidant activities than the other samples. However, no samples presented antimicrobial activity against Salmonella choleraesuis subsp. Enteritidis (ATCC 13076) or Listeria monocytogenes (ATCC 9117). <![CDATA[Composição de ácidos graxos e influência da temperatura na estabilidade lipídica de carne de Arapaima gigas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100408&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The nutritional quality and lipid stability of Arapaima gigas fillets were investigated. A total of 27.32 kg of A. gigas fillets were obtained and the proximate composition and fatty acid profile immediately determined. In addition, the lipid oxidation parameters were analyzed during 15 and 90 days at 4 °C and –20 °C, respectively. The A. gigas fillets presented high protein (&gt; 15%) and low lipid (&lt; 2%) contents with elevated polyunsaturated fatty acid (PUFAs) contents (43.97%). The nutritional quality indices were the atherogenicity index (0.35), thrombogenicity index (0.28) and the hypocholesterolemic acid/ hypercholesterolemic acid ratio (2.37). Overall, an increase followed by a decrease was observed in the peroxide index (PI) and malondialdehyde content (MDA) results at both storage temperatures ( p &lt; 0.05). The lipid profile exhibited great nutritional quality, however new conservation methods should be investigated for this matrix due to increased lipid oxidation during refrigerated and frozen storage.<hr/>Resumo O objetivo deste estudo foi investigar a qualidade nutricional bem como a estabilidade lipídica de filés de Arapaima gigas. Um total de 27,32 kg de filés de A. gigas foi obtido e a composição centesimal e o perfil de ácidos graxos foram imediatamente determinados. Além disso, os parâmetros de oxidação lipídica foram analisados durante 15 e 90 dias, a 4 °C e -20 °C, respectivamente. Os filés de A. gigas apresentaram elevado teor de proteína (&gt;15%) e baixa quantidade de lipídeos (&lt;2%), com elevado conteúdo de ácidos graxos poli-insaturados (AGPI) (43,97%). Os índices de qualidade nutricional foram: índice de aterogenicidade (0,35); índice de trombogenicidade (0,28) e razão de ácidos graxos hipocolesterolêmico/hipercolesterolêmico (2,37). Em geral, um aumento seguido por uma diminuição foi observado nos resultados de índice de peróxidos (IP) e malonaldeído (MDA), em ambas as temperaturas de estocagem (p &lt; 0,05). O perfil lipídico apresentou uma elevada qualidade nutricional, entretanto novos métodos de conservação devem ser investigados nesta matriz, devido ao aumento de oxidação lipídica durante a refrigeração e o congelamento. <![CDATA[Otimização da técnica de quantificação de compostos fenólicos totais na polpa de jambolão ( Syzygium cumini Lamark)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100409&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract There are various known extraction methods that can be applied to the quantification of phenolic compounds, and thus it is up to the researcher to perfect the process that best applies to the sample in question. Different extraction solvents (liquid-liquid extraction) were compared in order to assess their effectiveness for the analysis of total phenols in jambolan ( Syzygium cumini Lamark) pulp extract using the conventional Folin-Ciocalteau methodology. Three CCRDs (Central Composite Rotational Designs) were carried out to evaluate the factors influencing the extraction process conditions. The variables studied were the solvent concentration (ethanol and methanol, diluted in water) and the mixing time in the compound extraction process. Of the conditions studied, it was shown that a 60% ethanol in water extraction solvent with a mixing time of 10 minutes, in addition to extracting a greater concentration of phenolic compounds, showed the greatest cost benefit advantage, since ethanol is cheaper and less toxic than methanol.<hr/>Resumo São conhecidos vários métodos de extração que podem ser aplicados para a quantificação de compostos fenólicos e, portanto, cabe ao pesquisador aperfeiçoar o processo que melhor se aplica à amostra em questão. Diferentes solventes de extração (extração líquido-líquido) foram comparados a fim de avaliar a sua eficácia para a análise de fenóis totais em extrato de polpa de jambolão ( Syzygium cumini Lamark), usando metodologia convencional de Folin-Ciocalteau. Três DCCRs (Delineamento composto central rotacional) foram realizados para avaliar os fatores que influenciam as condições de processo de extração. As variáveis estudadas foram a concentração de solvente (etanol e metanol, diluído em água) e o tempo de mistura no processo de extração de compostos. Das condições estudadas, foi demonstrado que um solvente de extração 60% de etanol em água, com um tempo de mistura de 10 minutos, além de extrair uma maior concentração de compostos fenólicos, apresenta grande vantagem de custo-benefício, uma vez que o etanol é mais barato e menos tóxico do que o metanol. <![CDATA[Extração assistida por ultrassom do óleo das sementes de macaúba utilizando acetato de etila como solvente]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100410&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The objective of this work was to evaluate the efficacy of ethyl acetate as a solvent in the extraction of macauba kernel oil (MKO) using ultrasonic-assisted extraction (UAE). It was shown that more MKO oil could be extracted with the use of larger amounts of solvent, higher temperatures and longer extraction times. Thus the maximum oil yield (40.61%) was obtained by UAE at 60 °C for 45 min, using a solvent to kernel ratio of 12 (mL g-1), obtaining a higher yield than that obtained with n-hexane under the same experimental conditions. UAE was favorable for this oil extraction (p &lt; 0.05), presenting a yield close to that reported for classical extraction but with a shorter extraction time and smaller solvent volume. Lauric acid corresponded to ~44% of the MKO composition. The oils presented low free fatty acid contents (&lt;0.80% wt), and the phytosterols, campesterol and β-sitosterol, were identified in the MKO with higher levels in the oil obtained by UAE.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia do acetato de etila como solvente na extração de óleo de semente de macaúba (OSM), utilizando extração assistida por ultrassom (EAU). Verificou-se que o aumento na remoção de OSM pode ser obtido com o uso de maiores quantidades de solventes, maior temperatura e tempo de extração. Com isso, obteve-se o rendimento máximo de óleo (40,61%) proporcionado pela EAU a 60 °C, 45 min, e utilizando a razão solvente para grão de 12 (mL g-1), o qual foi superior ao obtido por n -hexano, nas mesmas condições experimentais. A EAU foi favorável na extração de óleo (p &lt; 0,05) e apresentou rendimento próximo ao relatado pela extração clássica; no entanto, na EAU, utiliza-se menor tempo de extração e volume de solvente. O ácido láurico corresponde a ~44% da composição do OSM. Os óleos apresentaram baixos teores de ácidos graxos livres (&lt;0,80%) e os fitoesteróis, campesterol e β-sitosterol, foram identificados no OSM com maiores teores no óleo obtido pela EAU. <![CDATA[Modelagem e propriedades termodinâmicas da secagem de fatias de acuri]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100411&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O acuri é uma fruta pouco explorada industrialmente, mas com grandes perspectivas e possibilidades de uso. Para tanto, torna-se necessário reduzir o seu teor de água, aumentando então a sua vida útil, o que possibilitará sua utilização em mercados distantes dos locais de produção. Nesse sentido, objetivou-se secar fatias de acuri, com espessura de aproximadamente 4,07 mm, nas temperaturas de 60, 70, 80 e 90 °C, ajustar diferentes modelos matemáticos aos dados experimentais e determinar os coeficientes de difusão, a energia de ativação e as propriedades termodinâmicas. Observou-se que o aumento de temperatura de 30°C reduziu em 36% o tempo total de processo, sendo obtidas taxas de secagem máximas de 1,22; 1,88; 2,16, e 2,45 kg de água kg de matéria seca min-1 nas temperaturas de 60, 70, 80 e 90 °C, respectivamente. Dentre os modelos matemáticos testados, o modelo logarítmico apresentou os melhores parâmetros de ajustes aos dados experimentais e foi selecionado como o mais adequado para representar o fenômeno investigado. Os coeficientes de difusão efetivos aumentaram com o incremento de temperatura, apresentando-se na ordem de 10-10 m2 s-1 , e sua dependência com a temperatura foi descrita pela Equação de Arrhenius, que apresentou energia de ativação de 17,66 kJ mol-1 . Os valores de entalpia e entropia reduziram com a elevação da temperatura de secagem, enquanto que a energia livre de Gibbs foi ampliada na faixa de temperatura avaliada.<hr/>Abstract Acuri is a fruit little explored industrially with great perspectives and possibilities for use, but for this to occur the moisture content must be reduced, thus increasing its shelf life and enabling it to be used in markets far from its place of production. Hence the objective here was to dry acuri slices with a thickness of approximately 4.07 mm at temperatures of 60, 70, 80 and 90 °C, adjust different mathematical models to the experimental data and determine the diffusion coefficients, the activation energy and the thermodynamic properties. It was observed that a temperature increase of 30 °C reduced the total process time by 36%, with maximum drying rates of 1.22; 1.88; 2.16 and 2.45 kg of water kg of dry matter min -1 at the temperatures of 60, 70, 80 and 90 °C, respectively. Of the mathematical models tested, the Logarithmic model presented the best fit to the experimental data and was selected as the most adequate model to represent the phenomenon investigated. The effective diffusion coefficients increased with increase in temperature to the order of 10-10 m2 s-1 and the temperature dependence was described by the Arrhenius equation which presented an activation energy of 17.66 kJ mol-1. The enthalpy and entropy values decreased with increase in drying temperature, while Gibbs free energy increased in the temperature range evaluated. <![CDATA[Características tecnológicas, sensoriais e químicas de massas secas sem glúten à base de farinhas de sorgo e milho]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100412&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O único tratamento para a doença celíaca é uma dieta isenta de glúten por toda a vida, o que torna necessária a oferta de novos produtos para esse público. O sorgo e o milho são cereais que, além de apresentarem propriedades funcionais, são possíveis de serem inseridos como ingredientes em dietas sem glúten, por não possuírem, em sua composição, as proteínas formadoras de glúten. Assim, este estudo objetivou elaborar massas secas utilizando farinha de sorgo e de milho, e avaliar algumas características químicas e de cozimento, assim como a aceitabilidade sensorial dos produtos formulados, frente a um painel de indivíduos celíacos e não celíacos. As amostras incluíram uma massa elaborada unicamente com farinha de sorgo, outra com 50% de farinha de sorgo e 50% de farinha de milho, e uma terceira, à base unicamente de farinha de milho. O produto elaborado com 100% de farinha de sorgo apresentou conteúdos significativamente mais altos de proteína, lipídeos, cinzas, fibra e fenólicos totais, em comparação com os demais. A perda de sólidos dos produtos variou de 5,04% a 10,54%, parâmetro de qualidade considerado adequado para macarrão. Após cozimento, as três massas absorveram mais de duas vezes os seus pesos em água (108,1 a 143,1%). Embora o público composto por pessoas não celíacas tenha preferido a massa à base de farinha de milho, aquela elaborada unicamente com farinha de sorgo apresentou aceitabilidade satisfatória entre os provadores portadores da doença celíaca, o que demonstra o potencial deste ingrediente em macarrões destinados a este público.<hr/>Abstract The only treatment for celiac disease is a gluten free diet for the whole life of the person and hence new products must be offered to this public. Sorghum and corn are cereals that, besides having functional properties, do not contain gluten-forming proteins in their composition and can therefore be inserted as ingredients into gluten-free diets. The objectives of this study were to prepare dry pasta using maize and sorghum flours and to evaluate some of the chemical and cooking characteristics, as well as the sensory acceptability of the formulated products according to a panel of celiac and non-celiac individuals. The samples included one made with only sorghum flour, another with 50% sorghum flour and 50% corn flour, and a third made with only corn flour. The product elaborated with 100% of sorghum flour had significantly higher total protein, lipid, ash, fibre and total phenolic compound contents then the others. The loss of solids of the products ranged from 5.04% to 10.54%, a quality parameter considered adequate for pasta. After cooking, the three pastas absorbed more than twice their weights in water (108.1 to 143.1%). Although the public made up of non-celiac individuals preferred the pasta made with only corn flour, the pasta made with only sorghum flour showed satisfactory acceptability amongst testers with celiac disease, which demonstrates the potential of this ingredient in pasta intended for this public. <![CDATA[Aprimoramento da classificação de aspargos verdes usando um Sistema de Visão Computacional]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100413&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The aim of this work was to improve the classification of green asparagus in an agro-export company by way of a Computer Vision System (CVS). Thus, an image analysis application was developed in the MATLAB® environment to classify green asparagus according to the absence of white spots and the width of the product. The CVS performance was compared with a manual classification using the error in the classification as the quality indicator; the yield from the raw material (%) and line productivity (kg/h) as the production indicators; and the net present value (USD) and internal rate of return (%) as the economic indicators. The CVS classified the green asparagus with 2% error; improved the yield from the raw material from 43% to 45%, and line productivity from 5 to 10 kg/h; and increased the net present value by 102,609.00 USD, yielding an Internal Rate of Return of 156.3%, much higher than the Opportunity Cost of the Capital (8.6%). Hence the classification of green asparagus by a CVS is an efficient and profitable alternative to manual classification.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho foi o aprimoramento da classificação de aspargos verdes em uma empresa agroexportadora, mediante um Sistema de Visão Computacional (SVC). Para isso, um aplicativo de análise de imagens foi desenvolvido no MATLAB®, para a classificação de aspargos verdes, segundo a ausência de machas brancas e a largura do produto. O desempenho do SVC foi comparado com a classificação manual usando o erro na classificação como indicador de qualidade. O rendimento da matéria-prima (%), a produtividade da linha (kg/h), o valor presente líquido (USD) e a taxa interna de retorno (%) foram utilizados como indicadores econômicos. O SVC classificou o aspargo verde com 2% de erro, incrementou o rendimento da matéria-prima de 43% para 45% e a produtividade da linha de 5 para 10 kg/h, bem como aumentou o valor presente líquido em 102.609,00 USD, rendendo uma taxa interna de retorno de 156,3%, muito superior ao custo de oportunidade do capital (8,6%). Assim, a classificação de aspargos verdes mediante um CVS é uma alternativa eficiente e rentável quando comparada à classificação manual. <![CDATA[Composição química e atividade de lipoxigenase em genótipos de soja <em>(</em>Glycine max <em>L. Merrill</em>.<em>)</em>, específicos para alimentação humana, com diferentes colorações de tegumento]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100414&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Recently, in Brazil, coloured-tegument soybean cultivars have been developed, such as those with brown and black teguments. Soybeans with black teguments have been widely used for decades due to their health benefits and their use in oriental folk medicine as a result of the presence of phytochemicals. They have been recognized as health-promoting functional food ingredients due to their antioxidant activity, and are also known to have anti-cancer, hypoglycaemic and anti-inflammatory effects and have been used in the treatment of various circulatory disorders. This study aimed to determine the proximate composition, fatty acid levels and lipoxygenase activity of soybean lineages with different tegument colours intended for human consumption. The lineage MGBR10-16601 which has a yellow tegument, presented the highest protein and lowest fat contents, with values of 37.6 g 100 g-1 and 18.3 g 100 g-1, respectively. The lineage MGBR10-16201, which also has a yellow tegument, was identified as free of lipoxygenase isoenzymes. The unsaturated fatty acid levels ranged from 18.48 to 31.37 mg g-1 and from 47.36 to 58.31 mg g-1 for oleic and linoleic acids, respectively. The lineage BRN07-50543, which has a black tegument, presented high total isoflavone levels (546 mg 100 g-1), with an oleic acid level above and linoleic acid level below the standards established by the Codex Alimentarius for soybean oil, with values of 31.37 mg g-1 and 47.36 mg g-1, respectively. The cultivar BRSMG 790A, which has a yellow tegument, presented the lowest isoflavone level (171.4 mg 100 g-1). All the genetic materials examined presented crude protein, fat, dietary fibre and ash levels within the commercial parameters established for soybeans.<hr/>Resumo Recentemente, no Brasil, cultivares de tegumento colorido estão sendo desenvolvidas, como as de tegumentos marrom e preto. A soja com tegumento preto tem sido amplamente utilizada há décadas, devido aos seus benefícios para a saúde e ao uso na medicina popular oriental em razão da presença de fitoquímicos. Estes foram reconhecidos como ingredientes alimentares funcionais promotores da saúde, devido à sua atividade antioxidante, sendo também, conhecidos por terem efeitos anticancerígenos, hipoglicêmicos e anti-inflamatórios, e ainda têm sido usados ​​no tratamento de vários distúrbios circulatórios. Este estudo teve como objetivo determinar a composição centesimal, os níveis de ácidos graxos e a atividade de lipoxigenase de linhagens de soja específicas para a alimentação humana, com diferentes colorações de tegumento. A linhagem MGBR10-16601, de tegumento amarelo, apresentou o teor mais elevado de proteína (37,6 g 100 g-1) e menor teor de gorduras (18,3 g 100 g-1). A linhagem MGBR10-1620, de tegumento amarelo, foi identificada como livre das isoenzimas de lipoxigenase. Os teores de ácidos graxos insaturados variaram de 18,48 a 31,37 mg g-1 para o ácido oleico e de 47,36 a 58,31 mg g-1 para o ácido linoleico. A linhagem de tegumento preto, BRN07-50543, apresentou teores de ácidos oleico (31,37 mg g-1) e linoleico (47,36 mg g-1) inferiores aos padrões definidos pelo Codex Alimentarius para o óleo de soja, e elevado teor de isoflavonas totais (546 mg 100 g-1). A cultivar BRSMG 790A, de tegumento amarelo, apresentou o menor nível de isoflavonas (171,4 mg 100 g-1). Todos os materiais genéticos avaliados estão dentro dos parâmetros de soja comercial para os níveis de proteína bruta, gorduras, fibras alimentares e cinzas. <![CDATA[Preservação e avaliação de suco de chuchu com especiarias usando a tecnologia de barreiras]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100415&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Chayote (Sechium edule) is a perennial climbing plant, belonging to the Cucurbitaceae family and is neglected or underutilized as a food or as a raw material in the food industry because of its bland taste. This bland taste can be overcome by blending with a suitable substrate such as sugarcane juice along with natural flavouring. However, this blending represents a preservation problem for the spiced juice, since both chayote juice and sugarcane juice are prone to microbial attack. Therefore, an attempt was made in the present study to preserve the spiced chayote juice by employing different hurdles i.e. pasteurization temperature (70 °C and 80 °C) and pasteurization time (10 and 20 min) followed by the addition of different concentrations of potassium metabisulphite (KMS) (200, 300 and 400 ppm). The samples so prepared were filled into glass bottles and stored under refrigeration for forty-five days. As the storage period proceeded there were significant decreases in pH, total protein content, total phenolic compounds, antioxidant activity, reducing power, metal chelation, tannin content, ascorbic acid content and overall acceptability, whereas there were significant increases in TSS (total soluble solids), titratable acidity, reducing sugars, total sugar, TPC (total plate count) and MIC (minimum inhibitory concentration). A cluster analysis of the data revealed that the pasteurization temperature exerted the most significant effect on the physicochemical and sensory characteristics of the spiced chayote juice as compared to the pasteurization time and KMS concentration, which failed to fall into the separate and respective clusters. In a nutshell, it was concluded that spiced chayote juice can be successfully preserved using hurdle technology (pasteurizing at 70 °C for 10 min followed by the addition of 400ppm KMS).<hr/>Resumo Chuchu (Sechium edule) é uma trepadeira perene da família das Cucurbitaceae que está ignorada ou subutilizada como alimento ou como uma matéria-prima na indústria de alimentos, devido ao seu gosto brando. Este gosto brando pode ser superado fazendo misturas com um substrato apropriado, como caldo de cana e algum flavorizante natural. Contudo, esta mistura seria um problema para a preservação, desde que ambos − o suco de chuchu e o caldo de cana − são susceptíveis ao ataque microbiano. Portanto, neste estudo, foi feita uma tentativa de preservar o suco de chuchu com especiarias pelo emprego de diferentes barreiras, isto é, a temperatura de pasteurização (70 °C e 80 °C) e o tempo (10 e 20 min), seguidas pela adição de diferentes concentrações de metabissulfito de potássio (KMB) (200, 300 e 400 ppm). As amostras foram embaladas em vidros e armazenadas sob refrigeração para quarenta e cinco dias. Com o avanço do tempo de armazenamento, houve decréscimos significantes nos valores de pH, proteína total, compostos fenólicos totais, atividade antioxidante, poder redutor, quelação de metais, conteúdo de taninos, ácido ascórbico e na aceitação geral, e aumentos significantes em SST (sólidos solúveis totais), acidez titulável, açúcar redutor, açúcar total, contagem total em placas (TPC) e a concentração mínima inibitória. Uma análise de cluster dos dados revelou que a temperatura de pasteurização causou o efeito mais significante nas características físico-químicas e sensoriais do suco de chuchu com especiarias, quando comparada com o tempo de pasteurização e a concentração de KMB, que deixou de cair nos clusters separados e respectivos. Foi concluído que o suco de chuchu com especiarias podia ser preservado com sucesso através da tecnologia de barreiras, com pasteurização a 70 °C por 10 min seguida pela adição de 400 ppm de KMB. <![CDATA[Extração de polifenóis de erva-mate verde assistida por enzimas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100416&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The enzyme-assisted extraction of bioactive compounds from plants has been studied as an alternative green technology and the carbohydrases have been candidates to improve the extraction process of numerous such compounds from plants. Polyphenols are secondary plant metabolites, generally involved in the defense against different types of stress and yerba mate (Ilex paraguariensis A. St.-Hil., Aquifoliaceae) is a natural source of these antioxidant compounds. The aim of this work was to evaluate the enzyme-assisted extraction of polyphenols from green yerba mate employing response surface methodology (RSM), in order to determine the best extraction conditions. The independent variables were temperature (33.2 to 66.8 °C), enzyme concentration (0 to 336 FGBU/100g), reaction time (19 to 221 minutes) and pH (2.82 to 6.18). The use of carbohydrases increased the extraction of polyphenols from about 38.67% to 52.08%. The present results showed that all the independent variables were significant at the linear level and that temperature and pH were not significant at the quadratic level. The interactions of temperature and pH; enzyme and reaction time; and enzyme and pH were significant. The regression model presented a determination coefficient (R2) close to 0.85 and a fitted value close to 0.45. Considering the results of this study and their industrial viability, the best conditions for the extraction of polyphenols from green yerba mate are a temperature of 50.0 °C, enzyme concentration of 168 FGB/100 g, reaction time of 120 minutes and pH value of 4.50. This study was the first RSM-based report of the optimization of the enzyme-assisted extraction of total phenolic compounds from green yerba mate.<hr/>Resumo A extração de bioativos de plantas assistida por enzimas tem sido estudada como uma tecnologia verde alternativa. As carboidrases foram candidatas para melhorar o processo de extração de numerosos compostos bioativos de plantas. Os polifenóis são metabólitos secundários de plantas geralmente envolvidos em defesa contra diferentes tipos de estresse. A erva-mate (Ilex paraguariensis A. St.-Hil., Aquifoliaceae) é uma fonte natural desses compostos antioxidantes. O objetivo deste trabalho foi avaliar a extração de polifenóis auxiliada por enzimas para determinar as melhores condições para o uso, empregando metodologia de superfície de resposta (RSM). As variáveis independentes foram: temperatura (33,2 to 66,8°C), concentração enzimática (0 to 336 FGB / 100 g), tempo de reação (19 to 221 minutos) e pH (2,82 to 6,18). O uso de carboidrase aumentou a extração de polifenóis de 38,67% para 52,08%. Os resultados mostraram que todas as variáveis independentes foram significativas a nível linear e a temperatura e o pH não se mostraram significativos nos níveis quadráticos. As interações de temperatura e pH, tempo de reação e concentração da enzima e pH e concentração da enzima foram significativas. O modelo de regressão apresentou coeficiente de determinação (R2) próximo de 0,85 e ajustado perto de 0,45. Considerando-se os resultados deste estudo e a viabilidade industrial, as melhores condições para a obtenção de polifenóis de erva-mate são temperatura de 50,0°C, concentração de enzima 168 FGBU / g de folhas secas, 120 minutos de tempo de reação e pH 4,5. Este estudo é o primeiro relato de otimização da extração de polifenóis de erva-mate verde assistida por enzimas baseada em RSM. <![CDATA[Importância da capacitação no controle da qualidade higiênico-sanitária em saladas de alface servidas em creches]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100417&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The food provided in nursery schools should meet the sanitary and nutritional requirements needed to promote a child's intellectual and physical health. Therefore, training of the School Nutrition Technicians (SNT) in good food handling practices is essential to ensure the safety of the foods prepared. This study was aimed at evaluating the microbiological quality of lettuce salads consumed by children in public nursery schools in the municipality of Cuiabá, Mato Grosso, Brazil. The lettuce salad samples were collected in two distinct phases: before and after training of the SNTs in good food handling practices by the nutritionists of the school meals program of the municipality of Cuiabá, according to the school calendar routine. Thirty fresh (in natura) lettuce samples that had not been sanitized (representing samples obtained from the supplier) were collected for the detection of Salmonella spp. and 240 prepared lettuce salad samples (salads ready for consumption), for the detection of Salmonella spp. and the heat-tolerant coliform count. The genus Salmonella was not detected in either of the phases of the study. However, prior to training, 54% of the lettuce salad batches were contaminated with heat-tolerant coliforms, but after training 100% of the batches were considered to be in satisfactory sanitary conditions. In conclusion, offering training courses on good food handling practices to food handlers in school meals units was capable of reducing contamination.<hr/>Resumo A alimentação servida nas creches deve atender à qualidade higiênico-sanitária e nutricional, para promover a saúde física e intelectual das crianças. Portanto, a capacitação das técnicas em nutrição escolar nas Boas Práticas de Manipulação é fundamental para assegurar a inocuidade dos alimentos preparados. Este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade microbiológica de saladas de alface consumidas pelos escolares de creches públicas do município de Cuiabá, Mato Grosso. As coletas foram realizadas e as amostras analisadas em duas fases distintas: antes e após a capacitação das técnicas em nutrição escolar nas Boas Práticas de Manipulação, realizada pelos nutricionistas da Coordenadoria de Alimentação Escolar do município de Cuiabá, conforme rotina do calendário escolar. Foram coletadas 30 amostras in natura (aquelas que não passaram pelo processo de higienização, representando a amostra proveniente do fornecedor), para a Pesquisa de Salmonella spp., e 240 preparadas (saladas prontas para o consumo), para a Pesquisa de Salmonella spp. e contagem de coliformes termotolerantes. O gênero Salmonella não foi evidenciado e observou-se que, antes da capacitação, houve contaminação em 54% dos lotes de saladas de alface por coliformes termotolerantes e que, após a capacitação, 100% dos lotes foram considerados sanitariamente satisfatórios, comprovando que a capacitação e a correção na higienização e nos procedimentos operacionais das técnicas em nutrição escolar foram capazes de reduzir a contaminação. <![CDATA[Soluções sanitizantes de cinamaldeído para biofilmes de <em>Pseudomonas aeruginosa</em> formados em superfície de aço inoxidável]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100418&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Pseudomonas aeruginosa is an opportunistic pathogen capable of forming biofilms of great relevance to medical microbiology and the food industry. Essential oil (EOs) constituents have been researched as new strategies for the control of biofilms. In the present study cinnamaldehyde was shown to be an effective EO against the planktonic cells of P. aeruginosa strains (p &lt; 0.05). Thus it was used to prepare sanitizing solutions, which were tested against P. aeruginosa biofilms formed on stainless steel surfaces. Cinnamaldehyde showed antibacterial activity against sessile P. aeruginosa cells (p &lt; 0.05). A 100% (5.87 log-reduction) elimination of viable bacterial cells was obtained after treatment with a 6xMIC (0.06% Minimal Inhibitory Concentration) solution for the strain ATCC 9027. Sanitizing cinnamaldehyde solutions can be used as new alternatives to control such microbial sessile communities in food industries.<hr/>Resumo Pseudomonas aeruginosa é um patógeno oportunista capaz de formar biofilmes de grande relevância para a microbiologia médica e para a indústria de alimentos. Os constituintes do óleo essencial (OE) têm sido pesquisados ​​como novas alternativas para o controle do biofilme. Neste estudo, o cinamaldeído mostrou-se eficaz como OE contra células planctônicas de cepas de P. aeruginosa (p &lt; 0,05) e foi então utilizado para a preparação de soluções sanitizantes que, por sua vez, foram testadas contra biofilmes de P. aeruginosa formados em superfície de aço inoxidável. Cinamaldeído mostrou atividade antibacteriana contra células sésseis de P. aeruginosa (p &lt; 0,05). Para a estirpe ATCC 9027, foi obtida uma eliminação de células bacterianas viáveis ​​em 100% (5,87 log-redução), após tratamento com a solução 6xMIC (0,06% Concentração Inibitória Mínima). As soluções sanitizantes de cinamaldeído podem ser novas alternativas para o controle dessas comunidades sésseis microbianas na indústria alimentícia. <![CDATA[Distribuição alveolar do pão tipo francês usando a mucilagem do taro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100419&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Emulsifiers are responsible for forming a dough that contributes to the retention of gluten in alveoli, the gas produced by the yeast, thus increasing the volume and softness of the bread. There are indications that hydrocolloids, such as taro mucilage (Colocasia esculenta), can present similar characteristics to emulsifiers. The presence of arabinose and galactose in the taro mucilage is responsible for the formation of a complex with proteins, called Proteoglycan arabinogalactan, that could present substantial emulsifying power, consequently favouring gas retention in the alveoli. Thus, the quantity, distribution and size of the alveoli must be analysed for the effective quality control of the breadmaking process, and this is therefore recommended. Conventional statistical methods are already used regularly in analyses of these variables, although spatial statistics have not been used for this purpose. In this paper, the authors defend the application of univariate point processes that have not been applied to the analysis of the spatial distribution of the alveoli in French bread made with taro mucilage. The results showed that these methods made it possible to characterize the spatial distribution of alveoli in French bread, demonstrating that the use of taro mucilage provided a good alveolar distribution in French type bread.<hr/>Resumo Os emulsionantes são responsáveis ​​pela formação de uma massa que contribui para a retenção de glúten em alvéolos, o gás produzido por levedura, aumentando assim o volume e a suavidade do pão. Há indícios de que os hidrocoloides, como a mucosa de taro (Colocasia esculenta), podem apresentar características semelhantes às dos emulsionantes. A presença de arabinose e galactose na mucosa de taro é responsável pela formação de um complexo com proteínas, chamado Proteoglycan arabinogalactan, que poderia apresentar um poder emulsionante substancial e, consequentemente, favorecer a retenção de gás nos alvéolos. Assim, a quantidade, a distribuição e o tamanho dos alvéolos devem ser analisados ​​para um controle de qualidade efetivo no processo de fabricação de pão e, portanto, tal análise é recomendada. Métodos estatísticos convencionais já são usados ​​regularmente nas análises dessas variáveis, embora as estatísticas espaciais não tenham sido utilizadas para esse fim. Neste artigo, defendemos a aplicação de métodos de processos pontuais univariados que não tenham sido aplicados na análise de distribuição espacial de alvéolos localizados em pão francês com mucilagem de taro. Os resultados mostraram que esses métodos possibilitaram caracterizar a distribuição espacial dos alvéolos no pão francês, demonstrando que o uso da mucilagem de taro fornece uma boa distribuição alveolar ao pão tipo francês. <![CDATA[Efeito da embalagem de nylon multicamada no dano oxidativo de inhame minimamente processado]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100420&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Appropriate storage packaging is an important aspect to minimize physiological deterioration and enhance the shelf-life of minimally processed products. Thus, the goal of this study was to evaluate the physiological and biochemical changes associated with the quality loss of minimally processed yam, maintained in two different packages at 5 ± 2 °C. The yam roots were selected, washed and conserved at 8 ± 2 °C for 24 hours. They were then peeled and cut into slices about 3 cm thick and minimally processed. Approximately 300 g of minimally processed yam roots were packed in polypropylene (PP, 4 μm thick) and multilayer nylon (NY, 15 μm thick) 15 cm wide x 20 cm long bags, which were stored at 5 ± 2 °C for 14 days. The minimally processed yam conserved in PP packaging presented fluorescence on the surface of the segments, characteristic symptoms of Pseudomonas spp., and showed higher peroxidase and catalase activities. The nylon packaging was more efficient in reducing oxidative damage and also inhibited polyphenol oxidase activity and decreased the accumulation of soluble proteins, resulting in decreased deterioration during storage. Thus, the quality of the minimally processed yam maintained in NY packaging was conserved for 14 days at 5 ± 2 °C.<hr/>Resumo A adequação da embalagem de armazenamento é um aspecto importante para minimizar a deterioração fisiológica e melhorar a conservação de produtos minimamente processados. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi avaliar as alterações fisiológicas e bioquímicas associadas à perda de qualidade de inhame minimamente processado, mantido em duas embalagens a 5 ± 2 °C. As raízes de inhame foram selecionadas, lavadas e mantidas a 8 ± 2 °C durante 24 horas. Em seguida, foram descascadas e cortadas em fatias com cerca de 3 cm de espessura, e minimamente processadas. Aproximadamente 300 g de raízes minimamente processadas de inhame foram embaladas em sacos de polipropileno (PP, 4 μm de espessura) e nylon multicamada (NY, 15 μm de espessura), com 15 cm de largura e 20 cm de comprimento, e mantidos a 5 ± 2 °C durante 14 dias. As embalagens de polipropileno resultaram em fluorescência na superfície dos pedaços, sintomas característicos de Pseudomonas spp. e apresentaram maiores atividades de Catalase e Peroxidase. A embalagem de nylon multicamada foi mais eficiente em reduzir os danos por oxidação. Esta embalagem também inibiu a atividade de Polifenoloxidase e diminuiu o acúmulo de proteínas solúveis, resultando em redução nos sintomas de deterioração durante o armazenamento. Assim, a qualidade do inhame minimamente processado mantido em embalagem de nylon foi conservada até 14 dias a 5 ± 2 °C. <![CDATA[Qualidade de lagostas armazenadas em diferentes condições de temperatura e embalagem]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100421&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A lagosta é uma espécie marinha de grande importância em muitos países. As mudanças bioquímicas e microbiológicas que ocorrem após a captura determinam sua qualidade e vida útil. Objetivou-se, neste trabalho, estudar o efeito da temperatura de armazenamento sob congelamento (-30 ºC, -80 ºC e -150 ºC), do tipo de embalagem (polietileno de baixa densidade – PEBD, com vácuo e sem vácuo) e do tempo de armazenamento (0, 60, 120, 180, 240, 300 e 360 dias) sobre as características físicas de cor (luminosidade, intensidade de vermelho e amarelo) e químicas (proteínas e lipídeos) da lagosta. Durante o armazenamento, os parâmetros físicos luminosidade e intensidade de vermelho aumentaram, a intensidade de amarelo diminuiu, os teores de proteína diminuíram, porém para lipídeos não houve diferença significativa. Pode-se concluir que as temperaturas de armazenamento estudadas e a presença ou ausência de vácuo nas embalagensforam eficientes na manutenção das características físicas e químicas das caudas das lagostas armazenadas.<hr/>Abstract Lobster is a marine species of great importance in many countries and the biochemical and microbiological changes that occur after capture determine its quality and shelf life. The objective of this work was to study the effect of the storage temperature (-30 ºC, -80 ºC and -150 ºC), the type of packaging (low density polyethylene - LDPE with and without vacuum) and the storage time (0, 60, 120, 180, 240, 300 and 360 days) on the colour (luminosity, red and yellow intensity) and chemical characteristics (proteins and lipids) of the lobster. During storage the physical parameters of luminosity and red intensity increased, the yellow intensity decreased, the protein levels decreased and there was no significant difference in the lipid content. It was concluded that the freezing temperatures studied and both the presence and absence of vacuum in the polyethylene bags during storage were efficient in maintaining the physical and chemical characteristics of the lobster tails. <![CDATA[Redução de cor em xarope de açúcar bruto usando peróxido de hidrogênio]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100422&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract A commercial H2O2 solution (35%, v/v) was evaluated as a clarifying agent for raw, type VHP (very high polarization) sugar syrup, using an experimental design applying artificial neural networks (ANN). Fifteen experimental runs were carried out and the samples were taken at the following time intervals: 0, 5, 10, 15, 20, 25, 30, 40, 50, 60, 75 and 90 min. The treatments were carried out using an experimental design consisting of three variables: H2O2 (X1: 0; 202.4; 500; 797.6 and 1.000 mg L-1); pH (X2: 3.32, 5, 7.5, 10 and 11.68) and temperature (X3: 16.4, 30, 50, 70 and 83.6°C). The theoretical and measured values fitted the analysis by artificial neural networks (ANN) well. A reduction in colour (ICUMSA method) was observed between 60 and 75 min, except for treatments # 11 (pH= 11.68; 50°C and 500 mgH2O2 L-1), # 13 (pH=7.5; 83.6°C and 500 mgH2O2 L-1) and #15 (pH= 7.5; 50°C and 1.000 mgH2O2 L-1), which showed a colour reduction after 30 min. In the treatments at pH 3.32 or 11.68, temperature of 83.6°C and H2O2 dose of 1.000 mg L-1, an average sucrose degradation of 55% was observed. The best colour reduction result was obtained with treatment # 9 (pH 7.5, 50 °C and 500 mgH2O2 L-1), although sucrose degradation of 26% was observed.<hr/>Resumo Uma solução comercial de H2O2 (35%, v/v) foi avaliada como agente clarificante em xarope de açúcar tipo VHP (alta polarização), em arranjo experimental de redes neurais artificiais (RNA). Quinze corridas experimentais foram conduzidas e as amostras foram coletadas em intervalos de tempo de 0, 5, 10, 15, 20, 25, 30, 40, 50, 60, 75 e 90 min. Os ensaios foram conduzidos usando um arranjo experimental composto por três variáveis, sendo: H2O2 (X1: 0; 202,4; 500; 797,6 e 1.000 mg L-1); pH (X2: 3,32; 5; 7,5; 10 e 11,68), e temperatura (X3: 16,4; 30; 50; 70 e 83,6°C). Os valores teóricos e mensurados se encaixam bem na análise por RNA. Observou-se redução da coloração entre 60 e 75 min, com exceção dos tratamentos #11 (pH= 11,68; 50°C e 500 mgH2O2 L-1), #13 (pH=7,5; 83,6°C e 500 mgH2O2 L-1) e #15 (pH= 7,5; 50°C e 1.000 mgH2O2 L-1), que apresentaram redução de cor após 30 min. No tratamento com pH 3,32 ou 11,68, temperatura 83,6°C e dose de H2O2 de 1.000 mg L-1, observou-se uma degradação da sacarose de 55%, em média. No tratamento # 9 (pH 7,5, 50°C e 500 mgH2O2 L-1), obteve-se o melhor resultado para a redução de cor, embora tenha sido percebida 26% de degradação de sacarose. <![CDATA[Produção de ácido lático em meio à base de efluentes da indústria de alimentos por cultura láctea mista imobilizada]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100423&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O ácido polilático (PLA), o mais conhecido bioplástico com potencial para ser o substituto dos polímeros derivados do petróleo, é produzido pela polimerização do ácido lático. A aplicação do ácido lático para a produção de ácido polilático tem levado a um aumento substancial no seu consumo. Entretanto, o custo da matéria-prima representa um grande obstáculo na produção econômica de ácido lático para essa finalidade. Assim, vários materiais têm sido considerados como substratos alternativos, incluindo subprodutos de indústrias agrícolas, indústrias de alimentos e biomassas naturais. O presente trabalho avaliou o uso de resíduos da indústria de alimentos como suplemento nutricional do soro de leite para produção de ácido lático por cultura mista imobilizada de bactérias láticas (Lactobacillus acidophilus LA-5, Bifidobacterium BB-12 e Streptococcus thermophilus). Foram testadas três condições de pH (6,0; 6,5 e 7,0) e três condições de temperatura (30 °C, 35 °C e 40 °C) de fermentação. Também foram testados três níveis de suplementação do soro de leite com cada um dos resíduos: água de maceração de milho – AMM (0%, 5% e 10%); vinhaça (0%, 5% e 10%) e extrato de levedura (0%, 3% e 6%). Ao final da fermentação, observou-se que os tratamentos com temperatura de 40 °C e o pH inicial de 7,0 apresentaram teor de ácido lático 10% superior aos demais. Todos os resíduos foram efetivos em aumentar a produção de ácido lático quando suplementados no soro de leite. O extrato de levedura apresentou a maior concentração de ácido lático, com 0,0307 mol.L-1, resultado 20% superior ao da água de maceração de milho e vinhaça.<hr/>Abstract Polylactic acid (PLA), the best-known bioplastic with the potential to substitute polymers derived from petroleum, is produced by lactic acid polymerization. The application of lactic acid in the production of polylactic acid has led to a substantial increase in the world consumption of this acid. However, the cost of the raw material represents a major obstacle in the economic production of lactic acid for this purpose. Thus, many materials have been considered as alternative substrates, including by-products from agricultural industries, food industries and natural biomasses. The present work evaluated the use of residues from the food industry as a nutritional supplement for the whey used in the production of lactic acid by an immobilized mixed culture of lactic acid bacteria (Lactobacillus acidophilus LA-5, Bifidobacterium BB-12 and Streptococcus thermophilus). Three pH conditions (6.0, 6.5 and 7.0) and three fermentation temperatures (30 ºC, 35 ºC and 40 ºC) were tested. Three levels of whey supplementation were also tested with each of the residues: corn maceration water - AMM (0%, 5% and 10%); vinasse (0%, 5% and 10%) and yeast extract (0%, 3% and 6%). At the end of the fermentations, it could be seen that the treatments with a temperature of 40 °C and an initial pH of 7.0 presented a lactic acid content 10% higher than the other treatments. All the residues were effective in increasing the lactic acid production when used to supplement the whey. The yeast extract presented the highest concentration of lactic acid, with 0.0307 mol.L-1, a result 20% higher than that obtained with corn maceration water and vinasse. <![CDATA[Efeito da proteína anticongelante sobre a microestrutura do morango (<em>Fragaria ananassa</em> Duch)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100424&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The present work aimed to evaluate the effect of the antifreeze protein on the microstructure and physicochemical properties of hidroponic strawberries, evaluating the titratable acidity, pH, colour and optical microscopy before freezing both in natura (IN) and impregnated with the protein (IP), and after thawing without the protein (TWP) and impregnated (TIP) with the antifreeze protein (AFP Type I from fish) by vacuum impregnation. After thawing, the treatment was also compared in terms of drip losses. The antifreeze protein impregnated strawberries showed no statistical differences with respect to the physicochemical properties, but the drip loss was statistically lower from the thawed strawberries treated with the antifreeze protein. The vacuum impregnated thawed strawberries showed less damage to the microstructure. The cells of the thawed samples with antifreeze protein conserved the structure of the reference samples of in natura strawberry.<hr/>Resumo O presente trabalho tem o objetivo de elucidar o efeito da proteína anticongelante sobre a microestrutura e as propriedades físico-químicas do morango hidropônico, avaliado quanto a acidez titulável, pH, cor e microscopia ótica, antes do congelamento, in natura (IN) e impregnado com proteína anticongelante (IP), depois do descongelamento sem proteína (TWP) e impregnado (TIP) com proteína anticongelante (AFP), tipo I de pescado, por impregnação a vácuo. Após o descongelamento, o tratamento foi também comparado quanto à perda por gotejamento. Morangos impregnados com proteína anticongelante não apresentaram diferença estatística quanto às propriedades físico-químicas; no entanto, a perda por gotejamento foi estisticamente menor nos morangos descongelados tratados com proteína anticongelante. Foi possível observar menores danos na microestrutura do morango descongelado que sofreu impregnação a vácuo. As células das amostras descongeladas que foram impregnadas com proteína anticongelante conservaram a estrutura observada nas amostras de referência de morango in natura. <![CDATA[Uma análise conjunta para identificação dos atributos de um dispositivo para reconhecimento de características de produtos alimentícios customizados]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100425&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A possibilidade de combinação de ingredientes alimentícios em cada refeição torna complexo o reconhecimento das características dos alimentos personalizados. A utilização de dispositivos com tecnologias da Internet of Things (IoT) consiste em uma alternativa para os clientes acessarem informações dos alimentos personalizados. Nesta pesquisa, foram identificados cinco principais atributos na composição desses dispositivos com objetivo de reconhecimento dos ingredientes em refeições customizadas: (A) portabilidade, (B) precisão, (C) personalização de dieta, (D) análise de qualidade do produto alimentício e (E) preço. Este estudo possui como objetivo identificar a combinação desses atributos que geram valor em um dispositivo de reconhecimento de características alimentares de alimentos customizados. Foi realizado um planejamento fatorial fracionado 25-1 para a apresentação dos atributos do dispositivo na forma de cenários, seguindo o método de análise conjunta baseada em escolha. Para a coleta de dados, foi realizada uma pesquisa com uma amostra de 303 respondentes. Ainda foram analisadas as variáveis moderadoras: gênero e presença de restrição alimentar. Os resultados obtidos apresentaram maior significância para os atributos: precisão de medida e análise de qualidade. Como contribuições, este estudo apresenta informações para o direcionamento de investimentos em pesquisa para elaboração de um dispositivo tecnológico com a finalidade de reconhecer características de um produto alimentício customizado em massa.<hr/>Abstract The possibility of combining food ingredients at each meal makes it difficult to recognize the characteristics of personalized foods. The use of devices with the Internet of Things (IoT) technologies is an alternative for customers to access customized food information. Five main attributes present in the composition of such devices, aiming ingredients recognition in customized meals, were considered in this study: (A) portability, (B) precision, (C) diet customization, (D) food quality control and (E) price. This study aims to identify the combination of such value generating attributes in a device of food characteristics recognition in customized foods. A fractional factorial design 25-1 was used to display the device characteristics, in the form of scenarios, following the joint analysis method based on choice. For data collection, a survey was carried out with a sample of 303 respondents. Gender moderation and food restriction variables were also analyzed. The results present greater significance for the attributes of measurement accuracy and quality analysis. As contributions, this study presents information for investments targeting in research for the manufacturing of a technological device aiming the recognition of characteristics of a mass-modified food product. <![CDATA[Elaboração e caracterização de geleia prebiótica mista de jabuticaba e acerola]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100426&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivou-se, com este trabalho, a elaboração e a caracterização físico-química de geleias tradicionais prebióticas mistas de jabuticaba e acerola. As formulações compostas de polpas e blends foram: F1 (75% acerola/25% jabuticaba), F2 (50% acerola/50% jabuticaba), F3 (25% acerola/75% jabuticaba), F4 (100% jabuticaba) e F5 (100% acerola) com 1,0% de pectina, 0,1% de benzoato de potássio, 3% de inulina e 40% de sacarose. Os ingredientes foram misturados e as misturas foram concentradas até atingir sólidos solúveis totais (SST) entre 65 e 68 °Brix. As geleias a partir de polpas e blends de acerola e jabuticaba indicaram teores de acidez com variação de 0,77% a 0,80%. As geleias F1 e F5, as quais possuem a maior concentração de polpa de acerola na formulação, apresentaram SST de 65 °Brix. Verificou-se que na proporção em que se aumentou a porcentagem de polpa de jabuticaba nas geleias, diminuiu-se o teor de polifenóis totais de 405,43 para 135,75 GAEg/100 g. Observou-se que à medida que se aumentou a proporção de polpa de acerola nos blends, aumentou-se também os valores de vitamina C, com destaque na polpa de acerola pura com 3704,50 mg/100 g. Quanto aos carotenoides totais, verificou-se variação de 1,63 a 4,62 mg/100 g. A geleia F4, obtida a partir de polpa e casca de jabuticaba, apresentou os maiores valores para os parâmetros de textura, exceto para coesividade. Observou-se que os teores de compostos antioxidantes preconizam um perfil nutricional às geleias. Quanto ao perfil funcional, o produto atende à legislação brasileira em vigor por conter inulina, além da presença de antioxidantes.<hr/>Abstract The objective of this work was the elaboration and physicochemical characterization of traditional mixed prebiotic jellies of jabuticaba and acerola. In the case of F2 (50% acerola/50% jabuticaba), F3 (25% acerola/75% jabuticaba), F4 (100% jabuticaba) and F5 (100% acerola) with 1.0% pectin, 0.1% potassium benzoate, 3% inulin and 40% sucrose. The ingredients were mixed and the mixtures were concentrated to total soluble solids (TSS) between 65 and 68 °Brix. The jellies from pulps and blends of acerola and jabuticaba presented acidity levels varying from 0.77% to 0.80%. The jellies F1 and F5, which have the highest concentration of acerola pulp in the formulation, presented TSS of 65 °Brix. It has been found that as the percentage of jaboticaba pulp increased in the jellies, the total polyphenol content decreased from 405.43 to 135.75 GAEg/100 g. It is observed that, as the proportion of acerola pulp in the blends increased, the vitamin C content also increased, especially in pure acerola pulp with 3,704.50 mg/100 g. Total carotenoids ranged from 1.63 to 4.62 mg/100 g. F4 jelly, obtained from jabuticaba pulp and peel, presented the highest values for texture parameters, except for cohesiveness. It was observed that the contents of antioxidant compounds favored a nutritional profile to the jellies. Regarding the functional profile, the product complies with the current Brazilian legislation because it contains inulin, in addition to the presence of antioxidants. <![CDATA[Farinhas e subprodutos da laranja sanguínea-de-mombuca: caracterização química e aplicação em sorvete]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100427&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo No presente estudo, foram caracterizados os componentes químicos de flavedo, albedo, semente, bagaço e das farinhas obtidas da laranja Citrus sinensis L. Osbeck sanguínea- de-mombuca e as farinhas foram utilizadas na substituição de gordura em sorvete. Foram desenvolvidas quatro formulações de sorvete de chocolate com diferentes concentrações das farinhas obtidas, além da elaboração de uma formulação controle. Foram realizadas análises de composição centesimal e aceitabilidade sensorial, e os resultados foram avaliados por ANOVA e testes de médias de Tukey (p ≤ 0,05). O teor de umidade de todas as farinhas obtidas encontra-se dentro dos limites estabelecidos na legislação (máximo de 15%) e a quantidade de fibras indica que podem ser consideradas com alto conteúdo de fibras (maior que 6%). Os resultados da avaliação sensorial indicaram que há maior aceitação da utilização da farinha do albedo na formulação de sorvetes do que da farinha de semente e flavedo de laranja. A utilização da farinha do albedo na substituição de gordura contribuiu para uma redução significativa de lipídeos (33,3%) e aumento de fibras no sorvete (59,2%). Portanto, considerando a composição química dos subprodutos da laranja sanguínea e das farinhas obtidas, estes têm um grande potencial para utilização em formulações de produtos alimentícios, assim como para extração de fibras.<hr/>Abstract In this study, the chemical components of flavedo, albedo, seed, bagasse and flours obtained from the orange Citrus sinensis L. Blood Osbeck of Mombuca were characterized, and the flours were used to replace fat in ice cream. Four chocolate ice cream formulations were developed, with different flour concentrations, besides the elaboration of a control formulation. Analysis of centesimal composition and sensory acceptability were carried out, and results were evaluated by ANOVA and Tukey mean test (p ≤ 0.05). The moisture content of all flours obtained is within the limits established by the National Health Surveillance Agency, which determines a maximum of 15% moisture on flour and the amount of fibers is higher than that found in other studies with different fruits, what characterizes it as high fiber content (greater than 6%). The results of sensory evaluation indicated that there is greater acceptance of the use of albedo flour in the formulation of ice cream than seed and Orange flavedo flour. The use of albedo flour as a fat substitute promoted significant reduction of lipids (33.3%) and a fiber increase (59.2%) in the ice cream. The fractions and flours obtained from blood orange have a great potential for use in food products formulations, given its favorable chemical composition, as well as for fiber extraction. <![CDATA[Avaliação e estabilidade da cor em filés de burriquete (<em>Pogonias cromis)</em> utilizando um sistema de visão computacional]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100428&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A cor da superfície da carne é a primeira sensação que o consumidor percebe e utiliza como uma ferramenta para aceitar ou rejeitar um alimento. A medição e a avaliação da cor da carne podem também ser feitas por um indicador químico (metamioglobina) ou pela avaliação física, utilizando espaços da cor (a* e R). O objetivo deste trabalho foi avaliar a cor e a estabilidade da cor em filés de burriquete (Pogonias cromis) utilizando parâmetros de a* e R, e porcentagem de metamioglobina. Avaliaram-se a cor e a estabilidade da cor em filés de burriquete armazenados a 5 ± 1 °C com 90% de umidade relativa, durante 57,6 h, utilizando um sistema de visão computacional. Os parâmetros de vermelho (valor a* e R) variaram de forma inversa com a concentração de metamioglobina. A cinética foi plotada utilizando o modelo cinético, sendo que as ordens de reação para o valor a*, R e metamioglobina foram de 2,0309; 1,2101 e 1,8324, respectivamente; a constante de reação foi de -0,000046 para o valor a*, de -0,0013 para R e de 0,0002 para a metamioglobina. O sistema de visão computacional se apresenta como uma interessante ferramenta para avaliar a cor e a estabilidade da cor na carne de pescado, mas também pode ser utilizado em outro tipo de produtos alimentícios.<hr/>Abstract The colour of the meat surface is the first feeling that the consumer perceives and uses as a tool to accept or reject the food. The measurement and evaluation of meat colour can be measured by a chemical indicator (metmyoglobin) or by a physical assessment using colour spaces (a* and R). The objective of this study was to evaluate the colour and colour stability in burriquete (Pogonias cromis) fillets using the red parameters (a* value and R) and chemical analysis (% of metmyoglobin). The colour and colour stability of burriquete fillets stored at 5 ± 1 °C with 90% of relative humidity for 57.6 h was evaluated using a computer vision system. The red parameters (a* value and R) varied inversely with the metmyoglobin concentration. The kinetics were plotted using the kinetic model. The reaction orders for the a* value, R and metmyoglobin were 2.0309, 1.2101 and 1.8324, respectively and the reaction constants were -0.000046 for the a* value, -0.0013 for R and 0.0002 for metmyoglobin. The computer vision system was shown to be a powerful tool for assessing the colour and colour stability in fish meat but could also be used in other types of food product. <![CDATA[Caracterizações físicas e tecnológicas e perfil de textura de <em>cookies</em> de farinha de uva e linhaça]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100429&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O objetivo deste estudo foi desenvolver cookies com mix de farinhas (uva, linhaça dourada, amido de milho) e avaliar suas características físicas, tecnológicas e sensoriais. Para a elaboração dos cookies, foram utilizadas cinco formulações distintas, em diferentes temperaturas e tempos de assamento. Realizaram-se análises de pH (pré e pós-cocção), análise de cor, análises físicas (volume específico, densidade, peso da massa), análises tecnológicas (volume de intumescimento, índice de absorção de água e óleo) e análises sensoriais de aceitação e perfil de textura. O pH apresentou variação entre 5,38 e 6,44 (pré-cocção) e de 5,31 a 6,33 (pós-cocção). Quanto aos parâmetros de cor, a luminosidade variou entre 48,39 e 55,65, enquanto o croma a* foi de 3,38 a 6,44 e o croma b* de 13,21 a 19,46. Houve diferença significativa quando analisado o volume específico, a densidade e o peso da massa, mas não no volume de intumescimento. Os cookies não se caracterizaram como tendo alta absorção de água e de óleo. Pelo teste de aceitação, a formulação mais aceita pelos julgadores foi com 6,00% de farinha de uva, na temperatura de 140 °C. No Perfil de Textura, constatou-se que os cookies apresentaram valores médios e não ficaram duros, quebradiços, adesivos e gomosos. Com a Análise dos Componentes Principais, foi possível verificar a relação entre as análises físicas, tecnológicas e sensoriais com boa explicação da variabilidade e repetibilidade, por meio dos dois componentes principais.<hr/>Abstract The objective of this study was to develop cookies with a mix of flours (grape, golden flax, corn starch) and to evaluate their physical, technological and sensorial characteristics. Five different formulations were used to prepare the cookies at different temperatures and baking times. Analysis of pH (pre and post cooking), color, physical (specific volume, density, dough weight), technological (volume swelling, water and oil absorption index) and sensory analysis of acceptance and texture profile were accomplished. The pH ranged from 5.38 to 6.44 (pre-cooking) and from 5.31 to 6.33 (post cooking). As for color parameters, the brightness ranged from 48.39 to 55.65, while for chroma a* it ranged from 3.38 to 6.44 and for chroma b* from 13.21 to 19.46. There was a significant difference regarding specific volume, density and dough weight, but the same cannot be said for the volume of swelling. Cookies were not characterized as having high water and oil absorption. The formulation most accepted by the judges contained 6.00% of grape flour, baked at 140 °C. The Texture Profile showed that the cookies presented average values, and did not become hard, brittle, adhesive and gummy. The Principal Component Analysis showed the relationship between physical, technological and sensorial analysis with good explanation for variability and repeatability through the two main components. <![CDATA[Desempenho logístico de embalagens para molho de tomate: um estudo de caso na cidade de São Paulo, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100430&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo As cadeias de suprimentos de alimentos estão intrinsecamente ligadas à presença das embalagens, uma vez que estas são imprescindíveis para garantir a proteção e a preservação de alimentos dos centros de produção até o consumidor. Além disso, as embalagens facilitam as etapas de manuseio, transporte e armazenagem, tendo como consequências a melhoria das operações e a redução de custos. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho de três diferentes embalagens para acondicionamento de molho de tomate (lata, stand-up pouch e embalagem cartonada) em relação à logística de distribuição na área urbana. Para essa avaliação, foi utilizada a metodologia Packaging Scorecard, na qual são entrevistados os profissionais presentes ao longo da distribuição desses produtos. Os resultados mostraram que, para a cadeia de suprimentos estudada, a lata apresentou o melhor desempenho global. A embalagem cartonada apresentou desempenho global muito próximo ao da lata, tendo melhor desempenho em três dos quatro locais de avaliação. Além disso, os resultados obtidos oferecem uma visão sistêmica da cadeia, com a identificação de pontos críticos das embalagens, e podem ser utilizados pelos profissionais dos diferentes locais de distribuição visando à melhoria do desempenho logístico das embalagens.<hr/>Abstract Food supply chains are intrinsically linked to the presence of packaging, since they are essential to ensure the food protection and preservation from the production centers to the consumer. In addition, the packaging favors handling, transport and storage steps resulting in improved operations and reduced costs. The objective of this study was to evaluate the performance of three different tomato sauce packaging (can, stand-up pouch and carton pack) in relation to distribution logistics in urban area. The Packaging Scorecard methodology was used in this study, in which the professionals present during the distribution of these products were interviewed. The results showed that, for the studied supply chain, the can presented the best overall performance. The carton packaging presented a similar overall performance compared to the can, performing better in three of the four evaluation sites. In addition, the obtained results provide a systemic view of the chain, identifying the critical points of the packaging, and may be used by professionals of the different distribution sites aiming improvement in the packaging logistics performance. <![CDATA[Determinação de adulterantes em proteína de soro de leite por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas de alta resolução do tipo Orbitrap]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100431&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Liquid chromatography coupled to Orbitrap high resolution mass spectrometry was shown to be an adequate technique to control the adulteration of whey protein food supplements with prohibited substances, not declared on the labels. An extraction method combined with an instrumental analysis that allowed for the determination of 105 substances in whey protein food supplements, was established. The pre-treatment of the samples consisted of protein precipitation and solid-phase extraction using weak cation exchange functionalized polymeric sorbent cartridges. The samples were directly analyzed by LC-Orbitrap-HRMS. The selectivity, limit of detection, repeatability, recovery, carryover and matrix effect were estimated as the validation parameters. The repeatability obtained was 96.19% and the recovery 83.80%, but carryover and the matrix effect were not observed. The present method was successfully applied to the analysis of commercial samples, verifying adulteration by diuretics (conivaptan and politiazide) and a stimulant (benfluorex) in seven of the eleven brands evaluated.<hr/>Resumo A cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas de alta resolução do tipo Orbitrap demonstrou ser uma técnica adequada para o controle de adulteração de substâncias proibidas não declaradas nos rótulos de suplementos proteicos derivados de soro de leite. Foi estabelecido um método de extração combinado a uma análise instrumental que permitiu a determinação de 105 substâncias em suplemento proteico derivado de soro de leite. O pré-tratamento das amostras consistiu na precipitação de proteínas e na extração em fase sólida, utilizando-se cartuchos com sorventes poliméricos baseados em troca catiônica. As amostras foram diretamente analisadas por CL-EMAR-Orbitrap. Foram estimados, como parâmetros de validação, seletividade, limite de detecção, repetitividade, recuperação, arraste e efeito de matriz. A repetitividade obtida foi de 96,19% e a recuperação foi de 83,80%. Arraste e efeito de matriz não foram observados. O presente método foi aplicado com sucesso na análise de amostras comerciais, nas quais foram verificadas adulterações, em sete das 11 marcas avaliadas, em diuréticos (conivaptan e politiazida) e estimulante (benfluorex). <![CDATA[Avaliação das condições de processo para a produção de carotenoides microbianos pela recém-isolada <em>Rhodotorula mucilaginosa</em> URM 7409]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100432&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study aimed to improve the physical and nutritional process conditions for the production of carotenoids by the newly isolated Rhodotorula mucilaginosa, a red basidiomycete yeast. The carotenoid bioproduction was improved using an experimental design technique, changing the process characteristics of agitation (130 rpm to 230 rpm) and temperature (25 °C to 35 °C) using seven experiments, followed by a 25-1 fractional design to determine the relevant factors that constitute the culture medium (glucose, malt extract, yeast extract, peptone and initial pH). A complete second order experimental design was then carried out to optimize the composition of the culture medium, the variables being yeast extract (0.5 to 3.5 g/L), peptone (1 to 5 g/L) and the initial pH (5.5 to 7.5), with 17 experiments. The maximum carotenoid production was 4164.45 μg/L (252.99 μg/g), obtained in 144 h in YM (yeast malt) medium with 30 g/L glucose, 10 g/L malt extract, 2 g/L yeast extract, 3 g/L peptone, an initial pH 6, 130 rpm and 25 °C, demonstrating the potential of this yeast as a source of bio-pigments. In this work, the nitrogen sources were the factors that most influenced the intracellular accumulation of carotenoids. The yeast R. mucilaginosa presented high production at a bench level and may be promising for commercial production.<hr/>Resumo Este estudo teve como objetivo melhorar as condições físicas e nutricionais do processo de produção de carotenoides pela recém-isolada Rhodotorula mucilaginosa, uma levedura basidiomiceta vermelha. A melhoria da bioprodução de carotenoides foi obtida pela técnica de delineamento experimental, alterando as características dos processos [agitação (130 rpm a 230 rpm) e temperatura (25 °C a 35 °C)] com sete experimentos, e após um planejamento fracionário 25-1 para a classificação dos fatores relevantes que constituem o meio de cultura (glicose, extrato de malte, extrato de levedura, peptona e pH inicial). Um delineamento experimental de segunda ordem completo foi realizado para otimizar a composição do meio de cultura e as variáveis foram: extrato de levedura (0,5 a 3,5 g/L), peptona (1 a 5 g/L) e pH inicial (5,5 a 7,5), com 17 experimentos. A produção máxima de carotenoide foi de 4.164,45 μg/L (252,99 μg/g) em 144 h, em meio YM com 30 g/L de glicose, 10 g/L de extrato de malte, 2 g/L de extrato de levedura e 3g/L de peptona, e pH inicial 6, 130 rpm a 25 °C. Neste trabalho, as fontes de nitrogênio foram os fatores que mais influenciaram o acúmulo de carotenoides intracelular. A levedura R. mucilaginosa apresentou alta produção em nível de bancada, podendo ser promissora para a produção comercial. <![CDATA[Leveduras isoladas de sorvetes de frutas tropicais: diversidade, susceptibilidade a antifúngicos e adesão a células epiteliais bucais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100433&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Fruit-based ice creams are products widely consumed in tropical countries and, because of their composition, can be a good source for microbial growth, including opportunistic pathogens. The aims of this study were to characterize the yeast populations present in Brazilian fruit-based ice creams, and to investigate the antifungal susceptibility to amphotericin B, fluconazole and itraconazole, and the ability of the isolates that were able to grow at 37 ºC to adhere to buccal epithelial cells (BEC). Two hundred and sixty-seven yeast isolates obtained from the ice cream samples were identified as belonging to 29 species, with counts that ranged from 1.5 to 5.2 log CFU/mL. The predominant species were Candida intermedia, Torulaspora delbrueckii, C. parapsilosis, Clavispora lusitaniae, Saccharomyces cerevisiae and Pichia kudriavzevii. At least 16 yeast species isolated in this study have been reported as opportunistic pathogens. Forty-one yeast isolates showed resistance or dose-dependent susceptibility to at least one of the antifungal drugs tested. One isolate of C. parapsilosis was resistant to all the antifungals tested and showed ability to adhere to BEC. The percentage of adhesion to BEC was high mainly for isolates of P. kudriavzevii, Meyerozyma guilliermondii, C. parapsilosis, S. cerevisiae and Debaromyces hansenii. The data suggest that the presence of these opportunistic yeasts as contaminants in ice creams may represent a potential risk to the final consumer, especially to immunocompromised individuals who may consume these products.<hr/>Resumo Os sorvetes à base de frutas são produtos amplamente consumidos em países tropicais e, devido à sua composição, podem ser uma boa fonte de crescimento microbiano, incluindo patógenos oportunistas. Os objetivos deste estudo foram caracterizar as populações de leveduras presentes nos sorvetes brasileiros à base de frutas e investigar sua susceptibilidade aos antifúngicos anfotericina B, fluconazol e itraconazol, e a capacidade dos isolados, que puderam crescer a 37 °C, de aderir em células epiteliais bucais. Duzentos e sessenta e sete isolados de levedura obtidos das amostras de sorvete foram identificados como pertencentes a 29 espécies, com contagens variando de 1,5 a 5,2 log UFC/mL. As espécies predominantes foram Candida intermedia, Torulaspora delbrueckii, C. parapsilosis, Clavispora lusitaniae, Saccharomyces cerevisiae e Pichia kudriavzevii. Pelo menos 16 espécies de leveduras isoladas neste estudo foram relatadas como agentes patogênicos oportunistas. Quarenta e um isolados de leveduras apresentaram resistência ou susceptibilidade dose-dependente a pelo menos um dos antifúngicos testados. Um isolado de C. parapsilosis foi resistente a todos os antifúngicos testados e mostrou capacidade de aderir a células epiteliais bucais. A porcentagem de adesão foi alta principalmente para isolados de P. kudriavzevii, Meyerozyma guilliermondii, C. parapsilosis, S. cerevisiae e Debaromyces hansenii. Os dados sugerem que a presença dessas leveduras oportunistas como contaminantes nos sorvetes pode representar um risco para o consumidor final, especialmente para indivíduos imunocomprometidos que podem consumir esses produtos. <![CDATA[Camu-camu colhido com a casca verde-avermelhada conserva seus compostos físico-químicos e antioxidantes durante o armazenamento a frio]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100434&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Camu-camu (Myrciaria dubia), a fruit native to the Brazilian Amazon, is considered a source of antioxidant compounds. Due to its high perishability, postharvest studies aimed at increasing its shelf life are required. The aim of this study was to evaluate the influence of harvesting time on the conservation of the physicochemical characteristics and antioxidant compounds of camu-camu during cold storage. The fruits, harvested at different ripening stages (red and reddish-green peel), were stored in polyethylene terephthalate trays at 15 °C and 90% relative humidity. The following analyses were carried out on days 1, 2, 5, 7, 9 and 13 after harvest: luminosity, hue angle and chromaticity, pH, soluble solids content, titratable acidity, SS/TA, ascorbic acid content, total phenolic content, total anthocyanin content and free-radical-scavenging activity by the 1,1-diphenyl-2-picryl-hydrazil method. The data were submitted to a multivariate analysis. The fruits harvested at different ripening stages showed different postharvest characteristics, highlighting the parameters of colour, flavour and antioxidants. The reddish-green fruits, despite their low concentration of anthocyanins during storage, showed high levels of phenolic compounds, ascorbic acid and antioxidant activity, which were maintained for nine days of cold storage. Due to the flavour characteristics and antioxidant compounds, it is recommended that camu-camu be harvested in the reddish-green maturation stage to extend its shelf life.<hr/>Resumo Camu-camu (Myrciaria dubia), uma fruta nativa da Amazônia brasileira, é considerada uma fonte de compostos antioxidantes. Devido à sua elevada perecibilidade, são necessários estudos em pós-colheita para aumentar a sua vida útil. O objetivo deste estudo foi avaliar o ponto de colheita do camu-camu na conservação de suas características físico-químicas e compostos antioxidantes durante o armazenamento a frio. Os frutos foram colhidos em diferentes estádios de maturação (casca vermelha e verde-avermelhada). Os frutos foram armazenados em bandejas de politereftalato de etileno a 15 °C e 90% de umidade relativa. As análises foram realizadas nos dias 1, 2, 5, 7, 9 e 13, após a colheita: luminosidade, °hue e cromaticidade, pH, conteúdo de sólidos solúveis, acidez titulável, conteúdo de ácido ascórbico, conteúdo fenólico total, conteúdo total de antocianina e atividade antioxidante. Os dados foram submetidos à análise multivariada. Os frutos colhidos em diferentes estádios de maturação apresentaram diferentes características pós-colheita, destacando-se os parâmetros de cor, sabor e antioxidantes. Os frutos de cor verde-avermelhada, apesar de sua baixa concentração de antocianinas durante o armazenamento, apresentaram altos níveis de compostos fenólicos, ácido ascórbico e atividade antioxidante, que foram mantidos até nove dias de armazenamento a frio. Devido às características de sabor e compostos antioxidantes, recomenda-se que a colheita de camu-camu seja no estágio de maturação verde-avermelhada, para prolongar assim a vida útil do fruto. <![CDATA[Efeito de congelamento usando campos magnéticos oscilantes nas características físicas e sensoriais de manga (Mangifera indica L. cv. ‘Kent’)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100435&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Freezing using oscillating magnetic fields (OMF), was developed and is marketed to overcome drawbacks that normally occur in conventional freezing, which affect firmness, colour, taste, and drip loss in frozen-thawed foods. In order to verify the aforementioned advantages, the effect of freezing using OMF on cubes of mango (Mangifera indica L. cv. ‘Kent’) was evaluated. The cubes were frozen at -30 °C for 35 min with OMF set at 0, 30%, 50%, 75% and 100%, and then immediately thawed at room temperature (25 °C) for 70 min. The frozen-thawed mango cubes showed cell wall breakage, presumably due to the formation of ice crystals. Likewise, the frozen-thawed cubes were less firm (p &lt; 0.05) than fresh mango cubes (with both cubes having come from the same specimen), as determined using a texturometer and sensory evaluation. Drip loss ranged from 2.45% to 4.15% in the frozen-thawed mango. Freezing using OMF with a Cells Alive System (CAS) freezer caused negative changes to the thawed mango, mainly a decrease in firmness, with results similar to those reported elsewhere using conventional freezing.<hr/>Resumo O congelamento usando campos magnéticos oscilantes (OMF) foi desenvolvido e é comercializado para superar as desvantagens que normalmente ocorrem no congelamento convencional, que afeta a firmeza, a cor, o sabor e a perda por gotejamento em alimentos congelados e descongelados. A fim de verificar as vantagens acima mencionadas, avaliamos o efeito do congelamento usando o OMF em cubos de manga (Mangifera indica L. cv. 'Kent'). Os cubos foram congelados a -30 °C durante 35 min com OMF ajustado a 0, 30%, 50%, 75% e 100% e, depois, imediatamente descongelados à temperatura ambiente (25 °C) durante 70 min. Cubos de manga descongelados mostraram quebra na parede celular, presumivelmente devido à formação de cristais de gelo. Da mesma forma, os cubos congelados e descongelados apresentaram menor firmeza (p &lt; 0,05) que os cubos de manga fresca (com ambos os cubos provenientes do mesmo espécime), conforme determinado pelo texturômetro e pela avaliação sensorial. A perda por gotejamento variou de 2,45% a 4,15% em manga descongelada. Congelar usando OMF com um congelador do tipo Cells Alive System (CAS) causou mudanças negativas na manga descongelada, principalmente uma diminuição na firmeza, com resultados semelhantes aos relatados em outros estudos usando o congelamento convencional. <![CDATA[Constituintes químicos, atividades antioxidante, antimicrobiana e antilipase em compósitos derivados de chá verde, cascas de limão e borras de vinho tinto]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100436&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Novel sources of nutraceuticals, composites derived from green tea extract, red wine lees and lemon peels extract were produced. The first composite was produced from green tea extract and red wine lees. The second composite was produced from green tea extract, red wine lees and lemon peels. The composites intensively depressed the growth of the gram-positive bacteria Staphylococcus aureus and Rhodococcus sp. The inhibition zones for the first composite were 16.1 and 24.1 mm, respectively and for the second composite – 18.5 and 24.3 mm, respectively. In the case of the gram-negative bacteria Escherichia coli and Pseudomonas aeroginasa, the inhibition zones for the first composite were 18.1 and 6.1 mm, and for the second composite - 6.1 and 10.2 mm, respectively. In the case of the pathogenic fungi Rhizoctonia sp. and Streptomyces glaucus 71MD, the inhibition zones for the first composite were 14.7 and 22.3 mm, and for the second composite - 8.5 and 20.3 mm, respectively. Both composites exhibited approximately 4 times less antioxidant potential than L-ascorbic acid and showed high levels of lipase inhibition, i.e. 12.3% and 10.5% per mg dry matter for the first and second composites, respectively. In comparison with Orlistat® they showed 30% less anti-lipase activity.<hr/>Resumo Novas fontes de nutracêuticos, compósitos derivados de extrato de chá verde, borras de vinhos tintos e extratos de cascas de limão foram produzidas. O primeiro compósito foi produzido a partir de extrato de chá verde e borras de vinhos tintos. O segundo compósito foi produzido de extrato de chá verde, borras de vinhos tintos e cascas de limão. Os compósitos reduziram o crescimento das bactérias gram-positivas Staphylococcus aureus e Rhodococcus sp. As zonas de inibição para o primeiro compósito foram de 16,1 e 24,1 mm, respectivamente, e para o segundo compósito, 18,5 e 24,3 mm, respectivamente. No caso das bactérias gram-negativas Escherichia coli e Pseudomonas aeruginosa, as zonas de inibição para o primeiro compósito foram de 18,1 e 6,1 mm, respectivamente, e para o segundo compósito, 6,1 e 10,2 mm, respectivamente. No caso dos fungos patogênicos Rhizoctonia sp. e Streptomyces glaucus 71MD, as zonas de inibição para o primeiro compósito foram de 14,7 e 22,3 mm, respectivamente, e para o segundo compósito, 8,5 e 20,3 mm, respectivamente. Ambos os compósitos exibiram aproximadamente quatro vezes menos potencial antioxidante que ácido L-ascórbico e demonstraram altos níveis de inibição de lipase, ou seja, 12,3% e 10,5% por miligrama de matéria seca para o primeiro e segundo compósitos, respectivamente. Comparando com Orlistat®, mostraram 30% a menos de atividade antilipase. <![CDATA[Elaboração e análise sensorial de biscoito tipo cookie feito a partir da farinha do caroço de abacate]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100437&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Uma boa alternativa que vem sendo desenvolvida e aplicada nos últimos anos é o aproveitamento de resíduos oriundos do processamento de frutas e hortaliças. Grande parte do que é descartado dessas matérias-primas, tais como cascas, sementes e talos, pode ser reaproveitada na produção de novos alimentos. Este trabalho teve como objetivo desenvolver e avaliar a aceitação de biscoito tipo cookie elaborado a partir da farinha do caroço de abacate. Três formulações foram utilizadas no desenvolvimento do cookie: F1 (formulação do biscoito com acréscimo de 5% da farinha do caroço de abacate); F2 (formulação do biscoito com acréscimo de 10% da farinha do caroço de abacate) e F3 (formulação do biscoito com acréscimo de 20% da farinha do caroço de abacate). Em seguida, os biscoitos foram avaliados sob o ponto de vista físico-químico (umidade, cinzas, lipídeos, proteínas, carboidratos e valor calórico) e sensorial (aceitabilidade dos atributos aparência, cor, textura e sabor, além da intenção de compra). Entre as formulações testadas, a F1 (formulação do biscoito com acréscimo de 5% da farinha do caroço de abacate) foi mais bem aceita pelos provadores, visto que apresentou as maiores notas nos atributos sensoriais avaliados e uma intenção de compra acima da média (70%). Dessa forma, este estudo demonstrou a importância do aproveitamento integral de resíduos provenientes do processamento de produtos de origem vegetal no desenvolvimento de um novo produto, que apresenta potencial para a comercialização e um maior valor nutricional.<hr/>Abstract A good alternative that has been developed and applied in recent years is the use of residues from the processing of fruits and vegetables. Much of what is discarded from raw materials such as peels, seeds and stems can be reused in the production of novel foods. The objective of this work was to develop and evaluate the acceptance of cookie elaborated from avocado lump flour. Three formulations were used in the cookie development: F1 (biscuit formulation added with 5% of avocado lump flour); F2 (biscuit formulation added with 10% of avocado lump flour); and F3 (biscuit formulation added with 20% of avocado lump flour). After elaboration, cookies were evaluated for physical-chemical characteristics (moisture, ashes, lipids, proteins, carbohydrates and caloric value) and sensorial characteristics (acceptability of appearance, color, texture and taste attributes, besides purchase intention). Among the formulations tested, F1 (biscuit formulation added with 5% of avocado lump flour) was well accepted by the tasters, since it presented the highest scores on the sensorial attributes evaluated and an above-average purchase intention (70%). Thus, this study demonstrated the importance of the integral use of residues from the processing of plant originated products in new products development, with potential for commercialization and a higher nutritional value. <![CDATA[Ácidos graxos poli-insaturados e qualidade nutricional de cinco espécies de peixe de água doce cultivadas na região oeste de Santa Catarina, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100438&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract There is a paucity of information about the chemical composition of commercially important freshwater fish species (Nile tilapia, bighead carp, grass carp, common carp and silver carp) cultivated in the western region of Santa Catarina, Brazil. This study determined the moisture, ash, protein and lipid contents and the fatty acid composition, as well as the nutritional quality of the lipids in fillets of these five freshwater fish species. Moisture was the most prominent fish component (74.7%-81.7%), followed by protein (15.8%-18.8%) and lipids (0.4%-8.2%). Saturated palmitic acid (90-1740 mg/100 g) and monounsaturated oleic acid (70-2260 mg/100 g) were the major fatty acids found in all the fish species. The grass and common carps and Nile tilapia (caged) had high contents of γ-linolenic acid (GLA), with an average of 536 mg/100 g. Bighead carp was the richest source of ω-3 PUFA, mainly eicosapentaenoic (EPA, 400 mg/100 g) and docosahexaenoic (DHA, 620 mg/100 g) acids, and had the highest ω-3/ω-6 ratio of 6.11. The nutritional evaluation of the fatty acid profile indicated that average values were: atherogenicity index (AI) ~0.59, thrombogenicity index (TI) ~0.82, hypocholesterolemic/hypercholesterolemic ratio (H/H ~1.98), polyunsaturated/saturated ratio (P/S) ~0.43 and ω-3/ω-6 ratio ~2.18, values suggesting that the consumption of these freshwater fish species could be of benefit to human health.<hr/>Resumo Há pouca informação disponível sobre a composição química de espécies de peixe de água doce (tilápia-do-nilo, carpa-prateada, carpa-cabeça-grande, carpa-capim e carpa-comum) com grande importância comercial e amplamente cultivadas na região oeste de Santa Catarina, Brasil. Este estudo teve por objetivo determinar a composição de umidade, cinzas, proteínas, lipídeos e ácidos graxos, bem como a qualidade nutricional dessas cinco espécies de peixe de água doce. A umidade foi o componente majoritário nos filés de peixe (74,7%-81,7%), seguida de proteína (15,8%-18,8%) e lipídeos (0,4%-8,2%). O ácido palmítico foi o ácido graxo saturado predominante (90-1.740 mg/100 g) e o ácido oleico foi o principal ácido monoinsaturado (70-2.260 mg/100 g) encontrados nos filés. A carpa-capim, a carpa-comum e a tilápia-do-nilo (cultivada em tanques-rede) apresentaram elevado teor de ácido γ-linolênico (GLA), com valores médios de 536 mg/100 g. A carpa-cabeça-grande é rica em ácidos graxos poli-insaturados ω-3, principalmente eicosapentaenoico (EPA), com 400 mg/100 g, e docosa-hexaenoico (DHA), com 620 mg/100 g, além de possuir a maior relação ω-3/ω-6 (6,11). Em relação à qualidade nutricional lipídica dos filés de peixe, os valores médios foram: índice de aterogenicidade (IA), ~0,59; índice de trombogenicidade (TI), ~0,82; razão hipocolesterolêmica/hipercolesterolêmica (H/H), ~1,98; poli-insaturados/saturados (P/S), ~0,43; e ω-3/ω-6, ~2,18, sugerindo que o consumo dessas espécies de peixe de água doce pode ser considerado benéfico para a saúde humana. <![CDATA[Comercialização de alimentos em cantinas no âmbito escolar]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100439&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O estudo teve por objetivo avaliar a comercialização de alimentos em cantinas comerciais localizadas no âmbito escolar de diferentes redes de ensino, tipos de administração e presença ou não de profissional técnico (nutricionista). O estudo do tipo observacional foi realizado em 111 cantinas, sendo 35 estabelecimentos de ensino privado e 76 de ensino público de Curitiba, Paraná, Brasil. Para realizar estas avaliações, foi elaborada uma lista de verificação contendo um conjunto de condutas baseada nas legislações estaduais do Paraná. De acordo com as legislações vigentes, constatou-se que 97,37% das cantinas das instituições públicas e 94,29% das privadas comercializavam alimentos considerados proibidos por apresentarem baixo valor nutricional. Os principais alimentos proibidos comercializados nas cantinas foram os salgadinhos industrializados, os chocolates, as balas e os sucos artificiais. Esses também foram os alimentos e bebidas mais vendidos, segundo os responsáveis. Além disso, 73,87% das cantinas não possuíam supervisão técnica, 89,19% não disponibilizavam dois tipos de frutas e apenas 1,80% tinha mural educativo, conforme exigido pelas legislações vigentes. Conclui-se que as cantinas, independentemente da rede ensino e do tipo de administração, estão em desacordo com as legislações vigentes, tanto na comercialização de alimentos proibidos como na ausência de dois tipos de frutas e na ausência de mural educativo. Os resultados mostraram que a supervisão frequente do responsável técnico se faz necessária para contribuir nas escolhas dos alimentos comercializados e, consequentemente, melhorar a qualidade nutricional dos produtos expostos para venda.<hr/>Abstract The purpose of this study was to evaluate the commercialization of food in commercial canteens located in the school environment of different educational networks, types of administration and presence of technical professional (nutritionist). The observational study was carried out in 111 canteens, of which 35 were private schools and 76 were public schools in Curitiba, Paraná, Brazil. To carry out these evaluations, a checklist containing a set of pipelines based on the state legislations of Paraná was prepared. According to current legislation, it was found that 97.37% of the canteens in public institutions and 94.29% of the private ones marketed foods considered banned because of their low nutritional value. The main prohibited foods marketed in the canteens were the industrialized snacks, the chocolates, the bullets and the artificial juices. These were also the best-selling foods and beverages, according to those responsible. In addition, 73.87% of the canteens did not have technical supervision, 89.19% did not provide two types of fruit and only 1.80% had an educational wall, as required by current legislation. It is concluded that canteens, regardless of the teaching network and type of administration, are in disagreement with the current legislation, both in the marketing of prohibited foods and in the absence of two types of fruit and in the absence of education mural. The results showed that frequent supervision of the technician is necessary to contribute to the choices of commercialized food and, consequently, to improve the nutritional quality of products offered for sale. <![CDATA[Efeito do teor de umidade de duas variedades de arroz sobre as propriedades físicas e de cozimento]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100440&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Yasemin and Anber are the main rice varieties cultivated in Iraq. Anber is the favorite variety in Iraq because of its unique flavor, and Yasemin is the most cultivated variety. Determining the suitable moisture content of both varieties to produce high extraction rate (lowest rice breakage), good rice whiteness, and the best rice quality in terms of cooked properties was the purpose of this study. Moisture content (MC) (10%, 12%, 14%, 16%) of Yasemin and Anber were used, and targeted whiteness (32, 34, and 36) were obtained by using different milling times. Results showed that the best moisture content was 14% for Yasemin variety and 10% for Anber variety in terms of extraction rate. Process time increasing led to reduction of extraction rate and increased rice whiteness. The highest extraction rate of Yasemin and Anber was 56% and 64% with 32 whiteness, respectively. Kernel breakage had opposite relationship with extraction rate. Yasemin and Anber varieties were classified as short grain rice depending on their length. The maximum elongation was at 16% MC for Yasemin variety and at 10% MC for Anber variety, which increased 60% more than uncooked rice. There was no definite pattern observed for increasing rice volume (width and weight). In conclusion, the extraction rate of Yasemin and Anber varieties was increased at 14% and 10% MC, respectively. For cooked properties, 10% MC of Anber was the best in terms of rice elongation, while 16% MC was the best for Yasemin variety.<hr/>Resumo Yasemin e Amber são as principais variedades de arroz cultivadas no Iraque. A variedade Amber é a favorita por causa de seu sabor único, enquanto a Yasemin é a mais cultivada. O objetivo do presente estudo foi determinar o teor de umidade adequado para ambas as variedades, na obtenção da melhor taxa de extração (menor quebra), brancura e qualidade do arroz em termos das propriedades de cozimento. Os teores de umidade (TU) (10%, 12%, 14% e 16%) e a brancura-alvo (32, 34 e 36) foram empregados para as variedades Yasemin e Amber com diferentes tempos de moagem. Os resultados mostraram que o melhor TU, em relação à taxa de extração, foi de 14% para a variedade Yasemin e de 10% para a variedade Amber. O aumento do tempo do processo levou à redução da taxa de extração e ao aumento da brancura do arroz. As maiores taxas de extração foram de 56% e 64% para as variedades Yasemin e Amber, respectivamente, com 32 de brancura. A quebra do grão teve relação oposta à taxa de extração. As variedades Yasemin e Amber, quanto ao comprimento, foram classificadas como arrozes de grão curto. O alongamento máximo, de 60% com relação ao arroz cru, foi obtido com TU de 16% para variedade Yasemin e de 10% para variedade Amber. Não houve padrão definido para o aumento do volume de arroz (largura e peso). Em conclusão, as taxas de extração das variedades Yasemin e Amber foram maiores em TU de 14% e 10%, respectivamente. Para as propriedades de cozimento, em termos do alongamento do arroz, o TU de 10% para a variedade Amber foi a melhor condição, enquanto para a variedade Yasemin foi de 16%. <![CDATA[Estabelecimento de sistema bacteriano de expressão de peptídeos derivados da enzima vegetal RuBisCO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100441&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O objetivo do presente estudo foi estabelecer um sistema bacteriano de expressão de peptídeos derivados da proteólise simulada in silico da enzima ribulose-1,5-bisfosfato carboxilase oxigenase (RuBisCO), proveniente de soja, visando viabilizar um método sustentável de produção dessas moléculas para futura aplicação industrial. Inicialmente, foi conferida à cepa Escherichia coli S17-1 cálcio-competência para propagação do plasmídeo de expressão pET-30a(+) contendo o inserto codificante da sequência peptídica GSIKAFKEATKVDKVVVLWTALVPR. Após extração de DNA plasmidial, o material foi transformado em células de alto rendimento E. coli Rosetta™(DE3)pLysS. As células Rosetta portando o plasmídeo de expressão foram induzidas e a produção dos peptídeos foi verificada por meio de eletroforese em gel vertical, confirmando o estabelecimento de um sistema de expressão viável para peptídeos heterólogos. Assim, a produção em maior escala de peptídeos derivados de RuBisCO – associando-se futuramente etapas de purificação e ativação – torna-se possível. Além disso, o método aqui estabelecido pode também ser aplicado utilizando diferentes sequências peptídicas com atividade antimicrobiana.<hr/>Abstract The objective of this research was to establish a bacterial expression system for peptides derived from the in silico simulated proteolysis of the enzyme ribulose-1,5-bisphosphate carboxylase/oxygenase obtained from soybeans, aiming to make a sustainable method for the production of these molecules feasible for future industrial application. Firstly, the Escherichia coli S17-1 strain was made calcium-competent for the propagation of the expression plasmid pET-30a(+), carrying the coding insert for the peptide sequence GSIKAFKEATKVDKVVVLWTALVPR. After plasmid DNA extraction, the material collected was transformed into high-efficient E. coli Rosetta™(DE3)pLysS cells. Rosetta cells carrying the expression plasmid were then induced and peptide production verified through vertical gel electrophoresis, confirming the establishment of a viable expression system for heterologous peptides. Thus, the larger scale production of RuBisCO-derived peptides – along with future purification and activation steps – became possible. In addition, the method set forth herein may also be applied to different peptidic sequences with antimicrobial activity. <![CDATA[Atividade biológica e quantificação de compostos bioativos em extrato de erva-mate e sua aplicação em hambúrguer de peixe]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100442&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A erva-mate possui compostos biologicamente ativos com aplicação industrial. Cafeína, rutina e ácido clorogênico presentes neste produto possuem atividade antioxidante e o último ainda é antimicrobiano. Este estudo objetivou avaliar a atividade biológica do extrato de erva-mate e quantificar compostos bioativos, bem como aplicar o extrato em hambúrguer de peixe para determinar seu poder conservante. A atividade antioxidante foi avaliada por DPPH (2,2-difenil-1-picrihidrazila) e FRAP (poder de redução do ferro). Foram quantificados compostos fenólicos totais e flavonoides por espectrofotometria, e cafeína, rutina e ácido clorogênico, por cromatografia líquida de ultraeficiência. A atividade antimicrobiana foi determinada pela concentração inibitória mínima (CIM). Testaram-se associações de extrato com o conservante sintético butil-hidroxi-anisol (BHA). Hambúrgueres de peixe foram incorporados com extrato de erva-mate e foram feitas análises de composição centesimal, oxidação lipídica e microbiológica por 28 dias. O extrato apresentou para DPPH IC50 de 7,91 µg mL-1, FRAP de 4.922,67 µmol de Fe (II) g-1, 104,54 EAG g-1 de fenólicos totais, 23,11 EQ g-1 de flavonoides e 49,6, 34,5 e 23,1 mg g-1 de ácido clorogênico, cafeína e rutina, respectivamente. O extrato mostrou CIM de 10, 5 e 10 mg mL-1 contra Escherichia coli, Staphylococcus aureus e Salmonella enterica, respectivamente. A combinação de extrato com BHA reduziu a quantidade de conservante sintético para a mesma atividade antioxidante e mostrou caráter aditivo para S. aureus. Os hambúrgueres de peixe com 1% de extrato ou com BHA exibiram diferença estatística na contagem de mesófilos em relação ao controle. Assim, observou-se que o extrato de erva-mate apresentou atividade biológica e o crescimento de mesófilos foi inibido nos hambúrgueres de peixe incorporados com BHA ou 1% de extrato, de forma que os compostos fenólicos quantificados seriam os prováveis agentes conservantes.<hr/>Abstract The yerba mate has a high content of biologically active compounds with industrial application. Caffeine, rutin and chlorogenic acid present in this product have antioxidant activity and the latter one is also an antimicrobial agent. This \paper aimed to assess the biological activity of yerba mate extract and quantify its bioactive compounds, as well as apply the extract in fish hamburger to determine its preservative activity. The antioxidant power was evaluated by DPPH (2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl) and FRAP (ferric reducing antioxidant power). Total phenolic compounds and flavonoids were quantified by spectrophotometry, and caffeine, rutin and chlorogenic acid by ultra-performance liquid chromatography. The antimicrobial activity was assessed by Minimum Inhibitory Concentration (MIC). Associations of extract with the synthetic preservative butyl hydroxyanisole (BHA) were tested. Fish hamburgers incorporated with yerba mate were prepared; centesimal composition, lipid and microbiological oxidation were carried out during 28 days. Results: DPPH IC50 of 7.91 µg mL-1 in the extract, FRAP of 4922.67 µmol for Fe (II) g-1, 104.54 EAG g-1 of total phenolics, 23.11 EQ g-1 of flavonoids, and 49.6, 34.5 and 23.1 mg g-1 of chlorogenic acid, caffeine and rutin, respectively. The extract presented a CIM of 10, 5 and 10 mg mL-1 against Escherichia coli, Staphylococcus aureus and Salmonella enterica, respectively. The combination of extract and BHA reduced the amount of synthetic preservative for the same antioxidant activity and presented an additive effect to S. aureus. The fish hamburgers with 1% of extract or with BHA showed statistical difference in mesophiles counting from the control group. Thus, the yerba mate extract presented biological activity and the growth of mesophiles was inhibited in fish hamburguers incorporated with BHA or 1% of extract, indicating that the quantified phenolic compounds are likely to be preservative agents. <![CDATA[Percepção sobre mídia e comportamento na compra de alimentos: estudo com consumidores de dois municípios do sul de Minas Gerais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100443&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A mídia e as propagandas de alimentos representam hoje importantes estratégias para diferenciação, promoção e venda de produtos pelas indústrias. Dessa forma, estas podem exercer forte influência sobre o comportamento de compra e consumo do consumidor. Diante destas considerações, o objetivo deste trabalho foi avaliar a percepção de consumidores sobre a mídia e suas influências sobre o comportamento de compra de alimentos, por meio de uma pesquisa de mercado com consumidores de dois municípios do sul do estado de Minas Gerais, Brasil. Foi usada uma amostra não probabilística por conveniência, totalizando 285 respondentes (150 em Varginha e 135 em Lavras), tendo como instrumento de pesquisa questões para entrevista elaboradas pelos próprios pesquisadores. Os dados foram analisados de forma descritiva. Diante dos resultados, pode-se evidenciar que, para a amostra em estudo, o consumo alimentar pode ser influenciado pelas mídias e pelas propagandas de alimentos nelas anunciadas. A exposição a estes anúncios também pode estar relacionada com as opiniões sobre o que mais se valoriza na compra de alimentos, como a praticidade e a conveniência. No que se refere à leitura dos rótulos, observou-se baixa frequência de consumidores que leem frequentemente estas informações. Juntos, estes resultados reforçam as evidências de que as estratégias de marketing têm o potencial de influenciar no comportamento alimentar dos sujeitos e, portanto, também contribuir para o alcance dos objetivos da saúde pública, no que tange a alimentação e nutrição. Ressalta-se, neste caso, a importância de estratégias de educação alimentar e nutricional para a formação de consumidores mais autônomos e críticos quanto às suas escolhas alimentares.<hr/>Abstract Media and food advertisements today represent important industrial strategies for the differentiation, promotion and selling of products. Thus, they can exert a strong influence on consumer buying and consumption behaviour. Considering this, the objective of this work was to evaluate the perception of consumers about the media and its influence on food purchasing behaviour through a market research survey with consumers from two municipalities in the south of Minas Gerais State, Brazil. A non-probabilistic sample was used for convenience, totalizing 285 respondents (150 in Varginha and 135 in Lavras), and an interview with questions prepared by the researchers themselves being used as the research instrument. The data were analysed in a descriptive way. Based on the results, it could be seen that, for the sample under study, food consumption could be influenced by the media and by the food advertisements. Exposure to these ads may also be related to opinions about what is most valued in the purchase of food, such as practicality and convenience. Regarding the reading of labels, a low frequency of consumers who frequently read this information was observed. Together, these results reinforce the evidence that marketing strategies have the potential to influence the eating behaviour of the subjects, and, therefore, also contribute to the achievement of public health goals for food and nutrition. In this case, the importance of food and nutritional education strategies for the training of more autonomous and critical consumers regarding their food choices is highlighted. <![CDATA[Image analysis as a monitoring tool in the dehydration of banana slices]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100444&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumen El objetivo de este trabajo fue evaluar los cambios morfométricos, fractales y de color durante la deshidratación de rodajas de banana mediante el uso de análisis de imágenes y la relación de estos parámetros con la cinética de secado. El secado convectivo se realizó entre 75 °C y 134 °C a una velocidad de aire de 0,65 m s-1. Los resultados mostraron que las imágenes tomadas proporcionaron información cuantitativa de los cambios morfométricos (reducción de área y circularidad, y aumentos del perímetro) por efecto de los tratamientos térmicos. El análisis de la textura fractal detectó cambios en la intensidad de los pixeles, indicando que las superficies resultaron más complejas e irregulares a medida que disminuyó el contenido de humedad del producto. La dimensión fractal de contorno (DFcont) aumentó con el tiempo de secado. En relación al color del producto seco, los parámetros a* y b* aumentaron, mientras que la Luminosidad (L*) disminuyó, lo cual está asociado al oscurecimiento de las rodajas e influenciado por el aumento de la temperatura. Las micrografías determinaron la presencia de poros que fueron aumentando en cantidad cuando incrementó la temperatura. Los resultados muestran que el análisis de imágenes puede ser empleado como herramienta de monitoreo debido a su versatilidad, bajo costo, rapidez de respuesta, además de no ser una técnica destructiva.<hr/>Abstract The objective of this work was to evaluate the morphometric, fractal and color changes during the dehydration of banana slices through the use of image analysis. The convective drying was performed between 75 °C and 134 °C at an air velocity of 0.65 m s-1. Results showed that the images provided quantitative information of the morphometric changes (area and circularity reduction, and perimeter increase) due to the effect of thermal treatments. The analysis of fractal texture detected changes in the intensity of pixels, indicating that the surfaces were more complex and irregular as the moisture content of the product decreased. The fractal dimension of the contour (FDcont) increased over drying time. Regarding the color of the dried product, the parameters a* and b* increased, whereas the lightness (L*) decreased, which is associated with the darkening of the slices and influenced by temperature increase. The micrographs determined the presence of pores that increased in quantity when temperature increased. Image analysis can be used as a monitoring tool due to its versatility, low cost, response speed, besides being a non- destructive technique. <![CDATA[Bacaba em pó produzido em leito de jorro: uma fonte alternativa de compostos bioativos e um produto alimentar energético]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100445&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study evaluated Bacaba powder produced in a spouted bed as a source of bioactive compounds and high energy value. The conditions influencing the drying process parameters (yield, moisture level, phenolic and anthocyanin retention) as well as simultaneous optimization (optimal conditions) of production were also considered. Drying was most efficient at 75 °C using maltodextrin concentrations above 20.0% (w/w). Higher anthocyanin retention (92.52%) at 65 °C (p = 0.0003), and a maltodextrin concentration of 20.0% (w/w) resulted in high retention of phenolics (95.38%). Accordingly, the operations tested under the desirability function (68 °C, maltodextrin concentration of 21.7% w/w, and air velocity of 1.3 × minimum spouting velocity (Vjm) m s-1) resulted in a process yield of 55.04% and the dry basis (d.b.) composition results were: total phenolics (376.43 mg GAE 100 g-1), energetic value (612.64 kcal 100 g-1), lipids (47.74 g 100 g-1), carbohydrates (27.79 g 100 g-1), protein (15.10 g 100 g-1), and dietetic fiber (8.45 g 100 g-1). The high solubility (92%), flowability (14%), energy, and bioactive characteristics of Bacaba powder suggest the potential for many applications, such as development of dietary supplements, high-energy drinks, milk-based and instant products, and bakery products.<hr/>Resumo Este estudo avaliou o pó de bacaba produzido em leito de jorro como fonte de compostos bioativos e de alto valor energético. As condições que influenciaram os parâmetros do processo de secagem (desempenho, teor de umidade, retenção fenólica e de antocianina), bem como a otimização simultânea (condições ótimas) de produção foram consideradas. A secagem foi mais eficiente a 75 °C usando maltodextrina em concentrações acima de 20% (p/p). A retenção de antocianinas foi alta (92,52%) a 65 ºC (p = 0,0003), e uma concentração de maltodextrina de 20% (p/p) resultou em alta retenção de fenólicos (95,38%). Assim, nas operações testadas sob a função desejabilidade (68 °C, concentração de maltodextrina de 21,7% p/p e velocidade do ar de 1,3 × velocidade de jorro mínimo (Vjm) m s-1), o rendimento do processo foi de 55,04%, e os resultados de composição em base seca (b.s.) foram: fenólicos totais, 376,43 mg GAE 100 g-1; valor energético, 612,64 kcal 100 g-1; lipídios, 47,74 g 100 g-1; carboidratos, 27,79 g 100 g-1; proteína, 15,10 g 100 g-1; e fibra dietética, 8,45 g 100 g-1. A alta solubilidade (92%), a fluidez (14%), a energia e as características bioativas do pó de bacaba sugerem seu potencial uso em muitas aplicações, como no desenvolvimento de suplementos dietéticos, bebidas de alta energia, produtos à base de leite, instantâneos e de confeitaria. <![CDATA[Modelagem e simulação do crescimento de <em>Talaromyces flavus</em> em abacaxi: uma integração entre modelos cinéticos e de fenômenos de transporte]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100446&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O estudo da dinâmica de crescimento de microrganismos em alimentos é de vital importância para a extensão da vida de prateleira desses produtos. No presente trabalho, um modelo de cinética microbiológica descrevendo o crescimento de Talaromyces flavus em abacaxi foi integrado com um modelo térmico. O modelo integrado foi utilizado para simular a shelf life do produto em processos de aquecimento. Os experimentos cinéticos foram realizados em 4 temperaturas distintas (de 20 °C a 35 °C) e índices estatísticos foram empregados para a seleção dos melhores modelos primários e secundários. O modelo térmico baseou-se na solução analítica da equação da difusão de calor para placas planas e cilindros infinitos. Observou-se que o modelo de Gompertz modificado (BF=1,003, AF=1,049, RSS=3,687 e RMSE=1,286), juntamente com os modelos de raiz quadrada estendida (BF=0,999, AF=1,012 e RSS=0,2684) e polinomial de ordem 2 (BF=0,991, AF=1,011, RSS=0,006 e RMSE=0,078) foram os modelos mais satisfatórios. O modelo cinético foi validado em condições estáticas e dinâmicas de temperatura (em dois cenários distintos) para assegurar que pudesse ser integrado com as equações de transferência de calor. As simulações demonstraram acréscimo de 23,3% na vida de prateleira com o aumento do comprimento do produto (de 2 para 30 cm) e acréscimo de 88,2% com diminuição da temperatura do ar ambiente (de 34 °C para 22 °C). Efeitos menos pronunciados foram obtidos variando o diâmetro do produto e a velocidade do ar ambiente.<hr/>Abstract The study of the dynamic behavior of microbial growth in foods is extremely important to extend the shelf life of foodstuff. In this work, a kinetic model describing the growth of Talaromyces flavus in pineapple was integrated with a thermal model. The integrated model was used in order to simulate the product’s shelf life in heating scenarios. Kinetic experiments were performed in 4 distinct temperatures (from 20 °C to 35 °C), and statistical indices were used to select the best primary and secondary models. The thermal model was developed based on the analytical solution of the heat diffusion equation for flat plates and infinite cylinders. It was shown that the modified Gompertz model (BF=1.003, AF=1.049, RSS=3.687 and RMSE=1.286), along with the extended square root model (BF=0.999, AF=1.012 and RSS=0.2684) and the second order polynomial model (BF=0.991, AF=1.011, RSS=0.006 and RMSE=0.078) were the most satisfactory models. The kinetic model was validated in both static and dynamic temperature conditions (in two distinct scenarios) to assure that it could be integrated with the heat transfer equations. Simulations had shown a 23.3% increase in shelf life increasing the product’s length (from 2 to 30 cm) and an 88.2% increase with the diminution of the ambient air temperature (from 34 °C to 22 °C). Less pronounced effects were obtained varying the product’s diameter and the velocity of the ambient air. <![CDATA[Efeito da temperatura na cinética de secagem em leito de espuma e na degradação de antocianina em morango]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100447&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O morango é uma fruta de grande consumo no mundo e de grande riqueza nutricional, sendo utilizada como ingrediente na elaboração de diversos produtos. No entanto, trata-se de uma fruta de alta perecibilidade, exigindo tecnologias para o aumento da vida útil. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a cinética de secagem e o efeito da temperatura sobre o teor de antocianinas totais do morango. Para isso, a polpa do morango foi obtida e destinada à análise de antocianinas totais e umidade. A albumina a 1% foi adicionada à polpa e submetida à bateção para a elaboração da espuma. A espuma foi disposta em bandejas em secador convectivo nas temperaturas 55, 60, 65, 70 e 75 °C, até peso constante. Os modelos de Henderson e Pabis, Lewis e Page foram ajustados aos dados de razão de umidade. O modelo generalizado da razão de umidade em função da temperatura e tempo de secagem foi construído. O teor de antocianinas totais e a umidade dos pós foram determinados. O modelo de Page foi escolhido para representar a cinética de secagem da polpa de morango, uma vez que apresentou o maior valor do coeficiente de determinação ajustado e o menor erro padrão da regressão. O modelo generalizado obtido foi satisfatório para prever a razão de umidade da polpa de morango, apresentando R2 de 0.98. O teor de antocianinas totais da polpa in natura foi de 235,03 mg / 100 g, reduzindo aproximadamente 50% do conteúdo inicial para todas as temperaturas avaliadas.<hr/>Abstract The strawberry is a fruit widely consumed throughout the world and of great nutritional wealth, being used as an ingredient in the elaboration of a variety of products. However, it is a highly perishable fruit, requiring technologies to increase its useful life. Therefore, the objective of this work was to evaluate the drying kinetics and the effect of temperature on the total anthocyanin content of the strawberry. Thus, strawberry pulp was obtained and destined for the analysis of the total anthocyanin and moisture contents. 1% albumin was added to the pulp and subjected to beating to produce a foam. The foam was placed in trays in a convective dryer at temperatures of 55, 60, 65, 70 and 75 °C, to constant weight. The Henderson and Pabis, Lewis and Page models were fitted to the moisture ratio data and the generalized model of the moisture ratio as a function of temperature and drying time constructed. The total anthocyanin and moisture contents of the powders were determined. The Page model was chosen to represent the drying kinetics of the strawberry pulp, since it presented the highest value for the adjusted coefficient of determination and the lowest standard error of the regression. The generalized model obtained was satisfactory to predict the moisture ratio of the strawberry pulp, presenting an R2 of 0.98. The total anthocyanin content of the fresh pulp was 235.03 mg / 100 g and reduced by approximately 50% for all the temperatures evaluated. <![CDATA[Estudo da desidratação osmótica do kiwi usando soluções de sacarose]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100448&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Osmotic dehydration of kiwi was evaluated using 45, 55 and 65 °Brix sucrose solutions. Free moisture, water activity and solutes gain decreased in fruit during the process. Water loss rates were higher in the beginning of drying. Water activity decrease was higher when the product was in 65 °Brix solution. The equilibrium moisture content estimated by the Peleg model decreased significantly with increasing concentration of the osmotic solution, and the diffusivity values of water loss were in the range from 1.5 × 10-9 to 1.9 × 10-9 m2 s-1. The osmotic pressures of the solutions were also predicted.<hr/>Resumo Foi estudada a desidratação osmótica do kiwi, utilizando soluções osmóticas de sacarose a 45, 55 e 65 °Brix. Durante o tempo de desidratação, houve diminuição da umidade livre, da atividade da água e ganho de soluto pelo fruto. Observou-se um período inicial de secagem, em que as taxas de perda de água foram maiores. A diminuição da atividade da água foi maior quando o produto esteve imerso na solução a 65 °Brix. O teor de umidade de equilíbrio estimado pelo modelo de Peleg diminuiu significativamente com o aumento da concentração da solução osmótica e os valores de difusividade de água estiveram na faixa entre 1,5 × 10-9 a 1,9 × 10-9 m2 s-1. As pressões osmóticas das soluções também foram preditas. <![CDATA[<em>Avaliação da composição química e atividade antioxidante em três algas marinhas do Egito:</em> Dictyota dichotoma, Turbinaria decurrens e Laurencia obtusa]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100449&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Seaweeds have a growing number of successful applications in the food industry, medicine and in the cosmetic industry, which increases the importance of evaluating their chemical composition. In the present study, three common Egyptian seaweeds (Dictyota dichotoma, Turbinaria decurrens and Laurencia obtusa) were collected from the Red Sea coast, Suez, Egypt. The chemical profile of the three seaweeds was studied beside the antioxidant activity of their extracts. The results indicated that the amount of carbohydrate was greater than the protein and lipid contents in the three seaweeds, with a natural richness in minerals and antioxidants besides considerable amounts of monounsaturated and polyunsaturated fatty acids, including Omega-3 and Omega-6 fatty acids. All essential amino acids for human were found in the three seaweeds, with significant amounts of aspartic and glutamic acids. Furthermore, the results of the antioxidant activity assays were consistent with the antioxidant contents (phenols, flavonoids, alkaloids, vitamin C, carotenoids) of each seaweed. D. dichotoma was the most valuable seaweed of the three species studied, due to its relatively high protein content of 7.28 ± 0.25%, moderate carbohydrate content of 25.35 ± 0.32%, and highest pigment and antioxidant contents. In conclusion, these three seaweeds, especially Dictyota dichotoma, have an interesting chemical composition with a prospective nutritional and pharmaceutical value.<hr/>Resumo Algas marinhas têm um número crescente de aplicações bem-sucedidas nas indústrias de alimentos, de produtos farmacêuticos e de cosméticos, o que aumenta a importância de se avaliar sua composição química. No presente estudo, três algas marinhas comuns no Egito (Dictyota dichotoma, Turbinaria decurrens e Laurencia obtusa) foram coletadas do Mar Vermelho, Suez, Egito. O perfil químico de cada alga marinha foi estudado como também a atividade antioxidante dos seus extratos. Os resultados indicaram que as quantidades de carboidratos foram maiores que os conteúdos de proteína e lipídeo nas três algas marinhas, com uma riqueza natural em minerais e antioxidantes, além de quantias razoáveis de ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados, incluindo os ácidos graxos Omega-3 e Omega-6. Todos os aminoácidos essenciais para humanos foram encontrados nas três algas marinhas, com quantias significantes dos ácidos aspártico e glutâmico. Ademais, os resultados obtidos nos ensaios de atividade antioxidante foram de acordo com os conteúdos antioxidantes (fenóis, flavonoides, alcaloides, vitamina C e carotenoides) de cada alga marinha. Das três espécies de algas marinhas estudadas, D. dichotoma apresentou o maior valor devido ao seu conteúdo relativamente alto de proteína, de 7,28 ± 0,25%, ao conteúdo moderado de carboidrato, de 25,35 ± 0,32%, e conteúdos mais altos de pigmentos e antioxidantes. Em conclusão, as três algas marinhas, e especialmente Dictyota dichotoma, têm composições químicas interessantes, cujos valores apresentam perspectivas nutricionais e farmacêuticas. <![CDATA[Uso da metodologia de superfície de resposta na otimização da extração de compostos fenólicos da casca dos frutos de <em>Hymenaea courbaril</em> L. (Jatobá)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100450&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Os hábitos alimentares e medicinais dos povos da região Amazônica são ricos em frutos considerados exóticos ou subutilizados comercialmente, alguns dos quais geram considerável quantidade de resíduos. As cascas do fruto de Hymenaea courbaril L. (jatobá) foram submetidas a um processo de extração simultânea de compostos fenólicos, otimizado pela metodologia de superfície de resposta. Experimentos preliminares, investigando relação amostra-solvente (g/mL), tempo (minutos) e temperatura (°C) de extração, indicaram os limites para o delineamento da região experimental, a qual foi monitorada por um planejamento composto central rotacional com 19 ensaios. Os resultados experimentais ajustaram-se ao modelo polinomial de segunda ordem, o qual foi capaz de descrever de forma significativa a variabilidade observada para as variáveis de resposta. As condições otimizadas foram 60,6% de etanol, 64,18 °C e tempo de extração de 71,93 min, e o modelo apresentou como valores preditos 35,265 ± 2,22 mg equivalentes ao ácido gálico/g de matéria seca e 1,210 ± 0,16 mg equivalentes a rutina/g de matéria seca, para compostos fenólicos totais e flavonoides totais, respectivamente. Os valores observados experimentalmente, 33,234 ± 1,66 mg equivalentes ao ácido gálico/g de matéria seca e 1,216 ± 0,008 mg equivalentes a rutina/g matéria seca, para compostos fenólicos totais e flavonoides totais, respectivamente, não apresentaram diferença estatisticamente significativa em relação aos valores preditos pelo modelo, dentro de um intervalo de confiança de 95%. Estes resultados ratificaram a capacidade preditiva e a adequação da metodologia de superfície de resposta na otimização da extração simultânea para compostos fenólicos totais e flavonoides totais da casca dos frutos de jatobá.<hr/>Abstract The food and medicinal habits of Amazon people are rich in fruits considered as exotic or commercially underutilized, some of which generate a considerable amount of residue. The Hymenaea courbaril L. (Jatobá) fruit shell was submitted to a simultaneous extraction of total phenolic compounds, optimized by response surface methodology. Preliminary experiments, investigating sample-solvent ratio (g/mL), time (minutes) and extraction temperature (ºC), indicate the limits for experimental region design, which was monitored by rotational central composite design consisting of 19 runs. The experimental results fitted well to the second order polynomial model generated, which was able to significantly describe the observed variability for response variables. The optimized conditions were 60.6% ethanol, 64.18 ° C, 71.93 minutes and the model presented predicted values of 35.265 ± 2.22 mg gallic acid equivalent / g dry matter and 1.210 ± 0.16 mg rutin equivalent / g dry matter, for total phenolic compounds and total flavonoids, respectively. The experimental observed values, 33.234 ± 1.66 mg gallic acid equivalent / g dry mater and 1.216 ± 0.008 mg rutin equivalent / g dry matter, for total phenolic compounds and total flavonoids respectively, agreed with those predicted within a 95% confidence interval. These results confirm the predictive capacity and the adequacy of response surface methodology in optimizing simultaneous extraction of total phenolic compounds and total flavonoids from shell of jatobá fruits. <![CDATA[Perfil fenólico, nutricional e antioxidante do pólen coletado pelo gênero <em>melipona</em> no Nordeste do Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100451&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The pollen collected by eusocial bees is often reported as being healthy food due to its important nutritional and therapeutic properties. However, studies reporting such properties are rare, especially for pollen collected by the genus Melipona in northeastern Brazil, which is the focus of this research. Pollen from seven species of stingless bees was analysed for its nutritional composition (sugar, lipid, protein and amino acids). The phenolic compound profile was described based on fourteen phenolic compounds (apigenin, kaempferol, luteolin, naringin, rutin, gallic acid, ferulic acid, caffeic acid, p-coumaric acid, chlorogenic acid, abscisic acid, protocatechuic acid, vanillic acid and trans-cinnamic acid). The antioxidant property was analysed by quantifying of total phenolic compounds, total flavonoids and DPPH. Chromatographic methods were used to identify and quantify the phenolic compounds and amino acids. The pollen samples from the bees under study showed good concentrations of proteins and amino acids and good antioxidant potential. The phenolic compounds luteolin, trans-cinnamic acid and apigenin were identified and described in pollen for the first time. Of the amino acids analysed, asparigine, glutamic acid, leucine and proline showed the highest concentrations. The research related to the theme showed that this is one of the first studies to identify and quantify the phenolic compounds and amino acids in stingless bee pollen, reflecting its importance in therapeutic use and as a food supplement.<hr/>Resumo O pólen coletado pelas abelhas eussociais é frequentemente relatado como um alimento saudável devido às suas propriedades nutricionais e terapêuticas importantes. Entretanto, estudos relatando tais propriedades são raros, especialmente para o pólen coletado pelo gênero Melipona, no Nordeste brasileiro, que é o foco desta pesquisa. O pólen de sete espécies de abelhas sem ferrão foi analisado quanto à composição nutricional (açúcar, lipídios, proteínas e aminoácidos). O perfil fenólico foi descrito utilizando 14 fenóis (apigenina, kaempferol, luteolina, narigerina, rutina, ácido gálico, ácido ferúlico, ácido cafeico, ácido p-cumárico, ácido clorogênico, ácido abscísico, ácido protocatecuico, ácido vanílico e ácido trans-cinâmico). A propriedade antioxidante foi analisada pela quantificação de fenóis totais, flavonoides totais e DPPH. Para a identificação e quantificação de compostos fenólicos e aminoácidos, foram utilizados métodos cromatográficos. As amostras de pólen das abelhas em estudo apresentaram boas concentrações de proteínas e aminoácidos, e potencial antioxidante. Os compostos fenólicos luteolina, ácido trans-cinâmico e apigenina foram identificados e descritos pela primeira vez em pólen. Entre os aminoácidos analisados, asparagina, ácido glutâmico, leucina e prolina apresentaram maior concentração. A busca por pesquisas relacionadas ao tema mostrou que este é um dos primeiros estudos com identificação e quantificação de compostos fenólicos e aminoácidos do pólen de abelhas sem ferrão, refletindo sua importância no uso terapêutico e como suplemento alimentar. <![CDATA[Segurança dos alimentos: influência sazonal na contaminação parasitária em alface (<em>Lactuca sativa</em> L.) comercializada em feiras livres de Belém, Pará]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100452&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O consumo de vegetais in natura no Brasil e no mundo vem apresentando um crescimento significativo. Dentre estes alimentos, a alface crespa (Lactuca sativa L.) é a hortaliça folhosa de maior consumo no país, pois se adequa a diversos tipos de dieta e apresenta baixo valor calórico. Entretanto, a preferência por este tipo de alimentos e seus benefícios pode expor os consumidores ao risco de contrair infecções por diversos patógenos. O presente estudo objetivou avaliar a influência da sazonalidade no grau de contaminação parasitária em alfaces crespas comercializadas em quatro feiras livres do município de Belém-PA. Um total de 120 exemplares de alfaces foram adquiridas aleatoriamente nas feiras municipais de Belém, durante a estação seca e chuvosa, as quais foram processadas e analisadas individualmente pelo método de sedimentação espontânea. Observou-se que o nível de contaminação da hortaliça foi similar nos distintos períodos sazonais, sendo de 36,7% durante o período de seca e 38,7% na estação chuvosa. A contaminação parasitária mista, detectada especialmente no período chuvoso, sugere que os índices pluviométricos podem influenciar no aumento do número de espécies de parasitos que potencialmente podem afetar a população. Os resultados demonstraram uma elevada contaminação por agentes parasitários em todas as feiras que comercializavam a hortaliça. As principais estruturas parasitárias detectadas foram ovos de Ascaris sp., Ancylostoma sp., Strongyloides sp., Enterobius vermiculares, Taenia sp., oocisto de Toxoplasma gondii, além de diversas sujidades. O estudo identificou uma taxa moderada de contaminação por helmintos e protozoários de alfaces comercializadas nas feiras livres no município de Belém, evidenciando o contínuo risco de infecção parasitária humana através do consumo de hortaliças cruas, o que justifica a implementação de medidas que propiciem uma melhora na qualidade higiênico-sanitária.<hr/>Abstract The consumption of fresh vegetables in Brazil and in the world has been increasing significantly. Of these foods, lettuce (Lactuca sativa L.) is the vegetable most consumed in Brazil, since it is suitable for several types of diet and presents a low caloric value. Nevertheless, the preference for this type of food and its benefits may expose consumers to the risk of contracting infections due to various pathogens. The objective of the present study was to evaluate the influence of seasonality on the parasitic contamination of lettuces commercialized in four street markets in the city of Belém-PA, Brazil. One hundred and twenty lettuce specimens were obtained from municipal street markets in Belém during the dry and rainy seasons, and then processed and analysed individually by the spontaneous sedimentation method. The level of contamination of the vegetables was found to be similar in the different seasonal periods, being 36.7% during the dry season and 38.7% in the rainy season. Mixed parasitic contamination, detected especially in the rainy season, suggests that the rainfall indices may influence the increase in the number of parasite species potentially affecting the population. The results showed elevated contamination by parasitic agents in all the street markets that commercialized the vegetable. The main parasitic species detected were Ascaris sp., Ancylostoma sp., Strongyloides sp., Enterobius vermicularis, Taenia sp., Toxoplasma gondii oocyst, and other dirt. The study identified a moderate rate of contamination by helminths and protozoans in the lettuces sold in the street markets of the city of Belém, showing evidence of the continuous risk of parasitic infections to humans from the consumption of raw vegetables, which justifies the implementation of measures that allow for an improvement in the hygienic-sanitary quality. <![CDATA[Previsão de queda de pressão em leitos empacotados com materiais granulares: influência da redução da umidade e velocidade do ar]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100453&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The influence of the moisture content of the solids on the pressure drop through packed beds of soy, barley, lentils and oats was investigated. The properties of the grains and the packed beds were determined varying the moisture contents of the solids between the equilibrium moisture content and 0.24 g g-1 (mass of water per mass of dry solid). The pressure drops were measured as a function of the aeration velocity under different moisture contents of the solids. It was observed that a reduction in the moisture content caused a decrease in the particle dimensions but did not affect their shape. Due to the reduction in size caused by the moisture removal, the packed beds become denser and less permeable to the airflow, resulting in an increase in the pressure drop. In the moisture range investigated, the pressure drops increased by more than 39% for lentils, soy and barley, and by about 24% for oats, indicating that the energy consumption during aeration could rise significantly. The parameters of the Forchheimer’s equation were modified to take into account the influence of the moisture content of the solids on the pressure drops. For each particle, empirical equations were proposed and shown to be adequate to accurately predict the pressure drop of the packed beds as a function of the moisture content and aeration velocity.<hr/>Resumo Neste estudo foi investigada a influência da umidade do sólido sobre a queda de pressão em leitos fixos de soja, cevada, lentilha e aveia. As propriedades dos grãos e do leito foram determinadas variando-se a umidade dos sólidos entre o valor de equilíbrio até 0,24 g g-1 (massa de água por massa de sólido seco). As quedas de pressão nos leitos foram medidas em função da velocidade de aeração para diferentes níveis de umidade do sólido. Foi observado que uma redução no teor de umidade causou uma diminuição nas dimensões das partículas, mas não afetou sua forma. Devido à redução de tamanho provocada pela remoção da umidade, os leitos tornaram-se mais densos e menos permeáveis ao escoamento de ar, resultando em aumento na queda de pressão. Na faixa de umidade investigada, as quedas de pressão aumentaram em mais de 39% para a lentilha, soja e cevada, mas apenas em 24% para a aveia, indicando que o consumo de energia na aeração pode aumentar significativamente. Os parâmetros da equação de Forchheimer foram modificados para considerar a influência do teor de umidade do sólido nas quedas de pressão. Para cada partícula, equações empíricas foram propostas e mostraram-se adequadas para prever com boa precisão a queda de pressão dos leitos em função do conteúdo da umidade e velocidade de aeração. <![CDATA[Óleos essenciais no controle de <em>Botrytis cinerea</em>: influência na qualidade pós-colheita de uvas ‘Rubi’]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100454&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Para que ocorra o controle de doenças na pós-colheita de uvas, são utilizados agroquímicos que, apesar de eficientes, podem causar problemas à saúde humana. Neste sentido, o presente trabalho tem o objetivo de verificar o potencial dos compostos voláteis presentes no óleo essencial de pitanga (OEP), guaçatonga (OEG) e melaleuca (OEM) no controle de Botrytis cinerea tanto in vitro quanto inoculados nas bagas de uvas ‘Rubi’, bem como verificar a indução de resistência nesses frutos. Dessa forma, avaliou-se o crescimento micelial do B. cinerea, o controle do mofo cinzento nas uvas ‘Rubi’, a qualidade pós-colheita dessas bagas e a atividade das enzimas polifenoloxidase (PPO), fenilalanina amônio liase (PAL), glucanase (GLU) e quitinase. De acordo com os resultados, observou-se que os compostos voláteis liberados pelos óleos essenciais reduziram os índices de velocidade de crescimento micelial de B. cinerea e da doença do mofo cinzento. Os tratamentos com voláteis de OEP e OEG ativaram mecanismos de indução de resistência desses frutos. Dessa forma, ressalta-se que OEP e OEG liberam compostos que apresentam a capacidade de agir diretamente sobre B. cinerea e também induzem a resistência de uvas ‘Rubi’, reduzindo o mofo cinzento nessas uvas.<hr/>Abstract Agrochemicals are used to control diseases in post-harvest grapes, but although efficient, they may cause human health problems. Thus, the objective of the present work was to verify the potential of the volatile compounds present in the essential oils of the fruits pitanga (EOP), guaçatonga (EOG) and melaleuca (EOM) in the control of Botrytis cinerea both in vitro and inoculated in ' Rubi ' grapes, as well as to verify the induction of resistance in these fruits. Thus, B. cinerea mycelial growth, grey mould control in 'Rubi' grapes, post-harvest quality of the grapes and the activities of the enzymes polyphenoloxidase (PPO), phenylalanine ammonium lyase (PAL), glucanase (GLU) and chitinase, were evaluated. According to the results it was observed that the volatile compounds released by the essential oils reduced the rates of mycelial growth of B. cinerea and of the grey mould disease, and the treatments with the volatiles from EOP and EOG activated the resistance induction mechanisms of these fruits. Thus, EOP and OEG release compounds that can act directly on B. cinerea and also induce resistance in the 'Rubi' grapes, reducing the grey mould in these grapes. <![CDATA[Tratamento de bagaço de cana-de-açúcar para imobilização de β-glucosidase de soja e aplicação em isoflavonas de soja]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100455&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Sugarcane bagasse from agro-industrial residues was autoclaved at 121 °C for 15 min, treated with 2% NaOH and activated with 2.5% glutaraldehyde for the immobilization of soybean β-glucosidase. Scanning electron microscopy, energy dispersive X-ray spectroscopy and Fourier transform infrared spectroscopy characterized and confirmed the immobilization of the β-glucosidase on the sugarcane bagasse. The immobilization efficiency was influenced by the type of bagasse modification and was 99% at maximum. The optimum immobilization conditions were 1 mg mL-1 protein, pH 7.0, 2.5% glutaraldehyde, 110 rpm and 8 h of incubation at 4 °C. The immobilized system could be reused for 15 cycles without the complete loss of activity. The thermal stability indicated a residual activity of 15% after 180 min incubation at 70 °C. The conversion efficiency of glucosides to aglycones in commercial soymilk by β-glucosidase immobilized on sugarcane bagasse was evaluated and the total aglycone content increased by 23.8% after incubation at 50 °C for 120 min.<hr/>Resumo O bagaço de cana-de-açúcar, de resíduos agroindustriais, foi autoclavado a 121 °C durante 15 min, tratado com NaOH a 2% e ativado com 2,5% de glutaraldeído, para imobilização de β-glicosidase de soja. Análises de microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia de raios X por dispersão de energia e espectroscopia de infravermelho por transformada de Fourier caracterizaram e confirmaram a imobilização de β-glicosidase em bagaço de cana. A eficiência da imobilização foi influenciada pelo tipo de modificação do bagaço com a máxima de 99%. As condições de imobilização ótimas foram de 1 mg de proteína mL-1, pH 7,0, 2,5% de glutaraldeído, 110 rpm e 8 h de incubação a 4 °C. O sistema imobilizado pode ser reutilizado por 15 ciclos sem perda completa de atividade. A estabilidade térmica indicou uma atividade residual de 15% após uma incubação de 180 min a 70 °C. A conversão de eficiência de isoflavonas glicosídicas em agliconas em um leite de soja comercial por β-glicosidase imobilizada em bagaço de cana foi avaliada e o teor de agliconas totais aumentou em 23,8% após incubação a 50 °C durante 120 minutos. <![CDATA[Cardanols detectados nos extratos apolares da própolis de Scaptotrigona aff. postica (Hymenoptera, Apidae, Meliponini)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100456&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The propolis produced by stingless bees of the tribe Meliponini is a viscous product that contains the resin collected from buds, leaves and plant exudates, mixed with salivary secretions, wax and soil. The species Scaptotrigona aff. postica (Latreille, 1807), (Hymenoptera, Apidae, Meliponinae) popularly known as “tubi” in Maranhão State, Brazil, does not mix soil to produce its propolis. The propolis from S. postica harvested in Barra do Corda, Maranhão State, is popularly used in the treatment of wounds and respiratory illnesses. The hydroalcoholic extract of this propolis, rich in flavone-6,8-di-C-glycosides (vicenin-2 and schaftoside), pyrrolizidine alkaloids derived from retronecine, catechin and caffeoylquinic acid derivatives exhibited antiviral activity against the herpes simplex and rubella viruses. The aim of this study was to increase knowledge about the chemical composition of the S. postica propolis by analyzing non-polar extracts obtained using hexane and chloroform as the solvents, by GC-EI-MS. A total of 15 constituents were identified comparing their respective mass spectral data with those available in the NIST data bases and those reported in the literature. The main constituents detected were the phenolic lipids, known as cardanols, 3-(4,7-heptadecadienyl) phenol (5), 3-(10-heptadecenyl) phenol (7), 3-heptadecylphenol (9) and 3-pentadecyl phenol or hydrocardanol (13), which predominated in the hexane extract, while the predominant constituents in the chloroform extract were 3-pentadecyl phenol or hydrocardanol (13) and 3-(8-pentadecenyl) phenol (12). The antioxidant, antitumoral, antifeedant, cytotoxic, anticarcinogenic, antiproliferative, antimicrobial, antileishmanial and larvicidal activities of the cardanols have been demonstrated in many studies.<hr/>Resumo A própolis elaborada pelas abelhas sem ferrão (Apidae, Meliponini) é um material resinoso extraído de brotos, folhas e exsudatos de plantas, que são misturados com secreções salivares, cera e solo. A espécie Scaptotrigona aff. postica (Latreille, 1807), (Hymenoptera, Apidae, Meliponini), popularmente conhecida como “tubi”, no estado do Maranhão, não mistura solo na produção da própolis. A própolis de S. postica coletada no município de Barra do Corda, estado do Maranhão, é usada popularmente no tratamento de feridas e doenças respiratórias. O extrato hidroalcoólico desta própolis é rico em flavonas-6,8- C -glicosídeos (vicenina e schaftosídeo), alcaloides pirrolizidínicos, catequinas e ácidos cafeoilquínicos, e mostrou atividade antiviral contra os vírus do herpes e da rubéola. O objetivo deste estudo foi ampliar o conhecimento sobre a composição química da própolis de S. postica, analisando os extratos apolares obtidos usando hexano e clorofórmio como solventes, por cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massas. Os 15 constituintes detectados foram identificados comparando os seus respectivos espectros de massas com espectros de massas compilados nas bases de dados NIST e reportados na literatura. Os principais constituintes encontrados foram os lipídios fenólicos, conhecidos como cardanóis, 3-(4,7-heptadecadienil) fenol (5), 3-(10-heptadecenil) fenol (7), 3-heptadecilfenol (9) e 3-pentadecilfenol ou hidrocarbônico (13), que predominaram no extrato hexânico, enquanto que, no extrato clorofórmico, os constituintes predominantes foram 3-pentadecilfenol ou hidrocarbônico (13) e 3-(8-pentadecenil) fenol (12). As atividades antioxidante, antitumoral, citotóxica, antiproliferativa e larvicida dos cardanóis foram demonstradas através de vários estudos. <![CDATA[Cinética de secagem e propriedades de transferência de massa para a secagem da flor de cardo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100457&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Thistle flowers, and particularly their stigmas, are used to coagulate milk in the production of a number of traditional Portuguese cheeses due to their high milk-clotting activity provided by the high content of aspartic proteases. The aim of the present work was to determine the mass transfer properties of thistle flower under different drying conditions: natural drying and convective drying. Convective drying took place in a convection chamber set at different temperatures (35 to 65 °C) and the process was terminated when the sample presented a moisture content of about 5% or less. The traditional drying method was also used, placing the thistle flowers in a dry place sheltered from the sun, and leaving them to dehydrate at the variable room temperature. The present work allowed for the conclusion that convective drying was much faster than natural drying, and that the drying rate increased with temperature. The drying curve revealed an initial constant rate period followed by a falling rate. All the five thin layer models tested to fit the experimental data were shown to adequately describe the drying of the thistle flowers, but the best one was the Page model. The drying constant increased with temperature as did the effective diffusivity and the mass transfer coefficient. The results allowed one to estimate the activation energy for moisture diffusion (57 kJ/mol) and for convective mass transfer (78 kJ/mol). Thus this study showed the possibilities for designing efficient drying processes for the thistle flower used for milk-clotting in the manufacture of traditional cheeses.<hr/>Resumo A flor de cardo e, em particular, os seus estigmas, são utilizados para coagular o leite na produção de vários queijos tradicionais portugueses, devido à sua elevada atividade de coagulação, proporcionada pelo elevado teor de proteases aspárticas. O objetivo do presente trabalho foi determinar as propriedades de transferência de massa da secagem de flor do cardo em diferentes condições: secagem natural e convectiva. A secagem convectiva decorreu em câmara de convecção a diferentes temperaturas (35 a 65 °C) e o processo foi finalizado quando a amostra apresentava um teor de umidade de cerca de 5% ou inferior. Além disso, adotou-se também o método tradicional de secagem, colocando a flor de cardo em local seco e protegido do sol, deixando-a desidratar à temperatura ambiente variável. O presente trabalho permitiu concluir que a secagem convectiva foi muito mais rápida que a secagem natural e ainda que a velocidade de secagem aumentou com a temperatura. A curva de secagem revelou um período inicial de velocidade constante, seguido de fase de velocidade decrescente. Todos os cinco modelos de camada fina testados para se ajustarem aos dados experimentais revelaram descrever adequadamente a secagem da flor de cardo, no entanto, o modelo que se revelou melhor foi o de Page. A constante de secagem aumentou com a temperatura, assim como a difusidade efetiva e o coeficiente de transferência de massa. Os resultados permitiram estimar a energia de ativação para difusão de umidade (57 kJ/mol) e para a transferência de massa por convecção (78 kJ/mol). Desta forma, este estudo mostrou as possibilidades de projetar processos de secagem eficientes para a flor de cardo utilizada como coagulante do leite na fabricação de queijos tradicionais. <![CDATA[Aceitação sensorial e caracterização de iogurte suplementado com xarope de yacon e extrato de caju como fontes de compostos bioativos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100458&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Yacon syrup (YS) and cashew apple extract (CAE) are products with high concentrations of bioactive compounds such as fructooligosaccharides and carotenoids, which exhibit prebiotic and antioxidant properties. The objective of this work was to evaluate the impact of YS and CAE on the chemical, physical, physicochemical and sensory properties when these products were incorporated into natural yoghurt. Initially, the YS and CAE were characterized by chemical, physical and physicochemical analyses. The bioactive compounds, such as carotenoids, fructooligosaccharides and phenolic compounds, and the antioxidant activity were also determined. After characterization, natural yoghurt was supplemented with YS and CAE in different concentrations as follows: formulation A (non-supplemented yoghurt, as the control), formulation B (yoghurt with the addition of 20% of YS), formulation C (yoghurt with the addition of 20% of YS and 10% of CAE) and formulation D (yoghurt with the addition of 20% of YS and 20% of CAE). The formulations were evaluated for their sensory acceptance (overall acceptance, texture and appearance) and purchase intent, and were then characterized by chemical, physicochemical and physical analyses. The results indicated that the YS and CAE presented high concentrations of bioactive compounds, such as fructooligosaccharides and carotenoids, respectively. In addition, when the yoghurt was supplemented with these products, this induced changes in the chemical, physicochemical and physical properties of the yoghurt. In the sensory analysis, all the formulations presented good acceptance. The results indicated that yoghurt could be considered as an interesting vehicle for YS and CAE, products with high levels of bioactive compounds that may exert beneficial effects on human health.<hr/>Resumo O xarope de yacon (XY) e o extrato concentrado de caju (ECC) são produtos que apresentam elevadas concentrações de compostos bioativos, como fruto-oligossacarídeos e carotenoides, que exibem propriedades prebióticas e antioxidantes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto de XY e ECC nas características químicas, físicas, físico-químicas e sensoriais, quando estes produtos foram incorporados em um iogurte. Inicialmente, o XY e o ECC foram caracterizados através de análises químicas, físico-químicas, físicas e de compostos bioativos (carotenoides, fruto-oligossacarídeos, compostos fenólicos e atividade antioxidante). Após a caracterização, o XY e o ECC foram adicionados ao iogurte natural em diferentes concentrações, sendo estas: formulação A (sem adição de XY e ECC), formulação B (iogurte com adição de 20% de XY), formulação C (iogurte com adição de 20% de XY e 10% de ECC) e formulação D (10% de ECC e iogurte com adição de 20% de XY e 20% de ECC). As amostras foram então avaliadas sensorialmente com relação a aceitação (global, textura e aparência) e intenção de compra, além de serem caracterizadas através de análises químicas, físico-químicas e físicas. Os resultados indicaram que o XY e o ECC apresentam elevadas concentrações de compostos bioativos. Além disso, quando adicionados ao iogurte, a suplementação induziu mudanças nas propriedades químicas, físico-químicas e físicas do iogurte. Com relação aos testes sensoriais, todas as formulações apresentam uma boa aceitação sensorial. Esses resultados indicam que o iogurte pode ser considerado um veículo interessante para XY e ECC, que são produtos que apresentam elevadas concentrações de compostos bioativos que podem exercer efeitos benéficos à saúde humana. <![CDATA[Quantificação, migração e declínio de natamicina em queijos azuis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100459&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study aimed to quantify the concentration of natamycin in the rind and verify its migration in Gorgonzola type cheese, as well as evaluating the decline of natamycin in Blue cheese during maturation. Eight samples of Gorgonzola cheese were purchased in supermarkets of which six were produced in different regions of Brazil, one in Argentina and one in Italy. The rinds of four of the eight cheese samples presented natamycin concentrations above 5 mg/kg, three of these samples being from Brazil and one from Argentina. With the exception of the Italian cheese, all the samples showed natamycin inside the cheese mass (up to 6 mm from the rind). To evaluate the rate of decline during the ripening of Blue cheeses, samples were collected from an industry as from day 0 (day of manufacture) up to the 45 days of ripening. The results showed that, after 45 days of ripening for cheese immersed in a 3% natamycin solution, the concentration in the rind was 4 times the amount allowed by the legislation (5 mg/kg). However, for immersion in a 1.5% natamycin solution, after 25 days of ripening, the antifungal concentration was in accordance with the standards established by the legislation.<hr/>Resumo Este estudo teve por objetivo quantificar a concentração de natamicina na casca e verificar sua migração em queijos tipo Gorgonzola, além de avaliar o declínio da natamicina em queijo Azul, ao longo da maturação. Para isso, foram adquiridas oito amostras de queijo tipo Gorgonzola em supermercados, sendo seis produzidos em diferentes regiões do Brasil, um na Argentina e um da Itália. Na casca, quatro das oito amostras de queijo apresentaram concentração de natamicina acima de 5 mg/kg, sendo, destas, três provenientes do Brasil e uma da Argentina. Com exceção do queijo italiano, todas as amostras apresentaram natamicina na massa do queijo (até 6 mm da casca). Para avaliar a taxa de declínio ao longo da maturação em queijos Azuis, estes foram coletados em uma indústria a partir do dia zero (dia da fabricação) até os 45 dias de maturação. Os resultados mostraram que, com o banho de natamicina a 3%, aos 45 dias de maturação, sua concentração na casca era igual a quatro vezes o valor permitido pela legislação (5 mg/kg). No entanto, com banho de 1,5% de natamicina, aos 25 dias de maturação, a concentração do antifúngico encontrava-se de acordo com os padrões estabelecidos pela legislação. <![CDATA[Efeitos de farinha de oleaster, glúten ativo e substituição de sacarose com acessulfame de potássio e isomalte nas propriedades funcionais de bolo funcional]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100460&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Oleaster (Elaeagnus angustifolia L.) is a fruit with special nutraceutical value which grows under a wide range of climatic conditions in Europe and Asia. In the present study, the effects of oleaster flour (15%, 30% and 45%) and active gluten at (0 and 3%) on the physical, chemical and sensory properties of sponge cakes were assessed. The best sample was selected based on the qualitative properties and compared with the control with respect to the staling rate and nutritional aspects. In order to decrease the calories, the sucrose content of the selected sample was replaced with potassium acesulfame and isomalt at the levels of 30%, 50% and 70%. Oleaster flour increased the density but decreased the hardness and cohesiveness of the cake. Active gluten decreased the density and hardness but increased the cohesiveness and springiness. Considering the qualitative properties of the sponge cakes, the sample containing 30% oleaster flour and 3% gluten (30 OFG) was selected as the best. Replacement of the sucrose in 30 OFG increased the hardness, density, redness and yellowness of the crumb. With 30% sucrose replacement, the quality of the product was adequately maintained. The use of oleaster significantly increased the calcium, potassium, crude fibre, fat and total phenolic compound contents of the sponge cakes as compared to the control. The sample containing 30% oleaster flour and 3% gluten with 30% sucrose replacement showed appropriate physicochemical, textural and sensory properties.<hr/>Resumo Oleaster (Elaeagnus angustifolia L.) é uma fruta com valor nutracêutico especial, que cresce em uma ampla faixa de condições climáticas na Europa e na Ásia. No estudo atual, os efeitos da farinha de oleaster (15%, 30% e 45%) e de glúten ativo (0 e 3%) nas propriedades físicas, químicas e sensoriais de bolos tipo esponja foram avaliados. A melhor amostra foi selecionada baseando-se nas suas propriedades qualitativas e comparando-se com o controle em relação à taxa de endurecimento e aos aspetos nutricionais. Para diminuir as calorias, o conteúdo de sacarose da amostra selecionada foi substituído por acessulfame de potássio e isomalte nos níveis de 30%, 50% e 70%. A farinha de oleaster aumentou a densidade do bolo, mas diminuiu a dureza e a coesão. O glúten ativo diminuiu a densidade e a dureza, mas aumentou a coesão e a elasticidade. Considerando as propriedades qualitativas dos bolos tipo esponja, a amostra contendo 30% de farinha de oleaster e 3% de glúten ativo (30 OFG) foi selecionada como a melhor. A substituição da sacarose em 30 OFG aumentou a dureza, a densidade e as cores vermelho e amarelo do miolo, mas, com substituição de 30% da sacarose, a qualidade do produto foi mantida adequadamente. O uso de oleaster aumentou significativamente os conteúdos de cálcio, potássio, fibra bruta, gordura e compostos fenólicos totais. A amostra contendo 30% de farinha de oleaster e 3% de glúten com substituição de 30% da sacarose apresentou propriedades físico-químicas, de textura e sensoriais apropriadas. <![CDATA[Cristalização de lactose em leito vibrado com monitoramento contínuo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100461&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The aim of this work was to evaluate the crystal size distribution (CSD) and microscopy of the crystalline phase in isothermal lactose crystallization, using a high seeding concentration (dense phase). In-line monitoring was carried out using Focused Beam Reflectance Measurement (FBRM) and Particle Vision Measurement (PVM) probes in a stainless steel trunk-conical shaped jacketed crystallizer. The vibratory shaking system consisted of two perforated discs coupled to a movable axle. A conventional crystallization unit, with a three-blade propeller attached to a stainless steel shaft, was used for comparison. Concentrated cheese whey, purified with an organic coagulant, and commercial lactose solutions were used. Crystallization was improved in the high-purity solutions. Microparticles and/or aggregates appeared before seeding, mainly in the purified cheese whey solution, in which there are impurities. Secondary nucleation was present in both the vibratory agitation and conventional rotary agitation systems, being intensified by increases in agitation. Crystallization in a vibratory system should be carried out with a vibration frequency of 250 rpm, since an increase to 400 rpm reduced the amount of larger crystals.<hr/>Resumo O estudo visa avaliar a distribuição de tamanho cristalino e a microscopia da fase cristalina na cristalização isotérmica de lactose, usando alta concentração de sementes (fase densa). O monitoramento in-line foi realizado utilizando as sondas de medição de reflexão de feixe focalizado (FBRM) e de medição de visão de partículas (PVM), um cristalizador de aço inoxidável encamisado, em formato tronco-cônico. O sistema de agitação vibratório foi composto por dois discos perfurados, acoplados a um eixo móvel. Uma unidade de cristalização convencional, com três pás do tipo hélice conectadas a um eixo de aço inoxidável, foi utilizada como comparação. Utilizou-se soro de queijo concentrado, purificado com um coagulante orgânico, e soluções de lactose comercial. O rendimento da cristalização foi aumentado em soluções de alta pureza. Houve presença de aglomerados e/ou agregados antes da semeadura, principalmente nas soluções de soro purificado, nas quais há impurezas. A nucleação secundária esteve presente nos experimentos, tanto no sistema com agitação por vibração quanto no sistema de agitação convencional por rotação, sendo intensificada pelo aumento da agitação. A cristalização em leito vibrado deve ser realizada com uma frequência de vibração de 250 rpm, porque um incremento a 400 rpm reduz o número de cristais maiores. <![CDATA[Inibição da Enzima de Conversão da Angiotensina I (ECA) e proteólise do iogurte probiótico sem gordura]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100462&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Yogurt is an important source of many biologically active peptides with specific health benefits. The majority of the bioactive peptides produced during yogurt manufacture are related to angiotensin converting enzyme inhibitory (ACE-I) peptides. The present study evaluated the proteolysis and angiotensin converting enzyme (ACE) inhibitory activities of non-fat probiotic yogurt supplemented with sodium caseinate (0 to 4%), and Mentha piperita (peppermint) extract (0 to 0.4%) during 20 days of storage. Good correlation (R = 0.90) was found between the growth of Lactobacillus casei LFTI® L26 and ACE inhibition in all samples during the initial stages of storage, as compared to the control yogurt, with a significant (p &lt; 0.05) decrease after storage. The results showed that the addition of sodium caseinate and peppermint extract had a significant (p &lt; 0.05) effect on proteolysis and the viability of L. casei LFTI® L26, enhancing the ACE activity. The IC50 values of the sample containing 0.4% of peppermint and of the sample containing 4% of sodium caseinate were 0.12 and 0.02 mg/mL respectively. The results showed that the use of 4% of sodium caseinate and 0.4% of peppermint extract could provide higher probiotic viability (1.3×107cfu/g) on the 20th day of storage.<hr/>Resumo O iogurte é uma importante fonte de muitos peptídeos biologicamente ativos que podem apresentar benefícios específicos à saúde. A maioria dos peptídeos bioativos produzidos durante a produção de iogurte está relacionada aos peptídeos inibidores da enzima conversora da angiotensina (ECA-I). O presente estudo avaliou a proteólise e as atividades inibitórias da enzima conversora de angiotensina (ECA) de iogurte probiótico desnatado, suplementado com caseinato de sódio (0 a 4%) e extrato de Mentha piperita (0 a 0,4%), durante 20 dias de armazenamento. Foi encontrada uma boa correlação entre o crescimento de Lactobacillus casei LFTI® L26 e a inibição da ECA em todas as amostras (R = 0,90). Todos os iogurtes suplementados mostraram boa atividade inibitória da ECA durante os estágios iniciais de armazenamento em comparação com o iogurte controle, com significativa diminuição (p &lt; 0,05) após o armazenamento. Os resultados mostraram que a adição de caseinato de sódio e extrato de Mentha piperita teve efeito significativo (p &lt; 0,05) na proteólise e na viabilidade de L. casei LFTI® L26, aumentando a atividade da ECA. O valor de IC50 da amostra contendo 0,4% de hortelã-pimenta e a amostra contendo 4% de caseinato de sódio foi de 0,12 e 0,02 mg/mL, respectivamente. Os resultados mostraram que a utilização de 4% de caseinato de sódio e 0,4% de extrato de hortelã-pimenta poderia proporcionar maior viabilidade probiótica (1,3 × 107 UFC/g) aos 20 dias de armazenamento. <![CDATA[Otimização do tempo e da temperatura de branqueamento na elaboração de polpa de abacate Hass utilizando frutas de descarte por baixo calibre]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100463&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract In Peru, approximately 20% of the production of avocado var. Hass is discarded due to its low quality, and sold at low prices in local markets. The aim of this study was to optimize the blanching time and temperature to produce avocado pulp, using low quality discarded fruits as the raw material. The process was optimized using Response Surface Methodology with a 22 central composite rotational design (R2 ≥ 0.75; p &lt; 0.05). The independent variables studied were the blanching time (0, 1.5, 5, 8.5, 10 min) and temperature (65, 68, 75, 82, 85 °C), where the avocados were blanched by immersion (with peel), and the pulp extracted, processed, vacuum sealed (0.035 MPa) and stored under refrigeration at 5 °C for 49 days. The low quality discarded avocados were shown to be ideal for pulping, since 98% of the fruits had an oil content below 15% with an average pulp yield of 79.23%. The results indicated that longer blanching times and higher temperatures of above 5 min and 75 °C, respectively, retained the green colour and increased the brightness of the pulp, avoiding enzymatic browning. In addition, the increase in both contributed to the stability of the product acidity and pH level, extending its shelf life. However, in the sensory analysis, the pulp submitted to temperatures above 82 °C obtained the lowest scores for taste, odour and general acceptance due to the presence of a bitter taste and unpleasant odours in the pulp. The central point trials (5 min; 75 °C) presented the best scores for the independent variables such as colour, taste, odour and sensory texture, also showing good physicochemical stability with a shelf life of 37 days.<hr/>Resumo No Peru, aproximadamente 20% da produção de abacate var. Hass é descartada pelo baixo calibre, sendo vendida a preços baixos nos mercados locais. O propósito do trabalho foi otimizar o tempo e a temperatura de branqueamento para a produção de polpa de abacate, utilizando como matéria-prima frutos de descarte por baixo calibre. A otimização foi realizada utilizando a Metodologia de Superfície de Resposta com delineamento rotacional composto central 22 (R2 ≥ 0,75; p &lt; 0,05). As variáveis independentes estudadas foram o tempo (0; 1,5; 5; 8,5; 10 min) e a temperatura (65, 68, 75, 82, 85 °C) de branqueamento, em que os abacates foram branqueados por imersão (com casca), a polpa foi extraída, processada, selada a vácuo (0,035 MPa) e armazenada em refrigeração a 5 °C durante 49 dias. Os abacates de baixo calibre mostram-se ideais para a produção de polpa, pois 98% dos frutos apresentaram um teor de óleo inferior a 15%, com um rendimento médio em polpa de 79,23%. Os resultados indicaram que tempos longos e temperaturas altas de branqueamento acima de 5 min e 75 °C, respectivamente, retêm a cor verde e aumentam o brilho na polpa, evitando o escurecimento enzimático; além disso, o aumento de ambos contribui na estabilidade da acidez e do nível de pH do produto, estendendo sua vida útil. No entanto, na análise sensorial, a polpa submetida a temperaturas acima de 82 °C obteve as menores pontuações em sabor, odor e aceitação geral, devido à presença de sabores amargos e odores desagradáveis na polpa. Os testes do ponto central (5 min; 75 °C) apresentaram as melhores pontuações para as variáveis independentes, como cor, sabor, odor e textura sensorial, além de apresentar boa estabilidade físico-química com uma vida útil de 37 dias. <![CDATA[Efeitos de diferentes tratamentos térmicos na atividade antioxidante e no conteúdo de ácido ascórbico de melão amargo (Momordica charantia)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100464&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study investigated the effects of different heat treatments, namely boiling, microwaving and pressure cooking, on the reduced ascorbic acid content and antioxidant activity in Momordica charantia extracts. The total antioxidant activity of M. charantia extracts was determined by ferric reducing-antioxidant power and 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl radical scavenging assays. The reduced ascorbic acid content was estimated by ferric reducing-antioxidant power-ascorbic acid assay and confirmed by high performance liquid chromatography. Regardless of the cooking method, all cooked M. charantia extracts had significantly (p &lt; 0.05) higher total antioxidant activity, radical scavenging potency and reduced ascorbic acid content than the uncooked sample. The decreasing order of reduced ascorbic acid in M. charantia was as follows: microwaved &gt; boiled &gt; pressure-cooked &gt; uncooked. The reduced ascorbic acid in M. charantia strongly correlated with the total antioxidant activity (r = 0.958, p &lt; 0.05) and radical scavenging potency (r= 0.951, p &lt; 0.05). The principle component analysis showed that 87% of the variation in the antioxidant values of M. charantia extracts was attributed to the different cooking methods. Heat treatment either by boiling or microwaving for a short period of time (10 minutes) improved the reduced ascorbic acid content in the M. charantia extract. This study showed that the reduced ascorbic acid could be retained under high temperature and pressure in M. charantia extracts.<hr/>Resumo Este estudo investiga o efeito de diferentes tratamentos térmicos, a saber, fervura, cozimento em micro-ondas e cozimento sob pressão sobre o ácido ascórbico e a atividade antioxidante no extrato de Momordica charantia. A atividade antioxidante total dos extratos de M. charantia foi determinada pelo poder redutor-antioxidante férrico e pelos ensaios de eliminação de radicais 2,2-difenil-1-picrifirazol. O teor de ácido ascórbico foi estimado pelo ensaio de redução do poder férrico-antioxidante-ácido ascórbico e confirmado por cromatografia líquida de alta eficiência. Independentemente do método de cocção, todos os extratos de M. charantia cozidos apresentaram (p&lt; 0,05) maior atividade antioxidante total, potência de eliminação de radicais livres e teor de ácido ascórbico, quando comparados com a amostra não tratada termicamente. A ordem decrescente de ácido ascórbico reduzido em M. charantia foi a seguinte: micro-ondas &gt; fervura &gt; cozimento sob pressão &gt; não tratado termicamente. O ácido ascórbico reduzido em M. charantia correlacionou-se fortemente com a atividade antioxidante total (r = 0,958, p &lt; 0,05) e potência de eliminação de radicais livres (r = 0,951, p &lt; 0,05). A análise dos componentes principais mostrou que 87% de variação nos valores antioxidantes do extrato de M. charantia foi atribuída aos diferentes métodos de cozimento. O tratamento térmico por ebulição ou micro-ondas por um curto período de tempo (10 minutos) melhorou o teor de ácido ascórbico reduzido no extrato de M. charantia. Este estudo mostra que o ácido ascórbico pode ser retido sob alta temperatura e pressão no extrato de M. charantia. <![CDATA[Características físico-químicas de sucos integrais elaborados a partir de uvas da espécie <em>Vitis rotundifolia</em>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100465&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivou-se com este trabalho avaliar o perfil físico-químico de sucos elaborados com uvas das variedades Vitis rotundifolia Regale, Noble, Summit e Carlos. O trabalho foi realizado na Epagri-Videira/SC, nas safras 2016, 2017 e 2018. O delineamento experimental utilizado foi um fatorial duplo (variedade × safra), de forma inteiramente casualizada e com três repetições. As análises físico-químicas realizadas foram: acidez total (AT), teor de sólidos solúveis (SS), relação SS/AT, pH, açúcares redutores, densidade e cor. Em relação ao pH, ‘Regale’ e ‘Carlos’ apresentaram valores que se mantiveram na faixa de 2,82 a 2,98, enquanto para ‘Noble’ e ‘Summit’, os valores foram superiores, chegando a 3,30. A acidez titulável dos sucos de ‘Regale’ e ‘Noble’ se destacou das demais variedades em ambas as safras avaliadas, devido aos teores de acidez mais elevados. Para o teor de sólidos solúveis totais, na safra 2016, apenas os sucos da variedade ‘Summit’ atingiram o valor de 14,00 °Brix, teor mínimo exigido para comercialização como suco integral perante a legislação brasileira. Os sucos dessa variedade obtiveram a maior relação SS/AT nas três safras avaliadas, com valores próximos a 30, comportamento diverso dos sucos de ‘Regale’, que apresentaram as menores médias para esta variável, com valores em torno de 10. As variedades tintas originaram sucos mais ácidos em comparação às variedades brancas. A variedade ‘Summit’ apresentou a melhor relação açúcar/acidez, apresentando aptidão para a elaboração de sucos nas três safras pesquisadas. ‘Regale’ e ‘Noble’ apresentaram prejuízos na produtividade e sanidade na safra 2016, no entanto, mostraram-se aptas ao processamento de suco nas safras 2017 e 2018. Os sucos da variedade ‘Carlos’ não atingiram o teor mínimo de 14 °Brix em nenhuma das três safras estudadas, fator que impossibilita a classificação destes como suco integral.<hr/>Abstract The Vitis rotundifolia grape species have a very characteristic aroma and flavour and are used in the elaboration of juices, jellies and fermented products, as well as their in natura consumption in the United States. In Brazil, however, they are still little known. Due to the potential of the muscadine grapes for the diversification of viticulture and the scarcity of data concerning the quality of their juice, the objective of this work was to evaluate the physical and chemical profile of juices elaborated with the Vitis rotundifolia grape varieties: Regale, Noble, Summit and Carlos. The study was carried out in Epagri-Videira/SC, Brazil with the 2016, 2017 and 2018 harvests. A double factorial (variety x harvest) experimental design was used in a completely randomized format with three replications. The physicochemical analyses carried out were: total acidity (TA), soluble solids content (SS), SS/TA ratio, pH, reducing sugars, density and colour. In relation to pH, ‘Regale’ and ‘Carlos’ presented values ​​that remained in the range from 2.82 to 2.98, while the values were higher for ‘Noble’ and ‘Summit’, reaching 3.30. The titratable acidity of 'Regale' and 'Noble' juices stood out from the other varieties in both evaluated harvests due to their higher acidity levels. For the 2016 harvest only the juice from the ‘Summit’ variety reached a total soluble solids content of 14.00 ºBrix, the minimum content required for commercialization as a whole fruit juice according to Brazilian legislation. The fruits of this variety obtained the highest SS/TA ratio in the three harvests evaluated, with values close to 30, an inverse behaviour to that of the ‘Regale’ juices, which presented the lowest averages for this variable, with values around 10. The red varieties gave rise to more acidic juices as compared to the white varieties. The ‘Summit’ variety presented the best sugar/acidity ratio, presenting aptitude for juice elaboration in the three harvests surveyed. The ‘Regale’ and ‘Noble’ varieties presented losses in productivity and sanitation in the 2016 harvest, although they were apt for juice production in the 2017 and 2018 harvests. The ‘Carlos’ variety juices did not reach the minimum content of 14 °Brix in any of the three harvests studied, and could not, therefore be classified as whole fruit juices. <![CDATA[Composição e propriedades de textura de queijo de leite de cabra preparado usando dahi (iogurte) como starter]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100466&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study aimed to develop goat’s milk cheese to conserve the major milk constituents. Household dahi (yoghurt) is an inexpensive source of starter cultures that contains several types of microorganism of which most are thermophilic in nature and can be used in the production of goat’s milk cheese. Different concentrations of dahi (0.5%, 1.0%, 1.5%, 2.0% and 2.5%) were used to prepare the cheeses following the standard procedure for cheese manufacturing. The cheeses were analysed for their physicochemical, textural and organoleptic parameters. The highest yield was recorded for T1.0% (17.33%) and the lowest for T2.5% (15.58%). Significant (p &lt; 0.05) differences were found for the pH, acidity and moisture content of the different goat’s milk cheese samples. The moisture content was highest in T0.5% (59.30) and lowest in T2.5% (52.20). The texture profile was significant (p &lt; 0.05) for firmness, adhesiveness, gumminess and chewiness between the treatments. The sensory scores indicated that T1.0% was preferred by the panellists, followed by T1.5% and then the other treatments. It was concluded that goat’s milk cheese could be prepared with good quality characteristics using 1% dahi as the starter culture.<hr/>Resumo Este estudo visou desenvolver queijo de leite de cabra para preservar os principais constituintes do leite. Dahi (iogurte) feito em casa é uma fonte barata de culturas do tipo starter que contém vários tipos de microrganismos, a maioria dos quais são termofílicos e podem ser usados para produzir queijo de leite de cabra. Concentrações diferentes de dahi (0,5%, 1,0%, 2,0% e 2,5%) foram usadas para preparar os queijos, seguindo o procedimento padrão para a fabricação de queijo. Os queijos foram analisados quanto a parâmetros físico-químicos, texturais e organolépticos. O rendimento maior foi registrado para T1,0% (17,33%) e o menor para T2,5% (15,58%). Diferenças significativas (p &lt; 0,05) foram encontradas entre as diferentes amostras de queijo de leite de cabra para o pH, a acidez e a umidade. A umidade foi mais alta para T0,5% (59,30) e mais baixa para T2,5% (52,20). O perfil de textura foi significativo (p &lt; 0,05) entre os tratamentos para firmeza, adesividade, gomosidade e mastigação. As notas sensoriais indicaram T1,0% como sendo a amostra preferida pelos provadores, seguida por T1,5% e os outros tratamentos. Foi concluído que queijo de leite de cabra pode ser preparado com boas características de qualidade usando-se 1% de dahi como a cultura tipo starter. <![CDATA[Concentração de leite desnatado por osmose inversa: caracterização e modelagem de declínio fluxo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100467&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract In this paper the physicochemical characteristics and the flow decline occurring during the reverse osmosis of skim milk, were analysed. The flow decline was evaluated using the resistances in series, the blocked pore models and a second conjugated model that combined the blocked pores with the development of a filter cake. The main resistance found was the concentration by polarization, which was mainly influenced by the complete blocking of the pores. The conjugated model was capable of predicting the flow decline of the process. With respect to the physicochemical properties, more than 98% of the lactose, protein, oils and fats were retained, demonstrating the efficiency of the process.<hr/>Resumo Neste trabalho, as características físico-químicas e o declínio de fluxo durante o processo de osmose inversa foram analisados. O declínio de fluxo foi avaliado utilizando-se resistências em série, os modelos de bloqueio de poro e um segundo modelo conjugado, que consiste na combinação de resistências decorrentes dos bloqueios de poro e do desenvolvimento da torta de filtração. A principal resistência encontrada foi a concentração por polarização, sendo que o processo foi principalmente influenciado pelo bloqueio completo de poros. O modelo conjugado foi capaz de predizer o declínio de fluxo do processo. Em relação às propriedades físico-químicas, a lactose, a proteína e os óleos e gorduras apresentaram uma retenção acima de 98%, demonstrando a eficiência do processo. <![CDATA[Cinética de secagem e propriedades termodinâmicas da polpa de patauá (<em>Oenocarpus bataua</em> Mart.)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100468&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O patauá é uma fruta amazônica que, devido às suas propriedades sensoriais e nutricionais atrativas, tem despertado o interesse da comunidade científica. Entretanto, o elevado conteúdo de umidade confere alta perecibilidade ao produto fresco. Assim, objetivou-se estudar a cinética de secagem convectiva e determinar as propriedades termodinâmicas da polpa de patauá. A secagem foi realizada sob diferentes temperaturas (40, 50 e 60 °C) e espessuras da camada (0,3 e 0,6 cm), com velocidade do ar constante em 1,8 m s-1. Diferentes modelos de secagem em camada fina foram ajustados aos dados experimentais. O aumento da temperatura do ar e a diminuição da espessura da camada resultaram em aumento da taxa de remoção de umidade e, portanto, reduziram o tempo total de processo. Com base nos parâmetros estatísticos, o modelo de Midilli foi o que melhor descreveu a cinética de secagem das amostras para todas as condições avaliadas. Os coeficientes de difusão efetivos aumentaram com a elevação da temperatura do ar, apresentando magnitudes na ordem de 10-10 m2 s-1 e sua dependência com a temperatura foi representada pela equação de Arrhenius, com energia de ativação (Ea) de 32,41 e 40,10 kJ mol-1 para as espessuras de 0,6 e 0,3 cm, respectivamente. As variações de entalpia (ΔH) e de entropia (ΔS) reduziram-se com a elevação da temperatura de secagem, sendo menores na amostra desidratada na camada de 0,6 cm, enquanto que a variação na energia livre de Gibbs (ΔG) foi aumentada com a ampliação da temperatura, sendo mais elevada na secagem com camada de 0,3 cm.<hr/>Abstract The patawa is an Amazonian fruit that, due to its sensory and nutritional properties, has aroused the interest of the scientific community. However, its high moisture content confers high perishability to the fresh product. Thus the convective drying kinetics were studied and the thermodynamic properties of the patawa pulp determined. Drying was carried out at different temperatures (40, 50 and 60 °C) and layer thicknesses (0.3 and 0.6 cm), with a constant air velocity of 1.8 m s-1. Different thin layer drying models were adjusted to the experimental data. Increasing the air temperature and decreasing the layer thickness increased the moisture removal rate and thus reduced the overall process time. Based on the statistical parameters, the Midilli model was the one that best described the drying kinetics of the samples under all conditions evaluated. The effective diffusion coefficients increased with increase in air temperature, showing magnitudes to the order of 10-10 m2 s-1, and its temperature dependence was represented by the Arrhenius equation, with the activation energy (Ea) from 32.41 and 40.10 kJ mol-1 for the thicknesses of 0.6 and 0.3 cm, respectively. The variations in enthalpy (ΔH) and entropy (ΔS) decreased with increasing drying temperature, being lowest in the sample dehydrated in a 0.6 cm layer, while the variation in Gibbs free energy (ΔG) increased with the increase in temperature, being higher when dried in a 0.3 cm layer. <![CDATA[Revestimentos antimicrobianos de zeína plastificados com óleos essenciais de alho e tomilho]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100469&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Essential oils with antimicrobial properties are widely used in the food industry. This study aimed to evaluate the influence of a blend of garlic (Allium sativum) and thyme (Thymus vulgaris) essential oils on the antimicrobial and mechanical properties of zein films. Four bacteria (Enteropathogenic Escherichia coli (EPEC), Listeria monocytogenes, Salmonella Enteritidis and Staphylococcus aureus) related to food contamination were chosen to evaluate the antimicrobial properties. The results indicated that the oil blend acted as a plasticizer, decreasing the glass transition temperature and the Young’s Modulus of the films. The addition of the oil blend also resulted in lower solubility and water absorption. The addition of the oil blend (0, 2%, 3% and 5% (v/v)) to the zein films showed inhibitory activity against all the bacteria tested, with inhibitory halos of between 6.5 mm and 8.27 mm. The results showed that the coating could be applied as a support to increase the shelf life of food products.<hr/>Resumo Óleos essenciais com propriedades antimicrobianas são amplamente utilizados na indústria de alimentos. Neste estudo, objetivou-se avaliar a influência da mistura de óleos essenciais de alho (Allium sativum) e tomilho (Thymus vulgaris) nas propriedades antimicrobianas e mecânicas de filmes de zeína. Quatro bactérias (Escherichia coli enteropatogênica (EPEC), Listeria monocytogenes, Salmonella Enteritidis e Staphylococcus aureus) relacionadas à contaminação de alimentos foram escolhidas para avaliar as propriedades antimicrobianas. Os resultados mostraram que a mistura de óleos atuou como um plastificante, como confirmado por uma diminuição na temperatura de transição vítrea e pelo Módulo de Young dos filmes. A adição de mistura de óleos também resultou em menor solubilidade e absorção de água. A mistura de óleo 0, 2%, 3% e 5% (v/v) adicionada nos filmes de zeína mostrou atividade inibitória contra todas as bactérias testadas com halos inibitórios entre 6,5 mm até 8,27 mm. Os resultados mostram que o revestimento pode ser aplicado como suporte para aumentar o prazo de validade de produtos alimentares. <![CDATA[Concentração de aminoácidos, conteúdo de fenólicos totais e atividade antioxidante em genótipos de feijão-vagem]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100500&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The snap bean (Phaseolus vulgaris L.) is an economically important legume worldwide due to its good nutritional quality, being considered as a source of protein, fibre, vitamins and minerals. Furthermore, snap beans present high phenolic compound levels and antioxidant activity, factors that contribute in the prevention of the oxidation effects by free radicals. Hence, the present study characterized five snap bean genotypes (UEL 1, UEL 2, UEL 405, UEL 415 and Alessa) with respect to their amino acid concentrations, total phenolic compound contents and antioxidant activities. The amino acid analysis indicated that UEL 415 showed the highest glutamic acid content (12.9 g / 100 g) and UEL 2 the highest histidine content (2.27 g / 100 g). However, only the UEL 1 genotype showed the highest total phenolic compound content (0.492 mg GAE / 100 g) and highest antioxidant activity according to DPPH• radical scavenging (64.71%). The UEL 1, UEL 2 and UEL 415 genotypes presented desirable chemical characteristics for genetic improvement programmes and their commercial exploitation by food industries.<hr/>Resumo O feijão-vagem (Phaseolus vulgaris L.) é uma leguminosa economicamente importante em todo o mundo, devido à sua boa qualidade nutricional, considerada fonte de proteínas, fibras, vitaminas e minerais. Além disso, esta hortaliça apresenta altos níveis de compostos fenólicos e atividade antioxidante, fatores que contribuem para a prevenção contra os efeitos de oxidação por radicais livres. Assim, o presente estudo caracterizou cinco genótipos de feijão-vagem (UEL 1, UEL 2, UEL 405, UEL 415 e Alessa) em relação à concentração de aminoácidos, ao teor de compostos fenólicos totais e à atividade antioxidante. A análise de aminoácidos indicou que os genótipos UEL 415 e UEL 2 apresentaram as maiores concentrações de ácido glutâmico e histidina, com 12,9 e 2,27 g/ 100 g, respectivamente. No entanto, apenas o genótipo UEL 1 apresentou as maiores concentrações de compostos fenólicos totais (0,492 mg GAE / 100 g) e a capacidade antioxidante por captura de radicais DPPH• (64,71%). Os genótipos UEL 1, UEL 2 e UEL 415 apresentaram características desejáveis para o programa de melhoramento genético de feijão e exploração comercial por indústrias de alimentos. <![CDATA[Condições higiênico-sanitárias e perfil da comunidade microbiana de utensílios e mesas higienizadas de um serviço de alimentação localizado no Rio de Janeiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232019000100600&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar as condições higiênico-sanitárias e o perfil da comunidade microbiana dos utensílios e das mesas de um serviço de alimentação localizado no município do Rio de Janeiro. A caracterização do processo de higienização dos utensílios (pratos, bandejas e talheres) e das mesas foi realizada por observação sistemática. Verificou-se que os utensílios eram lavados em máquina de lavar e as mesas, manualmente. Após a higienização, os utensílios apresentavam umidade e resíduos de alimentos. Pelo método dependente de cultivo, foram analisadas 126 amostras higienizadas (utensílios: n=90 e mesas: n=36). Pesquisaram-se bactérias mesófilas, coliformes, Escherichia coli, Staphylococcus aureus e fungos. Das amostras analisadas, 100% dos utensílios e 80% das mesas apresentaram contagens microbianas superiores ao recomendado na literatura, estando em condições higiênico-sanitárias inadequadas. E. coli foi isolada nos utensílios e S. aureus, nas mesas. Pelos métodos independentes de cultivo (PCR-DGGE e sequenciamento da subunidade 16S do rRNA), foram analisadas 36 amostras (utensílios: n=27 e mesas: n=9). Klebsiella sp. e Acinetobacter sp. Foram detectadas em todas as amostras, Citrobacter sp. sobre as mesas e Aeromonas hydrophila, nos talheres. Houve falha no processo de higienização, que foi confirmada pelas análises realizadas, que evidenciaram a presença de microrganismos indicadores e patogênicos, que podem causar a perda da qualidade das refeições, assim como danos à saúde dos comensais. Desta forma, é necessário adequar o processo de higienização, a fim de minimizar o risco de contaminação e o surto de doenças transmitidas por alimentos (DTA).<hr/>Abstract The objective of the study was to evaluate the hygienic-sanitary conditions and the microbial community profile of tables and tableware of a food service located in the city of Rio de Janeiro. The characterization of the sanitation process of the tableware (plates, trays and cutlery) and the tables was carried out by systematic observation. The tableware were washed in washing machine and the tables, cleaned by hand. After this process, the tableware presented moisture and food residues. For the culture-dependent method, 126 sanitized samples (tableware: n = 90 and tables: n = 36) were analyzed. Mesophilic bacteria, coliforms, fungi, Escherichia coli and Staphylococcus aureus were investigated. 100% of the sampled tableware and 80% of the sampled tables presented microbial counts higher than recommended in literature. The surfaces were in inadequate hygienic-sanitary conditions. E. coli was isolated in the tableware and S. aureus in the tables. By independent culture methods (PCR-DGGE and 16S rRNA sequencing), 36 samples (tableware: n = 27 and tables: n = 9) were analyzed. Klebsiella sp. and Acinetobacter sp. were detected in all samples, Citrobacter sp. was found on the tables and Aeromonas hydrophila in the cutlery. Results showed that the analyzed surfaces had indicative and pathogenic microorganisms, which can cause loss of quality in meals, as well as damages to the consumers’ health. Therefore, it is necessary to adapt the tableware and tables hygiene process in order to minimize the risk of contamination and food disease outbreaks.