Scielo RSS <![CDATA[Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1981-812220170001&lang=pt vol. 12 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[CARTA DA EDITORA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Arqueologia de marinheiros-caçadores do século XIX: ensaio sobre o tempo e a Antártica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O tempo é dimensão intrínseca da vivência humana e da nossa experiência de mundo. Evitando considerá-lo simplesmente como invólucro ou como um suporte de eventos, abre-se lugar para pensar sobre o tempo imanente, que nos é interno à consciência. Esse é o tempo tal como é percebido, que privilegia, por exemplo, a duração percebida de algum evento ao invés da duração absoluta, mensurada em minutos, dias ou anos. Essas questões se fazem relevantes quando se considera a presença dos marinheiros-caçadores na Antártica do século XIX. Isso porque a imagem recorrente do continente gelado é a de um espaço inerte e estático, sem ação e sem tempo. Contudo, pensando na possibilidade de outras formas de compreendê-la, esse artigo explora os elementos que podem determinar ou influenciar a percepção do tempo transcorrido, sua velocidade e compasso, para o contexto desses marinheiros-caçadores. Para isso, serão relacionados elementos como o ritmo intenso de trabalho de caça, os momentos de lazer, de atribulações e obstáculos, os marcadores absolutos e não absolutos de tempo, a proveniência dos objetos utilizados (metrópole x Antártica) e a durabilidade dos objetos trazidos na viagem.<hr/>Abstract Time is an intrinsic dimension of our life as humans and our experience of the world. When not considering it simply as a shell or as a medium for events, we are invited to think about immanent time, which is internal to consciousness and refers to perception. It highlights, for example, perceived duration instead of absolute duration, measured in minutes, days or years. These issues are relevant when considering the presence of sailor-hunters in 19th century Antarctica. The recurrent image we created of the cold continent is one of it being still and static, without action or time. However, thinking about the possibility of other ways of understanding it, this article explores the elements that may determine or influence the perception of time passage, its velocity and rhythm, in the context of thesesailor-hunters. In this respect, the following elements will be correlated: the intense rhythm of the hunting activities, the moments of leisure and obstacles to the work, the absolute and non-absolute markers of time, the provenance of the objects used (Metropolitan state versus Antarctica), and the durability of the objects taken on the trip. <![CDATA[Tempo e Espaço Guarani: um estudo acerca da ocupação, cronologia e dinâmica de movimentação pré-colonial na Bacia do Rio Taquari/Antas, Rio Grande do Sul, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100031&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Neste artigo foram analisadas as relações espaciais e temporais da ocupação Guarani pré-colonial na Bacia do Rio Taquari/Antas a partir da delimitação do perímetro da ocupação e seu estabelecimento na paisagem, da cronologia intrasítio e regional e de discussões referentes às movimentações espaciais. A partir dos resultados foram mapeados 121 sítios Guarani na porção centro-sul da Bacia, em um perímetro de várzeas que circundou as terras altas do Planalto das Araucárias, demonstrando tratar-se de uma ocupação regional longa, entre os séculos XIV e XVIII. O estabelecimento teria ocorrido a partir da conexão entre o Rio Jacuí e o Rio Taquari/Antas, em uma expansão compulsória do sul para o norte, observando-se assentamentos contemporâneos em todo o perímetro e sítios com fatores de alta permanência. Tal dinâmica justificar-se-ia a partir de um controle consciente do ambiente, permitindo, por um lado, a manutenção das aldeias, e, por outro, o crescimento demográfico e novas expansões. Além da motivação demográfica, inferiu-se a possibilidade de que os limites da ocupação Guarani na região tenham sido estabelecidos de forma igualmente consciente a partir de um pulso de expansão inicial e posterior estabilidade, configurando-se a ocupação compulsória como uma estratégia de manutenção política do território.<hr/>Abstract This study examines spatial and temporal relations of pre-colonial Guarani occupation in the Taquari/Antas River Basin.The perimeter of occupation and itsestablishment inthe landscapeare discussedas well as local and regional chronology and migrations. The data wereused to map 121 Guarani sites in the center-south portion of the river basin, in a perimeter of lowlands surrounding the highlands of the Plateau of the Araucarias.Results show that therewas a long regional occupation between the 14th and 18th centuries. The Guarani settlementsin this region occurred at the confluenceof the Jacuí and Taquari/Antasrivers, in a forcedexpansion from south to north, where contemporary settlements can be observed throughout the perimeter, and sites show evidence of longpermanence. Such dynamics can be understood as forms ofenvironmentmanagement, enabling village maintenance, allowing demographic growth and furtherexpansion. Apart fromdemographic motivation, the regional limits of the Guarani occupation were probably defined consciously, after an initial expansion impulse and ensuingstability, which must have defined forcedoccupation as a strategy of territorial politics. <![CDATA[Novas perspectivas para a cartografia arqueológica Jê no Brasil meridional]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100057&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Os grupos Jê do Sul foram por muito tempo percebidos através da ótica do ‘modelo padrão’, que os considerava demograficamente reduzidos, isolados e nômades. Entretanto, os recentes avanços da arqueologia no Sul do Brasil tornaram possível questionar tal modelo. Neste artigo, nosso objetivo principal é demonstrar, através do mapeamento dos sítios arqueológicos e de suas datações, que podem ser identificadas áreas de alta densidade populacional com ocupações permanentes. Além disso, discutimos outras hipóteses com base na distribuição dos sítios: 1) sobre o povoamento do Sul do Brasil pelos grupos Jê; 2) sobre os processos de interação com outras populações (principalmente da família linguística Tupi-Guarani); e 3) sobre sua situação territorial no início do século XVI.<hr/>Abstract For a long time, the Southern Jê Amerindians were perceived through the lens of the ‘standard model’. They were considered demographically reduced, isolated and nomadic. However, recent advances in the archaeology of Southern Brazil allow us to question such model. In this paper, our main aim is to demonstrate, through the mapping of archaeological sites and their dates, that it is possible to identify areas of high population density with permanent occupation. In addition, we discuss other hypotheses based on site distribution such as the peopling of Southern Brazil by the Jê groups; the process of interaction with other populations (mainly from the Tupi-Guarani linguistic family); and about their territorial situation in the beginning of the 16th century. <![CDATA[Cauixi em cerâmica arqueológica da região de Lagoa Santa, Minas Gerais: inclusão de esponjas processadas ou exploração de depósitos sedimentares com espículas?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100085&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo apresenta a primeira identificação do cauixi em cerâmica arqueológica na região de Lagoa Santa, Minas Gerais. Trata-se de um estudo zooarqueológico que aborda as escolhas pretéritas feitas pelos ameríndios no que tange à presença de espículas de esponjas dulcícolas no processo de produção cerâmica. A partir dos elementos faunísticos detectados na coleção do sítio Vereda III, juntamente com informações obtidas de registros etnográficos e de pesquisas arqueológicas que tratam da presença do cauixi em cerâmica, é discutido se a presença desse elemento no material é fruto de coleta de esponjas dulcícolas, preparo e inclusão na pasta, ou se ele advém da exploração de depósitos sedimentares com espículas. O trabalho aponta para uma necessária revisão do material cerâmico arqueológico da tradição Aratu-Sapucaí em Minas Gerais, em que a identificação do cauixi e a sua proveniência devem ser consideradas.<hr/>Abstract This article presents the first identification of cauixi sponge material in archaeological pottery from the Lagoa Santa region, Minas Gerais, Brazil. This zooarchaeological study addresses whether the presence of spicules of freshwater sponges in this pottery was a conscious choice on behalf of ancient potters. Based on faunal elements detected in the collection of the Vereda III site and information obtained from ethnographic records and archaeological research on the presence of cauixi in pottery, we discuss whetherits presence in the material results from the inclusion of processed freshwater sponges in the clay or if it derives from the exploitation of sedimentary deposits with spicules. As one of the outcomes, this articlepoints to a necessary revision of the archaeological pottery material of the Aratu-Sapucaí tradition in Minas Gerais where the identification of cauixi and its origin should both be considered. <![CDATA[Símbolos na arte rupestre sob o olhar da Arqueologia Cognitiva: considerações analíticas sobre o sítio Conjunto da Falha, Cidade de Pedra, Rondonópolis, Mato Grosso]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100101&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O grande número de sítios existentes na região da Cidade de Pedra, localizada no município de Rondonópolis, Mato Grosso, aliado à variedade formal, temática e de técnicas aplicadas nas construções dos painéis rupestres, marcam fortemente a paisagem da região. Neste artigo, será analisado, mais detalhadamente, o sítio rupestre da Falha sob o viés da Arqueologia Cognitiva, reforçando a importância da relação estrutural entre suporte/registro gráfico na construção de uma linguagem simbólica. Unindo a materialidade do sítio da Falha com as propostas teóricas das ciências do conhecimento, será apresentada uma discussão sobre os registros rupestres socialmente organizados, que refletem as crenças e escolhas culturais do grupo pretérito responsável pela sua organização, em estreita relação com o suporte, como parte essencial da construção da mensagem, tornando-se uma categoria semântica em conjunto com os grafismos.<hr/>Abstract The large number of archaeological sites at Cidade de Pedra/Rondonópolis (MT) and the formal variety, themes and techniques that characterize its rock art strongly mark the landscape of the region. In this article,the Conjunto da Falha rock art site is analyzed in relative detail from the perspective of Cognitive Archaeology, reinforcing the importance of the structural relation between support/graphic records in the construction of a symbolic language. Putting together the materiality of the Conjunto da Falha rock art site with theoretical proposals from the cognitive sciences, a discussion of socially organized rock art records is presented here. Rock art reflects cultural beliefs and choices of past groups who were responsible for its organization. In close relationship with the material media, as essential part in the construction of the message, those beliefs and choices constitute a semantic category together with the painted units. <![CDATA[Sítios com pinturas rupestres em Buíque, Venturosa e Pedra, Pernambuco, Brasil, no contexto da geopaisagem]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100125&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O artigo tem como objetivo relacionar a geopaisagem e os sítios arqueológicos com pinturas rupestres dos municípios de Venturosa, Pedra e Buíque, a partir da análise e interpretação de dados geológicos, geomorfológicos, morfoestratigráficos e da distribuição espacial. A relação entre a paisagem dos espaços estudados, tendo em vista as transformações ocorridas ao longo do tempo com os sítios arqueológicos, permite ao pesquisador compreender a dinâmica da adaptação do homem ao meio ambiente e da escolha dos sítios, o que pode estar relacionada aos aspectos da paisagem. Esta análise busca expor a lógica de apropriação do meio natural pelos grupos humanos que habitaram aquelas regiões em tempos pretéritos.<hr/>Abstract This article aims to relate landscapes and archaeological sites containing rock paintings at Venturosa, Pedra and Buíque based on the analysis and interpretation of geological, geomorphological, morpho-stratigraphical dates and spatial distribution. The relation between landscape and spaceconsidering the changes that occurred through time at the archaeological sites, give support to the understandingof the dynamics of adaptation in relation to environment and choice of sites in relation to aspects of the landscape. This analysis seeks to understand the logic of appropriation of the natural environment by human groups that lived in ancienttimes. <![CDATA[Sepultamentos secundários com manipulações intencionais no Brasil: um estudo de caso no sítio arqueológico Pedra do Cachorro, Buíque, Pernambuco, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100135&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo apresenta o estudo de caso de um sepultamento secundário escavado no sítio Pedra do Cachorro, 760 ± 30 A.P., Buíque, em Pernambuco, Brasil, contendo remanescentes ósseos humanos de um indivíduo adulto, masculino, cuja análise bioarqueológica revelou sinais de descarnamento ativo do cadáver e outras evidências de manipulação intencional em ossos frescos, como cortes, fraturas, golpes e esmagamento. A metodologia de análise adotada para a identificação das manipulações perimortem nos ossos permite a reflexão acerca da complexidade desta prática funerária e do seu contexto em relação a outros achados arqueológicos da pré-história brasileira.<hr/>Abstract This article reports on a case study of a secondary burial excavated at the site Pedra do Cachorro, 760 ± 30 B.P., Buíque, Pernambuco, Brazil. This site contains human bone remains of an adult male individual, whose bioarchaeological analysis revealed signs of active defleshing of the body and other evidence of intentional manipulation of fresh bones, such as cuts, fractures, blows and crushing. The methodology of analysis used to identify perimortem manipulation of bones, may help to understand the complexity of this funerary practice and its context in relation to other archaeological finds from Brazilian prehistory. <![CDATA[Evidências filológicas de africadas fonêmicas e debucalização diacrônica em Terena antigo (Arawak)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100157&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This paper argues that early Terena (‘Guaná’) had a contrast between fricative and affricate consonants that has been lost in modern Terena. Evidence for this claim comes from the examination of late 19th century and early 20th century documents on the language. The existence of the relevant phonemic contrast is revealed not only by an analysis of the transcriptions employed in these early sources but, more importantly, by a demonstration that fricatives and affricates were treated differently in the history of the language. It is proposed that, after the early Terena voiceless fricatives were debuccalized, merging with early Terena h, the affricates started to include fricative realizations in their allophonic range. This scenario is consistent with descriptions of modern Terena that stress the ‘archaic’ character of affricate realizations of /ʃ/.<hr/>Resumo O trabalho aqui apresentado argumenta que o Terena antigo (Guaná) possuía um contraste entre consoantes fricativas e africadas, o qual se perdeu no Terena moderno. Evidências para essa afirmação vêm do exame de materiais sobre a língua datados da segunda metade do século XIX e do início do século XX. A existência do contraste em questão é revelada não só por uma análise das transcrições utilizadas nessas fontes, mas, em especial, pela demonstração de que fricativas e africadas tiveram comportamento distinto no desenvolvimento histórico da língua. Propõe-se que, após a debucalização das fricativas do Terena antigo e sua fusão com h, as africadas passaram a ocorrer como fricativas em parte do seu espaço de realização fonética. O cenário descrito é compatível com descrições do Terena moderno, nas quais se acentua o caráter ‘arcaico’ das realizações africadas de /ʃ/. <![CDATA[De doença da civilização a problema de saúde pública: câncer, sociedade e medicina brasileira no século XX]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100173&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo analisa o enquadramento do câncer pela medicina brasileira em três diferentes momentos do século XX, com o objetivo de verificar a transformação do câncer de uma enfermidade ligada à ideia de civilização a um problema de saúde pública, vinculado a precárias condições de vida e às dificuldades de acesso e funcionamento dos serviços de saúde. A partir de artigos científicos e discursos de médicos nacionais reputados, procura-se mostrar como as visões acerca da relação entre câncer e sociedade mudaram. Argumenta-se que essa transformação se relaciona principalmente a dois diferentes aspectos: o processo de estruturação dos saberes e práticas da medicina e o cruzamento dos conhecimentos médicos sobre a doença com interpretações sobre o desenvolvimento do país em diferentes momentos.<hr/>Abstract This article analyzes perspectives on cancer by the Brazilian medical professionat three different moments in the 20th century. The aim is to analyze the transformation of the concept of cancer from a civilization-related disease to an issue of public health that is associated with precarious living conditions and with difficulties of access to – and operation of – health services. Based on scientific papers and speeches of reputed Brazilian physicians this article seeks to show how views concerning the relationship between cancer and society have changed. Such transformation arguably relates mainly to two different aspects: the process of organization of medical knowledge and the practice and crossing of medical knowledge with interpretations of Brazil’s development at different moments. <![CDATA[Cenas de violência na tessitura entre imigrantes italianos e brasileiros no interior do Espírito Santo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100189&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo tem por objetivo discutir as relações conflituosas estabelecidas entre um grupo de imigrantes italianos e trabalhadores brasileiros no distrito de Barracão de Petrópolis, interior da então comarca de Santa Teresa, Espírito Santo, no final do século XIX, que resultaram em uma sequência de crimes. Como suporte analítico, utilizam-se o inquérito policial-criminal instaurado e as notícias publicadas em jornais da época. De acordo com as testemunhas do inquérito, na noite de 2 para 3 de novembro de 1897, foram assassinadas 11 pessoas e incendiados prédios públicos e residências. Os crimes teriam acontecido como uma reação dos brasileiros ao assassinato de um conhecido por um italiano. O caso foi encerrado sem culpabilidade definida.<hr/>Abstract This article aims at discussing conflicts between a group of Italian immigrants and Brazilian workers in the Barracão de Petrópolis district, in the former municipality of Santa Teresa, Espírito Santo, in the late nineteenth century. These conflicts resulted in a sequence of crimes. The analysis is based on police investigation sand news published in newspapers of the time. According to witnesses interviewed by the police, eleven people were killed and public buildings and homes were set on fire in the night between the 2nd and the 3rd of November, 1897. The crimes would have occurred as a Brazilian reaction to the murder by an Italian of a well-known figure. The case was dismissed without charges. <![CDATA[Reciprocidade e ação coletiva entre agricultores familiares no Pará]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100201&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O objetivo do artigo é analisar a persistência da ação coletiva na comunidade Santa Ana, no município de Mãe do Rio, Pará. O quadro de análise insere-se no debate sobre a motivação para que pessoas se engajem voluntariamente em uma ação coletiva. Tratamos das relações de reciprocidade para as ações coletivas realizadas no âmbito das organizações dos agricultores familiares. A metodologia consistiu em um estudo de caso, com levantamento de dados secundários, observações dos eventos cooperativos dos grupos e entrevistas com moradores e lideranças. Os resultados demonstram que a ação coletiva assume diferentes formatos, a depender da existência ou não de relações de reciprocidade entre os participantes das organizações presentes em Santa Ana.<hr/>AbstractAbstract The aim of this article is to analyze the persistence of collective action in the community Santa Ana, Mãe do Rio, Pará State, Brazil. The analytical framework is part of the debate on the motivation for people to engage voluntarily in collective action. In this article, the relationships of reciprocity to collective action undertaken within the scope of the peasants’ organizations are addressed. The methodology consisted of a case study, with collection of secondary data, observations of cooperative events realized by the groups and interviews with residents and leaders. The results demonstrate that collective action takes different shapes, depending on the existence of reciprocal relationships among the participants of these organizations in Santa Ana. <![CDATA[Do Folclorismo à História da Cultura na Amazônia: o percurso construído por Vicente Salles]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100221&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo tem como objetivo analisar parte da trajetória intelectual do pesquisador e folclorista paraense Vicente Salles (1931-2013), nos estudos sobre o folclore. Examina-se como surgiu e se intensificou o interesse de Salles pelo folclore amazônico (em especial, o paraense), as suas primeiras pesquisas de campo, como o autor interpretou os conceitos de folclore e de cultura popular e a presença do folclore em algumas de suas principais obras.<hr/>Abstract This articles aims at analyzing the intellectual path of the paraense researcher and folklorist Vicente Salles in the studies about the Amazonian folklore. We analyze the beginning of his interest on folklore, his first fieldworks, the differences between the concepts of popular culture and folklores in Salles’s interpretation and the presence of the folklore in his mainstream works. <![CDATA[A inserção da obra “Euclides da Cunha e o Paraíso Perdido”, de Leandro Tocantins, na imprensa carioca nos anos de 1960]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222017000100241&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo analisa a inserção da obra “Euclides da Cunha e o Paraíso Perdido”, de Leandro Tocantins, na imprensa carioca nos anos de 1960. A fundamentação teórica levou em conta, por um lado, os estudos da recepção e da função do autor em nossa contemporaneidade; por outro, os estudos sobre as relações entre literatura e cordialidade na cultura brasileira. Para sustentar essa problematização, foram utilizados textos de Jacques Leenhardt, Roger Chartier, João Cezar de Castro Rocha e Flora Süssekind. A análise operada permitiu observar que a recepção da obra “Euclides da Cunha e o Paraíso Perdido” no meio jornalístico do Rio de Janeiro sofreu influências decisivas da cordialidade que jornalistas e críticos dispensaram ao autor e ao político Leandro Tocantins nos anos de 1960.<hr/>Abstract In this article we analyze Leandro Tocantins’s “Euclides da Cunha e o Paraíso Perdido” [“Euclides da Cunha and the Paradise Lost”], was received by the in Rio de Janeiro press in the 1960s. We take into account the reception studies and the author’s function in our contemporary world. Studies on the relationship between literature and cordiality in Brazilian culture also support our work. Thus, scholars such as Jacques Leenhardt, Roger Chartier, João Cezar de Castro Rocha and Flora Süssekind are essential to understand and explore the issue. Analysis allowed us to observe that the reception of Tocantins’s “Euclides da Cunha e o Paraíso Perdido” in Rio de Janeiro press received decisive influence from the cordiality with which journalists and critics treated the author and politician Leandro Tocantins in the 1960s.