Scielo RSS <![CDATA[Sociedade & Natureza]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1982-451320140001&lang=pt vol. 26 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Projetos desenvolvimentistas nas <strong><em>terras do sem-fim</em></strong>: Expansão do agronegócio e precarização do trabalho no semiárido baiano]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A modernização agrícola ocorrida no Brasil a partir dos anos 1970 desencadeou transformações significativas no campo, sendo estas acentuadas em virtude da reestruturação produtiva do capital. Passados aproximadamente 40 anos, velhos problemas persistem, revelando as contradições do modelo agrário/agrícola adotado pelo Estado para sustentar o projeto de modernização do país. Novos territórios são incluídos no circuito reprodutivo do capital, tendo como desdobramento processos de desterritorialização, expropriação, miséria e precarização do trabalho postos como inevitáveis na trajetória rumo ao progresso e modernidade. Refletir sobre os resultados desse fenômeno faz-se necessário porque, através de sua análise, é possível identificar a origem de graves problemas vivenciados no campo e na cidade, pois no caso brasileiro, não é possível dissociar o campo da cidade. Para a realização da pesquisa fez-se necessário a construção de um referencial teórico associado a imersões a campo, com o intuito de estabelecer uma interlocução entre a teoria e a prática. A pesquisa está pautada na abordagem qualitativa, sendo utilizados diversos instrumentos de coleta de dados, tais como entrevistas, diário de campo, registro fotográfico e relatos orais, utilizados durante as várias etapas do trabalho de campo.<hr/>The agricultural modernization occurred in Brazil since the 1970s triggered significant changes in the field, which are accentuated due to the restructuring of productive capital. After about 40 years, old problems persist, revealing the contradictions of agrarian model/agriculture adopted by the State to support the project of modernization of the country. New territories are included in the reproductive circuit of capital, with the unfolding processes of dispossession, expropriation, misery and precariousness of work stations as inevitable on the path towards progress and modernity. Reflecting on the results of this phenomenon is necessary because, through its analysis, it is possible to identify the source of serious problems experienced in the field and in the city, as in the case of Brazil, it is not possible to separate the fields of the city. For the realization of this investigation it was necessary the use of theoretical references, with the intention to establish a relation between theory and practice. The research founds in the qualitative characterization of the scientific problem, with a use of different research´s methods such as interviews, diaries of fieldwork, photographical register and oral´s tales. <![CDATA[Veredas, oásis do Sertão: conflito ambiental na apropriação das águas em Botumirim-MG]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100025&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo apresenta uma pesquisa etnográfica que teve como objetivo analisar a influência das práticas de uso e manejo tradicional dos recursos hídricos no processo de construção de identidade e de territorialidade de duas comunidades. Neste caso específico, comunidades veredeiras. Além disso, o artigo analisa o conflito ambiental relacionado a disputa entre o modo de vida tradicional comunitário e as políticas governamentais nas ações para a conservação da natureza. A pesquisa foi realizada nas Comunidades Gigante e Pé da Serra, localizadas no Município de Botumirim, na região reconhecida como Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. Os modos de vida e de subsistência destas comunidades estão relacionadas a agricultura familiar, com valores e regras ligadas a uma cultura tradicional específica, onde a água tem uma importância significativa. Esta região e seus recursos hídricos tem sido disputada por vários sujeitos e instituições com diferentes interesses e poder econômico, colocando as comunidades tradicionais, os seus meios de subsistência, sua cultura e seus recursos naturais comuns em risco.<hr/>This paper describes an ethnographic research which aimed at analyzing the influence of traditional water resource use and management as well as its role in the process of building community identities and territorialities. Furthermore, the paper analyses the environmental conflicts associated with the dispute between the community’s traditional way of life and governmental policies towards environmental conservation. The research was carried out in the  Gigante and Pé da Serra community, within the municipality of Botumirim, in the region recognized as Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais State. The community’s livelihood and means of existence are related to familiar agriculture, having values and rules linked to a specific traditional culture, in which water has significant importance. This area and its water resources have been disputed by different types users and institutions with very different interests and economic power, setting traditional communities, their means of existence, their culture and their common use of natural resources at risk. <![CDATA[Políticas de desenvolvimento da pesca e aquicultura: Conflitos e resistências nos territórios dos pescadores e pescadoras artesanais da vila do Superagüi, Paraná, Brasil.]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100035&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O trabalho trata sobre os conflitos e as resistências provocados pela aplicação de políticas públicas de desenvolvimento no território de vida dos pescadores e pescadoras artesanais da Vila do Superagüi. São especificamente, políticas de desenvolvimento referidas à pesca e à aquicultura. Estes pescadores artesanais que já se viram atingidos nos seus territórios pela política de desenvolvimento sustentável através da instalação do Parque Nacional do Superagüi que limita o uso que podem fazer da natureza em terra, sofrem também com as imposições da política de pesca e aquicultura. Os pescadores/as artesanais hoje empurrados a especializar-se na pesca têm conflitos nos seus territórios de vida devido à política de modernização da pesca e da aquicultura que incentiva a pesca industrial, a incorporação de equipamentos modernos e estabelece áreas aquícolas. A leitura da realidade em campo junto a uma leitura do desenvolvimento através de referências do pós-desenvolvimento permite identificar que essa política responde a interesses externos, excluindo os pescadores artesanais, negando seus modos tradicionais de reproduzir a vida, expropriando-os dos territórios que tradicionalmente ocupam e mercantilizando sua vida. Em função desses conflitos, a comunidade cria resistências organizando-se como movimento social, reivindicando assim, seus territórios de vida.<hr/>This investigation is about the conflicts and resistances that the application of developmental public policies is generating in the territories of the artisanal fishers of the Superagüi Village. These are development policies related to fishery and aquaculture. This artisanal fishers that were already affected in their territories by the sustainable development policies with the installation of the Parque Nacional do Superagüi that’s already limiting their natural assets, are also suffering from the impositions of the fishery and aquaculture policy. The fishers that are currently pushed to specialize in fishery are in conflict in their living territories because the policies of modernization of fishery and aquaculture are pushing to industrial fishing, to incorporate modern equipment and to establish aquaculture areas. The reading of the field’s reality along with a reading of the development from references of the  post-development shows that those policies are attached to foreign interests, excluding the artisanal fishers, denying their traditional ways of reproducing life, taking away the lands that they traditionally occupy and commodifying their life.  Based on these conflicts, the community creates resistances as a social movement and demanding their living territories. <![CDATA[O gigante dormente: O lugar nos trilhos da ferrovia Norte?sul]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100049&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Os Grandes Projetos de Engenharia são eventos que modificam o espaço, alterando seus elementos naturais e socioculturais. Os efeitos socioespaciais desses empreendimentos podem ser positivos e/ou negativos. A construção da Ferrovia Norte – Sul é considerada um grande projeto. Esse propõe um traçado com vias férreas de aproximadamente 2.100 km atravessando as regiões Centro-Oeste e Norte do País, conectando-se ao norte com a Estrada de Ferro Carajás e ao sul com a Ferrovia Centro Atlântica. Com isso reduz-se custos com fretes para longas distâncias, podendo suscitar o desenvolvimento econômico do Cerrado brasileiro. Não obstante aos objetivos desenvolvimentistas da FNS, este trabalho busca refletir sobre os impactos que a ferrovia pode trazer para o espaço rural e urbano no município de Anápolis – GO, tendo o lugar como categoria desta análise. Não há como integrar, incluir, acomodar um grande número de pessoas que ‘não tem lugar’ numa sociedade excludente. Por outro lado, as formas de reintegração e inclusão surgidas são cada vez mais degradantes e pouco contribuem para uma condição de bem estar social. Com o objetivo de espacializar e ilustrar esta reflexão, o tratamento geográfico que se pretende dar na perspectiva do espaço – lugar menciona a construção de um grande projeto de infraestrutura logística de transportes na Mesorregião do Centro Goiano, na entrada sul da cidade de Anápolis, no Estado de Goiás, a Ferrovia Norte Sul – FNS e suas implicações socioespaciais.<hr/>The Great Engineering Projects are events that change the space, altering their natural and socio-cultural elements. The socio-spatial effects of these developments can be positive and / or negative. The construction of the North – South railway is considered a major project. This suggests a path with railways of approximately 2100 km across the Midwest and north of the country, connecting the north with the Carajás Railroad and south with the Central Atlantic Railroad. With that reduces freight costs for long distances, and can raise the economic development of the Brazilian Cerrado. Despite the developmental objectives of the FNS, this paper seeks to reflect on the impact that the railroad can bring to the rural and urban in the city of Anápolis - GO, taking place as a category of this analysis. There is no way to integrate, include, accommodate a large number of people who ‘has no place’ in society exclusionary. Moreover, the forms of inclusion and reinstatement are increasingly encountered and degrading little to a condition of social welfare. Aiming to spatialize and illustrate this reflection, the geographical treatment that is intended to give the perspective of space - place mentions the construction of a major infrastructure project in the transport logistics Mid- Region the Center of Goiás, at the southern entrance of the city of Anápolis, in State of Goiás, the North South Railway - FNS and its socio-spatial implications. <![CDATA[Percepção ambiental das artesãs que usam as folhas de carnaúba (<strong><em>Copernicia prunifera </em></strong>H.E.Moore, Arecaceae) na Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba, Piauí, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100063&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo investigou os aspectos socioeconômicos e a percepção ambiental das artesãs que subsistem da confecção de artesanato de folhas de carnaúba na Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba, município de Parnaíba, Piauí. Foram entrevistadas 36 artesãs, pertencentes às comunidades Fazendinha, Vazantinha e Pedra do Sal, utilizando-se questionários semiestruturados. Paralelamente, o manejo das plantas foi acompanhado. O artesanato é feito por mulheres com idade entre 20 e 60 anos e de baixa escolaridade. Estas moram em comunidades desprovidas de saneamento básico, escolas e saúde pública de qualidade. A percepção sobre a planta é atribuída às suas utilidades, aos danos causados a esta e a especulação imobiliária. As artesãs de Fazendinha e Vazantinha não expressaram uma consciência conservacionista, prevalecendo, a percepção capitalista; já na comunidade de Pedra do Sal, as artesãs promovem a conservação ambiental. Estas realizam protestos e procuram os órgãos ambientais, visando impedir a devastação dos carnaubais. Observou-se que embora as artesãs desenvolvam a mesma atividade, possuem percepções diferentes sobre o ambiente e ao recurso explorado. Especialmente na comunidade Fazendinha é necessária a promoção da educação ambiental, a fim de conciliar o extrativismo ao equilíbrio ecológico.<hr/>This study investigated the socioeconomic aspects and environmental perception of artisans that subsists making handicrafts of the leaves of carnauba palm (Copernicia prunifera H. E. Moore) in the Delta do Parnaíba Environmental Protection Area, located in Paranaíba municipality, Piauí state. We interviewed 36 artisans belonging to communities Fazendinha, Vazantinha and Pedra do Sal, using semi-structured questionnaires. In parallel, the plant management was followed. The crafts are made by women with age ranging from 20 to 60 years and low education. They live deprived of basic sanitation, schools and public health of quality. The perception about the plant is attributed to carnauba utilitarian features. In the three communities damage to plant involves estate speculation. The artisans of Fazendinha and Vazantinha did not express a conservationist conscience, prevailing capitalist perception. In the community of Pedra do Sal, the artisans promote an environmental conservation. They contact environmental agencies and protest against the devastation of carnauba forest. It was observed that although artisans share the same activity, they have different perceptions of the environment and resource explored. Especially in the Fazendinha community is necessary construction of environmental education to promote a sustainable extraction. <![CDATA[Questão fundiária em áreas protegidas: uma experiência no Parque Estadual da Pedra Branca (PEPB), Rio de Janeiro, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100077&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A questão fundiária em Unidades de Conservação no Brasil tem sido um dos grandes desafios para sua gestão, sobretudo àquelas situadas no meio urbanizado, como é o caso do Parque Estadual da Pedra Branca (PEPB), localizado no oeste do município do Rio de Janeiro. Para garantir uma adequada gestão da UC, este trabalho apresenta um diagnóstico fundiário para subsidiar o Plano de Manejo do PEPB. Baseado no levantamento de dados secundários e aplicação de questionários estruturados (316 entrevistas, representando 29% do total estimado de moradias) sobre a questão fundiária em áreas do seu interior/entorno imediato para identificar elementos chaves para contribuir para a gestão do PEPB. Os resultados indicam seis zonas (Z) que traduzem algumas tipologias de ocupação nos bairros do entorno do PEPB, mostrando uma heterogeneidade de ocupações, com moradores de classe alta, média e baixa, incluindo áreas de favelas; agricultores que moram e sobrevivem das atividades econômicas desenvolvidas no interior dessa UC; e residentes temporários que utilizam o local para “veraneio”. Para a minimização dos conflitos fundiários desta UC, quatro elementos devem ser essenciais: (i) levantamento sistemático de informações em cartórios, para que seja criado um cadastro completo dos imóveis do PEPB; (ii) criação de grupos de trabalho multi-interdisciplinares para a solução de problemas fundiários; (iii) implementação de programas de educomunicação ambiental, visando esclarecimentos sobre a preservação do PEPB; (iv) formalização de acordos entre os moradores do Parque e gestores visando minimizar os atuais conflitos.<hr/>The land tenure has been a challenge for the management of protected areas in Brazil, mainly those located in urban areas, such as the ‘Pedra Branca’ State Park (PEPB) in the west of Rio de Janeiro city. To ensure an adequate management of UC, this paper presents a land tenure analysis for support the Management Plan of PEPB. Based on the secondary data and application of structured questionnaires (316 interviews, representing 29% of the total estimated housing) on the land tenure in areas inside/around of PEPB boundaries, seeking for some key elements to support the management of PEPB. This survey identified six zones (Z) with some types of occupation in the study area. The results showed that there are diversified occupations, such as residents with high, medium and low income, including ‘favelas’, subsistence agricultures and temporary residents. This work pointed out to a complexity related to the land tenure in protected areas and highlights the required elements: (i) systematic data survey for the complete registration of properties in PEPB; (ii) organization of a multi-interdisciplinary working groups to solve land tenure problems, (iii) implementation of environmental education and communication programs, seeking explanation on the PEPB conservation as a factor of improving the quality of life, (iv) agreements between the residents of the Park and policy makers to minimize the conflicts caused by the land tenure in PEPB. <![CDATA[Land surface temperature in different land covers of the  Andean Region of Colombia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100095&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Se evaluó la relación de los índices de vegetación de diferencia normalizada (IVDN) y de agua de diferencia normalizada (IADN) con la temperatura de la superficie terrestre (TST), por medio de la utilización de imágenes Landsat de la cuenca del río La Vieja, en la región Andina colombiana. Se evaluaron las coberturas de selva Andina, plantación forestal, café, pasto y zona urbana. Se identificaron correlaciones negativas entre los índices y la TST, y se encontraron diferencias significativas (p&lt;0.01) entre tipos de cobertura. El pasto presentó TST promedio mayor a la zona urbana, y el café menor a la de bosques y plantaciones. Las transiciones de pastos hacia plantación, selva Andina y café mostraron disminuciones en TST hasta de 9 °C, de zona urbana a café hasta de 8 °C, mientras que de zona urbana a pastos se incrementó hasta en 1.28 °C. Se concluyó que los pastos pueden tener mayor capacidad para favorecer el calentamiento de la superficie que la zona urbana y, que el café se asemeja a los bosques y plantaciones en la capacidad de enfriamiento. Se planteó que no solo se debe prestar atención a las islas de calor urbanas, porque en las zonas rurales también existen islas de calor asociadas con actividades pecuarias, las cuales no han sido estudiadas con profundidad.<hr/>This study assessed the relationship of Normalized Difference Vegetation Index (NDVI) and Normalized Difference Water Index (NDWI) with land surface temperature (LST), using Landsat images of La Vieja river watershed, in the Andean region of Colombia. We evaluated land covered by Andean forest, forest plantation, coffee, pasture and urban area. Negative correlations between indices and LST were identified, and significant differences (p&lt;0.01) between land cover types were found. Pasture presented mean LST greater than urban area, and coffee lower than forests and plantations. Transitions from pasture to Andean forest, plantation and coffee showed decreases in LST up to 9 °C, from urban area to coffee up to 8 °C, while from urban area to pasture increased up to 1.28 °C. We concluded that pasture can have higher capacity than urban area to promote heating of land surface, and that coffee is similar to forests and plantations in its cooling capacity. It was suggested that there is to pay attention not only to the urban heat islands but to the rural heat islands associated to livestock activities that have not been deeply studied. <![CDATA[As RPPNs Como Estratégia Para a Conservação da Biodiversidade: O caso da Chapada dos Veadeiros]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100113&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt As Reservas Particulares do Patrimônio Natural – RPPNs - são unidades de conservação de uso sustentável criadas em propriedades privadas, de forma voluntária. As restrições a que estão sujeitas as tornam semelhantes às unidades de conservação de proteção integral. Desta forma, podem promover a conservação de seus habitats sem grandes intervenções humanas. A Chapada dos Veadeiros, região localizada no nordeste de Goiás, tem 15 RPPNs federais, localizadas em torno do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, na sua zona de amortecimento. Por ser a Chapada dos Veadeiros habitada há tempos por vários proprietários de terras e fazendeiros, a criação de RPPNs representa uma estratégia viável para a região, considerada área prioritária para projetos de conservação, por ONGs como a Conservation International (CI), a World Wide Fund for Nature (WWF) e a The Nature Conservancy (TNC), pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO). O artigo demostra que as RPPNs podem e devem ser uma alternativa importante para a implementação de um planejamento territorial desenvolvido em parceria com a comunidade local. Nesta revisão, foi investigada a contribuição das RPPNs na Chapada dos Veadeiros para a conservação da biodiversidade local e o seu processo de implementação.<hr/>The Private Natural Heritage Reserves - RPPNs – are units of conservation for sustainable use on private property created on a voluntary work. The restrictions which they are supposed to follow become them as similar as the fully units protected. Thus, they can promote the conservation of their habitats without a big human intervention. The Chapada dos Veadeiros, a region located in the northeast of Goiás, has 15 federal RPPNs, all of them located around the National Park of Chapada dos Veadeiros, in the buffer zone area. Chapada dos Veadeiros has been habited for a long time by several landowners and farmers and for this reason, the creation of the RPPN’s represents a viable strategy for the region, which is considered a priority area for conservation project by ONG’s like the Conservation International (CI), the World Wide Fund for Nature (WWF) and The Nature Conservancy (TNC) by the Ministry of Environment (MMA) and the Institute for Biodiversity Conservation Chico Mendes(ICMBIO). The article demonstrates that the private reserves can and should be an important alternative for the implementation of a land planning developed in partnership with the local community. In this review, it was investigated the contribution of the private reserves in the Chapada dos Veadeiros for the local conservation biodiversity and its implementation process. <![CDATA[Evaliação do impacto do programa de coleta seletiva de lixo na frequência de Calliphoridae e Muscidae em Tupã-SP]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100127&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho discute o uso da análise de frequência de moscas das famílias Calliphoridae e Muscidae na avaliação do impacto da implantação de programas de coleta seletiva de lixo urbano. Para isto, utilizou-se do estudo de caso de Tupã, município paulista, em duas fases distintas: fase 1 - compreendida entre os meses de junho e outubro de 2001, período caracterizado pela presença do lixão e; fase 2 - entre os meses de novembro de 2001 a maio de 2002, caracterizada pelo início da implantação do processo de coleta seletiva e reciclagem e aterramento gradativo do lixão. Procedeu-se a captura dos insetos com dez armadilhas confeccionadas com garrafas plásticas, de dois litros, do tipo PET, alocadas em residências e árvores ao redor do lixão. Como atrativo utilizou-se aproximadamente 400 ml de vinhaça de cana de açúcar, substituída semanalmente no ato da colheita. Nas duas fases da pesquisa, observou-se que a família mais frequente e constante foi a Calliphoridae.  Houve correlação positiva, antes da coleta seletiva, entre o número de califorídeos e a precipitação pluviométrica (0,638) e, entre o número de muscídeos e a temperatura média (0,605). Após a coleta, o mesmo não foi observado. O programa de coleta seletiva implantado nesse município paulista resultou em diminuição significativa na frequência de dípteros e a análise da flutuação de califorídeos e muscídeos demonstrou-se como um eficiente indicador de monitoramento da qualidade ambiental.<hr/>The present paper discusses the importance of analysing the frequency of flies of the Muscidae and Calliphoridae family, evaluating the impact of the implementation of urban garbage collection’s programs. It was examined the case study of the city Tupa – Sao Paulo’s State- which was divided in two distinct phases: phase 1 – between June and October of 2001, characterized by the presence of landfill and; phase 2 – from November of 2001 to May of 2002, characterized by the beginning of the implementation of selective collection and recycling and gradual dump grouding. The procedure for the capture of the insects was made with ten traps made with two-liter plastics bottles placed in houses and trees around the landfill. As an attractive, 400 mL of spill from sugar cane was used and replaced weekly. In both phases of the research was observed that the most frequent and constant family was the Calliphoridae. There was a positive correlation before the selective collection between the number of Calliphoridae and the rainfall (0,638) and the number of muscideos and the average temperature (0,605). After the collection program started, this correlation was not observed any more. To conclude, the program of selective collection implanted in the city of Tupa resulted in a decrease in the frequency of diptera. The analysis of the Callidoridae and Muscidae float demonstrated to be an efficient indicator of the environmental quality. <![CDATA[Avaliação da vulnerabilidade e do risco à contaminação das águas subterrâneas da bacia hidrográfica do rio Gramame (PB)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100139&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Os mapas de vulnerabilidade de contaminação das águas subterrâneas, elaborados a partir de Sistemas de Informações Geográficas (SIG’s), vêm sendo cada vez mais utilizados para dar suporte aos planos de gestão ambiental dos órgãos governamentais e não-governamentais. Este artigo mostra o mapeamento das áreas vulneráveis à contaminação do aquífero livre da bacia hidrográfica do rio Gramame (BRG). Os métodos DRASTIC e DRASTIC modificado foram as ferramentas utilizadas nesta pesquisa. Esses métodos calculam o índice de vulnerabilidade a partir do somatório de parâmetros ambientais. No DRASTIC modificado, além dos sete parâmetros já utilizados no DRASTIC (profundidade da zona não saturada do solo, recarga, material do aquífero, tipo de solo, topografia, material da zona não saturada e condutividade hidráulica), foram incluídos os fatores cobertura e uso do solo. Os resultados do DRASTIC mostram que, para o período chuvoso, foram identificadas três classes de vulnerabilidade (baixa, moderada e alta) para a área de estudo, com predominância da classe moderada. Para o período de estiagem, a vulnerabilidade apresentou, basicamente, apenas duas classes de vulnerabilidade: a baixa e a moderada. Com a inserção dos fatores uso e cobertura do solo, as áreas de vulnerabilidade alta passaram para o nível muito alto, e as áreas de vulnerabilidade moderada passaram para a classe de risco de contaminação alta. A aplicação do DRASTIC mostra a importância do uso dos SIG’s na proteção das águas subterrâneas quanto ao risco de contaminação.<hr/>The contamination vulnerability maps of groundwater, created with help of Geographic Information Systems (GIS), are being increasingly used to support environmental management plans of governmental and non-governmental organizations. This paper shows the mapping of vulnerable areas to contamination of the free aquifer of Gramame river basin (BRG in Portuguese). The methods DRASTIC and modified DRASTIC were the tools used in this research. These methods calculate the vulnerability index based on the sum of environmental parameters. The DRASTIC considers seven factors: Depth to water, net Recharge, Aquifer media, Soil media, Topography, Impact of vadose zone and hydraulic Conductivity, whereas the modified DRASTIC considers also the land use and land cover factors. The results show that the DRASTIC, for the rainy season, identified three vulnerability classes (low, moderate and high) for the study area, with a predominance of moderate class. For the dry period, the vulnerability had basically two vulnerability classes: low and moderate. When the land use and land cover factors where considered, areas of high vulnerability became very high level, and areas of moderate vulnerability became high risk class of contamination. The DRASTIC application shows the importance of the use of GIS’s in groundwater protection to risk of contamination. <![CDATA[Histórico da expansão urbana e ocorrência de inundações na cidade de Cuiabá-MT]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100159&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente trabalho analisou os documentos que registraram as inundações no município de Cuiabá no período de 1970 a 2010. As etapas de pesquisa abrangeram a mídia impressa/digital, defesa civil municipal e o acervo disposto na Biblioteca Central do município. O objetivo principal deste trabalho foi estabelecer a relação entre crescimento urbano e a incidência de inundações no município. Contabilizaram-se cinquenta e um eventos concentrados nos meses de dezembro a abril e uma média de 1,28 ocorrências por ano no período analisado. A expansão do perímetro urbano no início dos anos 1960 favoreceu a ocupação de forma desordenada do uso do solo e o incremento das inundações urbanas, seja pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização dos córregos urbanos como o Córrego da Prainha e o Córrego do Barbado. As avaliações revelam que a urbanização da capital de Mato Grosso influenciou no aumento da frequência de inundações e os seus impactos repercutiram em prejuízos de natureza material e humana.<hr/>This study examined documents that recorded floods in the municipality of Cuiabá between 1970 and 2010. The steps of research encompassed printed and digital media, municipal civil defense and the collection of the Central Library of the municipality of Cuiabá. The main goal of this study was to establish a relationship between urban sprawl and incidence of floods in the municipality. Fifty-one flood events were recorded, concentrated in the months from December to April, with an average of 1.28 occurrences per year in the period analyzed. The expansion of the urban area in the early 60’s has favored the disordered occupation of land use and the increase of urban floods, either by the intense waterproofing as well as by channeling of urban streams, as observed in the Prainha and Barbado streams. The results revealed that the urbanization of the capital of Mato Grosso State has influenced in increasing the frequency of floods and their impacts have caused in losses of material and human nature. <![CDATA[Geotecnologias aplicadas ao Zoneamento Agroecológico do estado do Mato Grosso do Sul]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100171&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O trabalho teve como objetivo apresentar uma proposta metodológica para o zoneamento agroecológico do Estado do Mato Grosso do Sul, tendo como estudo de caso o município de Bandeirantes. Foram utilizadas geotecnologias, tais como: imagens de satélite (Landast 5), sistema de posicionamento global, sistemas de informação geográfica, cartografia digital e software de processamento digital de imagens, visando construir parâmetros ambientais para uma análise integrada de dados, associados com atributos do terreno derivados de um modelo digital de elevação, dados de propriedades dos solos e de clima. Estas geotecnologias foram empregadas para calcular e espacializar o potencial natural de erosão das terras, a fertilidade natural, drenagem interna e a capacidade de retenção de umidade dos solos. A análise integrada dos parâmetros ambientais, do uso atual das terras e da espacialização da legislação ambiental, permitiu estratificar o município em diferentes zonas agroecológicas recomendadas para o uso agrícola; para o uso com pastagens; para a conservação dos recursos naturais e para a recuperação ambiental. No município de Bandeirantes as zonas agroecológicas recomendadas para o uso com lavouras somam 1.150 km2 (37%) e para pastagens 1.658 km2 (53%), As recomendadas para conservação dos recursos naturais e para recuperação ambiental correspondem a 310 km2, isto é, 10% das terras do município. Pôde-se concluir que a análise integrada de dados ambientais associados às geotecnologias possibilitou a avaliação quantitativa e qualitativa permitindo à estratificação do município em diferentes zonas agroecológicas com indicação de áreas passíveis de exploração agrícola sustentável<hr/>This study aimed to present the methodological approach of the agroecological zoning of Mato Grosso do Sul State. The approach incorporated quantitative and qualitative assessment, with geotechnologies (satellite image–landsat 5, global positioning system, geographic information system, digital mapping, software of digital image processing) adoption to perform an integrated analysis of environmental data. Primary soils information associated with terrain attributes and climate characteristics were used with geotechnologies to evaluation of the natural erosion potential, natural fertility, internal drainage and moisture soil retention capacity of soil. The land use, and land cover and the environmental laws were observed. The integrated analysis of these data allowed environmental stratification in different agroecological zones. These zones are defined to agricultural use; pastures; conservation of natural resources or ecological restoration. In Bandeirantes case study, the agroecological zones recommended for agriculture sum 1,150 km2. The evaluation for conservation of natural resources and ecological results in 310 km2, and for the areas recommended for pastures sum 1,650 km2 or 53% of Bandeirantes municipality. This study allows conclude that the integrated analysis of environmental data with application of geotechnologies can subsidize a quantitative and qualitative assessment, stratifying the lands in different agroecological zones, each one with recommendations for sustainable use, and contributing as a powerful tool for spatial planning. <![CDATA[CASTILHO, A. L. Partido da Terra: como os políticos conquistam o território brasileiro. São Paulo: Contexto, 2012, 239 p.]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132014000100189&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O trabalho teve como objetivo apresentar uma proposta metodológica para o zoneamento agroecológico do Estado do Mato Grosso do Sul, tendo como estudo de caso o município de Bandeirantes. Foram utilizadas geotecnologias, tais como: imagens de satélite (Landast 5), sistema de posicionamento global, sistemas de informação geográfica, cartografia digital e software de processamento digital de imagens, visando construir parâmetros ambientais para uma análise integrada de dados, associados com atributos do terreno derivados de um modelo digital de elevação, dados de propriedades dos solos e de clima. Estas geotecnologias foram empregadas para calcular e espacializar o potencial natural de erosão das terras, a fertilidade natural, drenagem interna e a capacidade de retenção de umidade dos solos. A análise integrada dos parâmetros ambientais, do uso atual das terras e da espacialização da legislação ambiental, permitiu estratificar o município em diferentes zonas agroecológicas recomendadas para o uso agrícola; para o uso com pastagens; para a conservação dos recursos naturais e para a recuperação ambiental. No município de Bandeirantes as zonas agroecológicas recomendadas para o uso com lavouras somam 1.150 km2 (37%) e para pastagens 1.658 km2 (53%), As recomendadas para conservação dos recursos naturais e para recuperação ambiental correspondem a 310 km2, isto é, 10% das terras do município. Pôde-se concluir que a análise integrada de dados ambientais associados às geotecnologias possibilitou a avaliação quantitativa e qualitativa permitindo à estratificação do município em diferentes zonas agroecológicas com indicação de áreas passíveis de exploração agrícola sustentável<hr/>This study aimed to present the methodological approach of the agroecological zoning of Mato Grosso do Sul State. The approach incorporated quantitative and qualitative assessment, with geotechnologies (satellite image–landsat 5, global positioning system, geographic information system, digital mapping, software of digital image processing) adoption to perform an integrated analysis of environmental data. Primary soils information associated with terrain attributes and climate characteristics were used with geotechnologies to evaluation of the natural erosion potential, natural fertility, internal drainage and moisture soil retention capacity of soil. The land use, and land cover and the environmental laws were observed. The integrated analysis of these data allowed environmental stratification in different agroecological zones. These zones are defined to agricultural use; pastures; conservation of natural resources or ecological restoration. In Bandeirantes case study, the agroecological zones recommended for agriculture sum 1,150 km2. The evaluation for conservation of natural resources and ecological results in 310 km2, and for the areas recommended for pastures sum 1,650 km2 or 53% of Bandeirantes municipality. This study allows conclude that the integrated analysis of environmental data with application of geotechnologies can subsidize a quantitative and qualitative assessment, stratifying the lands in different agroecological zones, each one with recommendations for sustainable use, and contributing as a powerful tool for spatial planning.