Scielo RSS <![CDATA[Pesquisa Agropecuária Tropical]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1983-406320170001&lang=es vol. 47 num. 1 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Portable chlorophyll meter can estimate the nitrogen sufficiency index and levels of topdressing nitrogen in common bean]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100001&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT The nitrogen sufficiency index (NSI) obtained by using a portable chlorophyll meter is a practical alternative to evaluate the N levels in plants. This study aimed at determining the appropriate NSI value for leaves of common bean plants, in order to define the need and amount of N to be applied as topdressing, using the Minolta SPAD-502 portable chlorophyll meter. Three field experiments were conducted using a randomized blocks design, with four replications. Nitrogen doses were applied as topdressing and compared with a treatment in which a high dose of N was used as a reference to calculate the NSI, whose value was 95 %. According to the results observed using the chlorophyll meter and the NSI, for each 0.1 percentage point increase in the NSI to reach the adequate level (95 %), it is necessary to apply 1.1-1.5 kg ha-1 of topdressing N.<hr/>RESUMO O índice de suficiência de nitrogênio (ISN) obtido com o uso de clorofilômetro portátil é uma alternativa prática para avaliar o nível de N em plantas. Objetivou-se determinar o valor adequado do ISN em folhas de feijoeiro comum, para definição da necessidade e quantidade de N a ser aplicado em cobertura, utilizando-se o clorofilômetro portátil Minolta SPAD-502. Foram conduzidos três experimentos de campo, em delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Doses de N foram aplicadas em cobertura e comparadas com um tratamento no qual foi aplicada alta dose de N, para ser utilizado como referência no cálculo do ISN, cujo valor foi de 95 %. Com base nos resultados obtidos com o clorofilômetro e o ISN, para cada 0,1 ponto percentual de aumento no ISN para se atingir o nível adequado (95 %), deve-se aplicar 1,1-1,5 kg ha-1 de N em cobertura. <![CDATA[Paclobutrazol and branch tip pruning on the flowering induction and quality of mango tree fruits]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100007&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT The 'Ubá' mango tree cultivar is very important for the juice industry in the "Zona da Mata" region of the Minas Gerais State, in Brazil, but problems such as uneven flowering and low yield have discouraged producers. This study aimed at evaluating the effect of paclobutrazol, combined with branch tip pruning, on the flowering induction and quality of 'Ubá' mango tree fruits. Treatments were distributed in a 5 x 2 + 1 factorial arrangement, consisting of five paclobutrazol doses (0 g, 0.50 g, 1.00 g, 1.50 g and 2.0 g per linear meter of canopy), with and without branch tip pruning, in a randomized blocks design, with four replicates. The flowering percentage, number of panicles per branch, total flowers per panicle, male/hermaphrodite flowers ratio, number of fruits per branch and fruit quality were evaluated. Plants treated with tip pruning showed a higher flowering percentage. There was an increase in the flowering percentage in response to the paclobutrazol dose, reaching a maximum level at the dose of 1.62 g per linear meter of canopy. Plants submitted to branch tip pruning had a higher number of panicles per branch. There was an increase in the male/hermaphrodite flowers ratio with increasing paclobutrazol doses. Branch tip pruning increased the number of fruits per branch. There were no differences in fruit quality in response to the paclobutrazol application. It was concluded that the paclobutrazol application at the dose of 1.62 g per linear meter of canopy, combined with branch tip pruning, increases the flowering of the 'Ubá' mango tree and does not change the fruit quality.<hr/>RESUMO A mangueira 'Ubá' é muito importante para as indústrias produtoras de suco na região da Zona da Mata Mineira, mas problemas como florescimento desuniforme e baixa produtividade têm desestimulado os produtores. Objetivou-se avaliar a eficiência do paclobutrazol, aliado ao desponte de ramos, na indução do florescimento e na qualidade dos frutos da mangueira 'Ubá'. Os tratamentos foram distribuídos em esquema fatorial 5 x 2 + 1, sendo compostos por cinco doses de paclobutrazol (0 g; 0,50 g; 1,00 g; 1,50 g; e 2,0 g por metro linear de copa), com e sem desponte dos ramos, em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. Foram avaliados a porcentagem de florescimento, número de panículas por ramo, total de flores por panícula, razão entre flores masculinas e hermafroditas, número de frutos por ramo e qualidade dos frutos. Plantas tratadas com desponte apresentaram maior porcentagem de florescimento. Houve acréscimo na porcentagem de florescimento em resposta à dose de paclobutrazol, atingindo nível máximo na dosagem de 1,62 g por metro linear da copa. Plantas com desponte dos ramos apresentaram maior número de panículas por ramo. O incremento na dose de paclobutrazol aumentou a razão entre flores masculinas e hermafroditas. O desponte dos ramos aumentou o número de frutos por ramo. Não houve diferenças na qualidade dos frutos em resposta à aplicação do paclobutrazol. Conclui-se que a aplicação de paclobutrazol até a dose de 1,62 g por metro linear da copa, aliada ao desponte, aumenta o florescimento da mangueira 'Ubá' e não altera a qualidade dos frutos. <![CDATA[Estimate of intense rainfall equation parameters for rainfall stations of the Paraíba State, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100015&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Rainfall is the primary water source for hydrographic basins. Hence, the quantification and knowledge of its temporal and spatial distribution are indispensable in dimensioning hydraulic projects. This study aimed at assessing the fit of a series of rainfall data to different probability models, as well as estimating parameters of the intensity-duration-frequency (IDF) equation for rain stations of the Paraíba State, Brazil. The rainfall data of each station were obtained from the Brazilian Water Agency databanks. To estimate the maximum daily rainfall of each station and return period (5, 10, 15, 25, 50 and 100 years), the following probability distributions were used: Gumbel, Log-Normal II, Log-Normal III, Pearson III and Log-Pearson III. The estimation of rainfall in durations of 5-1,440 min was carried out by daily rainfall disaggregation. The adjustment of the IDF equation was performed via nonlinear multiple regression, using the nonlinear generalized reduced gradient interaction method. When compared to the data observed, the intense rainfall equations for most stations showed goodness of fit with coefficients of determination above 0.99, which supports the methodology applied in this study.<hr/>RESUMO As chuvas constituem-se na principal fonte de água para bacias hidrográficas. Por isso, a quantificação e o conhecimento de sua distribuição temporal e espacial são indispensáveis para o dimensionamento de projetos hidráulicos. Objetivou-se avaliar a aderência de séries de dados pluviométricos a diferentes modelos probabilísticos e estimar parâmetros da equação de intensidade-duração-frequência (IDF) para estações pluviométricas do Estado da Paraíba. Os dados pluviométricos de cada estação foram obtidos a partir do banco de dados da Agência Nacional de Águas. Para estimar as precipitações máximas diárias de cada estação e o período de retorno (5, 10, 15, 25, 50 e 100 anos), foram utilizadas as seguintes distribuições de probabilidade: Gumbel, Log-Normal II, Log-Normal III, Pearson III e Log-Pearson III. A estimativa das chuvas nas durações de 5-1.440 min foi realizada pela desagregação das precipitações pluviométricas diárias. O ajuste da equação IDF foi realizado por meio de regressão múltipla não linear, com uso do método de interação de gradação reduzida generalizada não linear. As equações de chuvas intensas para a maioria das estações, quando comparadas aos dados observados, apresentaram ajustes com coeficientes de determinação acima de 0,99, o que referenda a metodologia empregada neste trabalho. <![CDATA[Growth and contents of organic and inorganic solutes in amaranth under salt stress]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100022&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Amaranthus cruentus L. is a forage species, with grains that exhibit excellent nutritional characteristics, being the 'BRS Alegria' the first cultivar recommended for cultivation in Brazil. This study aimed at evaluating the effect of salt stress on the growth and concentrations of organic and inorganic solutes in Amaranthus cruentus L. ('BRS Alegria' cultivar). Height, stem diameter, number of leaves, leaf, stem and root dry mass, leaf area, relative water content and membrane integrity percentage, as well as soluble carbohydrate, free amino acid, soluble protein, free proline, Na+, Cl- and K+ contents, were evaluated in different plant organs. Salinity significantly reduced the biomass yield and leaf area from the treatment with 25 mM of NaCl, indicating that the 'BRS Alegria' cultivar is sensitive to salt stress. Soluble carbohydrates in the leaves decreased by 59 %, while the other organic solutes showed no substantial increases. These results, coupled with the reduction in the relative water content and membrane integrity, suggest a low ability of this cultivar to adjust osmotically under salt stress. The K+/Na+ ratio abruptly decreased in 25 mM of NaCl, suggesting an ionic imbalance, which may partially explain the salt-induced growth reduction.<hr/>RESUMO O Amaranthus cruentus L. é uma espécie forrageira, com grãos que possuem ótimas características nutricionais, sendo a cultivar 'BRS Alegria' a primeira recomendada para cultivo no Brasil. Objetivou-se avaliar o efeito do estresse salino no crescimento e concentrações de solutos orgânicos e inorgânicos em Amaranthus cruentus L. cv. 'BRS Alegria'. Foram avaliados a altura, diâmetro do caule, número de folhas, massa seca das folhas, caule e raízes, área foliar, teor relativo de água, porcentagem de integridade das membranas e teores de carboidratos solúveis, aminoácidos livres, proteínas solúveis, prolina livre, Na+, Cl- e K+, nos diferentes órgãos da planta. A salinidade reduziu fortemente a produção de biomassa e a área foliar a partir do tratamento com 25 mM de NaCl, indicando que a cultivar 'BRS Alegria' é sensível ao estresse salino. Os carboidratos solúveis nas folhas diminuíram 59 %, enquanto os demais solutos orgânicos não apresentaram aumentos substanciais. Esses resultados, associados à diminuição do teor relativo de água e da integridade das membranas, sugerem uma baixa capacidade dessa cultivar para o ajustamento osmótico sob estresse salino. A razão K+/Na+ reduziu-se abruptamente em 25 mM de NaCl, sugerindo desequilíbrio iônico, o que pode, ao menos em parte, explicar a redução de crescimento induzida pelo sal. <![CDATA[DRIS indices in three phenological stages of the carrot crop]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100031&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Carrot is one of the most consumed vegetables in Brazil, where the cultivars currently grown present a high yield potential and nutritional demand, which require constant adjustments in fertilization programs for the crop. This study aimed at determining reference values ​​and diagnostic indices by using the DRIS method in three phenological stages of the carrot crop (around 40 and 70 days after sowing and at harvest), as well as evaluating the possibility of early diagnosis for nutritional limitations. For determining the DRIS norms, a database was obtained from leaf samplings, root yields and leaf contents of N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Mn and Zn, in carrot commercial fields. The nutritional limitation order was generated as a function of the fertilization response and optimum range of leaf contents. The reference values​​ for K, Ca, Mg, S and Mn were similar in all sampling times. N, P, B, Cu and Zn varied with the stages sampled, indicating the need to standardize the sampling times for these nutrients. Mn, K and Mg were the most limiting nutrients for the crop growth, while Zn and B were the least limiting. There was a correlation between the diagnoses performed at early stages and those performed at harvest for K, Ca, Mg, S and Mn, indicating the possibility of early diagnosis for the deficiency of these nutrients.<hr/>RESUMO A cenoura está entre as principais olerícolas consumidas no Brasil, onde as cultivares utilizadas atualmente apresentam elevado potencial produtivo e demanda nutricional, o que exige constantes ajustes dos programas de fertilização da cultura. Objetivou-se determinar valores de referência e índices diagnósticos pelo método DRIS para três fases fenológicas da cultura da cenoura (cerca de 40 e 70 dias após a semeadura e na colheita), bem como verificar a possibilidade de diagnose precoce de limitação nutricional. Para determinação das normas DRIS, obteve-se um banco de dados a partir da amostragem de folhas, produtividade de raízes e teores foliares de N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Mn e Zn, em lavouras comerciais de cenoura. A ordem de limitação nutricional foi gerada em função do potencial de resposta à adubação e da faixa ótima dos teores foliares. Os valores referência de K, Ca, Mg, S e Mn mostraram-se semelhantes em todas épocas de amostragem. Os de N, P, B, Cu e Zn variaram, reforçando a ideia de padronização da época de amostragem para esses nutrientes. O Mn, K e Mg foram os nutrientes mais limitantes por deficiência, enquanto Zn e B foram os menos limitantes. Para K, Ca, Mg, S e Mn, há concordância entre a diagnose realizada nas fases precoces e a efetuada na colheita, o que indica possibilidade de diagnose precoce da limitação desses nutrientes. <![CDATA[Characterization of <em>Sarocladium oryzae</em> and its reduction potential of rice leaf blast]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100041&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT The integrated management of rice leaf blast (Magnaporthe oryzae) is carried out mainly with the adoption of chemical control. However, the search for alternative practices has grown in recent years. Thus, the variability of 28 Sarocladium oryzae isolates was evaluated for the cerulenin production, as well as its potential for reducing the severity of rice leaf blast, quantifying the activity of enzymes linked to the plant defense mechanisms. More than 55 % of the S. oryzae isolates were antagonistic to the pathogens M. oryzae, Cochliobolus miyabeanus, Thanatephorus cucumeris and Monographella albescens, and 60 % of the isolates produced cerulenin at detectable levels. Both BRM 6461 (296.0 µg mL-1) and BRM 6493 (undetectable cerulenin) inhibited the formation of M. oryzae appressoria in 89.5 % and 85 %, respectively. The BRM 6461 isolate, applied as conidial suspension and filtered, reduced the severity of rice leaf blast in 68.8 % and 75.5 %, respectively. The enzymatic activity in the presence of M. oryzae was higher for lipoxygenase at 5 h (filtered) and at 24 h and 72 h (conidial suspension) after the pathogen inoculation. For phenylalanine ammonia lyase, the highest expression was at 5 h (filtered) and 72 h (conidial suspension). The enzymes chitinase, β-1,3-glucanase and peroxidase and the salicylic acid phytohormone presented no differences, in relation to the controls (water and M. oryzae). The filtered from the BRM 6461 isolate, basically constituted by cerulenin, reduced the severity of rice leaf blast and possibly activated the defense mechanisms of the rice plants against M. oryzae.<hr/>RESUMO O manejo integrado de brusone (Magnaporthe oryzae) em arroz é realizado, principalmente, com a adoção de controle químico. No entanto, a busca por práticas alternativas tem crescido nos últimos anos. Assim, avaliou-se a variabilidade de 28 isolados de Sarocladium oryzae, quanto à produção de cerulenina, e o seu potencial na redução da severidade de brusone foliar em arroz, quantificando-se a atividade de enzimas ligadas ao mecanismo de defesa das plantas. Mais de 55 % dos isolados de S. oryzae foram antagônicos aos patógenos M. oryzae, Cochliobolus miyabeanus, Thanatephorus cucumeris e Monographella albescens, e 60 % dos isolados produziram cerulenina em níveis detectáveis. Tanto BRM 6461 (296,0 µg mL-1) quanto BRM 6493 (cerulenina não detectável) inibiram a formação de apressórios de M. oryzae em 89,5 % e 85 %, respectivamente. O isolado BRM 6461, aplicado na forma de suspensão de conídios e filtrado, reduziu a severidade da brusone em 68,8 % e 75,5 %, respectivamente. A atividade enzimática, na presença de M. oryzae, foi maior para lipoxigenase após 5 h (filtrado) e 24 h e 72 h (suspensão de conídios) da inoculação do patógeno. Para fenilalanina-amônia liase, a maior expressão ocorreu após 5 h (filtrado) e 72 h (suspensão de conídios). As enzimas quitinase, β-1,3-glucanase e peroxidase e o fitohormônio ácido salicílico não apresentaram diferenças em relação aos controles (água e M. oryzae). O filtrado do isolado BRM 6461, constituído basicamente por cerulenina, reduziu a severidade da brusone e, possivelmente, ativou os mecanismos de defesa da planta de arroz contra M. oryzae. <![CDATA[N, P or K doses on the dry matter and crude protein yield in maize and sorghum for silage]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100053&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Maize and sorghum are the main raw materials in the production of silage for animal feed, with mineral fertilization being worthy of note when the goal is to increase gains in the amount and quality of the forage. This study aimed at evaluating the contribution of N, P or K doses to the dry matter and crude protein yield in maize and sorghum grown for silage. The experiments were carried out in a randomized block design, with four replications, during five successive crops of maize (three summer seasons) and sorghum (two off-season). Five doses of N (0 kg ha-1, 50 kg ha-1, 100 kg ha-1, 150 kg ha-1 and 200 kg ha-1), five doses of P2O5 (0 kg ha-1, 40 kg ha-1, 80 kg ha-1, 120 kg ha-1 and 160 kg ha-1) and five doses of K2O (0 kg ha-1, 30 kg ha-1, 60 kg ha-1, 90 kg ha-1 and 120 kg ha-1) were applied to each crop in the same experimental area. The N doses contributed to an increase in the crude protein yield in the five successive crops of maize and sorghum, together with an increase in dry matter and/or protein concentration. Crude protein increased 59.5-312.9 % for both crops. The soils used for the succession cropping system of maize and sorghum for silage had "very high" levels of P and K. Therefore, the P fertilization had no effect on the dry matter or crude protein yield in the first year of cultivation, similarly to the K fertilization during the five successive crop seasons.<hr/>RESUMO Milho e sorgo são as principais matérias primas na produção de silagem para consumo animal, merecendo destaque a adubação mineral, quando o objetivo for incrementar os ganhos em quantidade e qualidade forrageira. Objetivou-se avaliar a contribuição de doses de N, P ou K na produtividade de massa seca e proteína bruta de milho e sorgo para silagem. Os experimentos foram conduzidos em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições, durante cinco cultivos sucessivos de milho (três safras de verão) e sorgo (duas safrinhas). Foram utilizadas cinco doses de N (0 kg ha-1, 50 kg ha-1, 100 kg ha-1, 150 kg ha-1 e 200 kg ha-1), cinco doses de P2O5 (0 kg ha-1, 40 kg ha-1, 80 kg ha-1, 120 kg ha-1 e 160 kg ha-1) e cinco doses de K2O (0 kg ha-1, 30 kg ha-1, 60 kg ha-1, 90 kg ha-1 e 120 kg ha-1), aplicadas em cada cultivo, na mesma área experimental. As doses de N contribuíram para o aumento da produtividade de proteína bruta nos cinco cultivos sucessivos de milho e sorgo, associado ao aumento de massa seca e/ou da concentração de proteína. O incremento de proteína bruta foi de 59,5-312,9 % para as duas culturas. Os solos utilizados no sistema de sucessão de milho e sorgo para silagem apresentaram níveis "muito altos" de P e K. Portanto, a adubação com P não teve efeito sobre a produção de matéria seca ou proteína bruta no primeiro ano de cultivo, assim como ocorreu para a adubação com K durante as cinco safras sucessivas. <![CDATA[Phenophases and cutting time of forage cactus under irrigation and cropping systems]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100062&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Management practices can affect the phenology and, consequently, the harvest time and crop production level of forage cactus. This study aimed at evaluating the effect of irrigation depths and cropping systems on the phenophases and cutting time of the forage cactus Opuntia stricta (Haw.) Haw. The experimental design was a randomized block with split plots and four replications. Irrigation depths based on reference evapotranspiration (8.75 %, 17.5 %, 26.25 % and 35 % ETo) and a control (0 % ETo) made up the plots, while cropping systems (exclusive cropping, exclusive cropping on mulch and forage cactus-sorghum intercropping) were distributed in the subplots. Cladode emission morphogenesis was used to define the phenological phases, while the extrapolation of the monthly dry matter accumulation rate was applied to obtain the cutting time. The use of irrigation depths significantly increased the phenophase II (higher emission of second-order daughter cladodes), decreasing the phenophase III, associated with third-order daughter cladodes. The phenophase III was lower in the exclusive cropping on mulch and forage cactus-sorghum intercropping systems, when compared to the exclusive cropping system. The ideal cutting time for irrigated forage cactus is 19 months, regardless of the cropping system. The exclusive cropping on mulch and forage cactus-sorghum intercropping systems significantly increased the monthly forage dry matter accumulation rate, with an earlier cutting time for the forage cactus-sorghum intercropping system (17 months).<hr/>RESUMO A adoção de práticas de manejo pode afetar a fenologia e, consequentemente, o momento de colheita e o nível produtivo de palma forrageira. Objetivou-se avaliar o efeito de lâminas de irrigação e sistemas de cultivo sobre as fenofases e o momento de corte da palma forrageira Opuntia stricta (Haw.) Haw. O delineamento foi em blocos ao acaso com parcelas subdivididas e quatro repetições. Lâminas de irrigação, com base na evapotranspiração de referência (8,75 %; 17,5 %; 26,25 %; e 35 % ETo), mais uma testemunha (0 % ETo) compuseram as parcelas, e os sistemas de cultivo as subparcelas (cultivo exclusivo, cultivo exclusivo com cobertura morta e consórcio palma-sorgo). Com a morfogênese de emissão de cladódios foram delimitadas as fases fenológicas, e com a extrapolação da taxa de acúmulo mensal de matéria seca de forragem definiu-se o momento de corte. A aplicação de lâminas de irrigação aumentou a fenofase II (maior emissão de cladódios de segunda ordem), em detrimento à fenofase III, associada a cladódios de terceira ordem. A fenofase III foi mais reduzida nos sistemas de cultivo exclusivo com cobertura morta e consórcio palma-sorgo, quando comparada ao sistema cultivo exclusivo. O momento de corte ideal para a palma irrigada é de 19 meses, independentemente do sistema de cultivo. Os sistemas de cultivo exclusivo com cobertura morta e consórcio palma-sorgo incrementaram expressivamente a taxa de acúmulo mensal de matéria seca de forragem, com maior antecipação do momento de corte para o sistema consórcio palma-sorgo (17 meses). <![CDATA[Agronomic traits and yield of organic maize under no-tillage system]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100072&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT The no-tillage farming has become a popular practice in Brazil, but problems with weed control and plant nutrition persist under organic production systems. This study aimed at evaluating the agronomic traits and yield of maize, after using different off-season cover crops under two organic no-tillage systems. A randomized block design, with a 7 x 2 factorial scheme, being 7 treatments (weeds; black oat monoculture; sunflower; white lupin intercropped with black oat in rows; white lupin intercropped with black oat by broadcasting; white lupin monoculture; and no cover crop) and 2 cropping systems (maize alone and intercropped with jack bean), and four replications was used. The agronomic traits evaluated were plant height, first-ear insertion height, stem diameter, prolificacy, 1,000 grain weight, grain yield and nitrogen released at 60 days of mulch decomposition. White lupin straw in monoculture and intercropped with black oat release a higher amount of N during the decomposition process and, consequently, these treatments increase maize yield. Intercropping with jack bean within the same row as maize reduces its yield potential under an organic no-tillage system.<hr/>RESUMO A prática de plantio direto se popularizou no Brasil, porém, em sistemas orgânicos de produção, persistem entraves quanto ao manejo de plantas daninhas e nutrição de plantas. Objetivou-se avaliar as características agronômicas e a produtividade de milho, após a utilização de diferentes plantas de cobertura na entressafra, em dois sistemas de plantio direto orgânico. Utilizou-se delineamento em blocos casualizados, com 4 repetições, em esquema fatorial 7 x 2, sendo 7 manejos (plantas espontâneas; aveia preta em monocultivo; girassol; consórcio em fileiras de tremoço branco e aveia preta; consórcio à lanço de tremoço branco e aveia preta; tremoço branco em monocultivo; e manejo sem cobertura vegetal) e 2 modos de cultivo (milho solteiro e consorciado com feijão-de-porco). Avaliaram-se as seguintes características agronômicas: altura da planta, altura da inserção da espiga principal, diâmetro do colmo, prolificidade, massa de 1.000 grãos, produtividade de grãos e nitrogênio liberado aos 60 dias de decomposição da palhada. A palhada de tremoço branco em monocultivo e os consórcios com aveia preta liberam maior quantidade de N durante o processo de decomposição e, consequentemente, estes manejos elevam a produtividade do milho. O consórcio de feijão-de-porco na mesma linha de cultivo do milho reduz seu potencial produtivo em sistema de plantio direto orgânico. <![CDATA[Physiological, phenometric and productive changes in soybean crop due to the use of kinetin]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100080&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT A fast growth in the use of substances that increase soybean yield through physiological or morphological changes, such as cytokinin, has taken place in recent years. This study aimed at assessing the effect of the application time of cytokinin as kinetin on soybean crops. The experiment was carried out under field conditions, using four treatments (control and kinetin at the vegetative stages V4, V6 and V4 + V6), with five replications, in completely randomized blocks. Physiological (nitrate reductase and peroxidase activity, H2O2 content and lipid peroxidation) and phenometric parameters (leaf and root dry mass), as well as yield, were evaluated. The application of kinetin at V4, V6 or V4 + V6 increased the activity of the nitrate reductase enzyme and reduced stress (evaluated via lipid peroxidation and hydrogen peroxide content), in addition to raising the dry matter content. All these characteristics resulted in increased yield. However, the most significant effects were caused by the application of kinetin at V6, which increased yield in 20 %, in relation to the control.<hr/>RESUMO Nos últimos anos, houve rápido crescimento na utilização de substâncias que buscam aumentar a produtividade de soja, como as citocininas, seja por alterações fisiológicas ou morfológicas. Objetivou-se avaliar o efeito da época de aplicação de citocinina na forma de cinetina, na cultura da soja. O experimento foi realizado em condições de campo, utilizando-se quatro tratamentos (controle e cinetina nos estágios vegetativos V4, V6 e V4 + V6), com cinco repetições, em blocos inteiramente casualizados. Foram realizadas avaliações fisiológicas (atividade de nitrato redutase e peroxidase, teor de H2O2 e peroxidação de lipídios) e fenométricas (massa de matéria seca de raiz e folhas), além da produtividade. A aplicação de cinetina em V4, V6 ou V4 + V6 proporcionou incremento na atividade da enzima nitrato redutase, redução do estresse (avaliado por meio da peroxidação lipídica e teor de peróxido de hidrogênio) e aumento no teor de massa de matéria seca. Todas essas características repercutiram no aumento da produtividade. Contudo, os efeitos mais expressivos foram causados pela aplicação de cinetina em V6, que proporcionou incremento de 20 % na produtividade, em relação ao controle. <![CDATA[Cowpea bean production under water stress using hydrogels]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100087&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT The population increase and the need of intensifying food production, coupled with the scarcity of water resources, have led to the search of alternatives that reduce consumption and optimize the water use during cultivation. In this context, hydrogels become a strategy in agricultural management, due to their water retention capacity in the soil and availability to plants. This study aimed at evaluating the efficiency of hydrogels on the development and production of cowpea bean ('Sempre-verde' cultivar) under water stress, in a greenhouse. The experiment was performed in a randomized block design, with five replications, in a 4 x 5 factorial scheme, consisting of four types of hydrogel (Hydroplan-EB HyA, with granulometry of 1-3 mm; Hydroplan-EB HyB, with granulometry of 0.5-1 mm; Hydroplan-EB HyC, with granulometry &lt; 0.5 mm; Polim-Agri, with granulometry of 1-0.5 mm) and five concentrations (0 g pot-1; 1.5 g pot-1; 3 g pot-1; 4.5 g pot-1; 6 g pot-1). The following traits were evaluated: number of pods per plant, number of grains per pod and grain yield. The highest concentration (6 g pot-1) resulted in a higher number of pods and yield for all the hydrogels, especially for HyC and Polim-Agro, which presented 7.4 pods plant-1 and 7.0 pods plant-1, with yield of 15.43 g plant-1 and 16.68 g plant-1, respectively. The use of hydrogel shows to be efficient for reducing yield losses under water stress.<hr/>RESUMO O aumento populacional e a necessidade de intensificação da produção de alimentos, aliados à escassez de recursos hídricos, têm levado a buscas por alternativas que reduzam o consumo e otimizem o uso de água durante os cultivos. Neste contexto, os hidrogéis surgem como estratégia no manejo agrícola, devido à sua capacidade de retenção e de disponibilização de água para as plantas. Objetivou-se avaliar a eficiência de hidrogéis no desenvolvimento e produção de feijão-caupi (cultivar 'Sempre-verde'), quando submetido a estresse hídrico, em casa-de-vegetação. O experimento foi conduzido em blocos casualizados, com cinco repetições, em esquema fatorial 4 x 5, sendo avaliados quatro tipos de hidrogel (Hydroplan-EB HyA, com granulometria de 1-3 mm; Hydroplan-EB HyB, com granulometria de 0,5-1 mm; Hydroplan-EB HyC, com granulometria &lt; 0,5 mm; Polim-Agri, com granulometria de 1-0,5 mm) e cinco concentrações (0 g vaso-1; 1,5 g vaso-1; 3 g vaso-1; 4,5 g vaso-1; 6 g vaso-1). Os parâmetros avaliados foram: número de vagens por planta, número de grãos por vagem e produtividade de grãos. A maior concentração (6 g vaso-1) resultou em maior número de vagens e produtividade para todos os hidrogéis, destacando-se HyC e Polim-Agro, com 7,4 e 7 vagens por planta e produtividade de 15,43 g planta-1 e 16,68 g planta-1, respectivamente. A utilização de hidrogel demonstra ser eficiente na redução de perdas de produtividade sob estresse hídrico. <![CDATA[Moisture content at harvest and drying temperature on bean seed quality]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100093&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT The physical quality and physiological performance of seeds may be influenced by numerous factors, including the moisture content at harvest and drying temperature. This study aimed at evaluating the physical quality and physiological performance of black bean seeds (BRS Campeiro cultivar), depending on the moisture content at harvest and drying air temperature. The experiment was conducted under a completely randomized design, in a 3 x 5 (moisture content at harvest x drying air temperature) factorial arrangement, with four replications. The samples were collected when the seeds reached the moisture contents of 35.2 %, 25.2 % and 16.6 %. After harvesting, the seeds were subjected to drying at temperatures of 30 ºC, 35 ºC, 40 ºC, 45 ºC and 50 ºC. The physical quality of the seeds was evaluated by determining the 1,000-seed weight and hectoliter weight. The physiological performance was evaluated by the germination speed index, germination first count, accelerated aging, dry matter, seedling shoot and root length and electrical conductivity. The increase in the drying temperature, regardless of the moisture content at harvest, reduces the physical quality and physiological performance of the seeds. When subjected to drying temperatures lower than 40 ºC, the seeds obtained from the earliest harvests show a better physical quality and physiological performance.<hr/>RESUMO A qualidade física e o desempenho fisiológico de sementes podem ser influenciados por inúmeros fatores, dentre eles o teor de água na colheita e a temperatura de secagem. Objetivou-se avaliar a qualidade física e o desempenho fisiológico de sementes de feijão preto (cultivar BRS Campeiro), em função do teor de água na colheita e da temperatura do ar de secagem. O experimento foi realizado sob delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 5 (teor de água na colheita x temperatura do ar de secagem), com quatro repetições. As colheitas foram realizadas quando as sementes atingiram os teores de água de 35,2 %; 25,2 %; e 16,6 %. Após a colheita, as sementes foram submetidas a secagem nas temperaturas de 30 ºC, 35 ºC, 40 ºC, 45 ºC e 50 ºC. A qualidade física das sementes foi avaliada por meio da determinação do peso de mil sementes e do peso hectolitro. Já o desempenho fisiológico foi avaliado pelo índice de velocidade de germinação, primeira contagem de germinação, envelhecimento acelerado, matéria seca, comprimento da parte aérea e raiz das plântulas e condutividade elétrica. A elevação da temperatura de secagem, independentemente do teor de água na colheita, reduz a qualidade física e o desempenho fisiológico das sementes. Quando submetidas a temperaturas de secagem inferiores a 40 ºC, as sementes obtidas das colheitas realizadas antecipadamente apresentam melhor qualidade física e desempenho fisiológico. <![CDATA[Native <em>Trichoderma</em> grown on oat grains controls damping-off and enhances height in soybean]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100102&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Trichoderma is a biological control agent used to improve the resistance to diseases, which may also estimulate plant growth. Commercial products with Trichoderma are available in different countries, but most of them are based on conidial suspension. This study aimed at evaluating the efficiency of native Trichoderma populations collected from different production systems and applied to the soil by using two methods: conidial suspension and inoculated oat grains. The efficiency of native Trichoderma populations collected from conventional crop and agropastoral and agrosilvopastoral systems in a long-term field experiment was evaluated. The populations efficiencies were evaluated by in vivo tests that assessed the control of soybean damping-off caused by Rhizoctonia solani, plant height and soil colonization with the antagonist. In vitro tests, such as dual culture and assessment of volatile and non-volatile compounds, were conducted to study the mode of action of the populations. Some native Trichoderma populations were as efficient as those from a commercial product in all tests. Compared to conidial suspension, Trichoderma spp. inoculated through oat grains promoted a greater damping-off control, higher plants and more colony-forming units per gram of soil after 3 months of application. Native populations performed equally well or even better than the commercial strain, and the use of a substrate that supports the Trichoderma growth was more efficient than the conidial suspension method.<hr/>RESUMO Trichoderma é um agente de controle biológico utilizado para melhorar a resistência a doenças, que também pode estimular o crescimento de plantas. Produtos comerciais com Trichoderma estão disponíveis em diversos países, mas a maioria baseia-se na suspensão de conídios. Objetivou-se avaliar a eficiência de populações nativas de Trichoderma coletadas de diferentes sistemas de produção e aplicadas ao solo por dois métodos: suspensão de conídios e grãos de aveia infestados. Avaliou-se a eficiência de populações de Trichoderma coletadas de lavoura convencional e sistemas agropastoril e agrossilvopastoril, em experimento de campo de longa duração. A eficiência foi avaliada por testes in vivo, analisando-se o controle de tombamento de soja causado por Rhizoctonia solani, a altura das plantas e a colonização do solo com o antagonista. Os testes in vitro de pareamento de culturas, compostos voláteis e não voláteis foram realizados para explicar o modo de ação das populações. Algumas populações de Trichoderma nativas foram tão eficientes quanto a obtida de produto comercial, em todos os testes. Com grãos de aveia infestados, Trichoderma spp. promoveu maior controle de tombamento, maior altura de plantas e mais unidades formadoras de colônias por grama de solo após três meses da aplicação, quando comparado com a suspensão de conídios. Populações nativas foram igualmente boas ou mesmo melhores do que a cepa comercial, e a utilização de um substrato que suporta o crescimento de Trichoderma foi mais eficiente do que a suspensão de conídios. <![CDATA[Root growth and yield of sugarcane as a function of increasing gypsum doses]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100110&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Sugarcane plays an important role in the Brazilian agribusiness. However, poor rainfall distribution and soil acidity directly affect its production in the Northeast Brazil. Gypsum improves the soil physical and chemical properties, attenuating the effects of water stress and acidity in the edaphic environment. This study aimed at determining the effect of gypsum doses on sugarcane growth and yield. A field experiment was conducted using a 3 x 5 factorial arrangement organized in a randomized block design, with four replications. Treatments consisted of a combination of three sugarcane varieties (RB011941, RB92579 and RB991536) with five gypsum doses (0 Mg ha-1, 2.5 Mg ha-1, 5.0 Mg ha-1, 10.0 Mg ha-1 and 20.0 Mg ha-1). RB92579 exhibited the highest stalk (157.90 Mg ha-1) and sugar (24.10 Mg ha-1) yield. Gypsum did not influence the sugarcane yield or plant growth in the vegetative growth stage, but, in the maturation phase, the leaf area declined and the number of shoots increased with the rise in gypsum doses. Applying gypsum increased the roots density along the soil profile, with a rise of around 1.10 g dm-3 at the most technically efficient dose (12.5 Mg ha-1), however, yield was not influenced, maybe due to the effect of high rainfall during the entire crop cycle. Thus, higher gypsum doses are recommended during periods of drought to benefit from the resulting increased root system.<hr/>RESUMO A cana-de-açúcar possui grande expressão no agronegócio brasileiro, entretanto, a má distribuição hídrica e a acidez do solo afetam diretamente sua produção no Nordeste do Brasil. O gesso proporciona melhorias nas propriedades físicas e químicas do solo, atenuando os efeitos da falta de água e acidez no ambiente edáfico. Objetivou-se determinar o efeito de doses de gesso no crescimento e produtividade da cana-de-açúcar. O experimento foi conduzido a campo, utilizando-se delineamento em blocos ao acaso, no esquema fatorial 3 x 5, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram da combinação de três variedades de cana-de-açúcar (RB011941, RB92579 e RB991536) com cinco doses de gesso (0 Mg ha-1; 2,5 Mg ha-1; 5,0 Mg ha-1; 10,0 Mg ha-1; e 20,0 Mg ha-1). A RB92579 apresentou maior produtividade de colmos (157,90 Mg ha-1) e de açúcar (24,10 Mg ha-1). O gesso não influenciou na produtividade da cana ou no crescimento das plantas, na fase de crescimento vegetativo. Já na fase de maturação, a área foliar diminuiu e o número de perfilhos aumentou, com o aumento das doses de gesso. A aplicação de gesso aumentou a quantidade de raízes ao longo do perfil do solo, com incremento da ordem de 1,10 g dm-³ na dose de maior eficiência técnica (12,5 Mg ha-1), porém, não influenciou na produtividade, talvez pelo efeito da alta pluviosidade durante todo o ciclo da cultura. Portanto, doses de gesso mais elevadas são recomendadas durante períodos de seca, beneficiando-se, assim, do aumento no sistema radicular proporcionado pela sua aplicação. <![CDATA[Early sowing can improve irrigation water use efficiency and yield of common bean]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-40632017000100118&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT One of the great challenges in the use of irrigation, from an economic and environmental point of view, is to optimize the amount of water used in the production system. This study aimed at determining the viability of early sowing in the fall/winter harvest season, as well as its effects on the irrigation water use efficiency and yield of common bean. A crop model named CSM-CROPGRO-Dry bean, which simulates growth, development and yield of common bean as a function of environmental conditions, crop management and cultivar-specific parameters, was used to simulate the effects of 12 sowing dates on the irrigation water use efficiency and yield of the Pérola and BRS Radiante common bean cultivars. The simulated dates were as it follows: March 1st, 10 and 20 and April 1st, 10 and 20 (considered early); and May 1st, 10 and 20 and June 1st, 10 and 20 (considered traditional). The early sowing results in greater water economy than the traditional sowing season. Sowing in March provides a higher grain yield for the BRS Radiante cultivar and is similar to the traditional sowing of the Pérola cultivar. Concerning grain yield and irrigation water use efficiency, it is feasible to sow both cultivars in March.<hr/>RESUMO Um dos grandes desafios na utilização de irrigação, do ponto de vista econômico e ambiental, é otimizar a quantidade de água aplicada ao sistema produtivo. Objetivou-se determinar a viabilidade da antecipação da semeadura na safra outono/inverno, bem como seus efeitos na eficiência do uso da água de irrigação e na produtividade de feijoeiro. Um modelo de cultura denominado CSM-CROPGRO-Dry bean, o qual simula o crescimento, desenvolvimento e produtividade do feijoeiro como função das condições ambientais, manejo da cultura e parâmetros específicos da cultivar, foi usado para simular os efeitos de 12 datas de semeadura na eficiência do uso da água de irrigação e na produtividade das cultivares de feijoeiro Pérola e BRS Radiante. As datas simuladas foram: 1º, 10 e 20 de março e 1º, 10 e 20 de abril (consideradas antecipadas); e 1º, 10 e 20 de maio e 1º, 10 e 20 de junho (consideradas tradicionais). A antecipação da semeadura resulta em maior economia de água, em relação à época de semeadura tradicional. Semeaduras em março propiciam maior produtividade de grãos para a cultivar BRS Radiante e são similares às semeaduras tradicionais para a cultivar Pérola. Considerando-se a produtividade de grãos e a eficiência do uso da água de irrigação, é viável realizar a semeadura de ambas as cultivares em março.