Scielo RSS <![CDATA[Fractal : Revista de Psicologia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1984-029220150002&lang=pt vol. 27 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200094&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Cartografando estilizações do homoerotismo na velhice: pistas metodológicas nos estudos sobre sexualidades ★]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200095&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Esse artigo problematiza a cartografia como possibilidade metodológica em pesquisas sobre sexualidades. A partir da aproximação entre algumas perspectivas dos estudos de gênero e queer e o pensamento cartográfico proposto por Gilles Deleuze e Félix Guattari, procura-se destacar pontos em comum entre essas abordagens. Após uma introdução que procura aproximar tais vertentes, apresentam-se algumas notas de pesquisa de campo onde se cartografou modos de estilização do homoerotismo na velhice entre homens num bar na cidade de Florianópolis (SC, Brasil). Procurou-se enfatizar os efeitos do/no corpo do pesquisador (de afetar e ser afetado) no processo de habitar tal território de sociabilidade.<hr/>This paper problematizes cartography as a methodological possibility on research about sexualities. Bringing together some gender studies and queer perspectives and the cartographic thinking proposed by Gilles Deleuze and Félix Guattari, it attempts to stress common grounds among these approaches. After an introduction that aims to approximate such strands, it presents some fieldwork notes of a research that aimed to cartography ways of stylizations of the homoeroticism in the old age among men in a bar in the city of Florianópolis (SC, Brazil). The text also emphasizes the effects of/on the researcher’s body (of affecting and being affected) during the process of inhabiting such sociability territory. <![CDATA[Territórios existenciais ético-estéticos em saúde coletiva]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200107&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este texto investiga as possíveis contribuições da filosofia para a problematização de questões em Saúde Coletiva, ressaltando os efeitos dos atravessamentos entre disciplinas habitualmente tidas como estrangeiras entre si. Busca-se ressaltar a dimensão da construção conceitual e a noção de territórios existenciais no campo filosófico, de modo a contribuir para a práxis no campo da Saúde Mental. Deste modo, discute-se a contribuição da filosofia para pensar o sofrimento psíquico, evidenciando a potência da clínica antimanicomial na construção de espaços que fabriquem sujeitos desinstitucionalizados. Para tanto, esboça horizontes ético-estéticos entrelaçados com os pensamentos de Gilles Deleuze, Félix Guattari e Michel Foucault.<hr/>This paper investigates possible contributions of philosophy for the problematization of Collective Health issues, emphasizing the effects of the approach among disciplines usually held as being different from one another. The purpose is to emphasize the dimension of conceptual construction and the notion of existing territories in the philosophic field, in order to contribute towards the practice in Mental Health. In this manner, the contribution of philosophy is discussed to think psychic suffering, evidencing the power of the anti-asylum clinic in the construction of spaces that manufacture deinstitutionalized subjects. To this end, ethical-aesthetic horizons are presented from the thoughts of Gilles Deleuze, Félix Guattari and Michel Foucault. <![CDATA[Várias Marias: efeitos da Lei Maria da Penha nas delegacias]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200114&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo discute os dados qualitativos da pesquisa “Violência Doméstica perpetrada contra a mulher no município de Montes Claros: um recorte possível”, financiada pelo CNPq e pela FAPEMIG. O objetivo do estudo foi investigar quantitativamente e qualitativamente os atos violentos contra as mulheres na cidade de Montes Claros, Minas Gerais. A vertente qualitativa pretendia conhecer o sentido da violência para as mulheres envolvidas e seus reflexos na família, através de entrevistas semiestruturadas que não se efetivaram. A partir da Análise Institucional de René Lourau analisamos essa inviabilidade como dado qualitativo, examinando o cotidiano da delegacia após a lei Maria da Penha. Concluímos que a intervenção judicial não é suficiente para a inibição da violência contra a mulher, pois em certos casos afasta da delegacia mulheres com outras demandas acerca da violência, que sofrem e que não podem contar com a ajuda policial para a resolução dos seus conflitos.<hr/>This article discusses the qualitative data from the research: “Domestic Violence Against Women in the city of Montes Claros/ MG: a Possible Approach”, funded by the CNPq and FAPEMIG. The objective of this study was to investigate quantitatively and qualitatively violent acts against women in the city of Montes Claros, Minas Gerais. In the qualitative dimension it intends to find the meaning for the women involved and its reflexes in the family, through semi-structured interviews that were not accomplished. From the Institutional Analysis of René Lourau we reviewed this impracticability as qualitative data, examining the Police station’s routine after the “Maria da Penha” Law. We concluded that judicial intervention is not enough to inhibit the violence against women, because in certain cases discourages women to go to the Police station when they have other demands about the violence they suffer and cannot count on the Police to solve their conflicts. <![CDATA[A ausência de fora e a recusa da catástrofe: crise ambiental e destituição dos dualismos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200123&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Pretende-se, neste artigo, discutir a atual crise do meio ambiente a partir da ideia desenvolvida por Antonio Negri e Michael Hardt de que, no capitalismo contemporâneo, “não há mais fora”. Buscamos apresentar algumas ideias que permitem entrever, dentro da atual conjuntura, o delineamento de uma ética e uma política baseadas na constatação de que, ao perdemos a ideia da natureza como espaço exterior intocado pela história, perdemos algo que nunca existiu. E que tal perda constitui um índice apenas negativo de um movimento de reconfiguração das categorias políticas modernas que não são mais capazes de pensar a crise global, não apenas do capitalismo, mas também do próprio meio ambiente.<hr/>We intend to discuss, in this article, the capitalist and environmental crises of today´s world based on the idea, developed by Antonio Negri and Michael Hardt, that “there´s no outside” of today´s capitalism. We seek to develop some ideas that can contribute to think, in the current conjuture, the sckatches of an ethics and a politics based on the afirmation that, when we lose the idea of nature as na outside untouched by history, we lose something que that has never existed. And also that this lost constitutes only an negative index of a necessary movement of questioning the modern political categories that are no longer able to think the global crisis, not only of capitalism, but also of the environment. <![CDATA[Experiências de parentalidade como fatores geradores de sofrimento em mulheres]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200130&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Durante o trabalho realizado por meio de um Projeto de Extensão em Saúde Mental na Grande Florianópolis, percebeu-se que o relato de sofrimento das mulheres participantes estava relacionado às suas ex periências de maternidade e paternidade. A partir desta problemática, foi realizada uma pesquisa com o objetivo de compreender de que forma as experiências de parentalidade estavam se constituindo em fatores geradores de sofrimento naquelas mulheres. Para tanto, realizaram-se cinco entrevistas individuais e um grupo focal. Os dados coletados foram discutidos em quatro categorias de análise, tendo sido destacado que o sofrimento das participantes estava relacionado principalmente à vivência da parentalidade a partir de modelos tradicionais de gênero, caracterizados pela centralidade do perfil de mãe; às diferenças na responsabilidade pela educação dos filhos/filhas, assumida por homens e mulheres; à idade dos filhos/filhas e, finalmente, à vivência de dúvidas e incertezas que nem sempre podem ser mediadas em seu cotidiano.<hr/>During the work accomplished through an Extension Project in Mental Health in the Great Florianópolis, it was noticed that the suffering report of the participant women was mainly related to their experiences of motherhood and fatherhood. Considering this, a research was developed, which aimed to understand the ways their parenthood experiences were becoming generating factors of suffering in those women. To achieve that, five individual interviews and a focal group took place. The data collected was discussed through four analysis categories, in which it was highlighted that their suffering was mainly due to the experiences of parenthood from traditional models of gender, characterized for the main place of the mother, to the differences in the responsibility for the children education assumed by men and women, to the children’s age and, finally, to the experiences of uncertainties that not always can be mediated in their everyday life. <![CDATA[As possíveis consequências do abuso sexual praticado contra crianças e adolescentes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200139&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo tem como objetivo central realizar uma discussão sobre os impactos da violência sexual sobre as crianças e adolescentes. Considerando que os profissionais que lidam com esta demanda devem estar atentos para as diferentes e potenciais implicações decorrentes de tal circunstância, o presente artigo tem como objetivo realizar uma sistematização das principais contribuições teóricas pertinentes sobre o assunto e contribuir para divulgar o conhecimento já elaborado sobre as possíveis consequências de um abuso sexual na vida de uma criança ou adolescente. A sistematização dos estudos já realizados aponta que as consequências do abuso sexual são graves, extensas e diversas.<hr/>The central aim of this article is realize a discussion about the impacts of sexual violence against children and adolescents. Taking into consideration that the professionals who deal with this demand must be attentive to the different and potential implications due to that circumstance, this article aims at realizing a systematization of the main theoretical contributions relevant to this issue and contribute to divulge the knowledge which has already been elaborated about the possible consequences of a sexual abuse against a child or adolescent. The systematization of previous studies show that the consequences of sexual abuse are serious, extensive and diverse. <![CDATA[Capacitação de Gestores em Programa de Prevenção da Violência Comunitária]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200145&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A dificuldade em aliar teoria à prática tem sido preocupação constante entre estudantes e profissionais que atuam em políticas sociais. Nesse trabalho serão abordados aspectos teórico-metodológicos da psicologia comunitária que subsidiaram o processo de capacitação de uma equipe gestores no âmbito do Programa de Prevenção da Violência do Estado do Rio Grande do Sul (em parceria com a UNESCO), com vistas à realização de um Diagnostico Situacional numa comunidade socialmente vulnerável. Os encontros de capacitação propiciaram aos gestores um espaço de reflexão, contribuindo para a construção de um olhar mais crítico e menos estigmatizado acerca do problema da violência.<hr/>The difficulty to link theory to practice has been constant concern between students and professionals who work in social policies. In this paper will be addressed theoretical and methodological aspects of psychology community which supported the training of a team managers of the Violence Prevention Program in the State of Rio Grande do Sul (developed in partnership with UNESCO), with a view to achieving a situational diagnosis in a community socially vulnerable. The training provided to managers a space of reflection, contributing to the building of a more critical eye and less stigmatized about the problem of violence. <![CDATA[Investigando a associação entre sintomas e queixas depressivas com as estações do ano]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200152&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A depressão implica diversos prejuízos na vida dos indivíduos, ocasiona desde a incapacitação para o trabalho até o prejuízo nas relações e bem estar. Objetivos Este trabalho buscou investigar se há associação entre queixas e sintomas depressivos e a estação do ano em que pacientes buscam atendimento na área da saúde mental. Método Foi realizado estudo transversal e documental com pacientes adultos e idosos em ambulatório transdisciplinar em Porto Alegre, RS. Resultados Não foi encontrada associação entre motivo de consulta, sintomas depressivos e a estação do ano. Apesar disto, associou-se faixa etária, renda familiar, sexo e fonte de encaminhamento à busca por atendimento psicoterápico em função de patologia depressiva. Conclusões Apesar de não ter encontrado associação entre queixa e sintomatologia depressiva e a estação do ano em que o paciente buscou atendimento, esta pesquisa levantou dados pertinentes e importantes a serem considerados em futuros estudos sobre queixas e sintomas depressivos. <hr/>Depression involves many losses in individuals’ lives. These can vary from the incapacity to work, relationship problems and harmed well-being. This study investigated if there is association between depressive symptoms and depressive complaints and the season in which patients seek care in a mental health institution. Method We conducted a cross and documentary study with adult and elderly patients in outpatient multidisciplinary clinic in Porto Alegre, RS. Results No association was found between depressive complaint and depressive symptoms with the season. Despite this, the search for psychotherapy because of depressive disorder was associated with age, family income, sex and source of referral. Conclusions Even not having found an association between abuse and depressive symptoms with the season in which the patient sought care, this study gathered relevant and important data to consider in future studies. <![CDATA[Percepção das emoções dos usuários do CAPS II: um relato de experiência]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200160&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo teve como objetivo relatar a experiência de uma estudante de Psicologia com os usuários do CAPS II de uma cidade da Bahia, descrevendo, a partir de um encontro com essas pessoas, as percepções e emoções vivenciadas em relação aos serviços prestados pela instituição, relacionando aos objetivos propostos pela instituição CAPS e o Movimento de Reforma Psiquiátrica. Os resultados obtidos na observação são de uma satisfação dessas pessoas com o serviço, demonstrando um cuidado a esses usuários que busca acolhê-los e permitindo uma reinserção social, oferecendo-lhes suporte para que possam atuar em sua comunidade com liberdade, dignidade, respeito e autonomia.<hr/>The present article has like objective to report the experience of a Psychology student with the CAPS II on Bahia’s State city, describing, from a moment with these people, the emotions and perceptions lived associated on the Institution’s objectives, considering also to the objectives proposed by the CAPS institution and the Psychiatric Reform Movement. The results obtained by the observation is there’s a satisfaction from these people according the service, representing an careful attitude for the users, trying to receive and permit a social reintegration, offering them support for express in your community, with freedom, dignity, respect and autonomy. <![CDATA[Cuidados paliativos: desafios para cuidadores e profissionais de saúde]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200165&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Os Cuidados Paliativos (CP) visam à humanização do cuidado, à diminuição do sofrimento e à preservação da qualidade de vida do paciente em estado terminal e de sua família. Os objetivos foram conhecer os discursos e as práticas sobre os CP, e as dificuldades no exercício desses cuidados. O método foi quantiqualitativo. Os participantes foram profissionais de saúde e cuidadores NÃO profissionais (N=59) de dois hospitais de Campina Grande-PB. Os instrumentos foram um questionário e uma entrevista. A análise dos dados orientou-se pela análise da enunciação. A análise dos discursos mostrou que os CP são entendidos como práticas voltadas ao alívio da dor; ao amparo à família do paciente e ao uso de medicamentos. Existem dúvidas quanto aos fazeres do psicólogo nos CP, ainda que sejam efetuadas práticas correlatas. Este estudo foi relevante porque poderá indicar políticas públicas voltadas à promoção da qualidade de vida de pessoas com doenças terminais.<hr/>The palliative care (PC) aims at humanization of care, at the decrease of suffering and at the preservation of the family and patient’s quality of life during his terminal illness. The objectives were to get to know the discourses and practices regarding PC and the difficulties related to the activities of this kind of care. The method was quanti-qualitative. The participants were health care providers and NON-professional caregivers (N=59) from two hospitals in Campina Grande- PB. The instruments were: a questionnaire and an interview. The analysis of information was oriented by the analysis of enunciation. The analysis of discourses has shown that PC is understood as practices towards pain relief, as support to the patient’s family and finally, as the use of medications. There are doubts concerning psychologists’ performances regarding PC, even if correlate practices are done. This study was relevant because it will be able to indicate public policies concerning the increase of people’s quality of life with terminal illnesses. <![CDATA[O deslocamento do “Terceiro”: ascensão e declínio da civilização]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922015000200177&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo tem a intenção de analisar a relação entre o processo de civilização e a existência de um representante de autoridade, que sob o ponto de vista psicanalítico é qualificado pelo constructo “Terceiro”, tendo em vista a necessidade de constrição de aspectos da conduta humana para uma vida em sociedade. Assim, desenvolve-se a hipótese de um possível deslocamento desse “Terceiro”, ou seja, aquele que introduz o simbólico e representa a Lei, ao longo dos séculos. Para tal entendimento serão explanadas algumas ideias em torno da temática durante o percurso da humanidade, considerando conceitos antropológicos, sociológicos e psicanalíticos.<hr/>This article intends to analyze the relation between the process of civilization and the existence of an authority representative, who under the psychoanalytic point of view is qualified by the construct “third party”, in view of the need for constricting aspects of human conduct for a social life. Thus develops the hypothesis of a possible displacement of this “third party”, the one that introduces the symbolic and represents the Law, over the centuries. For such an understanding will be explained some ideas about the matter during the course of humanity, considering concepts anthropological, sociological and psychoanalytic.