Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Linguística Aplicada]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1984-639820140004&lang=en vol. 14 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Invited editor's note</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>The value of interaction in the acquisition of a sign language</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en The acquisition of a sign language as a first language is a subject that is also of interest to researchers from many fields of study. This acquisition is significant for both deaf children of deaf parents as well as those of hearing parents, who consequently have late access to a language like Brazilian Sign language (Libras). The present study describes a test conducted with a pair of deaf twins who have hearing parents and who had their first contact with Libras at 5 years of age. However, upon being tested less than three years later, the twins showed a performance in Libras that was comparable to a deaf child of deaf parents. Although inconclusive, this study seeks to show the value of a continuous interlocutor, together with a genuine communicative interaction beginning from childhood, as commonly occurs with deaf twins, in the acquisition of a sign language.<hr/>A aquisição de uma língua de sinais como primeira língua é um assunto que interessa a pesquisadores de diversas áreas, tanto no que respeita à aquisição por crianças surdas que possuem pais surdos, quanto àquelas que têm pais ouvintes e, portanto, normalmente têm acesso tardio a uma língua como a Libras. Este estudo descreve um teste realizado com surdos gêmeos, que têm pais ouvintes e tiveram o primeiro contato com a Libras aos cinco anos. No entanto, ao serem testados, menos de três anos depois, apresentaram um desempenho na Libras comparável ao de uma criança surda que tem pais surdos. Embora não conclusivo, este estudo busca mostrar a importância de um interlocutor constante, com uma interação comunicativa genuína desde muito cedo - como a que ocorre entre surdos gêmeos -, na aquisição de uma língua de sinais. <![CDATA[<b>Code-blending in bimodal bilingual development</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Crianças bilíngues desenvolvem sensibilidade para escolher as línguas de seus interlocutores de forma muito precoce, o que se reflete nas proporções diferenciadas do uso de cada língua. Os fatores tais como o contexto do discurso e a relativa dominância das línguas na comunidade podem também determinar o grau de diferenciação dos usos das línguas nas crianças em fase préescolar. Crianças bilíngues bimodais, ou seja, as que estão adquirindo uma língua de sinais e uma língua falada, simultaneamente, estão diante de um contexto mais complexo de negociações. Além da alternância de línguas, essas crianças produzem a sobreposição de línguas, que é um fenômeno sociolinguístico análogo àquele, mas sem a supressão de uma das línguas. Este estudo analisa produções espontâneas de crianças bilíngues bimodais, interagindo com seus interlocutores surdos ou ouvintes (duas crianças americanas e duas brasileiras). Nossos resultados mostram que, mesmo nas produções mais iniciais, as crianças produzem mais enunciados sinalizados com seus interlocutores surdos e mais enunciados falados com os seus interlocutores ouvintes. Todas as quatro crianças produziram enunciados bimodais, tanto nas sessões em que a língua alvo era a fala ou os sinais, mas de forma muito mais frequente nas sessões em sinais, potencialmente porque as crianças acham mais difícil suprimir a língua dominante. Esses resultados indicam que essas crianças bilíngues bimodais são sensíveis às línguas e seus interlocutores, enquanto apresentam uma influência considerável da língua dominante da sua comunidade.<hr/>Bilingual children develop sensitivity to the language choice of their interlocutors at an early age, reflected in differential proportions of the use of each language. Factors such as discourse context and relative language dominance in the community may also mediate the degree of language differentiation in preschool-age children. Bimodal bilingual children, those acquiring both a sign language and a spoken language, have an even more complex situation to negotiate. Besides the code-switching, the bimodal bilinguals engage in code-blending, a phenomenon with sociolinguistic uses that is analogous to code-switching, but without suppressing one of the languages. This study analyzes longitudinal spontaneous production data from four bimodal bilingual children (two Americans and two Brazilians). Our results show that even in the earliest observations, the children produced more signed utterances with their deaf interlocutors and more speech with their hearing interlocutors. All four children had used bimodal production in sign and speech sections, potentially because they find the suppression of the dominant language more difficult. The results reported here indicate that these preschool bimodal bilingual children are sensitive to the language status of their interlocutors, while showing a considerable influence from the dominant community language. <![CDATA[<b>Viewing the production of language in bilingual deaf subjects through functional magnetic resonance imaging</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en As línguas de sinais são línguas naturais que compartilham as propriedades das línguas orais. Este estudo buscou visualizar as áreas corticais ativadas em surdos bilíngues em Língua Brasileira de Sinais e em Língua Portuguesa. As tarefas envolveram a elaboração da linguagem. Foram feitos treze exames de Imagem por Ressonância Magnética Funcional. Foi utilizada, ainda, uma sequência de imagem ecoplanar para a aquisição BOLD (Blood Oxygen Level Dependent) e, para corregistro, foram buscadas imagens de alta resolução de todo o encéfalo. Os mapas estatísticos foram obtidos com o Modelo Geral Linear, utilizando o programa Brain Voyager.TM A tarefa de elaboração da linguagem em Língua Brasileira de Sinais proporcionou ativações mais significativas do que a tarefa de elaboração em Língua Portuguesa, sugerindo que os surdos bilíngues apresentam maior competência linguística em língua de sinais.<hr/>Sign languages are natural languages that have the same properties of oral languages. This study aimed to identify the cortical areas activated in bilingual deaf subjects who communicate through Brazilian Sign Language and Portuguese Language. Tasks involved the production of language. Thirteen functional magnetic resonances imaging (fMRI) exams were performed. An Echo Planar Imaging (EPI) sequence was used to obtain the BOLD (Blood Oxygen Level Dependent), associated with a whole brain high resolution imaging for co-register. The statistical maps were obtained using the General Linear Model with Brain VoyagerTM software. The task of producing Brazilian Sign Language provided more significant activations than did the task of producing Portuguese Language, suggesting that bilingual deaf subjects present a higher language proficiency in sign language. <![CDATA[<b>The construction of images of themselves in epigraphs of doctoral theses produced by deaf</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en A epígrafe tem sido descrita como possivelmente introdutória ao tema da pesquisa. Além disso, ela pode delinear imagens do sujeito pesquisador. A partir da Análise do Discurso (notadamente em MAINGUENEAU, 2008), este estudo investiga em que medida as imagens de sujeito pesquisador e de sujeito surdo ativista podem ser percebidas a partir de epígrafes veiculadas em teses de doutorado produzidas por surdos. Três teses foram selecionadas para análises e compreendidas como representantes de um modelo de racionalidade científica emergente (SANTOS, 2005). Nas epígrafes analisadas, os resultados indicam que tais imagens são hibridamente construídas, apesar de ser possível perceber discreta prevalência da imagem de sujeito surdo ativista.<hr/>The epigraph has been described as possibly the introductory theme of the research. Moreover, it can draw pictures of the subject researcher. From Discourse Analysis (especially in MAINGUENEAU, 2008), this study investigates to what extent the image of fellow researcher (and fellow deaf activist) can be perceived from epigraphs aired on doctoral theses produced by deaf. Three theses were selected for analysis and included as representatives of an emerging model of scientific rationality (SANTOS, 2005). In the selected epigraphs, the results indicate that such images are constructed in a hybrid manner, although you may notice a slight prevalence of the image of the deaf activist. <![CDATA[<b>Teaching languages to deaf students in Brazil at the intersection of discourses</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en This work aims to discuss multilingual issues involving teaching languages to the deaf in Brazilian schools. For this purpose, it proposes an analysis of a set of materials produced by the Brazilian Ministry of Education aimed at situating means through which to act, represent and identify the deaf, as well as practices of teaching Brazilian Sign Language and Portuguese to this social group, based on the Critical Discourse Analysis (CDA) framework. Investigating discursive practices on this issue is important, as it allows one to identify the changes in the maintenance/transformation of recognition issues regarding the deaf in the Brazilian context. This analysis illustrates a multiplicity of voices that work to establish controversy upon evoking different meanings and a power struggle regarding the preservation of rules that currently guide the processes of language teaching for the deaf in an inclusive perspective.<hr/>Este trabalho objetiva discutir questões acerca do ensino de línguas para surdos nas escolas brasileiras e, para tanto, propõe analisar um material produzido pelo Ministério da Educação a fim de situar modos de agir, representar e identificar os surdos e as práticas de ensino da Língua de Sinais Brasileira e a Língua Portuguesa para esse grupo a partir do referencial da Análise do Discurso Crítica. Investigar práticas discursivas sobre essa questão é importante, pois possibilita identificar movimentos de manutenção/transformação das questões de reconhecimento dos surdos no contexto brasileiro. A análise aponta para uma multiplicidade de vozes que operam para o estabelecimento da polêmica ao evocar diferentes sentidos e uma luta pelo poder em relação à preservação das regras que atualmente orientam os processos de ensino de línguas para os surdo em uma perspectiva inclusiva. <![CDATA[<b>The teaching-learning process of reading in a class of deaf students</b>: <b>an analysis of interactions mediated by brazilian sign language</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste texto, analisam-se as práticas de leitura de textos em português, construídas por alunos surdos e professora ouvinte, observando-se a forma como esses participantes usam a Língua de Sinais Brasileira (Libras) para ler e se referir ao texto escrito. Para isso, foram exploradas contribuições de estudos do Letramento e estudos da Leitura que focam em seu aspecto social, além de trabalhos do campo da surdez pertinentes ao tema. A partir dessa perspectiva, desenvolveu-se uma pesquisa de cunho etnográfico numa turma de alunos surdos, do 9º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública de Belo Horizonte. A pesquisa identificou padrões interacionais relativos ao uso do português sinalizado e da Libras, contribuindo para a compreensão da importância de estratégias didáticas que considerem as diferenças entre as duas línguas e o uso sistemático de técnicas baseadas na alternância de línguas.<hr/>In this paper we analyze the practices of reading texts in Portuguese, built by deaf students and a hearing teacher, observing how these participants use Brazilian sign language (Libras) to read and refer to the written text. To achieve this, contributions from Literacy Studies and studies that focus on the social aspect of reading were explored, as well as field studies on the topic of deafness. From this perspective, an ethnographic research was developed in a class of deaf students in the 9th grade of elementary school in a public school of Belo Horizonte. The research identified interactional patterns related to the use of signed Portuguese and of Brazilian Sign Language (Libras), which has contributed to the understanding of the importance of teaching strategies that consider the differences between the two languages and the systematic use of techniques based on codeswitching. <![CDATA[<b>Writing acquisition by deaf students</b>: <b>the aspectual category as a process example</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho é investigar a formação de interlíngua no processo de aquisição de escrita da Língua Portuguesa por alunos surdos. Para esse propósito, a categoria aspectual é o principal objeto de análise, a partir das propostas teóricas dos trabalhos de Jake (1998), White (2003), Ilari (1997), Castilho (1994), entre outros. Os resultados da investigação indicam a formação da interlíngua no processo de aquisição de segunda língua, bem como a influência do período em que os alunos entraram em contato com a Libras para organização gramatical da língua alvo. Esses resultados permitem apontar a hipótese de que é importante que os alunos surdos tenham acesso à escrita da língua de sinais como apoio para a aprendizagem da modalidade escrita da oral.<hr/>This study aims to investigate the formation of interlanguage in the acquisition of written Portuguese by deaf students. For this purpose, the aspectual category is the main object of analysis, as set forth in the theoretical proposals from Jake (1998), White (2003), Ilari (1997), Castillo (1995), among others. The research results indicate the formation of interlanguage in the second language acquisition process, as well as the influence of the period in which students came in contact with Brazilian Sign Language (Libras) for the grammatical organization of the target language. These results support the hypothesis that it is important for deaf students to have access to written sign language as a tool for learning the written form of the spoken language. <![CDATA[<b>An analysis of deaf students' writing who were taught through bilingual process</b>: <b>implications for teaching practice</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo tem como objetivo trazer algumas reflexões sobre o processo de escrita de alunos surdos, apontando possíveis implicações para as práticas pedagógicas em ambientes inclusivos. Para isso serão analisados cinco textos produzidos por alunos surdos, alfabetizados por meio da metodologia bilíngue em uma escola pública do interior do Estado do Paraná. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e, quanto ao tipo, classifica-se como estudo descritivo de caráter exploratório. A partir das análises dos textos, foi possível observar que os alunos surdos apresentam, em sua escrita, particularidades relacionadas à língua de sinais as quais podem incidir na estrutura sintática da Língua Portuguesa. A análise tenta descrever a estrutura da Libras em relação à Língua Portuguesa, com o objetivo de desvelar como se dá o processo de escrita por alunos surdos e, assim, apresentar possíveis estratégias que podem servir de suporte para os profissionais da educação ao lidar com este tipo de produção.<hr/>This paper aims at bringing some reflection on the writing process of deaf students, pointing out possible implications for teaching practice in inclusive environments. Thereby, five written texts produced by deaf students will be analyzed. These students were taught how to write and read through bilingual methodology in a public school in the state of Paraná. This study has a qualitative method and is classified as an exploratory descriptive study. From the analysis of the texts, it is observed that deaf students' writing has some particularities related to the Brazilian sign language (also known as Libras), which can influence the syntactic structure of the Portuguese language. The analysis attempts to describe the structure of Libras in relation to the structure of Portuguese, with the aim of unveiling how the writing process by deaf students occurs and, thus, presenting possible strategies that could support education professionals who deal with this kind of production. <![CDATA[<b>Collective learning of the portuguese language for the deaf through interactions in sign language</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa as interações em língua de sinais (LS), entre alunos surdos do ensino fundamental, nas aulas de Língua Portuguesa. Ele foi inspirado no trabalho de Donato (1994), que buscou identificar a presença da prática do andaimento nas interações entre pares em sala de aula de língua francesa como segunda língua. Em nossa pesquisa, analisamos através do sociointeracionismo (VYGOTSKY, 1988; WOOD, BRUNNER e ROSS, 1976) as interações entre os alunos surdos durante o desenvolvimento de uma unidade didática que os incentivava a escrever uma carta de reclamação, em Língua Portuguesa, sobre a sua escola. É possível perceber como as estratégias de andaimento possibilitaram a construção coletiva de aprendizagem para a realização da tarefa proposta.<hr/>This paper analyzes the interactions in sign language (SL) among deaf elementary school students in Portuguese language classes and was inspired by the work of Donato (1994), who sought to identify scaffolding practices in interactions among peers in French as a second language classes. Applying the social interactionist approach (Vygotsky, 1988; Wood, Brunner and Ross, 1976), the present research analyzed the interactions between deaf students during the development of a teaching unit that encouraged them to write a letter of complaint, in Portuguese, about their school. It is possible to perceive how the scaffolding strategies made the construction of collective learning to perform the proposed task possible. <![CDATA[<b>Reflections on the teaching practices of a teacher of english for deaf people</b>: <b>brazilian sign language as mediator of the teaching- learning process</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho é analisar o papel da Libras nas práticas de ensino de inglês para surdos de uma professora-pesquisadora, em contextos de salas de aula específicas de surdos. Trata-se de um estudo de caso que busca interpretar essas práticas à luz do referencial teórico das abordagens de ensino de surdos (oralismo, comunicação total e bilinguismo) e das abordagens de ensino de LE (método tradução-gramática, método audiolingual e ensino comunicativo de línguas). Concluiu-se que a Libras teve o papel de principal mediadora das práticas de ensino/aprendizagem de inglês para/por surdos, aqui investigadas, pois é ela quem dá real significação a essas práticas. Este trabalho vem ainda defender a articulação entre a abordagem bilíngue de educação de surdos e o ECL para o ensino de inglês escrito para surdos.<hr/>This work aims to analyze the role of Brazilian Sign Language (Libras) in a teacher-researcher's practice of teaching English for the deaf in contexts of specific classrooms for deaf students. This is a case study that seeks to interpret these practices based on the theoretical framework of teaching approaches for deaf students (oralism, total communication, and bilingualism) and foreign language teaching approaches (grammar-translation method, audiolingualism, and communicative language teaching). It could be concluded that Libras played the role of main mediator in the English teaching/learning practices for/by deaf students investigated in this study, as it is Libras that gives real meaning to these practices. This work also defends the link between the bilingual approach in deaf education and CLT for teaching written English to the deaf. <![CDATA[<b>"Libras" (Brazilian Sign Language) in the Technology-Mediated Teaching of English</b>: <b>Challenges and Possibilities</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo investiga a perspectiva de professores, intérpretes e alunos sobre o ensino de inglês mediado pelo uso das novas tecnologias e da Língua Brasileira de Sinais (Libras) em uma escola pública inclusiva, a fim de identificar os desafios enfrentados por eles nesse contexto e apontar possíveis formas de superá-los. Os dados foram gerados através de questionários, entrevistas, grupo focal, diário de pesquisa e gravação de aulas em vídeo. As aulas analisadas foram ministradas para uma turma de sétimo ano na sala de informática. Através da análise qualitativa dos dados, os desafios e as possibilidades observados foram agrupados em quatro núcleos de significado: (1) a mediação de três línguas: Libras, português e inglês; (2) a mediação do intérprete de Libras; (3) o professor e o uso de Libras; (4) a mediação da tecnologia.<hr/>This exploratory study investigates teachers', interpreters' and students' views about the teaching of English with the mediation of new technologies and of Brazilian Sign Language (Libras) in an inclusive public school in order to identify the challenges faced by the participants in such a context and point out possible ways of overcoming them. Data were generated through questionnaires, interviews, focus groups, research diaries, and video recordings of lessons. The analyzed lessons were taught to a seventh grade class in the school's computer room. Through qualitative data analysis, the challenges and possibilities observed were grouped in four meaning categories: (1) the mediation of three languages: Libras, Portuguese, and English; (2) the mediation of the Libras interpreter; (3) the teacher and the use of Libras; (4) the mediation of technology. <![CDATA[<b>Language learning objects</b>: <b>short movies to teach Libras</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo debate o uso de vídeos de curta-metragem como Objetos de Aprendizagem para o ensino de Línguas (OALs) no processo de ensino-aprendizagem de Libras. Apresenta o conceito de Objetos de Aprendizagem e a sua ampliação para o conceito de OALs. Discute-se a produção de quatro vídeos de curta-metragem, desenvolvidos com técnicas de cinema, a partir de uma proposta comunicativa para o ensino de Libras, e o seu potencial de imersão em práticas sociais de linguagem. Conclui-se que os vídeos de curta-metragem possibilitam aos alunos uma imersão em práticas sociais de linguagem, considerando-se que estão situados em contextos sócio-histórico-culturais, e apresentam interações em Libras em situações reais de comunicação, constituindo-se em OALS.<hr/>This article discusses the use of short films as Language Learning Objects in the teaching-learning process of Brazilian Sign Langauge (Libras), as well as introduces the concept of Learning Objects and their extension to Language Learning Objects (LLOs). This study analyzes the production of four short films developed following film techniques through a communicative approach aimed at teaching Libras and their potential to immerse learners in social linguistic practices. It could therefore be concluded that these short films allow the students to immerse themselves in linguistic social practices, within historical-social contexts, in turn presenting interactions in Libras within real communication situations, thus constituting LLOs. <![CDATA[<b>Social practices between languages in contact</b>: <b>the loanwords from portuguese to brazilian sign language (Libras)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo discute situações de contato entre o português (língua oral-auditiva) e a língua brasileira de sinais - Libras (língua espaço-visual), com o objetivo de investigar o recurso dos empréstimos linguísticos decorrentes das práticas sociais em que se encontram inseridos surdos falantes de Libras no Brasil. Inicialmente, procede-se a uma breve revisão da literatura acerca dos empréstimos, em português e em Libras. Em seguida, apresenta-se, com base em entrevista feita com uma instrutora surda, descrição e análise de informações fornecidas pela colaboradora, visando a dar visibilidade a aspectos da ampliação/renovação lexical da Libras por meio de empréstimos feitos do português. A entrevista realizada foi semidirigida, ou seja, seguiu a utilização de um roteiro previamente elaborado. Com os dados recolhidos e analisados, pretende-se contribuir com as reflexões sobre os processos de formação de sinais em Libras.<hr/>This article discusses situations of contact between Portuguese (aural-oral language) and Brazilian Sign Language - Libras (visual-spatial language), seeking to investigate the source loanwords deriving from social practices in which Libras users interact in Brazil. This study first presents a brief literature review on the loanwords in both Portuguese and Libras. Next, based on an interview conducted with a deaf instructor, a description and analysis of information provided by the collaborator is presented, which is designed to describe aspects of the expansion/renovation of the Libras lexicon by adopting loanwords from Portuguese. The interview was semistructured, i.e., it followed the use of a previously prepared script. Using the collected and analyzed data, we intend to contribute to the reflection on the processes of the formation of signs in Libras. <![CDATA[<b>Ergo-dialogical dimension of the brazilian sign language/portuguese interpreter's work</b>: <b>use of self dramatics and discussion of norms in the interpretative act</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo tem por objetivo conduzir uma discussão sobre a atividade de trabalho do tradutor intérprete de libras/português (TILS) de uma perspectiva ergo-dialógica. A partir das concepções da Ergologia, abordagem filosófica que visa compreender o trabalho para transformá-lo e da perspectiva dialógica de estudos da língua e da linguagem, realiza-se a análise de uma narrativa produzida por um TILSP sobre uma situação de interpretação na esfera universitária. Compreende-se, aqui, a atividade de interpretação em "linguagem como trabalho" e, por meio disso, analisa-se as interfaces, dramáticas, intercorrências e escolhas enunciativo-discursivas manifestas no posicionamento responsável do intérprete enquanto enunciador/mediador das relações entre surdos e ouvintes.<hr/>This paper aims to conduct a discussion on the work activity of the Brazilian Sign Language/Portuguese interpreter and translator from an ergo-dialogical perspective. An analysis of a narrative produced by a Brazilian Sign Language translator/interpreter was carried out regarding an interpretation act within the ambit of a university based on the concepts of (i) Ergology, a philosophical approach that attempts to understand work in order to transform it and (ii) the dialogical perspective of language studies. The interpretation activity is here understood as "language as work", through which the interfaces, dramatics, problems, and enunciative-discursive choices manifested in the interpreter's responsible positioning as an enunciator/mediator of relations between deaf and hearing people are analyzed. <![CDATA[<b>Translating children's literature to brazilian sign language</b>: <b>dialogism and polyphony</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400016&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi a criação de critérios para procedimentos de tradução de literatura infanto-juvenil do Português para a Libras. Para isso, neste artigo, recorremos aos conceitos de dialogia e polifonia de Mikhail Bakhtin. Mediante uma pesquisa de natureza analítico-descritiva, foi possível verificar que o intérprete não traduz apenas o texto, mas é intensamente motivado pelas ilustrações do livro, pelo gênero discursivo e pelo público-alvo potencial do material.<hr/>The object of this work was to establish some criteria regarding the procedures for the Translation of children's literature from Portuguese into Brazilian Sign Language (Libras). To achieve this we applied the concepts of dialogism and polyphony defended by Mikhail Bakhtin. Based on an analytical and descriptive research, it was possible to verify that the sign language interpreter does not translate the text alone but is greatly stimulated by the book's illustrations, by the discursive genre, and by the material's prospective target audience. <![CDATA[<b>Phraseologism in sign language and translation</b>: <b>a necesary discussion</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400017&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho é investigar as estratégias de interpretação utilizadas no processo tradutório do português para a língua brasileira de sinais (Libras), em interpretações que envolvem Unidades Fraseológicas (UF's) utilizadas por políticos em seus discursos. Considerando que as línguas em questão são de modalidades diferentes, a primeira oral-auditiva e a segunda viso-espacial, levantamos as seguintes questões: Como o intérprete de Libras faz para interpretar UF's do português para a Libras? Quais estratégias de interpretação são utilizadas pelos intérpretes de língua de sinais na interpretação de UF's? Para responder a essas questões analisamos vídeos, com interpretações para a Libras, de Sessões Plenárias da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Nosso trabalho se insere no rol das pesquisas descritivas. A análise do corpus aponta para o uso, preferencialmente, de duas estratégias de interpretação das seis estratégias que classificamos.<hr/>The aim of this study is to investigate the interpreting strategies used in the translation process from Portuguese to Brazilian Sign Language (Libras) in interpretations which involve phraseological units (PhU) used by State Representatives in their political speeches. Taking into account that the referent languages concerned are of different modalities - the first oral-auditory and the second visual-spatial - this study seeks to examine the following issues: How do interpreters of Brazilian Sign Language interpret PhU from Portuguese to Libras? Which interpreting strategies are used by sign language interpreters in the interpretation of PhU? To answer those questions, this work analyzed Plenary Sessions videos of the Legislative Assembly of the State of Ceará, with interpretations in Libras and fits within the realm of descriptive research. Corpus analysis points to the preferable use of two interpreting strategies from a list of six strategies classified in this study. <![CDATA[<b><i>Que língua é essa?</i></b>: <b>crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982014000400018&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho é investigar as estratégias de interpretação utilizadas no processo tradutório do português para a língua brasileira de sinais (Libras), em interpretações que envolvem Unidades Fraseológicas (UF's) utilizadas por políticos em seus discursos. Considerando que as línguas em questão são de modalidades diferentes, a primeira oral-auditiva e a segunda viso-espacial, levantamos as seguintes questões: Como o intérprete de Libras faz para interpretar UF's do português para a Libras? Quais estratégias de interpretação são utilizadas pelos intérpretes de língua de sinais na interpretação de UF's? Para responder a essas questões analisamos vídeos, com interpretações para a Libras, de Sessões Plenárias da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Nosso trabalho se insere no rol das pesquisas descritivas. A análise do corpus aponta para o uso, preferencialmente, de duas estratégias de interpretação das seis estratégias que classificamos.<hr/>The aim of this study is to investigate the interpreting strategies used in the translation process from Portuguese to Brazilian Sign Language (Libras) in interpretations which involve phraseological units (PhU) used by State Representatives in their political speeches. Taking into account that the referent languages concerned are of different modalities - the first oral-auditory and the second visual-spatial - this study seeks to examine the following issues: How do interpreters of Brazilian Sign Language interpret PhU from Portuguese to Libras? Which interpreting strategies are used by sign language interpreters in the interpretation of PhU? To answer those questions, this work analyzed Plenary Sessions videos of the Legislative Assembly of the State of Ceará, with interpretations in Libras and fits within the realm of descriptive research. Corpus analysis points to the preferable use of two interpreting strategies from a list of six strategies classified in this study.