Scielo RSS <![CDATA[Organizações & Sociedade]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1984-923020140001&lang=en vol. 21 num. 68 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Working More?</b>: <b>A study of corporate smart phones’ users</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Observa-se que é crescente, nas empresas, o investimento em soluções de trabalho baseadas em tecnologias móveis. Apesar disso, a literatura nacional e internacional carece de estudos empíricos que abordem os impactos dessa tendência sobre indivíduos e organizações. Este artigo relata os resultados de um estudo exploratório sobre as experiências de 42 profissionais usuários de telefones inteligentes corporativos. A análise das experiências dos participantes revelou que, embora o uso dos telefones inteligentes promova a sensação de alívio da sobrecarga de correio eletrônico e agilize a troca de informações, seu uso permitiu também que houvesse uma extensão considerável das horas de trabalho além do expediente regular e do contexto social onde se dá tradicionalmente. Além de propiciar um enfraquecimento da fronteira entre a vida pessoal e profissional, a tecnologia estudada pareceu estimular o estabelecimento de comunicações mais rápidas e superficiais e a intensificação das demandas de trabalho.<hr/>The adoption of corporate smart phones to provide employees with mobile access to email is a trend worldwide. In this article, we look at the personal and social implications associated with the use of this technology. To do so, we analyzed the experiences of 42 professionals as they became corporate smart phone users. Although, on the one hand, the use of smart phones is viewed by the participants as promoting relief from email overload and streamlined information exchange, after the device's adoption they also felt more intensively connected to their work and demands. The technology appears to have allowed considerable extension of work beyond regular business hours and the social context where work traditionally takes place, weakening the boundary between personal and professional life. We discuss how corporate smart phones seem to be insidiously promoting work intensification, highlighting the individual and social implications of the technology. <![CDATA[<b>The formation of children's consumption habits</b>: <b>a critical analysis of the Status Consumption Theory applied to Brazilian high and low social classes</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho analisa, a partir do enfoque oferecido pela Teoria de Consumo de Status (TCS), como são formados os hábitos de consumo de crianças de classes altas e baixas brasileiras, critica o Global Trickle-down Model (GTDM), e analisa a precisão das recentes mudanças teóricas sugeridas por Üstüner e Holt (2010), quanto às inadequações da TCS aos países em desenvolvimento. Para isso, realizamos uma pesquisa teórico-empírica, por meio de 36 entrevistas em profundidade, com crianças entre 9 e 12 anos incompletos, pertencentes às camadas baixas e altas da população. Após análise de conteúdo, apresentamos e discutimos os resultados através de categorias analíticas que os sintetizam: Agentes de Influência; Relação com o Universo de Possibilidades e Impossibilidades de cada Classe; e Diferenciação Social. Para concluir, comparamos os conceitos apresentados pela TCS com os resultados encontrados no contexto de classes altas e baixas brasileiras, além de avaliarmos a adequação do GTDM a esse contexto. As principais conclusões da pesquisa são que os pares exercem mais influência na formação dos hábitos de consumo das crianças de classes mais altas; a mídia tem impacto diferente de acordo com a posição socioeconômica da criança; e, ao contrário do que preconizava a teoria sobre o tema, não há um aprisionamento dos desejos de consumo das crianças das classes baixas às suas condições de existência.<hr/>Grounded on Status Consumption Theory (SCT) approach, this article analyzes how the consumption habits of children of high and low Brazilian social classes are constituted, it also criticizes the Global Trickle-down Model (GTDM) and analyzes the precision of the recent theoretical modifications suggested by Üstüner and Holt (2010) concerning the inadequacy of SCT to the developing countries. We carried on a theoretical-empirical research based on 36 in-depth interviews with children between 9 and 12 years old, of high or low classes. Based on a content analysis, we present and discuss the results through the following analytical categories: influence agents, relation with the universe of possibilities and impossibilities of each class, and social distinction. To conclude, we compare the TCS concepts with the results found in the context of high and low Brazilian classes and evaluate the adequacy of GTDM to this context. The research's main finding are that peers have greater influence on the habits of children of higher classes; the media has a different impact depending of the child socioeconomic position; and, against previous theory, consumer desires of lower class children are not prisoned by their existence conditions. <![CDATA[<b>Conflict and improvisation by design</b>: <b>the metaphor of Repente</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en A metáfora do Jazz foi introduzida nos Estudos Organizacionais com o objetivo de estimular a adoção de práticas que levassem a um maior grau de improvisação. Essa apropriação foi feita assumindo-se um alto grau de cooperação, em oposição a organizações altamente formalizadas onde as rotinas se apresentariam como rígidas e geradoras de inércia. Esse artigo se apropria dessa literatura, buscando em primeiro lugar ampliar a ideia de rotina organizacional, enfatizando a dimensão interpretacionista, salientando o aspecto conflitivo e finalmente revendo o valor heurístico da dicotomia entre "colapso do sensemaking" e sensemaking. Essa reapropriação nos permite preparar o terreno para a introdução e análise da metáfora do Repente e subsequente comparação com a metáfora do Jazz. Buscamos mostrar como as estruturas do Repente permitem a improvisação e ao mesmo tempo protegem os espaços de cada oponente. Essa configuração é importante quando toma-se o conflito como vetor preponderante na improvisação.<hr/>The Jazz metaphor was introduced in Organizational Studies aiming to encourage the adoption of practices that could lead to a greater degree of improvisation. This appropriation was made assuming a high degree of cooperation, as opposed to highly formalized organizations where routines are taken as rigid routines, source of inertia. This article appropriates from this literature, seeking first to extend the idea of organizational routines, emphasizing the interpretationist dimension, pointing out the role of conflict and finally reviewing the heuristic value of the dichotomy between "collapse of sensemaking" and "sensemaking". This reappropriation allows us to prepare the ground for the introduction and analysis of the Repente metaphor and subsequently to compare it with the metaphor of Jazz. We attempt to show how the structures of Repente allow improvisation while protecting each opponent's space. This setting is important when one takes conflict as the predominant vector for improvisation. <![CDATA[<b>Pleasure and suffering at work in a private Higher education institution in Minas Gerais</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo analisa a percepção de docentes de uma Instituição de Ensino Superior privada de Belo Horizonte sobre a vivência de prazer e sofrimento no trabalho, utilizando-se como método o estudo de caso de caráter quantitativo e qualitativo. Os dados quantitativos indicaram que a maioria dos resultados variou de "críticos" a "graves". Realização profissional foi o fator de prazer no trabalho mais relevante. Esgotamento profissional destacou-se como o fator de sofrimento no trabalho mais crítico. O estudo mostrou associações positivas entre: a) sofrimento no trabalho (falta de reconhecimento e esgotamento profissional) e faixa etária e tempo no magistério; e b) sofrimento no trabalho (esgotamento profissional) e relações socioprofissionais (gestão do trabalho, comunicação e interação profissional). Os dados qualitativos revelaram que elementos de precarização no trabalho foram considerados como deflagradores de sofrimento no trabalho, principalmente aqueles relacionados à autonomia, a novas formas de avaliação do ensino superior e ao relacionamento interpessoal.<hr/>This study examines the perception of teachers from a higher education private institution in Belo Horizonte on the experience of pleasure and suffering at work, using a quantitative and qualitative case study. The quantitative data obtained indicated that most of the results ranged from critical to serious. The professional accomplishment was the most relevant pleasure in the work, while burnout was selected as the most critical factor of suffering at work. The study showed positive associations between: a) suffering at work (lack of recognition and burnout) with age and time in teaching, b) suffering at work (burnout) with socio-professional relations (work management, communication and professional interaction). The qualitative data revealed that precarization elements at work were considered as triggers of suffering at work, especially those related to autonomy, the assessment's new forms in higher education and peer relationships. <![CDATA[<b>Social management of development</b>: <b>the challenge of articulating social actors in Territories of citizenship Program in the North Region of Rio de Janeiro State</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho analisa em que medida o desenho e implementação do Programa Territórios da Cidadania no Norte-RJ valorizam o pluralismo, especificamente quanto à inclusão dos representantes dos empresários no âmbito desta política. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas, complementadas por análise documental, e tratadas por meio de análise de conteúdo com grade mista elaborada com base no conceito de cidadania deliberativa habermasiano. O desenho da política revela o incentivo hesitante à inclusão dos empresários, de tal sorte que aspectos de natureza política das parcerias intersetoriais são brevemente apontados. Além disso, o processo de formação do território valoriza os agricultores familiares; os representantes da sociedade civil opõem-se à inclusão dos empresários no colegiado territorial; e o processo de avaliação dos projetos territoriais dificulta a propositura de iniciativas inovadoras articuladas com os empresários. Resta claro que a experiência de gestão social analisada não conseguiu promover a concertação das forças sociais dinâmicas presentes no território.<hr/>This study analyzes how far the design and implementation of the Programa Territórios da Cidadania in the North Region of Rio de Janeiro State increase pluralism, especially including business representatives. It was realized semi-structured interviews, which were complemented by a documentary analysis and treated by analysis of content with combined graph developed based on the habermasian concept of deliberative citizenship. The design of this policy indicates hesitant incentive to include businessmen, such that specific politic aspects of intersectorial partnership are briefly pointed out. Besides that, the processes of territory construction valorizes the family farming; the civil society groups rejects to include businessmen in territorial collegiate body; and the analysis process of territorial projects encumbers the propose of innovate projects articulated with businessmen. In conclusion, the social management experience analyzed was not capable to promote the concertation of dynamic social forces presents in the territory. <![CDATA[<b>Quality of work life in the area of Public Safety</b>: <b>a diachronic perspective of smell perceptions and their implications for the health of employees</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O conceito de qualidade de vida no trabalho sob uma dinâmica multifacetada envolve aspectos culturais, sociais, econômicos, políticos e temporais, além das noções de saúde física e emocional, oportunizando uma sensação passível de ser interpretada desde uma perspectiva diacrônica, pessoal e social, como propiciadora da condição de bem-estar. Diante disso, este artigo tem por objetivo identificar como a qualidade de vida no trabalho é afetada em decorrência das percepções olfativas e quais as implicações na saúde dos servidores que integram o Departamento de Criminalística vinculado ao Instituto-Geral de Perícias do Rio Grande do Sul. A opção metodológica para a realização da pesquisa recaiu sobre a etnografia, tendo por técnicas a observação participante e a realização de entrevistas. A análise dos dados contemplou a articulação dos embasamentos teóricos com as categorias êmicas e com a interpretação ética, revelando que o "cheiro da morte" é tido como algo difícil de ser suportado pelos servidores, sendo o cigarro utilizado para amenizar os odores pútridos. A ingestão de certos alimentos igualmente fica comprometida pelo cheiro e visão do local de crime. Frente a este quadro, o desenvolvimento de máscaras e indumentárias ergonomicamente adequadas faz-se mister.<hr/>The concept of quality of work life under a multifaceted dynamics involves cultural, social, economic, political and temporal aspects, in addition to the notions of physical and emotional health. It creates a sensation that can be interpreted from a diachronic, personal and social perspective, as the provider of well-being condition. Therefore, the purpose of this article is to identify how the quality of work life is affected as a result from smell perceptions and what the implications are for the health of employees of Department of Criminalistics, which integrates the General Institute of Forensics of Rio Grande do Sul. The methodology chosen to carry out this research was ethnography, with participative observation and interviews. The data analysis focused on the articulation of theoretical bases with emic categories and ethical interpretation, revealing that the 'smell of death' is regarded by the employees as something hard tolerate. The cigarette is a way of alleviating the putrid odors. The ingestion of certain foods is equally affected by the smell and view of the crime scene. In this context, the use of masks and ergonomically adequate clothing is a sine qua non condition. <![CDATA[<b>Brazilian social fears</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo busca analisar quais são os medos dos brasileiros, a partir de uma pesquisa empírica realizada em São Paulo e Salvador, envolvendo 1380 entrevistas diretas. Os resultados são interpretados com as lentes das perspectivas psicossociológica e histórica. Pressupomos que em um mundo cada vez mais interdependente, o conhecimento do comportamento de um povo e as razões subjacentes a este comportamento pode ajudar a compreender as escolhas, valores, decisões e interações que afetam a vida social, o universo das organizações privadas e o da administração pública. Em um cenário mais próspero como o atual, os brasileiros estão mais tranquilos e confiantes no futuro?<hr/>This paper analyzes what are the fears of Brazilians, from an empirical study conducted in São Paulo and Salvador, involving 1380 direct interviews. The results are interpreted through the lens of historical and social psychological perspectives. We assume that in an increasingly interdependent world, the knowledge of the behavior of a people and the reasons for this behavior can help us understand the choices, values​​, decisions and interactions that affect the social life, the universe of private organizations and the public administration. In a more prosperous context as the current, Brazilians are more relaxed and confident in the future? <![CDATA[<b>Market segmentation of the Brazilian aluminum industry</b>: <b>a proposition of a step-by-step structure</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en A proposição apresentada de uma estrutura de procedimentos para a segmentação de mercados empresariais, a partir de pesquisas exploratórias, resultou em quatro etapas e quatorze passos. Acredita-se que seja lógica, útil e de aplicação abrangente. A segmentação estudada foi aquela a partir dos benefícios procurados pelos consumidores e o setor escolhido foi a indústria do alumínio. Essa indústria apresenta algumas importantes particularidades que tornaram o estudo ainda mais desafiador: é um oligopólio, o produto é classificado como padronizado na sua essência e o seu preço base é definido pela London Metals Exchange (LME) aproximando-se do que seria uma estrutura de mercado de concorrência perfeita. Dessa forma, a segmentação de mercado passa a ser uma possibilidade para deslocar essa estrutura no sentido da concorrência imperfeita. A pesquisa exploratória identificou que o setor de alumínio desenvolve uma segmentação ainda incipiente que simplesmente fornece informações pos-facto para comparações no setor. Com base nos dados gerados a partir de uma pesquisa empírica descritiva, foram identificados sete benefícios procurados utilizando-se a técnica da análise fatorial: efetividade da entrega, capacitação técnica e de vendas, lealdade e relacionamento com o fornecedor, imagem do fornecedor, vendas diretas a preços competitivos, eficiência do produto e logística do produto e da sucata.<hr/>This current paper presents a proposition of a step-by-step structure to the segmentation of business to business markets. This has been developed from extensive exploratory research and encompasses four major groups and a total of fourteen steps. Its characteristics make it a logic and useful structure that can be applied in a variety of industries and consumer markets. The segmentation studied that led to its development was that related to the sought benefits by the consumers of the aluminum industry. This industry presents some important features that posed new challenges to the present study: it is characterized as an oligopoly and its product is classified as a commodity with its price being set by the LME, being very close to a market structure of perfect competition. In this sense, the market segmentation becomes the main alternative to shift it to an imperfect competition. The exploratory research has identified that the aluminum industry practices some incipient kind on market segmentation that just provides pos-facto information for comparisons within the industry. Based on the data gathered through an empiric research, seven sought benefits were identified through factorial analysis: delivery effectiveness, technical and sales qualification, loyalty and relationship with the suppliers, image of the supplier, direct sales by competitive prices, product efficiency and logistics of the product and scrap. <![CDATA[<b>The cooperatives accordance with the law and the sociology of work</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-92302014000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo aborda o tratamento conferido ao Cooperativismo pelo Direito e pela Sociologia do Trabalho, em função do fenômeno da reestruturação produtiva e da flexibilização, somada ao advento da nova legislação das cooperativas de trabalho. O artigo discute as contribuições dessas áreas de pesquisa para os empreendimentos solidários autogestionários e indica alguns dos temas recorrentes na literatura a esse respeito. O artigo aborda, ainda, o perfil da jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho (TST) sobre o tema cooperativismo e a relação de trabalho. Por fim, mas não menos importante, demonstra como a Lei 12.690 de 19 de julho de 2012, que consolida boa parte das respostas às preocupações presentes na literatura citada, é reconhecida como um divisor de águas no tratamento legal conferido aos empreendimentos solidários autogestionários do ramo do trabalho.<hr/>This article discusses the treatment given to the Cooperativism Law and the Sociology of Work, grounded on the phenomenon of productive restructuring and flexibility, with the advent of new legislation on labor cooperatives. I also approach the contributions of these research field for self-management solidarity enterprises and indicates some of the recurring themes in the literature on this subject. The paper also discusses the profile of the case law of the TST on the theme and cooperative working relationship. Last but not least, this work demonstrates how Law 12,690 of July 19, 2012, which consolidates much of the responses to the concerns present in the literature cited, is recognized as a watershed in the legal treatment given to self-managed enterprises solidarity branch work.