Scielo RSS <![CDATA[Dental Press Journal of Orthodontics]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=2176-945120120004&lang=en vol. 17 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <link>http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en</link> <description/> </item> <item> <title><![CDATA[<b>Cytotoxicity of orthodontic materials</b>: <b>the search for the perfect orthodontic material</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>An interview with Juan Martin Palomo</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Advancements in the knowledge of induced tooth movement</b>: <b>idiopathic osteosclerosis, cortical bone and orthodontic movement</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Moving teeth orthodontically through the dense trabecular bone and cortical areas may require a reduction in the intensity and/or concentration of the applied forces. In part, the orthodontic applied forces are dissipated and reduced by bone deflection, which normally occurs by a slight degree of elasticity of bone tissue in normal conditions. In areas of dense trabecular and in cortical bone this deflection should be insignificant or nonexistent. If there is no reduction in the intensity of the forces in these mentioned regions, the entire force will focus on the structure of the periodontal ligament, increasing the risk of death of cementoblasts, hyalinization and root resorption. Further studies could assess the prevalence of these consequences in populations selected for this purpose, so that would no longer be randomly observed notes.<hr/>Movimentar ortodonticamente os dentes por áreas densas do trabeculado ósseo e pelas corticais pode requerer uma redução na intensidade e/ou na concentração das forças aplicadas. Em parte, as forças ortodônticas aplicadas são dissipadas e reduzidas pela deflexão óssea que ocorre pelo discreto grau de elasticidade do tecido ósseo em condições de normalidade. Nas áreas de trabeculado denso e nas corticais, essa deflexão deve ser irrisória ou inexistente. Se não houver uma redução na intensidade das forças nessas regiões citadas, toda a força incidirá sobre a estrutura do ligamento periodontal, aumentando o risco de morte dos cementoblastos, hialinização e reabsorções radiculares. Novos trabalhos poderiam avaliar a prevalência dessas consequências em casuísticas selecionadas para essa finalidade, que, assim, deixariam de ser observações aleatórias. <![CDATA[<b>Evaluation of shear bond strength of different treatments of ceramic bracket surfaces</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: To evaluate the bonding strength of the ceramic bracket and composite resin restoration interface, using four types of treatment on the base of the bracket. METHODOLOGY: 48 photoactivated composite resin discs were used (FiltekTM Z250) contained in specimens and divided into 4 groups of 12 specimens for each group according to the type of treatment performed on the base of the brackets. Once the brackets were bonded, the specimens were subjected to shear stress carried out in a universal testing machine (MTS: 810 Material Test System) calibrated with a fixed speed of 0.5 mm / minute. The values obtained were recorded and compared by means of appropriate statistical tests - analysis of variance and then Tukey's test. RESULTS AND CONCLUSIONS: The surfaces of ceramic brackets conditioned with 10% hydrofluoric acid for 1 minute, followed by aluminum oxide blasting, 50µ, after silane application and primer application, was considered the best method to prepare surfaces of ceramic brackets prior to orthodontic esthetic bonding.<hr/>OBJETIVO: avaliar a resistência à união da interface entre braquete cerâmico e restauração de resina composta, empregando quatro tipos de tratamento na base do braquete. MÉTODOS: foram utilizados 48 discos de resina fotoativada (Filtek® Z250) incluídos em corpos de prova, divididos em quatro grupos, com 12 espécimes em cada grupo, de acordo com o tipo de tratamento realizado na base do braquete. Uma vez colados os braquetes, os corpos de prova foram submetidos à tensão de cisalhamento, realizado numa máquina universal de ensaios (MTS: 810 Material Test System) calibrada com velocidade fixa de 0,5mm/min. Os valores obtidos foram registrados e comparados por meio de médias, utilizando-se testes estatísticos adequados (análise de Variância e, posteriormente, teste de Tukey). RESULTADOS E CONCLUSÕES: o condicionamento das superfícies dos braquetes cerâmicos com ácido hidrofluorídrico a 10% por 1 minuto, seguido do jateamento com óxido de alumínio com 50um de tamanho, e posterior aplicação do silano e, depois, aplicação de adesivo, foi considerado o melhor método para o preparo de superfícies de braquetes cerâmicos previamente à colagem estética ortodôntica. <![CDATA[<b>Use of chondroitin sulphate and glucosamine sulphate in degenerative changes in TMJ</b>: <b>a systematic review</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: Degenerative changes in Temporomandibular Joint (TMJ) have increased in prevalence and severity over the years. Within this context, it's necessary to obtain safe and effective therapies for control and management of the patient in cases of osteoarthritis and osteoarthrosis of the TMJ. Therapeutic options range from intra-articular infiltration protocols, occlusal splints, pharmacological therapies and physiotherapy and educational measures. The alternative treatment with structure-modifying agents, like as chondroitin and glucosamine sulphates, showed promising results, and especially safety. Thus, through a systematic literature review, this study aimed to analyze and discuss effectiveness and safety of chondroitin and glucosamine in degenerative changes of the TMJ. METHODS: Survey in research bases MEDLINE, Cochrane, EMBASE, Pubmed, Lilacs and BBO, between the years of 1966 and January 2009, with focus in randomized clinical trial (RCTs) and quasi-randomized clinical trials, systematic reviews and meta-analysis. RESULTS: After application of the inclusion criteria 2 articles were selected, both randomized controlled double-blind clinical trials, which evaluated the effectiveness of chondroitin and glucosamine in degenerative changes of the TMJ. CONCLUSIONS: There is the necessity of further RCT, with representative samples and long follow-up time, to obtainment more precise cause-effect relationships and to achieve an effective and objective protocol involving chondroitin and glucosamine in cases of degenerative changes of the TMJ.<hr/>INTRODUÇÃO: as alterações degenerativas da Articulação Temporomandibular (ATM) têm aumentado em prevalência e em severidade ao longo dos anos. Dentro desse contexto, surge a necessidade de se obter terapêuticas efetivas e seguras para o controle e o manejo do paciente em situações de osteoartrite e osteoartrose da ATM. As opções terapêuticas variam desde protocolos de infiltrações articulares, dispositivos interoclusais, terapias farmacológicas e medidas fisioterápicas e educacionais. A alternativa de tratamento com agentes modificadores de estrutura - tais como o sulfato de condroitina e o sulfato de glicosamina - apresenta resultados promissores e, principalmente, seguros. OBJETIVO: através de uma revisão sistemática da literatura, este trabalho teve como objetivo analisar e discutir a efetividade e a segurança da condroitina e da glicosamina nas alterações degenerativas da ATM. MÉTODOS: levantamento nas bases de dados MEDLINE, Cochrane, Embase, PubMed, LILACS e BBO, no período compreendido entre 1966 e 2009, com enfoque em estudos clínicos randomizados (RCTs) e quase-randomizados, revisões sistemáticas e meta-análises. RESULTADOS: após a aplicação dos critérios de inclusão, chegou-se a dois artigos (estudos clínicos randomizados controlados e duplo-cegos), que avaliaram a efetividade da condroitina e da glicosamina nas alterações degenerativas da ATM. CONCLUSÃO: existe a necessidade da realização de novos RCTs - com amostras representativas e tempo de acompanhamento longo - para a obtenção de relações causa-efeito mais precisas e para que se consiga um protocolo objetivo e eficaz, envolvendo a condroitina e a glicosamina, em situações de alterações degenerativas da ATM. <![CDATA[<b>Knoop hardness of enamel and shear bond strength of brackets bonded with composite resin with and without fluoride</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400007&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the Knoop hardness of enamel, shear bond strength and failure pattern (adhesive, bracket/resin interface or mixed) after bonding and debonding brackets, using resin composite with fluoride (Ortho Lite Cure, Ortho Source®) and without fluoride (Orthobond, Morelli®). METHODS: Fragments (6 mm x 6 mm) of 40 bovine incisor crowns were embedded in acrylic self-polymerizing resin. The Knoop hardness measurements were performed before and after bonding metal brackets. The specimens were divided into two groups, according to composite resin: with fluoride (Ortho Lite Cure, Ortho Source®) and without fluoride (Orthobond, Morelli®). After bonding, the specimens were submitted to demineralization and remineralization cycling for 14 days. Shear bond strength testing was performed in a universal test machine (EMIC), at 5 mm/min crosshead speed. RESULTS: There was no significant difference in shear bond strength between Groups I and II. After demineralization and remineralization procedures (DE/RE), the specimens bonded with Ortho Lite Cure showed higher Knoop hardness than Orthobond. For both groups there was predominance of failure at bracket/resin interface. CONCLUSION: specimens bonded with fluoride resin composite showed higher microhardness after DE/RE cycling than those bonded with resin composite without fluoride, although no difference in shear bond strength was found.<hr/>OBJETIVO: o propósito deste estudo foi avaliar a dureza Knoop do esmalte, resistência ao cisalhamento e padrão de falha (adesiva; interface braquete/resina; e mista) após a colagem e descolagem de braquetes, utilizando uma resina composta com flúor (Ortho Lite Cure, Ortho Source®) e uma sem flúor (Orthobond, Morelli®). MÉTODOS: fragmentos (6mm x 6mm) de 40 coroas de incisivos bovinos foram embutidos em resina acrílica autopolimerizável. A dureza Knoop foi avaliada antes e após a colagem dos braquetes metálicos. Os corpos de prova foram divididos em dois grupos: resina com flúor (Ortho Lite Cure, Ortho Source®) e resina sem flúor (Orthobond, Morelli®). Após a colagem, os corpos de prova foram submetidos ao ciclo de desmineralização e remineralização durante 14 dias, e submetidos ao ensaio de resistência ao cisalhamento em máquina universal de ensaios EMIC, com velocidade de 0,5mm/min. RESULTADOS: o ensaio de resistência de união mostrou que não houve diferença significativa entre os grupos. Após o processo de desmineralização e remineralização, os corpos de prova colados com a resina composta com flúor apresentaram maior dureza, comparados aos colados com resina sem flúor. Para ambos os grupos houve predominância de falhas na interface resina/braquete. CONCLUSÃO: os corpos de prova colados com a resina composta com flúor apresentaram maior microdureza após os processos de desmineralização e remineralização, comparados aos colados com resina composta sem flúor, porém sem diferença para a resistência de união ao cisalhamento. <![CDATA[<b>Assessment of shear bond strength of brackets bonded by direct and indirect techniques</b>: <b>an in vitro study</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: This in vitro study was designed to evaluate the shear bond strength (SBS) of orthodontic metal brackets bonded by direct and indirect techniques. METHODS: Thirty healthy human maxillary premolar teeth were used. The teeth were divided into three groups of 10 teeth each: Group I - indirect bonding with SondhiTM Rapid-Set system (3M/Unitek), Group II - indirect bonding with TransbondTM XT adhesive system (3M/Unitek) and Group III - direct bonding with TransbondTM XT adhesive system (3M/Unitek). After bonding and obtaining the specimens for the study, the specimens were subjected to SBS testing in a universal testing machine (Emic, model DL-500). The Kolmogorov-Smirnov test was applied to ascertain that the data had a normal distribution and the Bartlett test to check whether there was homogeneity of variance. One-factor analysis of variance was performed and, subsequently, Tukey's test for paired means. A 5% significance level was adopted. RESULTS: The results of Group I were 67.6 (N) and 5.9 (MPa); Group II, 68.9 (N) and 6.1 (MPa) and Group III (control), 92.5 (N) and 8.1 (MPa). CONCLUSION: It can therefore be concluded that the means for Group III were significantly higher compared with Groups I and II in both Newton (N) and Megapascal (MPa) values. The means attained by the indirect bonding technique used in Groups I and II, however, exhibited no statistically significant differences.<hr/>OBJETIVO: objetivou-se com esse trabalho avaliar, em um estudo realizado in vitro, a resistência ao cisalhamento de braquetes metálicos ortodônticos colados pelas técnicas direta e indireta. MÉTODOS: foram utilizados 30 dentes pré-molares superiores humanos hígidos. Os dentes foram divididos em três grupos de 10 dentes: Grupo I - colagem indireta com sistema Sondhi Rapid-Set (3M/Unitek); Grupo II - colagem indireta com sistema Transbond XT (3M/Unitek); e Grupo III - colagem direta com sistema Transbond XT (3M/Unitek). Após realização das colagens e confecção dos corpos de prova, esses foram submetidos ao teste de cisalhamento em uma máquina universal de ensaios da marca comercial EMIC, modelo DL-500. Foram aplicados os testes de Kolmogorov-Smirnov, para verificar se os dados tinham uma distribuição normal, e o teste de Bartlett, para verificar se existia igualdade entre as variâncias. Aplicou-se a análise de variância de um fator e, posteriormente, o teste de Tukey para o contraste pareado de médias. O nível de significância foi de 5%. RESULTADOS: os resultados do Grupo I foram 67,6N e 5,9MPa; do Grupo II foram 68,9N e 6,1MPa; e do Grupo III (controle), 92,5N e 8,1MPa. CONCLUSÃO: pode-se concluir que tanto para os valores em Newtons (N) como para os valores em Megapascal (MPa), a média do Grupo III foi significativamente maior em relação aos Grupos I e II. Já para as médias onde a técnica indireta foi usada (Grupos I e II), não houve diferenças estatisticamente significativas. <![CDATA[<b>Maxillary constriction</b>: <b>are there differences between anterior and posterior regions?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400009&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: To evaluate the transverse constriction of the maxilla in both anterior and posterior regions, using Korkhaus analysis and to check whether there were any statistically significant differences within its values. METHOD: The sample comprised 341 study models. The study models were randomly selected from previous cases, without gender, age and malocclusion restrictions. The models were submitted to Korkhaus analysis. Data from these models were subjected to statistical analyzes in order to evaluate differences in anterior and posterior regions. RESULTS: The transverse discrepancies were statistically significant (p<0.001) with a greater constriction in the anterior region (mean -2.84 mm). CONCLUSION: The results showed that the differential diagnosis is very important and the treatment plan may be adapted to specific therapy focusing in a greater expansion in the anterior region.<hr/>OBJETIVO: avaliar a atresia transversa da maxila em duas regiões anatômicas, anterior e posterior, através da análise de Korkhaus, e verificar se há diferença estatisticamente significativa em seus valores. MÉTODOS: a amostra foi constituída de 341 modelos de estudo iniciais, escolhidos aleatoriamente, sem restrições em relação ao sexo, à idade e à má oclusão. Os modelos foram submetidos à análise transversa de Korkhaus e os valores obtidos analisados estatisticamente, para avaliar se as atresias encontradas eram diferentes nas regiões anterior e posterior. RESULTADOS: as discrepâncias transversas são, em média, -2,84mm mais atrésicas na região anterior, sendo essa diferença estatisticamente significativa. CONCLUSÃO: os resultados mostraram que o diagnóstico diferencial é muito importante e devemos adequá-lo aos nossos planos de tratamento e, consequentemente, a uma terapia específica de expansão maior na região anterior. <![CDATA[<b>Orthodontic cements</b>: <b>immediate protection and fluoride release</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400010&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVES: The objective of the authors was to evaluate fluoride release of 3 glass ionomer cements with immediate protection of fluoride varnish (Cavitine, SS White), divided into 3 groups: Group M (Meron, VOCO), Group V (Vidrion C, SS White) and Group KC (Ketac-Cem, 3M ESPE). METHODS: Fluoride release was measured during 60 days by means of an ion-selective electrode connected to an ion analyzer. After 4 weeks, the test specimens were exposed to a solution of 0.221% sodium fluoride (1000 ppm of fluoride). RESULTS: Results showed that the cements reached a maximum peak of fluoride release in a period of 24 h. There was a statistically significant difference between the amount of fluoride released after the applications of fluoride among the groups from the 31st to 60th day (p> 0.05). CONCLUSION: The Vidrion C and Meron cements showed better performance to uptake and release fluoride when compared with Ketac-Cem cement.<hr/>OBJETIVO: o objetivo desse estudo foi avaliar a liberação de flúor dos seguintes três cimentos de ionômero de vidro, com proteção imediata de verniz fluoretado (Cavitine, S. S. White): Meron / VOCO (Grupo M); Vidrion C / S. S. White (Grupo V); e Ketac Cem / 3M ESPE (Grupo KC). MÉTODOS: a liberação de flúor foi medida durante 60 dias, através de eletrodo íon seletivo conectado a um analisador de íons. Após quatro semanas, os corpos de prova foram expostos a uma solução de fluoreto de sódio a 0,221% (1.000ppm de flúor). RESULTADOS: os resultados evidenciaram que os cimentos atingiram o pico máximo de liberação de flúor com 24h após a presa inicial. Houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos, quanto à quantidade de flúor liberado após as aplicações de flúor, do 31º ao 60° dia (p > 0,05). CONCLUSÃO: os cimentos Meron e Vidrion apresentaram maior capacidade de captação e liberação de flúor, em comparação ao cimento Ketac Cem. <![CDATA[<b>Optimization of orthodontic treatment using the Centrex System to retract anterior teeth</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400011&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: In the end of 90's the adoption of mini-implants as Anchorage allowed a paradigm change influencing even the way of thinking orthodontic mechanics. The overlapping of the specialties of Orthodontics and Implantology started with orthodontic preparations for prosthetic implants insertion, aroused with the use of palatal implants and late with the introduction of mini-implants. The improvement of mini-implants insertion technique with the appearing of self-drilling screws has allowed orthodontists to plan and to place this precious Anchorage piece. Taking into account the versatility of positioning of these screws it was developed a concept that allows the construction of force action lines aiming at optimize the planning and predictability of orthodontic motion. OBJECTIVE: To present some clinical results treatments conduct using Centrex System of orthodontic treatment, approximating the force line action of resistance center of units to be moved. The traced way to its development, previously treated in this journal, will be detailed for better understanding of its functioning.<hr/>INTRODUÇÃO: a Ortodontia passa, atualmente, por um momento de importantes inovações e grande efervescência criativa. Somente para citar algumas mudanças introduzidas ou aprimoradas nos últimos anos, nós podemos relembrar a "popularização" dos braquetes autoligáveis e o surgimento da ancoragem absoluta com a utilização de implantes ortodônticos. No final da década de 1990, a adoção dos mini-implantes como ancoragem permitiu uma mudança de paradigma que tem influenciado até mesmo a forma de pensar a mecânica ortodôntica. A imbricação das especialidades de Ortodontia e Implantodontia, cujo início se deu com os preparos ortodônticos para posterior inserção de implantes protéticos, floresceu com o uso de implantes palatinos e, posteriormente, com a introdução de mini-implantes. O aprimoramento da técnica de inserção de mini-implantes com a introdução de parafusos autoperfurantes tem permitido, inclusive, o requinte do ortodontista concentrar em suas mãos o planejamento e a colocação dessa preciosa peça de ancoragem. Levando em consideração a versatilidade de posicionamento desses pequenos parafusos, foi desenvolvido um conceito que possibilita a construção de linhas de ação de força que buscam otimizar o planejamento e a previsibilidade da movimentação ortodôntica. OBJETIVO: apresentar alguns resultados clínicos de tratamentos conduzidos com o uso de um sistema de tratamento ortodôntico, o Centrex System, que aproxima a linha de ação da força do centro de resistência das unidades a serem movimentadas. O caminho trilhado até o seu desenvolvimento, cuja teoria mecânica foi apresentada anteriormente nesse periódico, será detalhado para uma melhor compreensão de seu funcionamento. <![CDATA[<b>Comparative study of frictional forces generated by NiTi archwire deformation in different orthodontic brackets</b>: <b>In vitro evaluation</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: The purpose of this study was to compare the frictional forces between 0.014-in NiTi wires (Aditek) with 4 mm horizontal deflection and brackets with different archwire ligation systems. METHODS: Four types of self-ligating brackets (Damon MX, Easy Clip, Smart Clip and In-Ovation), a triple bracket (Synergy) and a twin bracket with 8-shaped ligature (Tecnident) were tested. Twin brackets with conventional elastomeric ligatures (Morelli) were used as control group. Tests were repeated 10 times for each bracket/archwire combination. Frictional forces were measured in an Instron universal tensile machine at 3 mm/minute speed and a total displacement of 6 mm. Statistical analysis comprised ANOVA and Dunnett's multiple comparison post hoc test. RESULTS: Deflection-induced frictional (DIF) forces increased in the following order: Synergy, Damon, 8-shaped Ligature, Easy Clip, In-Ovation, Smart-Clip and conventional ligatures. The differences among groups were significant, with the exception of the 8-shaped ligature groups which was equal to the Damon and Easy Clip groups. CONCLUSIONS: Compared to conventional ligatures, all ligation systems tested reduced frictional forces. However, such reduction varied according to the ligation system employed.<hr/>OBJETIVO: o objetivo desse trabalho foi comparar as forças de atrito entre fios NiTi 0,014" (Aditek) com deformações horizontais de 4mm, e braquetes com diferentes sistemas de ligação dos arcos. MÉTODOS: foram testados 4 tipos de braquetes autoligáveis (Damon MX, Easy Clip, Smart Clip e In-Ovation), um braquete triplo (Synergy) e um braquete gêmeo com amarrilho 8 (Tecnident). Como grupo controle, foi utilizado braquete gêmeo com ligadura elástica convencional (Morelli). Foram executadas 10 repetições em cada combinação arco/braquete. As forças de atrito foram medidas em máquina de tração universal Instron, com velocidade de 3mm/minuto e deslocamento total de 6mm. Para análise estatística, usou-se a ANOVA e o Teste de Comparações Múltiplas de Dunnett. RESULTADOS: as forças de atrito por deformação do fio se mostraram crescentes na seguinte ordem: Synergy, Damon, amarrilho 8, Easy Clip, In-Ovation, Smart-Clip e ligadura convencional. As diferenças entre todos os grupos foram estatisticamente significantes, com exceção do Amarrilho 8 em relação aos grupos Damon e Easy Clip. CONCLUSÃO: em relação à ligadura convencional, todos os sistemas de fechamento das canaletas testados são eficientes em reduzir a força de atrito, porém, tal redução varia significativamente de acordo com o sistema de fechamento da canaleta selecionado. <![CDATA[<b>Assessment of surface friction of self-ligating brackets under conditions of angulated traction</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400013&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: The aim of this study was to assess resistance to sliding of stainless steel passive self-ligating brackets with 0° and 2.5° angulations and to compare them to active self-ligating brackets at zero angulation. The hypothesis to be tested was that passive self-ligating brackets produce lower frictional forces than active self-ligating brackets. METHODS: Twenty five 0.022 x 0.028-in slot maxillary canine brackets were divided into 5 groups of 5 brackets: Damon SL II (Ormco, CA, USA) self-ligating bracket and Gemini (3M/Unitek, CA, USA) conventional bracket with angulation of 0 and 2.5° and a group of Speed 2 (American Orthodontics, WI, USA) active clip self-ligating system with zero angulation. Twenty five segments of stainless steel 0.020-in archwire (TP Orthodontics, IN, USA) were tested and each bracket/wire interface was evaluated at 4 successive points during sliding. Overall, 100 frictional values were analyzed by parametric analysis of variance and Bonferroni tests. RESULTS AND CONCLUSION: Frictional tests were performed with an Emic DL 10000 testing machine (Emic, Brazil) with a load cell of one kilogram. Passive self-ligating brackets produced lower frictional forces than active self-ligating brackets (p < 0.01). Under angulation, brackets with a slide mechanism produced higher friction than the same brackets under zero angulation (p < 0.01). Nevertheless, the slide system under angulation produced smaller friction values than conventional brackets tied with elastomeric ligatures in 0° tests.<hr/>OBJETIVO: avaliar a fricção apresentada por braquetes autoligáveis de aço inoxidável com sistema passivo de tampa deslizante sob angulação de 0 grau e 2,5 graus, e comparar o comportamento desse grupo sob angulação nula com o de um grupo de braquetes autoligáveis com sistema ativo de tampa resiliente. MÉTODOS: foram utilizados 25 braquetes de caninos superiores, divididos em 5 grupos - braquetes autoligáveis passivos Damon SL II sob angulação de 0 grau e de 2,5 graus; braquetes convencionais Gemini amarrados com ligaduras elásticas sob as mesmas angulações; e um grupo formado pelo sistema ativo Time 2, sob angulação nula. A hipótese a ser testada é se artefatos autoligáveis com sistema de tampa passiva são mais efetivos no controle da fricção do que dispositivos contendo coberturas ativas. O tracionamento foi realizado segundo emprego de 25 segmentos de fio de aço inoxidável 0,020" na máquina de ensaios EMIC DL 10000 com célula de carga de 2,0kg. Cada conjunto braquete/fio foi responsável pela geração de quatro corpos de prova, totalizando-se 100 leituras. As comparações entre médias dos valores foram realizadas através da Análise de Variância (one-way ANOVA) com correções pelo coeficiente de Bonferroni. RESULTADOS E CONCLUSÃO: as médias de fricção encontradas confirmaram a hipótese em teste, de que o sistema de braquetes Damon SL II é mais eficiente no controle do atrito do que o sistema de tampa ativa sob angulação de 0 grau (p<0,01). Quando submetidos a angulações de 2,5 graus, a fricção aumentou significativamente (p<0,01), porém mantendo-se ainda muito inferior aos patamares evidenciados no grupo de braquetes convencionais amarrados com ligaduras elásticas. <![CDATA[<b>Stability of maxillary anterior crowding treatment</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400014&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: To evaluate the stability and the relapse of maxillary anterior crowding treatment on cases with premolar extraction and evaluate the tendency of the teeth to return to their pretreatment position. METHODS: The experimental sample consisted of 70 patients of both sex with an initial Class I and Class II maloclusion and treated with first premolar extractions. The initial mean age was 13,08 years. Dental casts' measurements were obtained at three stages (pretreatment, posttreatment and posttreatment of 9 years on average) and the variables assessed were Little Irregularity Index, maxillary arch length and intercanine. Pearson correlation coefficient was used to know if some studied variable would have influence on the crowding in the three stages (LII1, LII2, LII3) and in each linear displacement of the Little irregularity index (A, B, C, D, E) in the initial and post-retention phases. RESULTS: The maxillary crowding relapse ( LII3-2) is influenced by the initial ( LII1), and the teeth tend to return to their pretreatment position. CONCLUSION: The results underline the attention that the orthodontist should be given to the maxillary anterior relapse, primarily on those teeth that are crowded before the treatment.<hr/>OBJETIVO: avaliar a estabilidade e recidiva do tratamento de apinhamento dos dentes anterossuperiores em casos com extrações de pré-molares e avaliar a tendência dos dentes apinhados, no início do tratamento, a retornar à sua posição original. MÉTODOS: a amostra consistiu de 70 pacientes de ambos os sexos, com má oclusão inicial de Classe I e Classe II de Angle, tratados com extrações dos primeiros pré-molares. A idade média inicial foi de 13,08 anos. Foram avaliados os modelos de estudo nas fases inicial (T1), final (T2) e, em média, 9 anos pós-tratamento (T3) de cada paciente. As variáveis da arcada superior avaliadas e comparadas estatisticamente pela Análise de Variância (ANOVA) foram: índice de irregularidade de Little Superior (IRLS), comprimento da arcada (CAS) e distância intercaninos (DICS). O Teste de Correlação de Pearson foi utilizado para verificar se alguma variável estudada teria influência sobre o apinhamento nas três fases (IRLS1, IRLS2, IRLS3) e em cada deslocamento de Little (A, B, C, D, E), na fase inicial e pós-tratamento. RESULTADOS: a recidiva do apinhamento superior (IRLS3-2) é influenciada pelo apinhamento inicial (IRLS1), e os dentes tendem a voltar à posição original. CCONCLUSÃO: os resultados ressaltam a atenção que o ortodontista deve dar à recidiva anterossuperior, principalmente àqueles dentes que estavam apinhados antes do tratamento. <![CDATA[<b>Maxillary incisors mesiodistal angulation changes in patients with orthodontically treated anterior superior diastemas</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400015&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: The aims of this study were to describe the patterns of maxillary incisor angulation in patients with upper interincisive diastemas, to evaluate angulation changes with treatment and posttreatment period, and to assess whether there are association between incisor angulation and interincisive diastema relapse. METHODS: The sample comprised 30 Class I or Class II patients with at least one pretreatment anterior diastema of 0.77 mm or greater after eruption of maxillary permanent canines. Data were obtained from panoramic radiographs at pretreatment, posttreatment and at least 2 years post-retention. RESULTS: Incisors presented a mesial tipping tendency after treatment, but only lateral incisors showed significant changes between pre and posttreatment stages. CONCLUSION: Regarding post-retention period, no changes were found. Finally, no relation was found between diastema relapse and maxillary incisor axial angulation.<hr/>OBJETIVO: esse trabalho teve por objetivo descrever o padrão de angulações mesiodistais dos incisivos superiores em pacientes com diastemas nessa área e observar as alterações dessas angulações durante e após o tratamento ortodôntico. Também objetivou analisar se existe associação entre as angulações mesiodistais desses dentes nos estágios inicial, final de tratamento e pós-contenção e a recidiva dos diastemas anterossuperiores. MÉTODOS: a amostra consistiu de 30 pacientes que foram avaliados antes do tratamento, logo após e passados 7 anos da remoção do aparelho ortodôntico. Os indivíduos apresentavam má oclusão de Classe I ou Classe II e, pelo menos, um diastema interincisivos com largura mínima de 0,77mm antes do tratamento. Além disso, os caninos superiores permanentes apresentavam a metade da coroa na cavidade bucal, no mínimo. RESULTADOS: as angulações dos incisivos apresentaram tendência à mesialização com o tratamento ortodôntico, sendo que houve diferença significativa apenas para as angulações dos incisivos laterais. No período pós-contenção, as angulações de todos os incisivos permaneceram estáveis. Não foi observada associação entre a recidiva dos diastemas e as angulações dos incisivos superiores. CONCLUSÃO: as angulações mesiodistais dos incisivos de pacientes com diastemas nessa área sofreram poucas modificações com o tratamento, havendo uma maior tendência de mesialização das coroas dos incisivos laterais. Os resultados obtidos com o tratamento permaneceram estáveis. Não houve associação entre a recidiva dos diastemas anterossuperiores e as posições mesiodistais dos dentes analisados. <![CDATA[<b>Microbiological evaluation of bristles of frequently used toothbrushes</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400016&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: Brushing teeth is probably the practice of oral hygiene most common in the world; however, inadequate use can become a risk to the population health, once they may be contaminated with various microorganisms. OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the bacterial contamination on toothbrush bristles using different methodologies. METHOD: We used 40 toothbrushes from healthy individuals aged 3 to 58 years. The samples were grown in test tubes containing trypticase soy broth sterile, and with the help of a tracking 0.1 μl samples were placed on plates containing sheep blood agar 5% and MacConkey agar then the samples were stored in a bacteriological incubator at 37°C for 24 hours for later analysis. It was counted the colony forming units and bacteria identification present in the brush. RESULTS: On the microbiological analysis, there was a growth of Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Streptococcus pyogenes and Staphylococcus coagulase negative. CONCLUSION: According to the results presented in this study, we observed a high incidence of bacterial contamination in the brushes analyzed. The most frequent microorganisms were members of the Enterobacteriaceae. The usage time of toothbrushes may be related to contamination found and, therefore, not only good hygiene ensures the reduction of microbial load, but replacing the toothbrush can also ensure individuals better oral health.<hr/>INTRODUÇÃO: a escovação de dentes é, provavelmente, a prática de higiene bucal mais comumente realizada no mundo; entretanto, o acondicionamento inadequado pode se transformar em um risco para a saúde da população, uma vez que podem estar contaminadas com vários tipos de microrganismos. OBJETIVO: o objetivo desse estudo foi avaliar a contaminação bacteriana de cerdas de escovas dentais através de diferentes métodos. MÉTODOS: foram utilizadas 40 escovas de dentes provenientes de indivíduos sadios, com idade entre 3 a 58 anos. As amostras foram semeadas em tubo de ensaio contendo caldo tripticaseína de soja (TSB) estéril e, com o auxílio de uma alça de 0,1μl, as amostras foram semeadas em placas contendo ágar sangue de carneiro a 5% e ágar MacConkey. Em seguida foram armazenadas em estufa bacteriológica a 37°C por 24hs para posterior análise. Foi realizada a contagem das unidades formadora de colônias (UFC) e a identificação das bactérias presentes nas escovas. RESULTADOS: nas análises microbiológicas, houve crescimento de Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Streptococcus pyogenes e Staphylococcus coagulase negativas. Conclusões: de acordo com os resultados apresentados nesse trabalho, verificamos que houve alta incidência de contaminação bacteriana nas escovas analisadas. Os microrganismos com maior frequência foram membros da família Enterobacteriaceae. O tempo de uso das escovas dentárias pode estar relacionado à contaminação encontrada e, por isso, não só uma boa higienização garantirá a redução da carga microbiana, mas a troca da escova dentária também pode garantir melhor saúde bucal aos indivíduos. <![CDATA[<b>Evaluation of enamel surface after bracket debonding and polishing</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400017&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: Preserving the dental enamel structure during removal of orthodontic accessories is a clinician's obligation. Hence the search for an evidence based debonding protocol. OBJECTIVE: to evaluate and compare, by means of scanning electron microscopy (SEM), the effects of four different protocols of bracket debonding and subsequent polishing on enamel surface, and to propose a protocol that minimizes damage to enamel surface. METHODS: Twelve bovine permanent incisors were divided into four groups according to the instrument used for debonding and removal of the adhesive remnant. In groups 1 and 2, brackets were debonded with a straight debonding plier (Ormco Corp., Glendora, California, USA), and in groups 3 and 4, debonding was performed with the instrument Lift-Off (3M Unitek, Monrovia, California, USA). In groups 1 and 3, the adhesive remnant was removed using a long adhesive removing plier (Ormco Corp., Glendora, California, USA) and in groups 2 and 4, residual adhesive was removed with a tungsten carbide bur (Beavers Dental) at high-speed. After each stage of debonding and polishing, enamel surfaces were replicated and electron micrographs were obtained with 50 and 200X magnification. RESULTS: All four protocols of debonding and polishing caused enamel irregularities. CONCLUSION: Debonding brackets with straight debonding plier, removal of adhesive remnant with a tungsten carbide bur and polishing with pumice and rubber cup was found to be the protocol that caused less damage to enamel surface, therefore this protocol is suggested for debonding brackets.<hr/>INTRODUÇÃO: a preservação da estrutura de esmalte após a remoção dos acessórios ortodônticos é obrigação do clínico. Portanto, procura-se um protocolo de descolagem com bases científicas. OBJETIVO: objetivou-se avaliar por microscopia eletrônica de varredura (MEV) a influência de quatro protocolos de remoção de braquetes e polimento da superfície do esmalte e propor um protocolo que minimize os danosà superfície do esmalte. MÉTODOS: doze incisivos permanentes bovinos foram divididos em quatro grupos de acordo com os instrumentos utilizados para a descolagem dos braquetes e remoção do remanescente adesivo. Os braquetes foram descolados com o alicate de descolagem reto (Ormco Corp.) nos grupos 1 e 2, e com o instrumento de descolagem Lift-Off (3M Unitek) nos grupos 3 e 4. Os remanescentes adesivos dos grupos 1 e 3 foram removidos com o alicate removedor de resina longo (Ormco Corp.) e dos grupos 2 e 4 com broca de carboneto de tungstênio (Beavers Dental) em alta-rotação. As superfícies, após cada etapa da descolagem e polimento, foram avaliadas em réplicas de resina epóxica e foram obtidas eletromicrografias com aumento de 50 e 200X. RESULTADOS: os quatro protocolos de remoção de acessórios ortodônticos e polimento ocasionaram irregularidades no esmalte. Conclusão: a remoção do braquete com o alicate de descolagem reto, seguido da remoção do remanescente adesivo com broca de carboneto de tungstênio e polimento final com pasta de pedra-pomes foi o procedimento que ocasionou menores danos ao esmalte, sendo o protocolo sugerido para a remoção dos acessórios ortodônticos. <![CDATA[<b>Bracket/wire play</b>: <b>what to expect from tipping prescription on pre-adjusted appliances</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400018&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: The opinion on the 'straight-wire' concept has been evolving since its origin, characterized by faithful followers or absolute skepticism. Currently, it seems reasonable to state that most professionals have a more realistic and critical viewpoint, with an attitude that reveals Orthodontics' maturity and greater knowledge on the technique. The most relevant criticisms refer to the impossibility of the both the Straight-Wire and the Standard systems to completely express the characteristics related to the brackets due to mechanical deficiencies, such as bracket/wire play. OBJECTIVES: A critical analysis of this relationship, which is unclear due to lack of studies, was the scope of this paper. METHODS: The compensatory treatment of two patients, using Capelozza's individualized brackets, works as the scenery for cephalometric evaluation of changes in incisor inclination produced by different dimensions of leveling archwires. RESULTS: The evaluation of these cases showed that, while the introduction of a 0.019 x 0.025-in stainless steel archwire in a 0.022 x 0.030-in slot did not produce significant changes in incisor inclination, the 0.021 x 0.025-in archwire was capable of changing it, mainly in mandibular incisors, and in the opposite direction to the compensation. CONCLUSION: Considering compensatory treatments, even when using an individualized prescription according to the malocclusion, the bracket/wire play seems to be a positive factor for malocclusion correction, without undesirable movements. Therefore, it seems reasonable to admit that, until a bracket system can have absolute individualization, the use of rectangular wires that still have a certain play with the bracket slot is advisable.<hr/>INTRODUÇÃO: a opinião sobre o conceito Straight-Wire tem evoluído desde sua origem, caracterizada por seguidores fiéis ou ceticismo absoluto. Atualmente, parece razoável acreditar que a maioria dos profissionais tem uma visão mais realista e crítica, com uma postura que revela maturidade da Ortodontia e maior conhecimento sobre a técnica. As maiores críticas, e com fundamento, referem-se à impossibilidade do sistema, seja Straight-Wire ou Edgewise, expressar totalmente as características embutidas nos braquetes, devido a deficiências mecânicas como folga entre braquetes e fios. OBJETIVOS: uma análise crítica dessa relação mal explicada, pela carência de estudos, foi o escopo desse artigo. MÉTODOS: o tratamento compensatório de dois pacientes, realizados com braquetes individualizados Capelozza, serve de cenário para uma avaliação cefalométrica das alterações nas inclinações dos incisivos produzidas por diferentes calibres de arcos de nivelamento. Resultados: a avaliação dos casos mostrou que, enquanto a introdução do arco de nivelamento de aço 0,019" X 0,025" em canaleta 0,022" X 0,030" não produziu alterações significativas nas inclinações dos incisivos, o arco 0,021" X 0,025"foi capaz de alterá-las, principalmente nos incisivos inferiores, e em direção contrária ao sentido da compensação. CONCLUSÃO: em tratamentos compensatórios, mesmo buscando-se utilizar prescrição individualizada de acordo com a má oclusão, a folga entre braquete e fio parece ser um fator positivo para que ocorra a correção da oclusão, sem que movimentos indesejáveis aconteçam. Assim, parece razoável admitir que, até que um sistema de braquetes permita ter uma individualização absoluta, é recomendável a utilização de fios retangulares que preservem uma folga com a canaleta do braquete. <![CDATA[<b>The influence of sucking habits on occlusion development in the first 36 months</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400019&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: The objective of this study was to identify the influence of sucking habits on the occlusal characteristics of the deciduous dentition. METHODS: The initial sample consisted of 86 infants, aged 0 to 3 months. Seven home visits were performed, when and information on breastfeeding practice, nutritive and non-nutritive sucking habits, mouth breathing and dentition development was collected. From the first sample, impressions of the dental arches were obtained from 58 children at the age of 36 months (+2.51SD). Dental casts were obtained and two examiners, trained and calibrated by the Kappa and Pearson Correlation tests, measured several parameters of dental occlusion, such as arch length, depth, and width. RESULTS: The results showed that bottle feeding before 6 months was associated to an increased mandibular intermolar width (p=0.01). Pacifier use before 6 months was statistically associated to a reduction of the maxillary intercanine (p=0.03) and intermolar (p=0.03) width. In addition to these findings, the increased molar depth of the maxillary arch was associated to loss of lip closure before the age of 12 months (p= 0.03). CONCLUSION: According to these results, it could be concluded that sucking habits interfere with the determination of some deciduous occlusal characteristics: pacifier sucking limits lateral-lateral maxillary growth, bottle feeding favors lateral-lateral mandibular growth and open bite development, and the lack of lip closure favors the anteroposterior maxillary growth.<hr/>OBJETIVO: a proposição do estudo foi verificar a influência dos hábitos de sucção nas características oclusais da dentição decídua. MÉTODOS: o grupo inicial constituiu-se de 86 bebês com idade de 0 a 3 meses. Sete visitas domiciliares foram realizadas, quando informações sobre a prática da amamentação, hábitos de sucção nutritivos e não-nutritivos, respiração bucal e desenvolvimento da dentição foram coletados. A partir do grupo inicial, 58 crianças foram moldadas em consultório na idade média de 36±2,51 meses. Modelos de estudo foram obtidos e medidos diversos parâmetros da oclusão dentária, tais como profundidade, extensão e largura das arcadas, por dois examinadores comprovadamente calibrados pelo teste de concordância Kappa e correlação de Pearson. RESULTADOS: os resultados demonstraram que o aleitamento artificial por mamadeira antes dos 6 meses esteve associado à largura intermolares inferior (p=0,01). A sucção de chupeta antes dos 6 meses foi estatisticamente associadaà diminuição da largura intercaninos superior (p=0,03) e intermolares superior (p=0,03). Somando-se a isso, o aumento da extensão molar da arcada superior associou-se à perda do vedamento labial antes dos 12 meses de vida (p=0,03). CONCLUSÃO: é possível concluir-se que os hábitos de sucção interferem na determinação de características oclusais na dentição decídua. A sucção de chupeta limita o crescimento da arcada superior; o uso de mamadeira favorece o crescimento laterolateral da mandíbula e o desenvolvimento da mordida aberta; e a ausência de vedamento labial favorece o crescimento maxilar anteroposterior. <![CDATA[<b>Evaluation of disinfection methods of orthodontic pliers</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400020&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: In recent years, a strong behavior change regarding the control of cross infection during dental treatment was perceived, except among some orthodontists who insist in the misconception that Orthodontics is a specialty of low risk in the transmission of infectious and contagious diseases. OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the methods used by orthodontists for disinfection of pliers in their daily practice. METHODS: The bacteria Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus aureus and Streptococcus salivarius were inoculated in vitro in 30 orthodontic pliers. The pliers were divided into 3 groups (n = 10) and disinfected in different ways. Group 1: Brush, soap and water; Group 2: Cotton soaked in ethyl alcohol 70%; Group 3: Immersion in a solution of 2% glutaraldehyde for 30 minutes and then rinsed with water. RESULTS: The results showed that the ethyl alcohol 70% (Group 2) kept 20% of the pliers infected, being more efficient than the soap and water (Group 1), which maintained 60% of contaminated pliers. Only immersion in 2% glutaraldehyde was able to decontaminate all pliers and was statistically superior to the aforementioned methods (p = 0.030). CONCLUSION: Based on these results, we concluded that among the tested methods, disinfection of orthodontic pliers with 2% glutaraldehyde is the only efficient method.<hr/>INTRODUÇÃO: nos últimos anos, constatou-se uma forte mudança de comportamento no que diz respeito ao controle de infecção cruzada durante atendimento odontológico, exceto dentre alguns ortodontistas, que ainda persistem na ideia equivocada de que a Ortodontia é uma especialidade de baixo risco na transmissão de doenças infectocontagiosas. OBJETIVO: objetivo desse trabalho foi avaliar os métodos mais usados pelos ortodontistas para desinfecção de alicates na sua clínica diária. MÉTODOS: as bactérias Pseudomonas aeruginosa, Streptococcus salivarius e Staphylococcus aureus foram inoculadas in vitro em 30 alicates ortodônticos. Os alicates foram divididos em 3 grupos (n=10) e desinfectados de formas diferentes: grupo 1, escova, água e sabão; grupo 2, algodão embebido em álcool etílico a 70%; grupo 3, imersão em solução de glutaraldeído a 2% durante 30 minutos sendo, em seguida, enxaguados com água corrente. RESULTADOS: os resultados demonstraram que o álcool etílico 70% (grupo 2) manteve 20% dos alicates infectados, sendo mais eficiente que a água e sabão (grupo 1), que mantiveram 60% dos alicates contaminados. Apenas a imersão em glutaraldeído 2% foi capaz de descontaminar todos os alicates, sendo estatisticamente superior aos outros métodos (p =0,030). CONCLUSÃO: com base nesses resultados, concluiu-se que, dentre os métodos testados, a desinfecção de alicates ortodônticos com glutaraldeído 2% é o único método eficiente. <![CDATA[<b>Cytotoxicity of separation orthodontic elastics</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400021&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: To test the hypothesis that there is no difference in cytotoxicity between separating elastics of different manufacturers. METHODS: The present article compared latex elastics (4.0 mm, 4.4 mm and 4.8 mm) of four different manufacturers. The sample was allocated to seven groups of 9 elastics: Group A (American Orthodontics, green color, modules), Groups M1 and M2 (Morelli, blue color, modules and free in pack respectively), Groups M3 and M4 (Morelli, green color, modules and free in pack respectively), Group U (Uniden, blue color, free in pack) and Group T (Tecnident, blue color, free in pack) regarding their possible cytotoxic effects on oral tissues. Cytotoxicity assays were performed using cell culture medium containing epithelioid-type cells (Hep-2 line) derived from human laryngeal carcinoma and submitted to the methods for evaluating the cytotoxicity by the "dye-uptake" test, at time intervals 24, 48, 72 and 168 h. Data were compared by analysis of variance (ANOVA) and Tukey's test (p < 0.05). RESULTS: Results showed statistically significant difference (p < 0.05) between group U and all the other Groups (A, M1, M2, M3, M 4 and T) at 24 and 48 hours. CONCLUSIONS: Uniden elastics evoked more cell lysis at 24 and 48 h, although, all brands showed biocompatibility from 72 h onwards.<hr/>OBJETIVO: o propósito do presente estudo foi testar a hipótese que não existe diferença de citotoxicidade entre elásticos de diferentes marcas. MÉTODOS: foram comparadas entre si 4 marcas de elásticos de separação (4,0mm, 4,4mm e 4,8mm) intrabucais de látex quanto ao possível efeito citotóxico nos tecidos bucais, divididos em 7 grupos de 9 elásticos cada: grupo A (cor verde - modular, American Orthodontics), grupos M1 e M2, (cor azul - modular e a granel, respectivamente, Morelli), grupos M3 e M4 (cor verde - modular e a granel, respectivamente, Morelli), grupo U (cor azul - a granel, Uniden) e grupo T (cor azul - a granel, Tecnident). O ensaio de citotoxicidade foi realizado utilizando-se cultura de células da linhagem HEp-2 (do tipo epitelióide, que tem origem em carcinoma de laringe humana), sendo submetido o material ao teste para células viáveis em vermelho neutro ("dye-uptake"), no tempo de 24, 48, 72 e 168 horas. A análise de variância e comparação múltipla (ANOVA) e o teste de Tukey foram utilizados (p<0,05). RESULTADOS: os resultados evidenciaram diferença estatisticamente significativa dos grupos A, M1, M2, M3, M4 e T com o grupo U nos tempos de 24 e 48h (p<0,05). CONCLUSÃO: pôde-se evidenciar que os elásticos da marca Uniden causaram alta quantidade de lise celular em 24 e 48h, porém, todas as marcas mostraram-se biocompatíveis a partir de 72h. <![CDATA[<b>Different strategies used in the retention phase of orthodontic treatment</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400022&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: To identify most frequent clinical conducts, considering the following variables: 1) used appliances; 2) time of use; 3) protocol of use in daily hours and evolution with along time; 4) percentage of patients in follow up 1 year after treatment; and 5) most frequent observed relapses.. METHODS: It was used a questionnaire distributed to all specialization course of Orthodontics inscribed in the Brazilian Federal Council of Dentistry until October of 2005. RESULTS AND CONCLUSION: It was obtained 91 valid questionnaires. For data analysis were used descriptive statistics and chi-square for linear tendency and chi-square for linear trend and chi-square for multivariate linear trend. We can conclude that: 1) on upper arch, the most used appliances were Hawley, wraparound and acetate plate; in the lower multi-stranded rod, steel rod not bonded to incisors and rod bonded to the incisors; 2) it was indicated its use for more than 24 months for the upper arch, with a trend toward its less use than in the lower arch; 3) the protocol of use in the upper arch begins with 24 hours/day, reducing after the second year; for the lower arch the protocol of hours/day was kept stable; 4) after 1 year of retention most than 50% of treated cases were re-examined; 5) most common relapses were crowding, giroversion and opening of diastemas.<hr/>OBJETIVO: identificar as condutas clínicas mais utilizadas, considerando-se as seguintes variáveis: 1) aparelhos utilizados; 2) período de utilização; 3) protocolo de utilização, em horas diárias, e sua evolução com o passar dos meses; 4) percentual de pacientes controlados 1 ano pós-tratamento; e 5) as recidivas mais frequentemente observadas. MÉTODOS: utilizou-se um questionário distribuído para todos os cursos de Especialização em Ortodontia cadastrados no CFO até outubro de 2005. RESULTADOS E CONCLUSÃO: foram obtidos 91 questionários válidos. Para a análise dos dados, utilizou-se estatística descritiva e os testes qui-quadrado para tendência linear e qui-quadrado para tendência linear multivariado. Concluiu-se que: 1) na arcada superior, os aparelhos mais utilizados foram o aparelho de Hawley, o wraparound e a placa de acetato; já na inferior, barra de fio multifilamentado, barra de aço sem colagem em incisivos e barra com colagem nos incisivos; 2) indicou-se sua utilização por mais de 24 meses para a arcada superior, com uma tendência de menor utilização nessa arcada do que na inferior; 3) o protocolo de utilização na arcada superior inicia-se com 24 horas/dia, reduzindo-se após o segundo ano; para a arcada inferior, o protocolo em horas/dia foi estável; 4) após um ano de contenção, foram reexaminados mais de 50% dos casos tratados; 5) as recidivas mais comuns foram apinhamento inferior, giroversões e reabertura de diastemas. <![CDATA[<b>Effects induced after the use of maxillary protraction appliances</b>: <b>a literature review</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400023&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: The present literature review, examined the effects of maxillary protraction in patients treated with different types of facial masks. METHODS: The review searched for relevant articles, including randomized controlled trials, controlled clinical trials and uncontrolled trials. Comparisons were made between eight different types of facial masks: Delaire; Grummons; Petit; Turley; Batista; "Sky Hook"; Nanda and Türbinger. Following aspects were evaluated: a) the type of anchorage; the origin, direction and magnitude of forces and b) the relevant results of following skeletal and dental measurements: angular (SNA and SNB), linear (AFAI); vertical angles (SN.GoGn, FMA); dental (IMPA) and linear (1-NA, 1-NB). CONCLUSION: The results showed that there was no uniformity in the choice of anchorage type and form of application of forces between the facial masks examined, but there were similarities in skeletal and dental aspects: Anterior displacement of the maxillary complex (increase in SNA) ; anterior displacement of the upper anterior teeth (increase of 1-NA), the lingual inclination of mandibular incisors (decrease of 1-NB), down and back rotation of the mandible (increase AFAI, SN.GoGn, FMA, decrease in SNB).<hr/>OBJETIVO: o presente trabalho de revisão de literatura consistiu em realizar um estudo comparativo entre diversos modelos de máscaras faciais em relação às suas influências dentárias e esqueléticas e suas implicações sobre a altura facial inferior. MÉTODOS: optou-se pela busca de artigos relevantes, abrangendo estudos randomizados controlados, ensaios clínicos controlados e não-controlados, incluídos de acordo com critérios de elegibilidade. Foi realizada a comparação entre oito diferentes modelos de máscaras faciais: Delaire, Grummons, Petit, Turley, Batista, Sky Hook, Nanda e Tübinger. Foram coletados: a) o tipo de ancoragem, a origem, direção e magnitude das forças entre as máscaras faciais; e b) os resultados pertinentes às alterações das grandezas esqueléticas SNA e SNB, AFAI - ENA-Me, SN.GoGn, FMA; e as grandezas dentárias IMPA, 1-NA e 1-NB. CONCLUSÃO: não houve uniformidade na escolha do tipo de ancoragem e forma da aplicação das forças entre as máscaras envolvidas no estudo. Houve semelhança nas grandezas esqueléticas e dentárias: deslocamento anterior do complexo maxilar (aumento do SNA), deslocamento anterior dos dentes superiores (aumento do 1-NA), inclinação lingual dos incisivos inferiores (diminuição do 1-NB e IMPA), rotação da mandíbula para baixo e para trás (aumento do AFAI, SN.GoGn e FMA, diminuição do SNB). <![CDATA[<b>Effect of rapid maxillary expansion on the dimension of the nasal cavity and on facial morphology assessed by acoustic rhinometry and rhinomanometry</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400024&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: To assess the effects of rapid maxillary expansion on facial morphology and on nasal cavity dimensions of mouth breathing children by acoustic rhinometry and computed rhinomanometry. METHODS: Cohort; 29 mouth breathing children with posterior crossbite were evaluated. Orthodontic and otorhinolaryngologic documentation were performed at three different times, i.e., before expansion, immediately after and 90 days following expansion. RESULTS: The expansion was accompanied by an increase of the maxillary and nasal bone transversal width. However, there were no significant differences in relation to mucosal area of the nose. Acoustic rhinometry showed no difference in the minimal cross-sectional area at the level of the valve and inferior turbinate between the periods analyzed, although rhinomanometry showed a statistically significant reduction in nasal resistance right after expansion, but were similar to pre-treatment values 90 days after expansion. CONCLUSION: The maxillary expansion increased the maxilla and nasal bony area, but was inefficient to increase the nasal mucosal area, and may lessen the nasal resistance, although there was no difference in nasal geometry. Significance: Nasal bony expansion is followed by a mucosal compensation.<hr/>OBJETIVO: avaliar o efeito da expansão rápida da maxila na dimensão da cavidade nasal e na morfologia facial através da rinometria acústica e rinomanometria computadorizada. MÉTODOS: foram avaliadas 29 crianças na fase de dentição mista, portadoras de respiração bucal e mordida cruzada posterior. A documentação ortodôntica e a avaliação otorrinolaringológica foram realizadas em três tempos - antes da expansão rápida da maxila, imediatamente após e 90 dias depois. RESULTADOS: a expansão promoveu um aumento na dimensão da cavidade nasal e na maxila transversalmente. Contudo, não houve diferenças significativas na área da mucosa nasal. A rinometria acústica mostrou que não houve diferenças na área de secção transversa ao nível da válvula e concha nasal inferior; entretanto, a rinomanometria mostrou diferenças estatisticamente significativas na resistência nasal, que diminuiu após a expansão rápida da maxila. CONCLUSÕES: a expansão maxilar aumenta a área óssea maxilar e nasal; contudo, esse aumento não foi suficiente para aumentar a área da mucosa e diminuir a resistência nasal. Importância: a expansão óssea nasal foi seguida por uma compensação da mucosa. <![CDATA[<b>Mini-implant and Nance button for initial retraction of maxillary canines</b>: <b>a prospective study in cast models</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400025&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: Bone anchorage is a key factor for the successful management of some malocclusions for it allows the application of continuous forces, decreases treatment time and is independent from patient compliance. METHODS: The goal of this work was to establish a dental model comparison in order to measure the anchorage loss after the initial retraction of upper canines between the two groups. Group A used mini-implants and Group B used Nance button. All patients had two models cast (M1 and M2). The first models were taken on baseline (M1) and the other models were taken after canine retraction (M2). RESULTS: All measurements were pooled and submitted to statistical analysis. In order to verify the inter-examiner systematic error a paired t-test was performed. Dahlberg's formula was used to estimate the casual error. For comparison purposes between Before and After stages, a paired t-test was done. For the comparison between mini-implant and Nance button groups, a Student t-test was applied. All tests adopted a 5% (p<0.05) significance level. CONCLUSION: No statistically significant difference was observed between the two groups when measurements and comparisons to assess molar anchorage loss after canine initial retraction were performed. Two different anchorage systems were applied on dental models (mini-implants and Nance's button) for each group.<hr/>OBJETIVO: a ancoragem óssea é fundamental para o sucesso do tratamento de algumas más oclusões, pois permite a aplicação de forças contínuas, diminui o tempo de tratamento e independe da colaboração do paciente. MÉTODOS: o propósito desse trabalho foi comparar, por meio de modelos dentários, a perda de ancoragem após a retração inicial de caninos superiores entre dois grupos. O grupo A utilizou o mini-implante enquanto o grupo B utilizou o Botão de Nance. Para todos os pacientes foram realizados dois modelos (M1 e M2). Os primeiros modelos foram realizados ao início (M1), e os outros ao final da retração inicial de canino (M2). RESULTADOS: todas as medidas foram tabuladas e submetidas à análise estatística. Para verificar o erro sistemático intraexaminador foi utilizado o teste t pareado. Na determinação do erro casual utilizou-se o cálculo de erro proposto por Dahlberg. Para comparação entre as fases Início e Após, foi utilizado o teste t pareado. Para a comparação entre os grupos de mini-implante e Botão de Nance, foi utilizado o teste t de Student para medidas independentes. Em todos os testes foi adotado nível de significância de 5% (p<0,05). CONCLUSÃO: ao se medir e comparar em modelos dentários a perda de ancoragem dos molares após a retração inicial de canino utilizando-se dois sistemas de ancoragem distintos (Mini-implante e Botão de Nance), pôde-se observar a inexistência de diferença estatisticamente significativa entre os dois grupos. <![CDATA[<b>Determination of the structural characteristics in youngsters from Ceará with Class II, division 1 malocclusion</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400026&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: To determine the structural characteristics of Caucasian youths from Ceará State, Northeastern Brazil, presenting with Class II, Division 1 malocclusion and to investigate whether there is gender dimorphism based on the cephalometric variables assessed. METHODS: By means of lateral cephalograms, it was possible to determine the cephalometric characteristics of Class II, Division 1 malocclusion in a sample of 50 Caucasian youths from Ceará State, Brazil, of both genders (25 male and 25 female), aged between 9 and 14 years, who had not received previous orthodontic treatment. Sixteen cephalometric measures were evaluated and a comparison was made between the experimental group (Class II) and the control group (Class I), a sample comprising 50 Caucasian children from the Brazilian State of Ceará, of both genders (22 male and 28 female), aged 9 to 13 years, obtained from research conducted at the Study Center of the Federal University of Ceará (UCCB), Department of Orthodontics. CONCLUSIONS: Overall, the maxilla exhibited adequate positioning. The mandible showed a clear predominance of retrusion and dimensional changes in the sagittal direction. The facial vertical dimensions were increased. The maxillary incisors were well-positioned in their apical bases and with slight lingual inclination. The mandibular incisors were labially inclined and protruded. The study identified the presence of gender dimorphism in the following measures: P-Nperp, Co-A, Wits and ALFH.<hr/>OBJETIVO: determinar as características estruturais em jovens cearenses leucodermas, portadores de má oclusão de Classe II, divisão 1, e verificar se existe dimorfismo entre os sexos a partir das variáveis cefalométricas estudadas. MÉTODOS: por meio de telerradiografias em norma lateral, determinou-se as características cefalométricas da má oclusão de Classe II, divisão 1, em uma amostra de 50 jovens cearenses, leucodermas, sendo 25 do sexo masculino e 25 do sexo feminino, com idades de 9 a 14 anos, não tratadas ortodonticamente. Dezesseis grandezas cefalométricas foram avaliadas, comparando-se o grupo experimental (Classe II) com um grupo controle (Classe I), cuja amostra constituiu-se de 50 crianças do Ceará, leucodermas,de ambos os sexos (22 do sexo masculino e 28 do sexo feminino), com idades entre 9 e 13 anos, obtida de pesquisas realizadas pela disciplina de Ortodontia da UCCB - Centro de Estudos da Universidade Federal do Ceará. CONCLUSÃO: a maxila apresentou, em média, um bom posicionamento. A mandíbula apresentou uma clara predominância para retrusão e alterações dimensionais no sentido sagital. As dimensões verticais da face apresentaram -se aumentadas. Os incisivos superiores apresentaram-se bem posicionados em suas bases apicais e ligeiramente inclinados para lingual. Os incisivos inferiores protruídos e inclinados para vestibular. Identificou-se a presença de dimorfismo entre os sexos nas grandezas P-Nperp, Co-A, WITS e AFAI. <![CDATA[<b>Treatment of a Class III growing patient with mandibular prognathism and severe anterior crossbite</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400027&lng=en&nrm=iso&tlng=en The treatment of growing patients with Class III skeletal pattern represents one of the greatest clinical challenges for the orthodontist. Several treatment protocols have been proposed, almost all involving rapid maxillary expansion and maxillary protraction. However, there are cases where the maxilla is properly positioned in the anteroposterior direction and there is no transverse discrepancy, featuring only a mandibular prognathism. In such cases, when there is a set of favorable factors such as lack of laterognathism and lower mandibular plane angle, a viable option and which could prove quite interesting is the use of orthodontic chin cup during the night, aiming at trying to redirect the forward growth of the mandible. To have success, it is necessary that this procedure involves pubertal growth spurt and is extended to full skeletal maturation. This case was presented to the board of the Brazilian Board of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics (BBO) as part of the requirements to become a BBO Diplomate.<hr/>O tratamento de pacientes em crescimento com padrão esquelético de Classe III representa um dos maiores desafios clínicos para o ortodontista. Vários protocolos de tratamento têm sido propostos, quase todos envolvendo expansão rápida da maxila e protração maxilar. Porém, existem casos onde a maxila está corretamente posicionada no sentido anteroposterior e não há discrepância transversa, caracterizando apenas um prognatismo mandibular. Nesses casos, quando há um conjunto de fatores favoráveis, tais como ausência de laterognatismo e menor ângulo do plano mandibular, uma opção viável e que pode se mostrar bastante interessante é o uso noturno da mentoneira, com o objetivo de tentar redirecionar o crescimento anterior da mandíbula. Para que haja sucesso, é necessário que esse procedimento envolva o surto de crescimento da puberdade e seja estendido até a completa maturação esquelética. O presente caso clínico foi apresentado à diretoria do Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial (BBO), como parte dos requisitos para a obtenção do titulo de Diplomado pelo BBO. <![CDATA[<b>Changes in occlusal plane through orthognathic surgery</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512012000400028&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: A conventional ortho-surgical treatment, although with good clinical results, does not often achieve the desired functional outcomes. Patients with dentofacial deformities, especially those with increased occlusal planes (OP), are also affected by muscle, joint and breathing functional disorders, as well as facial esthetic involvement. The surgical manipulation of the OP in orthognathic surgery is an alternative to overcome the limitations of conventional treatment. OBJECTIVE: To report the importance of assessing the occlusal plane during diagnosis, planning and ortho-surgical treatment of patients with facial skeletal deformities and its main advantages. CONCLUSION: Although both philosophies of ortho-surgical treatment (conventional and by surgical manipulation of the OP) have presented good results, the selective correction of the OP allows a full treatment of these patients, providing better esthetic and functional results.<hr/>INTRODUÇÃO: o tratamento ortocirúrgico convencional, embora apresente bons resultados clínicos, muitas vezes não alcança resultados funcionais desejáveis. Os pacientes com deformidades dentofaciais, principalmente os que possuem plano oclusal (PO) aumentado, são acometidos também por distúrbios funcionais musculares, articulares e respiratórios, além do comprometimento estético facial. A manipulação cirúrgica do PO na cirurgia ortognáticaé uma alternativa para suprir as limitações do tratamento convencional. OBJETIVO: relatar a importância da avaliação do plano oclusal nas fases de diagnóstico, planejamento e tratamento ortocirúrgico de pacientes com deformidades esqueléticas faciais, e suas principais vantagens. CONCLUSÃO: apesar de ambas as filosofias de tratamento ortocirúrgico (convencional e pela manipulação cirúrgica do PO) apresentarem bons resultados, a correção seletiva do PO permite um tratamento integral desses pacientes, propiciando melhores resultados estéticos e funcionais.