Scielo RSS <![CDATA[Hoehnea]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=2236-890620180002&lang=es vol. 45 num. 2 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Characterization and attributes of herbaceous vegetation in a Caatinga fragment in the State of Sergipe, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200159&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Espera-se que variações nos fatores ambientais sejam responsáveis pela diversificação das plantas herbáceas na Caatinga. Nesta pesquisa, objetivou-se caracterizar a vegetação herbácea quanto à composição, similaridade e estrutura, em um fragmento de Caatinga em Poço Verde, Estado de Sergipe, Brasil. Além disso, avaliou-se a influência da precipitação na riqueza entre diferentes áreas de Caatinga. A amostragem foi realizada por meio de 30 subparcelas, além de coletas adicionais de plantas no seu entorno. Foram encontradas 80 espécies, sendo 43% típicas de áreas antropizadas de Caatinga. Entre as áreas de Caatinga, a precipitação não explicou a variação de riqueza; os valores de similaridade foram determinados pela heterogeneidade ambiental. A diversidade Shannon-Wiener e a equabilidade de Pielou encontraram-se dentro da faixa esperada para áreas antropizadas de Caatinga. Com base em evidências suportadas por outros estudos, acredita-se que a antropização modificou a estrutura e a composição da vegetação herbácea, razão pela qual se recomendam ações de conservação.<hr/>ABSTRACT Variations in environmental factors are expected to be responsible for the diversification of herbaceous plants in the Caatinga (dry forest). We analyzed the composition, floristic similarity and structure of the herbaceous vegetation in a Caatinga fragment in the municipality of Poço Verde, Sergipe State, Brazil. In addition, the influence of precipitation on richness among different Caatinga areas was evaluated. We installed 30 subplots and the floristic composition was complemented by collections made around these subplots. A total of 80 species were found, of which 43% are typically from disturbed areas of Caatinga. Among the Caatinga areas, precipitation did not explain the variation of richness; similarity values were determined by environmental heterogeneity. The parameters of Shannon-Wiener diversity and Pielou's evenness were within the range expected for Caatinga disturbed areas. Based on evidence supported by previous studies, we believe that human disturbance influences the composition and the structure of the studied herbaceous vegetation. Therefore, conservation actions are recommended. <![CDATA[Foliar morphoanatomical plasticity of <em>Smilax campestris</em> (Smilacaceae) in an environmental gradient of restinga, Santa Catarina State, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200173&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Analisou-se a plasticidade morfoanatômica foliar de Smilax campestris (Smilacaceae) em distintas formações de restinga, em gradiente ambiental na planície costeira de São Francisco do Sul, SC, Brasil. De cada um dos vinte indivíduos selecionados por formação, foram coletadas folhas completamente expandidas, totalizando 140 folhas por ambiente destinadas à caracterização morfoanatômica. A heterogeneidade ambiental foi caracterizada pela nutrição do solo e radiação luminosa. Os dados foram avaliados por meio de ANOVA e PCA. Todos os atributos foliares analisados, bem como as variáveis ambientais, apresentaram diferença estatisticamente significativa entre as formações de restinga, com destaque aos atributos de massas seca e fresca, área foliar, área específica foliar, espessura da epiderme abaxial e densidade foliar. As variáveis ambientais de maior destaque foram: matéria orgânica, saturação por base, soma de bases e teor de magnésio. Os ajustes morfoanatômicos de S. campestris em resposta às distintas condições ambientais resultaram no uso de folhas esclerófilas e com características xeromórficas mais acentuadas próximo ao mar que se tornam gradativamente menores rumo ao continente.<hr/>ABSTRACT In this study, the foliar morphoanatomical plasticity of Smilax campestris (Smilacaceae) was analyzed along an environmental gradient in different restinga formations, in the coastal plain of São Francisco do Sul, Santa Catarina State, Brazil. Twenty individuals were selected by formation, from which 140 leaves were collected for the morphoanatomical characterization. The environmental heterogeneity was characterized by soil nutrition and light radiation. Data were evaluated using ANOVA and PCA. All the leaf traits analyzed, as well as the environmental variables, showed a statistically significant difference among the four restinga formations, with emphasis on the traits of dry mass, fresh mass, leaf area, specific leaf area, abaxial epidermis thickness and leaf density. The main environmental variables were: organic matter, base saturation, sum of bases and magnesium content. The morphoanatomical adjustments of S. campestris in response to different environmental conditions resulted in sclerophyllous leaves, with a pronounced xeromorphic appearance near the sea that gradually becomes less evident within the continent. <![CDATA[Volatile organic compounds (VOC) variation in <em>Croton floribundus</em> (L.) Spreng. related to environmental conditions and ozone concentration in an urban forest of the city of São Paulo, São Paulo State, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200184&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Volatile organic compounds (VOC) are emitted by vegetation in response to different kinds of stress, such as herbivory, environmental conditions and air pollutants. The aim of this study was to identify the VOC emitted by seedlings of Croton floribundus (L.) Spreng. exposed to a polluted environment and analyze the relationship among classes of compounds emitted, ozone levels and changes in climate conditions. Two exposures were carried out, one in winter (June to August 2012) and another in summer (January to April 2013), in the Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, city of São Paulo, São Paulo State, Brazil. We identified 26 compounds that are grouped into oxygenates, aromatics, monoterpenes and sesquiterpenes. The emission of sesquiterpenes was inhibited in summer, while those of the oxygenated and aromatic compounds were induced. The emission of volatiles was correlated to ozone levels (AOT 40). Our results suggest that the levels of atmospheric ozone detected in the summer can increase the induction of oxygenates and reduce the emission of monoterpenes in C. floribundus plants.<hr/>RESUMO Os compostos orgânicos voláteis (COV) são emitidos pela vegetação em resposta ao estresse, incluindo fatores como herbivoria, condições ambientais e poluentes aéreos. Os objetivos deste trabalho foram identificar compostos orgânicos voláteis emitidos por plantas jovens de Croton floribundus (L.) Spreng. expostas em ambiente poluído e relacionar as classes dos compostos emitidos com os níveis de ozônio atmosférico e variações climáticas. Foram realizadas duas exposições em diferentes estações climáticas (inverno de 2012: junho a agosto e verão de 2013: janeiro a abril), no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo, SP, Brasil. Foram identificados 26 compostos, agrupados em oxigenados, aromáticos, monoterpenos e sesquiterpenos. As emissões dos sesquiterpenos foram inibidas no verão, enquanto as dos oxigenados e aromáticos foram induzidas. Os voláteis foram relacionados com os níveis de ozônio (AOT 40). Os resultados sugerem que os níveis de ozônio atmosférico detectados no verão podem contribuir para aumentar a emissão dos compostos oxigenados e reduzir a emissão dos monoterpenos em plantas de C. floribundus. <![CDATA[Synopsis of <em>Jacquemontia</em> Choisy (Convolvulaceae) in the States of Goiás and Tocantins, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200192&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Jacquemontia é o quarto maior gênero em riqueza específica de Convolvulaceae, com cerca de 130 espécies, concentradas na América tropical. Para o Brasil são reconhecidas 67 espécies. O levantamento de Jacquemontia para os Estados de Goiás e Tocantins revelou a ocorrência de 17 espécies, entre as quais 15 ocorrem em Goiás e sete no Tocantins. São apresentados chave de identificação, dados de distribuição geográfica, habitat e ilustrações dos táxons de Jacquemontia ocorrentes nestes Estados.<hr/>ABSTRACT Jacquemontia is the fourth largest genus of Convolvulaceae in relation to species richness. This genus includes approximately 130 species, mostly concentrated in tropical America, of which 67 occur in Brazil. The floristic survey of Jacquemontia for the Brazilian States of Goiás and Tocantins revealed the occurrence of 17 species, of which 15 occur in Goiás and seven in Tocantins. We provide an identification key, data on geographical distribution, habitat, and images for all species of Jacquemontia occurring in the area. <![CDATA[Synopsis of Poaceae in the grassland formations of the Parque Estadual do Guartelá, Paraná State, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200202&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Poaceae is a cosmopolitan family that includes species found in both forest and grassland formations. The objective of this study was to carry out the first floristic survey of Poaceae in the Parque Estadual do Guartelá (PEG), one of the last remnants of native grassland vegetation in the State of Paraná, Brazil, and provide resources to assist the identification of genera and species. The survey was conducted based on field collections and searches in the Species Link online database. In the PEG, Poaceae is represented by 29 genera and 54 species, being Paspalum L. (eight spp.), Andropogon L. (five spp.) and Eragrostis Wolf (four spp.) the richest genera. The number of species in the PEG was incremented by 29 new records. In addition, five species were classified as exotic, five as endemic to Brazil, and two were considered least concern in relation to their conservation. We also present information regarding the distribution, habitat and conservation status for each species.<hr/>RESUMO Poaceae é uma família cosmopolita que inclui espécies encontradas em formações florestais e campestres. O objetivo deste estudo foi realizar o primeiro levantamento florístico de Poaceae no Parque Estadual do Guartelá (PEG), um dos últimos remanescentes de vegetação nativa de formação campestre no Estado do Paraná, Brasil, e fornecer recursos para auxiliar na identificação dos gêneros e espécies. A pesquisa foi realizada com base em coletas a campo e busca na base de dados online Species Link. No PEG, Poaceae é representada por 29 gêneros e 54 espécies, sendo Paspalum L. (oito spp.), Andropogon L. (cinco spp.) e Eragrostis Wolf (quatro spp.) os gêneros mais ricos. O número de espécies de Poaceae no PEG foi incrementado em 29 novos registros. Além disso, cinco espécies foram classificadas como exóticas, cinco como endêmicas para o Brasil e duas foram consideradas menos preocupantes em relação à sua conservação. Também são apresentadas informações sobre distribuição, hábitat e status de conservação de cada espécie. <![CDATA[Morpho-anatomical effects of sodium azide and nitrous acid on <em>Citrullus lanatus</em> (Thunb.) Matsum. & Nakai (Cucurbitaceae) and <em>Moringa oleifera</em> Lam. (Moringaceae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200225&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Chemical mutagens (e.g. sodium azide and nitrous acid) are important tools in crop improvements because they produce resistance against pathogens in crops to improve their yield and quality traits. This study investigates the morphological and anatomical effects of sodium azide and nitrous acid on Citrullus lanatus and Moringa olefeira at various concentrations (1 mM, 2 mM, 3 mM and 4 mM) for 4 hours, and planted in plastic pots for 12 weeks observations. Results showed that sodium azide and nitrous acid have differential influenced on morphological features (stem height, leaf number and root length) in C. lanatus and M. olefeira respectively. Anatomical features (stomatal density, index and size) are more influenced by the sodium azide-treated plants in both plants than in the nitrous acid-treated plants. Both mutagens are more effective in the two plants than the control.<hr/>RESUMO Os agentes mutagénicos químicos (por exemplo, azida de sódio e ácido nitroso) são ferramentas importantes na melhoria das culturas porque produzem resistência contra patogénios nas culturas para melhorar as suas características de rendimento e qualidade. Este estudo investiga os efeitos morfológicos e anatômicos da azida sódica e do ácido nitroso em Citrullus lanatus e Moringa olefeira em várias concentrações (1 mM, 2 mM, 3 mM e 4 mM) por 4 horas, e plantados em vasos plásticos para observações de 12 semanas. Os resultados mostraram que a azida sódica e o ácido nitroso têm influência diferencial nas características morfológicas (altura do caule, número de folhas e comprimento da raiz) em C. lanatus e M. olefeira, respectivamente. Características anatômicas (densidade, índice e tamanho dos estômatos) são mais influenciadas pelas plantas tratadas com azida de sódio em ambas as plantas do que nas plantas tratadas com ácido nitroso. Ambos os mutagênicos são mais eficazes nas duas plantas que o controle. <![CDATA[Taxonomic revision of <em>Amorimia</em> W.R. Anderson (Malpighiaceae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200238&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT The taxonomic revision of Amorimia (Malpighiaceae) is presented, including typifications, and descriptions for all accepted species. The genus is endemic to Seasonally Dry Tropical Forests and Rainforests of South America, and its species can be distinguished by morphological details of leaves, indumenta, inflorescences, flowers, and fruits. This study includes an identification key for the subgenera and species of Amorimia, illustrations, distribution maps, conservation risk assessments, and comments on ecology, nomenclature, and taxonomy for all species. Additionally, I provide a key to differentiate Amorimia from the remaining genera of the Malpighioid clade.<hr/>RESUMO Apresento a revisão taxonômica de Amorimia (Malpighiaceae), incluindo tipificações e descrições para todas as espécies aceitas. O gênero é endêmico a Florestas Sazonais e Úmidas da América do Sul, e suas espécies podem ser distinguidas por detalhes da morfologia de folhas, indumento, inflorescências, flores e frutos. Este estudo inclui descrições morfológicas completas para todas as espécies, além de uma chave de identificação para seus subgêneros e espécies, ilustrações, mapas de distribuição, avaliações de risco de extinção e comentários sobre ecologia, nomenclatura e taxonomia de suas espécies. Ainda, apresento uma chave de identificação para diferenciar Amorimia dos demais gêneros do clado Malpighioide. <![CDATA[<em>Terminalia</em> L. (Combretaceae) in Pernambuco State, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200307&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Este trabalho consiste no levantamento taxonômico de Terminalia para o Estado de Pernambuco. Baseou-se na análise morfológica de espécimes depositados em herbários nacionais, bibliografia especializada e imagens de coleções-tipo. Para o Estado foram registradas cinco espécies de Terminalia: T. amazonia (J.F. Gmel.) Exell., T. glabrescens Mart., T. januariensis DC., T. mameluco Pickel e T. oblonga (Ruiz &amp; Pav.) Steud.). As espécies de Terminalia ocorrem preferencialmente em floresta ombrófila densa no domínio Mata Atlântica. Terminalia amazonia e T. glabrescens representam novas ocorrências para o Estado. Apenas T. januariensis e T. oblonga foram registradas em Unidades de Conservação no Estado de Pernambuco.<hr/>ABSTRACT This study consists in the taxonomic survey of Terminalia for the State of Pernambuco. It was based on the morphological analysis of specimens deposited in national herbaria, specialized bibliography and images of type-collections. For the State, five species of Terminalia were recorded: T. amazonia (J.F. Gmel.) Exell., T. glabrescens Mart., T. januariensis DC., T. mameluco Pickel and T. oblonga (Ruiz &amp; Pav.) Steud. Terminalia species occur preferentially in dense ombrophilous forest in the Atlantic Forest domain. Terminalia amazonia and T. glabrescens represent new occurrences for the State. Only T. januariensis and T. oblonga were recorded in Conservation Units in the State of Pernambuco. <![CDATA[Structural and histochemical profile of <em>Lopesia</em> sp. Rübsaamen 1908 pinnula galls on <em>Mimosa tenuiflora</em> (Willd.) Poir. in a Caatinga environment]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200314&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Gall-inducing insects can change the anatomical pattern of host plant tissues by inducing peculiar gall morphotypes. In this study, the structural changes observed in Lopesia galls on Mimosa tenuiflora resemble those found in other Cecidomyiidae, with two tissue compartments. Nevertheless, the parenchyma layers of the inner compartment, between the mechanical zone and the nutritive tissue, are peculiar. Gall development does not impair the synthesis of any compounds detected by histochemical tests on non-galled tissues of M. tenuiflora. Lignin, polyphenols, alkaloids and terpenoids were detected in the outer compartment, suggesting their involvement in chemical defence of galls. Proteins, reducing sugars and lipids were detected both in outer and inner compartments, whereas nutritive tissue is rich in reducing sugar. This profile is linked with the nutrition of the gall-inducing insect. The Caatinga environment does not seem to constrain the development of galls, but the thick periclinal cell wall and homogeneous parenchyma may contribute to the control of humidity and light radiation, thus favouring the survival of the gall-inducing insect.<hr/>RESUMO Insetos galhadores podem alterar o padrão anatômico dos tecidos das suas plantas hospedeiras, induzindo morfotipos peculiares de galhas. Neste estudo, as modificações estruturais observadas nas galhas de Lopesia sp. em Mimosa tenuiflora assemelham-se àquelas evidenciadas em outras galhas de Cecidomyiidae, com dois compartimentos teciduais. No entanto, as camadas de parênquima no compartimento interno entre a zona mecânica e o tecido nutritivo são peculiares. O desenvolvimento da galha não bloqueia a síntese de quaisquer compostos detectados nos tecidos não galhados de M. tenuiflora, por meio de testes histoquímicos. Ligninas, polifenóis, alcaloides e terpenoides foram detectados no compartimento externo, sugerindo seu envolvimento na defesa química das galhas. Proteínas, açúcares redutores e lipídios foram detectados tanto no compartimento externo quanto no interno, e o tecido nutritivo é rico em açúcares redutores. Esse perfil está ligado à nutrição do galhador. O ambiente da Caatinga parece não impor restrições ao desenvolvimento da galha, mas, a parede celular periclinal espessa e o parênquima homogêneo parecem contribuir para o controle da umidade e da radiação, favorecendo à sobrevivência do inseto galhador. <![CDATA[New records of red seaweeds to the coast of Ceará State, northeastern Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200323&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT A recent floristic survey of Rhodophyta from Ceará State, Brazil (02º46'30''-07º52'15''S and 37º14'54''-41º24'45''W), revealed the occurrence of 113 species distributed into 14 orders, 28 families and 63 genera. Of these, 18 species belonging to seven orders are new records; some of them poorly described and illustrated in the literature or cited only checklists. Therefore, aiming to expand the taxonomic knowledge about these poorly known species, we present detailed descriptions, illustrations, and comments on related taxa. The occurrence of Ceratodictyon scoparium is confirmed for the South Atlantic coast. The male gametophytes of Dohrniella antillarum var. brasiliensis and tetrasporophytes of Gracilariopsis silvana are illustrated for the first time. Ceramium fujianum is a new addition to northeastern Brazil. Among the new records, Callithamnion corymbosum, Ceramium clarionense, C. fujianum and C. scoparium showed a significant expansion of their geographic distribution along the Brazilian coast. Most of the newly recorded species are filamentous, small-sized or tufted algae, highlighting the need for new collections to detect the presence of these components.<hr/>RESUMO Um recente levantamento florístico de Rhodophyta do Estado do Ceará (02º46'30''-07º52'15''S, 37º14'54''-41º24'45''W), Brasil, revelou a ocorrência de 113 espécies distribuídas em 14 ordens, 28 famílias e 63 gêneros. Dentre esses, 18 espécies pertencentes a sete ordens são novos registros, algumas pobremente descritas e ilustradas na literatura ou somente citadas em listas. Com o objetivo de expandir o conhecimento taxonômico acerca dessas espécies, são apresentadas descrições detalhadas, ilustrações e comparações com táxons relacionados. A ocorrência de Ceratodictyon scoparium é confirmada na costa do Atlântico Sul. Os gametófitos masculinos de Dohrniella antillarum var. brasiliensis e tetrasporófitos de Gracilariopsis silvana são ilustrados pela primeira vez. Ceramium fujianum é um novo registro para a costa nordeste do Brasil. Dentre as novas ocorrências, Callithamnion corymbosum, Ceramium clarionense, C. fujianum and C. scoparium mostraram uma expansão significativa da distribuição geográfica ao longo do litoral brasileiro. A maioria das espécies é filamentosa, diminutas ou formam tufos, demonstrando a necessidade de novas coletas para detectar a presença desses componentes. <![CDATA[First record of <em>Aganisia fimbriata</em> (Orchidaceae: Zygopetalinae) for the Central-West region of Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200348&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Aganisia fimbriata é uma espécie Sul-Americana de orquídea que ocorre no Brasil, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela. No Brasil é registrada nos Estados do Acre, Amazonas, Maranhão, Pará, e agora pela primeira vez na região Centro-Oeste, Estado de Mato Grosso. Foi encontrada no Estado de Mato Grosso como hemiepífita, em floresta paludosa às margens de pequeno riacho tributário do rio Teles Pires, em Floresta Estacional Sempre Verde na borda sul do Domínio Amazônico. Este novo registro corresponde ao limite austral de distribuição geográfica da espécie no Brasil. Apresentam-se descrição da espécie, prancha fotográfica, comentários taxonômicos e a distribuição da espécie.<hr/>ABSTRACT Aganisia fimbriata is a South American species of orchid found in Brazil, Guyana, Peru, Suriname, and Venezuela. In Brazil, it is registered in the States of Acre, Amazonas, Maranhão, Pará and now for the first time in the Central-West Region, State of Mato Grosso. This species was found in Mato Grosso State as hemiepiphyte, in paludose forest at the margins of a tributary stream of the Teles Pires river, in Evergreen Seasonal Forest on the southern edge of the Amazonian domain. This new record represents the southern distribution limit of the species in Brazil. We present a description, photographs, and comments on taxonomy, and distribution of the species. <![CDATA[Decolorization of CI Reactive Blue 222 by immobilized basidiomycetes in response to different carbon and nitrogen inputs]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062018000200352&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Reactive dyes are found in the final effluents of the textile industry and cannot be removed by conventional treatment processes. The use of basidiomycetes appears to be an effective strategy to degrade dye molecules. In this paper, the parameters that favor decolorization of diazo dye were assessed using basidiomycetes immobilized in Luffa cylindrica. Different concentrations of saccharose and urea were assessed, in addition to the introduction of an enriched synthetic effluent. Results showed that the best decolorization occurred at the highest concentration of saccharose and the lowest of urea. It was observed a high biosorptive capacity of the solid support, which decreased when the effluent was enriched with saccharose and urea due to consequent increase in microbial activity. Using the enriched effluent, Pleurotus ostreatus decolorized about 70% within 48 hours, and Trametes villosa decolorized 58% after 240 hours. Peniophora cinerea did not respond to the conditions tested.<hr/>RESUMO Os corantes reativos são encontrados nos efluentes finais da indústria têxtil. Quando esses efluentes são tratados por processos convencionais, os corantes não são removidos. O tratamento que empregou basidiomicetos mostrou ser capaz de degradar a molécula de corante. Neste trabalho avaliou-se parâmetros que favoreceram a descoloração do corante diazo usando basidiomicetos imobilizados sob Luffa cylindrica. Foram avaliadas diferentes concentrações de sacarose e ureia, além da introdução de efluente sintético enriquecido. Os resultados mostraram que a melhor descoloração ocorreu nas maiores concentrações de sacarose e nas menores concentrações de ureia. Observou-se a capacidade de adsorção do suporte sólido, que diminuiu quando o efluente foi enriquecido com sacarose e ureia, devido ao consequente aumento da ação microbiana. Pleurotus ostreatus com efluente enriquecido descoloriu cerca de 70%, dentro de 48 horas e Trametes villosa descoloriu em torno de 60% após 240 horas. Peniophora cinerea não respondeu às condições testadas.