SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue2Delivery in adolescents: qualitative factors of carePeople with vascular ulcers in outpatient nursing care: a study of sociodemographic and clinical variables author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

HERCULANO, Marta Maria Soares et al. Óbitos maternos em uma maternidade pública de Fortaleza: um estudo epidemiológico. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.2, pp. 295-301. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000200005.

O objetivo do estudo foi analisar os óbitos maternos ocorridos em uma Maternidade Pública de Fortaleza-CE e identificar a existência de associações entre o momento do óbito e as causas do óbito. Foram revisados prontuários, declarações de óbito e fichas de notificação referentes aos 96 óbitos maternos ocorridos entre 2000 e 2008. O tipo de parto mais prevalente foi o cesáreo (45;46,8%) e as causas de óbitos mais evidenciadas foram: síndrome hipertensiva (27;28,1%); infecção (17;17,7%); e hemorragia (16;16,7%). Houve associação estatística significante entre: cesariana e as causas de óbito síndrome hipertensiva e infecção (x²:14,40, p:0,00; x²:4,02, p:0,04); mortes ocorridas no puerpério e síndrome hipertensiva (x²:6,13, p:0,01) e infecção (x²:7,65, p:0,00). A caracterização desses óbitos auxilia no reconhecimento dos grupos de risco e na elaboração de medidas preventivas.

Keywords : Mortalidade materna; Saúde da mulher; Enfermagem materno-infantil.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese