SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue2Delivery in adolescents: qualitative factors of carePeople with vascular ulcers in outpatient nursing care: a study of sociodemographic and clinical variables author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

HERCULANO, Marta Maria Soares et al. Óbitos maternos em uma maternidade pública de Fortaleza: um estudo epidemiológico. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.2, pp.295-301. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000200005.

O objetivo do estudo foi analisar os óbitos maternos ocorridos em uma Maternidade Pública de Fortaleza-CE e identificar a existência de associações entre o momento do óbito e as causas do óbito. Foram revisados prontuários, declarações de óbito e fichas de notificação referentes aos 96 óbitos maternos ocorridos entre 2000 e 2008. O tipo de parto mais prevalente foi o cesáreo (45;46,8%) e as causas de óbitos mais evidenciadas foram: síndrome hipertensiva (27;28,1%); infecção (17;17,7%); e hemorragia (16;16,7%). Houve associação estatística significante entre: cesariana e as causas de óbito síndrome hipertensiva e infecção (x²:14,40, p:0,00; x²:4,02, p:0,04); mortes ocorridas no puerpério e síndrome hipertensiva (x²:6,13, p:0,01) e infecção (x²:7,65, p:0,00). A caracterização desses óbitos auxilia no reconhecimento dos grupos de risco e na elaboração de medidas preventivas.

Keywords : Mortalidade materna; Saúde da mulher; Enfermagem materno-infantil.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License