SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue1  suppl.Motivational interview in smokers: a theoretical reviewInvestigation in child psychotherapy: a review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul

Print version ISSN 0101-8108

Abstract

SERENIKI, Adriana  and  VITAL, Maria Aparecida Barbato Frazão. A doença de Alzheimer: aspectos fisiopatológicos e farmacológicos. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul [online]. 2008, vol.30, n.1, suppl., pp. 0-0. ISSN 0101-8108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082008000200002.

A doença de Alzheimer é a patologia neurodegenerativa mais freqüente associada à idade, cujas manifestações cognitivas e neuropsiquiátricas resultam em deficiência progressiva e incapacitação. A doença afeta aproximadamente 10% dos indivíduos com idade superior a 65 anos e 40% acima de 80 anos. Estima-se que, em 2050, mais de 25% da população mundial será idosa, aumentando, assim, a prevalência da doença. O sintoma inicial da doença é caracterizado pela perda progressiva da memória recente. Com a evolução da patologia, outras alterações ocorrem na memória e na cognição, entre elas as deficiências de linguagem e nas funções vísuo-espaciais. Esses sintomas são freqüentemente acompanhados por distúrbios comportamentais, incluindo agressividade, depressão e alucinações. O objetivo deste trabalho foi revisar, na literatura médica, os principais aspectos que envolvem a doença de Alzheimer, como as características histopatológicas, a neuroinflamação e a farmacoterapia atual.

Keywords : Doença de Alzheimer; inflamação; acetilcolinesterase; inibidores de ciclooxigenase.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese