SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue96NEW KNOWLEDGE, NEW HIERARCHIES: CONTEMPORARY STRUGGLES REGARDING THE ACADEMIC PROFESSION author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ciências Sociais

On-line version ISSN 1806-9053

Abstract

PRANDI, Reginaldo  and  CARNEIRO, João Luiz. EM NOME DO PAI: Justificativas do voto dos deputados federais evangélicos e não evangélicos na abertura do impeachment de Dilma Rousseff. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2018, vol.33, n.96, e339603.  Epub Oct 19, 2017. ISSN 1806-9053.  http://dx.doi.org/10.17666/339603/2018.

O artigo analisa as justificativas dos deputados federais ao voto a favor ou contra a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff e foca as diferenças entre os motivos apresentados pelos membros da Bancada Evangélica em comparação com os dos demais deputados da Câmara dos Deputados. A porcentagem de votos a favor do impeachment foi de 93,8% entre os evangélicos e de 67,7% entre os não evangélicos. A pesquisa procurou mostrar que outras diferenças se revelariam nas justificativas desses votos. Partindo das notas taquigráficas da sessão de votação, foram identificadas 26 diferentes classes de razões e motivos. Os autores esperam que a presente análise permita lançar alguma nova luz sobre a participação dos evangélicos na política partidária brasileira. Os dados trabalhados permitem concluir, entre outros achados, que a Bancada Evangélica votou apoiada em justificativas que se mostraram pertencentes menos ao âmbito dos valores democráticos e mais ao universo da tradição.

Keywords : Votação do impeachment; Razões do voto; Impeachment da presidente Rousseff; Evangélicos na política; Bancada Evangélica.

        · abstract in English | French     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )