SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue3Mortality trends due to chronic obstructive pulmonary disease in BrazilTransient accelerations of fetal heart rate analyzed by computerized cardiotocography in the third trimester of pregnancy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Abstract

SANTOS, Larissa; AZEVEDO, Kátia; SILVA, Licinio  and  OLIVEIRA, Ledy. Vírus Epstein-Barr na mucosa oral de pacientes positivos para o vírus da imunodeficiência humana. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2014, vol.60, n.3, pp.262-269. ISSN 0104-4230.  https://doi.org/10.1590/1806-9282.60.03.016.

Objetivo:

a taxa de detecção do vírus Epstein-Barr (EBV) é alta em pacientes vivendo com o vírus da imunodeficiência humana. Com o objetivo de contribuir para o entendimento epidemiológico e investigar a atividade do EBV na mucosa oral, foi realizado um estudo de coorte com pacientes HIV positivos.

Métodos:

esfregaços orais de 145 pacientes HIV positivos foram coletados entre março de 2010 e março de 2011. A reação de cadeia de polimerase (PCR) internalizada e a PCR reversa (RT-PCR) foram usadas para genotipar o EBV e detectar a expressão do EBNA-2, respectivamente.

Resultados:

o DNA do EBV foi detectado em 48,3% dos participantes, dos quais 32,85% eram portadores do EBV-1 e 45,71% de EBV-2. Adicionalmente, 14,28% eram co-infectados por ambos os tipos. O mRNA do gene EBNA-2 foi expresso em 45,7% das amostras positivas para EBV, incluindo 20% por EBV-1 somente, 20% por EBV-2 somente e 1,4% por ambos os genótipos. O estado imune afetou a infecção por EBV, e a positividade para EBV-2 foi significativamente correlacionada com o comportamento sexual dos participantes. A co-infecção por ambos os genótipos de EBV foi dependente da carga viral de HIV e da atividade do gene EBNA-2.

Conclusão:

registrou-se uma alta prevalência de EBV em atividade na mucosa oral de indivíduos assintomáticos soropositivos para HIV. O estudo focaliza a necessidade de monitoramento e tratamento de pacientes infectados por HIV com reativação pelo EBV.

Keywords : vírus Epstein-Barr; HIV; genótipos; mucosa oral.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )