SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue2Emotional and motor symptoms in riverside dwellers exposed to mercury in the AmazonSatisfaction with mental health community services among patients’ relatives author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790XOn-line version ISSN 1980-5497

Abstract

MARGARITES, Ane Freitas; MENEGHEL, Stela Nazareth  and  CECCON, Roger Flores. Feminicídios na cidade de Porto Alegre: Quantos são? Quem são?. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2017, vol.20, n.2, pp.225-236. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-5497201700020004.

Objetivo:

Quantificar e tipificar os feminicídios ocorridos no município de Porto Alegre entre 2006 e 2010.

Métodos:

Estudo transversal que identifica as características sociodemográficas das vítimas e dos agressores e as circunstâncias de mortes femininas por agressão obtidas em inquéritos policiais na cidade de Porto Alegre. As análises estatísticas foram realizadas por meio do software SPSS, versão 20.0, utilizando o teste χ2 e considerando significativo p<0,05.

Resultados:

Dos 89 inquéritos analisados, 64 mortes (72%) foram categorizadas como feminicídios. A maioria das vítimas era jovem, com baixa escolaridade e exercia ocupações pouco valorizadas socialmente. Elas tinham histórico de violências perpetradas por parceiro íntimo e um quarto delas havia registrado boletim de ocorrência policial.

Conclusão:

Esses dados indicam a magnitude desse crime e a necessidade de identificar situações de risco e prevenir desfechos letais.

Keywords : Violência contra a mulher; Homicídio; Gênero e saúde.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )