SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 issue1Smallanthus sonchifolius (Poepp.) H. Rob. (yacon): microscopical identification of the leaf and stem for the pharmacognostic quality controlOrigens e trajetórias da indústria farmacêutica no Brasil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas

Print version ISSN 1516-9332

Rev. Bras. Cienc. Farm. vol.44 no.1 São Paulo Jan./Mar. 2008

http://dx.doi.org/10.1590/S1516-93322008000100019 

PUBLICAÇÕES NOVAS NEW PUBLICATIONS
HISTÓRIA DA FARMÁCIA

 

 

Prof. Bronislaw Polakiewicz

FCF-USP

 

 

 

BAMBERG,W. D. Apotheker Kalender. Stuttgart: Detscher Apotheker Verlag, 2008. 14p.

A obra citada acima é na verdade um grande calendário alemão (47,0cm x 50,0 cm), que apresenta uma parte iconográfica com fotos de excelente qualidade na parte frontal, correspondente a cada mês do ano 2008. Os textos explicativos de cada quadro estão na parte de traz, em alemão do lado esquerdo, e inglês do lado direito.Uma sucessão de fotografias de farmácias do século XVII e XVIII nos revela um ambiente alquímico, com fachadas de farmácias alemãs desta época, objetos de laboratório, recipientes para fármacos, extratos de plantas e outros ingredientes utilizados na época. Chamam atenção alguns desenhos de plantas, flores e frutos utilizados por boticários da época. No quadro correspondente ao mês de junho encontramos alguns vasos de vidro e porcelana originários de Florença, com aberturas em varias alturas dos mesmos, destinados a colheita de frações de extratos de origem vegetal ou animal. Este material faz parte da coleção do Museu Alemão de Farmácia do Castelo de Heidelberg. Infelizmente não temos no Brasil uma coleção deste porte, portanto este calendário é muito oportuno para que todos aqueles que se interessam pela história da farmácia o consultem, porque realmente é um excelente trabalho. Este calendário iconográfico também nos da uma boa idéia do desenvolvimento da tecnologia farmacêutica, mostrando que há séculos a farmácia se destacava como um local diferenciado, onde o carisma do profissional e do estabelecimento eram os ingredientes mais importantes.

A figura final que correspondente ao mês de dezembro apresenta um quadro, que na verdade é uma miniatura ornada com pedra e foi feita no século XV, com as imagens de dois santos, Cosme e Damião, no original Cosmas e Damien tradicionais patronos da medicina e da farmácia. Enfim tal trabalho é uma ótima demonstração da dedicação de seu autor Prof. Dr. Werner Dressendorfer Baamberg a História da Farmácia.