SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.50 issue3Mathematical drying kinetics modeling of jackfruit seeds (Artocarpus heterophyllus Lam.)Development and characterization of probiotic fermented smoothie beverage author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Ciência Agronômica

Print version ISSN 0045-6888On-line version ISSN 1806-6690

Abstract

CORADI, Paulo Carteri et al. Análise da qualidade física de grãos de milho geneticamente modificado e convencional nos processos de secagem e umedecimento. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2019, vol.50, n.3, pp.370-377.  Epub July 04, 2019. ISSN 0045-6888.  http://dx.doi.org/10.5935/1806-6690.20190044.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade física dos grãos de milho geneticamente modificados (Herculex 30S31) em função dos processos de secagem e umedecimento em relação ao milho convencional (AG 1051). O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com esquema fatorial (7x3x2), sete tempos de secagem ou umedecimento (0, 20, 40, 60, 80, 100, 120 minutos), três temperaturas do ar de secagem (80, 100 e 120 °C) e dois tipos de milho (AG 1051 convencional e o Herculex 30S31 transgênico). Os grãos de milho transgênico e convencional foram colhidos com um teor de água de 13,5% (w.b.) e secos em estufa de convecção com ventilação forçada, em seguida, os mesmos grãos foram submetidos a um processo de umedecimento pelo mesmo tempo. Foram medidas a largura, espessura, comprimento, contração e expansão dos grãos, determinados os teores de água e a condutividade elétrica antes e após a secagem, depois do processo de umedecimento, a cada intervalo de vinte minutos. Os processos de secagem e umedecimento afetaram negativamente a qualidade dos grãos de milho convencionais e transgênicos. No entanto, quando comparados, os grãos de milho transgênicos foram mais resistentes aos danos físicos. Concluiu-se que, as variações dos teores de água nos grãos durante as operações de secagem e armazenagem intensificam-se as perdas físicas, mesmo que ao final os grãos permaneçam com teores de água favoráveis ao armazenamento.

Keywords : Milho convencional AG 1051; Milho transgênico Herculex 30S31; Perdas quantitativas e qualitativas; Resistência dos grãos nas operações pós-colheita.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )