SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue34Meia-idade, individuação e organizaçõesDimensões relevantes para definição de políticas para stakeholders: a perspectiva ética e a racionalidade instrumental author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Organizações & Sociedade

On-line version ISSN 1984-9230

Organ. Soc. vol.12 no.34 Salvador July/Sept. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S1984-92302005000300003 

ARTIGOS ARTICLES

 

Espaço religioso e espaço turístico: significações culturais e ambigüidades no santuário do Caraça/MG

 

 

Denise PereiraI; Alexandre de Pádua CarrieriII

IProfª PUC/MG
IIProf. Cepead/UFMG

 

 


RESUMO

Este artigo procurou elaborar um encontro entre os estudos organizacionais e os temas cultura e espaço. Tem como objetivo evidenciar mudanças das significações culturais dos atores sociais da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Santuário do Caraça, em que parece existir um confronto entre esta ser um espaço religioso e um espaço turístico. Na abordagem empírica, procedeu-se um estudo de caso em que se procurou captar histórias, configurações, fronteiras, ambigüidades, enfim, expressões e significações de dirigentes e funcionários sobre suas próprias realidades. Embasado nas dimensões teóricas e na análise do discurso, este trabalho buscou estudar as diversas entrevistas não estruturadas, realizadas no período de novembro/2002 a junho/2003, no sentido de trazer à tona as mudanças das significações culturais. O Santuário do Caraça e os atores que lá trabalham e vivem estão vendo suas histórias - significações, identidade, imagem - mudarem, assim como o espaço, que era apenas religioso e transforma-se em espaço turístico.


ABSTRACT

This article aimed at elaborating an encounter among Organizational Studies and themes such as culture and space. It has the objective of evidencing the changes occurred in the cultural significations of the social actor -Caraça Particular Reserve of the Natural Patrimony (RPPN -Reserva Particular do Patrimônio Natural Santuário do Caraça) - a place where an "opposition" seems to exist. Is RPPN a religious or a tourist place? The empirical approach of this research presents a case study, in which a search for the histories, configurations, frontiers and ambiguities takes place, in a way to prospect the expressions and significations of managers and employees about their own realities. Based on the theoretical dimensions and on the Discourse Analysis, the present article aimed at analyzing the diverse non-structured interviews that took place between November 2002 and July 2003, in order to feature the changes of the cultural significations. The Caraça Particular Reserve (RPPN), and the social actors that work there are seeing their history -significations, identities, images - modify right in front of their eyes. Previously, solely a religious site, the place is now attracting visitors, for being a tourist spot.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS

ALCADIPANI, R.; ALMEIDA, A. O. O feitiço incluiu o feiticeiro: uma análise sobre a implementação de um escritório aberto. In: XXIV ENANPAD. 2000. Florianópolis. Anais... Florianópolis, 2000. (CD-ROM).         [ Links ]

ALVESSON, M. Cultural perspectives on organizations. Cambridge: Cambridge University Prees. 1993.         [ Links ]

AUGÈ, M. Não-lugares. São Paulo: Papirus, 1994.         [ Links ]

BARROS, J. M. "O rodar do moinho": notas sobre a antropologia e o conceito de cultura. Cadernos de Ciências Sociais, Belo Horizonte, v.3, n. 3, p.5 -13, abr. 1993.         [ Links ]

CARNEIRO, C. M. Q. O espaço urbano do turismo em Ponta Negra - Natal/RN. 1995. 185 p. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) -FAU/UNB, Brasília.         [ Links ]

CARRIERI, A. P. O fim do "mundo Telemig": a transformação das significações culturais em uma empresa de telecomunicações. 2001. 326 p.Tese (Doutorado em Administração) - CEPEAD/FACE/UFMG, Belo Horizonte.         [ Links ]

CARRIERI, A. P.; JUNQUILHO, G. S. e SILVA, A. R. L. A pesquisa sobre cultura nas Organizações do Brasil. In: IX COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE PODER LOCAL, 2003. Salvador. Anais... Salvador: UFBA/NEPOL, Jun. 2003. (Mimeo).         [ Links ]

CARRIERI, A. P e PEREIRA, D. de C. Movimento de desterritorialização e reterritorialização na transformação cultural. In: IX COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE PODER LOCAL. 2003. Salvador. Anais... Salvador: UFBA/NEPOL, Jun. 2003, p. 3 -19.         [ Links ]

CAVEDON, N. R. e FACHIN, R. C. Homogeneidade versus heterogeneidade cultural: um estudo em universidade pública. In: XXIV ENANPAD. 2000. Florianópolis. Anais... Florianópolis, 2001. (CD-ROM).         [ Links ]

DURHAN, E. A dinâmica cultural na sociedade moderna. Ensaios de Opinião. Rio de Janeiro, v.4, p. 32-5, jan. 1997.         [ Links ]

FARIA, A. A. e LINHARES, P. de T. F. S. O preço da passagem no discurso de uma empresa de ônibus. Cadernos de Pesquisa, Belo Horizonte, v. 10, p. 32-8, mar. 1993.         [ Links ]

FIORIN, J. L. Linguagem e ideologia. São Paulo: Ática, 1988.         [ Links ]

GUERRA, L. C. O. Imagens de um território urbano: a Feira de Arte e Artesanato de Belo Horizonte. 2002. 165 p. Dissertação (Mestrado em Geografia) -IG/UFMG, Belo Horizonte.         [ Links ]

MAC-ALLISTER, M. A emergência do espaço organizacional para a gestão social. In: IX COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE PODER LOCAL. 2003. Salvador. Anais... Salvador: UFBA/NEPOL, Jun. 2003, p. 1-2.         [ Links ]

MARTIN, J. Culture in organizations - Three perspectives. Oxford: Oxford University Press, 1992.         [ Links ]

MUMBY, D. K. e CLAIR, R. P. Organizational discourse. In: VAN DIJK (Org.). Discourse as Social Interaction. London: Sage. 1997, p. 181-205.         [ Links ]

OMT - Organización Mundial del Turismo. Guia para administraciones locales: desarrollo turístico sostenible. Madrid: OMT, 1999.         [ Links ]

PAGÉS, M. et al. O poder das organizações: a dominação das multinacionais sobre os indivíduos. São Paulo: Atlas, 1987.         [ Links ]

PBCM -Estatutos da Província Brasileira da Congregação da Missão. 1998. (Documento Interno)        [ Links ]

PBCM -Província Brasileira da Congregação da Missão. Plano de ação para o Caraça. 1999 (Documento Interno)        [ Links ]

RUCHKYS, A. A. A interface discursiva ecoturística em reportagens da revista Os Caminhos da Terra. 2003. 158 p. Dissertação (Mestrado em Lingüística) PosLin/UFMG, Belo Horizonte.         [ Links ]

SANTOS, M. Metamorfoses do espaço habitado: fundamentos teóricos e metodológicos da geografia. São Paulo: Hucitec, 1996.         [ Links ]

SANTOS, S. N. Comunidades do entorno da RPPN do Caraça: uma caracterização socioambiental. Belo Horizonte: PUC Minas, 2003. (Relatório Final de Pesquisa, Projeto FIP 2002-14P).         [ Links ]

SMIRCICH, C. Concepts of culture and organizational analysis. Administrative Science Quartely, New York, v. 28, p. 339-58, set. 1983.         [ Links ]

SOUZA, J. E. Província Brasileira da Congregação da Missão: 180 anos dos lazaristas no Brasil. Belo Horizonte: Santa Clara, 1999.         [ Links ]

TYLOR, E. B. Primitive culture: Researches into the development of mythology, philosophy, religion, language, art and custom. London: J. Murray, 1871. 2 vs.         [ Links ]

VASCONCELLOS, P. A. Categorias e conceitos fundamentais na geografia. In: IX COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE PODER LOCAL. 2003, Salvador. Anais... Salvador: UFBA / NEPOL, 2003, p. 20 - 35.         [ Links ]

 

 

1Sobre esse autor Vasconcellos (2003) elaborou a seguinte síntese: “Para Milton Santos (1978), o espaço é um conjunto de formas representativas de relações espaciais do passado e do presente,... uma estrutura representada por relações sociais... que se manifestam através de processos e funções (p.122). Em 1985, ele afirma que o espaço é uma instância da sociedade, como a instância econômica e a instância cultural-ideológica (p.1). Os elementos do espaço seriam os homens, as firmas, as instituições, o meio ecológico e as infra-estruturas (p.6). Esses elementos estariam em relação formando um sistema (p.14).” (p.4).
2Não se trata de discutir a problemática de localização setorial do turismo, mas uma referência ao turismo de massa, dos grandes negócios, da economia de escala dos países centrais e seus impactos socioeconômicos.
3O projeto de requalificação profissional no qual ocorreram as dinâmicas de grupo, se refere a atividade de extensão universitária, vinculada ao Programa Socioambiental do Caraça, desenvolvido pela PUC Minas, desde 2002.
4O Padre José Tobias Zico deixou extensa bibliografia sobre o Caraça. Destacando-se: Caraça, peregrinação, cultura e turismo. Belo Horizonte, 1976 e Caraça, ex-alunos e visitantes. Santa Bárbara, 1976.
5
Destacam-se, entre muitos outros grandes homens formados pelos padres lazaristas ou vicentinos, da PBCM, Artur Bernardes e Afonso Pena. Consta que Juscelino Kubstcheck ajudou a fundar a Associação de Ex-alunos Lazaristas e Amigos do Caraça -AEALAC -, em 1949.
6A RPPN se localiza dividida entre os municípios de Catas Altas e Santa Bárbara. Entre outras cidades próximas estão Barão de Cocais, Ouro Preto, Mariana. Fica, aproximadamente, a 130 Km de Belo Horizonte.
7Apesar da valorização do turismo religioso no discurso da direção, registra-se forte presença do público em busca do turismo ecológico, de natureza, pedagógico e de observação científica.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License