SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Algumas propriedades enzimáticas da colesterol oxidase produzida por Brevibacterium sp.Produção de substâncias inibidoras semelhantes à bacteriocina por cepas de Streptococcus salivarius, isoladas da língua e garganta de crianças com e sem dor de garganta índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Microbiologia

versão impressa ISSN 0001-3714

Resumo

SILVA, Maria Estela da  e  FRANCO, Telma Teixeira. Purificação de b-galactosidase de Kluyveromyces fragilis por partição por bioafinidade. Rev. Microbiol. [online]. 1999, vol.30, n.4, pp.324-331. ISSN 0001-3714.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37141999000400006.

Foi desenvolvido um método novo de extração e purificação da ß-galactosidase de Kluyveromyces fragilis em sistema de duas fases aquosas (SDFA). PEG 4000 foi ativado quimicamente com cloreto de tresila e o ligante bioespecífico p-aminofenil-ß-D-tiogalactopiranosídeo (APGP) foi acoplado ao PEG 4000 ativado. Na primeira etapa foi usado um sistema composto de 6% PEG-APGP e 8% dextrana 505, onde a partição da ß-galactosidase ocorreu na fase superior (K = 2.330). Na segunda etapa foi usado um sistema composto por 13% PEG-APGP e 9% fosfato para reverter o valor do coeficiente de partição da ß-galactosidase (K = 2,2 x 10-5), obtendo-se recuperação de 39% da enzima na fase salina.

Palavras-chave : ß-galactosidase; sistema de duas fases aquosas; purificação de proteína; afinidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons