SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Algumas propriedades enzimáticas da colesterol oxidase produzida por Brevibacterium sp.Produção de substâncias inibidoras semelhantes à bacteriocina por cepas de Streptococcus salivarius, isoladas da língua e garganta de crianças com e sem dor de garganta índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista de Microbiologia

versão impressa ISSN 0001-3714

Resumo

SILVA, Maria Estela da  e  FRANCO, Telma Teixeira. Purificação de b-galactosidase de Kluyveromyces fragilis por partição por bioafinidade. Rev. Microbiol. [online]. 1999, vol.30, n.4, pp. 324-331. ISSN 0001-3714.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37141999000400006.

Foi desenvolvido um método novo de extração e purificação da ß-galactosidase de Kluyveromyces fragilis em sistema de duas fases aquosas (SDFA). PEG 4000 foi ativado quimicamente com cloreto de tresila e o ligante bioespecífico p-aminofenil-ß-D-tiogalactopiranosídeo (APGP) foi acoplado ao PEG 4000 ativado. Na primeira etapa foi usado um sistema composto de 6% PEG-APGP e 8% dextrana 505, onde a partição da ß-galactosidase ocorreu na fase superior (K = 2.330). Na segunda etapa foi usado um sistema composto por 13% PEG-APGP e 9% fosfato para reverter o valor do coeficiente de partição da ß-galactosidase (K = 2,2 x 10-5), obtendo-se recuperação de 39% da enzima na fase salina.

Palavras-chave : ß-galactosidase; sistema de duas fases aquosas; purificação de proteína; afinidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês