SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Candida sp na cavidade bucal com e sem lesão: diluição inibitória máxima de Própolis e PeriogardPontos críticos de controle na preparação de almôndegas e kibes em uma cozinha hospitalar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista de Microbiologia

versão impressa ISSN 0001-3714

Resumo

GAETTI-JARDIM JUNIOR, Elerson  e  AVILA-CAMPOS, Mario Julio. Atividade semelhante a bacteriocina de Fusobacterium nucleatum orais isolados de primatas humanos e não-humanos. Rev. Microbiol. [online]. 1999, vol.30, n.4, pp. 324-346. ISSN 0001-3714.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37141999000400009.

Fusobacterium nucleatum é indígena da cavidade oral humana e tem sido envolvido em diferentes processos infecciosos. A produção de substâncias semelhantes a bacteriocinas pode ser importante na regulação da microbiota bacteriana da cavidade oral. A capacidade de produzir substâncias tipo bacteriocina de 80 isolados de F. nucleatum orais, obtidos de pacientes com doença periodontal, indivíduos sadios e macaco Cebus apella, foi avaliada. 17,5% de todos os isolados mostrou auto-antagonismo e 78,8% iso- ou hetero-antagonismo. Nenhum isolado de macaco foi capaz de produzir auto-inibição. Neste estudo, a produção de substâncias antagonístas foi variável em todos os isolados testados. A maioria dos F. nucleatum mostrou atividade antagonísta para as cepas de referência testadas. Esses dados sugerem a possível participação dessas substâncias sobre a ecologia microbiana em humanos e animais. Entretanto, o papel das bacteriocinas na regulação da microbiota da placa dental in vivo é discutida.

Palavras-chave : Fusobacterium nucleatum; substância tipo bacteriocina; placa dental.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês