SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.81 número4Detection of P element transcripts in embryos of Drosophila melanogaster and D. willistoniMonoicy in A. angustifolia (Bert.) O. Kuntze (Araucariaceae): I. Morphological aspects of the reproductive structures índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais da Academia Brasileira de Ciências

versão impressa ISSN 0001-3765versão On-line ISSN 1678-2690

Resumo

MARCHESE, José A. et al. Medicinal plants used by "Passo da Ilha" rural community in the city of Pato Branco, southern Brazil. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2009, vol.81, n.4, pp.691-700. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652009000400008.

O objetivo deste trabalho foi resgatar e documentar o conhecimento popular referente às plantas medicinais utilizadas na comunidade rural do Passo da Ilha, em Pato Branco-PR (26° 11' S, 52°36' W e 760 m de altitude). Optou-se por utilizar o modelo de entrevista estruturada com 16 informantes, os quais possuíam o conhecimento sobre o uso das plantas medicinais em suas famílias. O período da realização das entrevistas foi de outubro a dezembro de 2000. As plantas foram coletadas no campo, identificadas e "vouchers" foram depositados no Herbário "Irina Delanova De Gemtchjnicov" (BOTU) da Universidade Estadual Paulista, em Botucatu-SP. Foram identificadas 47 famílias botânicas e 114 espécies de plantas medicinais. Estas plantas foram indicadas para mais de 30 usos medicinais diferentes. A comunidade é composta na maioria por descendentes de europeus, justificando a presença de muitas plantas exóticas. O domínio do uso das plantas é feminino, porém o conhecimento é menor nas gerações mais novas, denotando um processo de erosão cultural.

Palavras-chave : erosão cultural; etnobotânica; plantas medicinais; conhecimento tradicional.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons