SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.81 número4On two pterosaur humeri from the Tendaguru beds (Upper Jurassic, Tanzania)Diffraction and reflection of irregular waves in a harbor employing a spectral model índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais da Academia Brasileira de Ciências

versão impressa ISSN 0001-3765versão On-line ISSN 1678-2690

Resumo

MARCONATO, André et al. Alluvial-eolian interaction in a Cambrian rift margin: the Pedra das Torrinhas and Pedra Pintada formations (Guaritas Group, RS). An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2009, vol.81, n.4, pp.819-836. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652009000400018.

O presente trabalho consiste no estudo de afloramentos da Formação Pedra das Torrinhas do Grupo Guaritas (Cambriano, Bacia Camaquã), próximo à Zona de Falha das Encantadas. As sucessões estudadas incluem depósitos de leques aluviais que passam lateralmente para depósitos eólicos. Foram realizadas análises de fácies e de elementos arquiteturais, seguidos de petrografia sedimentar e análise microscópica de porosidade, com o objetivo de caracterizar a porosidade da unidade e sua distribuição espacial. o principal objetivo foi contribuir para uma melhor compreensão da distribuição espacial de porosidade em sistemas deposicionais caracterizados pela interação aluvial-eólica, com atenção especial à sistemas deposicionais pré-vegetação. A porosidade é controlada principalmente pelos processos deposicionais, com os valores maiores associados a depósitos de dunas eólicas (média de 8,4%) e os menores a facies de interdunas (média de 3,4%) e de leques aluviais (média de 4,3%). A análise dos elementos arquiteturais mostra a relação espacial destes depósitos, provocada por interações entre sistemas deposicionais aluviais e eólicos. A integração de dados revela que a interação de processos aluviais e eólicos resultou em uma complexa heterogeneidades na escala de associação de facies. o retrabalhamento eólico de fácies aluviais provocou aumento de porosidade enquanto que a ocorrência de enchentes-em-lençol em áreas de interduna e o aporte de sedimentos aluviais em interdunas inundadas formaram corpos sedimentares com porosidade reduzida.

Palavras-chave : interação aluvial-eólica; Formação Pedra das Torrinhas; Cambriano; modelos análogos de reservatório; fácies de margem de rift.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons