SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 número2Flow-by-flow chemical stratigraphy and evolution of thirteen Serra Geral Group basalt flows from Vista Alegre, southernmost BrazilGeochemical behavior of heavy metals in differents environments in Rodrigo de Freitas lagoon - RJ/Brazil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais da Academia Brasileira de Ciências

versão impressa ISSN 0001-3765

Resumo

NORIEGA, Carlos E. D  e  ARAUJO, Moacyr. Nutrient budgets (C, N and P) and trophic dynamicsof a Brazilian tropical estuary: Barra das Jangadas. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2011, vol.83, n.2, pp.441-456. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652011000200007.

Este trabalho se focalizou na dinâmica de nutrientes de um estuário tropical na costa nordeste brasileira, usando o protocolo LOICZ de balanços biogeoquímicos. Nós descrevemos a metodologia e os pressupostos subjacentes a este modelo. Os dados de entrada (precipitação e evaporação mensal, vazão do rio, e as concentrações de sal, fósforo e nitrogênio) foram obtidos durante as campanhas de campo no estuário de Barra das Jangadas - Brasil durante um período de 5 anos (1999 a 2003). Os resultados indicam grandes entradas de nutrientes ao sistema. O modelo mostrou que a variação sazonal do Metabolismo do Ecosistema (NEM) indica que o sistema passa de uma fase de produção de líquido da matéria orgânica, durante a estação seca (-0,5 mmoles C m-2 d-1) para uma mineralização líquida durante a estação chuvosa (-19 mmol m-2 C d-1). Sugerimos que o sistema varia ligeiramente entre autotrófica e heterotrófica durante o ano, devido ao regime de chuvas, as atividades antrópicas na bacia (densidade populacional e as plantações de cana de açúcar), e as cargas ribeirinhas de DIP associadas. A alta carga de N e P per capita, indica uma alta densidade populacional e um alto runoff. A aplicação da modelagem de balanço de fluxos foi útil para o entendimento da dinâmica de nutrientes em um pequeno estuário tipicamente tropical

Palavras-chave : Brasil; Barra das Jangadas Estuário; variações sazonais; heterotrofia; autotrofia; dióxido de carbono.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons