SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 número2Flow-by-flow chemical stratigraphy and evolution of thirteen Serra Geral Group basalt flows from Vista Alegre, southernmost BrazilGeochemical behavior of heavy metals in differents environments in Rodrigo de Freitas lagoon - RJ/Brazil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais da Academia Brasileira de Ciências

versão impressa ISSN 0001-3765

Resumo

NORIEGA, Carlos E. D  e  ARAUJO, Moacyr. Nutrient budgets (C, N and P) and trophic dynamicsof a Brazilian tropical estuary: Barra das Jangadas. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2011, vol.83, n.2, pp. 441-456. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652011000200007.

Este trabalho se focalizou na dinâmica de nutrientes de um estuário tropical na costa nordeste brasileira, usando o protocolo LOICZ de balanços biogeoquímicos. Nós descrevemos a metodologia e os pressupostos subjacentes a este modelo. Os dados de entrada (precipitação e evaporação mensal, vazão do rio, e as concentrações de sal, fósforo e nitrogênio) foram obtidos durante as campanhas de campo no estuário de Barra das Jangadas - Brasil durante um período de 5 anos (1999 a 2003). Os resultados indicam grandes entradas de nutrientes ao sistema. O modelo mostrou que a variação sazonal do Metabolismo do Ecosistema (NEM) indica que o sistema passa de uma fase de produção de líquido da matéria orgânica, durante a estação seca (-0,5 mmoles C m-2 d-1) para uma mineralização líquida durante a estação chuvosa (-19 mmol m-2 C d-1). Sugerimos que o sistema varia ligeiramente entre autotrófica e heterotrófica durante o ano, devido ao regime de chuvas, as atividades antrópicas na bacia (densidade populacional e as plantações de cana de açúcar), e as cargas ribeirinhas de DIP associadas. A alta carga de N e P per capita, indica uma alta densidade populacional e um alto runoff. A aplicação da modelagem de balanço de fluxos foi útil para o entendimento da dinâmica de nutrientes em um pequeno estuário tipicamente tropical

Palavras-chave : Brasil; Barra das Jangadas Estuário; variações sazonais; heterotrofia; autotrofia; dióxido de carbono.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês