SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue4Simulations of tropical rainforest albedo: is canopy wetness important?Heavy metal concentrations in soils from a remote oceanic island, Fernando de Noronha, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Anais da Academia Brasileira de Ciências

Print version ISSN 0001-3765

Abstract

TOLEDO, Carlos E.V.; SOUSA, Eliane P. de; MEDEIROS, Manuel A.A.  and  BERTINI, Reinaldo J.. A new genus of dipnoiformes from the Cretaceous of Brazil. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2011, vol.83, n.4, pp.1181-1192. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652011000400006.

A Formação Alcântara, uma importante unidade estratigráfica do início do Cenomaniano no Brasil, foi depositada sob condições transicionais (estuarinas), e o seu registro fóssil inclui restos fragmentários de vegetais, peixes, crocodilomorfos, pterossauros e dinossauros, com uma notável diversidade de placas dentárias de dipnoiformes. O material de dipnoiformes aqui reportado compreende um novo taxon, Equinoxiodus alcantarensis gen. et sp. nov. A maioria dos morfótipos de vertebrados continentais coletados na Formação Alcântara são similares a faunas cronocorrelatas do norte da África, mas este novo gênero de Dipnoiformes indica algum grau de isolamento paleogeográfico e endemismo, provavelmente causado pelo alargamento do Oceano Atlântico equatorial no início do Cenomaniano, que pode ter afetado, de forma seletiva, algumas espécies.

Keywords : Dipnoiformes; neoceratodontídeos; Equinoxiodus alcantarensis gen. et sp. nov.; Cretáceo.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License