SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue4Simulations of tropical rainforest albedo: is canopy wetness important?Heavy metal concentrations in soils from a remote oceanic island, Fernando de Noronha, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais da Academia Brasileira de Ciências

Print version ISSN 0001-3765

Abstract

TOLEDO, Carlos E.V.; SOUSA, Eliane P. de; MEDEIROS, Manuel A.A.  and  BERTINI, Reinaldo J.. A new genus of dipnoiformes from the Cretaceous of Brazil. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2011, vol.83, n.4, pp. 1181-1192. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652011000400006.

A Formação Alcântara, uma importante unidade estratigráfica do início do Cenomaniano no Brasil, foi depositada sob condições transicionais (estuarinas), e o seu registro fóssil inclui restos fragmentários de vegetais, peixes, crocodilomorfos, pterossauros e dinossauros, com uma notável diversidade de placas dentárias de dipnoiformes. O material de dipnoiformes aqui reportado compreende um novo taxon, Equinoxiodus alcantarensis gen. et sp. nov. A maioria dos morfótipos de vertebrados continentais coletados na Formação Alcântara são similares a faunas cronocorrelatas do norte da África, mas este novo gênero de Dipnoiformes indica algum grau de isolamento paleogeográfico e endemismo, provavelmente causado pelo alargamento do Oceano Atlântico equatorial no início do Cenomaniano, que pode ter afetado, de forma seletiva, algumas espécies.

Keywords : Dipnoiformes; neoceratodontídeos; Equinoxiodus alcantarensis gen. et sp. nov.; Cretáceo.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English