SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 issue1Germination of Croton urucurana L. seeds exposed to different storage temperatures and pre-germinative treatmentsEffects of light intensity on the distribution of anthocyanins in Kalanchoe brasiliensis Camb. and Kalanchoe pinnata (Lamk.) Pers author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais da Academia Brasileira de Ciências

Print version ISSN 0001-3765

Abstract

FERNANDES, Maria Elisa S. et al. Trichomes and hydrocarbons associated with the tomato plant antixenosis to the leafminer. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2012, vol.84, n.1, pp. 201-210.  Epub Mar 06, 2012. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652012000100021.

O objetivo desse trabalho foi estudar a densidade de tricomas e os hidrocarbonetos associados à resistência por antixenose de 42 subamostras de tomateiro do Banco de Germoplasma de Hortaliças da Universidade Federal de Viçosa (BGH-UFV) a Liriomyza trifolii. Essas subamostras foram estudadas e a cultivar 'Santa Clara' que foi utilizada como padrão de suscetibilidade a insetos minadores. As características avaliadas foram os números de folíolos minados/planta, minas/planta, densidade de tricomas e compostos químicos presentes nas folhas. Detectaram-se diferenças entre as subamostras nas variáveis avaliadas. Foram identificados 20 picos nos cromatogramas dos extratos hexânicos das folhas das subamostras testadas. As subamostras HGBs - 216, 813, 985, 987, 991, 992, 993, 1532, 1989, 1991, 2048, 2055, 2064, 2068, 2073, 2075, 2089, 2096 e 2097 foram selecionadas como fontes de resistência a L. trifolii. O mecanismo de resistência associado dessas subamostras foi a antixenose. Além disso, a baixa densidade de tricomas e compostos químicos presentes nas subamostras avaliadas podem ser as possíveis causas da resistência à praga.

Keywords : Liriomyza trifolii; Solanum lycopersicum; germoplasma; resistência a pragas.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English