SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 número3Source correlation of biomarkers in a mangrove ecosystem on Santa Catarina Island in southern BrazilAntioxidant activity and flavonoid content of Clusia fluminensis Planch. & Triana índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Anais da Academia Brasileira de Ciências

versión impresa ISSN 0001-3765

Resumen

LAGE, Lorena G.A. et al. Honey physicochemical properties of three species of the brazilian Melipona. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2012, vol.84, n.3, pp. 605-608.  Epub 24-Jul-2012. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652012005000051.

Análises fisico-quimicas foram realizadas para avaliar vinte e sete amostras de mel de três espécies do gênero Melipona (M. capixaba, M. rufiventris e M. mondury) coletadas nos Estados do Espírito Santo e de Minas Gerais. Os parâmetros atividade de água (aW), porcentagem de sólidos solúveis (Brix %), pH, acidez (meq.Kg-1) e umidade (%) foram avaliados. As características do mel dessas amostras foram muito similares às do mel de outras espécies de Melipona. Entretanto, para o mel de Apis apenas os valores de pH foram similares. O baixo valor de pH e a elevada acidez detectados no mel de Melipona são fatores potenciais para uma maior vida útil do mesmo por não oferecerem condições favoráveis ao desenvolvimento microbiano. Por outro lado, o alto teor de atividade de água favorece o crescimento de microrganismos, especialmente de leveduras o que requer maior cuidado no manuseio e armazenamento do mel. As diferenças observadas entre o mel de Melipona e o de Apis reforçam a necessidade de estabelecimento de padrões de qualidade específicos para o mel de abelhas sem ferrão.

Palabras llave : Mel; Melipona; Meliponini; Dados físico-químicos.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés