SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 número3Endocrine cells and nerve ganglia of the small intestine of the Opossum Didelphis aurita Wied-Neuwied, 1826 (Mammalia: Didelphidae)Oogenesis pattern and type of ovariole of the parasitoid Palmistichus elaeisis (Hymenoptera: Eulophidae) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais da Academia Brasileira de Ciências

versão impressa ISSN 0001-3765

Resumo

AUD, Fabiana F.  e  FERRAZ, Isolde D.K.. Seed size influence on germination responses to light and temperature of seven pioneer tree species from the Central Amazon. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2012, vol.84, n.3, pp. 759-766. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652012000300018.

Na Amazônia as florestas secundárias são dominadas por espécies pioneiras que, normalmente, produzem grandes quantidades de sementes pequenas, dormentes e capazes de formar bancos de sementes no solo. A dormência neste grupo de espécies é superada pelas condições ambientais de áreas abertas, como alta irradiação ou alternância de temperaturas. No entanto, uma variedade de respostas de germinação aos fatores ambientais é conhecida entre as pioneiras; algumas germinam em luz difusa ou no escuro sob temperatura constante. Um dos fatores promotores desta variedade é a massa das sementes. Parece que para as espécies com sementes muito pequenas, o estímulo para que ocorra germinação é a luz e, para sementes maiores, a alternância de temperatura pode ser um estímulo mais importante. Neste estudo, estabeleceu-se uma relação entre a massa das sementes e a resposta de germinação à luz e temperatura para sete espécies pioneiras arbóreas da floresta amazônica. Descobrimos que o aumento na massa da semente foi acompanhado por diminuição da necessidade por luz e aumento da tolerância à alternância de temperatura. Compreender estratégias de germinação pode contribuir para os conhecimentos sobre a coexistência de espécies em ambientes altamente diversos e também pode ajudar aos pesquisadores envolvidos no manejo e restauração florestal.

Palavras-chave : Alternância de temperatura; germinabilidade; tempo médio de germinação; germinação fotoblástica; florestas secundárias; árvores tropicais.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês