SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 número3Gonadal development in the freshwater crab Sylviocarcinus pictus (H. Milne Edwards, 1853) (Brachyura: Trichodactylidae) from the Guamá river, state of Pará, BrazilRestinga forests of the Brazilian coast: richness and abundance of tree species on different soils índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Anais da Academia Brasileira de Ciências

versión impresa ISSN 0001-3765

Resumen

SANT'ANA, Débora M.G. et al. Characterization of the myenteric neuronal population and subpopulation of the duodenum of adult wistar rat fed with hypoproteic chow. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2012, vol.84, n.3, pp. 799-806.  Epub 24-Jul-2012. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652012005000050.

Objetivou-se avaliar os efeitos da desnutrição protéica severa (4%) sobre os neurônios mientéricos do duodeno de ratos Wistar, comparando-se a uma dieta padrão para roedores de 22% de proteína. Para este estudo, segmentos do duodeno de 10 ratos de cada grupo nutricional foram submetidos à elaboração de preparados de membrana, sendo cinco corados pelo método de Giemsa, para estimar a população mientérica total e os demais corados pelo método histoquímico de evidenciação de células nervosas, por meio da atividade da enzima NADPH-diaforase para estudo da subpopulação de neurônios nitrérgicos. Aleatoriamente, foram mensuradas as áreas de 100 neurônios por animal, perfazendo um total de 2.000 neurônios, que foram mensurados através de um Sistema de Análise de Imagens Computadorizada - Image Pro-Plus®. Os ratos desnutridos apresentaram peso orporal 34,38% menor e uma redução no comprimento do duodeno de 10,60% quando comparado ao grupo controle. A análise quantitativa demonstrou não haver diferença significativa na comparação entre os grupos controle e desnutrido para técnica de Giemsa, porém como a redução do órgão não foi acompanhada por um aumento inversamente proporcional na densidade de neurônios, sugere-se que a condição imposta causou perda de neurônios na população total. Entretanto com a histoquímica da NADPH-d houve um umento da densidade neuronal no grupo desnutrido. Na análise morfométrica do perfil celular neuronal não houve diferença significativa entre os grupos em ambas as técnicas evidenciadas.

Palabras llave : sistema nervoso entérico; desnutrição; plexo mioentérico; neurônios nitrérgicos.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés