SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 número3Restinga forests of the Brazilian coast: richness and abundance of tree species on different soilsDNA damage in children and adolescents with cardiovascular disease risk factors índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Anais da Academia Brasileira de Ciências

versión impresa ISSN 0001-3765

Resumen

ALENCAR, Nara L.M. et al. Seed reserve composition and mobilization during germination and early seedling establishment of Cereus jamacaru D.C. ssp. jamacaru (Cactaceae). An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2012, vol.84, n.3, pp. 823-832. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/S0001-37652012000300024.

Cereus jamacaru, uma cactácea encontrada comumente no nordeste brasileiro, é amplamente usada como planta forrageira e como ornamental e medicinal. No entanto, existem poucas informações sobre os aspectos fisiológicos e bioquímicos relacionados à sua germinação. O objetivo desse estudo foi avaliar a mobilização de reservas durante a germinação e o crescimento inicial de plântulas de C. jamacaru. Para isso, as sementes foram germinadas em câmaras de germinação e coletadas aos 0, 2, 4, 5, 6, 8 e 12 dias após a germinação para as análises fisiológicas e bioquímicas. As sementes quiescentes apresentaram tegumento espesso e rugoso e embriões curvados. Os lipídios foram as reservas mais abundantes, correspondendo aproximadamente a 55% e 65% da massa seca dos cotilédones e eixo hipocótilo-radícula, respectivamente. Os açúcares solúveis e o amido foram as reservas menos abundantes, correspondendo aproximadamente a 2,2% da massa seca dos cotilédones, embora suas reservas tenham apresentado mudanças significativas durante a germinação. As proteínas solúveis corresponderam a 40% da massa seca dos cotilédones, que foi reduzida a 81% no período final de germinação comparado a sementes quiescentes. As sementes de C. jamacaru podem ser consideradas oleaginosas devido ao seu alto conteúdo de lipídios. Além disso, os lipídios foram as principais reservas mobilizadas durante a germinação porque seus níveis foram fortemente reduzidos durante esse período, enquanto que as proteínas foram a segunda reserva mais utilizada nesse processo.

Palabras llave : Cactaceae; carboidratos; citoquímica; lipídios; morfologia; proteínas.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés