SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.85 número4Luminescence characteristics of quartz from Brazilian sediments and constraints for OSL datingPollen grain morphology of Fabaceae in the Special Protection Area (SPA) Pau-de-Fruta, Diamantina, Minas Gerais, Brazil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais da Academia Brasileira de Ciências

versão impressa ISSN 0001-3765

Resumo

BAPTISTA NETO, José A. et al. Geochronology and heavy metal flux to Guanabara bay, Rio de Janeiro state: a preliminary study. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2013, vol.85, n.4, pp.1317-1327.  Epub 22-Out-2013. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/0001-3765201394612.

A Baía de Guanabara, localizada no estado do Rio de Janeiro, é cercada pela segunda mais importante área metropolitana do país. Nas últimas décadas, a urbanização e outros processos na área circundante têm aumentado significativamente a entrada de sedimentos para a baía, tendo um efeito negativo sobre todo o meio ambiente. Estes impactos negativos estão relacionados com grandes volumes de esgoto sem tratamento e efluentes industriais. O presente estudo avalia a história deste impacto humano através do exame detalhado de um testemunho coletado na porção norte da Baía de Guanabara. A geocronologia é estabelecida usando 210Pb e relacionada com o carbono orgânico e fluxos de metais pesados para os sedimentos. Os resultados indicaram uma taxa de sedimentação média de 0,67 cm.y-1. O fluxo de carbono orgânico e metais pesados começaram a aumentar no início do século passado e os maiores valores foram observados no topo do testemunho.

Palavras-chave : 210Pb; geocronologia; Fluxo de metais pesados; Baía de Guanabara.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )