SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.85 número4Geochronology and heavy metal flux to Guanabara bay, Rio de Janeiro state: a preliminary studyEffect of environmental factors on the abundance of decapod crustaceans from soft bottoms off southeastern Brazil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais da Academia Brasileira de Ciências

versão impressa ISSN 0001-3765

Resumo

LUZ, CYNTHIA F.P. DA et al. Pollen grain morphology of Fabaceae in the Special Protection Area (SPA) Pau-de-Fruta, Diamantina, Minas Gerais, Brazil. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2013, vol.85, n.4, pp.1329-1344. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/0001-3765201380511.

O presente trabalho apresenta a morfologia polínica de treze espécies pertencentes a sete gêneros da família Fabaceae ocorrentes na área de Proteção Especial Pau-de-Fruta, Diamantina, Minas Gerais, Brasil. Os grãos de pólen das seis espécies deChamaecrista [C. cathartica (Mart.) H.S. Irwin & Barneby, C. debilis Vogel, C. flexuosa (L.) Greene, C. hedysaroides (Vogel) H.S. Irwin & Barneby, C. glandulosa (L.) Greene e C. papillata H.S. Irwin & Barneby] apresentam morfologia similar, caracterizados por 3- longos cólporos constritos na região central. As espécies compartilham características morfológicas específicas em relação ao tamanho dos grãos de pólen, tipo de endoabertura (circular, lalongada ou lolongada) e padrão de ornamentação da exina em MEV (rugulado com perfurações ou perfurado). Andira fraxinifolia Benth.,Dalbergia miscolobium Benth, Galactia martii DC, Periandra mediterranea (Vell.) Taub., Senna rugosa (G.Don) H.S. Irwin & Barneby e Zornia diphylla (L.) Pers apresentaram tipos polínicos diferenciados com tamanho de pequeno a grande; forma oblato esferoidal a prolata; aberturas em colpos ou cólporos; endoabertura circular, lalongada ou lolongada, e distintos padrões da ornamentação da exina em MEV (perfurado, microreticulado, reticulado ou rugulado com perfurações). Apenas Stryphnodendron adstringens(Mart.) Coville apresentou políades. A variação morfopolínica das espécies estudadas permitiu caracterizar a família Fabaceae como euripolínica na APE Pau-de-Fruta.

Palavras-chave : Serra do Espinhaço Meridional; Fabaceae; palinologia; morfologia polínica.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )