SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.85 número4Pollen grain morphology of Fabaceae in the Special Protection Area (SPA) Pau-de-Fruta, Diamantina, Minas Gerais, BrazilSpatial and Temporal Hydrochemical Variation of a Third Order River Network in a Quasi Pristine Coastal Watershed, at Southern Bahia, Brazil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Anais da Academia Brasileira de Ciências

versão impressa ISSN 0001-3765

Resumo

FURLAN, MICHELE et al. Effect of environmental factors on the abundance of decapod crustaceans from soft bottoms off southeastern Brazil. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2013, vol.85, n.4, pp.1345-1356.  Epub 11-Out-2013. ISSN 0001-3765.  http://dx.doi.org/10.1590/0001-3765201394812.

Este estudo investigou a importância dos fatores ambientais sobre os padrões de abundância dos decápodos na costa sudeste brasileira. Amostragens foram feitas mensalmente de janeiro-1998 a dezembro-1999 em Ubatumirim e Mar Virado, região de Ubatuba, usando um barco de pesca camaroneiro equipado com redes doublerig. Foram selecionadas seis áreas adjacentes aos costões rochosos. Amostras de água de fundo foram coletadas usando garrafa de Nansen, para mensurar a temperatura e salinidade. Amostras de sedimento foram obtidas utilizando pegador de Van Veen, para determinação da textura e conteúdo de matéria orgânica. A associação dos fatores ambientais com a abundância das espécies foi verificada através da Análise de Correspondência Canônica (α = 0,05). Quarenta e uma espécies de Decapoda foram utilizadas na análise multivariada. A análise indicou que a textura do sedimento (phi) e a temperatura foram os fatores mais fortemente correlacionados (p < 0,05) com a abundância espacial e temporal das espécies. Considerando a região de estudo como zona de transição faunística, incluindo espécies de origem tropical e subantártica, as espécies responderam diferentemente aos fatores ambientais, principalmente à temperatura. Possivelmente os decápodos ajustem sua distribuição de acordo com suas limitações fisiológicas intrínsecas, como resultado dos recursos disponíveis.

Palavras-chave : espécies bentônicas; crustáceos decápodos; fatores ambientais; seleção de hábitat.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )